SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 50
Lição 29
3.4. A Península Ibérica nos séculos IX a XII
Guia de utilização
Lição 29
Sumário
A formação do Condado
Portucalense.
A formação de Portugal.
Lição 29
Para começar a Lição
Filme
Vamos à História
Proposta de exploração
Agora que visualizaste o vídeo anterior, vais entrar na nova lição,
e poderás responder facilmente a estas questões:
1. Quais foram as principais figuras históricas da formação do
Condado Portucalense?
2. Que importância teve D. Afonso Henriques na formação de
Portugal?
Agora… exploro
as fontes!
Afonso VI mandou à França emissários
encarregados de pedir socorro aos barões
franceses, afirmando que, se não viessem
prontamente em seu auxílio, se comporia com
os muçulmanos, franqueando-lhes a passagem
para aquele país. O seu apelo, porém, foi
escutado e a angústia da situação peninsular
devidamente apreciada. Uma expedição,
organizada por nobres de todas as regiões da
França, passou os Pirenéus em maio de 1087.
Damião Peres, História de Portugal, Portucalense Editora, 1970. D. Henrique
Doou [D. Afonso VI] a D. Henrique, com sua
filha Teresa em casamento, […] o condado que
tem por nome Condado Portucalense. Com a
condição de que o conde o servisse sempre e
fosse às suas Cortes e aos seus chamamentos
[…]. E assinalou-lhe certa [região] da terra dos
Mouros para que a conquistasse e, tomando-a,
acrescentasse o seu condado.
Crónica dos Cinco Reis
A doação do Condado Portucalense
Porquanto, morto o seu pai o Conde
D. Henrique […], alguns indignos
estrangeiros usurpavam o governo
de Portugal, com o consentimento
de sua mãe, a rainha D. Teresa […].
Tendo convocado os seus amigos e
os mais nobres de Portugal, que
sobremaneira preferiam o governo
dele ao da mãe e dos indignos
estrangeiros, travou com aqueles
batalha no campo de S. Mamede
[…], e foram destroçados e
derrotados por ele […].
Crónica dos Godos
Genealogia de D. Afonso Henriques
CONCLUINDO…
• O Condado Portucalense foi doado por Afonso VI
ao conde D. Henrique que o governou até à sua
morte.
• Com a morte do marido, D. Teresa passou a
governar este território.
• Em 1128, D. Afonso Henriques e, sua mãe,
D. Teresa defrontaram-se na Batalha de
S. Mamede, da qual D. Afonso Henriques sai
vitorioso, passando a governar o Condado
Portucalense.
A expansão cristã até inícios do século XI A expansão cristã até inícios do século XII
D. Afonso Henriques,
primeiro rei de Portugal
1185 – território
português no reinado
de D. Afonso Henriques
1211 – território
português no reinado
de D. Sancho I
1248 – território
português no reinado
de D. Sancho II
1249 – território
português no reinado
de D. Afonso III
CONCLUINDO…
A ação de D. Afonso Henriques prosseguiu em dois
sentidos:
• reconhecimento da independência política de
Portugal com o Tratado de Zamora e Bula
Manifestis Probatum;
• lutas contra os muçulmanos no sentido de
conquistar mais território para sul;
• a definição de fronteiras de Portugal com o
reino de Leão e Castela fica firmada no Tratado
de Alcanises.
Para sintetizar
a lição!
DO CONDADO PORTUCALENSE À FORMAÇÃO DE PORTUGAL
Doação do Condado
Portucalense, por
D. Afonso VI de Leão e
Castela, a D. Henrique e
D. Teresa
Alargamento do
território com
conquistas para Sul
Formação de reinos
cristãos
Conflito com a mãe – Batalha de S. Mamede
Formação de Portugal
Etapas da independência
política:
1143: Tratado de Zamora
1179: Bula Manifestis
Probatum
Apoio dos cruzados na luta
entre cristãos e
muçulmanos
Nascimento
de
D. Afonso
Henriques
Consolidação das
fronteiras de Portugal:
1297 – Tratado de
Alcanises
Agora… consolida
a lição!
Tens pela frente 8 perguntas sobre a matéria.
Cada pergunta vale 1 ponto.
Deves somar os teus pontos para avaliares o teu desempenho.
Boa sorte!
Questão 1
No século XI, a Península Ibérica
era formada por reinos cristãos. Quais?
A Reino de Leão, de Castela, de Navarra e de
Aragão
B Reino das Astúrias e de Leão
C Reino de Castela e de Leão
D Reino de Navarra, de Aragão e das Astúrias
A Reino de Leão, de Castela, de Navarra e de
Aragão
1 ponto
Questão 2
Para derrotar os muçulmanos,
Afonso VI pediu ajuda ao reino dos…
A Vândalos
B Suevos
C Francos
D Anglo-saxões
C Francos
1 ponto
Questão 3
Como recompensa, Afonso VI ofereceu
a D. Henrique…
A a mão de sua filha em casamento
B o Condado Portucalense
C o Condado da Galiza e a mão de sua filha D. Urraca em
casamento
D o Condado Portucalense e a mão de sua filha D. Teresa
em casamento
D o Condado Portucalense e a mão de
sua filha D. Teresa em casamento
1 ponto
Questão 4
Com a morte de D. Henrique, sucedeu-lhe
na governação…
A D. Raimundo
B D. Afonso Henriques
C D. Teresa
D D. Urraca
C D. Teresa
1 ponto
Questão 5
Não concordando com a mãe, D. Afonso
Henriques lutou contra ela…
A na Batalha de Ourique
B na Batalha de S. Mamede
C na Batalha de Zamora
D na Batalha de Guimarães
B na Batalha de
S. Mamede
1 ponto
Questão 6
Afonso VI reconheceu D. Afonso
Henriques como rei no…
A Tratado de S. Mamede
B Tratado de Zamora
C Tratado de Paz com Castela
D Tratado de Lisboa
B Tratado de Zamora
1 ponto
Questão 7
Em 1179, o Papa reconheceu Portugal
como reino e Afonso Henriques
como rei…
A no Tratado de Alcanises
B no Tratado de Roma
C no Tratado de Zamora
D na Bula Manifestis Probatum
D na Bula Manifestis
Probatum
1 ponto
Questão 8
A definição de fronteiras de Portugal
com Leão e Castela dá-se no…
A Tratado de Alcanises
B Tratado de Castela
C Tratado de Castela e Leão
D Tratado de Paz
A Tratado de Alcanises
1 ponto
Somados os teus pontos, avalia agora o teu desempenho.
Guia-te por esta tabela!
8 pontos Fantástico! Parabéns!
6 pontos Muito bem!
4 pontos Está mais atento na aula!
2 pontos Não andas nada atento na
aula!
0 pontos Acorda!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Formação de Portugal
Formação de PortugalFormação de Portugal
Formação de PortugalIsabel Alves
 
