1
CENTRO EDUCACIONAL ANHAGUERA-UNIDERP
Centro de Educação a Distância
Ciências Contábeis – 3° Semestre
Tutor Presencial - ...
2
DESAFIO DAS FERRAMENTAS DE GESTÃO
Este desafio é importante para que ampliemos nosso conhecimento sobre as
tecnologias e...
3
SUMÁRIO
Introdução.........................................................................................................
4
INTRODUÇÃO
Esse trabalho caracteriza-se por um conjunto de situações e circunstâncias corriqueiras
no dia a dia de uma e...
5
APRESENTAÇÃO E HISTÓRICO DA EMPRESA
Razão Social: Indústria e Comércio Mafferson LTDA.
Nome Fantasia: Dopping
Ramo de ne...
6
em 1986, a Mafferson Jeans, que em curto espaço de tempo ganha o reconhecimento do
mercado, tendo seu jeans como referên...
7
Mudança Organizacional:
Mudança implica ruptura, transformação, perturbação, interrupção, reestruturação em
uma organiza...
8
estávinculado à condição humana, pois considera-se que as ideias, as opiniões e os
problemas que nascem nas relações int...
9
DESAFIOS PARA O GESTOR CONTEPORÂNEO
Como preparar uma empresa para mudanças: É importante que as organizações
percebam q...
10
Visão do Gestor: Na visão do gestor que foi entrevistado ele relata que um gestor
organizacional possui muitos papeis e...
11
Desvantagem: A empresa que contrata os serviços não consegue acompanhar a produção das
mercadorias passo a passo, dessa...
12
- Características: Ter o foco nos processos que agregam valor. Ser uma empresa bem
sucedida não significa que não preci...
13
com o aprendizado contínuo que ela oferece e a possibilidade de se discutir as várias
opiniões relativas aos objetivos ...
14
Frequentemente usado em pequenas organizações, a estrutura horizontal representa a
crença de que envolvendo empregados ...
15
- Vantagens: É capaz de criar valor organizacional no futuro, isso significa que talentos
precisam ser mantidos e desen...
16
empresa, execução da visão e missão da organização em curto espaço de tempo, planos,
projetos e implementações de outra...
17
talentos e implementação de tecnologias mais modernas. Podemos dizer que a postura
optada pela organização em implantar...
18
competição no trabalho ou mesmo por discriminação sujeitam o colega a situações vexatórias
e às torturas psicológicas, ...
19
sua superioridade hierárquica ou de sua ascendência sobre alguém, em razão de emprego,
cargo ou função, passa a importu...
20
CONSIDERAÇÕESFINAIS
Procuramos mostrar nesse trabalho que o alcance e a sustentação da competitividade
internacional da...
21
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
Disponível em: http://www.portal-gestao.com/gestao/item/2462-o-papel-do-gestor.html
Disponív...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Atps gestão

1.013 visualizações

Publicada em

Trabalho de gestao

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.013
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
24
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Atps gestão

  1. 1. 1 CENTRO EDUCACIONAL ANHAGUERA-UNIDERP Centro de Educação a Distância Ciências Contábeis – 3° Semestre Tutor Presencial - Vanessa Scarpari Professorà distância – Renato Torres Acadêmicos/as: JOELMA DUARTE FELICIANO – RA 8139750296 FERNANDA EDUARDO CANDINHO LAURINDO – RA 411604 TATIANE CARVALHO RAMOS – RA 8324778807 MARCELO DE OLIVEIRA EUGENIO – RA 7983724828 ANDRÉ HERCÍLIO DA SILVA NETO – RA 411822 TECNOLOGIA DE GESTÃO Criciúma, maio de 2014
  2. 2. 2 DESAFIO DAS FERRAMENTAS DE GESTÃO Este desafio é importante para que ampliemos nosso conhecimento sobre as tecnologias e ferramentas de gestão disponíveis na atualidade. Esperamos que agregue muito em nossa formação profissional e traga uma visão aprofundada e ampla sobre cada um dos temas abordados no decorrer deste, nos ajudando em nosso futuro, e no futuro da organização em qual trabalhamos.
