SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 25
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Fluxo de Energia e Ciclo de Matéria
[object Object],Armazenada em compostos orgânicos como a  glicose
[object Object],?
Plantas e outros organismos fotossintéticos Seres Autotróficos / Produtores
Seres Heterotróficos
[object Object],[object Object],[object Object]
Decompositores  – são seres heterotróficos que transformam a matéria orgânica, de que se alimentam (cadáveres, excrementos - como as fezes e a urina dos organismos de todos os níveis tróficos - e detritos vegetais), em matéria mineral, que é devolvida ao solo. São os decompositores  que asseguram o  retorno progressivo  ao solo da matéria mineral, sendo esta utilizada pelos produtores que sintetizam de novo matéria orgânica. Assim, no nosso planeta existe uma circulação contínua de matéria orgânica e mineral, processada através das cadeias alimentares.  Ex. fungos, bactérias.
[object Object]
[object Object],Sabias que??
Energia que faz parte da matéria orgânica Provém inicialmente do SOL É transferida ao longo dos ecossistemas, quando o alimento passa através dos seres vivos Todos os organismos libertam energia sob a forma de calor, que abandona o ecossistema não voltando a ele FLUXO DE ENERGIA
Cadeia Alimentar ou Cadeia Trófica Representa uma sequência de organismos em que cada um deles serve de alimento ao seguinte. Assim, ao longo de uma cadeia alimentar ocorrem sucessivas transferências de matéria e de energia.
[object Object],Pode considerar-se a existência de três categorias de seres vivos :  produtores, consumidores e decompositores.
[object Object]
[object Object],[object Object]
[object Object]
[object Object]
 
1º nível trófico  – a alga, através da fotossíntese, produz matéria orgânica que acumula no seu organismo. 2º nível trófico  – ao alimentar-se da alga, a lapa incorpora, no seu organismo, alguma matéria orgânica produzida pela alga.  3º nível trófico  – ao alimentar-se, a estrela-do-mar incorpora alguma da matéria orgânica contida na lapa. 4º nível trófico  – a gaivota, ao alimentar-se, incorpora alguma da matéria orgânica que a estrela-do-mar armazenou.
Teias alimentares ,[object Object],[object Object]
[object Object]
 
 
Numa cadeia alimentar, à medida que se passa de nível trófico para nível trófico, a  quantidade de energia disponível diminui .
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Resumindo:
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Fluxo de energia no ecossistema
Fluxo de energia no ecossistemaFluxo de energia no ecossistema
Fluxo de energia no ecossistemaReinan Santos
 
Fluxo de energia e ciclos de materia
Fluxo de energia e ciclos de materiaFluxo de energia e ciclos de materia
Fluxo de energia e ciclos de materiaRita Pereira
 
Fluxo de energia e ciclo de matéria
Fluxo de energia e ciclo de matériaFluxo de energia e ciclo de matéria
Fluxo de energia e ciclo de matériaadelinacgomes
 
Fundamento de Ecologia - fluxo de energia (nível superior)
Fundamento de Ecologia -  fluxo de energia (nível superior)Fundamento de Ecologia -  fluxo de energia (nível superior)
Fundamento de Ecologia - fluxo de energia (nível superior)Marcelo Gomes
 
Fluxo de energia e circulação de matéria nos ecossistemas
Fluxo de energia e circulação de matéria nos ecossistemasFluxo de energia e circulação de matéria nos ecossistemas
Fluxo de energia e circulação de matéria nos ecossistemasisabelalexandrapinto
 
Fluxo de Energia e Ciclo de matéria; Sucessões Ecológicas;
Fluxo de Energia e Ciclo de matéria; Sucessões Ecológicas;Fluxo de Energia e Ciclo de matéria; Sucessões Ecológicas;
Fluxo de Energia e Ciclo de matéria; Sucessões Ecológicas;s1lv1alouro
 
Fluxo de energia e cadeias alimentares
Fluxo de energia e cadeias alimentaresFluxo de energia e cadeias alimentares
Fluxo de energia e cadeias alimentaresPelo Siro
 
