SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 8
NOÇÕES DE ESTATÍSTICA
Professor: João Paulo Luna
UTILIZAÇÃO DA ESTATÍSTICA
• Funciona muito bem para fazer projeções,
conhecer necessidades e conhecer
opiniões;
 estimar;
Obter dados;
Organizar;
Analisar;
• Conceito de estatística: conjunto de
métodos utilizados para obtenção
de dados, sua organização em
tabelas e gráficos e sua análise.
CONSTRUINDO TABELA
• Situação: No Colégio Bandeira os alunos do 9º ano responderam uma pesquisa
sobre seus esportes favoritos. Desses, 45 preferem futebol, 20 preferem voleibol e
15 preferem handebol.
 1º passo: Título da tabela
 2º passo: escrevemos em cada coluna o tipo de informação que ela contém
 3° passo: preenchemos as colunas com os dados que dispomos
 4º passo: escrevemos a fonte de onde os dados foram tirados
TABELA
Número de alunos segundo preferência esportiva
Esporte Número de alunos Taxa percentual
Futebol 45 56,25%
Voleibol 20 25%
Handebol 15 18,75%
TOTAL 80 100%
GRÁFICO DE LINHAS
• São utilizados em geral, para mostrar
variação de algum fenômeno durante
um certo tempo.
• Para construir o gráfico, utilizamos um
sistema de coordenadas cartesianas:
 o eixo x (horizontal) é usado para
mostrar variação do tempo;
 o eixo y (vertical) é usado para mostrar
variação do fenômeno.
GRÁFICO DE BARRAS
• São utilizados, em geral, para comparar dados ou informações de mesma natureza.
GRÁFICOS DE SETORES
• São usados para representar as relações
entre partes de um todo. Em geral, usamos
as taxas percentuais para relacionar as
partes.
ESTUDANDO AS MÉDIAS
• A média aritmética de n números
representa a soma de todos os
números dividida por n.
 Situação: Determinar a média das
idades de três pessoas de 28 anos,
32 anos e 33 anos cada uma.
28+32+33
3
= 31
• A média ponderada de n números representa
a soma de todos os números, multiplicados
pelos seus respectivos pesos, divididos pela
soma dos pesos.
 Situação: Determinar a média das notas 7,5 /
8,5 e 4,75 / sabendo que a primeira tem peso
3, a segunda peso 2 e a terceira peso 2.
7,5 ∙ 3 + 8,5 ∙ 2 + 4,75 ∙ 2
3 + 2 + 2
= 7,0

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mais procurados (10)

Loureiro
LoureiroLoureiro
Loureiro
 
estatistica mod.3
estatistica mod.3estatistica mod.3
estatistica mod.3
 
Corveiros
CorveirosCorveiros
Corveiros
 
Estatística
EstatísticaEstatística
Estatística
 
Oficina do saber maio
Oficina do saber maioOficina do saber maio
Oficina do saber maio
 
Figuras geométricas planas
Figuras geométricas planasFiguras geométricas planas
Figuras geométricas planas
 
Aula do 6º ano - Formas Geométricas
Aula do 6º ano - Formas GeométricasAula do 6º ano - Formas Geométricas
Aula do 6º ano - Formas Geométricas
 
Asprela
AsprelaAsprela
Asprela
 
Geo relações com arit álg med
Geo relações com arit álg medGeo relações com arit álg med
Geo relações com arit álg med
 
Estatística
EstatísticaEstatística
Estatística
 

Semelhante a Noções de Estatística

Interpretação de gráficos e tabelas
Interpretação de gráficos e tabelasInterpretação de gráficos e tabelas
Interpretação de gráficos e tabelasCarlos Priante
 
Apresentação oficial pnaic completo parte 4
Apresentação oficial pnaic  completo   parte 4Apresentação oficial pnaic  completo   parte 4
Apresentação oficial pnaic completo parte 4Julio de Pontes
 
EstatisticaConceitos.pptx
EstatisticaConceitos.pptxEstatisticaConceitos.pptx
EstatisticaConceitos.pptxReginaSmith66
 
Capítulo ii estatística iniciais
Capítulo ii   estatística  iniciaisCapítulo ii   estatística  iniciais
Capítulo ii estatística iniciaiscon_seguir
 
EstatíStica Aula 000
EstatíStica Aula 000EstatíStica Aula 000
EstatíStica Aula 000educacao f
 
Organização tratamento de_dados
Organização tratamento de_dadosOrganização tratamento de_dados
Organização tratamento de_dadosHelena Borralho
 
Pesquisa Quantitativa: aspectos teóricos e computacionais
Pesquisa Quantitativa: aspectos teóricos e computacionaisPesquisa Quantitativa: aspectos teóricos e computacionais
Pesquisa Quantitativa: aspectos teóricos e computacionaisRodrigo Rodrigues
 
aulabioestatistica-130107150114-phpapp02.pdf
aulabioestatistica-130107150114-phpapp02.pdfaulabioestatistica-130107150114-phpapp02.pdf
aulabioestatistica-130107150114-phpapp02.pdfLuizAntnioDosSantos3
 
