SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 18
Baixar para ler offline
O Evangelho e a Música Pf. Eduardo Sales de Lima
Introdução Formação em Música  Formação em Ministros de Louvor Diferenças Exploração da Fé x Valorização da Fé Formação de Cantores x Formação de Adoradores Estrelismo x a Estrela da Manhã Centralização do Culto Descentralização da Vida
Partindo do Centro Entendendo a Noção de Centro e Periferia Mt 23:23 (A lei ou a Justiça) Jo 8:1-11 (A lei ou a Justiça) Mt 19:15-21 (A lei ou Cristo) Mt 9:14-15 (O Jejum ou Cristo) Gl 2:11-18 (A Lei ou Cristo) Nos textos acima o centro foi trocado por outros valores perifíricos. Será que os crentes correm o risco de                   perder o Centro do Evangelho? A mudança de centro pode afetar a fé? Quais são os Novos centros da fé? Teologia da Prosperidade Teologia do Culto-Místico
O Culto Cristão De onde veio a idéia de Culto? Jesus prestou culto com seus discípulos? Jesus pediu que lhe apresentássemos culto? Como Surgiu o Culto? A Ressurreição e ascensão de Cristo Esperar em Jerusalém At 1:4;  O Culto como Sinal da Esperança de Cristo Expectativa do Reino Demora do Noivo e o Sono das virgens Abandonaram a bênção de Cristo e começaram a buscar as bênçãos do culto. A Divinização do Culto A Sacramentalização do Culto O Culto que abençoa é Missa, somente Cristo abençoa.
O Centro do Evangelho Qual é o Centro do Evangelho? A definição não é difícil, centro é o ponto no qual tudo depende, como um eixo. O Eixo principal do Evangelho é Cristo, sua Morte na Cruz e a presença do Espírito. Todas as outras religiões tinham adoração, veneração, culto, rituais mágicos, comunhão, etc...  Também não são as curas, nem os milagres, nem as bênçãos, nem as maravilhas, nem os dons, nem as orações, ou os jejuns, mas Cristo, pois Jesus Curou e não é curandeiro, fez milagres e maravilhas e não é um feiticeiro, é o Salvador este é o centro do evangelho!
A Sacramentalização do Culto e o Centro do Evangelho Vigiar Santidade Esperança da Vinda de Cristo Testemunho Escatologico JESUS Arrependi-mento Nova Vida FÉ Obedece
A Sacramentalização do Culto e o Centro do Evangelho Vigiar Santidade Zêlo Religioso Esperança da Vinda de Cristo Busca de Benção Testemunho Escatologico Testemunho Religioso JESUS CULTO Arrependi-mento Sentimento Espiritual Nova Vida Vida Religiosa FÉ Obedece Fé Religiosa
A Sacramentalização do Culto e o Centro do Evangelho A CRUZ DE CRISTO O ESPÍRITO SANTO TESTEMUNHAS AT 1:8 O CULTO CULTUADORES O que são Cultuadores? São Crentes em Cristo cuja vida não está centrada na Cruz e no Espírito Santo, mas no culto, na adoração vazia como fim em si mesma. São apaixonados pelo culto, apreciam boa musica e boa palavra, gostam de cultos bonitos que alimentam o Espírito.
Isaias 1:11-18 A Sacralização do Culto 11 De que me serve a mim a multidão de vossos sacrifícios? —diz o SENHOR. Estou farto dos holocaustos de carneiros e da gordura de animais cevados e não me agrado do sangue de novilhos, nem de cordeiros, nem de bodes. 12  Quando vindes para comparecer perante mim, quem vos requereu o só pisardes os meus átrios? 13  Não continueis a trazer ofertas vãs; o incenso é para mim abominação, e também as Festas da Lua Nova, os sábados, e a convocação das congregações; não posso suportar iniqüidade associada ao ajuntamento solene. 14  As vossas Festas da Lua Nova e as vossas solenidades, a minha alma as aborrece; já me são pesadas; estou cansado de as sofrer. 15  Pelo que, quando estendeis as mãos, escondo de vós os olhos; sim, quando multiplicais as vossas orações, não as ouço, porque as vossas mãos estão cheias de sangue. 16 Lavai-vos, purificai-vos, tirai a maldade de vossos atos de diante dos meus olhos; cessai de fazer o mal. 17  Aprendei a fazer o bem; atendei à justiça, repreendei ao opressor; defendei o direito do órfão, pleiteai a causa das viúvas. 18  Vinde, pois, e arrazoemos, diz o SENHOR; ainda que os vossos pecados sejam como a escarlata, eles se tornarão brancos como a neve; ainda que sejam vermelhos como o carmesim, se tornarão como a lã.
A Centralização do Culto e as distorções da Música e do Louvor Definições Música: combinação harmoniosa e expressiva de sons; sons vocais, instrumentais ou mecânicos com ritmo, harmonia e melodia; o termo deriva das Musas da mitologia Grega Louvor 			1) celebração ou manifestação 				honrosa; reconhecimento de distinção; 		homenagem, honraria, louvação ‘			2) exagero de palavras e atitudes para 			obter vantagens.
A Centralização do Culto e as distorções da Música e do Louvor Louvor e a Teologia Bíblica Halal; Haleluia; Louvor como Exaltação Lv 22:29: Sacrifícios de Louvor Louvor em Reconhecimento Dt 32:43; Ed 3:11 Testemunho Sl 9; 26; 33; 54; 135 I Cron 16:4 –Os levitas designados para o Louvor 		entretanto, nos dias de Jesus haviam perdido o centro da fé, buscavam santidade e ignoravam o próximo.
A Centralização de Cristo como Resposta para as distorções do Culto, Música e do Louvor
A Centralização de Cristo contra as distorções do Culto, Música e Louvor Compreensão do Termo: Adoração Jo 4:21,23-24 Disse-lhe Jesus: Mulher, podes crer-me que a hora vem, quando nem neste monte, nem em Jerusalém adorareis o Pai. Mas vem a hora e já chegou, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque são estes que o Pai procura para seus adoradores. Deus é espírito; e importa que os seus adoradores o adorem em espírito e em verdade.
Novos conceitos estão Produzindo a distorção da Fé Disse-lhe Jesus: Mulher, podes crer-me que a hora vem, quandonem neste monte, nem em Jerusalém adorareis o Pai. Jo 4:21  Hora de Mudança nos Paradigmas Novos conceitos de Belo e Feio Novos conceitos de Certo e Errado Novos conceitos de Valor e de Prazer Hora de Distanciamento da Igreja de Cristo Os Novos Conceitos influenciaram o Conceito de Adoração Os Novos Conceitos influenciaram o Conceito de Louvor Os Novos Conceitos influenciaram o Conceito de Crente  Os Novos Conceitos estão Descentralizando Cristo  da vida da Igreja
A Centralização do Culto usurpa a Adoração do Pai “...quando nem neste monte, nem em Jerusalém adorareis o Pai”  A Centralização do Culto produz Ritualismo Vazio : Amós 5:21-23 Sacramentalização do Culto A Centralização do Culto produz Música que aponta para si mesma Estrelas no Céu de Cristo (Mega-Stars – Pop-Stars e Ídolos) Profissionalização da Música e a Profissionalização do Louvor Banalização do Louvor (Esvaziamento do Sagrado) A Descentralização de Cristo produziu novos Centros da Fé Novos Centros: Prosperidade; Edonismo; Vitória; Vingança; Destruição dos Inimigos; Desvalorização de Cristo. Ausência de Testemunho: A Música pela Música. Um Novo Evangelho: Não precisa mudar de Vida. A Música que Exclui os diferentes
Adoração em Espírito e Verdade Mas vem a hora e já chegou, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade Jo 4:23 Verdadeiros Adoradores Falsos  Adoradores Não permite que os novos conceitos modelem sua fé Não dependem de Lugar ou de Ritual Centrados em Cristo Adoração aponta para a Vinda de Cristo Adora em Espírito e Verdade Permite que os novos conceitos modelem sua fé Dependem de Lugar ou de Ritual Centrados no Culto Adoração tornou-se um fim em si mesma Adoração é uma resposta social
O Pai Procura Adoradores porque são estes que o Pai procura para seus adoradores. Deus é espírito; e importa que os seus adoradores o adorem em espírito e em verdade Jo 4:23-24. O Pai Procura Jesus buscou seus discípulos na Galiléia Segue-me... 				Ser como Ele é 			 Mateus 16:24  Então, disse Jesus a seus discípulos: Se alguém quer vir após mim, a si mesmo se negue, tome a sua cruz e siga-me.
A Centralização de Cristo é a Resposta para Resignificação do Culto e do Louvor na Igreja Atual Restauração do Culto Messiânico Expectativa do Reino Desacralização do Culto (Fim do Ritual) Centralização em Cristo Restaurar o Adorador para restauração do Louvor Resultado de uma vida com Cristo Expressão de Salvação Testemunhar