Fluxo energia e ciclo de matéria
Fluxo energia e ciclo de matériaFluxo energia e ciclo de matéria
Fluxo energia e ciclo de matériaIsabel Lopes
 
Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas
Fluxo de matéria e energia nos ecossistemasFluxo de matéria e energia nos ecossistemas
Fluxo de matéria e energia nos ecossistemasLeonardo Alves
 
Ficha e-trabalho-cadeias-e-teias-alimentares
Ficha e-trabalho-cadeias-e-teias-alimentaresFicha e-trabalho-cadeias-e-teias-alimentares
Ficha e-trabalho-cadeias-e-teias-alimentaresAngela Boucinha
 
Fluxo de energia e pirâmides ecológicas
Fluxo de energia e pirâmides ecológicasFluxo de energia e pirâmides ecológicas
Fluxo de energia e pirâmides ecológicasSilvana Sanches
 
Ciclo da matéria e fluxo energia
Ciclo da matéria e fluxo energiaCiclo da matéria e fluxo energia
Ciclo da matéria e fluxo energiaAna Castro
 
Fluxo De Energia E Ciclo De MatéRia
Fluxo De Energia E Ciclo De MatéRiaFluxo De Energia E Ciclo De MatéRia
Fluxo De Energia E Ciclo De MatéRia8ºC
 
Fluxos de energia e ciclo de matéria i
Fluxos de energia e ciclo de matéria iFluxos de energia e ciclo de matéria i
Fluxos de energia e ciclo de matéria iCristina Vitória
 

Mais procurados (18)

Fluxo de energia no ecossistema
Fluxo de energia no ecossistemaFluxo de energia no ecossistema
Fluxo de energia no ecossistema
 
Fluxo de energia e ciclos de materia
Fluxo de energia e ciclos de materiaFluxo de energia e ciclos de materia
Fluxo de energia e ciclos de materia
 
Cadeia alimentar
Cadeia alimentar Cadeia alimentar
Cadeia alimentar
 
Fluxo de energia e ciclo de matéria
Fluxo de energia e ciclo de matériaFluxo de energia e ciclo de matéria
Fluxo de energia e ciclo de matéria
 
Fluxo de energia
Fluxo de energia Fluxo de energia
Fluxo de energia
 
Fundamento de Ecologia - fluxo de energia (nível superior)
Fundamento de Ecologia -  fluxo de energia (nível superior)Fundamento de Ecologia -  fluxo de energia (nível superior)
Fundamento de Ecologia - fluxo de energia (nível superior)
 
Fluxo de energia e circulação de matéria nos ecossistemas
Fluxo de energia e circulação de matéria nos ecossistemasFluxo de energia e circulação de matéria nos ecossistemas
Fluxo de energia e circulação de matéria nos ecossistemas
 
Fluxo de Energia e Ciclo de matéria; Sucessões Ecológicas;
Fluxo de Energia e Ciclo de matéria; Sucessões Ecológicas;Fluxo de Energia e Ciclo de matéria; Sucessões Ecológicas;
Fluxo de Energia e Ciclo de matéria; Sucessões Ecológicas;
 
Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas
Fluxo de matéria e energia nos ecossistemasFluxo de matéria e energia nos ecossistemas
Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas
 
Fluxo de energia e cadeias alimentares
Fluxo de energia e cadeias alimentaresFluxo de energia e cadeias alimentares
Fluxo de energia e cadeias alimentares
 
Fluxo energia e ciclo de matéria
Fluxo energia e ciclo de matériaFluxo energia e ciclo de matéria
Fluxo energia e ciclo de matéria
 
Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas
Fluxo de matéria e energia nos ecossistemasFluxo de matéria e energia nos ecossistemas
Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas
 
Ficha e-trabalho-cadeias-e-teias-alimentares
Ficha e-trabalho-cadeias-e-teias-alimentaresFicha e-trabalho-cadeias-e-teias-alimentares
Ficha e-trabalho-cadeias-e-teias-alimentares
 