  3. 3. 3 SUMÁRIO Introdução..........................................................................................................04 Apresentação e Histórico da Empresa...............................................................05 Missão e Valores................................................................................................05 Mudança Organizacional....................................................................................07 Paradigmas e Quebra de Paradigmas..................................................................07 Desafio para o Gestor Contemporâneo...............................................................09 Gestão de Qualidade Total..................................................................................10 Terceirização.......................................................................................................10 Tecnologias de Gestão.........................................................................................11 Aplicação da Tecnologia de Gestão na Empresa.................................................15 Atividade Sócio Ambiental..................................................................................17 Assédio Moral e Sexual.......................................................................................17 Considerações finais............................................................................................20 Referências Bibliográficas...................................................................................21
  4. 4. 4 INTRODUÇÃO Esse trabalho caracteriza-se por um conjunto de situações e circunstâncias corriqueiras no dia a dia de uma empresa e o seu principal alvo é o desenvolvimento das Tecnologias de Gestão que são as principais ferramentas que uma organização utiliza para seu planejamento, estratégias e objetivos. Ele nos ensina como conhecer toda a organização de uma empresa quanto a excelência do trabalho, nos mostra todas as tecnologias necessárias para uma gestão de qualidade, como uma empresa se comporta, seus princípios, missões, metas, visão, projetos internos ou socioambientais, saúde do trabalho, a relação da empresa, funcionários e sociedade. A importância de um sistema de gestão moderno e o impacto que isso traz para a empresa e funcionários.
  5. 5. 5 APRESENTAÇÃO E HISTÓRICO DA EMPRESA Razão Social: Indústria e Comércio Mafferson LTDA. Nome Fantasia: Dopping Ramo de negócio: Confecções Atividade Relevante: Confecção de jeans wear Endereço: Rodovia SC 444- KM Bairro: Laranjinha Cidade: Criciúma- SC Diretor da empresa: Jefferson Zappeline Porte: uma empresa de médio a grande porte Missão: Desenvolver, produzir e comercializar produtos de excelente qualidade e valor no segmento de moda, utilizando a melhor tecnologia disponível, gerando lucro justo para os investidores, mantendo senso de responsabilidade social e ambiental privilegiando nossos clientes, colaboradores e fornecedores. Valores: Com o foco no cliente e uma filosofia humanística, a Mafferson pretende crescer cada vez mais, ampliando suas vendas e trazendo consigo todas as pessoas que se comprometem em colocar esta empresa entre as melhores do Brasil no segmento da moda. A Mafferson acredita que:  Respeito ao cliente;  Ética na condução do negócio;  Respeito ao meio ambiente;  Proporcionar aos colaboradores condições de vida digna;  Manter ambiente de respeito e cordialidade e;  Investir em tecnologia de informação É a chave para o sucesso! A Indústria e Comércio Maffersonfoi fundada em 13 de março de 1970, em Criciúma. Inicialmente voltada à produção de malharia e blusas de lã. A Mafferson inicia seu bem- fundamentado projeto e sonho de produzir e desenvolver jeans no começo dos anos 80. Inspirada na trajetória dessa peça, que hoje é a mais democrática do guarda-roupa, a Mafferson através de investimentos em tecnologia e na capacitação de seus colaboradores, rapidamente conquista espaço e destaque no promissor mercado da moda. Nasceu assim,
  6. 6. 6 em 1986, a Mafferson Jeans, que em curto espaço de tempo ganha o reconhecimento do mercado, tendo seu jeans como referência em conforto, qualidade e durabilidade em todo território nacional. O espírito empreendedor e visionário de seus sócios proporcionou à Mafferson o crescimento de forma ética e a consolidação como empresa madura, dona de personalidade e profissionalismo exemplares. Alicerçada no amadurecimento da Mafferson como indústria, nasce, em 1998, sua primeira marca de moda, a DOPPING. Marca de alma jeans wear altamente competitiva, dona de um estilo jovem, inquieto, contemporâneo, urbano e casual. Que logo conquista com surpreendente velocidade seu espaço no mercado de moda nacional, junto a um público jovem exigente e bem informado. De forma sólida e consistente, na busca incansável pelo aperfeiçoamento e melhorias em seus produtos e processos, a Mafferson novamente recebe o reconhecimento do mercado, consagrando-se como uma das melhores empresas do setor têxtil nacional. Reconhecimento este percebido pelo expressivo número de parcerias e contratos firmados com grandes marcas de moda no sistema Private Label. Inovação, qualidade e princípios éticos fazem hoje da Mafferson uma empresa forte, moderna e versátil que atesta sua qualidade e competência por meio de seus clientes ativos da marca Dopping em todo território nacional, atendidos por representantes comerciais e marcas parceiras no sistema Private Label. Com foco no cliente e filosofia humanística, a Mafferson alavanca seu crescimento e amplia sua participação no mercado, trazendo consigo todas as pessoas comprometidas em fazer desta, a melhor empresa de moda e jeans do país. O motivo de ter escolhido essa empresa para fazer a ATPS foi por ela se estar passando por um processo de mudança organizacional atualmente e também porque um dos membros da equipe: Tatiane Carvalho Ramos, é funcionário da mesma, trabalha lá a mais de seis anos no setor de contabilidade como assistente contábil.
