SlideShare uma empresa Scribd logo
6.... tendo, porém, diferentes dons segundo a
graça que nos foi dada: se profecia, seja
segundo a proporção da fé;
7.se ministério, dediquemo-nos ao ministério;
ou o que ensina esmere-se no fazê-lo;
8.ou o que exorta faça-o com dedicação; o que
contribui, com liberalidade; o que preside,
com diligência; quem exerce misericórdia, com
alegria. Rm 12.6-8
Discurso que emana da inspiração divina e que
declara os propósitos de Deus, seja pela reprovação
ou admoestação do iníquo, ou para o conforto do
aflito, ou para revelar coisas escondidas; esp. pelo
prenunciar do eventos futuros
(profeteian) – significa pregar a
mensagem de Deus, uma mensagem inspirada;
proclamação do pensamento e conselho de Deus
para mostrar o pecado, corrigir, edificar, confortar e
animar; pregação inteligível.
Os profetas no Antigo Testamento
instruíram, admoestaram, exortaram e
interpretaram para as circunstâncias
específicas de pessoas ou povos as promessas
e ameaças de Deus que constavam na Aliança
(Dt28).
Eles denunciaram o pecado e
incentivaram o arrependimento.
Profecia é o chamar a atenção de um
indivíduo ou nação para aquilo que está errado
a fim de levá-lo ao caminho da cura, reforma e
justiça.
“Profecia é crítica baseada em esperança”
(Barclay)
a)Sua opinião é sempre baseada nas Escrituras. Quer
compreender profundamente e aceitar
pessoalmente.
b)É motivado a comunicar estas verdades de Deus a
outros, com poder, clareza e convicção, verbalmente
ou por escrito. É geralmente incisivo, franco e
persuasivo na maneira de se expressar.
c)Interpreta a Escritura e aplica princípios bíblicos ao
contexto de seus ouvintes à luz dos eventos
circunstanciais.
f)Tem disposição sincera e humilde para o
quebrantamento pessoal. Procura viver o
que prega, e reconhece em triste
confissão que também é pecador.
Está sempre mais disposto a apontar seus
próprios erros que para o erro do outro.
g)Repreende para convencer de erro,
usando as Escrituras como bússola.
Repreender é mostrar o erro ao culpado
de tal forma que ele se convença e
assuma a tempo de evitar consequências
drásticas do erro. Não é praguejar ou
condenar.
h)Quer promover e incentivar o
quebrantamento.
g)Repreende para convencer de erro,
usando as Escrituras como bússola.
Repreender é mostrar o erro ao culpado
de tal forma que ele se convença e
assuma a tempo de evitar consequências
drásticas do erro. Não é praguejar ou
condenar.
h)Quer promover e incentivar o
quebrantamento.
i)Identifica-se com outro no seu erro,
corrigindo com convicção e tendo desejo
sincero pelo máximo bem dele. Preocupa-se
com a restauração daquele que errou,
estendendo misericórdia ao sinceramente
arrependido.
j)Deseja ver mudanças rápidas nas atitudes e
incentiva nesse sentido. Pode ter dificuldades
em ser sensível e paciente com problemas dos
indivíduos.
K)Tem uma capacidade ímpar para discernir o
caráter, a integridade e os motivos de outros.
Enxerga além das máscaras.
l)É encorajador e geralmente é uma pessoa
carinhosa.
m)É uma pessoa observadora.
n)Auxilia a identificação da raiz de
problemas espirituais, pela Palavra de
Deus.
“se profecia, seja segundo a proporção da
fé...” (Rm 12.6)
O que isso significa?
Fé aqui não quer dizer a capacidade de
crer em Deus. A fé é a verdade revelada.
Não nossa fé subjetiva, mas a fé objetiva.
“exortando-vos a batalhardes,
diligentemente, pela fé que uma vez por
todas foi entregue aos santos” (Jd3).
A palavra do profeta tem que se harmonizar com as
Escrituras.
“Ainda que eu tenha o dom de profetizar e conheça
todos os mistérios e toda a ciência; ainda que eu
tenha tamanha fé, a ponto de transportar montes, se
não tiver amor, nada serei”. (1Co 13.2)
O profeta precisa exercer seu dom com amor. O
desenvolvimento do caráter de Cristo, como aquele
que serve, é a essência do exercício dos dons.
O profeta corrigirá o outro não para parecer
melhor que ele, mas para servi-lo em amor
para seu crescimento espiritual e moral.
Pode ser tachado de: Pode agir da seguinte maneira:
Intransigente
Antipático
Achar-se “dono da verdade”
Frio ou insensível
Fraco
Pela franqueza ao corrigir o erro.
Por expressar suas convicções com insistência pela
certeza de que são bíblicas ou por estar mais
preocupado com o que a Bíblia diz que com a
opinião das pessoas.
Pela simplicidade pessoal, sem luxo e/ou vaidade
(a maioria dos possuidores deste dom)
Por ter dificuldades em ser paciente com os
problemas de outros.
Por estar disposto a admitir seus erros e sentir
necessidade de quebrantamento.
a)Aquele que possui o dom de profeta pode
frequentemente sentir-se frustrado e solitário
no meio da igreja pela incompreensão
daqueles que não entendem seu dom ou não
recebem sua mensagem.
b)Machucar alguém com palavras
excessivamente duras sem investir o tempo
necessário para transmitir o bálsamo do amor
de Deus.
c)Ser exageradamente exigente ou duro
no lar com cônjuge ou filhos.
d)Tornar-se um legalista ou “caçador de
hereges”, assemelhando-se aos fariseus
do tempo de Jesus.
e)Falar por si mesmo.
O exercício deste dom sem amor ou o
desenvolvimento do caráter de Cristo e do fruto do
Espírito Santo pode se deteriorar em crítica
exagerada e até partir para um juízo temerário
porque pode faltar desejo sincero pelo bem do
outro.
Dons mais comuns na mesma pessoa:
 Dom de Ensino
 Dom de Liderança
 Dom de Evangelista
1.Você se identificou com o dom de profecia?
2.Você exerce a admoestação com amor?
3.Como você pode ajudar outros a crescer?

