SlideShare uma empresa Scribd logo
Long Form Journalism
“Jornalismo Forma Longa”
ou “Jornalismo de formato longo”
Rodrigo Freese Gonzatto
Questões iniciais
• Existe espaço, online, para textos (narrativas) longas?
• Ninguém tem tempo para ler textos com 5.000 palavras em
um web browser? Menos ainda, se tiver que pagar para isso.
[referência]
• Como reunir conteúdo multimídia (som, vídeo, texto, imagem,
etc) em um formato interessante para o/a leitor/a?
• Como o jornalismo digital pode se diferenciar do impresso,
explorando as características do digital, sem perder critérios
que inspiram credibilidade, apuração de informações, etc?
• Como trazer mais qualidade ao jornalismo digital e interativo?
Long form Journalism
• É um formato para narrativas jornalísticas
em meios digitais
• Começou a ser discutido em 2012 e seu uso tem crescido
• Possui narrativa linear, não-ficcional, extensa, aprofundada
e de qualidade sobre uma série delimitada de questões a
respeito de único tema
• Conteúdo duradouro (“não-perecível”), relevante em seu
lançamento
• Muito conteúdo multimídia junto ao texto (imagem, vídeo,
áudio e interação) mas com uso e aplicação pontuais
Mercado
2012:
Business Insider acaba de juntar 18 milhões para investir em
'long-form journalism', o mesmo caminho que está a seguir o
BuzzFeed, depois de anunciar um valor recorde de tráfego na
ordem dos 85 milhões de visitante [referência]
Impacto do formato
e perspectivas
“... the value of in-depth reporting, saying that no matter the means
of distribution, there is a human hunger for “deep information,
real examination, and the kind of reporting that takes time.” This
hunger is more quickly satisfied with the web, making distribution a
cinch and gathering pieces of interest seamless.” [referência]
‘ “We thought,” Ratliff said,“‘why don’t we try doing these pieces
individually?’” And this new way of presenting lengthy, quality
writing offered a unique opportunity to package stories
visually for a digital audience.’ [referência]
Exemplo:
NSA Files, The Guardian
http://www.theguardian.com/world/the-nsa-files
Contexto:
NSA Files, The Guardian
http://www.theguardian.com/world/the-nsa-files
• Além da mídia em
long form, para tratar
do assunto o The
Guardian possui uma
página exclusiva de
desdobramentos e
novas informações
sobre o tema: http://
www.theguardian.com
/world/the-nsa-files
Características do conteúdo
em long form
• Conteúdo: só o necessário, mas muito do necessário
• Evitar especulações: informar apenas do que se tem
conhecimento
• Intense fact check
• Mídia adequada para um consumo lento e atento
[MIT Comparative Media Studies]
Características do design
formato longo
• Design: Cuidado com o
design da página (website)
e consistência dos
elementos: o tratamento
de todos os elementos
(fotos, imagens,
ilustrações, vídeos, texto,
tipografia, etc) é projetado
para integrar de forma
harmônica com a página e
todos os elementos
• Foco: Evitar qualquer
elemento que distraia ou
desvie o leitor ou leitora
da narrativa
• Acessibilidade: Permite navegação em diversos
dispositivos (responsivo a diferentes tamanhos de tela)
Características do design
formato longo
• Usabilidade: Elementos
interativos devem ser
rapidamente compreendidos
(necessita pouca ou nenhuma
explicação) e ageis para
utilizar (poucos cliques)
“The modern computer is packed with
distractions. (...) Every few minutes,
something beeps or pops up (...) Long-
form content requires attentive reading,
and attentive reading requires a
distraction-free environment.You need to
pull people away from their
computers.” [referência]
Contexto histórico
da origem do formato
• contexto tecnológico: internet + rápida permitiu o
formato de uma página única com vários elementos. antes,
com internet lenta, o conteúdo era produzido fragmentado
para acesso mais rápido
• contexto tecnológico: tendência de "Slow consuming of
media", possivelmente estimulada pela busca e oferta de novos
dispositivos para consumo de mídia digital, como tablets
• referências no jornalismo: grandes reportagens, Livro-
reportagem, New Journalism, Jornalismo literário (ou literatura
não-ficcional, literatura de realidade, jornalismo em
profundidade)
Origens do formato
Elementos para discussão da evolução do formato:
• Página de notícias de Portais
• Sites com plugin para “News”
• Blogs
• Art directed blogs / posts / articles
• One Page Sites
• Multimedia Stories
• “Snow Fall” (Long form Journalism)
Exemplo de página de notícias de Portais estadão
Exemplo de página de notícias de Portais folha de são paulo
storymattersExemplos de Art directed blogs / posts / articles
Exemplo de long form:
Snow Fall, New York Times
http://www.nytimes.com/projects/2012/snow-fall/
• In 2012, 33 articles of more than 4,000 words originated on
the front page. [do NewYork Times] (Six of those were in
December.) That’s up – a lot – from 16 the previous year;
21 in 2010; and 23 in 2009. [referência]
Contexto:
Snow Fall, New York Times
Outros exemplos
• Firestorm,The Guardian http://www.theguardian.com/world/
interactive/2013/may/26/firestorm-bushfire-dunalley-holmes-family
• Daft Punk, Pitchfork http://pitchfork.com/features/cover-story/
reader/daft-punk/
• Diversos materiais em long form da Sports Illustrated http://
sportsillustrated.cnn.com/longform/
• Diversos materiais em long form da Pitchfork http://
pitchfork.com/features/cover-story/
Outros exemplos (Brasil)
• A última foto, Zero Hora
http://www.clicrbs.com.br/sites/swf/zh_santamaria_1ano/
aultimafoto.html
• Erva-mate: o ouro verde do Paraná, Gazeta do Povo
http://www.gazetadopovo.com.br/vidaecidadania/especial-erva-
mate/
• A Batalha de Belo Monte, Folha de São Paulo
http://www.folha.com/belomonte
• O Golpe a Ditadura Militar, Folha de São Paulo
http://arte.folha.uol.com.br/especiais/2014/03/23/o-golpe-e-a-
ditadura-militar/
Sites de curadoria de
Long form Journalism
Sites que agregam referências de conteúdos em long form:
• Longform.org http://longform.org/
• Longreads.com http://longreads.com/
Prós
• Atrai interesse e atenção: o
cuidado global oferecido o
torna um produto agradável
de ser consumido
• Abre espaço para criatividade
e experimentação
• O design pode se adaptar ao
conteúdo, e não o conteúdo
restringido pelo design
Contras
• Torna mais demorado (e caro)
o processo de lançamento/
publicação
• Exige diversos profissionais
envolvidos no
desenvolvimento, com diversas
habilidades
• Irrepetível (não se pode
reutilizar o design)
Apesar de diluir o custo de distribuição (típico do impresso) o volume de
leitores/acessos justifica todo o trabalho para publicar neste formato?
O que não é
Long form Journalism?
Não é só uma questão de tamanho de
texto... não é long form journalism:
• Notícias longas em Portais
Mas também não é uma questão de ter um
design exclusivo e único. não é long form
journalism:
• Blogs com textos art-directed
O que não é
Long form Journalism?
Proposta para análise:
• 'How americans die', Bloomberg
Narrativa em formato de slides com uma seqüência de visualização
de dados. Gráficos criados a partir de grandes bases de dados.
O que não é
Long form Journalism?
• Novos formatos de blog, por
si só (ex.: Medium)
Possui narrativas que não são
necessariamente jornalísticas.
Seu design valoriza o texto e
estimula leitura. Entretanto, a
identidade do site é forte e
consistente, fazendo com que
cada textos não sejam único na
relação design x conteúdo.
Objetivo do projeto
Desenvolver mídia em formato long form.
Etapas do projeto
1. Estudo do formato ‘long form’ (repertório)
2. Planejamento
3. Projeto / Design
4. Produção

