QVCC - 08 Dom espiritual de profeta

1.564 visualizações

Publicada em

Estudo com base no Livro Quem é você no corpo de Cristo ministrado na Igreja Presbiteriana em Vila Capixaba

Publicada em: Espiritual
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.564
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.028
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
25
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

QVCC - 08 Dom espiritual de profeta

  1. 1. 6.... tendo, porém, diferentes dons segundo a graça que nos foi dada: se profecia, seja segundo a proporção da fé; 7.se ministério, dediquemo-nos ao ministério; ou o que ensina esmere-se no fazê-lo; 8.ou o que exorta faça-o com dedicação; o que contribui, com liberalidade; o que preside, com diligência; quem exerce misericórdia, com alegria. Rm 12.6-8
  2. 2. Discurso que emana da inspiração divina e que declara os propósitos de Deus, seja pela reprovação ou admoestação do iníquo, ou para o conforto do aflito, ou para revelar coisas escondidas; esp. pelo prenunciar do eventos futuros (profeteian) – significa pregar a mensagem de Deus, uma mensagem inspirada; proclamação do pensamento e conselho de Deus para mostrar o pecado, corrigir, edificar, confortar e animar; pregação inteligível.
  3. 3. Os profetas no Antigo Testamento instruíram, admoestaram, exortaram e interpretaram para as circunstâncias específicas de pessoas ou povos as promessas e ameaças de Deus que constavam na Aliança (Dt28). Eles denunciaram o pecado e incentivaram o arrependimento.
  4. 4. Profecia é o chamar a atenção de um indivíduo ou nação para aquilo que está errado a fim de levá-lo ao caminho da cura, reforma e justiça. “Profecia é crítica baseada em esperança” (Barclay)
  5. 5. a)Sua opinião é sempre baseada nas Escrituras. Quer compreender profundamente e aceitar pessoalmente. b)É motivado a comunicar estas verdades de Deus a outros, com poder, clareza e convicção, verbalmente ou por escrito. É geralmente incisivo, franco e persuasivo na maneira de se expressar. c)Interpreta a Escritura e aplica princípios bíblicos ao contexto de seus ouvintes à luz dos eventos circunstanciais.
  6. 6. f)Tem disposição sincera e humilde para o quebrantamento pessoal. Procura viver o que prega, e reconhece em triste confissão que também é pecador. Está sempre mais disposto a apontar seus próprios erros que para o erro do outro.
  7. 7. g)Repreende para convencer de erro, usando as Escrituras como bússola. Repreender é mostrar o erro ao culpado de tal forma que ele se convença e assuma a tempo de evitar consequências drásticas do erro. Não é praguejar ou condenar. h)Quer promover e incentivar o quebrantamento.
  8. 8. g)Repreende para convencer de erro, usando as Escrituras como bússola. Repreender é mostrar o erro ao culpado de tal forma que ele se convença e assuma a tempo de evitar consequências drásticas do erro. Não é praguejar ou condenar.
  9. 9. h)Quer promover e incentivar o quebrantamento. i)Identifica-se com outro no seu erro, corrigindo com convicção e tendo desejo sincero pelo máximo bem dele. Preocupa-se com a restauração daquele que errou, estendendo misericórdia ao sinceramente arrependido.
  10. 10. j)Deseja ver mudanças rápidas nas atitudes e incentiva nesse sentido. Pode ter dificuldades em ser sensível e paciente com problemas dos indivíduos. K)Tem uma capacidade ímpar para discernir o caráter, a integridade e os motivos de outros. Enxerga além das máscaras.
  11. 11. l)É encorajador e geralmente é uma pessoa carinhosa. m)É uma pessoa observadora. n)Auxilia a identificação da raiz de problemas espirituais, pela Palavra de Deus.
  12. 12. “se profecia, seja segundo a proporção da fé...” (Rm 12.6) O que isso significa? Fé aqui não quer dizer a capacidade de crer em Deus. A fé é a verdade revelada. Não nossa fé subjetiva, mas a fé objetiva.
  13. 13. “exortando-vos a batalhardes, diligentemente, pela fé que uma vez por todas foi entregue aos santos” (Jd3). A palavra do profeta tem que se harmonizar com as Escrituras. “Ainda que eu tenha o dom de profetizar e conheça todos os mistérios e toda a ciência; ainda que eu tenha tamanha fé, a ponto de transportar montes, se não tiver amor, nada serei”. (1Co 13.2)
  14. 14. O profeta precisa exercer seu dom com amor. O desenvolvimento do caráter de Cristo, como aquele que serve, é a essência do exercício dos dons. O profeta corrigirá o outro não para parecer melhor que ele, mas para servi-lo em amor para seu crescimento espiritual e moral.
  15. 15. Pode ser tachado de: Pode agir da seguinte maneira: Intransigente Antipático Achar-se “dono da verdade” Frio ou insensível Fraco Pela franqueza ao corrigir o erro. Por expressar suas convicções com insistência pela certeza de que são bíblicas ou por estar mais preocupado com o que a Bíblia diz que com a opinião das pessoas. Pela simplicidade pessoal, sem luxo e/ou vaidade (a maioria dos possuidores deste dom) Por ter dificuldades em ser paciente com os problemas de outros. Por estar disposto a admitir seus erros e sentir necessidade de quebrantamento.
  16. 16. a)Aquele que possui o dom de profeta pode frequentemente sentir-se frustrado e solitário no meio da igreja pela incompreensão daqueles que não entendem seu dom ou não recebem sua mensagem. b)Machucar alguém com palavras excessivamente duras sem investir o tempo necessário para transmitir o bálsamo do amor de Deus.
  17. 17. c)Ser exageradamente exigente ou duro no lar com cônjuge ou filhos. d)Tornar-se um legalista ou “caçador de hereges”, assemelhando-se aos fariseus do tempo de Jesus.
  18. 18. e)Falar por si mesmo. O exercício deste dom sem amor ou o desenvolvimento do caráter de Cristo e do fruto do Espírito Santo pode se deteriorar em crítica exagerada e até partir para um juízo temerário porque pode faltar desejo sincero pelo bem do outro.
  19. 19. Dons mais comuns na mesma pessoa:  Dom de Ensino  Dom de Liderança  Dom de Evangelista
  20. 20. 1.Você se identificou com o dom de profecia? 2.Você exerce a admoestação com amor? 3.Como você pode ajudar outros a crescer?

×