SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 9
Baixar para ler offline
Qodesh - ‫ׁש‬ ֵ‫קיד‬
Santo, Sagrado
Santidade Legal
Santidade Ritual
Santidade Material
Não era uma santidade moral
Entender a Santidade:
1. Os filhos de Eli
(1Sm 2,12-17. 22; 1Sm 4,4)
2. Sede Santos Lv 20,7
3. Purifica o povo Ex 19,10
4. Desobediência 1Sm 15,23
Qodesh - ‫ׁש‬ ֵ‫קיד‬
Santo, Sagrado
Os Profetas
Santidade Moral
Amós 2,6; 5,12
Oséias 6,6-9; 8,13;
Isaias 1,16-18
Isaias 58
Jeremias 7
Santo - ἅγιος
Rompimento com a
tradição sacerdotal
- Puro e Impuro
- Sagrado masculino
- Impureza ritual
Hebreus 10,4
Marcos 7,19
Santidade como serviço
- Santidade no próximo
- Santidade solitária?
Bom Samaritano, novo
padrão de santidade.
Santidade
Monástica
Influência gnóstica
- Judaísmo essênio
- Cristianismo essênio
Monaticismo
- Santo = Separação
- Platão – Luta do
Espírito contra a carne
- Espiritualidade
monástica
- Jejum, Oração
- sofrimento, etc...
Santidade
Monástica
Religião
- Medo de Deus
- Agradar a Deus
Obra da Carne:
-Achar que agrada a Deus
-Achar que Deus só me
ama se eu agradá-lo
-Achar que Deus vai me
matar se não agradá-lo
Esse era o Deus Terrível
que Lutero Temia
Santidade pela
Graça de Deus
“Não nos tornamos justos por
realizarmos coisas justas; é
tendo sido feitos justos que
realizamos coisas justas.”
OS 1.17
“Da parte do ser humano, entretanto, nada precede à graça senão
indisposição e até mesmo rebelião contra a graça.” OS 1.17
“Por natureza, o ser humano não consegue querer que Deus seja Deus;
pelo contrário, quer que ele mesmo seja Deus e que Deus não seja
Deus.” OS 1.16
“A lei de Deus, mui salutar doutrina da vida, não pode levar o ser
humano à justiça; antes o impede. Muito menos podem levá-lo as obras
dos seres humanos, muitas vezes repetidas, como se diz, com o auxílio
do ditame natural.” OS 1.38
Santidade pela
Graça de Deus
“Certo é que o ser humano
deve desesperar totalmente de
si mesmo, a fim de tornar-se
apto para consegui a graça de
Cristo.” OS 1,39
“A lei diz: “Faz isto”, mas nunca é feito; a graça diz: “Crê neste”, e já está
tudo feito.” OS 1,39
“Poder-se-ia dizer, com razão, que a obra de Cristo é a que opera que a
nossa é a operada, e, por conseguinte, que a obra operada agrada a
Deus pela graça da obra operante.” OS 1,39.
“O amor de Deus não acha, mas cria aquilo que lhe agrada; o amor do
ser humano surge a partir do objeto que lhe agrada.” OS 1,39
Santidade pela
Graça de Deus
“[...] porque o amor de Deus, vivendo no ser humano, ama pecadores,
maus, tolos, fracos, para torná-los justos, bons, sábios e fortes; assim,
antes se derrama e proporciona o bem. Pois os pecadores são belos por
serem amados, e não são amados por serem belos. O amor humano
evita os pecadores e os maus. Cristo diz: “Não vim chamar justos, mas
pecadores.” OS 1,48 [Mt 9.13] (Grifo nosso)
“A lei opera o temor e a ira; a graça opera a
esperança e a misericórdia. Pois pela lei é
adquirido o conhecimento do pecado; pelo
conhecimento do pecado, porém, a
humildade; e pela humildade, a graça. Dessa
forma, a obra estranha de Deus realiza, por
fim, a sua obra própria, fazendo um pecador
para torná-lo justo.” OS 1,48

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Livro Preces Espíritas
Livro Preces EspíritasLivro Preces Espíritas
Livro Preces EspíritasNilson Almeida
 
Deus requer santificação aos cristãos 8
Deus requer santificação aos cristãos 8Deus requer santificação aos cristãos 8
Deus requer santificação aos cristãos 8Silvio Dutra
 
