SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 19
Baixar para ler offline
_difusão

Broadcast
Difusão pública ou ampla de informações.
O broadcast é o modelo que define o caráter
massivo das mídias como o rádio e a televisão,
pois é através dele que, essencialmente, esses
meios difundem suas mensagens, buscando
atingir o maior número possível de
espectadores, indistintivamente. (VANASSI,
2010, p. 42)
_difusão

Narrowcast
Difusão para públicos específicos, direcionado,
programação segmentada. Difusão privada, limitada.

Ex.: rádios comunitárias, corporativas ou educacionais.

de
_difusão

Webcast
Difusão para públicos gerais ou específicos via internet.
Instaura novas temporalidades – diferentes do tempo imediato
do Broadcast e Narrowcast. Streamning (fluxo contínuo) e on
demand.
As mensagens não são apenas segmentadas pelos
mercados mediante as estratégias do emissor, mas
também são cada vez mais diversificadas pelos
usuários da mídia de acordo com seus interesses, por
intermédio da exploração das vantagens das
capacidades interativas. Como dizem alguns
especialistas, no novo sistema horário nobre é o meu
horário (CASTELLS, 1999, p. 457).
_difusão

Broadcast
Difusão pública ou ampla de informações.
O broadcast é o modelo que define o caráter
massivo das mídias como o rádio e a televisão,
pois é através dele que, essencialmente, esses
meios difundem suas mensagens, buscando
atingir o maior número possível de
espectadores, indistintivamente. (VANASSI,
2010, p. 42)
_
_youtube
JENKINS, Henry. In.: BURGESS, J; GREEN,J. Youtube e a Revolução Digital: como
o maior fenômeno da cultura participativa transformou a mídia e a sociedade.
São Paulo: Aleph, 2009. p.144

Muito do que foi escrito sobre o YouTube sugere que
ele não teve predecessores. Além do mais, ninguém
poderia ter previsto o que aconteceria se o cidadão
comum pudesse controlar os meios de produção e
distribuição cultural.
(...)
O que há de revolucionário no YouTube é que ele
representa, nos termos de Levy, “uma apropriação
normal, calma e embasada do discurso”, um site em
que a mídia de massa é citada e recombinada, em que a
mídia caseira ganha acesso público e várias subculturas
produzem e compartilham mídia. É assombroso que o
YouTube seja tão rotineiramente citado pela mídia de
massa e tão regularmente disseminado por pessoas que
conhecemos.
_youtube
GARAGE CINEMA AND THE FUTURE OF MEDIA TECHNOLOGY – Marc Davis
http://fusion.sims.berkeley.edu/GarageCinema/pubs/pdf/pdf_599AB179-D346-4374-8F0AE11D9D76EBEF.pdf

Cinema de Garagem (1997)
Hipóteses sobre o “futuro” da produção audiovisual amadora ou
semi-profissional.
Looking at a fan video-making practice one can piece
together a vision of a Garage Cinema in which user
selected/produced content is interwoven with the
expressive repertoire of materials drawn from popular
culture (...) to enable people to create participatory
communities around their experience of media by
creating artifacts that express personal and shared
desires not being satisfied by mainstream media. (p. 47)
_produsage
http://henryjenkins.org/2008/05/interview_with_axel_bruns.html

Entrevista de Axel Burns a Henry Jenkins
Nova palavra para designar uma mudança de posição de
espectador (audiência) para criador de conteúdo
Prosumer = production + consumer
Apropriação de um tipo de instância produtiva por seus próprios
consumidores numa consequente e constante ressignificação da
própria lógica de produção/distribuição de conteúdo

“the collaborative and continuos bulding and extending
of existing content in pursuit of further improvement”
_youtube
JENKINS, Henry. In.: BURGESS, J; GREEN,J. Youtube e a Revolução Digital: como
o maior fenômeno da cultura participativa transformou a mídia e a sociedade.
São Paulo: Aleph, 2009. p.23