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula 1 louvor e adoração
Aula 1   louvor e adoraçãoAula 1   louvor e adoração
Aula 1 louvor e adoraçãomagnao2
 
Lição 11 - A Igreja no Poder do Espírito Santo
Lição 11 - A Igreja no Poder do Espírito SantoLição 11 - A Igreja no Poder do Espírito Santo
Lição 11 - A Igreja no Poder do Espírito SantoÉder Tomé
 
Lição 10 - O Culto Racional
Lição 10 - O Culto RacionalLição 10 - O Culto Racional
Lição 10 - O Culto RacionalÉder Tomé
 
A NECESSIDADE DE ORDEM NO CULTO
A NECESSIDADE DE ORDEM NO CULTOA NECESSIDADE DE ORDEM NO CULTO
A NECESSIDADE DE ORDEM NO CULTOibpd
 
Livro Manual De Orações E Da Vida Cristã
Livro Manual De Orações E Da Vida CristãLivro Manual De Orações E Da Vida Cristã
Livro Manual De Orações E Da Vida CristãNilson Almeida
 
Saudades do tempo que a igreja era IGREJA. prrsoares
Saudades do tempo que a igreja era IGREJA. prrsoaresSaudades do tempo que a igreja era IGREJA. prrsoares
Saudades do tempo que a igreja era IGREJA. prrsoaresSeduc MT
 
Dimensões Teológica e Pastoral do Canto na Igreja
Dimensões Teológica e Pastoral do Canto na IgrejaDimensões Teológica e Pastoral do Canto na Igreja
Dimensões Teológica e Pastoral do Canto na Igrejadilsilei
 
Lição 8 - O genuíno culto pentecostal
Lição 8 - O genuíno culto pentecostalLição 8 - O genuíno culto pentecostal
Lição 8 - O genuíno culto pentecostalAilton da Silva
 
