SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 4
O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares: metodologias de operacionalização (conclusão)




                                                 MAABE/Tópicos IGE
                                                             Campos de análise e tópicos descritores
        Domínio                       Subdomínio                   estabelecidos pela IGE
                       A.1 - Articulação Curricular da BE com as           2-O Projecto Educativo
                       Estruturas de Coordenação Educativa e
                                                                           2.1-Prioridades e objectivos
                       Supervisão Pedagógica e os Docentes:                -Que prioridades estão subjacentes ao projecto educativo?
                                                                           -Que objectivos estabelece para as áreas mais relevantes?
                       A.1.1 - Cooperação da BE com as estruturas
                       de coordenação educativa e supervisão               2.2-Estratégias e planos de acção
A   -     Apoio   ao                                                       -Que áreas privilegia a escola para o desenvolvimento
                       pedagógica da escola/agrupamento.
                                                                           educativo?
Desenvolvimento                                                            -Que acções são desencadeadas e que relação têm com as
                                                                           prioridades do projecto educativo?
Curricular                                                                 -Como são envolvidas as diferentes estruturas e órgãos de
                                                                           administração     e    gestão    e como     são   distribuídas
                                                                           responsabilidades?
                                                                           -Qual é a estratégia da escola para a formação contínua de
                                                                           docentes e não docentes em função do projecto educativo?


                                                                           3-A organização e gestão da escola
                                                                           3.1-Estruturas de gestão
                       A1.2 – Parceria da BE com os docentes
                                                                           -Como caracteriza o funcionamento das estruturas de orientação
                       responsáveis pelas áreas curriculares não           e a abrangência da sua acção?
                       disciplinares (ACND) da escola.
                       A.1.3 Articulação da BE com os docentes
                       responsáveis     pelos     serviços   de   apoios
                                                                           3- Organização e gestão da escola
                       especializados    e      educativos   (SAE)   da    3.2-Gestão Pedagógica
                                                                           -Quais as opções de gestão pedagógica para a construção da
                       escola.
                                                                           equidade e da justiça, assegurando a integração de todos na
                                                                           comunidade educativa?
                                                                           6-Resultados
                       A.2.4 Impacto da BE nas competências
                                                                           6.1-Resultados académicos
                       tecnológicas, digitais e de informação dos
O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares: metodologias de operacionalização (conclusão)

A    -      Apoio   ao   alunos na escola.

Desenvolvimento
Curricular               A.2.5 Impacto da BE no desenvolvimento de
                                                                        5-Clima e ambiente educativos
                         valores e atitudes indispensáveis à formação   5.1-Disciplina e comportamento cívico
                                                                        -Que importância é atribuída à educação para a cidadania no
                         da cidadania e à aprendizagem ao longo da
                                                                        projecto educativo?
                         vida.




                                                                        6-Resultados
                         B.3 Impacto do trabalho da BE nas atitudes e
                                                                        6.1-Resultados académicos
                         competências dos alunos, no âmbito da
B-Leitura e Literacia    leitura e da literacia.




                                                                        4-Ligação à comunidade
C-Projectos,             C.2.1 Envolvimento da BE em projectos da
                                                                        4.3-Articulação e participação das instituições locais – empresas,
                         respectiva escola ou desenvolvidos em          instituições sociais e culturais
parcerias            e                                                  -Qual o nível de participação das instituições locais na vida da
                         parceria, a nível local ou mais amplo.
                                                                        escola?
actividades livres e                                                    - Que áreas de cooperação são mais frequentes?

de       abertura   à
Comunidade


                         C.2.3 Participação com outras
                                                                        4-Ligação à comunidade
                         escolas/agrupamentos e,
                                                                        4.2-Articulação e participação das autarquias
                         eventualmente, com outras entidades
O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares: metodologias de operacionalização (conclusão)

                       (RBE, DRE, CFAE) em reuniões da                -Qual o nível de participação das autarquias na vida da escola?
                       BM/SABE ou outro grupo de trabalho             -Quais as áreas principais de cooperação?
                       a nível concelhio ou interconcelhio.