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Narrativas Transmidia e Publicidade Digital
Narrativas Transmidia e Publicidade DigitalNarrativas Transmidia e Publicidade Digital
Narrativas Transmidia e Publicidade Digital
PaperCliQ Comunicação
 
As três gerações do jornalismo na internet
As três gerações do jornalismo na internetAs três gerações do jornalismo na internet
As três gerações do jornalismo na internet
Claudio Toldo
 
Teorias da Comunicação Digital 01
Teorias da Comunicação Digital 01Teorias da Comunicação Digital 01
Teorias da Comunicação Digital 01
Pablo Moreno
 
Perfil jornalístico
Perfil jornalísticoPerfil jornalístico
Perfil jornalístico
aulasdejornalismo
 
Teoria Empirico experimental
Teoria Empirico experimental Teoria Empirico experimental
Teoria Empirico experimental
nanasimao
 
Radio e audio__revisao
Radio e audio__revisaoRadio e audio__revisao
Radio e audio__revisao
Roberto Cruz
 
Grid no jornalismo
Grid no jornalismoGrid no jornalismo
Grid no jornalismo
Iuri Lammel
 
Aula 04 - Teorias do Jornalismo - Newsmaking
Aula 04 - Teorias do Jornalismo - NewsmakingAula 04 - Teorias do Jornalismo - Newsmaking
Aula 04 - Teorias do Jornalismo - Newsmaking
Elizeu Nascimento Silva
 
Teoria da persuasão
Teoria da persuasãoTeoria da persuasão
Teoria da persuasão
Liu Magalhães
 
Aula 01 Teorias da Comunicação - Preliminares e Definições
Aula 01   Teorias da Comunicação - Preliminares e DefiniçõesAula 01   Teorias da Comunicação - Preliminares e Definições
Aula 01 Teorias da Comunicação - Preliminares e Definições
Elizeu Nascimento Silva
 
Cibercultura
CiberculturaCibercultura
Cibercultura
Alan Vasconcelos
 
Aula 02 Teorias do Jornalismo_Agenda Setting
Aula 02 Teorias do Jornalismo_Agenda SettingAula 02 Teorias do Jornalismo_Agenda Setting
Aula 02 Teorias do Jornalismo_Agenda Setting
Elizeu Nascimento Silva
 
Introducao As Teorias Da Cibercultura
Introducao As Teorias Da CiberculturaIntroducao As Teorias Da Cibercultura
Introducao As Teorias Da Cibercultura
gabizago
 
Cultura de Convergência
Cultura de ConvergênciaCultura de Convergência
Cultura de Convergência
Carmem Júlia
 
Narrativas Transmidiáticas
Narrativas TransmidiáticasNarrativas Transmidiáticas
Narrativas Transmidiáticas
Tiago Lopes
 
Transmídia storytelling
Transmídia storytellingTransmídia storytelling
Transmídia storytelling
Aline Corso
 
Comunicação Empresarial | Aula 02
Comunicação Empresarial | Aula 02Comunicação Empresarial | Aula 02
Comunicação Empresarial | Aula 02
Pablo Caldas
 
1º capítulo do livro de Castells - A Sociedade em rede
1º capítulo do livro de Castells - A Sociedade em rede1º capítulo do livro de Castells - A Sociedade em rede
1º capítulo do livro de Castells - A Sociedade em rede
Alexandre Chagas
 
Webjornalismo: características
Webjornalismo: característicasWebjornalismo: características
Webjornalismo: características
Mayara de Araújo
 
Transmídia
TransmídiaTransmídia
Transmídia
Aline Corso
 

Mais procurados (20)