O Culto, a Música e o Ministério de Louvor na Igreja
O Culto, a Música e o Ministério de Louvor na IgrejaO Culto, a Música e o Ministério de Louvor na Igreja
O Culto, a Música e o Ministério de Louvor na IgrejaSeduc MT
 
Seminário sobre louvor e adoração
Seminário  sobre louvor e adoraçãoSeminário  sobre louvor e adoração
Seminário sobre louvor e adoraçãorodrigocristao84
 
Adoração - Aula 01 - Culto e Adoração
Adoração - Aula 01 - Culto e AdoraçãoAdoração - Aula 01 - Culto e Adoração
Adoração - Aula 01 - Culto e Adoraçãofa.sodre
 
Texto 4 os deveres pastorais - bispo osvaldo dias da silva
Texto 4   os deveres pastorais - bispo osvaldo dias da silvaTexto 4   os deveres pastorais - bispo osvaldo dias da silva
Texto 4 os deveres pastorais - bispo osvaldo dias da silvaPaulo Dias Nogueira
 
Lição 5 o poder da intercessão
Lição 5   o poder da intercessãoLição 5   o poder da intercessão
Lição 5 o poder da intercessãoprvladimir
 
Lição 9 - A Igreja e sua Organização
Lição 9 - A Igreja e sua OrganizaçãoLição 9 - A Igreja e sua Organização
Lição 9 - A Igreja e sua OrganizaçãoÉder Tomé
 
E.b.d juvenis- 1º trimestre 2016 lição 04
E.b.d  juvenis- 1º trimestre 2016 lição 04E.b.d  juvenis- 1º trimestre 2016 lição 04
E.b.d juvenis- 1º trimestre 2016 lição 04Joel Silva
 

Mais procurados (20)

Restaurando o Altar
Restaurando o Altar Restaurando o Altar
Restaurando o Altar
 
Um culto bem preparado
Um culto bem preparadoUm culto bem preparado
Um culto bem preparado
 
Aula 1 louvor e adoração
Aula 1   louvor e adoraçãoAula 1   louvor e adoração
Aula 1 louvor e adoração
 
Lição 11 - A Igreja no Poder do Espírito Santo
Lição 11 - A Igreja no Poder do Espírito SantoLição 11 - A Igreja no Poder do Espírito Santo
Lição 11 - A Igreja no Poder do Espírito Santo
 
Lição 10 - O Culto Racional
Lição 10 - O Culto RacionalLição 10 - O Culto Racional
Lição 10 - O Culto Racional
 
A NECESSIDADE DE ORDEM NO CULTO
A NECESSIDADE DE ORDEM NO CULTOA NECESSIDADE DE ORDEM NO CULTO
A NECESSIDADE DE ORDEM NO CULTO
 
Livro Manual De Orações E Da Vida Cristã
Livro Manual De Orações E Da Vida CristãLivro Manual De Orações E Da Vida Cristã
Livro Manual De Orações E Da Vida Cristã
 
Saudades do tempo que a igreja era IGREJA. prrsoares
Saudades do tempo que a igreja era IGREJA. prrsoaresSaudades do tempo que a igreja era IGREJA. prrsoares
Saudades do tempo que a igreja era IGREJA. prrsoares
 
Dimensões Teológica e Pastoral do Canto na Igreja
Dimensões Teológica e Pastoral do Canto na IgrejaDimensões Teológica e Pastoral do Canto na Igreja
Dimensões Teológica e Pastoral do Canto na Igreja
 
Culto e Liturgia
Culto e LiturgiaCulto e Liturgia
Culto e Liturgia
 
Lição 8 - O genuíno culto pentecostal
Lição 8 - O genuíno culto pentecostalLição 8 - O genuíno culto pentecostal
Lição 8 - O genuíno culto pentecostal
 
O Culto, a Música e o Ministério de Louvor na Igreja
O Culto, a Música e o Ministério de Louvor na IgrejaO Culto, a Música e o Ministério de Louvor na Igreja
O Culto, a Música e o Ministério de Louvor na Igreja
 
Ensino 01 carismas
Ensino 01   carismasEnsino 01   carismas
Ensino 01 carismas
 
Seminário sobre louvor e adoração
Seminário  sobre louvor e adoraçãoSeminário  sobre louvor e adoração
Seminário sobre louvor e adoração
 
Adoração - Aula 01 - Culto e Adoração
Adoração - Aula 01 - Culto e AdoraçãoAdoração - Aula 01 - Culto e Adoração
Adoração - Aula 01 - Culto e Adoração
 
Texto 4 os deveres pastorais - bispo osvaldo dias da silva
Texto 4   os deveres pastorais - bispo osvaldo dias da silvaTexto 4   os deveres pastorais - bispo osvaldo dias da silva
Texto 4 os deveres pastorais - bispo osvaldo dias da silva
 
Lição 5 o poder da intercessão
Lição 5   o poder da intercessãoLição 5   o poder da intercessão
Lição 5 o poder da intercessão
 
Lição 9 - A Igreja e sua Organização
Lição 9 - A Igreja e sua OrganizaçãoLição 9 - A Igreja e sua Organização
Lição 9 - A Igreja e sua Organização
 
Intercessão
Intercessão Intercessão
Intercessão
 
E.b.d juvenis- 1º trimestre 2016 lição 04
E.b.d  juvenis- 1º trimestre 2016 lição 04E.b.d  juvenis- 1º trimestre 2016 lição 04
E.b.d juvenis- 1º trimestre 2016 lição 04
 