ESTATISTICA AULA aula aula aula aula aula aula
ESTATISTICA AULA aula aula aula aula aula aulaESTATISTICA AULA aula aula aula aula aula aula
ESTATISTICA AULA aula aula aula aula aula aulaprofdourivaljunior
 
Ficha de-trabalho-sobre-estatistica
Ficha de-trabalho-sobre-estatisticaFicha de-trabalho-sobre-estatistica
Ficha de-trabalho-sobre-estatisticaAna Colaco
 

Semelhante a Noções de Estatística (20)

Apos est i_fev04_c1
Apos est i_fev04_c1Apos est i_fev04_c1
Apos est i_fev04_c1
 
Estatística
EstatísticaEstatística
Estatística
 
Interpretação de gráficos e tabelas
Interpretação de gráficos e tabelasInterpretação de gráficos e tabelas
Interpretação de gráficos e tabelas
 
Aula 2 resumo de dados
Aula 2   resumo de dadosAula 2   resumo de dados
Aula 2 resumo de dados
 
Apresentação oficial pnaic completo parte 4
Apresentação oficial pnaic  completo   parte 4Apresentação oficial pnaic  completo   parte 4
Apresentação oficial pnaic completo parte 4
 
ESTATÍSTICA PARTE I
ESTATÍSTICA PARTE IESTATÍSTICA PARTE I
ESTATÍSTICA PARTE I
 
EstatisticaConceitos.pptx
EstatisticaConceitos.pptxEstatisticaConceitos.pptx
EstatisticaConceitos.pptx
 
Capítulo ii estatística iniciais
Capítulo ii   estatística  iniciaisCapítulo ii   estatística  iniciais
Capítulo ii estatística iniciais
 
estatis
estatisestatis
estatis
 
Estatística Descritiva
Estatística DescritivaEstatística Descritiva
Estatística Descritiva
 
EstatíStica Aula 000
EstatíStica Aula 000EstatíStica Aula 000
EstatíStica Aula 000
 
Organização tratamento de_dados
Organização tratamento de_dadosOrganização tratamento de_dados
Organização tratamento de_dados
 
Fundamentos da estatística
Fundamentos da estatísticaFundamentos da estatística
Fundamentos da estatística
 
Pesquisa Quantitativa: aspectos teóricos e computacionais
Pesquisa Quantitativa: aspectos teóricos e computacionaisPesquisa Quantitativa: aspectos teóricos e computacionais
Pesquisa Quantitativa: aspectos teóricos e computacionais
 
aulabioestatistica-130107150114-phpapp02.pdf
aulabioestatistica-130107150114-phpapp02.pdfaulabioestatistica-130107150114-phpapp02.pdf
aulabioestatistica-130107150114-phpapp02.pdf
 
ESTATISTICA AULA aula aula aula aula aula aula
ESTATISTICA AULA aula aula aula aula aula aulaESTATISTICA AULA aula aula aula aula aula aula
ESTATISTICA AULA aula aula aula aula aula aula
 
Tabelas e gráficos
Tabelas e gráficosTabelas e gráficos
Tabelas e gráficos
 
Ficha de-trabalho-sobre-estatistica
Ficha de-trabalho-sobre-estatisticaFicha de-trabalho-sobre-estatistica
Ficha de-trabalho-sobre-estatistica
 
Estatistica[1]
Estatistica[1]Estatistica[1]
Estatistica[1]
 
Slides Estatística
Slides EstatísticaSlides Estatística
Slides Estatística
 

Mais de João Paulo Luna (19)

OS CINCO REINOS .pptx
OS CINCO REINOS .pptxOS CINCO REINOS .pptx
OS CINCO REINOS .pptx
 
A Luz.pptx
A Luz.pptxA Luz.pptx
A Luz.pptx
 
Aula 2 a teia alimentar
Aula 2   a teia alimentarAula 2   a teia alimentar
Aula 2 a teia alimentar
 
A origem da Vida
A origem da VidaA origem da Vida
A origem da Vida
 
O corpo humano
O corpo humanoO corpo humano
O corpo humano
 
Histologia - Tecidos
Histologia - Tecidos Histologia - Tecidos
Histologia - Tecidos
 
Ecologia - Conceitos fundamentais
Ecologia - Conceitos fundamentaisEcologia - Conceitos fundamentais
Ecologia - Conceitos fundamentais
 