Meio de armazenagem e distribuição
“plataforma destinada à expressão pessoal”
Cultura participativa
“A cocriação do Consumidor (Potts et al., 2008) é
fundamental para avaliar o valor do YouTube, assim
como sua influência contestadora sobre os modelos
de negócio vigentes dos meios de comunicação. (...)
Para o YouTube, a cultura participativa não é
somente um artifício ou um adereço secundário; é,
sem dúvida, seu principal negócio.”
_youtube
JENKINS, Henry. In.: BURGESS, J; GREEN,J. Youtube e a Revolução Digital: como
o maior fenômeno da cultura participativa transformou a mídia e a
sociedade.8São Paulo: Aleph, 2009. p.23

Site e cultura participativa

- Tecnologia digital acessível
- Conteúdo gerado por usuários
- Alteração nas relações de poder entre os segmentos de
mercado de mídia e consumidores
_youtube
https://www.ufmg.br/proex/cpinfo/cultura/docs/13_Produsage_-_Joana_Ziller.pdf

Apropriar-se . Recombinar . Publicar

“toda informação pode ser interpretada de forma
diferente daquela prevista quando foi publicada. O
que destacamos é que, ao recontextualizá-la,
podemos alterar esse objetivo inicial, privilegiando
outros caminhos interpretativos possíveis.”
_youtube

Samplear . Reciclar . Remixar . Reconfigurar

Seleção e armazenamento
Recombinação e recontextualização

Extração de trechos de composições anteriores e inserção em
uma nova construção (musical ou não). referência: música
eletrônica

John Cage (1950): a música se constitui em colagens de outras
gravações
_youtube

Scratch Video
Movimento de videoarte no Reino Unido
•Uso de imagens pré-gravadas por outros (mídia tradicional,
inclusive
•Cortes rápidos e múltiplas possibilidades rítmicas
•Ressignificação e recontextualização das imagens
•Oposição à TV tradicional (incluindo MTV)
•Questionamenstos políticos

Blue Monday – the Duvet Brothers (1984)
http://youtu.be/mPpazhkyZQ4
_produsage
http://henryjenkins.org/2008/05/interview_with_axel_bruns.html

Entrevista de Axel Burns a Henry Jenkins
Nova palavra para designar uma mudança de posição de
espectador (audiência) para criador de conteúdo
Prosumer = production + consumer
Apropriação de um tipo de instância produtiva por seus próprios
consumidores numa consequente e constante ressignificação da
própria lógica de produção/distribuição de conteúdo

“the collaborative and continuos bulding and extending
of existing content in pursuit of further improvement”
_youtube
https://www.ufmg.br/proex/cpinfo/cultura/docs/13_Produsage_-_Joana_Ziller.pdf

Apropriar-se . Recombinar . Publicar

ANTROPOFAGIA

USUÁRIO ANTROPOFÁGICO
_youtube
https://www.ufmg.br/proex/cpinfo/cultura/docs/13_Produsage_-_Joana_Ziller.pdf

Usuário Antropofágico

“O usuário antropofágico encontra espaço fértil nas
ferramentas e plataformas de publicação baseadas
na noção de compartilhamento e construção
coletiva. Sites de redes sociais, de publicação de
vídeos e fotos, de mapeamento da realidade à nossa
volta se baseiam na lógica da publicação de
informação por qualquer pessoa que tenha acesso à
Internet. Ferramentas de edição de texto, áudio,
vídeo e fotos ganham versões gratuitas online.”
_youtube
https://www.ufmg.br/proex/cpinfo/cultura/docs/13_Produsage_-_Joana_Ziller.pdf

Usuário Antropofágico

“Apropriar-se
da
informação,
recombiná-la,
republicá-la passa a ser uma questão de acesso às
fontes e de domínio das ferramentas. Do funk mais
recente ao discurso de um político, ao navegar pela
Internet, nos deparamos frequentemente com
conteúdo crido por produsers a partir de informações
publicadas por outros produsers ou mesmo por
fontes tradicionais, como a mídia, as editoras e
gravadoras, as universidades.”
QUESTÃO: limites legais
_youtube
https://www.ufmg.br/proex/cpinfo/cultura/docs/13_Produsage_-_Joana_Ziller.pdf