  7. 7. 7 Mudança Organizacional: Mudança implica ruptura, transformação, perturbação, interrupção, reestruturação em uma organização, um processo de modificar o que já existe. Geralmente essa mudança consiste numa reorganização fundamental e drástica na maneira de operar. É necessário de um tempo para adaptação a essas mudanças, o mundo muda a cada instante, mais toda mudança envolve algum tipo de perda, sendo comum enxergar mudanças como sendo um perigo ou ameaça. Obriga as organizações a fazer inovações sempre em seus produtos ou marcas para adaptar-se às novas necessidades, ficarem atentas a novas demandas e aos avanços tecnológicos, mais também as ações empresariais com transparência e responsabilidade. A liderança pode fazer uma grande diferença e sua importância está se intensificando no que se refere ao sucesso organizacional. Muitas organizações ainda conhecem pouco sobre as qualidades e a prática de uma liderança organizacional eficiente e do gerenciamento de mudanças. Os principais benefícios de uma mudança organizacional positiva são:  Visão focalizada;  Crescimento profissional;  Resultado de negócios mensuráveis;  Foco mais nítido no cliente e colegas de trabalho;  Novas formas de pensar, perceber e desempenhar. Paradigma: O termo Paradigma serve para indicar teoria, modelos e padrões, que serve como exemplo, pois faz com que as pessoas possam ter uma visão mais ampla, ou seja, as pessoas aprendem como lidar em situações adversas, ajudando a empresa a sair de situações desagradáveis. Na atualidade, o termo Paradigma tem sido usado com frequência em diversas áreas de conhecimento: educação, economia, política, religião, estética entre outras. Na década de 60, foi utilizado pelo físico Thomas Kuhn para mostrar para o mundo científico que leis, teorias e modelos aceitos pela prática científica são exemplos de Paradigmas que podem sofrer mudanças. O Paradigma também é conceituado como um conjunto de pressuposições que por meio do qual é possível predizer e compreender as mudanças que vem ocorrendo no mundo e lidar com a quantidade de informações produzidas e transmitidas entre os continentes a uma velocidade impressionante. Outro conceito de Paradigma está atrelado a ideia de regras, normas e regulamentos que interferem no modo de vida das pessoas. Nessa visão, o conceito de Paradigma
  8. 8. 8 estávinculado à condição humana, pois considera-se que as ideias, as opiniões e os problemas que nascem nas relações interpessoais possibilitam o surgimento de um Paradigma. Quebra de Paradigma: No passado, a estrutura organizacional seguia um modelo definido, hoje, as organizações estão bem mais flexíveis, em razão da quebra desses paradigmas, seus colaboradores e líderes se relacionam e planejam, definem metas, incentivam e se necessário, corrigem e se organizam em busca de resultados. Atuam mais em equipe do que individualmente, adquirem personalidade, as normas e valores nortearão as atividades e o desenvolvimento dos indivíduos que se conheçam e saibam qual o objetivo do trabalho. Nos dias atuais as tecnologias e os conceitos vêm sendo substituídos de maneira muito rápida e caberá aos indivíduos acompanhar essas mudanças. A Quebra de Paradigma está presente no contexto atual como forma de orientar aqueles que precisam de limites e padrões pré-estabelecidos. Os executivos vêm à substituição de paradigmas com grande importância, como uma forma de evitar a falência das empresas. A Quebra de Paradigmas surgiu com a gestão da qualidade total, com a necessidade de uma revisão na administração das organizações de forma discreta e em longo prazo rompendo modelos burocráticos e centralizadores, requerendo tecnologias de gestão bastante recentes, obtendo-se assim renovação constante.
  9. 9. 9 DESAFIOS PARA O GESTOR CONTEPORÂNEO Como preparar uma empresa para mudanças: É importante que as organizações percebam que o ambiente está em frequente movimento de mudança, pois os Paradigmas possuem aspectos bons e ruins, os gestores devem encontrar um equilíbrio entre os processos para que a mudança ocorra de forma eficaz. Portanto elas devem ter um olhar atento para os seus sistemas e o ambiente em que estão inseridos, a fim de que possam adaptar seus processos e mudar sempre que necessário. Dentro do processo de mudança de uma empresa, existem os líderes de mudança e os agentes de mudança. Os líderes são quem conduzem o processo, mais os agentes são quem, de fato, fazem acontecer. O grande papel do líder é convencer e motivar os funcionários a se transformarem em agentes de mudança, e quanto maior o número de agentes houver dentro de uma empresa maior é a chance das mudanças serem bem sucedidas. As mudanças quando bem feitas, são sempre benéficas. Mas é preciso arriscar, ousar e inovar. É fundamental que as mudanças feitas na empresa passem a fazer parte da cultura dela. Só assim as transformações acontecerão de fato. Definição de Gestor Organizacional: Gestor é um administrador, aquele que gerencia, administra e adotam modelos orientados por princípios, valores expressos na missão e que reflitam a cultura da empresa para administrá-la rumo ao objetivo traçado. É quem organiza, realiza projetos e soluciona problemas, deve ainda ser capaz de planejar estrategicamente, alocar recursos humanos, materiais e naturais de tal forma que viabilize o alcance dos objetivos traçados. Papel de um Gestor Organizacional: O ambiente organizacional é a percepção que os funcionários têm da empresa. É o resultado do conjunto das políticas, sistemas, processos, valores e estilos gerenciais presentes na empresa. O papel do gestor vai muito além de apenas administrar. Podemos afirmar que um gestor é um mediador de atuação, participação e envolvimento, aquele que lidera sendo referência e exemplo através da cumplicidade, da delegação de tarefas, atribuindo responsabilidades compartilhadas num misto de união, confiabilidade na busca de melhorias nas ações realizadas, almejando o cumprimento da missão social. O Gestor que é líder propõe motivações, direciona ações e sobretudo acredita no potencial de sua equipe.