Destaque

Princípios básicos e gerais sobre o uso da música na igreja
Princípios básicos e gerais sobre o uso da música na igrejaPrincípios básicos e gerais sobre o uso da música na igreja
Princípios básicos e gerais sobre o uso da música na igrejaSeduc MT
 
Cordas Afinadas.Estudo/Ministério de Música na Igreja
Cordas Afinadas.Estudo/Ministério de Música na IgrejaCordas Afinadas.Estudo/Ministério de Música na Igreja
Cordas Afinadas.Estudo/Ministério de Música na IgrejaSeduc MT
 
Aula1 louvoreadorao-130311204457-phpapp02
Aula1 louvoreadorao-130311204457-phpapp02Aula1 louvoreadorao-130311204457-phpapp02
Aula1 louvoreadorao-130311204457-phpapp02Tocandoocéu Céu
 

Destaque (7)

Canção nova
Canção novaCanção nova
Canção nova
 
Pe. Fábio de Melo
Pe. Fábio de MeloPe. Fábio de Melo
Pe. Fábio de Melo
 
PROJETO ASAFE - FORMANDO ADORADORES
PROJETO ASAFE - FORMANDO ADORADORESPROJETO ASAFE - FORMANDO ADORADORES
PROJETO ASAFE - FORMANDO ADORADORES
 
Princípios básicos e gerais sobre o uso da música na igreja
Princípios básicos e gerais sobre o uso da música na igrejaPrincípios básicos e gerais sobre o uso da música na igreja
Princípios básicos e gerais sobre o uso da música na igreja
 
Cordas Afinadas.Estudo/Ministério de Música na Igreja
Cordas Afinadas.Estudo/Ministério de Música na IgrejaCordas Afinadas.Estudo/Ministério de Música na Igreja
Cordas Afinadas.Estudo/Ministério de Música na Igreja
 
Aula1 louvoreadorao-130311204457-phpapp02
Aula1 louvoreadorao-130311204457-phpapp02Aula1 louvoreadorao-130311204457-phpapp02
Aula1 louvoreadorao-130311204457-phpapp02
 
Apostila de louvor e adoracao
Apostila de louvor e adoracaoApostila de louvor e adoracao
Apostila de louvor e adoracao
 

Semelhante a A Centralização de Cristo contra as distorções do Culto, Música e Louvor

A pureza do movimento pentecostal
A pureza do movimento pentecostalA pureza do movimento pentecostal
A pureza do movimento pentecostaldenilsonlemes
 
Aula 2 os dons espírituais e ministeriais
Aula 2   os dons espírituais e ministeriaisAula 2   os dons espírituais e ministeriais
Aula 2 os dons espírituais e ministeriaismagnao2
 
Discipulado lição 4 conhecendo a igreja
Discipulado lição 4 conhecendo a igrejaDiscipulado lição 4 conhecendo a igreja
Discipulado lição 4 conhecendo a igrejaJosue Lima
 
Lição 13 aviva ó senhor a tua obra
Lição 13   aviva ó senhor a tua obraLição 13   aviva ó senhor a tua obra
Lição 13 aviva ó senhor a tua obraJose Ventura
 
Download espírito santo - o deus que vive em nós
Download espírito santo - o deus que vive em nósDownload espírito santo - o deus que vive em nós
Download espírito santo - o deus que vive em nósLuiza Dayana
 
INICIAÇÃO CRISTÃ Nº01
INICIAÇÃO CRISTÃ Nº01INICIAÇÃO CRISTÃ Nº01
INICIAÇÃO CRISTÃ Nº01Helio Diniz
 
Sagrada Notícias Online - 19° Edição A4
Sagrada Notícias Online - 19° Edição A4Sagrada Notícias Online - 19° Edição A4
Sagrada Notícias Online - 19° Edição A4Liliane Jornalista
 
Introdução ao Modelo Harpa e Taça.pptx
Introdução ao Modelo Harpa e Taça.pptxIntrodução ao Modelo Harpa e Taça.pptx
Introdução ao Modelo Harpa e Taça.pptxjuliano816695
 
A igreja que queremos ser!
A igreja que queremos ser!A igreja que queremos ser!
A igreja que queremos ser!mario nunes
 
REVISTA_IASD no Mundo.pdf
REVISTA_IASD no Mundo.pdfREVISTA_IASD no Mundo.pdf
REVISTA_IASD no Mundo.pdfOsvaldoVunge2
 
REVISTA_IASD no Mundo.pdf
REVISTA_IASD no Mundo.pdfREVISTA_IASD no Mundo.pdf
REVISTA_IASD no Mundo.pdfOsvaldoVunge2
 
REVISTA_IASD no Mundo.pdf
REVISTA_IASD no Mundo.pdfREVISTA_IASD no Mundo.pdf
REVISTA_IASD no Mundo.pdfOsvaldoVunge2
 
HERESIAS-NO-MEIO-EVANGÉLICO-Pr.-Vagner (1).pdf
HERESIAS-NO-MEIO-EVANGÉLICO-Pr.-Vagner (1).pdfHERESIAS-NO-MEIO-EVANGÉLICO-Pr.-Vagner (1).pdf
HERESIAS-NO-MEIO-EVANGÉLICO-Pr.-Vagner (1).pdfTiago Silva
 
Apostila os Ministérios e Dons da Igreja de Jesus Cristo
Apostila   os  Ministérios e Dons da Igreja de Jesus Cristo Apostila   os  Ministérios e Dons da Igreja de Jesus Cristo
Apostila os Ministérios e Dons da Igreja de Jesus Cristo Robson Rocha
 