Narrativas Transmidia e Publicidade Digital
Narrativas Transmidia e Publicidade DigitalNarrativas Transmidia e Publicidade Digital
Narrativas Transmidia e Publicidade Digital
 
As três gerações do jornalismo na internet
As três gerações do jornalismo na internetAs três gerações do jornalismo na internet
As três gerações do jornalismo na internet
 
Teorias da Comunicação Digital 01
Teorias da Comunicação Digital 01Teorias da Comunicação Digital 01
Teorias da Comunicação Digital 01
 
Perfil jornalístico
Perfil jornalísticoPerfil jornalístico
Perfil jornalístico
 
Teoria Empirico experimental
Teoria Empirico experimental Teoria Empirico experimental
Teoria Empirico experimental
 
Radio e audio__revisao
Radio e audio__revisaoRadio e audio__revisao
Radio e audio__revisao
 
Grid no jornalismo
Grid no jornalismoGrid no jornalismo
Grid no jornalismo
 
Aula 04 - Teorias do Jornalismo - Newsmaking
Aula 04 - Teorias do Jornalismo - NewsmakingAula 04 - Teorias do Jornalismo - Newsmaking
Aula 04 - Teorias do Jornalismo - Newsmaking
 
Teoria da persuasão
Teoria da persuasãoTeoria da persuasão
Teoria da persuasão
 
Aula 01 Teorias da Comunicação - Preliminares e Definições
Aula 01   Teorias da Comunicação - Preliminares e DefiniçõesAula 01   Teorias da Comunicação - Preliminares e Definições
Aula 01 Teorias da Comunicação - Preliminares e Definições
 
Cibercultura
CiberculturaCibercultura
Cibercultura
 
Aula 02 Teorias do Jornalismo_Agenda Setting
Aula 02 Teorias do Jornalismo_Agenda SettingAula 02 Teorias do Jornalismo_Agenda Setting
Aula 02 Teorias do Jornalismo_Agenda Setting
 
Introducao As Teorias Da Cibercultura
Introducao As Teorias Da CiberculturaIntroducao As Teorias Da Cibercultura
Introducao As Teorias Da Cibercultura
 
Cultura de Convergência
Cultura de ConvergênciaCultura de Convergência
Cultura de Convergência
 
Narrativas Transmidiáticas
Narrativas TransmidiáticasNarrativas Transmidiáticas
Narrativas Transmidiáticas
 
Transmídia storytelling
Transmídia storytellingTransmídia storytelling
Transmídia storytelling
 
Comunicação Empresarial | Aula 02
Comunicação Empresarial | Aula 02Comunicação Empresarial | Aula 02
Comunicação Empresarial | Aula 02
 
1º capítulo do livro de Castells - A Sociedade em rede
1º capítulo do livro de Castells - A Sociedade em rede1º capítulo do livro de Castells - A Sociedade em rede
1º capítulo do livro de Castells - A Sociedade em rede
 
Webjornalismo: características
Webjornalismo: característicasWebjornalismo: características
Webjornalismo: características
 
Transmídia
TransmídiaTransmídia
Transmídia
 

Destaque

Arquitetura da Informação Aplicada ao Jornalismo - Vanessa Otovicz
Arquitetura da Informação Aplicada ao Jornalismo - Vanessa OtoviczArquitetura da Informação Aplicada ao Jornalismo - Vanessa Otovicz
Arquitetura da Informação Aplicada ao Jornalismo - Vanessa Otovicz
Vanessa Otovicz
 
Cultura: o que querem e fazem os cariocas
Cultura: o que querem e fazem os cariocasCultura: o que querem e fazem os cariocas
Cultura: o que querem e fazem os cariocas
Tabaruba Design
 
Os Desafios da Convergência no Ambiente Digital
Os Desafios da Convergência no Ambiente DigitalOs Desafios da Convergência no Ambiente Digital
Os Desafios da Convergência no Ambiente Digital
igor drey
 
Millainen on hyvä verkkolehden rikastettu artikkeli?
Millainen on hyvä verkkolehden rikastettu artikkeli?Millainen on hyvä verkkolehden rikastettu artikkeli?
Millainen on hyvä verkkolehden rikastettu artikkeli?
Maria Lassila-Merisalo
 
Longform Content: A Cautionary Tale - NTC 2016 Wordpress Day
Longform Content: A Cautionary Tale - NTC 2016 Wordpress DayLongform Content: A Cautionary Tale - NTC 2016 Wordpress Day
Longform Content: A Cautionary Tale - NTC 2016 Wordpress Day
Courtney Clark
 
Narrativas web
Narrativas webNarrativas web
Narrativas web
Pedro Almeida
 
Cultura Digital I
Cultura Digital ICultura Digital I
Cultura Digital I
Ana Brambilla
 
Convergência Digital - Evento Ágora
Convergência Digital - Evento ÁgoraConvergência Digital - Evento Ágora
Convergência Digital - Evento Ágora
Victor Gonçalves
 
A fotografia, seus momentos icônicos, simbólicos e indiciários, suas dimensõe...
A fotografia, seus momentos icônicos, simbólicos e indiciários, suas dimensõe...A fotografia, seus momentos icônicos, simbólicos e indiciários, suas dimensõe...
A fotografia, seus momentos icônicos, simbólicos e indiciários, suas dimensõe...
Marcelo Ribeiro
 
Multimedialidade: Informar para cinco sentidos.
Multimedialidade: Informar para cinco sentidos. Multimedialidade: Informar para cinco sentidos.
Multimedialidade: Informar para cinco sentidos.
Alysson neves
 
