SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 16
Transmissão Das características
                                           Hereditárias
                                   Trabalho para a professora Alvarina Oliveira




Ângelo Moreira Nº5

Francisco Oliveira Nº11

Gil Lameiras Nº13

Joana Salsa Nº14

Mariana Pinto Nº20

                          12º B
Introdução


            Genética é a ciência que se dedica
   ao estudo dos genes, da hereditariedade e
   da variação dos organismos. É também o
   ramo da biologia que estuda a forma como
   se transmitem as características biológicas
   de geração para geração.
            Este    trabalho    tem     como
   finalidade: analisar a frequência de alguns
   fenótipos seleccionados na população-alvo.
Características seleccionadas


                 “forma dos lábios”;
                 “tamanho das pestanas”;
                 ”capacidade de enrolar a língua”;
                 “lóbulo da orelha”
                (amostra de 24 pessoas)
Lábios espessos   Lábios finos
Incapaz de enrolar a língua   Capaz de enrolar a língua
Lóbulo solto   Lóbulo unido
Pestanas longas   Pestanas curtas
Dados


                 Gene
                          Dominante              Recessivo
Fenótipo

     “Lábios”               Espessos                Finos


     “Orelhas”             Lóbulo solto         Lóbulo unido


     “Língua”           Capaz de enrolar a   Incapaz de enrolar a
                             língua                língua


    “Pestanas”               Longas                Curtas
Registo dos resultados

                     Gene

       Fenótipo             Dominante   Recessivo


            Lábios             10          14


           Orelhas             10          14


            Língua             22           2


          Pestanas             13          11
Tratamento dos resultados
Frequência do fenótipo “Pestanas”


                  Característica - Pestanas



                     46%
                                    54%

                                          Longas (dominante)

                                          Curtas (recessiva)
Frequência do fenótipo “Lábios”



               Característica - Lábios


                                  42%
                    58%
                                         Espessos (dominante)

                                         Finos (recessiva)
Frequência do fenótipo “Língua”



             Característica - Língua

                       8%



                            92%

                                       Capaz de enrolar (dominantes)

                                       Incapaz de enrolar (recessiva)
Frequência do fenótipo “Lóbulo da orelha”



          Característica - Lóbulo da orelha


                                       42%
                       58%

                                             Solto (dominante)

                                             Unido (recessiva)
Conclusão
      Este      trabalho       teve    como      objectivo
 verificarmos qual a frequência em que os genes
 recessivos e dominantes se expressam nos
 indivíduos que foram inquiridos (população alvo).
      Em dois dos caracteres estudados pudemos
 observar que a característica condicionada pelo
 gene recessivo era a que mais se manifestava
 (lábios finos e orelhas com lóbulo unido). Deste
 modo, podemos verificar que os indivíduos que
 foram       inquiridos    e    que     possuem      estas
 características     recessivas,      têm     progenitores
 heterozigóticos ou homozigóticos recessivos.
Nos outros caracteres verificámos que eram
as   características   condicionadas   pelo   gene
dominante que se expressavam em maior número
(capaz de enrolar a língua e pestanas longas), ou
seja, estes poderiam ser heterozigóticos ou
homozigóticos dominantes.
     Então, podemos concluir, através deste
trabalho que por vezes a característica recessiva é
a que se manifesta num maior número de
indivíduos, isto pode dever-se ao facto da
população alvo, ser reduzida (24 pessoas), o que
pode fazer com que os resultados não sejam
totalmente fiáveis.
O factor ambiente tem também um grande
impacto nestas características, por vezes o
local onde a população está inserida, o
clima e até mesmo hereditariedade
intervêm nas características estudadas. A
diferença entre o número de indivíduos
que manifestam a característica recessiva e
a dominante também não é muito grande.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Ouriços do mar (experiência laboratorial)
Ouriços do mar (experiência laboratorial)Ouriços do mar (experiência laboratorial)
Ouriços do mar (experiência laboratorial)Dulce Iolanda
 