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Buscai e achareis
Buscai e achareisBuscai e achareis
Buscai e achareis
Helio Cruz
 
ESE CAP XVII - Sede Perfeitos
ESE CAP XVII - Sede PerfeitosESE CAP XVII - Sede Perfeitos
ESE CAP XVII - Sede Perfeitos
grupodepaisceb
 
Culto sal da terra cidade jardim
Culto sal da terra cidade jardimCulto sal da terra cidade jardim
Culto sal da terra cidade jardim
Caroline Calaça
 
7165570 os-valentes-de-deus-rene-terra-nova
7165570 os-valentes-de-deus-rene-terra-nova7165570 os-valentes-de-deus-rene-terra-nova
7165570 os-valentes-de-deus-rene-terra-nova
Antonio Ferreira
 
Atos profeticos-rene-terra-nova
Atos profeticos-rene-terra-novaAtos profeticos-rene-terra-nova
Atos profeticos-rene-terra-nova
Minerva Souza
 
Palestra congresso de mulheres transformação e crescimento espiritual
Palestra congresso de mulheres transformação e crescimento espiritualPalestra congresso de mulheres transformação e crescimento espiritual
Palestra congresso de mulheres transformação e crescimento espiritual
Caroline Calaça
 
Definicao de-atos-profeticos
Definicao de-atos-profeticosDefinicao de-atos-profeticos
Definicao de-atos-profeticos
Minerva Souza
 
8813394 mapeamento-espiritual-josue-pereira-dos-santos
8813394 mapeamento-espiritual-josue-pereira-dos-santos8813394 mapeamento-espiritual-josue-pereira-dos-santos
8813394 mapeamento-espiritual-josue-pereira-dos-santos
Anderson Cleyton
 

Mais procurados (20)

Descobrindo os dons espirituais jmn
Descobrindo os dons espirituais   jmnDescobrindo os dons espirituais   jmn
Descobrindo os dons espirituais jmn
 
Mulheres moldadas pela Palavra de Deus
Mulheres moldadas pela Palavra de Deus Mulheres moldadas pela Palavra de Deus
Mulheres moldadas pela Palavra de Deus
 
Livro dos Espiritos 228 Evangelho 17, 3
Livro dos Espiritos 228 Evangelho 17, 3Livro dos Espiritos 228 Evangelho 17, 3
Livro dos Espiritos 228 Evangelho 17, 3
 