Fluxo de energia e pirâmides ecológicas
Fluxo de energia e pirâmides ecológicasFluxo de energia e pirâmides ecológicas
Fluxo de energia e pirâmides ecológicas
 
Ciclo da matéria e fluxo energia
Ciclo da matéria e fluxo energiaCiclo da matéria e fluxo energia
Ciclo da matéria e fluxo energia
 
Fluxo de energia
Fluxo de energiaFluxo de energia
Fluxo de energia
 
Fluxo De Energia E Ciclo De MatéRia
Fluxo De Energia E Ciclo De MatéRiaFluxo De Energia E Ciclo De MatéRia
Fluxo De Energia E Ciclo De MatéRia
 
Fluxos de energia e ciclo de matéria i
Fluxos de energia e ciclo de matéria iFluxos de energia e ciclo de matéria i
Fluxos de energia e ciclo de matéria i
 

Destaque

Documentos slids.odp 2
Documentos slids.odp 2Documentos slids.odp 2
Documentos slids.odp 2George Alex
 
Livro principios de ecologia aplicados a agroecologia 2013
Livro principios de ecologia aplicados a agroecologia 2013Livro principios de ecologia aplicados a agroecologia 2013
Livro principios de ecologia aplicados a agroecologia 2013Alexandre Panerai
 
Recicla Ação - Um projeto para uma indústria limpa e de alto impacto social -...
Recicla Ação - Um projeto para uma indústria limpa e de alto impacto social -...Recicla Ação - Um projeto para uma indústria limpa e de alto impacto social -...
Recicla Ação - Um projeto para uma indústria limpa e de alto impacto social -...Paulo Braga Prado
 
Cadeia Teia E PirâMides
Cadeia Teia E PirâMidesCadeia Teia E PirâMides
Cadeia Teia E PirâMidesSérgio Luiz
 
Obtenção de Matéria Seres autotróficos
Obtenção de Matéria Seres autotróficosObtenção de Matéria Seres autotróficos
Obtenção de Matéria Seres autotróficosguest7b65ee
 
Ecologia geral
Ecologia geralEcologia geral
Ecologia geralterceirob
 
Livro Ecologia de Populacoes e Comunidades
Livro Ecologia de Populacoes e ComunidadesLivro Ecologia de Populacoes e Comunidades
Livro Ecologia de Populacoes e ComunidadesGuellity Marcel
 
Relações ecológicas, Cadeias e Teias Alimentares
Relações ecológicas, Cadeias e Teias AlimentaresRelações ecológicas, Cadeias e Teias Alimentares
Relações ecológicas, Cadeias e Teias AlimentaresMarcos Medeiros
 
00 cadeias e teias alimentares 2011_20102011_tc
00 cadeias e teias alimentares 2011_20102011_tc00 cadeias e teias alimentares 2011_20102011_tc
00 cadeias e teias alimentares 2011_20102011_tcTeresa Monteiro
 
www.aulasdebiologiaapoio.com - Teia Alimentar e Cadeia Alimentar
www.aulasdebiologiaapoio.com - Teia Alimentar e Cadeia Alimentarwww.aulasdebiologiaapoio.com - Teia Alimentar e Cadeia Alimentar
www.aulasdebiologiaapoio.com - Teia Alimentar e Cadeia AlimentarVideoaulas De Biologia Apoio
 
Cadeias alimentares
Cadeias alimentaresCadeias alimentares
Cadeias alimentaresNuno Correia
 
8ºano cadeias e teias alimentares
8ºano cadeias e teias alimentares8ºano cadeias e teias alimentares
8ºano cadeias e teias alimentaresMaria Rocha R
 
Gabriel - Agroecologia
Gabriel - AgroecologiaGabriel - Agroecologia
Gabriel - Agroecologiagabrielmiranda
 
Aula de ecologia 01
Aula de ecologia 01Aula de ecologia 01
Aula de ecologia 01Ilsoflavio
 
Cadeia e teias alimentares
Cadeia e teias alimentaresCadeia e teias alimentares
Cadeia e teias alimentaresGabriela de Lima
 

Destaque (20)

