SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 27
Professor: João Paulo Luna
 São compostos que
não apresentam
carbono na sua
composição.
 Substâncias capazes de
ionizarem-se na presença
de água.
 Propriedades
o boa condutibilidade elétrica
quando ionizados em água;
o mudança de cor quando são
adicionados a
determinados indicadores;
o sabor azedo.
 Hidrácidos: compostos por hidrogênio e outro
componente que não seja oxigênio;
 Fórmula:
 Nome:
Ácido + nome do elemento + ÍDRICO
Ex: HI – Ácido Iodídrico
HBr – Ácido Bromídrico
HCl – Ácido Clorídrico
1ª Parte 2ª Parte
Hidrogênio Outro elemento
 Oxiácidos: compostos por hidrogênio, oxigênio e
outro elemento;
 Fórmula:
 Nome:
Ácido + nome do elemento + ICO
Ex: HClO3 – Ácido clórico
H2BrO3 – Ácido Brômico
HNO3 – Ácido nítrico
1ª Parte 2ª Parte 3ª Parte
Hidrogênio Outro elemento Oxigênio
 Substância que libera ânions
OH¹ (hidroxila) e um cátion
quando dissociada em água.
 Propriedades
o boa condutibilidade elétrica
quando ionizados em água;
o mudança de cor quando são
adicionados a determinados
indicadores;
o sabor adstringente.
 Fórmula:
 Nome:
Hidróxido de + nome do elemento
Ex: NaOH – Hidróxido de sódio
Mg(OH)2 – Hidróxido de magnésio
Ca(OH)2 – Hidróxido de cálcio
NH4OH – Hidróxido de amônio
1ª Parte 2ª Parte
Cátion Hidroxila
 Substâncias formadas por cátions diferentes de H e
ânions diferentes de OH . Muitos sais apresentam
como cátion um metal e como ânion um não metal.
 Ex:
Sal típico: metal não metal
cátion ânion
Na Cl (cloreto de sódio)
Ca F2 (fluoreto de cálcio)
K I (iodeto de potássio)
 Contudo, muitos sais são compostos por um cátion
metal e ânions compostos (formados por mais de
um elemento).
 Ex:
metal não metal
cátion ânion composto
Na HCO3 (bicarbonato de sódio)
Ag NO3 (nitrato de prata)
Mg SO4 (sulfato de magnésio)
 A reação entre um ácido e uma base produz sal e
água.
 Essa reação pode ser chamada de reação de
salificação e reação de neutralização.
neutraliza
produz sal
 Propriedades:
o São solúveis em água;
o São bons condutores elétricos;
o Podem ser venenosos ou até corrosivos;
 Fórmula:
 Nome:
nome do ânion + nome do cátion
Ex: NaCl - cloreto de sódio
CaSO4 – sulfato de cálcio
1ª Parte 2ª Parte
Cátion Ânion
 São substâncias formadas por oxigênio e um outro
elemento. Existem dois tipos de óxidos:
o Óxidos moleculares: não metal + oxigênio
Exemplos: não metal oxigênio
C O2 (dióxido de carbono)
N O (monóxido de nitrogênio)
S O2 (dióxido de enxofre)
o Óxidos iônicos: metal + oxigênio
Exemplos: metal oxigênio
Fe O (óxido de ferro)
Al2 O3 (óxido de alumínio)
 Propriedades:
o Estão presentes em todos os ambientes
(CO2/H2O/CO/Fe2O3...);
o Alguns reagem com água formando ácidos
(formação da chuva ácida);
 Fórmula:
1ª Parte 2ª Parte
Outro elemento Oxigênio
 Nome: geralmente obedece a seguinte ordem
Óxido + nome do elemento da 1ª parte da fórmula
Exemplos: Al2O3 – óxido de alumínio
Na2O – óxido de sódio
Fe2O3 – óxido de ferro
OBS: em alguns óxidos moleculares acrescenta-se
prefixos numéricos.
Exemplos: CO – monóxido de carbono
CO2 – dióxido de carbono
SO2 – dióxido de enxofre
 Nas moléculas destes
compostos sempre está
presente átomos de
carbono;
 Recebem esse nome por
terem sido encontrados
primeiramente em
organismos vivos ou como
resultado de atividades
orgânicas;
 Hidrocarbonetos
 Álcoois
 Cetonas
 Ácidos Orgânicos
 Aminas
P.S.: algumas funções não serão abordadas,
como Aldeídos, Amidas, Fenóis, etc.
 São compostos formados por carbono,
hidrogênio e oxigênio.
 Caracterizam-se por apresentar o grupo
hidroxila (-OH) na molécula;
 Exemplos:
- Etanol
- Metanol
- Glicerol
 Compostos de hidrogênio e carbono, ligados em
cadeias de átomos;
 Estão bastante presentes em nosso cotidiano,
exemplo:
- Metano: também conhecido como gás do lixo, é
usado principalmente como combustível;
- Etileno: empregado na fabricação de plástico e
no amadurecimento artificial de frutos ;
- Acetileno: usado como gás de maçarico;
- Benzeno: usado como solvente.
 Formado ao longo
de milhões de
anos como
produto da
decomposição de
matéria orgânica,
é uma mistura
complexa de
hidrocarbonetos.
 Compostos por carbono, hidrogênio e
oxigênio;
 Caracterizam-se por apresentar o grupo
carbonila (-CO-) na molécula.
 São compostos utilizados na produção de
solventes, vernizes e explosivos.
 Exemplo: Propanona (Acetona)
 Também chamados de ácidos carboxílicos, são
compostos por carbono, hidrogênio e oxigênio.
 Caracterizam-se por apresentar o grupo carboxila
(-COOH).
 O vinagre que usamos em nossa casa contém cerca
de 4% de ácido acético.
 Compostos que além do carbono e do hidrogênio,
têm também nitrogênio.
 Exemplo: Fenilamina, composto importante na
fabricação de corantes, também conhecido como
anilina.
 São compostos formados pelo grupo amina
(-NH2) e pelo grupo ácido (-COOH) e são as
unidades que constituem as proteínas.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (20)