Buscai e achareis
Buscai e achareisBuscai e achareis
Buscai e achareis
 
Primeiro a dedicação
Primeiro a dedicaçãoPrimeiro a dedicação
Primeiro a dedicação
 
ESE CAP XVII - Sede Perfeitos
ESE CAP XVII - Sede PerfeitosESE CAP XVII - Sede Perfeitos
ESE CAP XVII - Sede Perfeitos
 
Primeiro a dedicação
Primeiro a dedicaçãoPrimeiro a dedicação
Primeiro a dedicação
 
Culto sal da terra cidade jardim
Culto sal da terra cidade jardimCulto sal da terra cidade jardim
Culto sal da terra cidade jardim
 
7165570 os-valentes-de-deus-rene-terra-nova
7165570 os-valentes-de-deus-rene-terra-nova7165570 os-valentes-de-deus-rene-terra-nova
7165570 os-valentes-de-deus-rene-terra-nova
 
Atos profeticos-rene-terra-nova
Atos profeticos-rene-terra-novaAtos profeticos-rene-terra-nova
Atos profeticos-rene-terra-nova
 
Estudo da Bíblia
Estudo da BíbliaEstudo da Bíblia
Estudo da Bíblia
 
Buscai e achareis 1 a 5
Buscai e achareis 1 a  5Buscai e achareis 1 a  5
Buscai e achareis 1 a 5
 
Palestra congresso de mulheres transformação e crescimento espiritual
Palestra congresso de mulheres transformação e crescimento espiritualPalestra congresso de mulheres transformação e crescimento espiritual
Palestra congresso de mulheres transformação e crescimento espiritual
 
Definicao de-atos-profeticos
Definicao de-atos-profeticosDefinicao de-atos-profeticos
Definicao de-atos-profeticos
 
SEDE PERFEITOS
SEDE PERFEITOSSEDE PERFEITOS
SEDE PERFEITOS
 
LE Q662 a 664 e ESE cap.6_item7
LE Q662 a 664 e ESE cap.6_item7LE Q662 a 664 e ESE cap.6_item7
LE Q662 a 664 e ESE cap.6_item7
 
Livro dos Espíritos 653 e ESE Cap.6
Livro dos Espíritos 653 e ESE Cap.6Livro dos Espíritos 653 e ESE Cap.6
Livro dos Espíritos 653 e ESE Cap.6
 
8813394 mapeamento-espiritual-josue-pereira-dos-santos
8813394 mapeamento-espiritual-josue-pereira-dos-santos8813394 mapeamento-espiritual-josue-pereira-dos-santos
8813394 mapeamento-espiritual-josue-pereira-dos-santos
 
Palestra ESE cap17 Sede perfeitos
Palestra ESE cap17 Sede perfeitosPalestra ESE cap17 Sede perfeitos
Palestra ESE cap17 Sede perfeitos
 
A beleza interior da mulher
A beleza interior da mulherA beleza interior da mulher
A beleza interior da mulher
 

Semelhante a QVCC - 08 Dom espiritual de profeta

24. como estudar a biblía i
24. como estudar a biblía i24. como estudar a biblía i
24. como estudar a biblía i
pohlos
 
Arranjo, sobre a organização e uso dos dons
Arranjo, sobre a organização e uso dos donsArranjo, sobre a organização e uso dos dons
Arranjo, sobre a organização e uso dos dons
welingtonjh
 
Curso de evangelismo pessoal pr. edmundo
Curso de evangelismo pessoal  pr. edmundoCurso de evangelismo pessoal  pr. edmundo
Curso de evangelismo pessoal pr. edmundo
Edmundo Mendes Silva
 
Aconselhamento pastoral
Aconselhamento pastoralAconselhamento pastoral
Aconselhamento pastoral
Elizeu Santos
 

Semelhante a QVCC - 08 Dom espiritual de profeta (20)

1 dons espirituais testes
1 dons espirituais testes1 dons espirituais testes
1 dons espirituais testes
 
Cada um com seu Dom Espiritual
Cada um com seu Dom EspiritualCada um com seu Dom Espiritual
Cada um com seu Dom Espiritual
 
Osbem aventurados pg
Osbem aventurados pgOsbem aventurados pg
Osbem aventurados pg
 
24. como estudar a biblía i
24. como estudar a biblía i24. como estudar a biblía i
24. como estudar a biblía i
 
Aula sobre prece- como Rezar
Aula sobre prece- como Rezar Aula sobre prece- como Rezar
Aula sobre prece- como Rezar
 
Teologia
Teologia Teologia
Teologia
 
Estudo sobre prece!
Estudo sobre prece!Estudo sobre prece!
Estudo sobre prece!
 
