INOVAR A APRENDIZAGEM  ONLINE  DO PORTUGUÊS L2 Novos media digitais  e o desenvolvimento de tarefas Helena Bárbara & José ...
PARA FACILITAR A AQUISIÇÃO DE UMA L2 <ul><li>Envolver o estudante na exposição à língua alvo </li></ul><ul><li>Input   (am...
O AMBIENTE ONLINE <ul><li>Permite grande conectividade porque interliga naturalmente </li></ul><ul><li>Ensino </li></ul><u...
PRINCÍPIOS ORIENTADORES DA APRENDIZAGEM DE UMA L2  <ul><li>Os estudos em Aquisição de L2 mostram a importância de: </li></...
PRINCÍPIOS ORIENTADORES DA APRENDIZAGEM DE UMA L2  <ul><li>Oportunidades para uso da língua em interacção, para testar hip...
<ul><li>Processamento (compreensão)  </li></ul><ul><ul><li>Leitura e audição </li></ul></ul><ul><ul><li>Pesquisa e recolha...
TECNOLOGIAS POSSÍVEIS NO AMBIENTE DE APRENDIZAGEM DE L2 TICLínguas2010 Fases Etapas dentro da fase Ferramentas possíveis A...
TECNOLOGIAS POSSÍVEIS NO AMBIENTE DE APRENDIZAGEM DE L2 TICLínguas2010 Fases Etapas dentro da fase Ferramentas possíveis B...
TECNOLOGIAS POSSÍVEIS NO AMBIENTE DE APRENDIZAGEM DE L2 TICLínguas2010 Fases Etapas dentro da fase Ferramentas possíveis C...
NUM AMBIENTE IDEAL PARA APRENDIZAGEM DE L2… <ul><li>O aprendente deverá ter </li></ul><ul><li>Acesso à apresentação de tar...
NUM AMBIENTE IDEAL PARA APRENDIZAGEM DE L2… <ul><li>Oportunidades para aceder a mais  input  e seleccioná-lo  para ‘negoci...
NUM AMBIENTE IDEAL PARA APRENDIZAGEM DE L2…  <ul><li>Acesso a outras ferramentas com informação lexical, gramatical, prosó...
PLANO DE UM MÓDULO TICLínguas2010 Sessão 1 O que fazer ao fim da tarde? Ecrã 1 Ecrã 2 Ecrã 3 Ecrã 4 Exercícios de Compreen...
O PROTÓTIPO: EXEMPLOS SESSÃO 1 - ECRÃS 1 E 2 TICLínguas2010
O PROTÓTIPO: EXEMPLOS SESSÃO 1 – ECRÃ 2 + E1-C6 TICLínguas2010
O PROTÓTIPO: EXEMPLOS SESSÃO 2 - ECRÃ 8 TICLínguas2010
O PROTÓTIPO: EXEMPLOS MAIS EXERCÍCIOS (E8-L2; E8-G2) TICLínguas2010
A TAREFA DO MÓDULO 5 TICLínguas2010
MUDANÇAS NA APRENDIZAGEM DE LÍNGUAS PELA TECNOLOGIA <ul><li>Abre um novo espaço à satisfação, prazer e utilidade que  util...
AMBIENTE  DE APRENDIZAGEM E  USABILIDADE… <ul><li>Assim, é necessário procurar princípios de aprendizagem que tirem partid...
TICLínguas2010 NOVOS INSTRUMENTOS…
NOVOS HIPERESPAÇOS… TICLínguas2010
NOVAS TECNOLOGIAS… TICLínguas2010
NOVOS MEDIA… TICLínguas2010
AMBIENTE VIRTUAL 3D… TICLínguas2010
MOBILIDADE E ACESSO… <ul><li>Redes sem fios </li></ul><ul><li>PDAs e  Smartphones </li></ul><ul><li>Partilha de recursos <...
<ul><li>acompanhar os estudantes no contexto de uma  nova sociedade :  </li></ul><ul><ul><li>interligada em rede,  </li></...
DESENVOLVIMENTOS FUTUROS <ul><li>Implementação do modelo , devidamente integrado em infra-estruturas tecnológicas e de  de...