A perseguição da igreja e a expansão do evangelho
A perseguição da igreja e a expansão do evangelhoA perseguição da igreja e a expansão do evangelho
A perseguição da igreja e a expansão do evangelhoJosivaldo Oliveira
 
O culto à mãe de Deus na piedade popular
O culto à mãe de Deus na piedade popularO culto à mãe de Deus na piedade popular
O culto à mãe de Deus na piedade popularAfonso Murad (FAJE)
 

Semelhante a A Centralização de Cristo contra as distorções do Culto, Música e Louvor (20)

A pureza do movimento pentecostal
A pureza do movimento pentecostalA pureza do movimento pentecostal
A pureza do movimento pentecostal
 
O ano da fé
O ano da féO ano da fé
O ano da fé
 
Aula 2 os dons espírituais e ministeriais
Aula 2   os dons espírituais e ministeriaisAula 2   os dons espírituais e ministeriais
Aula 2 os dons espírituais e ministeriais
 
Discipulado lição 4 conhecendo a igreja
Discipulado lição 4 conhecendo a igrejaDiscipulado lição 4 conhecendo a igreja
Discipulado lição 4 conhecendo a igreja
 
Lição 13 aviva ó senhor a tua obra
Lição 13   aviva ó senhor a tua obraLição 13   aviva ó senhor a tua obra
Lição 13 aviva ó senhor a tua obra
 
Download espírito santo - o deus que vive em nós
Download espírito santo - o deus que vive em nósDownload espírito santo - o deus que vive em nós
Download espírito santo - o deus que vive em nós
 
Ano da fé
Ano da féAno da fé
Ano da fé
 
INICIAÇÃO CRISTÃ Nº01
INICIAÇÃO CRISTÃ Nº01INICIAÇÃO CRISTÃ Nº01
INICIAÇÃO CRISTÃ Nº01
 
Carismatismo super-emotivo
Carismatismo super-emotivoCarismatismo super-emotivo
Carismatismo super-emotivo
 
Sagrada Notícias Online - 19° Edição A4
Sagrada Notícias Online - 19° Edição A4Sagrada Notícias Online - 19° Edição A4
Sagrada Notícias Online - 19° Edição A4
 
Introdução ao Modelo Harpa e Taça.pptx
Introdução ao Modelo Harpa e Taça.pptxIntrodução ao Modelo Harpa e Taça.pptx
Introdução ao Modelo Harpa e Taça.pptx
 
A igreja que queremos ser!
A igreja que queremos ser!A igreja que queremos ser!
A igreja que queremos ser!
 
REVISTA_IASD no Mundo.pdf
REVISTA_IASD no Mundo.pdfREVISTA_IASD no Mundo.pdf
REVISTA_IASD no Mundo.pdf
 
REVISTA_IASD no Mundo.pdf
REVISTA_IASD no Mundo.pdfREVISTA_IASD no Mundo.pdf
REVISTA_IASD no Mundo.pdf
 
REVISTA_IASD no Mundo.pdf
REVISTA_IASD no Mundo.pdfREVISTA_IASD no Mundo.pdf
REVISTA_IASD no Mundo.pdf
 
HERESIAS-NO-MEIO-EVANGÉLICO-Pr.-Vagner (1).pdf
HERESIAS-NO-MEIO-EVANGÉLICO-Pr.-Vagner (1).pdfHERESIAS-NO-MEIO-EVANGÉLICO-Pr.-Vagner (1).pdf
HERESIAS-NO-MEIO-EVANGÉLICO-Pr.-Vagner (1).pdf
 
Apostila os Ministérios e Dons da Igreja de Jesus Cristo
Apostila   os  Ministérios e Dons da Igreja de Jesus Cristo Apostila   os  Ministérios e Dons da Igreja de Jesus Cristo
Apostila os Ministérios e Dons da Igreja de Jesus Cristo
 
A perseguição da igreja e a expansão do evangelho
A perseguição da igreja e a expansão do evangelhoA perseguição da igreja e a expansão do evangelho
A perseguição da igreja e a expansão do evangelho
 
Boletim cbg n°_24_15_junho_2014
Boletim cbg n°_24_15_junho_2014Boletim cbg n°_24_15_junho_2014
Boletim cbg n°_24_15_junho_2014
 
O culto à mãe de Deus na piedade popular
O culto à mãe de Deus na piedade popularO culto à mãe de Deus na piedade popular
O culto à mãe de Deus na piedade popular
 

Mais de Eduardo Sales de lima

Especialização em Teologia e Orientação para Mestrado e Doutorado em Maringá,...
Especialização em Teologia e Orientação para Mestrado e Doutorado em Maringá,...Especialização em Teologia e Orientação para Mestrado e Doutorado em Maringá,...
Especialização em Teologia e Orientação para Mestrado e Doutorado em Maringá,...Eduardo Sales de lima
 
Teologia pública uma aproximação a aprtir da crise judeu-palestina
Teologia pública   uma aproximação a aprtir da crise judeu-palestinaTeologia pública   uma aproximação a aprtir da crise judeu-palestina
Teologia pública uma aproximação a aprtir da crise judeu-palestinaEduardo Sales de lima
 
Será que a oração é resposta para todos
Será que a oração é resposta para todosSerá que a oração é resposta para todos
Será que a oração é resposta para todosEduardo Sales de lima
 