Hitler se mata após ouvir Latino – Despedida de solteiro
http://youtu.be/PU_d_u4Tg5s
Péssimo atendimento da CLARO
http://youtu.be/xIS0_ENLEns
Serra comedor
http://youtu.be/6ilV_hEfKnw
Não empreste CD ao Jet Li
http://youtu.be/XxFQ7YnaY2U
_youtube
https://www.ufmg.br/proex/cpinfo/cultura/docs/13_Produsage_-_Joana_Ziller.pdf

Capitão Nascimento and Convergence Culture
http://youtu.be/jZ6-J_6EdPI
A redação mais bonita da cidade
http://youtu.be/4KpoHyz1Kns
Serra comedor
http://youtu.be/6ilV_hEfKnw
Eu sou Rica (Pobreza Pega)
http://youtu.be/MgRO1i3XOaE
Telebambis

http://www.youtube.com/watch?v=cumlwA6QBvI

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Convergência e Participação
Convergência e ParticipaçãoConvergência e Participação
Convergência e ParticipaçãoAna Migowski
 
Aula02 arq usabilidade_senac_maio012
Aula02 arq usabilidade_senac_maio012Aula02 arq usabilidade_senac_maio012
Aula02 arq usabilidade_senac_maio012Thais Campas
 
YouTube e a Revolução Digital
YouTube e a Revolução DigitalYouTube e a Revolução Digital
YouTube e a Revolução DigitalRodrigo Cunha
 
Debate dos CMSs Livres
Debate dos CMSs LivresDebate dos CMSs Livres
Debate dos CMSs Livresjosemurilo
 
Jornalismo cidadão na internet
Jornalismo cidadão na internetJornalismo cidadão na internet
Jornalismo cidadão na internetmichelemitsue
 
Opensource e a Sociedade da Informação uma crítica sobre os custos associados
Opensource e a Sociedade da Informação uma crítica sobre os custos associados Opensource e a Sociedade da Informação uma crítica sobre os custos associados
Opensource e a Sociedade da Informação uma crítica sobre os custos associados Luis Borges Gouveia
 
Oficina Bíblia Transmídia Transmedia Week 2016 Brasil
Oficina Bíblia Transmídia Transmedia Week 2016 BrasilOficina Bíblia Transmídia Transmedia Week 2016 Brasil
Oficina Bíblia Transmídia Transmedia Week 2016 BrasilDimas Dion
 
Jornalismo: Muito Além do Tempo Real
Jornalismo: Muito Além do Tempo RealJornalismo: Muito Além do Tempo Real
Jornalismo: Muito Além do Tempo RealBruno Cardoso
 
Webjornalismo a sobrevivãªncia dos jornais digitais frente ã  aplicativos c...
Webjornalismo   a sobrevivãªncia dos jornais digitais frente ã  aplicativos c...Webjornalismo   a sobrevivãªncia dos jornais digitais frente ã  aplicativos c...
Webjornalismo a sobrevivãªncia dos jornais digitais frente ã  aplicativos c...Rafael Rodrigues
 
Redes e midias_sociais
Redes e midias_sociaisRedes e midias_sociais
Redes e midias_sociaisUNB
 
Jornalismo Participativo no Youtube
Jornalismo Participativo no YoutubeJornalismo Participativo no Youtube
Jornalismo Participativo no YoutubeDianaTrajano
 
Custos de Produção Transmídia, conceitos e técnica de desenvolvimento de proj...
Custos de Produção Transmídia, conceitos e técnica de desenvolvimento de proj...Custos de Produção Transmídia, conceitos e técnica de desenvolvimento de proj...
Custos de Produção Transmídia, conceitos e técnica de desenvolvimento de proj...EraTransmidia
 
Convergência e participação: construindo e circulando o discurso do consumo n...
Convergência e participação: construindo e circulando o discurso do consumo n...Convergência e participação: construindo e circulando o discurso do consumo n...
Convergência e participação: construindo e circulando o discurso do consumo n...Tatiana Couto
 
midia social ucpel
midia social ucpelmidia social ucpel
midia social ucpelcaldeiralang
 