O Globo Especial Biodiversidade (case Beraca)
O Globo Especial Biodiversidade (case Beraca)O Globo Especial Biodiversidade (case Beraca)
O Globo Especial Biodiversidade (case Beraca)
 
Documentos slids.odp 2
Documentos slids.odp 2Documentos slids.odp 2
Documentos slids.odp 2
 
Livro principios de ecologia aplicados a agroecologia 2013
Livro principios de ecologia aplicados a agroecologia 2013Livro principios de ecologia aplicados a agroecologia 2013
Livro principios de ecologia aplicados a agroecologia 2013
 
Recicla Ação - Um projeto para uma indústria limpa e de alto impacto social -...
Recicla Ação - Um projeto para uma indústria limpa e de alto impacto social -...Recicla Ação - Um projeto para uma indústria limpa e de alto impacto social -...
Recicla Ação - Um projeto para uma indústria limpa e de alto impacto social -...
 
Apres Sinergia Ambiental Bioloja
Apres Sinergia Ambiental BiolojaApres Sinergia Ambiental Bioloja
Apres Sinergia Ambiental Bioloja
 
Ecologia ii
Ecologia iiEcologia ii
Ecologia ii
 
Cadeia Teia E PirâMides
Cadeia Teia E PirâMidesCadeia Teia E PirâMides
Cadeia Teia E PirâMides
 
Obtenção de Matéria Seres autotróficos
Obtenção de Matéria Seres autotróficosObtenção de Matéria Seres autotróficos
Obtenção de Matéria Seres autotróficos
 
Ecologia geral
Ecologia geralEcologia geral
Ecologia geral
 
Livro Ecologia de Populacoes e Comunidades
Livro Ecologia de Populacoes e ComunidadesLivro Ecologia de Populacoes e Comunidades
Livro Ecologia de Populacoes e Comunidades
 
Relações ecológicas, Cadeias e Teias Alimentares
Relações ecológicas, Cadeias e Teias AlimentaresRelações ecológicas, Cadeias e Teias Alimentares
Relações ecológicas, Cadeias e Teias Alimentares
 
00 cadeias e teias alimentares 2011_20102011_tc
00 cadeias e teias alimentares 2011_20102011_tc00 cadeias e teias alimentares 2011_20102011_tc
00 cadeias e teias alimentares 2011_20102011_tc
 
www.aulasdebiologiaapoio.com - Teia Alimentar e Cadeia Alimentar
www.aulasdebiologiaapoio.com - Teia Alimentar e Cadeia Alimentarwww.aulasdebiologiaapoio.com - Teia Alimentar e Cadeia Alimentar
www.aulasdebiologiaapoio.com - Teia Alimentar e Cadeia Alimentar
 
Cadeia alimentar
Cadeia alimentarCadeia alimentar
Cadeia alimentar
 
Cadeias alimentares
Cadeias alimentaresCadeias alimentares
Cadeias alimentares
 
Cadeias alimentares
Cadeias alimentaresCadeias alimentares
Cadeias alimentares
 
8ºano cadeias e teias alimentares
8ºano cadeias e teias alimentares8ºano cadeias e teias alimentares
8ºano cadeias e teias alimentares
 
Gabriel - Agroecologia
Gabriel - AgroecologiaGabriel - Agroecologia
Gabriel - Agroecologia
 
Aula de ecologia 01
Aula de ecologia 01Aula de ecologia 01
Aula de ecologia 01
 
Cadeia e teias alimentares
Cadeia e teias alimentaresCadeia e teias alimentares
Cadeia e teias alimentares
 

Semelhante a Fluxodeenergiaeciclodematria 110124163018-phpapp02

Fluxo de energia e ciclo de matéra
Fluxo de energia e ciclo de matéraFluxo de energia e ciclo de matéra
Fluxo de energia e ciclo de matéraCarla Brites
 
Fluxo de energia e ciclo de matéra
Fluxo de energia e ciclo de matéraFluxo de energia e ciclo de matéra
Fluxo de energia e ciclo de matéraCarla Brites
 
