SlideShare uma empresa Scribd logo

8º 7.1.

Nuno Coelho
Nuno Coelho
Nuno CoelhoProfessor em Escola Secundária IBN Mucana

8º 7.1.

1 de 12
Baixar para ler offline
1
Transferência de energia
nos ecossistemas
Energia
luminosa
Sol
A planta produz
matéria orgânica,
o seu próprio
alimento, na
fotossíntese.
A energia
luminosa é
transformada em
energia química.
Dióxido
de carbono
Água
2
Ao comer a
planta, o
herbívoro
alimenta-
-se da matéria
orgânica por ela
produzida e
obtém a energia
química de que
necessita.
Matéria
orgânica
Ao comer o
herbívoro, o
carnívoro
alimenta-
-se da matéria
orgânica da
presa, obtendo a
energia química
de que necessita.
Matéria
orgânica
3
Todos os seres vivos necessitam de energia para realizarem
as suas atividades e funções vitais, como o crescimento ou a
reprodução.
Na quase totalidade dos ecossistemas da Terra, a energia é
proveniente do Sol.
Seres autotróficos - São capazes de produzir o seu próprio
alimento, isto é, elaboram matéria orgânica a partir de
materiais inorgânicos, como a água, o dióxido de carbono e a
matéria mineral, existentes no meio.
As plantas são organismos autotróficos.
Plantas Fitoplâncton
4
Animais Zooplâncton
Seres heterotróficos - Alimentam-se de matéria orgânica,
não sendo capazes de a produzir a partir de matéria mineral.
Os animais são organismos heterotróficos.
Quando os seres vivos se alimentam uns dos outros, ocorre
uma transferência de energia.
O fluxo de energia é unidirecional.
Energia
Energia
5
Nos ecossistemas associados às chaminés hidrotermais, os
seres autotróficos não dependem da luz solar para obter
energia. Produzem a sua matéria orgânica a partir da energia
de compostos químicos libertados pelas chaminés.
Não existem plantas.
Transferência de energia
nos ecossistemas
6
A energia luminosa captada pelas plantas e outros seres
fotossintéticos é convertida em energia química, contida nas
moléculas orgânicas que produzem.
As moléculas orgânicas passam das plantas para os animais
ou de animais para animais através da alimentação, por via
das cadeias alimentares.
Anúncio

Recomendados

Miguel e glicerio
Miguel e glicerioMiguel e glicerio
Miguel e glicerioNute JPA
 
Gabriel s alessandro e daniel
Gabriel s  alessandro e  danielGabriel s  alessandro e  daniel
Gabriel s alessandro e danielNute JPA
 
Pedro e natan
Pedro e natanPedro e natan
Pedro e natanNute JPA
 
Aula 2 fluxo de energia - esquema
Aula 2   fluxo de energia - esquemaAula 2   fluxo de energia - esquema
Aula 2 fluxo de energia - esquemaGrupo UNIASSELVI
 
Julia giovanna e isabela
Julia giovanna e isabelaJulia giovanna e isabela
Julia giovanna e isabelaNute JPA
 
Thiago e miguel bernardo
Thiago e miguel bernardoThiago e miguel bernardo
Thiago e miguel bernardoNute JPA
 
Antonio,davi e gabriel di maio
Antonio,davi e gabriel di maioAntonio,davi e gabriel di maio
Antonio,davi e gabriel di maioNute JPA
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Bernardo gabriel daniel
Bernardo gabriel danielBernardo gabriel daniel
Bernardo gabriel danielNute JPA
 
Turma 403 maria luiza maia e tarsila
Turma 403 maria luiza maia e tarsilaTurma 403 maria luiza maia e tarsila
Turma 403 maria luiza maia e tarsilaNute JPA
 
Fernando e felipe
Fernando e felipeFernando e felipe
Fernando e felipeNute JPA
 
Mariana marcos e maria eduarda
Mariana marcos e maria eduardaMariana marcos e maria eduarda
Mariana marcos e maria eduardaNute JPA
 
Fluxodeenergiaeciclodematria 110124163018-phpapp02
Fluxodeenergiaeciclodematria 110124163018-phpapp02Fluxodeenergiaeciclodematria 110124163018-phpapp02
Fluxodeenergiaeciclodematria 110124163018-phpapp02helder raposo
 