Centro universitário de joão pessoa unipêatual
Centro universitário de joão pessoa unipêatualCentro universitário de joão pessoa unipêatual
Centro universitário de joão pessoa unipêatualarianamedeiros
 

Mais procurados (20)

Colaborativo10
Colaborativo10Colaborativo10
Colaborativo10
 
Convergência e Participação
Convergência e ParticipaçãoConvergência e Participação
Convergência e Participação
 
Aula02 arq usabilidade_senac_maio012
Aula02 arq usabilidade_senac_maio012Aula02 arq usabilidade_senac_maio012
Aula02 arq usabilidade_senac_maio012
 
YouTube e a Revolução Digital
YouTube e a Revolução DigitalYouTube e a Revolução Digital
YouTube e a Revolução Digital
 
Debate dos CMSs Livres
Debate dos CMSs LivresDebate dos CMSs Livres
Debate dos CMSs Livres
 
Jornalismo cidadão na internet
Jornalismo cidadão na internetJornalismo cidadão na internet
Jornalismo cidadão na internet
 
Ebook Mídias Sociais
Ebook Mídias SociaisEbook Mídias Sociais
Ebook Mídias Sociais
 
Opensource e a Sociedade da Informação uma crítica sobre os custos associados
Opensource e a Sociedade da Informação uma crítica sobre os custos associados Opensource e a Sociedade da Informação uma crítica sobre os custos associados
Opensource e a Sociedade da Informação uma crítica sobre os custos associados
 
LuisBorgesGouveia
LuisBorgesGouveiaLuisBorgesGouveia
LuisBorgesGouveia
 
Aula 1 comunicacao organizacional
Aula 1 comunicacao organizacionalAula 1 comunicacao organizacional
Aula 1 comunicacao organizacional
 
Oficina Bíblia Transmídia Transmedia Week 2016 Brasil
Oficina Bíblia Transmídia Transmedia Week 2016 BrasilOficina Bíblia Transmídia Transmedia Week 2016 Brasil
Oficina Bíblia Transmídia Transmedia Week 2016 Brasil
 
Jornalismo: Muito Além do Tempo Real
Jornalismo: Muito Além do Tempo RealJornalismo: Muito Além do Tempo Real
Jornalismo: Muito Além do Tempo Real
 
Webjornalismo a sobrevivãªncia dos jornais digitais frente ã  aplicativos c...
Webjornalismo   a sobrevivãªncia dos jornais digitais frente ã  aplicativos c...Webjornalismo   a sobrevivãªncia dos jornais digitais frente ã  aplicativos c...
Webjornalismo a sobrevivãªncia dos jornais digitais frente ã  aplicativos c...
 
Midias sociais
Midias sociaisMidias sociais
Midias sociais
 
Redes e midias_sociais
Redes e midias_sociaisRedes e midias_sociais
Redes e midias_sociais
 
Jornalismo Participativo no Youtube
Jornalismo Participativo no YoutubeJornalismo Participativo no Youtube
Jornalismo Participativo no Youtube
 
Custos de Produção Transmídia, conceitos e técnica de desenvolvimento de proj...
Custos de Produção Transmídia, conceitos e técnica de desenvolvimento de proj...Custos de Produção Transmídia, conceitos e técnica de desenvolvimento de proj...
Custos de Produção Transmídia, conceitos e técnica de desenvolvimento de proj...
 