[email_address] [email_address] TICLínguas2010
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Bidarra e barbara inovar a aprendizagem online do português l2

1.104 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.104
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
317
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Bidarra e barbara inovar a aprendizagem online do português l2

  1. 1. INOVAR A APRENDIZAGEM ONLINE DO PORTUGUÊS L2 Novos media digitais e o desenvolvimento de tarefas Helena Bárbara & José Bidarra Universidade Aberta TICLínguas2010
  2. 2. PARA FACILITAR A AQUISIÇÃO DE UMA L2 <ul><li>Envolver o estudante na exposição à língua alvo </li></ul><ul><li>Input (amostras de língua em contexto) </li></ul><ul><li>Interacção oral e escrita </li></ul><ul><li>Metodologia baseada em Tarefas pedagógicas: </li></ul><ul><li>Peças de trabalho que colocam os estudantes em situações comunicativas de uso da L2 próximas da vida real </li></ul><ul><li>Propostas de resolução de problemas cujas soluções os estudantes conhecem na sua L1 mas necessitam de obter informação e interagir na L2 </li></ul>TICLínguas2010
  3. 3. O AMBIENTE ONLINE <ul><li>Permite grande conectividade porque interliga naturalmente </li></ul><ul><li>Ensino </li></ul><ul><li>Aprendizagem </li></ul><ul><li>Uso da L2 </li></ul><ul><li>Nos hiperespaços didácticos é possível </li></ul><ul><li>Usar o contexto para integrar aprendizagem em situações e actividades do quotidiano </li></ul><ul><li>Interligar agentes de ensino e de aprendizagem, buscando a resolução de problemas </li></ul><ul><li>Apoiar uma crescente autonomia do estudante </li></ul>TICLínguas2010
  4. 4. PRINCÍPIOS ORIENTADORES DA APRENDIZAGEM DE UMA L2 <ul><li>Os estudos em Aquisição de L2 mostram a importância de: </li></ul><ul><li>Exposição a input linguístico, com amostras de língua autêntica e contextualizada, produzida por falantes nativos; </li></ul><ul><li>Oportunidades para que os estudantes prestem atenção consciente a características específicas do input ; </li></ul><ul><li>Oportunidades para produção oral e escrita, buscando atingir objectivos comunicativos directamente relacionados com o input apresentado; </li></ul>TICLínguas2010
  5. 5. PRINCÍPIOS ORIENTADORES DA APRENDIZAGEM DE UMA L2 <ul><li>Oportunidades para uso da língua em interacção, para testar hipóteses e aumentar a automaticidade na utilização da língua bem como acesso a feedback ; </li></ul><ul><li>Oportunidades para reutilização da língua em situações tão próximas da vida real quanto possível, estimulando o envolvimento emocional, estético e intelectual. </li></ul>TICLínguas2010
  6. 6. <ul><li>Processamento (compreensão) </li></ul><ul><ul><li>Leitura e audição </li></ul></ul><ul><ul><li>Pesquisa e recolha de informação </li></ul></ul><ul><li>Produção </li></ul><ul><ul><li>Repetição de segmentos de textos orais e escritos </li></ul></ul><ul><ul><li>Respostas a questões directas </li></ul></ul><ul><ul><li>Relatos sobre um tema pesquisado </li></ul></ul><ul><li>Interacção </li></ul><ul><ul><li>Dramatização e resolução de problemas </li></ul></ul><ul><ul><li>Produção de texto conjunto </li></ul></ul>OPORTUNIDADES DE PRÁTICA TICLínguas2010
  7. 7. TECNOLOGIAS POSSÍVEIS NO AMBIENTE DE APRENDIZAGEM DE L2 TICLínguas2010 Fases Etapas dentro da fase Ferramentas possíveis A. Processamento (compreensão) <ul><li>Ler ou estudar um texto </li></ul><ul><li>Ler ou ouvir um texto e dar uma resposta não verbal, ou física </li></ul><ul><li>Ler ou ouvir um texto e apresentar uma resposta não verbal, não física </li></ul><ul><li>Ler ou ouvir um texto e dar uma resposta verbal </li></ul><ul><li>Pesquisar informação na net </li></ul><ul><li>Retirar informação pertinente sobre um assunto concreto </li></ul><ul><li>Media Player </li></ul><ul><li>YouTube </li></ul><ul><li>Picasa </li></ul><ul><li>Audacity e MovieMaker </li></ul><ul><li>Google e Bing </li></ul><ul><li>Facebook, Twitter, Hi5 </li></ul><ul><li>Hot-Potatoes </li></ul><ul><li>Blogs, Slideshare, Scribd e </li></ul><ul><li>Web sites </li></ul><ul><li>Delicious, Diigo </li></ul>