                       C.2.4. Estímulo à participação e mobilização   5-Clima e ambiente educativos
                       dos pais/encarregados de                       5.2-Motivação e empenho
                       educação no domínio da promoção                -De que meios de informação e comunicação dispõe a escola
                       da leitura e do desenvolvimento de             para a integração e o envolvimento da comunidade escolar?
C-Projectos,           competências das crianças e jovens
                       que frequentam a
parcerias          e   escola/agrupamento.

actividades livres e
                                                                      4-Ligação à comunidade
de    abertura    à    C.2.5 Abertura da BE à comunidade              4.1-Articulação e participação dos pais e encarregados de
                       local.                                         educação na vida da escola
Comunidade                                                            -Que acolhimento e incentivo são proporcionados à participação
                                                                      dos pais e encarregados de educação na vida da escola e ao
                                                                      acompanhamento dos educandos?
                                                                      --Como caracteriza os índices de participação dos pais e
                                                                      encarregados de educação?




                       D.1.4 Avaliação da BE na                       3-A organização e gestão da escola
                       escola/agrupamento.                            3.3-Procedimentos de auto-avaliação institucional
                                                                      - Como é que a escola monitoriza e avalia a sua actividade e
O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares: metodologias de operacionalização (conclusão)

                                                          resultados?
                                                          -Que agentes internos e apoios externos são envolvidos nos
                                                          procedimentos de auto-avaliação institucional?



                  D.2.2 Adequação dos recursos
D- Gestão da BE   humanos às necessidades
                  funcionamento da BE na                  1-Contexto e caracterização geral da escola
                  escola/agrupamento.                     1.5-Como estão organizadas as áreas funcionais administrativas
                                                          e de suporte ao ensino e qual a sua capacidade de resposta?




                  D.2.3 Adequação da BE em termos de
                  espaço às necessidades da
                  escola/agrupamento.                         1- Contexto e caracterização geral da escola
                                                                 -Há uma adequada diversidade dos               espaços
                                                                 específicos?




                                                                            A formanda,
                                                                            Isabel Silva

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Modelo Auto-avaliação BE
Modelo Auto-avaliação BEModelo Auto-avaliação BE
Modelo Auto-avaliação BElidia76
 
7ª SessãO 1ª Tarefa Tabela
7ª SessãO  1ª Tarefa  Tabela7ª SessãO  1ª Tarefa  Tabela
7ª SessãO 1ª Tarefa TabelaFilipe Pereira
 
Quadro cruzdados ige e maabe
Quadro cruzdados ige e maabeQuadro cruzdados ige e maabe
Quadro cruzdados ige e maabecandidamatos
 
Grelha Baseado Na Afe 6 1 Me Lamas
Grelha Baseado Na Afe 6 1 Me LamasGrelha Baseado Na Afe 6 1 Me Lamas
Grelha Baseado Na Afe 6 1 Me Lamasguest8100d11
 
SessãO 7 Quadro Raquel
SessãO 7   Quadro RaquelSessãO 7   Quadro Raquel
SessãO 7 Quadro Raquelrapscasg
 
O Modelo De Auto Avaliacao
O Modelo De Auto AvaliacaoO Modelo De Auto Avaliacao
O Modelo De Auto AvaliacaoMacogomes
 
Plano De AvaliaçãO
Plano De AvaliaçãOPlano De AvaliaçãO
Plano De AvaliaçãOclaudinapires
 
Quadro Comp Be Ige
Quadro Comp Be IgeQuadro Comp Be Ige
Quadro Comp Be Igejebrites
 

Mais procurados (14)

MóDulo 6
MóDulo 6MóDulo 6
MóDulo 6
 
Modelo Auto-avaliação BE
Modelo Auto-avaliação BEModelo Auto-avaliação BE
Modelo Auto-avaliação BE
 
Sessão 6
Sessão 6Sessão 6
Sessão 6
 
7ª SessãO 1ª Tarefa Tabela
7ª SessãO  1ª Tarefa  Tabela7ª SessãO  1ª Tarefa  Tabela
7ª SessãO 1ª Tarefa Tabela
 
Quadro cruzdados ige e maabe
Quadro cruzdados ige e maabeQuadro cruzdados ige e maabe
Quadro cruzdados ige e maabe
 