Quimica SoluçõEs
Quimica SoluçõEsQuimica SoluçõEs
Quimica SoluçõEs
 
Eletroquimica
EletroquimicaEletroquimica
Eletroquimica
 
Funções nitrogenadas
Funções nitrogenadasFunções nitrogenadas
Funções nitrogenadas
 
Nomenclatura dos COMPOSTOS ORGÂNICOS
Nomenclatura dos COMPOSTOS  ORGÂNICOS Nomenclatura dos COMPOSTOS  ORGÂNICOS
Nomenclatura dos COMPOSTOS ORGÂNICOS
 
Introdução a Quimica orgânica
Introdução a Quimica orgânicaIntrodução a Quimica orgânica
Introdução a Quimica orgânica
 
Aula sobre tabela periódica
Aula sobre tabela periódicaAula sobre tabela periódica
Aula sobre tabela periódica
 
Aula elementos químicos
Aula elementos químicosAula elementos químicos
Aula elementos químicos
 
Aula 8 sais e oxidos
Aula 8   sais e oxidosAula 8   sais e oxidos
Aula 8 sais e oxidos
 
Funções Inorgânicas
Funções InorgânicasFunções Inorgânicas
Funções Inorgânicas
 
O átomo
O átomoO átomo
O átomo
 
Ácidos - Química
Ácidos - QuímicaÁcidos - Química
Ácidos - Química
 
Forças intermoleculares
Forças intermoleculares Forças intermoleculares
Forças intermoleculares
 
Modelos atômicos
Modelos atômicosModelos atômicos
Modelos atômicos
 
Slide tabela periodica
Slide tabela periodicaSlide tabela periodica
Slide tabela periodica
 
Aula sobre ligações químicas
Aula sobre ligações químicasAula sobre ligações químicas
Aula sobre ligações químicas
 
Ácidos e bases
Ácidos e basesÁcidos e bases
Ácidos e bases
 
Introdução a química orgânica
Introdução a química orgânicaIntrodução a química orgânica
Introdução a química orgânica
 
Aula 9 Mol Quantidade De Materia2
Aula 9   Mol   Quantidade De Materia2Aula 9   Mol   Quantidade De Materia2
Aula 9 Mol Quantidade De Materia2
 
Estequiometria
EstequiometriaEstequiometria
Estequiometria
 
Substância e mistura 9º ano
Substância e mistura 9º anoSubstância e mistura 9º ano
Substância e mistura 9º ano
 

Semelhante a Ácidos, bases e sais

Descrição dos tipos de funções químicas, suas propriedades e seus efeitos quí...
Descrição dos tipos de funções químicas, suas propriedades e seus efeitos quí...Descrição dos tipos de funções químicas, suas propriedades e seus efeitos quí...
Descrição dos tipos de funções químicas, suas propriedades e seus efeitos quí...CarolAlencar11
 
Funções Inorgânicas
Funções InorgânicasFunções Inorgânicas
Funções InorgânicasMatheus Borja
 