Invertendo mentalidade carnal para se ter um casamento feliz
Invertendo mentalidade carnal para se ter um casamento felizInvertendo mentalidade carnal para se ter um casamento feliz
Invertendo mentalidade carnal para se ter um casamento felizEduardo Sales de lima
 
Licao 9 - Generosidade e Dízimo na Biblia
Licao 9 - Generosidade e Dízimo na BibliaLicao 9 - Generosidade e Dízimo na Biblia
Licao 9 - Generosidade e Dízimo na BibliaEduardo Sales de lima
 
Suplemento De Apoio Ao Professor Da Ebd
Suplemento De Apoio Ao Professor Da EbdSuplemento De Apoio Ao Professor Da Ebd
Suplemento De Apoio Ao Professor Da EbdEduardo Sales de lima
 

Mais de Eduardo Sales de lima (20)

Santidade e lutero
Santidade e luteroSantidade e lutero
Santidade e lutero
 
Especialização em Teologia e Orientação para Mestrado e Doutorado em Maringá,...
Especialização em Teologia e Orientação para Mestrado e Doutorado em Maringá,...Especialização em Teologia e Orientação para Mestrado e Doutorado em Maringá,...
Especialização em Teologia e Orientação para Mestrado e Doutorado em Maringá,...
 
Teologia pública uma aproximação a aprtir da crise judeu-palestina
Teologia pública   uma aproximação a aprtir da crise judeu-palestinaTeologia pública   uma aproximação a aprtir da crise judeu-palestina
Teologia pública uma aproximação a aprtir da crise judeu-palestina
 
Será que a oração é resposta para todos
Será que a oração é resposta para todosSerá que a oração é resposta para todos
Será que a oração é resposta para todos
 
Historia e sociedade
Historia e sociedadeHistoria e sociedade
Historia e sociedade
 
Confissão de Fé Pentecostal
Confissão de Fé PentecostalConfissão de Fé Pentecostal
Confissão de Fé Pentecostal
 
Invertendo mentalidade carnal para se ter um casamento feliz
Invertendo mentalidade carnal para se ter um casamento felizInvertendo mentalidade carnal para se ter um casamento feliz
Invertendo mentalidade carnal para se ter um casamento feliz
 
Jeremias lição 3 4
Jeremias lição 3 4Jeremias lição 3 4
Jeremias lição 3 4
 
Jeremias LiçãO 2
Jeremias LiçãO 2Jeremias LiçãO 2
Jeremias LiçãO 2
 
Encontro De Casais
Encontro De CasaisEncontro De Casais
Encontro De Casais
 
Jeremias LiçãO 1
Jeremias LiçãO 1Jeremias LiçãO 1
Jeremias LiçãO 1
 
Lider Autentico LiçãO 11
Lider Autentico  LiçãO 11Lider Autentico  LiçãO 11
Lider Autentico LiçãO 11
 
Autoridade Espiritual LiçãO 10
Autoridade Espiritual   LiçãO 10Autoridade Espiritual   LiçãO 10
Autoridade Espiritual LiçãO 10
 
Licao 9 - Generosidade e Dízimo na Biblia
Licao 9 - Generosidade e Dízimo na BibliaLicao 9 - Generosidade e Dízimo na Biblia
Licao 9 - Generosidade e Dízimo na Biblia
 
Segredos
SegredosSegredos
Segredos
 
Suplemento De Apoio Ao Professor Da Ebd
Suplemento De Apoio Ao Professor Da EbdSuplemento De Apoio Ao Professor Da Ebd
Suplemento De Apoio Ao Professor Da Ebd
 
Sagrado E Profano
Sagrado E ProfanoSagrado E Profano
Sagrado E Profano
 
Pecado E CorrupçãO
Pecado E CorrupçãOPecado E CorrupçãO
Pecado E CorrupçãO
 
A Questao Do Divorcio
A Questao Do DivorcioA Questao Do Divorcio
A Questao Do Divorcio
 
Pecado E Corrupção
Pecado E CorrupçãoPecado E Corrupção
Pecado E Corrupção
 

Último

LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semana
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semanaLIÇÕES - PG my life usar uma vez por semana
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semanaWillemarSousa1
 
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024RaniereSilva14
 
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptx
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptxLição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptx
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptxCelso Napoleon
 
Roteiro-para-Preparação-das-Visitas-Missionárias-3.pdf
Roteiro-para-Preparação-das-Visitas-Missionárias-3.pdfRoteiro-para-Preparação-das-Visitas-Missionárias-3.pdf
Roteiro-para-Preparação-das-Visitas-Missionárias-3.pdfLehonanSouza
 
Evangeliza - Diálogo com os Espíritos - Médiuns Esclarecedores
Evangeliza - Diálogo com os Espíritos - Médiuns EsclarecedoresEvangeliza - Diálogo com os Espíritos - Médiuns Esclarecedores
Evangeliza - Diálogo com os Espíritos - Médiuns EsclarecedoresAntonino Silva
 
slide da missa com leituras e oração eucarística
slide da missa com leituras e oração eucarísticaslide da missa com leituras e oração eucarística
slide da missa com leituras e oração eucarísticaFranklinOliveira30
 
LIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica Dominical
LIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica DominicalLIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica Dominical
LIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica DominicalAmaroJunior21
 
O concílio de Jerusalém Cap 14 e 15.pptx
O concílio de Jerusalém  Cap 14 e 15.pptxO concílio de Jerusalém  Cap 14 e 15.pptx
O concílio de Jerusalém Cap 14 e 15.pptxPIB Penha
 