  10. 10. 10 Visão do Gestor: Na visão do gestor que foi entrevistado ele relata que um gestor organizacional possui muitos papeis e tem muitas responsabilidades dentro de uma empresa. Seu principal dever é liderar, direcionar e coordenar pessoas, delegando funções e buscando sempre à melhoria nos resultados de forma equilibrada e organizada. Relata também que o nosso mercado de trabalho muda constantemente, e dessa forma obriga o gestor a atualizar-se para que possa acompanhar as mudanças e agir para se enquadrar nos novos parâmetros de negócio. Gestão da Qualidade Total:Consiste na criação de estratégia organizacional onde os processos são totalmente compreendidos e corretamente realizados. Foi desenvolvido entre as décadas de 1950 e 1980, difundiu-se como o sistema de gestão mais conhecido e utilizado na indústria. Ele é focado nas necessidades dos clientes, além de tornar a qualidade prioridade nas empresas, torna-se um processo de melhoria continua envolvendo todas as áreas das organizações. A Gestão da Qualidade Total não se revela apenas como uma série de atividades, processos e realizações. Tem como base uma política inabalável que exige o cumprimento de acordo com os requisitos claros para os processos, educação e treinamentos contínuos, atenção ao relacionamento e envolvimento da gerencia nas transações. Essa ideia foi em um primeiro momento associado à definição de estar de acordo com as especificações, mais logo o pensamento evolui para a visão de Satisfação dos Clientes. A qualidade total representa a procura da satisfação, não apenas do cliente, mais de todas as entidades componentes da existência da empresa e de sua excelência na organização. Terceirização: É um processo de gestão pelo qual se repassam algumas atividades para terceiros, com as quais se estabelecem uma relação de parceria, ficando a empresa contratante concentrada apenas em tarefas ligadas ao negócio em que atua. A terceirização de mão-de- obra é uma decisão inteligente e que vem sendo adotada pelas maiores empresas. Na empresa em que fiz a entrevista, a Mafferson terceiriza-se praticamente toda a mão-de-obra, ela terceiriza serviços de costura, lavanderia, lixado, bordado, serigrafia e segurança. Na empresa em questão, a Mafferson, ainda não foram terceirizados os serviços de limpeza, mais é algo que já está sendo avaliado para breve contratação. Vantagens: A vantagem dessas terceirizações para a Mafferson é que em um pequeno período de tempo ela consegue produzir milhares de peças para atender a demanda, assim ela não teria mais gastos com a contratação de novos funcionários, aquisição de novos maquinários e equipamentos e espaço físico para alojá-los.
  11. 11. 11 Desvantagem: A empresa que contrata os serviços não consegue acompanhar a produção das mercadorias passo a passo, dessa forma a qualidade do produto pode estar correndo algum risco. Temos também a probabilidade de contratação de uma empresa não qualificada e isso pode nos causar um sério prejuízo financeiro e moral. Tecnologias de Gestão: É de suma importância que nos dias de hoje as organizações se modernizem, visando a competitividade. Dessa forma as empresas terão melhor aproveitamento das oportunidades para o sucesso de seus projetos. Citarei a seguir alguns modelos de tecnologias:  BENCHMARKING: -Conceito: A contínua ação de calcular e comprar serviços, produtos e práticas com as concorrentes mais fortes ou com as empresas reconhecidas como líderes da indústria. - Características: É um processo contínuo de investigação, de aprendizagem com os outros, requer disciplina e é aplicável em qualquer processo. Tem vontade sempre de mudar, tem a noção de que a concorrência está sempre em desenvolvimento constante. Boa vontade para compartilhar as informações com colegas de benchmarking. Espírito aberto para as novas criações, inovações e ideias. - Vantagens: Serve para apontar práticas erradas que comprometem o bom desempenho da organização. Faz com que as empresas superem suas fraquezas facilitando a identificação do que tem que ser mudado na entidade, revelando o que outras empresas já realizaram para garantir a satisfação de seus clientes e, por consequência, assegurando bons indicadores de desempenho. - Aplicações: É uma tecnologia de extrema flexibilidade e aplicável a qualquer segmento e porte de empresa. É uma importante ferramenta estratégica que não só possibilita a comparação da empresa com seus concorrentes identificando as áreas com oportunidades de melhoria e áreas nas quais a empresa se destaca, mais também auxiliam na elaboração de planos de ação para atuar sobre as oportunidades identificada. * REENGENHARIA: - Conceito: Ela propõe que a organização seja reinventada por meio da análise dos processos, buscando fases dispensáveis, baseado na ideia de satisfazer as expectativas dos clientes, para melhorar o desempenho organizacional. É um processo de mudança radical que ocorre na empresa, de forma que todos os processos sejam avaliados, na busca de fases dispensáveis, para poder contribuir com a melhoria do desempenho organizacional como um todo.