Deus requer santificação aos cristãos 10
Deus requer santificação aos cristãos 10Deus requer santificação aos cristãos 10
Deus requer santificação aos cristãos 10Silvio Dutra
 
O evangelho do reino de deus aula 02
O evangelho do reino de deus   aula 02O evangelho do reino de deus   aula 02
O evangelho do reino de deus aula 02Alípio Vallim
 
Espiritismo e catolicismo
Espiritismo e catolicismoEspiritismo e catolicismo
Espiritismo e catolicismoCandice Gunther
 
“VOLTEMOS AO EVANGELHO DO REINO DE DEUS”
“VOLTEMOS AO EVANGELHO DO REINO DE DEUS”“VOLTEMOS AO EVANGELHO DO REINO DE DEUS”
“VOLTEMOS AO EVANGELHO DO REINO DE DEUS”Leonam dos Santos
 
Intercessão estratégica - Definições e aspectos gerais
Intercessão estratégica - Definições e aspectos geraisIntercessão estratégica - Definições e aspectos gerais
Intercessão estratégica - Definições e aspectos geraisHerberti Pedroso
 
A santidade e a santificação do crente
A santidade e a santificação do crenteA santidade e a santificação do crente
A santidade e a santificação do crenteEder L. Souza
 
Doutrina da mordomia cristã
Doutrina da mordomia cristãDoutrina da mordomia cristã
Doutrina da mordomia cristãGeversom Sousa
 
Deus requer santificação aos cristãos 6
Deus requer santificação aos cristãos 6Deus requer santificação aos cristãos 6
Deus requer santificação aos cristãos 6Silvio Dutra
 
Deus requer santificação aos cristãos 14
Deus requer santificação aos cristãos 14Deus requer santificação aos cristãos 14
Deus requer santificação aos cristãos 14Silvio Dutra
 
Espiritualidade de cima e de baixo
Espiritualidade de cima e de baixoEspiritualidade de cima e de baixo
Espiritualidade de cima e de baixoJezer Ferris
 
Princípios Doutrinários
Princípios DoutrináriosPrincípios Doutrinários
Princípios DoutrináriosJessé Lopes
 
O reino de Cristo e a lei_1322014_GGR
O reino de Cristo e a lei_1322014_GGRO reino de Cristo e a lei_1322014_GGR
O reino de Cristo e a lei_1322014_GGRGerson G. Ramos
 
Conhecendo a vontade de deus para ser geração bem aventurada
Conhecendo a vontade de deus para ser geração bem aventuradaConhecendo a vontade de deus para ser geração bem aventurada
Conhecendo a vontade de deus para ser geração bem aventuradaEid Marques
 
O homem, a imagem e semelhança de Deus (2)
O homem, a imagem e semelhança de Deus (2)O homem, a imagem e semelhança de Deus (2)
O homem, a imagem e semelhança de Deus (2)Rovanildo Vieira Soares
 

Mais procurados (20)

Livro Preces Espíritas
Livro Preces EspíritasLivro Preces Espíritas
Livro Preces Espíritas
 
Deus requer santificação aos cristãos 8
Deus requer santificação aos cristãos 8Deus requer santificação aos cristãos 8
Deus requer santificação aos cristãos 8
 
Deus requer santificação aos cristãos 10
Deus requer santificação aos cristãos 10Deus requer santificação aos cristãos 10
Deus requer santificação aos cristãos 10
 
O evangelho do reino de deus aula 02
O evangelho do reino de deus   aula 02O evangelho do reino de deus   aula 02
O evangelho do reino de deus aula 02
 
Espiritismo e catolicismo
Espiritismo e catolicismoEspiritismo e catolicismo
Espiritismo e catolicismo
 
“VOLTEMOS AO EVANGELHO DO REINO DE DEUS”
“VOLTEMOS AO EVANGELHO DO REINO DE DEUS”“VOLTEMOS AO EVANGELHO DO REINO DE DEUS”
“VOLTEMOS AO EVANGELHO DO REINO DE DEUS”
 
O reino entre nós
O reino entre nósO reino entre nós
O reino entre nós
 
Intercessão estratégica - Definições e aspectos gerais
Intercessão estratégica - Definições e aspectos geraisIntercessão estratégica - Definições e aspectos gerais
Intercessão estratégica - Definições e aspectos gerais
 
A santidade e a santificação do crente
A santidade e a santificação do crenteA santidade e a santificação do crente
A santidade e a santificação do crente
 