Aula 1 - parte 1 Mutação
Aula 1 - parte 1 MutaçãoAula 1 - parte 1 Mutação
Aula 1 - parte 1 Mutaçãoaivilsilveira
 
Genética e doenças
Genética e doençasGenética e doenças
Genética e doençasemanuel
 
4hereditariedade
4hereditariedade4hereditariedade
4hereditariedadeTânia Reis
 
Alterações do material genético
Alterações do material genéticoAlterações do material genético
Alterações do material genéticoIsabel Lopes
 
Propriedades minerais
Propriedades mineraisPropriedades minerais
Propriedades mineraisPublicaTUDO
 
(2) património genético
(2) património genético(2) património genético
(2) património genéticoHugo Martins
 
12 bio sistema reprodutor e regulação hormonal
12 bio sistema reprodutor e regulação hormonal12 bio sistema reprodutor e regulação hormonal
12 bio sistema reprodutor e regulação hormonalCarlaCruz88
 
Mutações cromossômicas estruturais
Mutações cromossômicas estruturaisMutações cromossômicas estruturais
Mutações cromossômicas estruturaisNathália Vasconcelos
 
Fundamentos de Engenharia Genética
Fundamentos de Engenharia GenéticaFundamentos de Engenharia Genética
Fundamentos de Engenharia GenéticaPedro Veiga
 
Biologia – 12º Ano (ContracepçãO)
Biologia – 12º Ano (ContracepçãO)Biologia – 12º Ano (ContracepçãO)
Biologia – 12º Ano (ContracepçãO)Nuno Correia
 
Introdução a genetica
Introdução a geneticaIntrodução a genetica
Introdução a geneticaUERGS
 
13.ManipulaçãO Da Fertilidade
13.ManipulaçãO Da Fertilidade13.ManipulaçãO Da Fertilidade
13.ManipulaçãO Da FertilidadeLeonor Vaz Pereira
 

Mais procurados (20)

Criopreservacao
CriopreservacaoCriopreservacao
Criopreservacao
 
Ouriços do mar (experiência laboratorial)
Ouriços do mar (experiência laboratorial)Ouriços do mar (experiência laboratorial)
Ouriços do mar (experiência laboratorial)
 
Aula 1 - parte 1 Mutação
Aula 1 - parte 1 MutaçãoAula 1 - parte 1 Mutação
Aula 1 - parte 1 Mutação
 
Genética e doenças
Genética e doençasGenética e doenças
Genética e doenças
 
Leis de mendel
Leis de mendelLeis de mendel
Leis de mendel
 
Genética humana e médica
Genética humana e médicaGenética humana e médica
Genética humana e médica
 
4hereditariedade
4hereditariedade4hereditariedade
4hereditariedade
 
Alterações do material genético
Alterações do material genéticoAlterações do material genético
Alterações do material genético
 
Sismologia
SismologiaSismologia
Sismologia
 
Mutações - Biologia 12º
Mutações - Biologia 12º Mutações - Biologia 12º
Mutações - Biologia 12º
 
Propriedades minerais
Propriedades mineraisPropriedades minerais
Propriedades minerais
 
(2) património genético
(2) património genético(2) património genético
(2) património genético
 
Síndromes cromossômicas
Síndromes cromossômicasSíndromes cromossômicas
Síndromes cromossômicas
 
12 bio sistema reprodutor e regulação hormonal
12 bio sistema reprodutor e regulação hormonal12 bio sistema reprodutor e regulação hormonal
12 bio sistema reprodutor e regulação hormonal
 
Mutações cromossômicas estruturais
Mutações cromossômicas estruturaisMutações cromossômicas estruturais
Mutações cromossômicas estruturais
 
Fundamentos de Engenharia Genética
Fundamentos de Engenharia GenéticaFundamentos de Engenharia Genética
Fundamentos de Engenharia Genética
 