  12. 12. 12 - Características: Ter o foco nos processos que agregam valor. Ser uma empresa bem sucedida não significa que não precise da reengenharia, pelo contrário, várias empresas usam a reengenharia para assegurar sua posição dominante no mercado, conseguindo assim, reduzir os seus custos e o tempo de rotatividade de serviços. A conquista de um desempenho inovador é medida nos resultados da empresa. Coordenação das atividades estruturadas em tempo e espaço: sequência lógica na realização das atividades: o objetivo é produzir um bem ou serviço. - Vantagens: Melhor desempenho organizacional por meio de uma proposta mais ampla de seus processos, visionando e corrigindo os pontos fracos de uma empresa baseado na importância dos clientes. Melhor qualidade, aumento de velocidade de produção e redução de custos, proporcionando a possibilidade de se fazer um produto com preço mais baixo onde se torna mais competitivo no mercado. A reengenharia reduz todos os tipos de desperdícios, reestruturando o processo. - Aplicação: Fases dos projetos ou processos, iniciação, planejamento, execução e encerramento. A reengenharia significa fazer uma nova engenharia da estrutura organizacional, uma reconstrução e não apenas uma reforma total ou parcial de uma empresa. Não se trata de fazer reparos rápidos ou mudanças cosméticas na engenharia atual, mais de fazer um desenho organizacional totalmente novo e diferente. . EMPOWERMENT: - Conceito: Consiste em dar poder, autoridade e responsabilidade ás pessoas para torna-las mais ativas e proativas dentro da organização. - Características: É reconhecer o valor dos funcionários e delegar-lhes poder de decisão e responsabilidade no desempenho de suas atividades. Eles reformulam suas transações de trabalho de acordo com suas necessidades. Todos os membros da equipe envolvem-se na definição do problema, implantação da solução e monitoramento sem recorrera gerência. Os funcionários com espírito e motivação de líderes, discutindo e opinando em conjunto com os colegas, sobre como administrar melhor suas tarefas sem precisar o aval de seus superiores. - Vantagens: Um dos maiores benefícios desse método é possibilitar o trabalho em grupo. A empresa deve investir na capacidade da equipe em solucionar os problemas relacionados à qualidade e qualifica-las para que possam verificar os sintomas, estabelecer razões, gerar soluções e fiscalizá-las sem recorrer à gerência. Essa tecnologia produz um incremento na qualidade das decisões pelo fato de seu compartilhamento e das lideranças,
  13. 13. 13 com o aprendizado contínuo que ela oferece e a possibilidade de se discutir as várias opiniões relativas aos objetivos pretendidos. - Aplicação: Para colocá-la em prática é necessário reconhecer que suas essências são as equipes de trabalho auto dirigidas. Essas equipes devem ter autonomia para formular e reformular o processo, ser capaz de intrinsecamente motivadas e sentirem-se responsáveis pela visão, missão, estratégias e valores da empresa. Ser tolerantes a erros, desenvolver confiança, ter visão, fixação de metas, avaliação e motivação. . OPEN-BOOK MANAGEMENT: - Conceito: É uma tecnologia da gestão que surgiu nos anos 80 visando reverter o quadro de fracassos e falências, que tem como finalidade facilitar a geração de uma diferente e nova visão da realidade organizacional, através de uma abordagem de abertura e clareza de informações para os funcionários, proporcionando maior participação e poder decisório dentro do trabalho realizado. - Características: A gestão com livro aberto pode ser definida como uma ferramenta radical, pois é necessária uma inevitável delegação de poderes aumentando o nível de comprometimento e responsabilidade dos funcionários, fazendo com que se sintam importantes dentro da empresa e lutem pela sobrevivência da mesma em prol de preservarem seus empregos. Ela entrega a todos os funcionários da organização uma fatia considerável do sucesso da empresa, causando no funcionário um sentimento mais tangível de sucesso em uma operação. - Vantagens: Podem contribuir com os gestores, desde que estes disseminem uma cultura aberta e que privilegie o inter-relacionamento entre as pessoas. Recompensas de curto e longo prazo, monetários e não monetários individuais e de equipe, orientadas as performances operacionais e financeiras. - Aplicação: Pode ser aplicada dentro de uma instituição, em que após uma análise sobre as vantagens e desvantagens na adoção do modelo em sua organização, verificou-se que a disposição das informações para os seus funcionários irá gerar vantagens que suprem a transparência dessas informações, que em boa parte são confidenciais. Faz com que todos os funcionários conheçam com detalhes a situação da organização, e assim, comprometerem-se com os resultados desejados. . GESTÃO E ORGANIZAÇÃO HORIZONTAL: - Conceito: As empresas que empregam uma estrutura horizontal, também denominada uma estrutura plana, operam com poucos níveis entre gerentes e funcionários.