Quadro
QuadroQuadro
Quadro
 
Tarefa 1 Blo
Tarefa 1 BloTarefa 1 Blo
Tarefa 1 Blo
 
Grelha Baseado Na Afe 6 1 Me Lamas
Grelha Baseado Na Afe 6 1 Me LamasGrelha Baseado Na Afe 6 1 Me Lamas
Grelha Baseado Na Afe 6 1 Me Lamas
 
SessãO 7 Quadro Raquel
SessãO 7   Quadro RaquelSessãO 7   Quadro Raquel
SessãO 7 Quadro Raquel
 
O Modelo De Auto Avaliacao
O Modelo De Auto AvaliacaoO Modelo De Auto Avaliacao
O Modelo De Auto Avaliacao
 
Plano De AvaliaçãO
Plano De AvaliaçãOPlano De AvaliaçãO
Plano De AvaliaçãO
 
Quadro
QuadroQuadro
Quadro
 
Quadro Comp Be Ige
Quadro Comp Be IgeQuadro Comp Be Ige
Quadro Comp Be Ige
 
Tarefa 1
Tarefa 1Tarefa 1
Tarefa 1
 

Destaque

Que festa assustadora!
Que festa assustadora!Que festa assustadora!
Que festa assustadora!bibliotecap
 
аннотация методика обучения русскому языку калиновская
аннотация методика обучения русскому языку калиновскаяаннотация методика обучения русскому языку калиновская
аннотация методика обучения русскому языку калиновскаяDaniela K
 
Confi - What is Gender
Confi - What is GenderConfi - What is Gender
Confi - What is GenderTess Brooks
 
Marketing para advogados: visão de marketing para escritórios de advocacia
Marketing para advogados: visão de marketing para escritórios de advocaciaMarketing para advogados: visão de marketing para escritórios de advocacia
Marketing para advogados: visão de marketing para escritórios de advocaciaMarco Antonio P. Gonçalves
 
Auto-CAD Certificate
Auto-CAD CertificateAuto-CAD Certificate
Auto-CAD CertificateSyed Kashif
 
Deber de informatica
Deber de informaticaDeber de informatica
Deber de informaticatommy40
 

Destaque (12)

Matheus e Brendom 802
Matheus e Brendom 802Matheus e Brendom 802
Matheus e Brendom 802
 
Marketing of law firms
Marketing of law firmsMarketing of law firms
Marketing of law firms
 
D
DD
D
 
03 monitor
03 monitor03 monitor
03 monitor
 
Que festa assustadora!
Que festa assustadora!Que festa assustadora!
Que festa assustadora!
 
All about me
All about meAll about me
All about me
 
аннотация методика обучения русскому языку калиновская
аннотация методика обучения русскому языку калиновскаяаннотация методика обучения русскому языку калиновская
аннотация методика обучения русскому языку калиновская
 
Confi - What is Gender
Confi - What is GenderConfi - What is Gender
Confi - What is Gender
 
Marketing para advogados: visão de marketing para escritórios de advocacia
Marketing para advogados: visão de marketing para escritórios de advocaciaMarketing para advogados: visão de marketing para escritórios de advocacia
Marketing para advogados: visão de marketing para escritórios de advocacia
 
Auto-CAD Certificate
Auto-CAD CertificateAuto-CAD Certificate
Auto-CAD Certificate
 
Unitech
UnitechUnitech
Unitech
 
Deber de informatica
Deber de informaticaDeber de informatica
Deber de informatica
 

Semelhante a Modelo de Auto-Avaliação Bibliotecas Escolares

O Modelo De Auto Ana Soares
O Modelo De Auto Ana SoaresO Modelo De Auto Ana Soares
O Modelo De Auto Ana Soaresguestbfb743
 
Metodologias De OperacionalizaçãO 6rbe
Metodologias De OperacionalizaçãO 6rbeMetodologias De OperacionalizaçãO 6rbe
Metodologias De OperacionalizaçãO 6rbeguest0d6192
 
Tabela analise carlos matias
Tabela analise carlos matiasTabela analise carlos matias
Tabela analise carlos matiastritao
 
Resposta tarefa 1 sessão7_enviar
Resposta tarefa 1 sessão7_enviarResposta tarefa 1 sessão7_enviar
Resposta tarefa 1 sessão7_enviaresperancasantos
 