  8. 8. TECNOLOGIAS POSSÍVEIS NO AMBIENTE DE APRENDIZAGEM DE L2 TICLínguas2010 Fases Etapas dentro da fase Ferramentas possíveis B. Produção <ul><li>Ouvir frases ou fragmentos de diálogos e repeti-los, ou repetir a versão completa de cada ‘deixa’ </li></ul><ul><li>Ouvir as deixas e completar transformando e / ou substituindo o espaço </li></ul><ul><li>Ouvir ‘deixas’ e responder adequadamente </li></ul><ul><li>Escrever informação para partilhar </li></ul><ul><li>Falar sobre a informação obtida </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>Audacity </li></ul><ul><li>e-mail e fórum </li></ul><ul><li>Wiki e Google Docs </li></ul><ul><li>Facebook, Twitter, Hi5 </li></ul><ul><li>Processador de texto </li></ul><ul><li>Blogs, Slideshare, Scribd e Web sites </li></ul><ul><li>YouTube </li></ul><ul><li>Hot-Potatoes </li></ul>
  9. 9. TECNOLOGIAS POSSÍVEIS NO AMBIENTE DE APRENDIZAGEM DE L2 TICLínguas2010 Fases Etapas dentro da fase Ferramentas possíveis C. Interacção <ul><li>Resolução de problemas / preencher informação </li></ul><ul><li>Simulação / discussão </li></ul><ul><li>Justificar as escolhas e seleccionar uma de acordo com determinados critérios </li></ul><ul><li>Produção de texto conjunto </li></ul><ul><li>Ligação à Internet em banda larga </li></ul><ul><li>Skype e Google </li></ul><ul><li>Messenger MSN (Chat) </li></ul><ul><li>Wiki e Google Docs </li></ul><ul><li>Second Life , ABNet </li></ul>
  10. 10. NUM AMBIENTE IDEAL PARA APRENDIZAGEM DE L2… <ul><li>O aprendente deverá ter </li></ul><ul><li>Acesso à apresentação de tarefas executadas por falantes nativos e idênticas àquela(s) que o estudante será convidado a realizar; </li></ul><ul><li>Input disponível (exemplos de língua em situação clara de uso) complementar que lhe permita diversificar contextos, mantendo idênticas as situações, de modo a desenvolver actividades comunicativas enquanto expande vocabulário relativo à área temática em foco; </li></ul>TICLínguas2010
  11. 11. NUM AMBIENTE IDEAL PARA APRENDIZAGEM DE L2… <ul><li>Oportunidades para aceder a mais input e seleccioná-lo para ‘negociar’ com colegas, como processo de planeamento e de execução de tarefas concretas; </li></ul><ul><li>Acesso, dentro de cada módulo e integrados no tema e no contexto das tarefas, a múltiplos exercícios que foquem estruturas linguísticas, tidas como problemáticas na aquisição do Português (L2); </li></ul>TICLínguas2010
  12. 12. NUM AMBIENTE IDEAL PARA APRENDIZAGEM DE L2… <ul><li>Acesso a outras ferramentas com informação lexical, gramatical, prosódica e cultural para apoio à aprendizagem, para além de, tanto síncrona como assincronamente, o tutor poder ajudar na resolução de dúvidas e na transmissão de feedback ao longo da preparação e execução das tarefas bem como na análise dos resultados. </li></ul>TICLínguas2010
  13. 13. PLANO DE UM MÓDULO TICLínguas2010 Sessão 1 O que fazer ao fim da tarde? Ecrã 1 Ecrã 2 Ecrã 3 Ecrã 4 Exercícios de Compreensão Léxico Foco na língua Pronúncia e Prosódia Act 1 Instrumen-tos de apoio Notas gramaticais e lexicais Notas Culturais Sessão 2 Não posso porque tenho ginástica a essa hora! Ecrã 5 Ecrã 6 Ecrã 7 Ecrã 8 Exercícios de Compreensão Léxico Foco na língua Pronúncia e Prosódia Act 2 Sessão 3 Claro que quero! Onde fica o cinema? Ecrã 9 Ecrã 10 Ecrã 11 Ecrã 12 Ecrã 13 Exercícios de Compreensão Léxico Foco na língua Pronúncia e Prosódia Act 3