Propriedade química e reações químicas
Propriedade química e reações químicasPropriedade química e reações químicas
Propriedade química e reações químicasCarlos Priante
 
Funções inorgânicas
Funções inorgânicasFunções inorgânicas
Funções inorgânicasKarol Maia
 
Funções inorgânicas
Funções inorgânicasFunções inorgânicas
Funções inorgânicasKarol Maia
 
Funções da química inorgânica
Funções da química inorgânicaFunções da química inorgânica
Funções da química inorgânicaJunior Oliveira
 
Aula sobre Funções Inorgânicas - química .ppt
Aula sobre Funções Inorgânicas - química .pptAula sobre Funções Inorgânicas - química .ppt
Aula sobre Funções Inorgânicas - química .pptssuser46216d
 
Aula 10 e 11 funções inorgânicas v3
Aula 10 e 11 funções inorgânicas v3Aula 10 e 11 funções inorgânicas v3
Aula 10 e 11 funções inorgânicas v3profNICODEMOS
 
Estudo dos derivados dos ácidos carboxilicos 014
Estudo dos derivados dos ácidos carboxilicos 014Estudo dos derivados dos ácidos carboxilicos 014
Estudo dos derivados dos ácidos carboxilicos 014Manuel da Mata Vicente
 
Funcoes inorganicas
Funcoes inorganicasFuncoes inorganicas
Funcoes inorganicasestead2011
 
Funcoes inorganicas
Funcoes inorganicasFuncoes inorganicas
Funcoes inorganicasestead2011
 

Semelhante a Ácidos, bases e sais (20)

Descrição dos tipos de funções químicas, suas propriedades e seus efeitos quí...
Descrição dos tipos de funções químicas, suas propriedades e seus efeitos quí...Descrição dos tipos de funções químicas, suas propriedades e seus efeitos quí...
Descrição dos tipos de funções químicas, suas propriedades e seus efeitos quí...
 
Inorganica reacoes-e-funcoes
Inorganica reacoes-e-funcoesInorganica reacoes-e-funcoes
Inorganica reacoes-e-funcoes
 
Funções Inorgânicas
Funções InorgânicasFunções Inorgânicas
Funções Inorgânicas
 
Estudo dos aldeídos e cetonas 011
Estudo dos aldeídos e cetonas 011 Estudo dos aldeídos e cetonas 011
Estudo dos aldeídos e cetonas 011
 
Sais e óxidos
Sais e óxidosSais e óxidos
Sais e óxidos
 
Funções químicas_ São Roque
Funções químicas_ São RoqueFunções químicas_ São Roque
Funções químicas_ São Roque
 
Propriedade química e reações químicas
Propriedade química e reações químicasPropriedade química e reações químicas
Propriedade química e reações químicas
 
Funções inorgânicas
Funções inorgânicasFunções inorgânicas
Funções inorgânicas
 
APOSTILA - COMPOSTOS INORGÂNICOS
APOSTILA - COMPOSTOS INORGÂNICOSAPOSTILA - COMPOSTOS INORGÂNICOS
APOSTILA - COMPOSTOS INORGÂNICOS
 
Funções inorgânicas
Funções inorgânicasFunções inorgânicas
Funções inorgânicas
 
Oxi-redução
Oxi-reduçãoOxi-redução
Oxi-redução
 
Funções da química inorgânica
Funções da química inorgânicaFunções da química inorgânica
Funções da química inorgânica
 
Aula sobre Funções Inorgânicas - química .ppt
Aula sobre Funções Inorgânicas - química .pptAula sobre Funções Inorgânicas - química .ppt
Aula sobre Funções Inorgânicas - química .ppt
 
Apresentação óxidos 2012
Apresentação óxidos 2012Apresentação óxidos 2012
Apresentação óxidos 2012
 
Aula 10 e 11 funções inorgânicas v3
Aula 10 e 11 funções inorgânicas v3Aula 10 e 11 funções inorgânicas v3
Aula 10 e 11 funções inorgânicas v3
 
áCido carboxílico-3a3
áCido carboxílico-3a3áCido carboxílico-3a3
áCido carboxílico-3a3
 
Estudo dos derivados dos ácidos carboxilicos 014
Estudo dos derivados dos ácidos carboxilicos 014Estudo dos derivados dos ácidos carboxilicos 014
Estudo dos derivados dos ácidos carboxilicos 014
 