Fluxodeenergiaeciclodematria 110124163018-phpapp02[1]
Fluxodeenergiaeciclodematria 110124163018-phpapp02[1]Fluxodeenergiaeciclodematria 110124163018-phpapp02[1]
Fluxodeenergiaeciclodematria 110124163018-phpapp02[1]Leonardo Alves
 
Cadeia alimentar gabriel joaovictor e rafael
Cadeia alimentar gabriel joaovictor e rafaelCadeia alimentar gabriel joaovictor e rafael
Cadeia alimentar gabriel joaovictor e rafaelNute JPA
 
Lucase giovanni 401
Lucase giovanni 401Lucase giovanni 401
Lucase giovanni 401Nute JPA
 
Juliana maria luisa santos e matheus
Juliana maria luisa santos e matheusJuliana maria luisa santos e matheus
Juliana maria luisa santos e matheusNute JPA
 
Cadeia e teia_alimentar_5_e_6
Cadeia e teia_alimentar_5_e_6Cadeia e teia_alimentar_5_e_6
Cadeia e teia_alimentar_5_e_6Raffaella Lima
 
Joao pedro e joao pedro vieira
Joao pedro e joao pedro vieiraJoao pedro e joao pedro vieira
Joao pedro e joao pedro vieiraNute JPA
 
Biosfera power point
Biosfera  power point Biosfera  power point
Biosfera power point margaridabt
 
Biosfera power point
Biosfera  power point Biosfera  power point
Biosfera power point margaridabt
 
Biosfera power point
Biosfera  power point Biosfera  power point
Biosfera power point margaridabt
 

Mais procurados (19)

Bernardo gabriel daniel
Bernardo gabriel danielBernardo gabriel daniel
Bernardo gabriel daniel
 
Turma 403 maria luiza maia e tarsila
Turma 403 maria luiza maia e tarsilaTurma 403 maria luiza maia e tarsila
Turma 403 maria luiza maia e tarsila
 
Fernando e felipe
Fernando e felipeFernando e felipe
Fernando e felipe
 
Mariana marcos e maria eduarda
Mariana marcos e maria eduardaMariana marcos e maria eduarda
Mariana marcos e maria eduarda
 
Thales
ThalesThales
Thales
 
Fluxodeenergiaeciclodematria 110124163018-phpapp02
Fluxodeenergiaeciclodematria 110124163018-phpapp02Fluxodeenergiaeciclodematria 110124163018-phpapp02
Fluxodeenergiaeciclodematria 110124163018-phpapp02
 
Fluxodeenergiaeciclodematria 110124163018-phpapp02[1]
Fluxodeenergiaeciclodematria 110124163018-phpapp02[1]Fluxodeenergiaeciclodematria 110124163018-phpapp02[1]
Fluxodeenergiaeciclodematria 110124163018-phpapp02[1]
 
Cadeia alimentar gabriel joaovictor e rafael
Cadeia alimentar gabriel joaovictor e rafaelCadeia alimentar gabriel joaovictor e rafael
Cadeia alimentar gabriel joaovictor e rafael
 
Lucase giovanni 401
Lucase giovanni 401Lucase giovanni 401
Lucase giovanni 401
 
Juliana maria luisa santos e matheus
Juliana maria luisa santos e matheusJuliana maria luisa santos e matheus
Juliana maria luisa santos e matheus
 
Cadeia e teia alimentar
Cadeia e teia alimentarCadeia e teia alimentar
Cadeia e teia alimentar
 
O REINO MONERA
O REINO MONERAO REINO MONERA
O REINO MONERA
 
Cadeia e teia_alimentar_5_e_6
Cadeia e teia_alimentar_5_e_6Cadeia e teia_alimentar_5_e_6
Cadeia e teia_alimentar_5_e_6
 
Joao pedro e joao pedro vieira
Joao pedro e joao pedro vieiraJoao pedro e joao pedro vieira
Joao pedro e joao pedro vieira
 
Biosfera power point
Biosfera  power point Biosfera  power point
Biosfera power point
 
Biosfera power point
Biosfera  power point Biosfera  power point
Biosfera power point
 
Aula 2 a teia alimentar
Aula 2   a teia alimentarAula 2   a teia alimentar
Aula 2 a teia alimentar
 
Biosfera power point
Biosfera  power point Biosfera  power point
Biosfera power point
 
Cadeia alimentar
Cadeia alimentarCadeia alimentar
Cadeia alimentar
 

Semelhante a 8º 7.1.