Mutações
MutaçõesMutações
Mutações
 
Biologia – 12º Ano (ContracepçãO)
Biologia – 12º Ano (ContracepçãO)Biologia – 12º Ano (ContracepçãO)
Biologia – 12º Ano (ContracepçãO)
 
Introdução a genetica
Introdução a geneticaIntrodução a genetica
Introdução a genetica
 
13.ManipulaçãO Da Fertilidade
13.ManipulaçãO Da Fertilidade13.ManipulaçãO Da Fertilidade
13.ManipulaçãO Da Fertilidade
 

Destaque (20)

Gregor mendel
Gregor mendelGregor mendel
Gregor mendel
 
Hereditariedade da cor dos olhos
Hereditariedade da cor dos olhosHereditariedade da cor dos olhos
Hereditariedade da cor dos olhos
 
Caracteristicas Hereditárias
Caracteristicas HereditáriasCaracteristicas Hereditárias
Caracteristicas Hereditárias
 
Introdução genética 2013
Introdução   genética  2013Introdução   genética  2013
Introdução genética 2013
 
Introdução à genética mendeliana
Introdução à genética mendelianaIntrodução à genética mendeliana
Introdução à genética mendeliana
 
As descobertas de Mendel 8°ano
As descobertas de Mendel 8°anoAs descobertas de Mendel 8°ano
As descobertas de Mendel 8°ano
 
Raiz
RaizRaiz
Raiz
 
Característias hereditárias
Característias hereditáriasCaracterístias hereditárias
Característias hereditárias
 
Raiz
RaizRaiz
Raiz
 
Hereditariedade
HereditariedadeHereditariedade
Hereditariedade
 
Hereditariedade
HereditariedadeHereditariedade
Hereditariedade
 
Noçoes de hereditariedade
Noçoes de hereditariedadeNoçoes de hereditariedade
Noçoes de hereditariedade
 
Heterocromia
HeterocromiaHeterocromia
Heterocromia
 
1a e 2a Leis de Mendel - Ensino Médio
1a e 2a Leis de Mendel - Ensino Médio1a e 2a Leis de Mendel - Ensino Médio
1a e 2a Leis de Mendel - Ensino Médio
 
04 - Mendel
04 - Mendel04 - Mendel
04 - Mendel
 
Classificação das raízes, quanto à forma
Classificação das raízes, quanto à formaClassificação das raízes, quanto à forma
Classificação das raízes, quanto à forma
 
Genética
GenéticaGenética
Genética
 
Noções básicas de hereditariedade
Noções básicas de hereditariedadeNoções básicas de hereditariedade
Noções básicas de hereditariedade
 
Introduçao a genetica
Introduçao a geneticaIntroduçao a genetica
Introduçao a genetica
 
Genética introdução
Genética introduçãoGenética introdução
Genética introdução
 

Mais de Ângelo Rafael

Mais de Ângelo Rafael (6)

Problemas Contemporâneos - Suicídio
Problemas Contemporâneos - SuicídioProblemas Contemporâneos - Suicídio
Problemas Contemporâneos - Suicídio
 
Os Maias - Personagens
Os Maias - PersonagensOs Maias - Personagens
Os Maias - Personagens
 
Cloning
CloningCloning
Cloning
 
Relações Precoces
Relações PrecocesRelações Precoces
Relações Precoces
 
Psicologia Aplicada
Psicologia AplicadaPsicologia Aplicada
Psicologia Aplicada
 
Cultura
CulturaCultura
Cultura
 

Último

Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxIsabelaRafael2
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfEditoraEnovus
 
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresLilianPiola
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfIedaGoethe
 
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfWilliam J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfAdrianaCunha84
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A  galinha ruiva sequencia didatica 3 anoA  galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A galinha ruiva sequencia didatica 3 anoandrealeitetorres
 
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfUFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfManuais Formação
 
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...LizanSantos1
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxIsabellaGomes58
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOMarcosViniciusLemesL
 
