estatis

460 visualizações

Publicada em

Publicada em: Arte e fotografia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
460
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

estatis

  1. 1. AMEI Escolar Matemática 8º Ano Estatística: Organização e Tratamento de Dados Organização, representação e interpretação de dados  Quando falamos em estatística e em estudo estatístico, há uma série de expressões que vêm associados. São estas:  população – conjunto de pessoas, objectos ou acontecimentos sobre os quais incide um estudo estatístico;  amostra – parte representativa da população, sobre a qual incide o estudo;  censo ou recenseamento – estudo estatístico realizado sobre a totalidade da população;  sondagem – estudo estatístico realizado a partir de uma amostra;  variável estatística – características que os elementos da população podem ou não ter e que é alvo de investigação num estudo estatístico.  As variáveis estatísticas podem ser classificadas em variáveis quantitativas e variáveis qualitativas. As variáveis quantitativas Conteúdos desta unidade:  Organização, representação e interpretação de dados;  Medidas de tendência central;  Medidas de localização. Exemplos: “A Joana realizou um estudo estatístico na sua escola sobre a cor favorita dos alunos do 8º ano. Primeiro, interrogou para o estudo 2 alunos de cada uma das turmas de 8º ano da sua escola e anotou os dados obtidos. Seguidamente, interrogou, na totalidade, todos os alunos do 8º ano da sua escola e voltou a anotar os dados obtidos.” Neste caso: - a população são os alunos do 8º ano da escola da Joana; - a amostra é o conjunto de todos os 2 alunos escolhidos de cada turma; - quando a Joana interrogou apenas os 2 alunos de cada turma realizou uma sondagem; - quando a Joana interrogou todos os alunos do 8º ano realizou um censo; - a variável estatística é a cor favorita dos alunos do 8º ano.
  2. 2. representam informação que é susceptível de medida e as variáveis qualitativas representam informação que identifica alguma qualidade ou categoria, logo, não são susceptíveis de medida. Dentro das variáveis quantitativas podemos encontrar:  variáveis quantitativas discretas – representam informação que apenas pode tomar um número finito (ou infinito numerável) de valores distintos;  variáveis quantitativa contínua – representam informação que pode tomar todos os valores no seu intervalo de variação.  Existem mais dois conceitos relacionados com os estudos estatísticos: frequência absoluta e frequência relativa. A frequência absoluta representa-se por e é o número de vezes que um acontecimento se repete. A frequência relativa representa-se por e é o quociente entre a frequência absoluta de um acontecimento e o número total de observações (N). A soma das frequências relativas é sempre 1. Podemos multiplicar a frequência relativa de um acontecimento por 100 e obtemos a frequência relativa em percentagem. variáveis estatísticas variáveis quantitativas variáveis quantitativas discretas variáveis quantitativas contínuasvariáveis qualitativas Exercício resolvido: Classifica as seguintes variáveis estatísticas: - cor favorita dos alunos do 8º ano: variável qualitativa - idade dos alunos do 7º ano: variável quantitativa discreta - altura dos alunos do 9º ano: variável quantitativa contínua
  3. 3. Tabelas e gráficos  Uma tabela de frequências é uma tabela onde se indica uma ou duas frequências.  Os gráficos constituem uma forma prática e eficiente de transmitir informação. Dos gráficos mais utilizados destacam-se os gráficos de barras, histogramas, gráficos circulares e pictogramas. Observa a tabela para ficares a conhecer melhor estes e outros gráficos. GRÁFICO EXEMPLO REGRAS DE CONSTRUÇÃO Gráfico de barras - só uma das dimensões das barras varia (geralmente a altura); - a dimensão que varia corresponde à frequência da variável estatística; - as barras devem estar separadas por espaços iguais; - o gráfico deve ter um título adequado. Exercício resolvido: A turma do 8ºA tem 25 alunos. 10 alunos preferem gelado de chocolate, 10 alunos preferem o de morango e 5 alunos preferem o de nata. Calcula: - a frequência absoluta do acontecimento “gostar de gelado de chocolate”: 10 - a frequência relativa do acontecimento “gostar de gelado de nata”: ou . Exemplo – Tabela de Frequências: Clube de futebol favorito do 8º B Clube Frequência absoluta Frequência relativa Frequência relativa (percentagens) Sporting 5 Benfica 6 Porto 9 TOTAL 20 1 100%
