O USO DA FERRAMENTA
“CHAT” COMO
OPORTUNIDADE DE LEITURA E
ESCRITA EM LÍNGUA
PORTUGUESA PARA CRIANÇAS
SURDAS
Escola Municipal José Maria dos Mares Guia
Belo Horizonte
Um grande desafio na educação de
crianças surdas é motivá-las ao uso da Língua
portuguesa. Os surdos são usuários da Libra...
Para esse grupo, a Língua Portuguesa é
estudada numa perspectiva de L2 (Segunda
Língua), já que a Libras é a Língua matern...
No projeto apresentado num primeiro
momento, o objetivo era utilizar a ferramenta de chat
do Facebook como uma oportunidad...
O projeto aconteceria na sala de informática
da escola, mas isso não foi possível, pois ao
retornarmos do período de féria...
A alternativa encontrada para realização da
atividade foi fazer em sala de aula, o que é feito nos
chats da internet.
Os a...
Num primeiro momento a atividade foi
realizada no quadro da sala de aula e posteriormente
os alunos, em duplas, estabelece...
Parte 1
http://www.youtube.com/watch?v=WyxfKI68ze0
Parte 2
http://www.youtube.com/watch?v=ZZPwJg8kBDE
Parte 3
http://www.youtube.com/watch?v=RD22_W86VjI
Chat
Eliza e Iago
CHAT:
Eliza e Yasmin
CHAT
Grazielle e Iago
CHAT
Grazielle e Yasmin
A atividade desenvolvida já apresentou
resultados. Os alunos já começaram a utilizar o
vocabulário que foi estudado durant...
Pelo bom resultado apresentado em apenas
duas aulas, o projeto terá continuidade. Algumas
mudanças seriam testadas, como o...
O Uso do chat como oportunidade de leitura e escrita em Língua portuguesa para surdos
O Uso do chat como oportunidade de leitura e escrita em Língua portuguesa para surdos
O Uso do chat como oportunidade de leitura e escrita em Língua portuguesa para surdos
O Uso do chat como oportunidade de leitura e escrita em Língua portuguesa para surdos
O Uso do chat como oportunidade de leitura e escrita em Língua portuguesa para surdos
O Uso do chat como oportunidade de leitura e escrita em Língua portuguesa para surdos
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

O Uso do chat como oportunidade de leitura e escrita em Língua portuguesa para surdos

526 visualizações

Publicada em

Trabalho final de disciplina - Pós-Graduação em Mídias na Educação- Aluna: Eli Ribeiro dos Santos

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
526
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O Uso do chat como oportunidade de leitura e escrita em Língua portuguesa para surdos

  1. 1. O USO DA FERRAMENTA “CHAT” COMO OPORTUNIDADE DE LEITURA E ESCRITA EM LÍNGUA PORTUGUESA PARA CRIANÇAS SURDAS
  2. 2. Escola Municipal José Maria dos Mares Guia Belo Horizonte
  3. 3. Um grande desafio na educação de crianças surdas é motivá-las ao uso da Língua portuguesa. Os surdos são usuários da Libras (Língua Brasileira de Sinais), uma língua de modalidade visuo-espacial e que ainda não possui um sistema de escrita difundido.
  4. 4. Para esse grupo, a Língua Portuguesa é estudada numa perspectiva de L2 (Segunda Língua), já que a Libras é a Língua materna . Assim, educadores e pesquisadores buscam alternativas para tornar o estudo dessa L2 uma prática prazerosa, numa busca por um sujeito surdo bilíngue.
  5. 5. No projeto apresentado num primeiro momento, o objetivo era utilizar a ferramenta de chat do Facebook como uma oportunidade de os alunos fazerem uso da língua escrita e assim interagirem em Língua portuguesa. Os alunos teriam de recorrer aos conhecimentos que possuem da língua e também precisariam buscar formas de expressar o que queriam, de fazerem perguntas aos colegas.
  6. 6. O projeto aconteceria na sala de informática da escola, mas isso não foi possível, pois ao retornarmos do período de férias encontrei dois problemas: o laboratório de informática da escola foi fechado para uso de alunos e professores, pois uma equipe da Secretaria Municipal de Saúde de Belo Horizonte utilizará o espaço durante todo o mês de agosto para fazer um acompanhamento da saúde de alguns alunos. Além disso, a prefeitura da cidade rompeu o contrato que possuía com uma empresa de telefonia e com isso, a escola está sem internet.
  7. 7. A alternativa encontrada para realização da atividade foi fazer em sala de aula, o que é feito nos chats da internet. Os alunos foram organizados em duplas e deveriam estabelecer uma comunicação. A atividade foi realizada com um grupo de quatro alunos surdos, do segundo ciclo de ensino, uma instrutora surda e a professora de Língua portuguesa.
  8. 8. Num primeiro momento a atividade foi realizada no quadro da sala de aula e posteriormente os alunos, em duplas, estabeleceram os diálogos em folhas com os nomes dos alunos. A seguir apresento fotos e vídeos de como a atividade aconteceu.
  9. 9. Parte 1 http://www.youtube.com/watch?v=WyxfKI68ze0
  10. 10. Parte 2 http://www.youtube.com/watch?v=ZZPwJg8kBDE
  11. 11. Parte 3 http://www.youtube.com/watch?v=RD22_W86VjI
  12. 12. Chat Eliza e Iago
  13. 13. CHAT: Eliza e Yasmin
  14. 14. CHAT Grazielle e Iago
  15. 15. CHAT Grazielle e Yasmin
  16. 16. A atividade desenvolvida já apresentou resultados. Os alunos já começaram a utilizar o vocabulário que foi estudado durante a atividade. É possível perceber que os alunos ainda precisam compreender, de forma ampla, o funcionamento do chat, que precisa da interação entre os participantes, o que somente pode acontecer com a troca de perguntas e respostas. Na realização, por exemplo, de uma atividade para o dia dos pais, os alunos recorreram às palavras usadas no chat para a elaboração de cartões para o dia dos pais.
  17. 17. Pelo bom resultado apresentado em apenas duas aulas, o projeto terá continuidade. Algumas mudanças seriam testadas, como o estudo de vocabulário específico, numa tentativa de estimular o uso de termos de um determinado campo semântico. Após algumas semanas de treino em sala de aula, pretende-se utilizar, de fato, a ferramenta de chat, seja do Facebook, ou em outra plataforma, para que os alunos façam o contato, já mediado pelo computador, o que vai exigir novas estratégias dos alunos para conseguirem estabelecer uma comunicação.

×