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfGuia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfEyshilaKelly1
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Centro Jacques Delors
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024Jeanoliveira597523
 
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalGerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalJacqueline Cerqueira
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosAntnyoAllysson
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxBiancaNogueira42
 

Último (20)

Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
 
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppttreinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
 
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
 
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfWilliam J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
 
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A  galinha ruiva sequencia didatica 3 anoA  galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
 
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfUFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
 
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
 
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfGuia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
 
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalGerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
 

Transmissão das características hereditárias

  • 1. Transmissão Das características Hereditárias Trabalho para a professora Alvarina Oliveira Ângelo Moreira Nº5 Francisco Oliveira Nº11 Gil Lameiras Nº13 Joana Salsa Nº14 Mariana Pinto Nº20 12º B
  • 2. Introdução Genética é a ciência que se dedica ao estudo dos genes, da hereditariedade e da variação dos organismos. É também o ramo da biologia que estuda a forma como se transmitem as características biológicas de geração para geração. Este trabalho tem como finalidade: analisar a frequência de alguns fenótipos seleccionados na população-alvo.
  • 3. Características seleccionadas  “forma dos lábios”;  “tamanho das pestanas”;  ”capacidade de enrolar a língua”;  “lóbulo da orelha” (amostra de 24 pessoas)
  • 4. Lábios espessos Lábios finos
  • 5. Incapaz de enrolar a língua Capaz de enrolar a língua
  • 6. Lóbulo solto Lóbulo unido
  • 7. Pestanas longas Pestanas curtas
  • 8. Dados Gene Dominante Recessivo Fenótipo “Lábios” Espessos Finos “Orelhas” Lóbulo solto Lóbulo unido “Língua” Capaz de enrolar a Incapaz de enrolar a língua língua “Pestanas” Longas Curtas
  • 9. Registo dos resultados Gene Fenótipo Dominante Recessivo Lábios 10 14 Orelhas 10 14 Língua 22 2 Pestanas 13 11
  • 10. Tratamento dos resultados Frequência do fenótipo “Pestanas” Característica - Pestanas 46% 54% Longas (dominante) Curtas (recessiva)
  • 11. Frequência do fenótipo “Lábios” Característica - Lábios 42% 58% Espessos (dominante) Finos (recessiva)
  • 12. Frequência do fenótipo “Língua” Característica - Língua 8% 92% Capaz de enrolar (dominantes) Incapaz de enrolar (recessiva)
  • 13. Frequência do fenótipo “Lóbulo da orelha” Característica - Lóbulo da orelha 42% 58% Solto (dominante) Unido (recessiva)
  • 14. Conclusão Este trabalho teve como objectivo verificarmos qual a frequência em que os genes recessivos e dominantes se expressam nos indivíduos que foram inquiridos (população alvo). Em dois dos caracteres estudados pudemos observar que a característica condicionada pelo gene recessivo era a que mais se manifestava (lábios finos e orelhas com lóbulo unido). Deste modo, podemos verificar que os indivíduos que foram inquiridos e que possuem estas características recessivas, têm progenitores heterozigóticos ou homozigóticos recessivos.
  • 15. Nos outros caracteres verificámos que eram as características condicionadas pelo gene dominante que se expressavam em maior número (capaz de enrolar a língua e pestanas longas), ou seja, estes poderiam ser heterozigóticos ou homozigóticos dominantes. Então, podemos concluir, através deste trabalho que por vezes a característica recessiva é a que se manifesta num maior número de indivíduos, isto pode dever-se ao facto da população alvo, ser reduzida (24 pessoas), o que pode fazer com que os resultados não sejam totalmente fiáveis.
  • 16. O factor ambiente tem também um grande impacto nestas características, por vezes o local onde a população está inserida, o clima e até mesmo hereditariedade intervêm nas características estudadas. A diferença entre o número de indivíduos que manifestam a característica recessiva e a dominante também não é muito grande.