Último (9)

LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semana
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semanaLIÇÕES - PG my life usar uma vez por semana
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semana
 
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
 
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptx
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptxLição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptx
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptx
 
Roteiro-para-Preparação-das-Visitas-Missionárias-3.pdf
Roteiro-para-Preparação-das-Visitas-Missionárias-3.pdfRoteiro-para-Preparação-das-Visitas-Missionárias-3.pdf
Roteiro-para-Preparação-das-Visitas-Missionárias-3.pdf
 
Evangeliza - Diálogo com os Espíritos - Médiuns Esclarecedores
Evangeliza - Diálogo com os Espíritos - Médiuns EsclarecedoresEvangeliza - Diálogo com os Espíritos - Médiuns Esclarecedores
Evangeliza - Diálogo com os Espíritos - Médiuns Esclarecedores
 
O Livro dos Espiritos - Allan Kardec.pdf
O Livro dos Espiritos - Allan Kardec.pdfO Livro dos Espiritos - Allan Kardec.pdf
O Livro dos Espiritos - Allan Kardec.pdf
 
slide da missa com leituras e oração eucarística
slide da missa com leituras e oração eucarísticaslide da missa com leituras e oração eucarística
slide da missa com leituras e oração eucarística
 
LIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica Dominical
LIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica DominicalLIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica Dominical
LIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica Dominical
 
O concílio de Jerusalém Cap 14 e 15.pptx
O concílio de Jerusalém  Cap 14 e 15.pptxO concílio de Jerusalém  Cap 14 e 15.pptx
O concílio de Jerusalém Cap 14 e 15.pptx
 