Fotojornalismo II - Panorama da profissão, jornalismo visual e fotos ilustrat...
Fotojornalismo II - Panorama da profissão, jornalismo visual e fotos ilustrat...Fotojornalismo II - Panorama da profissão, jornalismo visual e fotos ilustrat...
Fotojornalismo II - Panorama da profissão, jornalismo visual e fotos ilustrat...
Julia Dantas
 

Destaque (11)

Arquitetura da Informação Aplicada ao Jornalismo - Vanessa Otovicz
Arquitetura da Informação Aplicada ao Jornalismo - Vanessa OtoviczArquitetura da Informação Aplicada ao Jornalismo - Vanessa Otovicz
Arquitetura da Informação Aplicada ao Jornalismo - Vanessa Otovicz
 
Cultura: o que querem e fazem os cariocas
Cultura: o que querem e fazem os cariocasCultura: o que querem e fazem os cariocas
Cultura: o que querem e fazem os cariocas
 
Os Desafios da Convergência no Ambiente Digital
Os Desafios da Convergência no Ambiente DigitalOs Desafios da Convergência no Ambiente Digital
Os Desafios da Convergência no Ambiente Digital
 
Millainen on hyvä verkkolehden rikastettu artikkeli?
Millainen on hyvä verkkolehden rikastettu artikkeli?Millainen on hyvä verkkolehden rikastettu artikkeli?
Millainen on hyvä verkkolehden rikastettu artikkeli?
 
Longform Content: A Cautionary Tale - NTC 2016 Wordpress Day
Longform Content: A Cautionary Tale - NTC 2016 Wordpress DayLongform Content: A Cautionary Tale - NTC 2016 Wordpress Day
Longform Content: A Cautionary Tale - NTC 2016 Wordpress Day
 
Narrativas web
Narrativas webNarrativas web
Narrativas web
 
Cultura Digital I
Cultura Digital ICultura Digital I
Cultura Digital I
 
Convergência Digital - Evento Ágora
Convergência Digital - Evento ÁgoraConvergência Digital - Evento Ágora
Convergência Digital - Evento Ágora
 
A fotografia, seus momentos icônicos, simbólicos e indiciários, suas dimensõe...
A fotografia, seus momentos icônicos, simbólicos e indiciários, suas dimensõe...A fotografia, seus momentos icônicos, simbólicos e indiciários, suas dimensõe...
A fotografia, seus momentos icônicos, simbólicos e indiciários, suas dimensõe...
 
Multimedialidade: Informar para cinco sentidos.
Multimedialidade: Informar para cinco sentidos. Multimedialidade: Informar para cinco sentidos.
Multimedialidade: Informar para cinco sentidos.
 
Fotojornalismo II - Panorama da profissão, jornalismo visual e fotos ilustrat...
Fotojornalismo II - Panorama da profissão, jornalismo visual e fotos ilustrat...Fotojornalismo II - Panorama da profissão, jornalismo visual e fotos ilustrat...
Fotojornalismo II - Panorama da profissão, jornalismo visual e fotos ilustrat...
 

Semelhante a Long Form Journalism (Jornalismo Formato Longo)

Aula 2 - Unibh - Jornalismo e Multimídia
Aula 2 - Unibh - Jornalismo e MultimídiaAula 2 - Unibh - Jornalismo e Multimídia
Aula 2 - Unibh - Jornalismo e Multimídia
Evaldo Magalhães
 
Web dócil para jornalistas
Web dócil para jornalistasWeb dócil para jornalistas
Web dócil para jornalistas
DricaSantiago
 
A emergência da web como um novo médium
A emergência da web como um novo médiumA emergência da web como um novo médium
A emergência da web como um novo médium
António Granado
 
Jornalismo colaborativo em bases de dados
Jornalismo colaborativo em bases de dadosJornalismo colaborativo em bases de dados
Jornalismo colaborativo em bases de dados
Yuri Almeida
 
Webwriting
Webwriting Webwriting
Webwriting
DricaSantiago
 
Jornalismo e Mídias Sociais
Jornalismo e Mídias SociaisJornalismo e Mídias Sociais
Jornalismo e Mídias Sociais
Alexandre Gonçalves
 
Laboratório Audivisual Hipermedia Aula2 07 03
Laboratório Audivisual Hipermedia Aula2 07 03Laboratório Audivisual Hipermedia Aula2 07 03
Laboratório Audivisual Hipermedia Aula2 07 03
Pedro Tavares
 
O digital, a sustentabilidade e a viagem do open source ao open data
O digital, a sustentabilidade e a viagem do open source ao open dataO digital, a sustentabilidade e a viagem do open source ao open data
O digital, a sustentabilidade e a viagem do open source ao open data
Luis Borges Gouveia
 
Ciberjornalismo no Brasil
Ciberjornalismo no BrasilCiberjornalismo no Brasil
Ciberjornalismo no Brasil
Yuri Almeida
 
Aula 2 OficinaJOL Facom
Aula 2 OficinaJOL FacomAula 2 OficinaJOL Facom
Aula 2 OficinaJOL Facom
afch1973
 
Economia do conhecimento
Economia do conhecimentoEconomia do conhecimento
Economia do conhecimento
Leo Togashi
 
Economia do conhecimento
Economia do conhecimentoEconomia do conhecimento
Economia do conhecimento
Leo Togashi
 
1 web nova midia
1 web nova midia1 web nova midia
1 web nova midia
hipermidiafacomufjf
 
Neto - Comunicação e informação: entre eufemismos e determinismos
Neto - Comunicação e informação: entre eufemismos e determinismosNeto - Comunicação e informação: entre eufemismos e determinismos
Neto - Comunicação e informação: entre eufemismos e determinismos
Pedro Pereira Neto
 