6ª Sessão (1ª Parte) - O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares: ...
6ª Sessão (1ª Parte) - O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares: ...6ª Sessão (1ª Parte) - O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares: ...
6ª Sessão (1ª Parte) - O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares: ...guest36ad53
 
Tarefa 1 1ªA Parte
Tarefa 1 1ªA ParteTarefa 1 1ªA Parte
Tarefa 1 1ªA Partebecrepombais
 
Cruzamento Da Informação Resultante Da Auto Avaliação Da B E Nos Seus Difer...
Cruzamento Da Informação Resultante Da Auto  Avaliação Da  B E Nos Seus Difer...Cruzamento Da Informação Resultante Da Auto  Avaliação Da  B E Nos Seus Difer...
Cruzamento Da Informação Resultante Da Auto Avaliação Da B E Nos Seus Difer...andretti26
 
6ª Semana Modelo De AvaliaçãO Externa Da Ige Modelo De Auto AvaliaçãO Da Be
6ª Semana   Modelo De AvaliaçãO Externa Da Ige   Modelo De Auto AvaliaçãO Da Be6ª Semana   Modelo De AvaliaçãO Externa Da Ige   Modelo De Auto AvaliaçãO Da Be
6ª Semana Modelo De AvaliaçãO Externa Da Ige Modelo De Auto AvaliaçãO Da Bebecrepombais
 
Sessão 3 Powerpoint 1ªParte
Sessão 3 Powerpoint  1ªParteSessão 3 Powerpoint  1ªParte
Sessão 3 Powerpoint 1ªParteguest1d174ffe
 
Quadro Metodologias e Operacionalização- conclusão
Quadro   Metodologias e Operacionalização- conclusãoQuadro   Metodologias e Operacionalização- conclusão
Quadro Metodologias e Operacionalização- conclusãoLeonor Otília Rocha Oliveira
 
6ª Tarefa 1º Parte
6ª Tarefa  1º Parte6ª Tarefa  1º Parte
6ª Tarefa 1º Partejoana56
 

Semelhante a Modelo de Auto-Avaliação Bibliotecas Escolares (20)

O Modelo De Auto Ana Soares
O Modelo De Auto Ana SoaresO Modelo De Auto Ana Soares
O Modelo De Auto Ana Soares
 
MóDulo 6
MóDulo 6MóDulo 6
MóDulo 6
 
Metodologias De OperacionalizaçãO 6rbe
Metodologias De OperacionalizaçãO 6rbeMetodologias De OperacionalizaçãO 6rbe
Metodologias De OperacionalizaçãO 6rbe
 
Quadro
QuadroQuadro
Quadro
 
Tabela analise carlos matias
Tabela analise carlos matiasTabela analise carlos matias
Tabela analise carlos matias
 
Resposta tarefa 1 sessão7_enviar
Resposta tarefa 1 sessão7_enviarResposta tarefa 1 sessão7_enviar
Resposta tarefa 1 sessão7_enviar
 
Formação BE 7
Formação BE 7Formação BE 7
Formação BE 7
 
6ª Sessão (1ª Parte) - O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares: ...
6ª Sessão (1ª Parte) - O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares: ...6ª Sessão (1ª Parte) - O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares: ...
6ª Sessão (1ª Parte) - O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares: ...
 
Tarefa 1 1ªA Parte
Tarefa 1 1ªA ParteTarefa 1 1ªA Parte
Tarefa 1 1ªA Parte
 
Apresentação MABE
Apresentação MABEApresentação MABE
Apresentação MABE
 
ApresentaçãO MABE
ApresentaçãO MABEApresentaçãO MABE
ApresentaçãO MABE
 
Apresentação MABE
Apresentação MABEApresentação MABE
Apresentação MABE
 
Tarefa 6 Ige Rbe Isabel
Tarefa 6 Ige Rbe IsabelTarefa 6 Ige Rbe Isabel
Tarefa 6 Ige Rbe Isabel
 
Cruzamento Da Informação Resultante Da Auto Avaliação Da B E Nos Seus Difer...
Cruzamento Da Informação Resultante Da Auto  Avaliação Da  B E Nos Seus Difer...Cruzamento Da Informação Resultante Da Auto  Avaliação Da  B E Nos Seus Difer...
Cruzamento Da Informação Resultante Da Auto Avaliação Da B E Nos Seus Difer...
 