Funcoes inorganicas
Funcoes inorganicasFuncoes inorganicas
Funcoes inorganicas
 
Funcoes inorganicas
Funcoes inorganicasFuncoes inorganicas
Funcoes inorganicas
 
A5 i funcoes_inorganicas
A5 i funcoes_inorganicasA5 i funcoes_inorganicas
A5 i funcoes_inorganicas
 

Mais de João Paulo Luna (18)

OS CINCO REINOS .pptx
OS CINCO REINOS .pptxOS CINCO REINOS .pptx
OS CINCO REINOS .pptx
 
A Luz.pptx
A Luz.pptxA Luz.pptx
A Luz.pptx
 
Aula 2 a teia alimentar
Aula 2   a teia alimentarAula 2   a teia alimentar
Aula 2 a teia alimentar
 
A origem da Vida
A origem da VidaA origem da Vida
A origem da Vida
 
O corpo humano
O corpo humanoO corpo humano
O corpo humano
 
Histologia - Tecidos
Histologia - Tecidos Histologia - Tecidos
Histologia - Tecidos
 
Ecologia - Conceitos fundamentais
Ecologia - Conceitos fundamentaisEcologia - Conceitos fundamentais
Ecologia - Conceitos fundamentais
 
Radioatividade
RadioatividadeRadioatividade
Radioatividade
 
As ondas e o som
As ondas e o somAs ondas e o som
As ondas e o som
 
O calor
O calorO calor
O calor
 
Noções Básicas de Geometria
Noções Básicas de GeometriaNoções Básicas de Geometria
Noções Básicas de Geometria
 
Função Polinomial do 1º grau
Função Polinomial do 1º grauFunção Polinomial do 1º grau
Função Polinomial do 1º grau
 
Equação do 2º grau
Equação do 2º grauEquação do 2º grau
Equação do 2º grau
 
Misturas
MisturasMisturas
Misturas
 
Aula 3 - Transformação de energia
Aula 3 - Transformação de energiaAula 3 - Transformação de energia
Aula 3 - Transformação de energia
 
Noções de Estatística
Noções de EstatísticaNoções de Estatística
Noções de Estatística
 
A estrutura do átomo
A estrutura do átomoA estrutura do átomo
A estrutura do átomo
 
Matéria e energia (Aula 1 e 2)
Matéria e energia (Aula 1 e 2) Matéria e energia (Aula 1 e 2)
Matéria e energia (Aula 1 e 2)
 

Último

Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxSlides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPanandatss1
 
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfIedaGoethe
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISVitor Vieira Vasconcelos
 
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresLilianPiola
 
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoAtividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoMary Alvarenga
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfErasmo Portavoz
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasCassio Meira Jr.
 
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOVALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOBiatrizGomes1
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfPastor Robson Colaço
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxIsabelaRafael2
 
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfWilliam J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfAdrianaCunha84
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfIedaGoethe
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024Jeanoliveira597523
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduraAdryan Luiz
 

Último (20)

Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxSlides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SP
 
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
 
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
 
Em tempo de Quaresma .
Em tempo de Quaresma                            .Em tempo de Quaresma                            .
Em tempo de Quaresma .
 
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoAtividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
 
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOVALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
 
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfWilliam J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditadura
 