A formação do Reino de Portugal
A formação do Reino de PortugalA formação do Reino de Portugal
A formação do Reino de Portugalmartamariafonseca
 
A Formação do Reino de Portugal
A Formação do Reino de PortugalA Formação do Reino de Portugal
A Formação do Reino de PortugalHistN
 
Reconquista Cristã e o Condado Portucalense
Reconquista Cristã e o Condado PortucalenseReconquista Cristã e o Condado Portucalense
Reconquista Cristã e o Condado PortucalenseMinistério da Educação
 
Biografia de d. afonso henriques
Biografia de d. afonso henriquesBiografia de d. afonso henriques
Biografia de d. afonso henriques20014
 
Uniao iberica
Uniao ibericaUniao iberica
Uniao ibericacattonia
 
Formacao de portugal
Formacao de portugalFormacao de portugal
Formacao de portugalcattonia
 
23 os descobrimentos
23  os descobrimentos23  os descobrimentos
23 os descobrimentosCarla Freitas
 
Formação de portugal 4º ano
Formação de portugal   4º anoFormação de portugal   4º ano
Formação de portugal 4º anotelmascapelo
 
Formação reino--portugal.ppt_
 Formação reino--portugal.ppt_ Formação reino--portugal.ppt_
Formação reino--portugal.ppt_Isa Alves
 
A historia de portugal
A historia de portugalA historia de portugal
A historia de portugalgracindacasais
 
A Restauração Da Independência
A Restauração Da IndependênciaA Restauração Da Independência
A Restauração Da IndependênciaRui Neto
 
22 - A crise do século XIV
22 - A crise do século XIV22 - A crise do século XIV
22 - A crise do século XIVCarla Freitas
 
A crise de 1383 a a 1385
A crise de 1383 a a 1385A crise de 1383 a a 1385
A crise de 1383 a a 1385lauracruz20
 
