Dst/aids SIPAT (oficial)

1.728 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.728
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
294
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Dst/aids SIPAT (oficial)

  1. 1. DST / AIDS O que precisamos saber? Instrutor: Claudio Cesar Pontes Tecnólogo em Segurança do Trabalho
  2. 2. Informações Práticas Tire suas duvidas Compartilhe suas experiências Debata com os colegas Aproveite o treinamento
  3. 3. São doenças causadas por vírus, bactérias e outros micróbios e são transmitidos principalmente nas ralações sexuais; Facilitam a transmissão do vírus HIV e Hepatite; Quando não descobertas e tratadas a tempo pode levar a complicações graves e até mesmo a morte. O que é DST?
  4. 4. AS DSTs SÃO GRAVES? São um grave problema de saúde pública porque: Facilitam a transmissão sexual do HIV; Quando não diagnosticadas e tratadas a tempo, podem levar a complicações e até a morte. Algumas DSTs, quando acomentem gestantes, podem provocar aborto ou má formação no feto.
  5. 5. QUAIS AS CONSEQUENCIAS DAS DSTs Quando não tratadas adequadamente, podem causar sérias complicações, tais como: Aumenta o risco de pegar outras DSTs inclusive o vírus da AIDS. Esterelidade no homem e na mulher; Inflamação nos órgãos genitais do homem (impotência);
  6. 6. Inflamação no útero, trompas e ovários da mulher, podendo complicar para uma infecção em todo corpo, levando até mesmo a morte. Mais chances de ter câncer no colo do útero e no pênis; Nascimento do bebê antes do tempo ou com defeito no corpo ou até mesmo a sua morte na barriga da mãe ou depois do nascimento. DST
  7. 7. Sinais e sintomas Ardência; Vermelhidão; Pequenas bolhas vesículas de água; Feridas; Corrimento com pus; Caroços na virilha; Prurido.
  8. 8. Ardência; Vermelhidão; Pequenas bolhas agrupadas que se rompem e formam feridas dolorosas nos orgãos genitais. Feridas podem durar de 1 a 3 semanas e desaparecem, mesmo sem tratamento. Herpes genital
  9. 9. HERPES GENITAL
  10. 10. Herpes genital
  11. 11. HERPES GENITAL
  12. 12. Cancro Mole Feridas dolorosas e com pus; Caroços na virilha que se rompem e soltam pus. Mais comum nos homens.
  13. 13. Sífilis •Ferida indolor nos órgãos; •Manchas pelo corpo principalmente nas palmas das mãos e planta de pés; •Transmissão via placentária para o bebê.
  14. 14. SÍFILIS
  15. 15. Sífilis recente
  16. 16. CANCRO MOLE
  17. 17. Sífilis – cancro duro
  18. 18. Sífilis recente
  19. 19. Gonorréia Corrimento amarelado e esverdeado; as vezes sem cheiro e coceira; Corrimento com odor; Dor; Nas gestantes, podem ser transmitidas no parto (cegueira bebê) Quando não tratado pode causa infecção nas trompas e ovários (esterelidade e morte).
  20. 20. GONORRÉIA
  21. 21. GONORRÉIA
  22. 22. TRICOMONÍASE Corrimento amarelado ou esverdeado; Coceira; Dor durante a relação sexual. OBS: os parceiros, mesmo não apresentando sintomas, necessitam também fazer o tratamento.
  23. 23. TRICOMONÍASE
  24. 24. Vaginose Bacteriana Corrimento branco-amarelado não muito intenso; Odor ruim (peixe podre) principalmente após o ato sexual ou no final da menstruação; Gardnerela.
  25. 25. VAGINOSE BACTERIANA
  26. 26. CANDIDÍASE Corrimento branco tipo leite coalhado; Coceira intensa; Ardência durante o ato sexual; Irritação nos órgãos genitais.
  27. 27. CANDIDÍASE
  28. 28. Condiloma acuminado Verrugas não dolorosas; Isoladas ou agrupadas; Aparecem nos órgãos genitais e ânus.
  29. 29. CONDILOMA ACUMINADO
  30. 30. CONDILOMA - MULHER
  31. 31. CONDILOMA
  32. 32. Tratamento DSTs Cada DST tem um tipo de tratamento e só o profissional de saúde poderá avaliar e fazer essa indicação. Fazer o tratamento certo é: Só tomar remédio indicado pelo serviço de saúde. Tomar o remédio corretamente, mesmo que os sinais e sintoma tenham desaparecidos.
  33. 33. Evitar relação sexual nesse período e, se não der para evitar, só manter relação com uso do preservativo; Ao terminar o tratamento voltar ao serviço de saúde, para revisão. Levar o parceiro sexual para ser tratado TAMBÉM................ DST
  34. 34. HIV - AIDS O QUE É AIDS? É uma deficiência no sistema imunológico, Causado pelo vírus HIV.
  35. 35. Sinais e Sintomas da AIDS Febre de origem desconhecida Nódulos linfáticos aumentados Erupção cutânea e tosse Diarreia persistente Grande perda de peso Lesões cutâneas Perda do apetite e fadiga
  36. 36. O HIV não é transmitido por: - Contato ocasional pessoa-a-pessoa em casa, no trabalho ou em locais públicos ou sociais - Alimentos, ar, água - Picadas de insetos/mosquitos - Tosse, espirro, cuspidela - Aperto de mãos, carícias, beijo seco ou abraço - Piscinas, banheiros, etc.
  37. 37. Como prevenir Usar corretamente a camisinha; Diminuir o numero de parceiros sexuais; Não compartilhar agulhas e seringas com outras pessoas; Caso perceber qualquer sintoma procurar imediatamente o serviço de saúde.
  38. 38. “A cada três dias, um jovem é diagnosticado com aids.”. “PREVENÇÃO, UMA ATITUDE CONSCIÊNTE” DST / AIDS
  39. 39. CONTATOS Ligueouenvie-nosume-mail: sesmt@plumaagroavicola.com.br Fone: (46) 3536-8143/(46) 8403-3848 *Asdúvidasnãoesclarecidasserãorespondidaspore-mail

×