Laboratório Audivisual Hipermedia Aula4 22 03
Laboratório Audivisual Hipermedia Aula4 22 03Laboratório Audivisual Hipermedia Aula4 22 03
Laboratório Audivisual Hipermedia Aula4 22 03
Pedro Tavares
 
Apresentação WebJornalismo
Apresentação WebJornalismoApresentação WebJornalismo
Apresentação WebJornalismo
Darlon Silva
 
Aula1 Ojd
Aula1 OjdAula1 Ojd
Aula1 Ojd
afch1973
 
Acesse - Noções práticas de convergência
Acesse - Noções práticas de convergênciaAcesse - Noções práticas de convergência
Acesse - Noções práticas de convergência
Sérgio Miguel Buarque
 
Ciberjornalismo
CiberjornalismoCiberjornalismo
Ciberjornalismo
Fernando Almeida
 
Jornalismo e mídias sociais
Jornalismo e mídias sociaisJornalismo e mídias sociais
Jornalismo e mídias sociais
Fundação Universidade Federal do Tocantins
 

Semelhante a Long Form Journalism (Jornalismo Formato Longo) (20)

Aula 2 - Unibh - Jornalismo e Multimídia
Aula 2 - Unibh - Jornalismo e MultimídiaAula 2 - Unibh - Jornalismo e Multimídia
Aula 2 - Unibh - Jornalismo e Multimídia
 
Web dócil para jornalistas
Web dócil para jornalistasWeb dócil para jornalistas
Web dócil para jornalistas
 
A emergência da web como um novo médium
A emergência da web como um novo médiumA emergência da web como um novo médium
A emergência da web como um novo médium
 
Jornalismo colaborativo em bases de dados
Jornalismo colaborativo em bases de dadosJornalismo colaborativo em bases de dados
Jornalismo colaborativo em bases de dados
 
Webwriting
Webwriting Webwriting
Webwriting
 
Jornalismo e Mídias Sociais
Jornalismo e Mídias SociaisJornalismo e Mídias Sociais
Jornalismo e Mídias Sociais
 
Laboratório Audivisual Hipermedia Aula2 07 03
Laboratório Audivisual Hipermedia Aula2 07 03Laboratório Audivisual Hipermedia Aula2 07 03
Laboratório Audivisual Hipermedia Aula2 07 03
 
O digital, a sustentabilidade e a viagem do open source ao open data
O digital, a sustentabilidade e a viagem do open source ao open dataO digital, a sustentabilidade e a viagem do open source ao open data
O digital, a sustentabilidade e a viagem do open source ao open data
 
Ciberjornalismo no Brasil
Ciberjornalismo no BrasilCiberjornalismo no Brasil
Ciberjornalismo no Brasil
 
Aula 2 OficinaJOL Facom
Aula 2 OficinaJOL FacomAula 2 OficinaJOL Facom
Aula 2 OficinaJOL Facom
 
Economia do conhecimento
Economia do conhecimentoEconomia do conhecimento
Economia do conhecimento
 
Economia do conhecimento
Economia do conhecimentoEconomia do conhecimento
Economia do conhecimento
 
1 web nova midia
1 web nova midia1 web nova midia
1 web nova midia
 
Neto - Comunicação e informação: entre eufemismos e determinismos
Neto - Comunicação e informação: entre eufemismos e determinismosNeto - Comunicação e informação: entre eufemismos e determinismos
Neto - Comunicação e informação: entre eufemismos e determinismos
 
Laboratório Audivisual Hipermedia Aula4 22 03
Laboratório Audivisual Hipermedia Aula4 22 03Laboratório Audivisual Hipermedia Aula4 22 03
Laboratório Audivisual Hipermedia Aula4 22 03
 
Apresentação WebJornalismo
Apresentação WebJornalismoApresentação WebJornalismo
Apresentação WebJornalismo
 
Aula1 Ojd
Aula1 OjdAula1 Ojd
Aula1 Ojd
 
Acesse - Noções práticas de convergência
Acesse - Noções práticas de convergênciaAcesse - Noções práticas de convergência
Acesse - Noções práticas de convergência
 
Ciberjornalismo
CiberjornalismoCiberjornalismo
Ciberjornalismo
 
Jornalismo e mídias sociais
Jornalismo e mídias sociaisJornalismo e mídias sociais
Jornalismo e mídias sociais
 

Mais de Rodrigo Freese Gonzatto

Consciência ingênua e crítica em Vieira Pinto e Paulo Freire [atualizado]
Consciência ingênua e crítica em Vieira Pinto e Paulo Freire [atualizado]Consciência ingênua e crítica em Vieira Pinto e Paulo Freire [atualizado]
Consciência ingênua e crítica em Vieira Pinto e Paulo Freire [atualizado]
Rodrigo Freese Gonzatto
 
Porque "usuários" prospectam futuros?
Porque "usuários" prospectam futuros?Porque "usuários" prospectam futuros?
Porque "usuários" prospectam futuros?
Rodrigo Freese Gonzatto
 
Fluxogramas
FluxogramasFluxogramas
Usuários e designers: quem é quem no codesign?
Usuários e designers: quem é quem no codesign?Usuários e designers: quem é quem no codesign?
Usuários e designers: quem é quem no codesign?
Rodrigo Freese Gonzatto
 
Ler imagens (Gestalt e composição para Design de Interfaces)
Ler imagens (Gestalt e composição para Design de Interfaces)Ler imagens (Gestalt e composição para Design de Interfaces)
Ler imagens (Gestalt e composição para Design de Interfaces)
Rodrigo Freese Gonzatto
 
Brainstorming: técnicas e abordagens em grupos
Brainstorming: técnicas e abordagens em gruposBrainstorming: técnicas e abordagens em grupos
Brainstorming: técnicas e abordagens em grupos
Rodrigo Freese Gonzatto
 