Doutrina da mordomia cristã
Doutrina da mordomia cristãDoutrina da mordomia cristã
Doutrina da mordomia cristã
 
A GRAÇA TRANSFORMADORA
A GRAÇA TRANSFORMADORAA GRAÇA TRANSFORMADORA
A GRAÇA TRANSFORMADORA
 
Deus requer santificação aos cristãos 6
Deus requer santificação aos cristãos 6Deus requer santificação aos cristãos 6
Deus requer santificação aos cristãos 6
 
Deus requer santificação aos cristãos 14
Deus requer santificação aos cristãos 14Deus requer santificação aos cristãos 14
Deus requer santificação aos cristãos 14
 
Espirito santo
Espirito santoEspirito santo
Espirito santo
 
Espiritualidade de cima e de baixo
Espiritualidade de cima e de baixoEspiritualidade de cima e de baixo
Espiritualidade de cima e de baixo
 
Princípios Doutrinários
Princípios DoutrináriosPrincípios Doutrinários
Princípios Doutrinários
 
O reino de Cristo e a lei_1322014_GGR
O reino de Cristo e a lei_1322014_GGRO reino de Cristo e a lei_1322014_GGR
O reino de Cristo e a lei_1322014_GGR
 
Conhecendo a vontade de deus para ser geração bem aventurada
Conhecendo a vontade de deus para ser geração bem aventuradaConhecendo a vontade de deus para ser geração bem aventurada
Conhecendo a vontade de deus para ser geração bem aventurada
 
O homem, a imagem e semelhança de Deus (2)
O homem, a imagem e semelhança de Deus (2)O homem, a imagem e semelhança de Deus (2)
O homem, a imagem e semelhança de Deus (2)
 
A GRAÇA SANTIFICADORA
A GRAÇA SANTIFICADORAA GRAÇA SANTIFICADORA
A GRAÇA SANTIFICADORA
 

Semelhante a Santidade e lutero

❉ Respostas_1112016_O que Pedro disse sobre o grande conflito_GGR
❉ Respostas_1112016_O que Pedro disse sobre o grande conflito_GGR❉ Respostas_1112016_O que Pedro disse sobre o grande conflito_GGR
❉ Respostas_1112016_O que Pedro disse sobre o grande conflito_GGRGerson G. Ramos
 
Lição 2 os propósitos dos dons espirituais
Lição 2 os propósitos dos dons espirituaisLição 2 os propósitos dos dons espirituais
Lição 2 os propósitos dos dons espirituaisPr. Andre Luiz
 
Adolescer +, O adolescente e a santificação, lição 9
Adolescer +, O adolescente e a santificação, lição 9Adolescer +, O adolescente e a santificação, lição 9
Adolescer +, O adolescente e a santificação, lição 9Quenia Damata
 
Slide li c ao 2 - 3t - 2019 - a mordomia do corpo para face
Slide li c ao 2 - 3t - 2019 - a mordomia do corpo para faceSlide li c ao 2 - 3t - 2019 - a mordomia do corpo para face
Slide li c ao 2 - 3t - 2019 - a mordomia do corpo para faceVilma Longuini
 
E.b.d adolescentes - 4ºtrimestre 2016 lição 05
E.b.d  adolescentes - 4ºtrimestre 2016 lição 05E.b.d  adolescentes - 4ºtrimestre 2016 lição 05
E.b.d adolescentes - 4ºtrimestre 2016 lição 05Joel Silva
 
Dons espirituais
Dons espirituaisDons espirituais
Dons espirituaisPr Pedro
 
Lição 11 - A Mordomia das Obras de Misericórdia
Lição 11 - A Mordomia das Obras de MisericórdiaLição 11 - A Mordomia das Obras de Misericórdia
Lição 11 - A Mordomia das Obras de MisericórdiaHamilton Souza
 
Lição 09 - A necessidade de termos uma vida santa
Lição 09 - A necessidade de termos uma vida santaLição 09 - A necessidade de termos uma vida santa
Lição 09 - A necessidade de termos uma vida santaÉder Tomé
 
A IGREJA DE CRISTO E SUA NATUREZA
A IGREJA DE CRISTO E SUA NATUREZAA IGREJA DE CRISTO E SUA NATUREZA
A IGREJA DE CRISTO E SUA NATUREZASandra Dias
 
