Hermenêutica bíblica i

7.420 visualizações

Publicada em

1 comentário
1 gostou
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
7.420
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
194
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
347
Comentários
1
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Hermenêutica bíblica i

  1. 1. Hermenêutica BíblicaI- Primeiros conceitosDefinição: é a ciência e a arte de interpretarDiferenciação de vocábulos: hermenêutica e crítica textualExegese: exposição ou operação de interpretar
  2. 2. A importância do estudo da hermenêutica1. Somente o estudo inteligente e sincero fornece material para uma boa argumentação doutrinária (I Pe 3.15)3. Toda pregação deve repousar sobre uma sólida fundamentação exegética.5. Na visitação aos lares é comum as perguntas, o conhecimento da hermenêutica será de valor inestimável.7. Faz parte do bom testemunho defender a verdade.
  3. 3. II- Resumo histórico daher menêutica bíblica 1- Hermenêutica nos primeiros séculos 3. Alexandria 4. Antioquia 5. Ocidente
  4. 4. Ano Doutrina adotada310 Reza pelos defuntos320 Uso de velas375 Culto aos santos394 Instituição da missa431 Culto à virgem Maria606 Bonifácio III se declara Bispo Universal, “Papa”1076 Dogma da infalibilidade da igreja (romana)
  5. 5. 1090 Invenção do rosário1190 Venda de indulgências1229 Proibição da leitura da bíblia1546 Equiparação da tradição com a bíblia1854 Dogma da imaculada concepção de Maria1870 Dogma da infalibilidade do “Papa”1908 Pio X anula matrimônio / sem sacerdote romano1950 Dogma da ascensão de Maria
  6. 6. 2- A interpretação na IdadeMédia
  7. 7. Hermenêutica Bíblica
  8. 8. 3- Período da Reforma  Lutero – contexto e as circunstâncias históricas  Melanchthon – as escrituras devem ser entendidas gramaticalmente antes de o serem teologicamente.  Calvino – primeiro dever de um intérprete é permitir que o autor diga o que realmente diz.
  9. 9. Princípios da hermenêutica  A escritura é intérprete da escritura  Toda compreensão e exposição da escritura deve estar de acordo com a analogia da fé, isto é, os ensinos da escritura é uniforme.
  10. 10. Her menêutica BíblicaIII- considerações básicas na hermenêutica bíblica
  11. 11. Hermenêutica bíblica O alicerce de toda hermenêutica bíblica é a própria bíblia. Determine-se o sentido de um texto comparando-se escritura com escritura.
  12. 12. Para compreender a bíblia, precisa o homem preencher certas condições Espiritualidade Estudo Humildade e ausência de preconceitos Bom senso e discernimento
  13. 13. IV- Luzes da Própria Bíblia Contexto; Vocabulário do escritor; Vocabulário bíblico geral; Paralelismo; Intuito do escritor; e Correlação.
  14. 14. Vocabulário do escritor Verificar cuidadosamente em que sentido um escritor usa certa palavra.“aquele que diz: eu o conheço, e não guarda os seus mandamentos, é mentiroso, e nele não está a verdade”. (I Jo 2.4)
  15. 15. Vocabulário bíblico geral Justificar – provar a justiça ou inocência de... Restituir ao estado de inocência. Justiça: Mt. 3.15; 5.6,10,20; 6.33; 21.32
  16. 16. Paralelismo Duas classes Verbais – passagens que ocorrem a mesma palavra Reais – aparecem ou não palavras em comum, se trata do mesmo assunto ou expõe a mesma doutrina ( II Rs. 20; II Cr. 32.24; Is. 38 )
  17. 17. Intuito do escritor Em certos casos não será tão fácil determinar o intuito do escritor, tornando- se necessário ler todo o livro várias vezes do princípio ao fim até conseguir uma vista do conjunto.
  18. 18. Correlação A bíblia é um todo harmônico e bem ajustado. Apesar de composta de sessenta e seis livros escritos no decurso de mil e seiscentos anos por pessoas de variadas condições sociais e não menos variados graus de cultura mental, há em toda a bíblia uma unidade de propósito.
  19. 19. Correlação Há profecias e seu cumprimento Há tipos de várias modalidades Há verdades enunciadas e em outras passagens ilustrações.
  20. 20. Três atributos de Cristo A ovelha perdida – “eu sou o caminho” A moeda perdida – “eu sou a verdade” O filho que se tinha perdido e se achou “eu sou a vida”

×