  14. 14. 14 Frequentemente usado em pequenas organizações, a estrutura horizontal representa a crença de que envolvendo empregados diretamente na supervisão de gestão nos processos de decisão e minimização de funcionários aumenta a produtividade. - Característica: A Gestão Organizacional Horizonta possui estrutura enxuta, ou seja, existe um achatamento da estrutura , reduzindo os níveis hierárquicos existentes nas empresas e ajuda a aproximar os níveis institucionais (de comando), dos níveis operacionais (de execução). Essa ordenação auxilia na redução de ruídos na comunicação entre todos os níveis, agilizando e democratizando os processos de tomada de decisão. - Vantagens: As organizações colocam menos pressão sobre aprovações e permissões e mais ênfase em grupos de funcionários que trabalham juntos. As politicas são mais fáceis e rápidas para implementar nas organizações horizontais. - Aplicação: A hierarquia horizontal permite que os membros de todos os níveis (funcionários e gestores) tenham capacidade para participar e obter um entendimento em primeira mão a respeito da maneira em que as decisões são tomadas. . APRENDIZAGEM ORGANIZACIONAL: - Conceito: É um fenômeno sistêmico nas empresas que permanece independentemente nas pessoas. As organizações não podem ter cérebro, mais são dotados de sistemas cognitivos que elas mesmas desenvolvem e vão sendo impregnados na sua cultura por meio de rotinas ou procedimentos. - Característica:O conhecimento dos empregados é considerado o principal ativo intangível da organização. O reconhecimento explícito do valor econômico do conhecimento. Utiliza a capacidade criativa de seus funcionários. - Vantagens: A aprendizagem organizacional possibilita que os próprios empregados sejam treinados e se formem indutores de novas técnicas de desenvolvimento e otimização de processos de aprendizagem organizacional, levando-se em conta as realidades sociais e culturais dos contextos organizacionais. - Aplicação: As empresas continuamente aplicam ferramentas que facilitam o aprendizado ou mesmo desenvolvem mecanismos de aprendizagem a cada dia. . CAPITAL INTELECTUAL: - Conceito: É o nome dado a toda a informação, transformada em conhecimento que se agrega àqueles que você já possui. - Características: É a soma do conhecimento de todos em uma empresa, a qual lhe proporciona vantagens competitivas.
  15. 15. 15 - Vantagens: É capaz de criar valor organizacional no futuro, isso significa que talentos precisam ser mantidos e desenvolvidos, a cada dia surge uma ideia nova, uma forma de ver diferente, você conhece uma pessoa com um potencial diferenciado que poderá ser mantido e desenvolvido. - Aplicação: É dividido em duas partes, patrimônio visível e ativo intangível, isso facilita o desenvolvimento da gestão. APLICAÇÃO DE UMA NOVA TECNOLOGIA DE GESTÃO NA EMPRESA A Dooping é uma empresa que possui vários tipos de tecnologia, mais também visa à modernidade e melhorias amplas na tecnologia de gestão. Então percebemos que na empresa Dopping está faltando uma ferramenta para inovar e mudar todo o processo de gestão pensamos em oferecer a Dopping a implantação da tecnologia EMPOWERMENT. Essa tecnologia tem como seu principal objetivo transferir para as pessoas o poder, a liberdade e a informação que lhes autorizam tomar decisões e tomar parte ativamente da organização. Nos dias atuais, as organizações utilizam equipes auto dirigidas e sistemas orgânicos de administração, culturas participativas e abertas na tentativa de disseminar e compartilhar o poder entre todos os seus componentes, abdicando do controle centralizado. Essa atitude é viável, promove rapidez. A maior dificuldade para um gestor implantar o EMPOWERMENT é encontrar um individuo com o perfil adequado para assumir essa responsabilidade, pois além de ser fundamental ao profissional a pessoa tem que ser centrada e equilibrada, que ela realmente tenha capacidade para tomar decisões e criar novas estratégicas , é necessário também que possua espírito de liderança, tecnicamente capacitado e, acima de tudo, ser moderado. A importância da implantação do EMPOWERMENT encontra-se diretamente relacionada com a tomada de decisões imediatas e com ampla autonomia, competência e responsabilidade em todos os segmentos. Ao tomar essa decisão, a empresa consente que seus executivos foquem toda a habilidade nas atividades mais críticas e de alta prioridade, dando-lhe oportunidade de crescer com a organização desenvolvendo suas habilidades profissionais e intelectuais. Essa ferramenta possui um conjunto de forças que age simultaneamente para aperfeiçoar as tomadas de decisões, possibilitando maior foco no cliente, minimizar custos, tomadas de decisões mais rápidas, direção focada nas metas e objetivos da