Evangelismo infantil
Evangelismo infantilEvangelismo infantil
Evangelismo infantil
 
Diamica dons espirito
Diamica dons espiritoDiamica dons espirito
Diamica dons espirito
 
Transição Planetária - Aula 7 - Cap. 13,14,15 - Conquistando o tempo malbarat...
Transição Planetária - Aula 7 - Cap. 13,14,15 - Conquistando o tempo malbarat...Transição Planetária - Aula 7 - Cap. 13,14,15 - Conquistando o tempo malbarat...
Transição Planetária - Aula 7 - Cap. 13,14,15 - Conquistando o tempo malbarat...
 
Adversidades de uma igreja em celulas
Adversidades de uma igreja em celulasAdversidades de uma igreja em celulas
Adversidades de uma igreja em celulas
 
Perfil do catequista
Perfil do catequistaPerfil do catequista
Perfil do catequista
 
O Perdão - Espirtismo
O Perdão - EspirtismoO Perdão - Espirtismo
O Perdão - Espirtismo
 
Arranjo, sobre a organização e uso dos dons
Arranjo, sobre a organização e uso dos donsArranjo, sobre a organização e uso dos dons
Arranjo, sobre a organização e uso dos dons
 
Liderança
LiderançaLiderança
Liderança
 
Curso de evangelismo pessoal pr. edmundo
Curso de evangelismo pessoal  pr. edmundoCurso de evangelismo pessoal  pr. edmundo
Curso de evangelismo pessoal pr. edmundo
 
Fora Da Caridade NãO Há SalvaçãO
Fora Da Caridade NãO Há SalvaçãOFora Da Caridade NãO Há SalvaçãO
Fora Da Caridade NãO Há SalvaçãO
 
Aconselhamento pastoral
Aconselhamento pastoralAconselhamento pastoral
Aconselhamento pastoral
 
Aconselhamento pastoral
Aconselhamento pastoralAconselhamento pastoral
Aconselhamento pastoral
 
Esboço 1 - 6 chaves para a paz nos relacionamentos - msg 1
Esboço 1 - 6 chaves para a paz nos relacionamentos - msg 1Esboço 1 - 6 chaves para a paz nos relacionamentos - msg 1
Esboço 1 - 6 chaves para a paz nos relacionamentos - msg 1
 

Mais de Cleudson Corrêa (9)

O fruto do espírito 02 - amor, aleria. paz
O fruto do espírito   02 - amor, aleria. pazO fruto do espírito   02 - amor, aleria. paz
O fruto do espírito 02 - amor, aleria. paz
 
O fruto do espírito 01 - introdução
O fruto do espírito   01 - introduçãoO fruto do espírito   01 - introdução
O fruto do espírito 01 - introdução
 
Comunhão e mutualidade
Comunhão e  mutualidadeComunhão e  mutualidade
Comunhão e mutualidade
 
A ressurreição de jesus cristo
A ressurreição de jesus cristoA ressurreição de jesus cristo
A ressurreição de jesus cristo
 
Qvcc 03 - quais os resultados do exercício dos dons espirituais
Qvcc   03 - quais os resultados do exercício dos dons espirituaisQvcc   03 - quais os resultados do exercício dos dons espirituais
Qvcc 03 - quais os resultados do exercício dos dons espirituais
 
Qvcc 02 - O Que São Dons Espirituais - A Vontade de Deus para Cada um
Qvcc   02 - O Que São Dons Espirituais - A Vontade de Deus para Cada umQvcc   02 - O Que São Dons Espirituais - A Vontade de Deus para Cada um
Qvcc 02 - O Que São Dons Espirituais - A Vontade de Deus para Cada um
 