Convergência e participação: construindo e circulando o discurso do consumo n...
Convergência e participação: construindo e circulando o discurso do consumo n...Convergência e participação: construindo e circulando o discurso do consumo n...
Convergência e participação: construindo e circulando o discurso do consumo n...
 
midia social ucpel
midia social ucpelmidia social ucpel
midia social ucpel
 
Centro universitário de joão pessoa unipêatual
Centro universitário de joão pessoa unipêatualCentro universitário de joão pessoa unipêatual
Centro universitário de joão pessoa unipêatual
 

Semelhante a Youtube e cultura participativa

Crowdsourcing na publicidade
Crowdsourcing na publicidadeCrowdsourcing na publicidade
Crowdsourcing na publicidadeFernando Palma
 
Meios Audiovisuais e Educação no Brasil: a recepção, o vídeo popular e a TV C...
Meios Audiovisuais e Educação no Brasil: a recepção, o vídeo popular e a TV C...Meios Audiovisuais e Educação no Brasil: a recepção, o vídeo popular e a TV C...
Meios Audiovisuais e Educação no Brasil: a recepção, o vídeo popular e a TV C...richard_romancini
 
Desafio SnowFly: Participe!
Desafio SnowFly: Participe!Desafio SnowFly: Participe!
Desafio SnowFly: Participe!Ibrahim Cesar
 
novas_midias_prof_andre_bomfim
novas_midias_prof_andre_bomfimnovas_midias_prof_andre_bomfim
novas_midias_prof_andre_bomfimAndré Bomfim
 
Publicidade de Massa e Planejamento Estratégico na era Digital
Publicidade de Massa e Planejamento Estratégico na era DigitalPublicidade de Massa e Planejamento Estratégico na era Digital
Publicidade de Massa e Planejamento Estratégico na era Digitalrenatofrigo
 
Apresentação pre-projeto (1)
Apresentação pre-projeto (1)Apresentação pre-projeto (1)
Apresentação pre-projeto (1)Débora Lopes
 
Publicidade De Massa X Nichos De Comunicao 21810
Publicidade De Massa X Nichos De Comunicao 21810Publicidade De Massa X Nichos De Comunicao 21810
Publicidade De Massa X Nichos De Comunicao 21810taniamaciel
 
As Organizações e a Web
As Organizações e a WebAs Organizações e a Web
As Organizações e a WebClaudio Toldo
 
TV digital e interatividade
TV digital e interatividadeTV digital e interatividade
TV digital e interatividadelabmidiaufmg
 
Convergência de Mídias no blog Brainstorm#9
Convergência de Mídias no blog Brainstorm#9Convergência de Mídias no blog Brainstorm#9
Convergência de Mídias no blog Brainstorm#9guesta08be6
 
Produção transmídia dentro da realidade audiovisual brasileira
Produção transmídia dentro da realidade audiovisual brasileiraProdução transmídia dentro da realidade audiovisual brasileira
Produção transmídia dentro da realidade audiovisual brasileiraThiago Quadros
 
Vlog mas poxa vida como crônica contemporânea na internet e na televisão
Vlog mas poxa vida como crônica contemporânea na internet e na televisãoVlog mas poxa vida como crônica contemporânea na internet e na televisão
Vlog mas poxa vida como crônica contemporânea na internet e na televisãoTiago Nogueira
 

Semelhante a Youtube e cultura participativa (20)

Crowdsourcing na publicidade
Crowdsourcing na publicidadeCrowdsourcing na publicidade
Crowdsourcing na publicidade
 
Meios Audiovisuais e Educação no Brasil: a recepção, o vídeo popular e a TV C...
Meios Audiovisuais e Educação no Brasil: a recepção, o vídeo popular e a TV C...Meios Audiovisuais e Educação no Brasil: a recepção, o vídeo popular e a TV C...
Meios Audiovisuais e Educação no Brasil: a recepção, o vídeo popular e a TV C...
 
Desafio SnowFly: Participe!
Desafio SnowFly: Participe!Desafio SnowFly: Participe!
Desafio SnowFly: Participe!
 