Lição 10 - Convencendo o Pecador
Lição 10 - Convencendo o PecadorLição 10 - Convencendo o Pecador
Lição 10 - Convencendo o PecadorÉder Tomé
 
2022 2º Trimestre Adulto Lição 08.pptx
2022 2º Trimestre Adulto Lição 08.pptx2022 2º Trimestre Adulto Lição 08.pptx
2022 2º Trimestre Adulto Lição 08.pptxJoel Silva
 
Lição 9 - Uma Visão Bíblica do Corpo.pptx
Lição 9 - Uma Visão Bíblica do Corpo.pptxLição 9 - Uma Visão Bíblica do Corpo.pptx
Lição 9 - Uma Visão Bíblica do Corpo.pptxCelso Napoleon
 
Desenvolvendo a auto aceitação
Desenvolvendo a auto aceitaçãoDesenvolvendo a auto aceitação
Desenvolvendo a auto aceitaçãoMarcio Duarte
 
Resumo_Reavivamento: nossa grande necessidade_132013
Resumo_Reavivamento: nossa grande necessidade_132013Resumo_Reavivamento: nossa grande necessidade_132013
Resumo_Reavivamento: nossa grande necessidade_132013Gerson G. Ramos
 
Lição 1112016_O que Pedro disse sobre o grande conflito_GGR
Lição 1112016_O que Pedro disse sobre o grande conflito_GGRLição 1112016_O que Pedro disse sobre o grande conflito_GGR
Lição 1112016_O que Pedro disse sobre o grande conflito_GGRGerson G. Ramos
 
Lição 11 - A Mordomia das Obras de Misericórdia
Lição 11 - A Mordomia das Obras de MisericórdiaLição 11 - A Mordomia das Obras de Misericórdia
Lição 11 - A Mordomia das Obras de MisericórdiaÉder Tomé
 

Semelhante a Santidade e lutero (20)

Santificação.pptx
Santificação.pptxSantificação.pptx
Santificação.pptx
 
❉ Respostas_1112016_O que Pedro disse sobre o grande conflito_GGR
❉ Respostas_1112016_O que Pedro disse sobre o grande conflito_GGR❉ Respostas_1112016_O que Pedro disse sobre o grande conflito_GGR
❉ Respostas_1112016_O que Pedro disse sobre o grande conflito_GGR
 
Lição 2 os propósitos dos dons espirituais
Lição 2 os propósitos dos dons espirituaisLição 2 os propósitos dos dons espirituais
Lição 2 os propósitos dos dons espirituais
 
Adolescer +, O adolescente e a santificação, lição 9
Adolescer +, O adolescente e a santificação, lição 9Adolescer +, O adolescente e a santificação, lição 9
Adolescer +, O adolescente e a santificação, lição 9
 
Slide li c ao 2 - 3t - 2019 - a mordomia do corpo para face
Slide li c ao 2 - 3t - 2019 - a mordomia do corpo para faceSlide li c ao 2 - 3t - 2019 - a mordomia do corpo para face
Slide li c ao 2 - 3t - 2019 - a mordomia do corpo para face
 
E.b.d adolescentes - 4ºtrimestre 2016 lição 05
E.b.d  adolescentes - 4ºtrimestre 2016 lição 05E.b.d  adolescentes - 4ºtrimestre 2016 lição 05
E.b.d adolescentes - 4ºtrimestre 2016 lição 05
 
Dons espirituais
Dons espirituaisDons espirituais
Dons espirituais
 
Lição 11 - A Mordomia das Obras de Misericórdia
Lição 11 - A Mordomia das Obras de MisericórdiaLição 11 - A Mordomia das Obras de Misericórdia
Lição 11 - A Mordomia das Obras de Misericórdia
 
Lição 09 - A necessidade de termos uma vida santa
Lição 09 - A necessidade de termos uma vida santaLição 09 - A necessidade de termos uma vida santa
Lição 09 - A necessidade de termos uma vida santa
 
A IGREJA DE CRISTO E SUA NATUREZA
A IGREJA DE CRISTO E SUA NATUREZAA IGREJA DE CRISTO E SUA NATUREZA
A IGREJA DE CRISTO E SUA NATUREZA
 
Lição 10 - Convencendo o Pecador
Lição 10 - Convencendo o PecadorLição 10 - Convencendo o Pecador
Lição 10 - Convencendo o Pecador
 