6ª Semana Modelo De AvaliaçãO Externa Da Ige Modelo De Auto AvaliaçãO Da Be
6ª Semana   Modelo De AvaliaçãO Externa Da Ige   Modelo De Auto AvaliaçãO Da Be6ª Semana   Modelo De AvaliaçãO Externa Da Ige   Modelo De Auto AvaliaçãO Da Be
6ª Semana Modelo De AvaliaçãO Externa Da Ige Modelo De Auto AvaliaçãO Da Be
 
Sessão 3 Powerpoint 1ªParte
Sessão 3 Powerpoint  1ªParteSessão 3 Powerpoint  1ªParte
Sessão 3 Powerpoint 1ªParte
 
Quadro - metodologia e operacionalização
Quadro - metodologia e operacionalizaçãoQuadro - metodologia e operacionalização
Quadro - metodologia e operacionalização
 
Quadro Metodologias e Operacionalização- conclusão
Quadro   Metodologias e Operacionalização- conclusãoQuadro   Metodologias e Operacionalização- conclusão
Quadro Metodologias e Operacionalização- conclusão
 
6ª Tarefa 1º Parte
6ª Tarefa  1º Parte6ª Tarefa  1º Parte
6ª Tarefa 1º Parte
 
Quadro Tabela6
Quadro Tabela6Quadro Tabela6
Quadro Tabela6
 

Mais de bibliotecap

Alfabeto, vogais e fonoema grafema
Alfabeto, vogais e fonoema grafemaAlfabeto, vogais e fonoema grafema
Alfabeto, vogais e fonoema grafemabibliotecap
 
Folheto ler em família
Folheto ler em famíliaFolheto ler em família
Folheto ler em famíliabibliotecap
 
Coelhinho criativo-ideias
Coelhinho criativo-ideiasCoelhinho criativo-ideias
Coelhinho criativo-ideiasbibliotecap
 
Projeto metros de leitura se os bichos- grelha avaliação
Projeto metros de leitura  se os bichos- grelha avaliaçãoProjeto metros de leitura  se os bichos- grelha avaliação
Projeto metros de leitura se os bichos- grelha avaliaçãobibliotecap
 
Diário de pesquisa
Diário de pesquisaDiário de pesquisa
Diário de pesquisabibliotecap
 
Critérios de avaliação
Critérios de avaliaçãoCritérios de avaliação
Critérios de avaliaçãobibliotecap
 
Organizar a pesquisa
Organizar a pesquisaOrganizar a pesquisa
Organizar a pesquisabibliotecap
 
Corre, corre cabacinha
Corre, corre cabacinhaCorre, corre cabacinha
Corre, corre cabacinhabibliotecap
 
Boletim fevereiro 13 14
Boletim fevereiro 13 14Boletim fevereiro 13 14
Boletim fevereiro 13 14bibliotecap
 
Educação sexual 2.º ciclo a
Educação sexual 2.º ciclo aEducação sexual 2.º ciclo a
Educação sexual 2.º ciclo abibliotecap
 
Educação sexual 2.º ciclo a
Educação sexual 2.º ciclo aEducação sexual 2.º ciclo a
Educação sexual 2.º ciclo abibliotecap
 
O mundo está cheio de bebés 3º ano
O mundo está cheio de bebés 3º anoO mundo está cheio de bebés 3º ano
O mundo está cheio de bebés 3º anobibliotecap
 

Mais de bibliotecap (20)

Alfabeto, vogais e fonoema grafema
Alfabeto, vogais e fonoema grafemaAlfabeto, vogais e fonoema grafema
Alfabeto, vogais e fonoema grafema
 
Apresentação3
Apresentação3Apresentação3
Apresentação3
 
Apresentação4
Apresentação4Apresentação4
Apresentação4
 
Folheto ler em família
Folheto ler em famíliaFolheto ler em família
Folheto ler em família
 