Guidelines - Design de apps (Apple iOS e Google Material Design) 2019
Guidelines - Design de apps (Apple iOS e Google Material Design) 2019Guidelines - Design de apps (Apple iOS e Google Material Design) 2019
Guidelines - Design de apps (Apple iOS e Google Material Design) 2019
Rodrigo Freese Gonzatto
 
Paulo Freire em diálogo com Álvaro Vieira Pinto: a conscientização frente à q...
Paulo Freire em diálogo com Álvaro Vieira Pinto: a conscientização frente à q...Paulo Freire em diálogo com Álvaro Vieira Pinto: a conscientização frente à q...
Paulo Freire em diálogo com Álvaro Vieira Pinto: a conscientização frente à q...
Rodrigo Freese Gonzatto
 
Diagrama de afinidades
Diagrama de afinidadesDiagrama de afinidades
Diagrama de afinidades
Rodrigo Freese Gonzatto
 
Produzir nossa própria existência: Reflexões para a produção em/sobre Álvaro ...
Produzir nossa própria existência: Reflexões para a produção em/sobre Álvaro ...Produzir nossa própria existência: Reflexões para a produção em/sobre Álvaro ...
Produzir nossa própria existência: Reflexões para a produção em/sobre Álvaro ...
Rodrigo Freese Gonzatto
 
Desenvolvimento de coleção de REA sobre o conceito de amanualidade em Design ...
Desenvolvimento de coleção de REA sobre o conceito de amanualidade em Design ...Desenvolvimento de coleção de REA sobre o conceito de amanualidade em Design ...
Desenvolvimento de coleção de REA sobre o conceito de amanualidade em Design ...
Rodrigo Freese Gonzatto
 
Usuários e Produção da Existência: contribuições de Álvaro Vieira Pinto e Pau...
Usuários e Produção da Existência: contribuições de Álvaro Vieira Pinto e Pau...Usuários e Produção da Existência: contribuições de Álvaro Vieira Pinto e Pau...
Usuários e Produção da Existência: contribuições de Álvaro Vieira Pinto e Pau...
Rodrigo Freese Gonzatto
 
Design de Moda e Design Digital: o corpo como fulcro do projeto
Design de Moda e Design Digital: o corpo como fulcro do projetoDesign de Moda e Design Digital: o corpo como fulcro do projeto
Design de Moda e Design Digital: o corpo como fulcro do projeto
Rodrigo Freese Gonzatto
 
Interação, tecnologia e produção da existência em álvaro vieira pinto
Interação, tecnologia e produção da existência em álvaro vieira pintoInteração, tecnologia e produção da existência em álvaro vieira pinto
Interação, tecnologia e produção da existência em álvaro vieira pinto
Rodrigo Freese Gonzatto
 
Sobre o conceito de amanualidade em Simone de Beauvoir e Vieira Pinto a parti...
Sobre o conceito de amanualidade em Simone de Beauvoir e Vieira Pinto a parti...Sobre o conceito de amanualidade em Simone de Beauvoir e Vieira Pinto a parti...
Sobre o conceito de amanualidade em Simone de Beauvoir e Vieira Pinto a parti...
Rodrigo Freese Gonzatto
 
Projetando interações opressivas e libertárias com o corpo inteiro
Projetando interações opressivas e libertárias com o corpo inteiroProjetando interações opressivas e libertárias com o corpo inteiro
Projetando interações opressivas e libertárias com o corpo inteiro
Rodrigo Freese Gonzatto
 
Projetando interações com vídeo
Projetando interações com vídeoProjetando interações com vídeo
Projetando interações com vídeo
Rodrigo Freese Gonzatto
 
Conceito de Técnica e Tecnologia [em Álvaro Vieira Pinto]
Conceito de Técnica e Tecnologia [em Álvaro Vieira Pinto]Conceito de Técnica e Tecnologia [em Álvaro Vieira Pinto]
Conceito de Técnica e Tecnologia [em Álvaro Vieira Pinto]
Rodrigo Freese Gonzatto
 
Música e Tecnologia
Música e TecnologiaMúsica e Tecnologia
Música e Tecnologia
Rodrigo Freese Gonzatto
 
Comida e Tecnologia
Comida e TecnologiaComida e Tecnologia
Comida e Tecnologia
Rodrigo Freese Gonzatto
 

Mais de Rodrigo Freese Gonzatto (20)

Consciência ingênua e crítica em Vieira Pinto e Paulo Freire [atualizado]
Consciência ingênua e crítica em Vieira Pinto e Paulo Freire [atualizado]Consciência ingênua e crítica em Vieira Pinto e Paulo Freire [atualizado]
Consciência ingênua e crítica em Vieira Pinto e Paulo Freire [atualizado]
 
Porque "usuários" prospectam futuros?
Porque "usuários" prospectam futuros?Porque "usuários" prospectam futuros?
Porque "usuários" prospectam futuros?
 
Fluxogramas
FluxogramasFluxogramas
Fluxogramas
 
Usuários e designers: quem é quem no codesign?
Usuários e designers: quem é quem no codesign?Usuários e designers: quem é quem no codesign?
Usuários e designers: quem é quem no codesign?
 