  14. 14. O PROTÓTIPO: EXEMPLOS SESSÃO 1 - ECRÃS 1 E 2 TICLínguas2010
  15. 15. O PROTÓTIPO: EXEMPLOS SESSÃO 1 – ECRÃ 2 + E1-C6 TICLínguas2010
  16. 16. O PROTÓTIPO: EXEMPLOS SESSÃO 2 - ECRÃ 8 TICLínguas2010
  17. 17. O PROTÓTIPO: EXEMPLOS MAIS EXERCÍCIOS (E8-L2; E8-G2) TICLínguas2010
  18. 18. A TAREFA DO MÓDULO 5 TICLínguas2010
  19. 19. MUDANÇAS NA APRENDIZAGEM DE LÍNGUAS PELA TECNOLOGIA <ul><li>Abre um novo espaço à satisfação, prazer e utilidade que utilizador experiencia. </li></ul><ul><li>São valorizados os modos como as pessoas trabalham, comunicam e interagem </li></ul><ul><li>No contexto da comunidade online , surgem enfatizados princípios como consistência, controlo e previsibilidade, construindo interfaces talhadas à medida das necessidades dos utilizadores. </li></ul>TICLínguas2010
  20. 20. AMBIENTE DE APRENDIZAGEM E USABILIDADE… <ul><li>Assim, é necessário procurar princípios de aprendizagem que tirem partido dos novos hiperespaços online: </li></ul><ul><li>construindo flexibilidade e controlo, mantendo o conteúdo presente sem esquecer a criatividade e a imaginação e, talvez o aspecto mais relevante, </li></ul><ul><li>colocando os aprendentes a interagir produtiva e voluntariamente através de uma interface que não interfira nas tarefas a realizar </li></ul><ul><li>(Kukulska-Hulme & Shield 2004: 4235-4238). </li></ul>TICLínguas2010
  21. 21. TICLínguas2010 NOVOS INSTRUMENTOS…
  22. 22. NOVOS HIPERESPAÇOS… TICLínguas2010
  23. 23. NOVAS TECNOLOGIAS… TICLínguas2010
  24. 24. NOVOS MEDIA… TICLínguas2010
  25. 25. AMBIENTE VIRTUAL 3D… TICLínguas2010
  26. 26. MOBILIDADE E ACESSO… <ul><li>Redes sem fios </li></ul><ul><li>PDAs e Smartphones </li></ul><ul><li>Partilha de recursos </li></ul><ul><li>Ambientes imersivos </li></ul><ul><li>Aplicações na nuvem </li></ul><ul><li>Virtualização </li></ul><ul><li>Portabilidade </li></ul><ul><li>Redes sociais </li></ul><ul><li>Software livre </li></ul><ul><li>Open Educational </li></ul><ul><li>Resources (OER) </li></ul><ul><li>… </li></ul>TICLínguas2010
  27. 27. <ul><li>acompanhar os estudantes no contexto de uma nova sociedade : </li></ul><ul><ul><li>interligada em rede, </li></ul></ul><ul><ul><li>em interacção constante, </li></ul></ul><ul><ul><li>rápida nas decisões, </li></ul></ul><ul><ul><li>globalmente informada, </li></ul></ul><ul><ul><li>baseada na integração de vários media digitais. </li></ul></ul><ul><li>desenvolver novos modelos de aprendizagem: </li></ul><ul><ul><li>devem integrar diversos recursos e media digitais, </li></ul></ul><ul><ul><li>podem incluir ambientes virtuais e redes sociais. </li></ul></ul>O QUE DEVEMOS FAZER? TICLínguas2010
  28. 28. DESENVOLVIMENTOS FUTUROS <ul><li>Implementação do modelo , devidamente integrado em infra-estruturas tecnológicas e de design educacional adequados, e usando as tarefas como estratégia motivadora para a aprendizagem da língua; </li></ul><ul><li>Abertura de um espaço de investigação , baseado na produção dos estudantes ao longo do curso, que ligue o desenvolvimento de materiais didácticos com os estudos em aquisição de Português L2, nomeadamente: </li></ul><ul><ul><li>Constituir registos escritos e orais das produções dos estudantes , em situações síncronas e assíncronas, usando os seus ambientes pessoais de aprendizagem </li></ul></ul><ul><ul><li>Desenvolver estudos sobre construção de ambientes online promotores de oportunidades de aprendizagem de língua onde comunicação e cognição interagem </li></ul></ul>TICLínguas2010
  29. 29. [email_address] [email_address] TICLínguas2010

×