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.pptAula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.pptParticular
 
Fluxos De Energia E Ciclo De MatéRia
Fluxos De Energia E Ciclo De MatéRiaFluxos De Energia E Ciclo De MatéRia
Fluxos De Energia E Ciclo De MatéRia8ºC
 
Resumo fluxos de energia e ciclo de matéria
Resumo fluxos de energia e ciclo de matériaResumo fluxos de energia e ciclo de matéria
Resumo fluxos de energia e ciclo de matériaNuno Coelho
 
Ppt6.1_Ciclo de matéria e fluxo de energia_8ºano (1).pptx
Ppt6.1_Ciclo de matéria e fluxo de energia_8ºano (1).pptxPpt6.1_Ciclo de matéria e fluxo de energia_8ºano (1).pptx
Ppt6.1_Ciclo de matéria e fluxo de energia_8ºano (1).pptxRodrigoBrito411997
 
Cadeias alimentares
Cadeias alimentares Cadeias alimentares
Cadeias alimentares Bianca Lima
 
Ecologia power point
Ecologia   power pointEcologia   power point
Ecologia power pointSuely namaste
 
Cadeias e Teias Alimentares
Cadeias e Teias AlimentaresCadeias e Teias Alimentares
Cadeias e Teias AlimentaresBio Sem Limites
 
Ecologia - Introdução
Ecologia - IntroduçãoEcologia - Introdução
Ecologia - IntroduçãoAndrea Barreto
 
Ecologia é uma ciência
Ecologia é uma ciênciaEcologia é uma ciência
Ecologia é uma ciênciaIvan Santana
 
Fluxo de energia
Fluxo de energiaFluxo de energia
Fluxo de energiaCatir
 
Fluxo de energia
Fluxo de energiaFluxo de energia
Fluxo de energiaCatir
 
Relações Alimentares.ppt
Relações Alimentares.pptRelações Alimentares.ppt
Relações Alimentares.pptLarissiFial
 

Semelhante a Fluxodeenergiaeciclodematria 110124163018-phpapp02 (20)

Fluxo de energia e ciclo de matéra
Fluxo de energia e ciclo de matéraFluxo de energia e ciclo de matéra
Fluxo de energia e ciclo de matéra
 
Fluxo de energia e ciclo de matéra
Fluxo de energia e ciclo de matéraFluxo de energia e ciclo de matéra
Fluxo de energia e ciclo de matéra
 
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.pptAula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
 
Fluxos De Energia E Ciclo De MatéRia
Fluxos De Energia E Ciclo De MatéRiaFluxos De Energia E Ciclo De MatéRia
Fluxos De Energia E Ciclo De MatéRia
 
Resumo fluxos de energia e ciclo de matéria
Resumo fluxos de energia e ciclo de matériaResumo fluxos de energia e ciclo de matéria
Resumo fluxos de energia e ciclo de matéria
 
Ppt6.1_Ciclo de matéria e fluxo de energia_8ºano (1).pptx
Ppt6.1_Ciclo de matéria e fluxo de energia_8ºano (1).pptxPpt6.1_Ciclo de matéria e fluxo de energia_8ºano (1).pptx
Ppt6.1_Ciclo de matéria e fluxo de energia_8ºano (1).pptx
 
Cadeias alimentares
Cadeias alimentares Cadeias alimentares
Cadeias alimentares
 
Cadeia alimentar
Cadeia alimentarCadeia alimentar
Cadeia alimentar
 
Ecologia power point
Ecologia   power pointEcologia   power point
Ecologia power point
 
Cadeias e Teias Alimentares
Cadeias e Teias AlimentaresCadeias e Teias Alimentares
Cadeias e Teias Alimentares
 
Bases da ecologia
Bases da ecologiaBases da ecologia
Bases da ecologia
 
8º 7.1.
8º 7.1. 8º 7.1.
8º 7.1.
 