Qvcc 01 - introducao - a vontade de deus para cada um
Qvcc   01 - introducao - a vontade de deus para cada umQvcc   01 - introducao - a vontade de deus para cada um
Qvcc 01 - introducao - a vontade de deus para cada um
 
Cultivando a Comunidade
Cultivando a ComunidadeCultivando a Comunidade
Cultivando a Comunidade
 
Igreja Projeto de Deus
Igreja Projeto de DeusIgreja Projeto de Deus
Igreja Projeto de Deus
 

Último

Último (8)

Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptx
Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptxBíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptx
Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptx
 
Oração De Santa Rita De Cássia
Oração De Santa Rita De CássiaOração De Santa Rita De Cássia
Oração De Santa Rita De Cássia
 
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
 
Lição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Lição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptxLição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Lição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
 
GUIA DE ESTUDO BIBLICO [Teologia sistemática e Vida Cristã]
GUIA DE ESTUDO BIBLICO [Teologia sistemática e Vida Cristã]GUIA DE ESTUDO BIBLICO [Teologia sistemática e Vida Cristã]
GUIA DE ESTUDO BIBLICO [Teologia sistemática e Vida Cristã]
 
1- Chuvas de Graça - Hino da Harpa Cristã.ppt
1- Chuvas de Graça - Hino da Harpa Cristã.ppt1- Chuvas de Graça - Hino da Harpa Cristã.ppt
1- Chuvas de Graça - Hino da Harpa Cristã.ppt
 
João Calvino e o Cânticos dos Salmos: uma introdução ao pensamento de Calvino...
João Calvino e o Cânticos dos Salmos: uma introdução ao pensamento de Calvino...João Calvino e o Cânticos dos Salmos: uma introdução ao pensamento de Calvino...
João Calvino e o Cânticos dos Salmos: uma introdução ao pensamento de Calvino...
 
JUIZO FINAL [ DOUTRINA DA ESCATOLOGIA E FIM DOS TEMPOS]
JUIZO FINAL [ DOUTRINA DA ESCATOLOGIA E FIM DOS TEMPOS]JUIZO FINAL [ DOUTRINA DA ESCATOLOGIA E FIM DOS TEMPOS]
JUIZO FINAL [ DOUTRINA DA ESCATOLOGIA E FIM DOS TEMPOS]
 