Ler imagens (Gestalt e composição para Design de Interfaces)
Ler imagens (Gestalt e composição para Design de Interfaces)Ler imagens (Gestalt e composição para Design de Interfaces)
Ler imagens (Gestalt e composição para Design de Interfaces)
 
Brainstorming: técnicas e abordagens em grupos
Brainstorming: técnicas e abordagens em gruposBrainstorming: técnicas e abordagens em grupos
Brainstorming: técnicas e abordagens em grupos
 
Guidelines - Design de apps (Apple iOS e Google Material Design) 2019
Guidelines - Design de apps (Apple iOS e Google Material Design) 2019Guidelines - Design de apps (Apple iOS e Google Material Design) 2019
Guidelines - Design de apps (Apple iOS e Google Material Design) 2019
 
Paulo Freire em diálogo com Álvaro Vieira Pinto: a conscientização frente à q...
Paulo Freire em diálogo com Álvaro Vieira Pinto: a conscientização frente à q...Paulo Freire em diálogo com Álvaro Vieira Pinto: a conscientização frente à q...
Paulo Freire em diálogo com Álvaro Vieira Pinto: a conscientização frente à q...
 
Diagrama de afinidades
Diagrama de afinidadesDiagrama de afinidades
Diagrama de afinidades
 
Produzir nossa própria existência: Reflexões para a produção em/sobre Álvaro ...
Produzir nossa própria existência: Reflexões para a produção em/sobre Álvaro ...Produzir nossa própria existência: Reflexões para a produção em/sobre Álvaro ...
Produzir nossa própria existência: Reflexões para a produção em/sobre Álvaro ...
 
Desenvolvimento de coleção de REA sobre o conceito de amanualidade em Design ...
Desenvolvimento de coleção de REA sobre o conceito de amanualidade em Design ...Desenvolvimento de coleção de REA sobre o conceito de amanualidade em Design ...
Desenvolvimento de coleção de REA sobre o conceito de amanualidade em Design ...
 
Usuários e Produção da Existência: contribuições de Álvaro Vieira Pinto e Pau...
Usuários e Produção da Existência: contribuições de Álvaro Vieira Pinto e Pau...Usuários e Produção da Existência: contribuições de Álvaro Vieira Pinto e Pau...
Usuários e Produção da Existência: contribuições de Álvaro Vieira Pinto e Pau...
 
Design de Moda e Design Digital: o corpo como fulcro do projeto
Design de Moda e Design Digital: o corpo como fulcro do projetoDesign de Moda e Design Digital: o corpo como fulcro do projeto
Design de Moda e Design Digital: o corpo como fulcro do projeto
 
Interação, tecnologia e produção da existência em álvaro vieira pinto
Interação, tecnologia e produção da existência em álvaro vieira pintoInteração, tecnologia e produção da existência em álvaro vieira pinto
Interação, tecnologia e produção da existência em álvaro vieira pinto
 
Sobre o conceito de amanualidade em Simone de Beauvoir e Vieira Pinto a parti...
Sobre o conceito de amanualidade em Simone de Beauvoir e Vieira Pinto a parti...Sobre o conceito de amanualidade em Simone de Beauvoir e Vieira Pinto a parti...
Sobre o conceito de amanualidade em Simone de Beauvoir e Vieira Pinto a parti...
 
Projetando interações opressivas e libertárias com o corpo inteiro
Projetando interações opressivas e libertárias com o corpo inteiroProjetando interações opressivas e libertárias com o corpo inteiro
Projetando interações opressivas e libertárias com o corpo inteiro
 
Projetando interações com vídeo
Projetando interações com vídeoProjetando interações com vídeo
Projetando interações com vídeo
 
Conceito de Técnica e Tecnologia [em Álvaro Vieira Pinto]
Conceito de Técnica e Tecnologia [em Álvaro Vieira Pinto]Conceito de Técnica e Tecnologia [em Álvaro Vieira Pinto]
Conceito de Técnica e Tecnologia [em Álvaro Vieira Pinto]
 
Música e Tecnologia
Música e TecnologiaMúsica e Tecnologia
Música e Tecnologia
 
Comida e Tecnologia
Comida e TecnologiaComida e Tecnologia
Comida e Tecnologia
 

Long Form Journalism (Jornalismo Formato Longo)