Ecologia - Introdução
Ecologia - IntroduçãoEcologia - Introdução
Ecologia - Introdução
 
Ecologia é uma ciência
Ecologia é uma ciênciaEcologia é uma ciência
Ecologia é uma ciência
 
Cadeia alimentar
Cadeia alimentarCadeia alimentar
Cadeia alimentar
 
Fluxo de energia
Fluxo de energiaFluxo de energia
Fluxo de energia
 
Fluxo de energia
Fluxo de energiaFluxo de energia
Fluxo de energia
 
Relações Alimentares.ppt
Relações Alimentares.pptRelações Alimentares.ppt
Relações Alimentares.ppt
 
8 teias alimentares
8 teias alimentares8 teias alimentares
8 teias alimentares
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
 

Último

Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfHistoria-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfandreaLisboa7
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasMonizeEvellin2
 
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaO que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaCludiaRodrigues693635
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.HandersonFabio
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroBrenda Fritz
 
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfMarcianaClaudioClaud
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"Ilda Bicacro
 
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....LuizHenriquedeAlmeid6
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...Manuais Formação
 
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalcarlaOliveira438
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...LuizHenriquedeAlmeid6
 
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAbdLuxemBourg
 
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf HitlerAlemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitlerhabiwo1978
 
Geometria para 6 ano retas angulos .docx
Geometria para 6 ano retas angulos .docxGeometria para 6 ano retas angulos .docx
Geometria para 6 ano retas angulos .docxlucivaniaholanda
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosFernanda Ledesma
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfcarloseduardogonalve36
 
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxSlide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxsfwsoficial
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é precisoMary Alvarenga
 

Último (20)

Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfHistoria-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
 
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaO que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
 
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
 
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
 
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
 
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf HitlerAlemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
 
Geometria para 6 ano retas angulos .docx
Geometria para 6 ano retas angulos .docxGeometria para 6 ano retas angulos .docx
Geometria para 6 ano retas angulos .docx
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativos
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
 
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxSlide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é preciso
 

Fluxodeenergiaeciclodematria 110124163018-phpapp02

  • 1.
  • 2.
  • 3.
  • 4. Plantas e outros organismos fotossintéticos Seres Autotróficos / Produtores
  • 6.
  • 7. Decompositores – são seres heterotróficos que transformam a matéria orgânica, de que se alimentam (cadáveres, excrementos - como as fezes e a urina dos organismos de todos os níveis tróficos - e detritos vegetais), em matéria mineral, que é devolvida ao solo. São os decompositores que asseguram o retorno progressivo ao solo da matéria mineral, sendo esta utilizada pelos produtores que sintetizam de novo matéria orgânica. Assim, no nosso planeta existe uma circulação contínua de matéria orgânica e mineral, processada através das cadeias alimentares. Ex. fungos, bactérias.
  • 8.
  • 9.
  • 10. Energia que faz parte da matéria orgânica Provém inicialmente do SOL É transferida ao longo dos ecossistemas, quando o alimento passa através dos seres vivos Todos os organismos libertam energia sob a forma de calor, que abandona o ecossistema não voltando a ele FLUXO DE ENERGIA
  • 11. Cadeia Alimentar ou Cadeia Trófica Representa uma sequência de organismos em que cada um deles serve de alimento ao seguinte. Assim, ao longo de uma cadeia alimentar ocorrem sucessivas transferências de matéria e de energia.
  • 12.
  • 13.
  • 14.
  • 15.
  • 16.
  • 17.  
  • 18. 1º nível trófico – a alga, através da fotossíntese, produz matéria orgânica que acumula no seu organismo. 2º nível trófico – ao alimentar-se da alga, a lapa incorpora, no seu organismo, alguma matéria orgânica produzida pela alga. 3º nível trófico – ao alimentar-se, a estrela-do-mar incorpora alguma da matéria orgânica contida na lapa. 4º nível trófico – a gaivota, ao alimentar-se, incorpora alguma da matéria orgânica que a estrela-do-mar armazenou.
  • 19.
  • 20.
  • 21.  
  • 22.  
  • 23. Numa cadeia alimentar, à medida que se passa de nível trófico para nível trófico, a quantidade de energia disponível diminui .
  • 24.
  • 25.