Folheto 2
Folheto 2Folheto 2
Folheto 2
 
Folheto 1
Folheto 1Folheto 1
Folheto 1
 
Coelhinho criativo-ideias
Coelhinho criativo-ideiasCoelhinho criativo-ideias
Coelhinho criativo-ideias
 
Quiz ines
Quiz inesQuiz ines
Quiz ines
 
Projeto metros de leitura se os bichos- grelha avaliação
Projeto metros de leitura  se os bichos- grelha avaliaçãoProjeto metros de leitura  se os bichos- grelha avaliação
Projeto metros de leitura se os bichos- grelha avaliação
 
Ouvir e ler
Ouvir e lerOuvir e ler
Ouvir e ler
 
Diário de pesquisa
Diário de pesquisaDiário de pesquisa
Diário de pesquisa
 
Critérios de avaliação
Critérios de avaliaçãoCritérios de avaliação
Critérios de avaliação
 
Organizar a pesquisa
Organizar a pesquisaOrganizar a pesquisa
Organizar a pesquisa
 
Ouvir e ler
Ouvir e lerOuvir e ler
Ouvir e ler
 
Entrevista
EntrevistaEntrevista
Entrevista
 
Corre, corre cabacinha
Corre, corre cabacinhaCorre, corre cabacinha
Corre, corre cabacinha
 
Boletim fevereiro 13 14
Boletim fevereiro 13 14Boletim fevereiro 13 14
Boletim fevereiro 13 14
 
Educação sexual 2.º ciclo a
Educação sexual 2.º ciclo aEducação sexual 2.º ciclo a
Educação sexual 2.º ciclo a
 
Educação sexual 2.º ciclo a
Educação sexual 2.º ciclo aEducação sexual 2.º ciclo a
Educação sexual 2.º ciclo a
 
O mundo está cheio de bebés 3º ano
O mundo está cheio de bebés 3º anoO mundo está cheio de bebés 3º ano
O mundo está cheio de bebés 3º ano
 

Último

William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfWilliam J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfAdrianaCunha84
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasCassio Meira Jr.
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxIsabelaRafael2
 
Família de palavras.ppt com exemplos e exercícios interativos.
Família de palavras.ppt com exemplos e exercícios interativos.Família de palavras.ppt com exemplos e exercícios interativos.
Família de palavras.ppt com exemplos e exercícios interativos.Susana Stoffel
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 anoAdelmaTorres2
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Centro Jacques Delors
 
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptxA experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptxfabiolalopesmartins1
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduraAdryan Luiz
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfPastor Robson Colaço
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfIedaGoethe
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfaulasgege
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxBiancaNogueira42
 
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfIedaGoethe
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfHenrique Pontes
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasCassio Meira Jr.
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISVitor Vieira Vasconcelos
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresaulasgege
 
A Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
A Arte de Escrever Poemas - Dia das MãesA Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
A Arte de Escrever Poemas - Dia das MãesMary Alvarenga
 

Último (20)

William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfWilliam J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
 
Família de palavras.ppt com exemplos e exercícios interativos.
Família de palavras.ppt com exemplos e exercícios interativos.Família de palavras.ppt com exemplos e exercícios interativos.
Família de palavras.ppt com exemplos e exercícios interativos.
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
 
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptxA experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditadura
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
 
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
 
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
 
A Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
A Arte de Escrever Poemas - Dia das MãesA Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
A Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
 