Fluxo de energia e ciclos de materia
Fluxo de energia e ciclos de materiaFluxo de energia e ciclos de materia
Fluxo de energia e ciclos de materiaRita Pereira
 
Fluxo de energia e ciclo de matéria
Fluxo de energia e ciclo de matériaFluxo de energia e ciclo de matéria
Fluxo de energia e ciclo de matériaadelinacgomes
 
Fluxo De Energia E Ciclo De MatéRia
Fluxo De Energia E Ciclo De MatéRiaFluxo De Energia E Ciclo De MatéRia
Fluxo De Energia E Ciclo De MatéRia8ºC
 
Fluxo De Energia E Ciclo De MatéRia
Fluxo De Energia E Ciclo De MatéRiaFluxo De Energia E Ciclo De MatéRia
Fluxo De Energia E Ciclo De MatéRia8ºC
 
Fluxo De Energia E Ciclo De MatéRia
Fluxo De Energia E Ciclo De MatéRiaFluxo De Energia E Ciclo De MatéRia
Fluxo De Energia E Ciclo De MatéRia8ºC
 
Fluxo De Energia E Ciclo De MatéRia
Fluxo De Energia E Ciclo De MatéRiaFluxo De Energia E Ciclo De MatéRia
Fluxo De Energia E Ciclo De MatéRia8ºC
 
Fluxo De Energia E Ciclo De MatéRia
Fluxo De Energia E Ciclo De MatéRiaFluxo De Energia E Ciclo De MatéRia
Fluxo De Energia E Ciclo De MatéRia8ºC
 
Ficha e-trabalho-cadeias-e-teias-alimentares
Ficha e-trabalho-cadeias-e-teias-alimentaresFicha e-trabalho-cadeias-e-teias-alimentares
Ficha e-trabalho-cadeias-e-teias-alimentaresAngela Boucinha
 
Fluxos de energia e ciclo de matéria i
Fluxos de energia e ciclo de matéria iFluxos de energia e ciclo de matéria i
Fluxos de energia e ciclo de matéria iCristina Vitória
 
Fluxo de energia no ecossistema
Fluxo de energia no ecossistemaFluxo de energia no ecossistema
Fluxo de energia no ecossistemaReinan Santos
 
1 biodiversidade (2017)
1   biodiversidade (2017)1   biodiversidade (2017)
1 biodiversidade (2017)margaridabt
 
Fluxo de energia e ciclo de matéra
Fluxo de energia e ciclo de matéraFluxo de energia e ciclo de matéra
Fluxo de energia e ciclo de matéraCarla Brites
 
Fluxo de energia e ciclo de matéra
Fluxo de energia e ciclo de matéraFluxo de energia e ciclo de matéra
Fluxo de energia e ciclo de matéraCarla Brites
 
Cadeias alimentares Word
Cadeias alimentares WordCadeias alimentares Word
Cadeias alimentares WordMicaela Isola
 
Fluxo de energia e ciclos e de matéria
Fluxo de energia e ciclos e de matériaFluxo de energia e ciclos e de matéria
Fluxo de energia e ciclos e de matériaLeonardo Alves
 
Capítulo 3 a diversidade da vida
Capítulo 3 a diversidade da vidaCapítulo 3 a diversidade da vida
Capítulo 3 a diversidade da vidaSarah Lemes
 
Cadeias e teias
Cadeias e teiasCadeias e teias
Cadeias e teiasPelo Siro
 
1 biodiversidade
1   biodiversidade1   biodiversidade
1 biodiversidademargaridabt
 

Semelhante a 8º 7.1. (20)

Fluxo de energia e ciclos de materia
Fluxo de energia e ciclos de materiaFluxo de energia e ciclos de materia
Fluxo de energia e ciclos de materia
 