Teste de história 5. crise em portugal no seculo xiv resumos
Teste de história 5. crise em portugal no seculo xiv resumosTeste de história 5. crise em portugal no seculo xiv resumos
Teste de história 5. crise em portugal no seculo xiv resumosAcima da Média
 
União ibérica & restauração
União ibérica & restauraçãoUnião ibérica & restauração
União ibérica & restauraçãoRainha Maga
 

Mais procurados (20)

Formação de Portugal
Formação de PortugalFormação de Portugal
Formação de Portugal
 
A formação do Reino de Portugal
A formação do Reino de PortugalA formação do Reino de Portugal
A formação do Reino de Portugal
 
A Formação do Reino de Portugal
A Formação do Reino de PortugalA Formação do Reino de Portugal
A Formação do Reino de Portugal
 
Reconquista Cristã e o Condado Portucalense
Reconquista Cristã e o Condado PortucalenseReconquista Cristã e o Condado Portucalense
Reconquista Cristã e o Condado Portucalense
 
Formaçaõ de portugal
Formaçaõ de portugalFormaçaõ de portugal
Formaçaõ de portugal
 
Biografia de d. afonso henriques
Biografia de d. afonso henriquesBiografia de d. afonso henriques
Biografia de d. afonso henriques
 
Uniao iberica
Uniao ibericaUniao iberica
Uniao iberica
 
Formacao de portugal
Formacao de portugalFormacao de portugal
Formacao de portugal
 
23 os descobrimentos
23  os descobrimentos23  os descobrimentos
23 os descobrimentos
 
Formação de portugal 4º ano
Formação de portugal   4º anoFormação de portugal   4º ano
Formação de portugal 4º ano
 
Formação reino--portugal.ppt_
 Formação reino--portugal.ppt_ Formação reino--portugal.ppt_
Formação reino--portugal.ppt_
 
D Afonso Henriques
D Afonso Henriques   D Afonso Henriques
D Afonso Henriques
 
A historia de portugal
A historia de portugalA historia de portugal
A historia de portugal
 
A Restauração Da Independência
A Restauração Da IndependênciaA Restauração Da Independência
A Restauração Da Independência
 
22 - A crise do século XIV
22 - A crise do século XIV22 - A crise do século XIV
22 - A crise do século XIV
 
A crise de 1383 a a 1385
A crise de 1383 a a 1385A crise de 1383 a a 1385
A crise de 1383 a a 1385
 
Teste de história 5. crise em portugal no seculo xiv resumos
Teste de história 5. crise em portugal no seculo xiv resumosTeste de história 5. crise em portugal no seculo xiv resumos
Teste de história 5. crise em portugal no seculo xiv resumos
 
Afonso henriques grupo2
Afonso henriques   grupo2Afonso henriques   grupo2
Afonso henriques grupo2
 
União ibérica & restauração
União ibérica & restauraçãoUnião ibérica & restauração
União ibérica & restauração
 
Sociedade Medieval
Sociedade MedievalSociedade Medieval
Sociedade Medieval
 

Semelhante a A formação do Condado Portucalense.pptx

D. Afonso Henriques
D. Afonso HenriquesD. Afonso Henriques
D. Afonso HenriquesMaria Gomes
 
A formação e alargamento do território português
A formação e alargamento do território portuguêsA formação e alargamento do território português
A formação e alargamento do território portuguêsAnabela Sobral
 
Eubiose 2 mar-2013 portugal a primeira nação templaria
Eubiose 2 mar-2013 portugal a primeira nação templariaEubiose 2 mar-2013 portugal a primeira nação templaria
Eubiose 2 mar-2013 portugal a primeira nação templariaNumeric Contadores
 
formaode-131217154915-phpapp02.pdf
formaode-131217154915-phpapp02.pdfformaode-131217154915-phpapp02.pdf
formaode-131217154915-phpapp02.pdfBelmiramolar
 
A+história+de+portugal
A+história+de+portugalA+história+de+portugal
A+história+de+portugalbelinhas
 
4 aformaodoreinodeportugal
4 aformaodoreinodeportugal4 aformaodoreinodeportugal
4 aformaodoreinodeportugalR C
 
Formaodeportugal 4ano-101129175302-phpapp02
Formaodeportugal 4ano-101129175302-phpapp02Formaodeportugal 4ano-101129175302-phpapp02
Formaodeportugal 4ano-101129175302-phpapp02Maria Ferreira
 
