Neuro G

2.347 visualizações

Publicada em

0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.347
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
53
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Neuro G

    1. 1. <ul><li>Radiofármacos </li></ul><ul><li>Equipamentos </li></ul>Medicina Nuclear em Neurologia Considerações gerais
    2. 2. <ul><li>Barreira hematoencefálica </li></ul><ul><li>Fluxo sangüíneo cerebral </li></ul><ul><li>Farmacologia dos neurotransmissores </li></ul><ul><li>Distribuição dos neurorreceptores </li></ul><ul><li>Metabolismo cerebral </li></ul>Imagens Funcionais do Cérebro Aspectos fisiológicos e farmacológicos
    3. 3. <ul><li>Capacidade de cruzar a BHE intacta: </li></ul><ul><li>lipofílico e neutro </li></ul><ul><li>Rápida extração cerebral na </li></ul><ul><li>1a. passagem </li></ul><ul><li>Não ser metabolizado no cérebro </li></ul><ul><li>Retenção cerebral ao longo do tempo </li></ul>Imagens Funcionais do Cérebro Características dos Radiofármacos
    4. 4. <ul><li>SPECT: 99m Tc-ECD, 99m Tc-HMPAO </li></ul><ul><li>PET: 18 FDG </li></ul>Modalidades Diagnósticas em Medicina Nuclear
    5. 5. <ul><li>Neurologia </li></ul><ul><li>Psiquiatria </li></ul>Possibilidades Diagnósticas da Cintilografia
    6. 6. NEUROLOGIA <ul><li>Doenças Cerebrovasculares </li></ul><ul><li>Demências </li></ul><ul><li>Epilepsia </li></ul><ul><li>Taumatismo Cranioencefálico </li></ul><ul><li>Recidiva Tumoral </li></ul><ul><li>Depressão </li></ul><ul><li>Estados de Confusão Mental: Neoplasia, </li></ul><ul><li>Hematoma Subdural, Metabólico, Tóxico </li></ul><ul><li>ou Uso de Drogas </li></ul><ul><li>Anóxia Perinatal </li></ul><ul><li>Anomalidas do SNC </li></ul><ul><li>Morte Cerebral </li></ul>
    7. 7. Doenças Cerebrovasculares <ul><li>Isquemia Aguda </li></ul><ul><li>Acidente Isquêmico Transitório </li></ul><ul><li>Avaliação da Extensão </li></ul><ul><li>Controle Terapêutico </li></ul><ul><li>Avaliação da Reserva Perfusional </li></ul><ul><li>Prognóstico </li></ul>
    8. 8. Acidentes Vasculares Cerebrais AVC artéria cerebral média posterior E
    9. 9. Acidentes Vasculares Cerebrais AVC artéria cerebral posterior D
    10. 10. Ativação Farmacológica <ul><li>Acetazolamida (Diamox): 1g EV em 10 minutos, com injeção do RF 20 minutos após. </li></ul><ul><li>Dipiridamol (Persantin): 0, 56 mg/ k g/4min com injeção do RF 3 minutos após. </li></ul>
    11. 11. Infarto Cerebral SPECT : reserva hemodinâmica Estudo basal Estudo com dipiridamol
    12. 12. Demências <ul><li>Doença de Alzheimer </li></ul><ul><li>Infartos Múltiplos </li></ul><ul><li>Demência Frontal </li></ul><ul><li>Hidrocefalia de Pressão Normal </li></ul><ul><li>AIDS </li></ul><ul><li>Pseudodemência da Depressão </li></ul><ul><li>Outras: Parkinson, Huntington, </li></ul><ul><li>Creutzfeld-Jakob, Hipotireoidismo </li></ul>
    13. 13. Demência : Alzheimer
    14. 14. Demência : Alzheimer
    15. 15. Demência : Multinfartos
    16. 16. Demência : Frontal
    17. 17. Demência : Hidrocefalia Normotensa
    18. 18. Demência : AIDS
    19. 19. Demência : AIDS
    20. 20. Epilepsia : Interictal
    21. 21. Epilepsia : Ictal
    22. 22. Epilepsia : Ictal
    23. 23. Taumatismo cranioencefálico
    24. 24. Recidiva tumoral
    25. 25. Estado de confusão mental: Abuso de Drogas
    26. 26.  RN de Z. C. K. fem PN=2.750g DN: 18/12/1998  Sepse, meningite, convulsões, hipotonia.  Distúrbios neurológicos transitórios. DNPM normal aos 8 meses.  EEG anormal. ECOGRAFIA: normal. 4 meses 8 meses 2 meses 10 meses Anóxia Perinatal
    27. 27. Anomalias do Sistema Nervoso Central
    28. 28. Avaliação do Paciente Doador Morte Cerebral
    29. 29. Técnicas usadas para o diagnóstico de Morte Cerebral <ul><li>Avaliam as respostas aos estímulos </li></ul><ul><li>Monitoram a função eletrofisiológica do cérebro </li></ul><ul><li>Demonstram a presença ou ausência de circulação </li></ul><ul><li>sangüínea cerebral </li></ul>
    30. 30. Cintilografia Cerebral <ul><li>Planar convencional : dinâmica e </li></ul><ul><li>estática </li></ul><ul><li>Tomográfica em SPECT </li></ul>
    31. 31. Radiofármacos utilizados <ul><li>99mTc-DTPA ou 99mTc-pertecnetato: visualização </li></ul><ul><li>do fluxo sangüíneo intracraniano </li></ul><ul><li>99mTc-ECD ou 99mTc-HMPAO: perfusão </li></ul>
    32. 32. Imagens cintilográficas dinâmicas
    33. 33. Imagens cintilográficas dinâmicas
    34. 34. Morte Cerebral
    35. 35. Imagens cintilográficas tomográficas
    36. 36. NÃO CONVENCIONAIS Doenças Psiquiátricas 1 - O diagnóstico psiquiátrico continua essencialmente como produto de história clínica e exame mental. 2 - Não há um marcador biológico específico para o diagnóstico psiquiátrico. 3 - O SPECT é um instrumento diagnóstico adjuvante.
    37. 37. Doenças Psiquiátricas “ A verdadeira força das neuroimagens funcionais consiste, não apenas a fornecer dados diagnósticos característicos das diferentes síndromes mas, em relacionar a função neuronal a processos mentais específicos”.
    38. 38. Depressão
    39. 39. Depressão
    40. 40. Obsessivo-compulsivo
    41. 41. Agressividade
    42. 42. Transtorno de Déficit de Atenção com Hiperatividade 1 - Desativação do lobo frontal, sem outros achados. TDAH clássico que responde aos estimulantes. 2 - Déficit de atenção com disfunção do lobo temporal. Responde melhor aos anticonvulsivantes. 3 - Déficit de atenção com supressão cortical homogênea. Responde melhor aos antidepressivos. 4 - Déficit de atenção com atividade aumentada no lobo frontal medial anterior. Relacionado com transtornos obsessivo-compulsivos. 5 - Déficit de atenção com hiperatividade com hipofronta- lidade no repouso, mesmo que no stress intelectual haja ativação frontal.

    ×