Fluxo de energia e ciclo de matéria
Fluxo de energia e ciclo de matériaFluxo de energia e ciclo de matéria
Fluxo de energia e ciclo de matéria
 
Fluxo De Energia E Ciclo De MatéRia
Fluxo De Energia E Ciclo De MatéRiaFluxo De Energia E Ciclo De MatéRia
Fluxo De Energia E Ciclo De MatéRia
 
Fluxo De Energia E Ciclo De MatéRia
Fluxo De Energia E Ciclo De MatéRiaFluxo De Energia E Ciclo De MatéRia
Fluxo De Energia E Ciclo De MatéRia
 
Fluxo De Energia E Ciclo De MatéRia
Fluxo De Energia E Ciclo De MatéRiaFluxo De Energia E Ciclo De MatéRia
Fluxo De Energia E Ciclo De MatéRia
 
Fluxo De Energia E Ciclo De MatéRia
Fluxo De Energia E Ciclo De MatéRiaFluxo De Energia E Ciclo De MatéRia
Fluxo De Energia E Ciclo De MatéRia
 
Fluxo De Energia E Ciclo De MatéRia
Fluxo De Energia E Ciclo De MatéRiaFluxo De Energia E Ciclo De MatéRia
Fluxo De Energia E Ciclo De MatéRia
 
Ficha e-trabalho-cadeias-e-teias-alimentares
Ficha e-trabalho-cadeias-e-teias-alimentaresFicha e-trabalho-cadeias-e-teias-alimentares
Ficha e-trabalho-cadeias-e-teias-alimentares
 
Fluxos de energia e ciclo de matéria i
Fluxos de energia e ciclo de matéria iFluxos de energia e ciclo de matéria i
Fluxos de energia e ciclo de matéria i
 
Fluxo de energia no ecossistema
Fluxo de energia no ecossistemaFluxo de energia no ecossistema
Fluxo de energia no ecossistema
 
Cadeia alimentar
Cadeia alimentarCadeia alimentar
Cadeia alimentar
 
1 biodiversidade (2017)
1   biodiversidade (2017)1   biodiversidade (2017)
1 biodiversidade (2017)
 
Fluxo de energia e ciclo de matéra
Fluxo de energia e ciclo de matéraFluxo de energia e ciclo de matéra
Fluxo de energia e ciclo de matéra
 
Fluxo de energia e ciclo de matéra
Fluxo de energia e ciclo de matéraFluxo de energia e ciclo de matéra
Fluxo de energia e ciclo de matéra
 
Cadeias alimentares Word
Cadeias alimentares WordCadeias alimentares Word
Cadeias alimentares Word
 
Fluxo de energia e ciclos e de matéria
Fluxo de energia e ciclos e de matériaFluxo de energia e ciclos e de matéria
Fluxo de energia e ciclos e de matéria
 
Capítulo 3 a diversidade da vida
Capítulo 3 a diversidade da vidaCapítulo 3 a diversidade da vida
Capítulo 3 a diversidade da vida
 
Cadeias e teias
Cadeias e teiasCadeias e teias
Cadeias e teias
 
1 biodiversidade
1   biodiversidade1   biodiversidade
1 biodiversidade
 
Você já caiu na teia
Você já caiu na teiaVocê já caiu na teia
Você já caiu na teia
 

Mais de Nuno Coelho (20)

9º 4.1
9º 4.19º 4.1
9º 4.1
 
9º 3.3
9º 3.39º 3.3
9º 3.3
 
9º 3.1.
9º 3.1. 9º 3.1.
9º 3.1.
 
7º 1.2.
7º 1.2.7º 1.2.
7º 1.2.
 
9º 2.
9º 2.9º 2.
9º 2.
 
7º 1.1.
7º 1.1.7º 1.1.
7º 1.1.
 
7º 4.2.
7º 4.2. 7º 4.2.
7º 4.2.
 
8º 7.2
8º 7.2 8º 7.2
8º 7.2
 
7º 4.1.
7º 4.1. 7º 4.1.
7º 4.1.
 
7º 3.
7º 3. 7º 3.
7º 3.
 