1 web nova midia
1 web nova midia1 web nova midia
1 web nova midia
 
novas_midias_prof_andre_bomfim
novas_midias_prof_andre_bomfimnovas_midias_prof_andre_bomfim
novas_midias_prof_andre_bomfim
 
Apresentação trabalho sincult 2015 salvador
Apresentação trabalho sincult 2015 salvadorApresentação trabalho sincult 2015 salvador
Apresentação trabalho sincult 2015 salvador
 
Publicidade de Massa e Planejamento Estratégico na era Digital
Publicidade de Massa e Planejamento Estratégico na era DigitalPublicidade de Massa e Planejamento Estratégico na era Digital
Publicidade de Massa e Planejamento Estratégico na era Digital
 
Apresentação pre-projeto (1)
Apresentação pre-projeto (1)Apresentação pre-projeto (1)
Apresentação pre-projeto (1)
 
Prova cibercultura 1 anab
Prova cibercultura 1 anabProva cibercultura 1 anab
Prova cibercultura 1 anab
 
Publicidade De Massa X Nichos De Comunicao 21810
Publicidade De Massa X Nichos De Comunicao 21810Publicidade De Massa X Nichos De Comunicao 21810
Publicidade De Massa X Nichos De Comunicao 21810
 
Massaxnicho
MassaxnichoMassaxnicho
Massaxnicho
 
As Organizações e a Web
As Organizações e a WebAs Organizações e a Web
As Organizações e a Web
 
Social TV e Segunda Tela
Social TV e Segunda TelaSocial TV e Segunda Tela
Social TV e Segunda Tela
 
TV digital e interatividade
TV digital e interatividadeTV digital e interatividade
TV digital e interatividade
 
Convergência de Mídias no blog Brainstorm#9
Convergência de Mídias no blog Brainstorm#9Convergência de Mídias no blog Brainstorm#9
Convergência de Mídias no blog Brainstorm#9
 
Produção transmídia dentro da realidade audiovisual brasileira
Produção transmídia dentro da realidade audiovisual brasileiraProdução transmídia dentro da realidade audiovisual brasileira
Produção transmídia dentro da realidade audiovisual brasileira
 
Vlog mas poxa vida como crônica contemporânea na internet e na televisão
Vlog mas poxa vida como crônica contemporânea na internet e na televisãoVlog mas poxa vida como crônica contemporânea na internet e na televisão
Vlog mas poxa vida como crônica contemporânea na internet e na televisão
 
Cultura da Convergência
Cultura da ConvergênciaCultura da Convergência
Cultura da Convergência
 
Slides
SlidesSlides
Slides
 
Slides
SlidesSlides
Slides
 

Mais de Midias Digitais Cinema UNA 2013 (7)

Webserie A Solteirona
Webserie A SolteironaWebserie A Solteirona
Webserie A Solteirona
 
Websérie Heróis de Guto Aeraphe
Websérie Heróis de Guto AerapheWebsérie Heróis de Guto Aeraphe
Websérie Heróis de Guto Aeraphe
 
Claun
Claun   Claun
Claun
 
Claun
ClaunClaun
Claun
 
interatividade e podcast
interatividade e podcastinteratividade e podcast
interatividade e podcast
 
Análise da websérie Lado Nix
Análise da websérie Lado NixAnálise da websérie Lado Nix
Análise da websérie Lado Nix
 
sobre blogs
sobre blogssobre blogs
sobre blogs
 

Último

TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptAlineSilvaPotuk
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfmarialuciadasilva17
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxkarinasantiago54
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxGislaineDuresCruz
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024GleyceMoreiraXWeslle
 
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...Unidad de Espiritualidad Eudista
 
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxRevolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxHlioMachado1
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãodanielagracia9
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAEdioFnaf
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxAntonioVieira539017
 
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURACRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURADouglasVasconcelosMa
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxHenriqueLuciano2
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxJMTCS
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...nexocan937
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileirosMary Alvarenga
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 

Último (20)

TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
 
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
 
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxRevolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
 
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetização
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
 
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURACRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 