QVCC - 08 Dom espiritual de profeta

  • 1.
  • 2. 6.... tendo, porém, diferentes dons segundo a graça que nos foi dada: se profecia, seja segundo a proporção da fé; 7.se ministério, dediquemo-nos ao ministério; ou o que ensina esmere-se no fazê-lo; 8.ou o que exorta faça-o com dedicação; o que contribui, com liberalidade; o que preside, com diligência; quem exerce misericórdia, com alegria. Rm 12.6-8
  • 3. Discurso que emana da inspiração divina e que declara os propósitos de Deus, seja pela reprovação ou admoestação do iníquo, ou para o conforto do aflito, ou para revelar coisas escondidas; esp. pelo prenunciar do eventos futuros (profeteian) – significa pregar a mensagem de Deus, uma mensagem inspirada; proclamação do pensamento e conselho de Deus para mostrar o pecado, corrigir, edificar, confortar e animar; pregação inteligível.
  • 4. Os profetas no Antigo Testamento instruíram, admoestaram, exortaram e interpretaram para as circunstâncias específicas de pessoas ou povos as promessas e ameaças de Deus que constavam na Aliança (Dt28). Eles denunciaram o pecado e incentivaram o arrependimento.
  • 5. Profecia é o chamar a atenção de um indivíduo ou nação para aquilo que está errado a fim de levá-lo ao caminho da cura, reforma e justiça. “Profecia é crítica baseada em esperança” (Barclay)
  • 6.
  • 7.
  • 8.
  • 9.
  • 10.
  • 11.
  • 12. a)Sua opinião é sempre baseada nas Escrituras. Quer compreender profundamente e aceitar pessoalmente. b)É motivado a comunicar estas verdades de Deus a outros, com poder, clareza e convicção, verbalmente ou por escrito. É geralmente incisivo, franco e persuasivo na maneira de se expressar. c)Interpreta a Escritura e aplica princípios bíblicos ao contexto de seus ouvintes à luz dos eventos circunstanciais.
  • 13. f)Tem disposição sincera e humilde para o quebrantamento pessoal. Procura viver o que prega, e reconhece em triste confissão que também é pecador. Está sempre mais disposto a apontar seus próprios erros que para o erro do outro.
  • 14. g)Repreende para convencer de erro, usando as Escrituras como bússola. Repreender é mostrar o erro ao culpado de tal forma que ele se convença e assuma a tempo de evitar consequências drásticas do erro. Não é praguejar ou condenar. h)Quer promover e incentivar o quebrantamento.
  • 15. g)Repreende para convencer de erro, usando as Escrituras como bússola. Repreender é mostrar o erro ao culpado de tal forma que ele se convença e assuma a tempo de evitar consequências drásticas do erro. Não é praguejar ou condenar.
  • 16. h)Quer promover e incentivar o quebrantamento. i)Identifica-se com outro no seu erro, corrigindo com convicção e tendo desejo sincero pelo máximo bem dele. Preocupa-se com a restauração daquele que errou, estendendo misericórdia ao sinceramente arrependido.
  • 17. j)Deseja ver mudanças rápidas nas atitudes e incentiva nesse sentido. Pode ter dificuldades em ser sensível e paciente com problemas dos indivíduos. K)Tem uma capacidade ímpar para discernir o caráter, a integridade e os motivos de outros. Enxerga além das máscaras.
  • 18. l)É encorajador e geralmente é uma pessoa carinhosa. m)É uma pessoa observadora. n)Auxilia a identificação da raiz de problemas espirituais, pela Palavra de Deus.
  • 19. “se profecia, seja segundo a proporção da fé...” (Rm 12.6) O que isso significa? Fé aqui não quer dizer a capacidade de crer em Deus. A fé é a verdade revelada. Não nossa fé subjetiva, mas a fé objetiva.
  • 20. “exortando-vos a batalhardes, diligentemente, pela fé que uma vez por todas foi entregue aos santos” (Jd3). A palavra do profeta tem que se harmonizar com as Escrituras. “Ainda que eu tenha o dom de profetizar e conheça todos os mistérios e toda a ciência; ainda que eu tenha tamanha fé, a ponto de transportar montes, se não tiver amor, nada serei”. (1Co 13.2)
  • 21. O profeta precisa exercer seu dom com amor. O desenvolvimento do caráter de Cristo, como aquele que serve, é a essência do exercício dos dons. O profeta corrigirá o outro não para parecer melhor que ele, mas para servi-lo em amor para seu crescimento espiritual e moral.
  • 22. Pode ser tachado de: Pode agir da seguinte maneira: Intransigente Antipático Achar-se “dono da verdade” Frio ou insensível Fraco Pela franqueza ao corrigir o erro. Por expressar suas convicções com insistência pela certeza de que são bíblicas ou por estar mais preocupado com o que a Bíblia diz que com a opinião das pessoas. Pela simplicidade pessoal, sem luxo e/ou vaidade (a maioria dos possuidores deste dom) Por ter dificuldades em ser paciente com os problemas de outros. Por estar disposto a admitir seus erros e sentir necessidade de quebrantamento.
  • 23. a)Aquele que possui o dom de profeta pode frequentemente sentir-se frustrado e solitário no meio da igreja pela incompreensão daqueles que não entendem seu dom ou não recebem sua mensagem. b)Machucar alguém com palavras excessivamente duras sem investir o tempo necessário para transmitir o bálsamo do amor de Deus.
  • 24. c)Ser exageradamente exigente ou duro no lar com cônjuge ou filhos. d)Tornar-se um legalista ou “caçador de hereges”, assemelhando-se aos fariseus do tempo de Jesus.
  • 25. e)Falar por si mesmo. O exercício deste dom sem amor ou o desenvolvimento do caráter de Cristo e do fruto do Espírito Santo pode se deteriorar em crítica exagerada e até partir para um juízo temerário porque pode faltar desejo sincero pelo bem do outro.
  • 26. Dons mais comuns na mesma pessoa:  Dom de Ensino  Dom de Liderança  Dom de Evangelista
  • 27.
  • 28.
  • 29.
  • 30. 1.Você se identificou com o dom de profecia? 2.Você exerce a admoestação com amor? 3.Como você pode ajudar outros a crescer?