A Centralização de Cristo contra as distorções do Culto, Música e Louvor

  • 1. O Evangelho e a Música Pf. Eduardo Sales de Lima
  • 2. Introdução Formação em Música Formação em Ministros de Louvor Diferenças Exploração da Fé x Valorização da Fé Formação de Cantores x Formação de Adoradores Estrelismo x a Estrela da Manhã Centralização do Culto Descentralização da Vida
  • 3. Partindo do Centro Entendendo a Noção de Centro e Periferia Mt 23:23 (A lei ou a Justiça) Jo 8:1-11 (A lei ou a Justiça) Mt 19:15-21 (A lei ou Cristo) Mt 9:14-15 (O Jejum ou Cristo) Gl 2:11-18 (A Lei ou Cristo) Nos textos acima o centro foi trocado por outros valores perifíricos. Será que os crentes correm o risco de perder o Centro do Evangelho? A mudança de centro pode afetar a fé? Quais são os Novos centros da fé? Teologia da Prosperidade Teologia do Culto-Místico
  • 4. O Culto Cristão De onde veio a idéia de Culto? Jesus prestou culto com seus discípulos? Jesus pediu que lhe apresentássemos culto? Como Surgiu o Culto? A Ressurreição e ascensão de Cristo Esperar em Jerusalém At 1:4; O Culto como Sinal da Esperança de Cristo Expectativa do Reino Demora do Noivo e o Sono das virgens Abandonaram a bênção de Cristo e começaram a buscar as bênçãos do culto. A Divinização do Culto A Sacramentalização do Culto O Culto que abençoa é Missa, somente Cristo abençoa.
  • 5. O Centro do Evangelho Qual é o Centro do Evangelho? A definição não é difícil, centro é o ponto no qual tudo depende, como um eixo. O Eixo principal do Evangelho é Cristo, sua Morte na Cruz e a presença do Espírito. Todas as outras religiões tinham adoração, veneração, culto, rituais mágicos, comunhão, etc... Também não são as curas, nem os milagres, nem as bênçãos, nem as maravilhas, nem os dons, nem as orações, ou os jejuns, mas Cristo, pois Jesus Curou e não é curandeiro, fez milagres e maravilhas e não é um feiticeiro, é o Salvador este é o centro do evangelho!
  • 6. A Sacramentalização do Culto e o Centro do Evangelho Vigiar Santidade Esperança da Vinda de Cristo Testemunho Escatologico JESUS Arrependi-mento Nova Vida FÉ Obedece
  • 7. A Sacramentalização do Culto e o Centro do Evangelho Vigiar Santidade Zêlo Religioso Esperança da Vinda de Cristo Busca de Benção Testemunho Escatologico Testemunho Religioso JESUS CULTO Arrependi-mento Sentimento Espiritual Nova Vida Vida Religiosa FÉ Obedece Fé Religiosa
  • 8. A Sacramentalização do Culto e o Centro do Evangelho A CRUZ DE CRISTO O ESPÍRITO SANTO TESTEMUNHAS AT 1:8 O CULTO CULTUADORES O que são Cultuadores? São Crentes em Cristo cuja vida não está centrada na Cruz e no Espírito Santo, mas no culto, na adoração vazia como fim em si mesma. São apaixonados pelo culto, apreciam boa musica e boa palavra, gostam de cultos bonitos que alimentam o Espírito.
  • 9. Isaias 1:11-18 A Sacralização do Culto 11 De que me serve a mim a multidão de vossos sacrifícios? —diz o SENHOR. Estou farto dos holocaustos de carneiros e da gordura de animais cevados e não me agrado do sangue de novilhos, nem de cordeiros, nem de bodes. 12 Quando vindes para comparecer perante mim, quem vos requereu o só pisardes os meus átrios? 13 Não continueis a trazer ofertas vãs; o incenso é para mim abominação, e também as Festas da Lua Nova, os sábados, e a convocação das congregações; não posso suportar iniqüidade associada ao ajuntamento solene. 14 As vossas Festas da Lua Nova e as vossas solenidades, a minha alma as aborrece; já me são pesadas; estou cansado de as sofrer. 15 Pelo que, quando estendeis as mãos, escondo de vós os olhos; sim, quando multiplicais as vossas orações, não as ouço, porque as vossas mãos estão cheias de sangue. 16 Lavai-vos, purificai-vos, tirai a maldade de vossos atos de diante dos meus olhos; cessai de fazer o mal. 17 Aprendei a fazer o bem; atendei à justiça, repreendei ao opressor; defendei o direito do órfão, pleiteai a causa das viúvas. 18 Vinde, pois, e arrazoemos, diz o SENHOR; ainda que os vossos pecados sejam como a escarlata, eles se tornarão brancos como a neve; ainda que sejam vermelhos como o carmesim, se tornarão como a lã.
  • 10. A Centralização do Culto e as distorções da Música e do Louvor Definições Música: combinação harmoniosa e expressiva de sons; sons vocais, instrumentais ou mecânicos com ritmo, harmonia e melodia; o termo deriva das Musas da mitologia Grega Louvor 1) celebração ou manifestação honrosa; reconhecimento de distinção; homenagem, honraria, louvação ‘ 2) exagero de palavras e atitudes para obter vantagens.
  • 11. A Centralização do Culto e as distorções da Música e do Louvor Louvor e a Teologia Bíblica Halal; Haleluia; Louvor como Exaltação Lv 22:29: Sacrifícios de Louvor Louvor em Reconhecimento Dt 32:43; Ed 3:11 Testemunho Sl 9; 26; 33; 54; 135 I Cron 16:4 –Os levitas designados para o Louvor entretanto, nos dias de Jesus haviam perdido o centro da fé, buscavam santidade e ignoravam o próximo.
  • 12. A Centralização de Cristo como Resposta para as distorções do Culto, Música e do Louvor
  • 13. A Centralização de Cristo contra as distorções do Culto, Música e Louvor Compreensão do Termo: Adoração Jo 4:21,23-24 Disse-lhe Jesus: Mulher, podes crer-me que a hora vem, quando nem neste monte, nem em Jerusalém adorareis o Pai. Mas vem a hora e já chegou, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque são estes que o Pai procura para seus adoradores. Deus é espírito; e importa que os seus adoradores o adorem em espírito e em verdade.
  • 14. Novos conceitos estão Produzindo a distorção da Fé Disse-lhe Jesus: Mulher, podes crer-me que a hora vem, quandonem neste monte, nem em Jerusalém adorareis o Pai. Jo 4:21 Hora de Mudança nos Paradigmas Novos conceitos de Belo e Feio Novos conceitos de Certo e Errado Novos conceitos de Valor e de Prazer Hora de Distanciamento da Igreja de Cristo Os Novos Conceitos influenciaram o Conceito de Adoração Os Novos Conceitos influenciaram o Conceito de Louvor Os Novos Conceitos influenciaram o Conceito de Crente Os Novos Conceitos estão Descentralizando Cristo da vida da Igreja
  • 15. A Centralização do Culto usurpa a Adoração do Pai “...quando nem neste monte, nem em Jerusalém adorareis o Pai” A Centralização do Culto produz Ritualismo Vazio : Amós 5:21-23 Sacramentalização do Culto A Centralização do Culto produz Música que aponta para si mesma Estrelas no Céu de Cristo (Mega-Stars – Pop-Stars e Ídolos) Profissionalização da Música e a Profissionalização do Louvor Banalização do Louvor (Esvaziamento do Sagrado) A Descentralização de Cristo produziu novos Centros da Fé Novos Centros: Prosperidade; Edonismo; Vitória; Vingança; Destruição dos Inimigos; Desvalorização de Cristo. Ausência de Testemunho: A Música pela Música. Um Novo Evangelho: Não precisa mudar de Vida. A Música que Exclui os diferentes
  • 16. Adoração em Espírito e Verdade Mas vem a hora e já chegou, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade Jo 4:23 Verdadeiros Adoradores Falsos Adoradores Não permite que os novos conceitos modelem sua fé Não dependem de Lugar ou de Ritual Centrados em Cristo Adoração aponta para a Vinda de Cristo Adora em Espírito e Verdade Permite que os novos conceitos modelem sua fé Dependem de Lugar ou de Ritual Centrados no Culto Adoração tornou-se um fim em si mesma Adoração é uma resposta social
  • 17. O Pai Procura Adoradores porque são estes que o Pai procura para seus adoradores. Deus é espírito; e importa que os seus adoradores o adorem em espírito e em verdade Jo 4:23-24. O Pai Procura Jesus buscou seus discípulos na Galiléia Segue-me... Ser como Ele é Mateus 16:24 Então, disse Jesus a seus discípulos: Se alguém quer vir após mim, a si mesmo se negue, tome a sua cruz e siga-me.
  • 18. A Centralização de Cristo é a Resposta para Resignificação do Culto e do Louvor na Igreja Atual Restauração do Culto Messiânico Expectativa do Reino Desacralização do Culto (Fim do Ritual) Centralização em Cristo Restaurar o Adorador para restauração do Louvor Resultado de uma vida com Cristo Expressão de Salvação Testemunhar