Youtube e cultura participativa

  • 1. _difusão Broadcast Difusão pública ou ampla de informações. O broadcast é o modelo que define o caráter massivo das mídias como o rádio e a televisão, pois é através dele que, essencialmente, esses meios difundem suas mensagens, buscando atingir o maior número possível de espectadores, indistintivamente. (VANASSI, 2010, p. 42)
  • 2. _difusão Narrowcast Difusão para públicos específicos, direcionado, programação segmentada. Difusão privada, limitada. Ex.: rádios comunitárias, corporativas ou educacionais. de
  • 3. _difusão Webcast Difusão para públicos gerais ou específicos via internet. Instaura novas temporalidades – diferentes do tempo imediato do Broadcast e Narrowcast. Streamning (fluxo contínuo) e on demand. As mensagens não são apenas segmentadas pelos mercados mediante as estratégias do emissor, mas também são cada vez mais diversificadas pelos usuários da mídia de acordo com seus interesses, por intermédio da exploração das vantagens das capacidades interativas. Como dizem alguns especialistas, no novo sistema horário nobre é o meu horário (CASTELLS, 1999, p. 457).
  • 4. _difusão Broadcast Difusão pública ou ampla de informações. O broadcast é o modelo que define o caráter massivo das mídias como o rádio e a televisão, pois é através dele que, essencialmente, esses meios difundem suas mensagens, buscando atingir o maior número possível de espectadores, indistintivamente. (VANASSI, 2010, p. 42)
  • 5. _
  • 6. _youtube JENKINS, Henry. In.: BURGESS, J; GREEN,J. Youtube e a Revolução Digital: como o maior fenômeno da cultura participativa transformou a mídia e a sociedade. São Paulo: Aleph, 2009. p.144 Muito do que foi escrito sobre o YouTube sugere que ele não teve predecessores. Além do mais, ninguém poderia ter previsto o que aconteceria se o cidadão comum pudesse controlar os meios de produção e distribuição cultural. (...) O que há de revolucionário no YouTube é que ele representa, nos termos de Levy, “uma apropriação normal, calma e embasada do discurso”, um site em que a mídia de massa é citada e recombinada, em que a mídia caseira ganha acesso público e várias subculturas produzem e compartilham mídia. É assombroso que o YouTube seja tão rotineiramente citado pela mídia de massa e tão regularmente disseminado por pessoas que conhecemos.
  • 7. _youtube GARAGE CINEMA AND THE FUTURE OF MEDIA TECHNOLOGY – Marc Davis http://fusion.sims.berkeley.edu/GarageCinema/pubs/pdf/pdf_599AB179-D346-4374-8F0AE11D9D76EBEF.pdf Cinema de Garagem (1997) Hipóteses sobre o “futuro” da produção audiovisual amadora ou semi-profissional. Looking at a fan video-making practice one can piece together a vision of a Garage Cinema in which user selected/produced content is interwoven with the expressive repertoire of materials drawn from popular culture (...) to enable people to create participatory communities around their experience of media by creating artifacts that express personal and shared desires not being satisfied by mainstream media. (p. 47)
  • 8. _produsage http://henryjenkins.org/2008/05/interview_with_axel_bruns.html Entrevista de Axel Burns a Henry Jenkins Nova palavra para designar uma mudança de posição de espectador (audiência) para criador de conteúdo Prosumer = production + consumer Apropriação de um tipo de instância produtiva por seus próprios consumidores numa consequente e constante ressignificação da própria lógica de produção/distribuição de conteúdo “the collaborative and continuos bulding and extending of existing content in pursuit of further improvement”
  • 9. _youtube JENKINS, Henry. In.: BURGESS, J; GREEN,J. Youtube e a Revolução Digital: como o maior fenômeno da cultura participativa transformou a mídia e a sociedade. São Paulo: Aleph, 2009. p.23 Meio de armazenagem e distribuição “plataforma destinada à expressão pessoal” Cultura participativa “A cocriação do Consumidor (Potts et al., 2008) é fundamental para avaliar o valor do YouTube, assim como sua influência contestadora sobre os modelos de negócio vigentes dos meios de comunicação. (...) Para o YouTube, a cultura participativa não é somente um artifício ou um adereço secundário; é, sem dúvida, seu principal negócio.”
