Rede de Bibliotecas Escolares
                                  Oficina de Formação:

          Práticas e Modelos de Auto...
O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares- Metodologias de operacionalização ( Conclusão)

IGE                 ...
de Educação na vida da Escola                              Enriquecimento curricular
                                     ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Metodologias De OperacionalizaçãO 6rbe

208 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação, Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
208
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Metodologias De OperacionalizaçãO 6rbe

  1. 1. Rede de Bibliotecas Escolares Oficina de Formação: Práticas e Modelos de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares- Metodologias de operacionalização ( Conclusão) Formadoras: Lucília Santos e Angelina Pereira - Sessão 6 - Formanda: Maria João X.F. Matias M. de Abreu Turma 4 – DREC
  2. 2. O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares- Metodologias de operacionalização ( Conclusão) IGE IGE RBE Quadro de referência para escolas e Agr. Tópicos descritores dos campos de análise para Modelo de auto-avaliação da BE apresentação da escola 1.Resultados 6.Resultados A. Apoio ao Desenvolvimento Curricular 6.1 Resultados Académicas A.1 Articulação Curricular da BE com as Estruturas de 6.2 Resultados Sociais da Educação Coordenação Educativa e Supervisão Pedagógica e os docentes A.2 Promoção das literacias da informação tecnológica e digital B. Leituras e literacia 2.Prestação de serviço educativo 2.Projecto Educativo A. Apoio ao Desenvolvimento Curricular 2.1 Prioridades e objectivos A.1 Articulação Curricular da BE com as Estruturas de 2.2 Estratégias e planos de acção Coordenação Educativa e Supervisão Pedagógica e os 3. A Organização e gestão da escola docentes 3.1 Estruturas de Gestão A.2 Promoção das literacias da informação tecnológica 3.2-Gestão pedagógica e digital 3.3 Procedimentos de auto-avaliação institucional B. Leituras e literacia 5. Clima e ambiente Educativos C. Projectos e Parcerias e Actividades livres e de 5.1- Disciplina e comportamento cívico abertura à comunidade 5.2 – Motivação e empenho C.1- Apoio a actividades livres, extracurriculares e de Enriquecimento curricular C.2- Projectos e parcerias 3. Organização e gestão Curricular 2.Projecto Educativo A. Apoio ao Desenvolvimento Curricular 2.1 Prioridades e objectivos A.1 Articulação Curricular da BE com as Estruturas de 2.2 Estratégias e planos de acção Coordenação Educativa e Supervisão Pedagógica e os 3. A Organização e gestão da escola docentes 3.1 Estruturas de Gestão A.2 Promoção das literacias da informação tecnológica 3.2-Gestão pedagógica e digital 3.3 Procedimentos de auto-avaliação B. Leituras e literacia Institucional C. Projectos e Parcerias e Actividades livres e de 4.Ligação à comunidade abertura à comunidade 4.1- Articulação e participação dos Pais e encarregados C.1- Apoio a actividades livres, extracurriculares e de Práticas e Modelos de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares 2 Mª João Matias de Abreu
  3. 3. de Educação na vida da Escola Enriquecimento curricular 4.2- Articulação e participação das autarquias C.2- Projectos e parcerias 4.3- Articulação e participação das instituições locais- D. Gestão da BE empresa, instituições sociais e culturais D.1- Articulação da BE com a Escola/Agrupamento. Acesso e serviços prestados pela BE 4. Liderança 2.Projecto Educativo A. Apoio ao Desenvolvimento Curricular 2.1 Prioridades e objectivos A.1 Articulação Curricular da BE com as Estruturas de 2.2 Estratégias e planos de acção Coordenação Educativa e Supervisão Pedagógica e os 3. A Organização e gestão da escola docentes 3.1 Estruturas de Gestão A.2 Promoção das literacias da informação tecnológica 3.2-Gestão pedagógica e digital 3.3 Procedimentos de auto-avaliação B. Leituras e literacia Institucional C. Projectos e Parcerias e Actividades livres e de 4.Ligação à comunidade abertura à comunidade 4.1- Articulação e participação dos Pais e encarregados C.1- Apoio a actividades livres, extracurriculares e de de Educação na vida da Escola Enriquecimento curricular 4.2- Articulação e participação das autarquias C.2- Projectos e parcerias 4.3- Articulação e participação das instituições locais- D. Gestão da BE empresa, instituições sociais e culturais D.1- Articulação da BE com a Escola/Agrupamento. Acesso e serviços prestados pela BE D.2- Condições Humanas e Materiais para a Prestação de Serviços D.2.1 – Liderança do professor bibliotecário na Escola / Agrupamento 5.Capacidade de auto-regulação 6.Resultados D.Gestão da BE 6.1 Resultados Académicas D.1.4 Avaliação da BE na Escola 6.2 Resultados Sociais da Educação Práticas e Modelos de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares 3 Mª João Matias de Abreu

×