8º ano 6.2
8º ano 6.28º ano 6.2
8º ano 6.2
 
8º ano 6.1
8º ano 6.18º ano 6.1
8º ano 6.1
 
8º ano 5.4
8º ano 5.4 8º ano 5.4
8º ano 5.4
 
8º ano 5.3
8º ano 5.38º ano 5.3
8º ano 5.3
 
7º 2.3.
7º 2.3. 7º 2.3.
7º 2.3.
 
7º 2.2.
7º 2.2.7º 2.2.
7º 2.2.
 
8º ano 5.2
8º ano 5.2 8º ano 5.2
8º ano 5.2
 
8º 3.
8º 3.8º 3.
8º 3.
 
7º 1.3.
7º 1.3.7º 1.3.
7º 1.3.
 
F F 8º S T
F F 8º S TF F 8º S T
F F 8º S T
 

Último

COMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIA
COMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIACOMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIA
COMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIAHisrelBlog
 
Slides Lição 7, BETEL, Família, os cuidados com a era digital a com os idosos...
Slides Lição 7, BETEL, Família, os cuidados com a era digital a com os idosos...Slides Lição 7, BETEL, Família, os cuidados com a era digital a com os idosos...
Slides Lição 7, BETEL, Família, os cuidados com a era digital a com os idosos...LuizHenriquedeAlmeid6
 
PLANEJAMENTO ANUAL LINGUA ESPANHOLA 2024 3 ANOS PRONTO.docx
PLANEJAMENTO ANUAL LINGUA ESPANHOLA 2024 3 ANOS PRONTO.docxPLANEJAMENTO ANUAL LINGUA ESPANHOLA 2024 3 ANOS PRONTO.docx
PLANEJAMENTO ANUAL LINGUA ESPANHOLA 2024 3 ANOS PRONTO.docxfran50171
 
LITERATURA, 3.º EM, apostila 1, frentes 2 e 3, módulo 3.ppsx
LITERATURA, 3.º EM, apostila 1, frentes 2 e 3, módulo 3.ppsxLITERATURA, 3.º EM, apostila 1, frentes 2 e 3, módulo 3.ppsx
LITERATURA, 3.º EM, apostila 1, frentes 2 e 3, módulo 3.ppsxrafabebum
 
CIÊNCIAS CONTÁBEIS - BACHARELADO/PROJETO DE EXTENSÃO I - CIÊNCIAS CONTÁBEIS
CIÊNCIAS CONTÁBEIS - BACHARELADO/PROJETO DE EXTENSÃO I - CIÊNCIAS CONTÁBEISCIÊNCIAS CONTÁBEIS - BACHARELADO/PROJETO DE EXTENSÃO I - CIÊNCIAS CONTÁBEIS
CIÊNCIAS CONTÁBEIS - BACHARELADO/PROJETO DE EXTENSÃO I - CIÊNCIAS CONTÁBEISColaborar Educacional
 
1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdfkelvindasilvadiasw
 
Dicas para o Enem 2024 ensino médio itinerários
Dicas para o Enem 2024 ensino médio  itineráriosDicas para o Enem 2024 ensino médio  itinerários
Dicas para o Enem 2024 ensino médio itineráriosRonanDasFlores
 
2024 Tec Subsequente em Adm Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnolog...
2024 Tec Subsequente em Adm Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnolog...2024 Tec Subsequente em Adm Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnolog...
2024 Tec Subsequente em Adm Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnolog...pj989014
 
3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdfkelvindasilvadiasw
 
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...manoelaarmani
 
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdfPLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdfkeiciany
 
Ficha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Ficha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaFicha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Ficha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaCentro Jacques Delors
 
SLIDES Lição 6, Recabitas, Exemplo de Obediência, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA ...
SLIDES Lição 6, Recabitas, Exemplo de Obediência, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA ...SLIDES Lição 6, Recabitas, Exemplo de Obediência, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA ...
SLIDES Lição 6, Recabitas, Exemplo de Obediência, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA ...LuizHenriquedeAlmeid6
 
Livro de Português- Santillana.pdf
Livro de Português- Santillana.pdfLivro de Português- Santillana.pdf
Livro de Português- Santillana.pdfDinisOliveira30
 