03 santificação
03 santificação03 santificação
03 santificação
 
Pré revisão 3
Pré revisão 3Pré revisão 3
Pré revisão 3
 
Ética cristã
Ética cristãÉtica cristã
Ética cristã
 
2022 2º Trimestre Adulto Lição 08.pptx
2022 2º Trimestre Adulto Lição 08.pptx2022 2º Trimestre Adulto Lição 08.pptx
2022 2º Trimestre Adulto Lição 08.pptx
 
Lição 9 - Uma Visão Bíblica do Corpo.pptx
Lição 9 - Uma Visão Bíblica do Corpo.pptxLição 9 - Uma Visão Bíblica do Corpo.pptx
Lição 9 - Uma Visão Bíblica do Corpo.pptx
 
Desenvolvendo a auto aceitação
Desenvolvendo a auto aceitaçãoDesenvolvendo a auto aceitação
Desenvolvendo a auto aceitação
 
Resumo_Reavivamento: nossa grande necessidade_132013
Resumo_Reavivamento: nossa grande necessidade_132013Resumo_Reavivamento: nossa grande necessidade_132013
Resumo_Reavivamento: nossa grande necessidade_132013
 
Lição 1112016_O que Pedro disse sobre o grande conflito_GGR
Lição 1112016_O que Pedro disse sobre o grande conflito_GGRLição 1112016_O que Pedro disse sobre o grande conflito_GGR
Lição 1112016_O que Pedro disse sobre o grande conflito_GGR
 
Lição 11 - A Mordomia das Obras de Misericórdia
Lição 11 - A Mordomia das Obras de MisericórdiaLição 11 - A Mordomia das Obras de Misericórdia
Lição 11 - A Mordomia das Obras de Misericórdia
 

Mais de Eduardo Sales de lima

Especialização em Teologia e Orientação para Mestrado e Doutorado em Maringá,...
Especialização em Teologia e Orientação para Mestrado e Doutorado em Maringá,...Especialização em Teologia e Orientação para Mestrado e Doutorado em Maringá,...
Especialização em Teologia e Orientação para Mestrado e Doutorado em Maringá,...Eduardo Sales de lima
 
Teologia pública uma aproximação a aprtir da crise judeu-palestina
Teologia pública   uma aproximação a aprtir da crise judeu-palestinaTeologia pública   uma aproximação a aprtir da crise judeu-palestina
Teologia pública uma aproximação a aprtir da crise judeu-palestinaEduardo Sales de lima
 
Será que a oração é resposta para todos
Será que a oração é resposta para todosSerá que a oração é resposta para todos
Será que a oração é resposta para todosEduardo Sales de lima
 
Invertendo mentalidade carnal para se ter um casamento feliz
Invertendo mentalidade carnal para se ter um casamento felizInvertendo mentalidade carnal para se ter um casamento feliz
Invertendo mentalidade carnal para se ter um casamento felizEduardo Sales de lima
 
Licao 9 - Generosidade e Dízimo na Biblia
Licao 9 - Generosidade e Dízimo na BibliaLicao 9 - Generosidade e Dízimo na Biblia
Licao 9 - Generosidade e Dízimo na BibliaEduardo Sales de lima
 
Suplemento De Apoio Ao Professor Da Ebd
Suplemento De Apoio Ao Professor Da EbdSuplemento De Apoio Ao Professor Da Ebd
Suplemento De Apoio Ao Professor Da EbdEduardo Sales de lima
 

Mais de Eduardo Sales de lima (20)

Especialização em Teologia e Orientação para Mestrado e Doutorado em Maringá,...
Especialização em Teologia e Orientação para Mestrado e Doutorado em Maringá,...Especialização em Teologia e Orientação para Mestrado e Doutorado em Maringá,...
Especialização em Teologia e Orientação para Mestrado e Doutorado em Maringá,...
 