Cronologia dos reis de portugal
Cronologia dos reis de portugalCronologia dos reis de portugal
Cronologia dos reis de portugalAntonio Fleming
 
Cronologia dos reis de portugal.pps
Cronologia dos reis de portugal.ppsCronologia dos reis de portugal.pps
Cronologia dos reis de portugal.ppsAntonio Fleming
 
A crise do século XIV
A crise do século XIVA crise do século XIV
A crise do século XIVMaria Gomes
 
B4 a formacao de portugal
B4 a formacao de portugal B4 a formacao de portugal
B4 a formacao de portugal Carlos Vaz
 

Semelhante a A formação do Condado Portucalense.pptx (20)

D. Afonso Henriques
D. Afonso HenriquesD. Afonso Henriques
D. Afonso Henriques
 
Correção da ficha de trabalho formação de portugal
Correção da ficha de trabalho formação de portugal  Correção da ficha de trabalho formação de portugal
Correção da ficha de trabalho formação de portugal
 
Afonsohenriques 110706071735-phpapp01
Afonsohenriques 110706071735-phpapp01Afonsohenriques 110706071735-phpapp01
Afonsohenriques 110706071735-phpapp01
 
Afonso henriquesrevd1
Afonso henriquesrevd1Afonso henriquesrevd1
Afonso henriquesrevd1
 
A formação e alargamento do território português
A formação e alargamento do território portuguêsA formação e alargamento do território português
A formação e alargamento do território português
 
1.ª Dinastia
1.ª Dinastia1.ª Dinastia
1.ª Dinastia
 
Eubiose 2 mar-2013 portugal a primeira nação templaria
Eubiose 2 mar-2013 portugal a primeira nação templariaEubiose 2 mar-2013 portugal a primeira nação templaria
Eubiose 2 mar-2013 portugal a primeira nação templaria
 
formaode-131217154915-phpapp02.pdf
formaode-131217154915-phpapp02.pdfformaode-131217154915-phpapp02.pdf
formaode-131217154915-phpapp02.pdf
 
A+história+de+portugal
A+história+de+portugalA+história+de+portugal
A+história+de+portugal
 
4 aformaodoreinodeportugal
4 aformaodoreinodeportugal4 aformaodoreinodeportugal
4 aformaodoreinodeportugal
 
981
981981
981
 
Reconquista 2
Reconquista  2Reconquista  2
Reconquista 2
 
D.afonso h
D.afonso hD.afonso h
D.afonso h
 
Formaodeportugal 4ano-101129175302-phpapp02
Formaodeportugal 4ano-101129175302-phpapp02Formaodeportugal 4ano-101129175302-phpapp02
Formaodeportugal 4ano-101129175302-phpapp02
 
formação de portugal
formação de portugalformação de portugal
formação de portugal
 
A FormaçãO De Portugal
A FormaçãO De PortugalA FormaçãO De Portugal
A FormaçãO De Portugal
 
Cronologia dos reis de portugal
Cronologia dos reis de portugalCronologia dos reis de portugal
Cronologia dos reis de portugal
 
Cronologia dos reis de portugal.pps
Cronologia dos reis de portugal.ppsCronologia dos reis de portugal.pps
Cronologia dos reis de portugal.pps
 
A crise do século XIV
A crise do século XIVA crise do século XIV
A crise do século XIV
 
B4 a formacao de portugal
B4 a formacao de portugal B4 a formacao de portugal
B4 a formacao de portugal
 

Mais de Mariana Neves

casopratico_mod6.cultura palco.pptx
casopratico_mod6.cultura palco.pptxcasopratico_mod6.cultura palco.pptx
casopratico_mod6.cultura palco.pptxMariana Neves
 
teste_3_2periodo_correcao. areal melhor.doc
teste_3_2periodo_correcao. areal melhor.docteste_3_2periodo_correcao. areal melhor.doc
teste_3_2periodo_correcao. areal melhor.docMariana Neves
 
re_hca11_enl_exametiponacional.docx
re_hca11_enl_exametiponacional.docxre_hca11_enl_exametiponacional.docx
re_hca11_enl_exametiponacional.docxMariana Neves
 
Ficha de trabalho romanização
Ficha de trabalho   romanizaçãoFicha de trabalho   romanização
Ficha de trabalho romanizaçãoMariana Neves
 