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...manoelaarmani
 
LUSSOCARS TRABAJO PARA LA CLASE QUE TENGO
LUSSOCARS TRABAJO PARA LA CLASE QUE TENGOLUSSOCARS TRABAJO PARA LA CLASE QUE TENGO
LUSSOCARS TRABAJO PARA LA CLASE QUE TENGOxogilo3990
 
Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...
Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...
Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...manoelaarmani
 
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...manoelaarmani
 
CURRICULO ed integral.pdf
CURRICULO ed integral.pdfCURRICULO ed integral.pdf
CURRICULO ed integral.pdfdaniele690933
 
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 9º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 9º ANO.pdfPLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 9º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 9º ANO.pdfkeiciany
 

Último (20)

COMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIA
COMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIACOMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIA
COMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIA
 
Slides Lição 7, BETEL, Família, os cuidados com a era digital a com os idosos...
Slides Lição 7, BETEL, Família, os cuidados com a era digital a com os idosos...Slides Lição 7, BETEL, Família, os cuidados com a era digital a com os idosos...
Slides Lição 7, BETEL, Família, os cuidados com a era digital a com os idosos...
 
PLANEJAMENTO ANUAL LINGUA ESPANHOLA 2024 3 ANOS PRONTO.docx
PLANEJAMENTO ANUAL LINGUA ESPANHOLA 2024 3 ANOS PRONTO.docxPLANEJAMENTO ANUAL LINGUA ESPANHOLA 2024 3 ANOS PRONTO.docx
PLANEJAMENTO ANUAL LINGUA ESPANHOLA 2024 3 ANOS PRONTO.docx
 
LITERATURA, 3.º EM, apostila 1, frentes 2 e 3, módulo 3.ppsx
LITERATURA, 3.º EM, apostila 1, frentes 2 e 3, módulo 3.ppsxLITERATURA, 3.º EM, apostila 1, frentes 2 e 3, módulo 3.ppsx
LITERATURA, 3.º EM, apostila 1, frentes 2 e 3, módulo 3.ppsx
 
CIÊNCIAS CONTÁBEIS - BACHARELADO/PROJETO DE EXTENSÃO I - CIÊNCIAS CONTÁBEIS
CIÊNCIAS CONTÁBEIS - BACHARELADO/PROJETO DE EXTENSÃO I - CIÊNCIAS CONTÁBEISCIÊNCIAS CONTÁBEIS - BACHARELADO/PROJETO DE EXTENSÃO I - CIÊNCIAS CONTÁBEIS
CIÊNCIAS CONTÁBEIS - BACHARELADO/PROJETO DE EXTENSÃO I - CIÊNCIAS CONTÁBEIS
 
1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
 
Dicas para o Enem 2024 ensino médio itinerários
Dicas para o Enem 2024 ensino médio  itineráriosDicas para o Enem 2024 ensino médio  itinerários
Dicas para o Enem 2024 ensino médio itinerários
 
2024 Tec Subsequente em Adm Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnolog...
2024 Tec Subsequente em Adm Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnolog...2024 Tec Subsequente em Adm Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnolog...
2024 Tec Subsequente em Adm Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnolog...
 
3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
 
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...
 
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdfPLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdf
 
Ficha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Ficha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaFicha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Ficha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
 
SLIDES Lição 6, Recabitas, Exemplo de Obediência, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA ...
SLIDES Lição 6, Recabitas, Exemplo de Obediência, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA ...SLIDES Lição 6, Recabitas, Exemplo de Obediência, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA ...
SLIDES Lição 6, Recabitas, Exemplo de Obediência, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA ...
 
Livro de Português- Santillana.pdf
Livro de Português- Santillana.pdfLivro de Português- Santillana.pdf
Livro de Português- Santillana.pdf
 
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...
 
LUSSOCARS TRABAJO PARA LA CLASE QUE TENGO
LUSSOCARS TRABAJO PARA LA CLASE QUE TENGOLUSSOCARS TRABAJO PARA LA CLASE QUE TENGO
LUSSOCARS TRABAJO PARA LA CLASE QUE TENGO
 
Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...
Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...
Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...
 
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
 
CURRICULO ed integral.pdf
CURRICULO ed integral.pdfCURRICULO ed integral.pdf
CURRICULO ed integral.pdf
 
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 9º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 9º ANO.pdfPLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 9º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 9º ANO.pdf
 

8º 7.1.