Teologia pública uma aproximação a aprtir da crise judeu-palestina
Teologia pública   uma aproximação a aprtir da crise judeu-palestinaTeologia pública   uma aproximação a aprtir da crise judeu-palestina
Teologia pública uma aproximação a aprtir da crise judeu-palestina
 
Será que a oração é resposta para todos
Será que a oração é resposta para todosSerá que a oração é resposta para todos
Será que a oração é resposta para todos
 
Historia e sociedade
Historia e sociedadeHistoria e sociedade
Historia e sociedade
 
Confissão de Fé Pentecostal
Confissão de Fé PentecostalConfissão de Fé Pentecostal
Confissão de Fé Pentecostal
 
Invertendo mentalidade carnal para se ter um casamento feliz
Invertendo mentalidade carnal para se ter um casamento felizInvertendo mentalidade carnal para se ter um casamento feliz
Invertendo mentalidade carnal para se ter um casamento feliz
 
Jeremias lição 3 4
Jeremias lição 3 4Jeremias lição 3 4
Jeremias lição 3 4
 
Jeremias LiçãO 2
Jeremias LiçãO 2Jeremias LiçãO 2
Jeremias LiçãO 2
 
Encontro De Casais
Encontro De CasaisEncontro De Casais
Encontro De Casais
 
Jeremias LiçãO 1
Jeremias LiçãO 1Jeremias LiçãO 1
Jeremias LiçãO 1
 
Lider Autentico LiçãO 11
Lider Autentico  LiçãO 11Lider Autentico  LiçãO 11
Lider Autentico LiçãO 11
 
Autoridade Espiritual LiçãO 10
Autoridade Espiritual   LiçãO 10Autoridade Espiritual   LiçãO 10
Autoridade Espiritual LiçãO 10
 
Licao 9 - Generosidade e Dízimo na Biblia
Licao 9 - Generosidade e Dízimo na BibliaLicao 9 - Generosidade e Dízimo na Biblia
Licao 9 - Generosidade e Dízimo na Biblia
 
Segredos
SegredosSegredos
Segredos
 
Suplemento De Apoio Ao Professor Da Ebd
Suplemento De Apoio Ao Professor Da EbdSuplemento De Apoio Ao Professor Da Ebd
Suplemento De Apoio Ao Professor Da Ebd
 
Sagrado E Profano
Sagrado E ProfanoSagrado E Profano
Sagrado E Profano
 
Pecado E CorrupçãO
Pecado E CorrupçãOPecado E CorrupçãO
Pecado E CorrupçãO
 
A Questao Do Divorcio
A Questao Do DivorcioA Questao Do Divorcio
A Questao Do Divorcio
 
O Evangelho E A MúSica
O Evangelho E A MúSicaO Evangelho E A MúSica
O Evangelho E A MúSica
 
Pecado E Corrupção
Pecado E CorrupçãoPecado E Corrupção
Pecado E Corrupção
 

Último

Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptxLição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptxCelso Napoleon
 
O concílio de Jerusalém Cap 14 e 15.pptx
O concílio de Jerusalém  Cap 14 e 15.pptxO concílio de Jerusalém  Cap 14 e 15.pptx
O concílio de Jerusalém Cap 14 e 15.pptxPIB Penha
 
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024RaniereSilva14
 
Evangeliza - Diálogo com os Espíritos - Médiuns Esclarecedores
Evangeliza - Diálogo com os Espíritos - Médiuns EsclarecedoresEvangeliza - Diálogo com os Espíritos - Médiuns Esclarecedores
Evangeliza - Diálogo com os Espíritos - Médiuns EsclarecedoresAntonino Silva
 
LIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica Dominical
LIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica DominicalLIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica Dominical
LIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica DominicalAmaroJunior21
 
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semana
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semanaLIÇÕES - PG my life usar uma vez por semana
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semanaWillemarSousa1
 
slide da missa com leituras e oração eucarística
slide da missa com leituras e oração eucarísticaslide da missa com leituras e oração eucarística
slide da missa com leituras e oração eucarísticaFranklinOliveira30
 

Último (8)

Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptxLição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
 
O concílio de Jerusalém Cap 14 e 15.pptx
O concílio de Jerusalém  Cap 14 e 15.pptxO concílio de Jerusalém  Cap 14 e 15.pptx
O concílio de Jerusalém Cap 14 e 15.pptx
 
O Livro dos Espiritos - Allan Kardec.pdf
O Livro dos Espiritos - Allan Kardec.pdfO Livro dos Espiritos - Allan Kardec.pdf
O Livro dos Espiritos - Allan Kardec.pdf
 
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
 
Evangeliza - Diálogo com os Espíritos - Médiuns Esclarecedores
Evangeliza - Diálogo com os Espíritos - Médiuns EsclarecedoresEvangeliza - Diálogo com os Espíritos - Médiuns Esclarecedores
Evangeliza - Diálogo com os Espíritos - Médiuns Esclarecedores
 
LIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica Dominical
LIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica DominicalLIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica Dominical
LIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica Dominical
 
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semana
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semanaLIÇÕES - PG my life usar uma vez por semana
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semana
 
slide da missa com leituras e oração eucarística
slide da missa com leituras e oração eucarísticaslide da missa com leituras e oração eucarística
slide da missa com leituras e oração eucarística
 

Santidade e lutero

  • 1.
  • 2. Qodesh - ‫ׁש‬ ֵ‫קיד‬ Santo, Sagrado Santidade Legal Santidade Ritual Santidade Material Não era uma santidade moral Entender a Santidade: 1. Os filhos de Eli (1Sm 2,12-17. 22; 1Sm 4,4) 2. Sede Santos Lv 20,7 3. Purifica o povo Ex 19,10 4. Desobediência 1Sm 15,23
  • 3. Qodesh - ‫ׁש‬ ֵ‫קיד‬ Santo, Sagrado Os Profetas Santidade Moral Amós 2,6; 5,12 Oséias 6,6-9; 8,13; Isaias 1,16-18 Isaias 58 Jeremias 7
  • 4. Santo - ἅγιος Rompimento com a tradição sacerdotal - Puro e Impuro - Sagrado masculino - Impureza ritual Hebreus 10,4 Marcos 7,19 Santidade como serviço - Santidade no próximo - Santidade solitária? Bom Samaritano, novo padrão de santidade.
  • 5. Santidade Monástica Influência gnóstica - Judaísmo essênio - Cristianismo essênio Monaticismo - Santo = Separação - Platão – Luta do Espírito contra a carne - Espiritualidade monástica - Jejum, Oração - sofrimento, etc...
  • 6. Santidade Monástica Religião - Medo de Deus - Agradar a Deus Obra da Carne: -Achar que agrada a Deus -Achar que Deus só me ama se eu agradá-lo -Achar que Deus vai me matar se não agradá-lo Esse era o Deus Terrível que Lutero Temia
  • 7. Santidade pela Graça de Deus “Não nos tornamos justos por realizarmos coisas justas; é tendo sido feitos justos que realizamos coisas justas.” OS 1.17 “Da parte do ser humano, entretanto, nada precede à graça senão indisposição e até mesmo rebelião contra a graça.” OS 1.17 “Por natureza, o ser humano não consegue querer que Deus seja Deus; pelo contrário, quer que ele mesmo seja Deus e que Deus não seja Deus.” OS 1.16 “A lei de Deus, mui salutar doutrina da vida, não pode levar o ser humano à justiça; antes o impede. Muito menos podem levá-lo as obras dos seres humanos, muitas vezes repetidas, como se diz, com o auxílio do ditame natural.” OS 1.38
  • 8. Santidade pela Graça de Deus “Certo é que o ser humano deve desesperar totalmente de si mesmo, a fim de tornar-se apto para consegui a graça de Cristo.” OS 1,39 “A lei diz: “Faz isto”, mas nunca é feito; a graça diz: “Crê neste”, e já está tudo feito.” OS 1,39 “Poder-se-ia dizer, com razão, que a obra de Cristo é a que opera que a nossa é a operada, e, por conseguinte, que a obra operada agrada a Deus pela graça da obra operante.” OS 1,39. “O amor de Deus não acha, mas cria aquilo que lhe agrada; o amor do ser humano surge a partir do objeto que lhe agrada.” OS 1,39
  • 9. Santidade pela Graça de Deus “[...] porque o amor de Deus, vivendo no ser humano, ama pecadores, maus, tolos, fracos, para torná-los justos, bons, sábios e fortes; assim, antes se derrama e proporciona o bem. Pois os pecadores são belos por serem amados, e não são amados por serem belos. O amor humano evita os pecadores e os maus. Cristo diz: “Não vim chamar justos, mas pecadores.” OS 1,48 [Mt 9.13] (Grifo nosso) “A lei opera o temor e a ira; a graça opera a esperança e a misericórdia. Pois pela lei é adquirido o conhecimento do pecado; pelo conhecimento do pecado, porém, a humildade; e pela humildade, a graça. Dessa forma, a obra estranha de Deus realiza, por fim, a sua obra própria, fazendo um pecador para torná-lo justo.” OS 1,48