  • 1. Long Form Journalism “Jornalismo Forma Longa” ou “Jornalismo de formato longo” Rodrigo Freese Gonzatto
  • 2. Questões iniciais • Existe espaço, online, para textos (narrativas) longas? • Ninguém tem tempo para ler textos com 5.000 palavras em um web browser? Menos ainda, se tiver que pagar para isso. [referência] • Como reunir conteúdo multimídia (som, vídeo, texto, imagem, etc) em um formato interessante para o/a leitor/a? • Como o jornalismo digital pode se diferenciar do impresso, explorando as características do digital, sem perder critérios que inspiram credibilidade, apuração de informações, etc? • Como trazer mais qualidade ao jornalismo digital e interativo?
  • 3. Long form Journalism • É um formato para narrativas jornalísticas em meios digitais • Começou a ser discutido em 2012 e seu uso tem crescido • Possui narrativa linear, não-ficcional, extensa, aprofundada e de qualidade sobre uma série delimitada de questões a respeito de único tema • Conteúdo duradouro (“não-perecível”), relevante em seu lançamento • Muito conteúdo multimídia junto ao texto (imagem, vídeo, áudio e interação) mas com uso e aplicação pontuais
  • 4. Mercado 2012: Business Insider acaba de juntar 18 milhões para investir em 'long-form journalism', o mesmo caminho que está a seguir o BuzzFeed, depois de anunciar um valor recorde de tráfego na ordem dos 85 milhões de visitante [referência]
  • 5. Impacto do formato e perspectivas “... the value of in-depth reporting, saying that no matter the means of distribution, there is a human hunger for “deep information, real examination, and the kind of reporting that takes time.” This hunger is more quickly satisfied with the web, making distribution a cinch and gathering pieces of interest seamless.” [referência] ‘ “We thought,” Ratliff said,“‘why don’t we try doing these pieces individually?’” And this new way of presenting lengthy, quality writing offered a unique opportunity to package stories visually for a digital audience.’ [referência]
  • 6. Exemplo: NSA Files, The Guardian http://www.theguardian.com/world/the-nsa-files
  • 7. Contexto: NSA Files, The Guardian http://www.theguardian.com/world/the-nsa-files • Além da mídia em long form, para tratar do assunto o The Guardian possui uma página exclusiva de desdobramentos e novas informações sobre o tema: http:// www.theguardian.com /world/the-nsa-files
  • 8. Características do conteúdo em long form • Conteúdo: só o necessário, mas muito do necessário • Evitar especulações: informar apenas do que se tem conhecimento • Intense fact check • Mídia adequada para um consumo lento e atento [MIT Comparative Media Studies]
  • 9. Características do design formato longo • Design: Cuidado com o design da página (website) e consistência dos elementos: o tratamento de todos os elementos (fotos, imagens, ilustrações, vídeos, texto, tipografia, etc) é projetado para integrar de forma harmônica com a página e todos os elementos
  • 10. • Foco: Evitar qualquer elemento que distraia ou desvie o leitor ou leitora da narrativa
  • 11. • Acessibilidade: Permite navegação em diversos dispositivos (responsivo a diferentes tamanhos de tela)
  • 12. Características do design formato longo • Usabilidade: Elementos interativos devem ser rapidamente compreendidos (necessita pouca ou nenhuma explicação) e ageis para utilizar (poucos cliques) “The modern computer is packed with distractions. (...) Every few minutes, something beeps or pops up (...) Long- form content requires attentive reading, and attentive reading requires a distraction-free environment.You need to pull people away from their computers.” [referência]
  • 13. Contexto histórico da origem do formato • contexto tecnológico: internet + rápida permitiu o formato de uma página única com vários elementos. antes, com internet lenta, o conteúdo era produzido fragmentado para acesso mais rápido • contexto tecnológico: tendência de "Slow consuming of media", possivelmente estimulada pela busca e oferta de novos dispositivos para consumo de mídia digital, como tablets • referências no jornalismo: grandes reportagens, Livro- reportagem, New Journalism, Jornalismo literário (ou literatura não-ficcional, literatura de realidade, jornalismo em profundidade)
  • 14. Origens do formato Elementos para discussão da evolução do formato: • Página de notícias de Portais • Sites com plugin para “News” • Blogs • Art directed blogs / posts / articles • One Page Sites • Multimedia Stories • “Snow Fall” (Long form Journalism)
  • 15. Exemplo de página de notícias de Portais estadão
  • 16. Exemplo de página de notícias de Portais folha de são paulo
  • 17. storymattersExemplos de Art directed blogs / posts / articles
  • 18. Exemplo de long form: Snow Fall, New York Times http://www.nytimes.com/projects/2012/snow-fall/
  • 19. • In 2012, 33 articles of more than 4,000 words originated on the front page. [do NewYork Times] (Six of those were in December.) That’s up – a lot – from 16 the previous year; 21 in 2010; and 23 in 2009. [referência] Contexto: Snow Fall, New York Times
  • 20. Outros exemplos • Firestorm,The Guardian http://www.theguardian.com/world/ interactive/2013/may/26/firestorm-bushfire-dunalley-holmes-family • Daft Punk, Pitchfork http://pitchfork.com/features/cover-story/ reader/daft-punk/ • Diversos materiais em long form da Sports Illustrated http:// sportsillustrated.cnn.com/longform/ • Diversos materiais em long form da Pitchfork http:// pitchfork.com/features/cover-story/
  • 21. Outros exemplos (Brasil) • A última foto, Zero Hora http://www.clicrbs.com.br/sites/swf/zh_santamaria_1ano/ aultimafoto.html • Erva-mate: o ouro verde do Paraná, Gazeta do Povo http://www.gazetadopovo.com.br/vidaecidadania/especial-erva- mate/ • A Batalha de Belo Monte, Folha de São Paulo http://www.folha.com/belomonte • O Golpe a Ditadura Militar, Folha de São Paulo http://arte.folha.uol.com.br/especiais/2014/03/23/o-golpe-e-a- ditadura-militar/
  • 22. Sites de curadoria de Long form Journalism Sites que agregam referências de conteúdos em long form: • Longform.org http://longform.org/ • Longreads.com http://longreads.com/
  • 23. Prós • Atrai interesse e atenção: o cuidado global oferecido o torna um produto agradável de ser consumido • Abre espaço para criatividade e experimentação • O design pode se adaptar ao conteúdo, e não o conteúdo restringido pelo design Contras • Torna mais demorado (e caro) o processo de lançamento/ publicação • Exige diversos profissionais envolvidos no desenvolvimento, com diversas habilidades • Irrepetível (não se pode reutilizar o design) Apesar de diluir o custo de distribuição (típico do impresso) o volume de leitores/acessos justifica todo o trabalho para publicar neste formato?
  • 24. O que não é Long form Journalism? Não é só uma questão de tamanho de texto... não é long form journalism: • Notícias longas em Portais Mas também não é uma questão de ter um design exclusivo e único. não é long form journalism: • Blogs com textos art-directed
  • 25. O que não é Long form Journalism? Proposta para análise: • 'How americans die', Bloomberg Narrativa em formato de slides com uma seqüência de visualização de dados. Gráficos criados a partir de grandes bases de dados.
  • 26. O que não é Long form Journalism? • Novos formatos de blog, por si só (ex.: Medium) Possui narrativas que não são necessariamente jornalísticas. Seu design valoriza o texto e estimula leitura. Entretanto, a identidade do site é forte e consistente, fazendo com que cada textos não sejam único na relação design x conteúdo.
  • 27. Objetivo do projeto Desenvolver mídia em formato long form. Etapas do projeto 1. Estudo do formato ‘long form’ (repertório) 2. Planejamento 3. Projeto / Design 4. Produção