A Integração Dos Povos No Império Romano
A Integração Dos Povos No Império RomanoA Integração Dos Povos No Império Romano
A Integração Dos Povos No Império RomanoMariana Neves
 

Mais de Mariana Neves (8)

casopratico_mod6.cultura palco.pptx
casopratico_mod6.cultura palco.pptxcasopratico_mod6.cultura palco.pptx
casopratico_mod6.cultura palco.pptx
 
teste_3_2periodo_correcao. areal melhor.doc
teste_3_2periodo_correcao. areal melhor.docteste_3_2periodo_correcao. areal melhor.doc
teste_3_2periodo_correcao. areal melhor.doc
 
re_hca11_enl_exametiponacional.docx
re_hca11_enl_exametiponacional.docxre_hca11_enl_exametiponacional.docx
re_hca11_enl_exametiponacional.docx
 
ae_teste_10.docx
ae_teste_10.docxae_teste_10.docx
ae_teste_10.docx
 
Ficha De Apoio
Ficha De ApoioFicha De Apoio
Ficha De Apoio
 
Ficha de trabalho romanização
Ficha de trabalho   romanizaçãoFicha de trabalho   romanização
Ficha de trabalho romanização
 
Ficha de apoio
Ficha de apoioFicha de apoio
Ficha de apoio
 
A Integração Dos Povos No Império Romano
A Integração Dos Povos No Império RomanoA Integração Dos Povos No Império Romano
A Integração Dos Povos No Império Romano
 

Último

História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfHistória concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfGisellySobral
 
transcrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de línguatranscrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de línguaKelly Mendes
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...azulassessoria9
 
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...GisellySobral
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilMariaHelena293800
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasMonizeEvellin2
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"Ilda Bicacro
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...Eró Cunha
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEblogdoelvis
 
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASAPRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASricardo644666
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaHenrique Santos
 
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.pptAs teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.pptorlando dias da silva
 
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresModelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresAna Isabel Correia
 
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...marioeugenio8
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoIlda Bicacro
 
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigasPeça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigasBibliotecaViatodos
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxCarolineWaitman
 
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfUFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfManuais Formação
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdfaulasgege
 
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAbdLuxemBourg
 

Último (20)

História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfHistória concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
 
transcrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de línguatranscrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de língua
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASAPRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de Infância
 
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.pptAs teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
 
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresModelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
 
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigasPeça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
 
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfUFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
 