  16. 16. 16 empresa, execução da visão e missão da organização em curto espaço de tempo, planos, projetos e implementações de outras ações, entre outros. O último passo a ser considerado em um projeto de EMPOWERMENT é a motivação. Podemos afirmar que EMPOWERMENT é motivação e motivação é EMPOWERMENT, já que apenas pessoas motivadas são capazes de se comprometer com a missão organizacional, direcionando seus esforços para alcançá-la. A motivação passa necessariamente pelo reconhecimento, reconhecer o trabalho de uma pessoa da organização é um dos fatores que potencializam a motivação e pode ser feito de muitas formas: o pagamento de bons salários, o tratamento ás pessoas da organização com justiça, oferecer oportunidades de crescimento profissional, oferecer atribuições que promovam o aprendizado no emprego, fornecer segurança no emprego, promover a sensação de realização entre as pessoas, isto é, demonstrar o quanto o esforço de cada um foi determinante na gestão plena de processos na direção do sucesso organizacional. Condições para o uso do EMPOWERMENT: 1- Competência e experiência: Contribuições valiosas só podem ser oferecidas à empresa pelos colaboradores que são responsáveis por suas decisões e comprometidos com os objetivos da mesma. 2- Informações necessárias:As informações não podem ficar restritas a um grupo gerencial ou superior hierarquicamente, quando se quer implementar uma nova tecnologia. 3- Recompensa adequada: Tem que haver reconhecimento por parte da empresa que busca o comprometimento e esforço de seus colaboradores quando busca atingir suas metas, caso contrário haverá frustração e desânimo. 4- Conhecimento da missão: A missão organizacional precisa ser conhecida pelos colaboradores da empresa, é necessário saber onde, quando, como e por que das suas decisões para ter os resultados desejados. 5- Tolerância a erros: Uma empresa em que EMPOWERMENT é a palavra de ordem tolera erros de seus funcionários, ela tem que admitir se quer acertos aceita alguns erros sem punição feroz e exemplar para não introduzir o medo. A análise dos erros cometidos leva as correções necessárias. Concluímos que este modelo eficiente, mais simples, melhora a qualidade dos procedimentos e atitudes, rapidez na execução das ações, oportunidade a novos
  17. 17. 17 talentos e implementação de tecnologias mais modernas. Podemos dizer que a postura optada pela organização em implantar o EMPOWERMENT, possibilita as equipes se gerenciarem aumentando sua autoconfiança, proporcionada pela perspectiva de poderem atingir objetivos e superar metas, melhorando o ambiente de trabalho. PROGRAMAS DE ATIVIDADES SOCIO AMBIENTAL O modelo de gestão adotado pela Mafferson tem em um de seus pilares o comprometimento social, respeitando suas especificações, orientam seu trabalho para contribuir com uma sociedade mais igual e um mercado de atacado mais consciente da importância do exercício da responsabilidade social. Nessa empresa trabalha-se com alguns projetos, tais como: - Consumo consciente; - Campanhas de doações; - Educação (Creche Costurando o futuro); - Preservação Ambiental (tratamento de afluentes); - Excelência no atendimento; - Inclusão Social; - Saúde (vacinação contra a gripe); - Inserção da Responsabilidade Social na Gestão; - Valorização da Diversidade; PROBLEMAS CAUSADOS PELO ASSÉDIO MORAL E ASSÉDIO SEXUAL NO AMBIENTE DE TRABALHO ASSÉDIO MORAL: É a exposição do trabalhador a situações humilhantes e constrangedoras, repetidas e prolongadas durante a jornada de trabalho. É toda e qualquer conduta abusiva, manifestando-se, sobretudo, por comportamentos, palavras, gestos, escritos que possam trazer dano a personalidade, a dignidade ou a integridade física ou psíquica de uma pessoa, por em perigo seu emprego ou degradar o ambiente de trabalho. O assédio moral caracteriza-se por uma conduta abusiva, a qual pode partir do próprio empregador que se valendo de seu poder hierárquico humilha ou constrange seus empregados, como também pode partir dos demais empregados, os quais por motivo de