  4. 4. Gráfico circular - a amplitude de cada sector é proporcional à frequência que representa; - os sectores circulares devem ser identificados, podendo recorrer-se a uma legenda; - podem usar-se cores diferentes para os diferentes sectores; - o gráfico deve ter um título adequado. Pictograma - indicar no gráfico o significado de cada símbolo utilizado; - utilizar símbolos ou figuras sugestivas de acordo com a variável estatística a representar; - utilizar sempre o mesmo símbolo ou símbolos; - os símbolos devem ser apresentados em linhas ou colunas e com espaçamento uniforme entre eles; - as diferentes frequências são representadas por um maior ou menor número de símbolos e nunca por símbolos de tamanhos diferentes. Se for necessário poderão ser utilizadas fracções dos símbolos; - o gráfico deve ter título adequado. Diagrama de caule-e- folhas - deve começar-se por traçar um segmento de recta que servirá de separador entre o caule e as folhas; - os dados devem ser ordenados; - números que diferem apenas no algarismo da menor ordem (algarismo mais à direita) devem ser representados na mesma linha; no início de cada linha (caule) deverão ser colocados os algarismos comuns a todos esses números; - em cada linha os algarismos de menor ordem (folhas) devem ser colocados por ordem do menor para o maior; - o gráfico deve ter título adequado.
  5. 5. Histograma - os dados devem ser agrupados em classes; - os intervalos das classes representam-se no eixo horizontal; - as frequências das classes representam-se no eixo vertical; - as barras são desenhadas verticalmente para cada uma das classes não existindo qualquer espaço entre elas; - a área de cada uma das barras é proporcional à frequência da respectiva classe; - o gráfico deve ter título adequado. Polígono de frequências - em cada uma das barras marcam-se os pontos médios do lados superiores; - unem-se ponto médios consecutivos através de segmentos de recta; - para finalizar o polígono de frequências consideram-se duas classes de frequência zero, uma imediatamente à esquerda de todas as classes existentes e outra imediatamente à direita e unem-se, através de um segmento de recta, os pontos médios dessas classes aos pontos médios subjacentes. Medidas de tendência central  Habitualmente, quando estamos perante um conjunto de dados estatísticos, interessa-nos saber se estes têm tendência a concentrar- se em torno de algum valor médio ou central. As medidas estatísticas que nos dão essa indicação são a média, a moda e a mediana e designam-se por medidas de tendência central.  A moda é a única das três que pode ser determinada para variáveis qualitativas. A moda de uma distribuição é a observação que mais vezes se repete. Se não houver nenhuma observação que se repita mais vezes que as restantes então diz-se que a distribuição é amodal. No caso de haver duas modas diz-se que a distribuição é bimodal. Se houver três ou mais modas, diz-se que a distribuição é plurimodal.
  6. 6.  A média ( ) apenas pode ser calculada para variáveis quantitativas. Dado um conjunto de dados numéricos, calcula-se a média somando todos os dados e dividindo o resultado pelo número total de observações.  A mediana ( ) também pode ser calculada apenas para variáveis quantitativas. Dada uma sequência ordenada (por ordem crescente ou decrescente) dos dados observados, a mediana é o valor que ocupa a posição intermédia. Se o número de dados for par, a mediana é a média aritmética dos dois valores centrais. Medidas de localização  A média, moda e mediana não são por vezes suficientes para retirar conclusões sobre uma dada amostra. Para além destas medidas existem outras medidas importantes que nos permitem descrever melhor a distribuição de um conjunto de dados. São elas as medidas de localização.  Numa distribuição existem três quartis, o primeiro quartil ( ), o segundo quartil ( ), que coincide com a mediana, e o terceiro quartil ( ). Dada uma sequência ordenada (por ordem crescente ou decrescente) dos dados em estudo, o segundo quartil (mediana) é o Exercício resolvido: Na turma do 8ªC existem 20 alunos cuja idade se distribuem da seguinte maneira. 11 anos 5 12 anos 10 13 anos 5 Calcule a média, a moda e a mediana destes dados. moda = 12 anos
  7. 7. valor que ocupa a posição intermédia. Se o número de dados for par, o segundo quartil (mediana) é a média aritmética dos dois valores centrais. Uma vez determinada a mediana ( ) a distribuição fica dividida a meio. Para calcularmos o primeiro quartil ( ) determinamos a mediana da primeira metade da distribuição. Para calcularmos o terceiro quartil ( ) determinamos a mediana da segunda metade da distribuição.  Todas as distribuições têm dois extremos, o extremo máximo, que é a maior das observações feitas, e o extremo mínimo, que é a menor das observações feitas. A amplitude (A) é a diferença entre o máximo e o mínimo de uma distribuição. A amplitude interquartis (AIQ) é a diferença entre o valor do terceiro e do primeiro quartis.  O diagrama de extremos e quartis (ou caixa de bigodes) é uma forma esquemática de representar os extremos, mediana e quartis de uma distribuição. Para construir um diagrama de extremos e quartis é necessário conhecer os seguintes valores:  extremos (máximo e mínimo);  mediana;  1.º quartil ( );  3.º quartil ( ).  O conjunto dos valores da amostra compreendidos entre o 1.º e o 3.º quartis são representados por um rectângulo (a largura do rectângulo não dá qualquer informção). No rectângulo marca-se o valor da mediana com uma barra. De seguida, marcam-se duas linhas que unem os meios dos lados do rectângulo com os extremos da amostra.
  8. 8. Exercício resolvido: 2 4 1 5 7 10 8 9 3 6 Observa os dados obtidos num estudo e coloca-os num diagrama de extremos e quartis.

×