Modelo de Auto-Avaliação Bibliotecas Escolares

  • 1. O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares: metodologias de operacionalização (conclusão) MAABE/Tópicos IGE Campos de análise e tópicos descritores Domínio Subdomínio estabelecidos pela IGE A.1 - Articulação Curricular da BE com as 2-O Projecto Educativo Estruturas de Coordenação Educativa e 2.1-Prioridades e objectivos Supervisão Pedagógica e os Docentes: -Que prioridades estão subjacentes ao projecto educativo? -Que objectivos estabelece para as áreas mais relevantes? A.1.1 - Cooperação da BE com as estruturas de coordenação educativa e supervisão 2.2-Estratégias e planos de acção A - Apoio ao -Que áreas privilegia a escola para o desenvolvimento pedagógica da escola/agrupamento. educativo? Desenvolvimento -Que acções são desencadeadas e que relação têm com as prioridades do projecto educativo? Curricular -Como são envolvidas as diferentes estruturas e órgãos de administração e gestão e como são distribuídas responsabilidades? -Qual é a estratégia da escola para a formação contínua de docentes e não docentes em função do projecto educativo? 3-A organização e gestão da escola 3.1-Estruturas de gestão A1.2 – Parceria da BE com os docentes -Como caracteriza o funcionamento das estruturas de orientação responsáveis pelas áreas curriculares não e a abrangência da sua acção? disciplinares (ACND) da escola. A.1.3 Articulação da BE com os docentes responsáveis pelos serviços de apoios 3- Organização e gestão da escola especializados e educativos (SAE) da 3.2-Gestão Pedagógica -Quais as opções de gestão pedagógica para a construção da escola. equidade e da justiça, assegurando a integração de todos na comunidade educativa? 6-Resultados A.2.4 Impacto da BE nas competências 6.1-Resultados académicos tecnológicas, digitais e de informação dos
  • 2. O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares: metodologias de operacionalização (conclusão) A - Apoio ao alunos na escola. Desenvolvimento Curricular A.2.5 Impacto da BE no desenvolvimento de 5-Clima e ambiente educativos valores e atitudes indispensáveis à formação 5.1-Disciplina e comportamento cívico -Que importância é atribuída à educação para a cidadania no da cidadania e à aprendizagem ao longo da projecto educativo? vida. 6-Resultados B.3 Impacto do trabalho da BE nas atitudes e 6.1-Resultados académicos competências dos alunos, no âmbito da B-Leitura e Literacia leitura e da literacia. 4-Ligação à comunidade C-Projectos, C.2.1 Envolvimento da BE em projectos da 4.3-Articulação e participação das instituições locais – empresas, respectiva escola ou desenvolvidos em instituições sociais e culturais parcerias e -Qual o nível de participação das instituições locais na vida da parceria, a nível local ou mais amplo. escola? actividades livres e - Que áreas de cooperação são mais frequentes? de abertura à Comunidade C.2.3 Participação com outras 4-Ligação à comunidade escolas/agrupamentos e, 4.2-Articulação e participação das autarquias eventualmente, com outras entidades
  • 3. O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares: metodologias de operacionalização (conclusão) (RBE, DRE, CFAE) em reuniões da -Qual o nível de participação das autarquias na vida da escola? BM/SABE ou outro grupo de trabalho -Quais as áreas principais de cooperação? a nível concelhio ou interconcelhio. C.2.4. Estímulo à participação e mobilização 5-Clima e ambiente educativos dos pais/encarregados de 5.2-Motivação e empenho educação no domínio da promoção -De que meios de informação e comunicação dispõe a escola da leitura e do desenvolvimento de para a integração e o envolvimento da comunidade escolar? C-Projectos, competências das crianças e jovens que frequentam a parcerias e escola/agrupamento. actividades livres e 4-Ligação à comunidade de abertura à C.2.5 Abertura da BE à comunidade 4.1-Articulação e participação dos pais e encarregados de local. educação na vida da escola Comunidade -Que acolhimento e incentivo são proporcionados à participação dos pais e encarregados de educação na vida da escola e ao acompanhamento dos educandos? --Como caracteriza os índices de participação dos pais e encarregados de educação? D.1.4 Avaliação da BE na 3-A organização e gestão da escola escola/agrupamento. 3.3-Procedimentos de auto-avaliação institucional - Como é que a escola monitoriza e avalia a sua actividade e
  • 4. O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares: metodologias de operacionalização (conclusão) resultados? -Que agentes internos e apoios externos são envolvidos nos procedimentos de auto-avaliação institucional? D.2.2 Adequação dos recursos D- Gestão da BE humanos às necessidades funcionamento da BE na 1-Contexto e caracterização geral da escola escola/agrupamento. 1.5-Como estão organizadas as áreas funcionais administrativas e de suporte ao ensino e qual a sua capacidade de resposta? D.2.3 Adequação da BE em termos de espaço às necessidades da escola/agrupamento. 1- Contexto e caracterização geral da escola -Há uma adequada diversidade dos espaços específicos? A formanda, Isabel Silva