  • 10. _youtube JENKINS, Henry. In.: BURGESS, J; GREEN,J. Youtube e a Revolução Digital: como o maior fenômeno da cultura participativa transformou a mídia e a sociedade.8São Paulo: Aleph, 2009. p.23 Site e cultura participativa - Tecnologia digital acessível - Conteúdo gerado por usuários - Alteração nas relações de poder entre os segmentos de mercado de mídia e consumidores
  • 11. _youtube https://www.ufmg.br/proex/cpinfo/cultura/docs/13_Produsage_-_Joana_Ziller.pdf Apropriar-se . Recombinar . Publicar “toda informação pode ser interpretada de forma diferente daquela prevista quando foi publicada. O que destacamos é que, ao recontextualizá-la, podemos alterar esse objetivo inicial, privilegiando outros caminhos interpretativos possíveis.”
  • 12. _youtube Samplear . Reciclar . Remixar . Reconfigurar Seleção e armazenamento Recombinação e recontextualização Extração de trechos de composições anteriores e inserção em uma nova construção (musical ou não). referência: música eletrônica John Cage (1950): a música se constitui em colagens de outras gravações
  • 13. _youtube Scratch Video Movimento de videoarte no Reino Unido •Uso de imagens pré-gravadas por outros (mídia tradicional, inclusive •Cortes rápidos e múltiplas possibilidades rítmicas •Ressignificação e recontextualização das imagens •Oposição à TV tradicional (incluindo MTV) •Questionamenstos políticos Blue Monday – the Duvet Brothers (1984) http://youtu.be/mPpazhkyZQ4
  • 14. _produsage http://henryjenkins.org/2008/05/interview_with_axel_bruns.html Entrevista de Axel Burns a Henry Jenkins Nova palavra para designar uma mudança de posição de espectador (audiência) para criador de conteúdo Prosumer = production + consumer Apropriação de um tipo de instância produtiva por seus próprios consumidores numa consequente e constante ressignificação da própria lógica de produção/distribuição de conteúdo “the collaborative and continuos bulding and extending of existing content in pursuit of further improvement”
  • 16. _youtube https://www.ufmg.br/proex/cpinfo/cultura/docs/13_Produsage_-_Joana_Ziller.pdf Usuário Antropofágico “O usuário antropofágico encontra espaço fértil nas ferramentas e plataformas de publicação baseadas na noção de compartilhamento e construção coletiva. Sites de redes sociais, de publicação de vídeos e fotos, de mapeamento da realidade à nossa volta se baseiam na lógica da publicação de informação por qualquer pessoa que tenha acesso à Internet. Ferramentas de edição de texto, áudio, vídeo e fotos ganham versões gratuitas online.”
  • 17. _youtube https://www.ufmg.br/proex/cpinfo/cultura/docs/13_Produsage_-_Joana_Ziller.pdf Usuário Antropofágico “Apropriar-se da informação, recombiná-la, republicá-la passa a ser uma questão de acesso às fontes e de domínio das ferramentas. Do funk mais recente ao discurso de um político, ao navegar pela Internet, nos deparamos frequentemente com conteúdo crido por produsers a partir de informações publicadas por outros produsers ou mesmo por fontes tradicionais, como a mídia, as editoras e gravadoras, as universidades.” QUESTÃO: limites legais
  • 18. _youtube https://www.ufmg.br/proex/cpinfo/cultura/docs/13_Produsage_-_Joana_Ziller.pdf Hitler se mata após ouvir Latino – Despedida de solteiro http://youtu.be/PU_d_u4Tg5s Péssimo atendimento da CLARO http://youtu.be/xIS0_ENLEns Serra comedor http://youtu.be/6ilV_hEfKnw Não empreste CD ao Jet Li http://youtu.be/XxFQ7YnaY2U
  • 19. _youtube https://www.ufmg.br/proex/cpinfo/cultura/docs/13_Produsage_-_Joana_Ziller.pdf Capitão Nascimento and Convergence Culture http://youtu.be/jZ6-J_6EdPI A redação mais bonita da cidade http://youtu.be/4KpoHyz1Kns Serra comedor http://youtu.be/6ilV_hEfKnw Eu sou Rica (Pobreza Pega) http://youtu.be/MgRO1i3XOaE Telebambis http://www.youtube.com/watch?v=cumlwA6QBvI