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
 

A formação do Condado Portucalense.pptx

  • 1. Lição 29 3.4. A Península Ibérica nos séculos IX a XII Guia de utilização
  • 2. Lição 29 Sumário A formação do Condado Portucalense. A formação de Portugal.
  • 5. Proposta de exploração Agora que visualizaste o vídeo anterior, vais entrar na nova lição, e poderás responder facilmente a estas questões: 1. Quais foram as principais figuras históricas da formação do Condado Portucalense? 2. Que importância teve D. Afonso Henriques na formação de Portugal?
  • 7. Afonso VI mandou à França emissários encarregados de pedir socorro aos barões franceses, afirmando que, se não viessem prontamente em seu auxílio, se comporia com os muçulmanos, franqueando-lhes a passagem para aquele país. O seu apelo, porém, foi escutado e a angústia da situação peninsular devidamente apreciada. Uma expedição, organizada por nobres de todas as regiões da França, passou os Pirenéus em maio de 1087. Damião Peres, História de Portugal, Portucalense Editora, 1970. D. Henrique
  • 8. Doou [D. Afonso VI] a D. Henrique, com sua filha Teresa em casamento, […] o condado que tem por nome Condado Portucalense. Com a condição de que o conde o servisse sempre e fosse às suas Cortes e aos seus chamamentos […]. E assinalou-lhe certa [região] da terra dos Mouros para que a conquistasse e, tomando-a, acrescentasse o seu condado. Crónica dos Cinco Reis A doação do Condado Portucalense
  • 9. Porquanto, morto o seu pai o Conde D. Henrique […], alguns indignos estrangeiros usurpavam o governo de Portugal, com o consentimento de sua mãe, a rainha D. Teresa […]. Tendo convocado os seus amigos e os mais nobres de Portugal, que sobremaneira preferiam o governo dele ao da mãe e dos indignos estrangeiros, travou com aqueles batalha no campo de S. Mamede […], e foram destroçados e derrotados por ele […]. Crónica dos Godos Genealogia de D. Afonso Henriques CONCLUINDO… • O Condado Portucalense foi doado por Afonso VI ao conde D. Henrique que o governou até à sua morte. • Com a morte do marido, D. Teresa passou a governar este território. • Em 1128, D. Afonso Henriques e, sua mãe, D. Teresa defrontaram-se na Batalha de S. Mamede, da qual D. Afonso Henriques sai vitorioso, passando a governar o Condado Portucalense.
  • 10. A expansão cristã até inícios do século XI A expansão cristã até inícios do século XII
  • 11. D. Afonso Henriques, primeiro rei de Portugal
  • 12. 1185 – território português no reinado de D. Afonso Henriques 1211 – território português no reinado de D. Sancho I 1248 – território português no reinado de D. Sancho II 1249 – território português no reinado de D. Afonso III CONCLUINDO… A ação de D. Afonso Henriques prosseguiu em dois sentidos: • reconhecimento da independência política de Portugal com o Tratado de Zamora e Bula Manifestis Probatum; • lutas contra os muçulmanos no sentido de conquistar mais território para sul; • a definição de fronteiras de Portugal com o reino de Leão e Castela fica firmada no Tratado de Alcanises.
  • 14. DO CONDADO PORTUCALENSE À FORMAÇÃO DE PORTUGAL Doação do Condado Portucalense, por D. Afonso VI de Leão e Castela, a D. Henrique e D. Teresa Alargamento do território com conquistas para Sul Formação de reinos cristãos Conflito com a mãe – Batalha de S. Mamede Formação de Portugal Etapas da independência política: 1143: Tratado de Zamora 1179: Bula Manifestis Probatum Apoio dos cruzados na luta entre cristãos e muçulmanos Nascimento de D. Afonso Henriques Consolidação das fronteiras de Portugal: 1297 – Tratado de Alcanises
  • 16.
  • 17. Tens pela frente 8 perguntas sobre a matéria. Cada pergunta vale 1 ponto. Deves somar os teus pontos para avaliares o teu desempenho. Boa sorte!
  • 19. No século XI, a Península Ibérica era formada por reinos cristãos. Quais? A Reino de Leão, de Castela, de Navarra e de Aragão B Reino das Astúrias e de Leão C Reino de Castela e de Leão D Reino de Navarra, de Aragão e das Astúrias
  • 20. A Reino de Leão, de Castela, de Navarra e de Aragão
  • 23. Para derrotar os muçulmanos, Afonso VI pediu ajuda ao reino dos… A Vândalos B Suevos C Francos D Anglo-saxões
  • 27. Como recompensa, Afonso VI ofereceu a D. Henrique… A a mão de sua filha em casamento B o Condado Portucalense C o Condado da Galiza e a mão de sua filha D. Urraca em casamento D o Condado Portucalense e a mão de sua filha D. Teresa em casamento
  • 28. D o Condado Portucalense e a mão de sua filha D. Teresa em casamento
  • 31. Com a morte de D. Henrique, sucedeu-lhe na governação… A D. Raimundo B D. Afonso Henriques C D. Teresa D D. Urraca
  • 35. Não concordando com a mãe, D. Afonso Henriques lutou contra ela… A na Batalha de Ourique B na Batalha de S. Mamede C na Batalha de Zamora D na Batalha de Guimarães
  • 36. B na Batalha de S. Mamede
  • 39. Afonso VI reconheceu D. Afonso Henriques como rei no… A Tratado de S. Mamede B Tratado de Zamora C Tratado de Paz com Castela D Tratado de Lisboa
  • 40. B Tratado de Zamora
  • 43. Em 1179, o Papa reconheceu Portugal como reino e Afonso Henriques como rei… A no Tratado de Alcanises B no Tratado de Roma C no Tratado de Zamora D na Bula Manifestis Probatum
  • 44. D na Bula Manifestis Probatum
  • 47. A definição de fronteiras de Portugal com Leão e Castela dá-se no… A Tratado de Alcanises B Tratado de Castela C Tratado de Castela e Leão D Tratado de Paz
  • 48. A Tratado de Alcanises
  • 50. Somados os teus pontos, avalia agora o teu desempenho. Guia-te por esta tabela! 8 pontos Fantástico! Parabéns! 6 pontos Muito bem! 4 pontos Está mais atento na aula! 2 pontos Não andas nada atento na aula! 0 pontos Acorda!