Ácidos, bases e sais

  • 2.  São compostos que não apresentam carbono na sua composição.
  • 3.  Substâncias capazes de ionizarem-se na presença de água.  Propriedades o boa condutibilidade elétrica quando ionizados em água; o mudança de cor quando são adicionados a determinados indicadores; o sabor azedo.
  • 4.
  • 5.  Hidrácidos: compostos por hidrogênio e outro componente que não seja oxigênio;  Fórmula:  Nome: Ácido + nome do elemento + ÍDRICO Ex: HI – Ácido Iodídrico HBr – Ácido Bromídrico HCl – Ácido Clorídrico 1ª Parte 2ª Parte Hidrogênio Outro elemento
  • 6.  Oxiácidos: compostos por hidrogênio, oxigênio e outro elemento;  Fórmula:  Nome: Ácido + nome do elemento + ICO Ex: HClO3 – Ácido clórico H2BrO3 – Ácido Brômico HNO3 – Ácido nítrico 1ª Parte 2ª Parte 3ª Parte Hidrogênio Outro elemento Oxigênio
  • 7.  Substância que libera ânions OH¹ (hidroxila) e um cátion quando dissociada em água.  Propriedades o boa condutibilidade elétrica quando ionizados em água; o mudança de cor quando são adicionados a determinados indicadores; o sabor adstringente.
  • 8.
  • 9.  Fórmula:  Nome: Hidróxido de + nome do elemento Ex: NaOH – Hidróxido de sódio Mg(OH)2 – Hidróxido de magnésio Ca(OH)2 – Hidróxido de cálcio NH4OH – Hidróxido de amônio 1ª Parte 2ª Parte Cátion Hidroxila
  • 10.  Substâncias formadas por cátions diferentes de H e ânions diferentes de OH . Muitos sais apresentam como cátion um metal e como ânion um não metal.  Ex: Sal típico: metal não metal cátion ânion Na Cl (cloreto de sódio) Ca F2 (fluoreto de cálcio) K I (iodeto de potássio)
  • 11.  Contudo, muitos sais são compostos por um cátion metal e ânions compostos (formados por mais de um elemento).  Ex: metal não metal cátion ânion composto Na HCO3 (bicarbonato de sódio) Ag NO3 (nitrato de prata) Mg SO4 (sulfato de magnésio)
  • 12.
  • 13.  A reação entre um ácido e uma base produz sal e água.  Essa reação pode ser chamada de reação de salificação e reação de neutralização. neutraliza produz sal
  • 14.  Propriedades: o São solúveis em água; o São bons condutores elétricos; o Podem ser venenosos ou até corrosivos;  Fórmula:  Nome: nome do ânion + nome do cátion Ex: NaCl - cloreto de sódio CaSO4 – sulfato de cálcio 1ª Parte 2ª Parte Cátion Ânion
  • 15.
  • 16.  São substâncias formadas por oxigênio e um outro elemento. Existem dois tipos de óxidos: o Óxidos moleculares: não metal + oxigênio Exemplos: não metal oxigênio C O2 (dióxido de carbono) N O (monóxido de nitrogênio) S O2 (dióxido de enxofre) o Óxidos iônicos: metal + oxigênio Exemplos: metal oxigênio Fe O (óxido de ferro) Al2 O3 (óxido de alumínio)
  • 17.  Propriedades: o Estão presentes em todos os ambientes (CO2/H2O/CO/Fe2O3...); o Alguns reagem com água formando ácidos (formação da chuva ácida);  Fórmula: 1ª Parte 2ª Parte Outro elemento Oxigênio
  • 18.  Nome: geralmente obedece a seguinte ordem Óxido + nome do elemento da 1ª parte da fórmula Exemplos: Al2O3 – óxido de alumínio Na2O – óxido de sódio Fe2O3 – óxido de ferro OBS: em alguns óxidos moleculares acrescenta-se prefixos numéricos. Exemplos: CO – monóxido de carbono CO2 – dióxido de carbono SO2 – dióxido de enxofre
  • 19.  Nas moléculas destes compostos sempre está presente átomos de carbono;  Recebem esse nome por terem sido encontrados primeiramente em organismos vivos ou como resultado de atividades orgânicas;
  • 20.  Hidrocarbonetos  Álcoois  Cetonas  Ácidos Orgânicos  Aminas P.S.: algumas funções não serão abordadas, como Aldeídos, Amidas, Fenóis, etc.
  • 21.  São compostos formados por carbono, hidrogênio e oxigênio.  Caracterizam-se por apresentar o grupo hidroxila (-OH) na molécula;  Exemplos: - Etanol - Metanol - Glicerol
  • 22.  Compostos de hidrogênio e carbono, ligados em cadeias de átomos;  Estão bastante presentes em nosso cotidiano, exemplo: - Metano: também conhecido como gás do lixo, é usado principalmente como combustível; - Etileno: empregado na fabricação de plástico e no amadurecimento artificial de frutos ; - Acetileno: usado como gás de maçarico; - Benzeno: usado como solvente.
  • 23.  Formado ao longo de milhões de anos como produto da decomposição de matéria orgânica, é uma mistura complexa de hidrocarbonetos.
  • 24.  Compostos por carbono, hidrogênio e oxigênio;  Caracterizam-se por apresentar o grupo carbonila (-CO-) na molécula.  São compostos utilizados na produção de solventes, vernizes e explosivos.  Exemplo: Propanona (Acetona)
  • 25.  Também chamados de ácidos carboxílicos, são compostos por carbono, hidrogênio e oxigênio.  Caracterizam-se por apresentar o grupo carboxila (-COOH).  O vinagre que usamos em nossa casa contém cerca de 4% de ácido acético.
  • 26.  Compostos que além do carbono e do hidrogênio, têm também nitrogênio.  Exemplo: Fenilamina, composto importante na fabricação de corantes, também conhecido como anilina.
  • 27.  São compostos formados pelo grupo amina (-NH2) e pelo grupo ácido (-COOH) e são as unidades que constituem as proteínas.