Radioatividade
RadioatividadeRadioatividade
Radioatividade
 
Reações químicas
Reações químicasReações químicas
Reações químicas
 
As ondas e o som
As ondas e o somAs ondas e o som
As ondas e o som
 
O calor
O calorO calor
O calor
 
Funções químicas
Funções químicasFunções químicas
Funções químicas
 
Noções Básicas de Geometria
Noções Básicas de GeometriaNoções Básicas de Geometria
Noções Básicas de Geometria
 
Função Polinomial do 1º grau
Função Polinomial do 1º grauFunção Polinomial do 1º grau
Função Polinomial do 1º grau
 
Equação do 2º grau
Equação do 2º grauEquação do 2º grau
Equação do 2º grau
 
Misturas
MisturasMisturas
Misturas
 
Aula 3 - Transformação de energia
Aula 3 - Transformação de energiaAula 3 - Transformação de energia
Aula 3 - Transformação de energia
 
A estrutura do átomo
A estrutura do átomoA estrutura do átomo
A estrutura do átomo
 
Matéria e energia (Aula 1 e 2)
Matéria e energia (Aula 1 e 2) Matéria e energia (Aula 1 e 2)
Matéria e energia (Aula 1 e 2)
 

Último

6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptxErivaldoLima15
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfaulasgege
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPanandatss1
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptAlineSilvaPotuk
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileirosMary Alvarenga
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESPRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESpatriciasofiacunha18
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdfCarlosRodrigues832670
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 
ADJETIVO para 8 ano. Ensino funda.mental
ADJETIVO para 8 ano. Ensino funda.mentalADJETIVO para 8 ano. Ensino funda.mental
ADJETIVO para 8 ano. Ensino funda.mentalSilvana Silva
 
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
Geometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdfGeometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdf
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdfDemetrio Ccesa Rayme
 
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basicoPRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basicoSilvaDias3
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoCelianeOliveira8
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdfProfGleide
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.HildegardeAngel
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 

Último (20)

6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SP
 
(76- ESTUDO MATEUS) A ACLAMAÇÃO DO REI..
(76- ESTUDO MATEUS) A ACLAMAÇÃO DO REI..(76- ESTUDO MATEUS) A ACLAMAÇÃO DO REI..
(76- ESTUDO MATEUS) A ACLAMAÇÃO DO REI..
 
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppttreinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESPRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 
ADJETIVO para 8 ano. Ensino funda.mental
ADJETIVO para 8 ano. Ensino funda.mentalADJETIVO para 8 ano. Ensino funda.mental
ADJETIVO para 8 ano. Ensino funda.mental
 
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
Geometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdfGeometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdf
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
 
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basicoPRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 

Noções de Estatística

  • 2. UTILIZAÇÃO DA ESTATÍSTICA • Funciona muito bem para fazer projeções, conhecer necessidades e conhecer opiniões;  estimar; Obter dados; Organizar; Analisar; • Conceito de estatística: conjunto de métodos utilizados para obtenção de dados, sua organização em tabelas e gráficos e sua análise.
  • 3. CONSTRUINDO TABELA • Situação: No Colégio Bandeira os alunos do 9º ano responderam uma pesquisa sobre seus esportes favoritos. Desses, 45 preferem futebol, 20 preferem voleibol e 15 preferem handebol.  1º passo: Título da tabela  2º passo: escrevemos em cada coluna o tipo de informação que ela contém  3° passo: preenchemos as colunas com os dados que dispomos  4º passo: escrevemos a fonte de onde os dados foram tirados
  • 4. TABELA Número de alunos segundo preferência esportiva Esporte Número de alunos Taxa percentual Futebol 45 56,25% Voleibol 20 25% Handebol 15 18,75% TOTAL 80 100%
  • 5. GRÁFICO DE LINHAS • São utilizados em geral, para mostrar variação de algum fenômeno durante um certo tempo. • Para construir o gráfico, utilizamos um sistema de coordenadas cartesianas:  o eixo x (horizontal) é usado para mostrar variação do tempo;  o eixo y (vertical) é usado para mostrar variação do fenômeno.
  • 6. GRÁFICO DE BARRAS • São utilizados, em geral, para comparar dados ou informações de mesma natureza.
  • 7. GRÁFICOS DE SETORES • São usados para representar as relações entre partes de um todo. Em geral, usamos as taxas percentuais para relacionar as partes.
  • 8. ESTUDANDO AS MÉDIAS • A média aritmética de n números representa a soma de todos os números dividida por n.  Situação: Determinar a média das idades de três pessoas de 28 anos, 32 anos e 33 anos cada uma. 28+32+33 3 = 31 • A média ponderada de n números representa a soma de todos os números, multiplicados pelos seus respectivos pesos, divididos pela soma dos pesos.  Situação: Determinar a média das notas 7,5 / 8,5 e 4,75 / sabendo que a primeira tem peso 3, a segunda peso 2 e a terceira peso 2. 7,5 ∙ 3 + 8,5 ∙ 2 + 4,75 ∙ 2 3 + 2 + 2 = 7,0