  18. 18. 18 competição no trabalho ou mesmo por discriminação sujeitam o colega a situações vexatórias e às torturas psicológicas, comprometendo a saúde física e mental do individuo. O assédio moral pode externar-se através de variadas práticas, como por exemplo, críticas em público, ameaças, exigência de tarefas degradantes ou impossíveis de se alcançar, rigor excessivo, inatividade forçada, exposição ao ridículo, divulgação de doenças de forma direta ou publica, divulgação de questões pessoais, ironias, indiferença à presença do individuo, disputa de cargos, indução ou sugestão a pedido de demissão, etc. A violência moral ocasiona desordens emocionais, atinge a dignidade e identidade da pessoa, altera valores, causa danos psíquicos (mentais), interfere negativamente na saúde e na qualidade de vida, podendo até levar à morte. O assédio moral inevitavelmente instala um clima desfavorável na empresa, de tensão, de apreensão, de competição, e isso pode acarretar: - Queda da produtividade; - Alteração na qualidade do serviço/produto; - Menor eficiência; - Absenteísmo físico aumenta; - Doenças profissionais; - Acidentes de trabalho; - Danos dos equipamentos; - Alta rotatividade da mão-de-obra, gerando aumento de despesas com rescisões contratuais, seleção e treinamento de pessoal; - Aumento de demandas trabalhistas com pedidos de reparação por danos Moraes; - Mais retrabalho; Aos olhos da sociedade, do consumidor e do próprio mercado de trabalho a empresa fica com uma má reputação. Um ambiente sadio é fruto das pessoas que nele estão inseridas, do relacionamento pessoal, do entrosamento, da motivação e da união de forças em prol de um objetivo comum: a realização do trabalho. Com isso podemos afirmar que a qualidade do ambiente de trabalho, sob o aspecto pessoal, além de relacionamentos meramente produtivos, exige a integração entre todos. ASSÉDIO SEXUAL: É uma variação do assédio moral porque configuram como pressões de uma hierarquia onde a autoridade quer obter favores sexuais. Também são consideradas como assédio sexual as insinuações, as piadas, comentários, exibição de materiais pornográficos. “Assédio sexual é a chantagem de superior hierárquico contra uma subordinada com o intuito de receber favores sexuais” (CALIL, 1999). “A conduta do agente que, prevalecendo-se de
  19. 19. 19 sua superioridade hierárquica ou de sua ascendência sobre alguém, em razão de emprego, cargo ou função, passa a importunar essa pessoa, solicitando a pratica de qualquer ato libidinoso, não requerido pelo assediado” (PRADO 2002). Quando estamos em nosso ambiente de trabalho, trazemos toda nossa vivencia e toda a nossa bagagem emocional, todos nós temos uma história de vida, e o que mais enfraquece uma organização e quando seus executivos e diretores não conseguem diferenciar certas atitudes por se acharem superiores fazem o que bem intenderem, fazem de seus traumas passados algo que pode mudar dentro da organização usando o seu poder ou a sua força. Dessa forma, quando falamos em assédio moral e assédio sexual costumamos falar que é mais parte da psicologia do que do direito propriamente dito, muitos autores usam a psicologia para explicar o porquê do assédio dentro dos locais de trabalho.
  20. 20. 20 CONSIDERAÇÕESFINAIS Procuramos mostrar nesse trabalho que o alcance e a sustentação da competitividade internacional das empresas dependem e muito da ação gerencial comprometida com constantes mudanças técnicas e organizacionais inseridas em suas tecnologias de gestão. Para isso, são enfocados subsídios a implantar tais mudanças, especialmente as organizacionais, obtendo êxito na transformação e adequação da empresa diante de conceitos que foram dados. Podemos perceber ao concluir esse trabalho que a modernidade e o sistema usado dentro de uma organização podem e muito mudar o cotidiano de seus colaboradores. A mudança de hábitos dentro de uma entidade pode influenciar nos seus resultados, as empresas têm buscado colocar qualidade de vida, valorizando seus funcionários, tanto no aspecto profissional como no pessoal, pensando sempre na satisfação não só dos gestores, mais também de funcionários e consumidores (clientes). A descentralização de alguns serviços por meio de terceirização, suas vantagens e desvantagens. Tecnologias implantadas para melhor desempenho da empresa, cada uma possuindo características, conceito, vantagens e aplicações próprias. Consolidação da sua marca perante a sociedade. E a importância da segurança do trabalho dentro de uma empresa no combate ao assédio moral e sexual e principalmente a responsabilidade social.
  21. 21. 21 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS Disponível em: http://www.portal-gestao.com/gestao/item/2462-o-papel-do-gestor.html Disponível em: http://reflexos2006.blogspot.com/2005/12/quebra-de-paradigmas.html Disponível em: PLT de Tecnologias e Ferramentas de Gestão. Disponível em: http://www.assediomoral.org/IMG/pdf/assedio_moral_no_trabalho_no_ambiente_de_trabalho .pdf Disponível em: Franco, Décio H., Rodrigues, Edna de A., Ca zela, Moisés Miguel, PLT 148 da Faculdade Anhanguera.

×