  • 1. 1 Transferência de energia nos ecossistemas Energia luminosa Sol A planta produz matéria orgânica, o seu próprio alimento, na fotossíntese. A energia luminosa é transformada em energia química. Dióxido de carbono Água
  • 2. 2 Ao comer a planta, o herbívoro alimenta- -se da matéria orgânica por ela produzida e obtém a energia química de que necessita. Matéria orgânica Ao comer o herbívoro, o carnívoro alimenta- -se da matéria orgânica da presa, obtendo a energia química de que necessita. Matéria orgânica
  • 3. 3 Todos os seres vivos necessitam de energia para realizarem as suas atividades e funções vitais, como o crescimento ou a reprodução. Na quase totalidade dos ecossistemas da Terra, a energia é proveniente do Sol. Seres autotróficos - São capazes de produzir o seu próprio alimento, isto é, elaboram matéria orgânica a partir de materiais inorgânicos, como a água, o dióxido de carbono e a matéria mineral, existentes no meio. As plantas são organismos autotróficos. Plantas Fitoplâncton
  • 4. 4 Animais Zooplâncton Seres heterotróficos - Alimentam-se de matéria orgânica, não sendo capazes de a produzir a partir de matéria mineral. Os animais são organismos heterotróficos. Quando os seres vivos se alimentam uns dos outros, ocorre uma transferência de energia. O fluxo de energia é unidirecional. Energia Energia
  • 5. 5 Nos ecossistemas associados às chaminés hidrotermais, os seres autotróficos não dependem da luz solar para obter energia. Produzem a sua matéria orgânica a partir da energia de compostos químicos libertados pelas chaminés. Não existem plantas. Transferência de energia nos ecossistemas
  • 6. 6 A energia luminosa captada pelas plantas e outros seres fotossintéticos é convertida em energia química, contida nas moléculas orgânicas que produzem. As moléculas orgânicas passam das plantas para os animais ou de animais para animais através da alimentação, por via das cadeias alimentares.
  • 7. 7 Caniço Lagarta Rouxinol Tartaranhão 1.o 2.o 3.o 4.o Cadeia alimentar iniciada nos produtores Cadeia alimentar iniciada nos detritívoros Detritos Bicho-de-conta Rouxinol Tartaranhão 1.o 2.o 3.o Cadeia alimentar – Sequência de organismos que se alimentam sucessivamente uns dos outros. Num dado ponto da cadeia, um ser vivo pode servir de alimento ao organismo seguinte ou alimentar-se do anterior. Nível trófico – Conjunto de organismos que ocupam a mesma posição numa cadeia alimentar.
  • 8. 8 Cadeia alimentar - Nas comunidades de seres vivos distinguem-se três categorias de organismos: produtores, consumidores e decompositores. Produtores - Organismos capazes de produzir matéria orgânica, o seu próprio alimento, a partir de matéria mineral. São os seres autotróficos, como as plantas, e ocupam o 1.o nível trófico. Plantas Algas Bactérias Consumidores – Organismos que se alimentam, direta ou indiretamente, da matéria orgânica elaborada pelos produtores. São os seres heterotróficos, como os animais, e ocupam o 2.o nível trófico quando se alimentam dos produtores.
  • 9. 9 Decompositores – Organismos heterotróficos que transformam a matéria orgânica de que se alimentam (cadáveres, restos e excreções de todos os níveis tróficos) em sais minerais. A matéria mineral, devolvida ao meio, pode ser novamente incorporada nos organismos produtores. Cogumelos Bolores Bactérias Consumidores primários Produtores Consumidores secundários Consumidores terciários Decompositores Detritos Calor Calor Calor Luz Calor
  • 10. 10 18% 80% 2% 32% 18%50%Fezes Respiração celular Respiração celular Fezes Crescimento Crescimento 100% 100% 100% 10% 1% 0,1 % A transferência de energia num ecossistema é unidirecional mas a energia disponível decresce de nível trófico para nível trófico.
  • 11. 11 Teia alimentar – Conjunto de cadeias alimentares de um ecossistema interligadas em rede. Teia alimentar numa floresta caducifólia de carvalhos
  • 12. 12 Teia alimentar na Antártida