SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 16
Baixar para ler offline
1/16
Doenças e infecções sexualmente transmissíveis: 12
DST evitáveis
tookmed.com
Prevenção de doenças e infecções sexualmente transmissíveis. Você está preparado para
proteger sua saúde de doenças e infecções sexualmente transmissíveis?
Algumas dessas infecções são mais familiares – você provavelmente já ouviu falarei de
clamídia, gonorréia, herpes genital e HIV.
Mas muitos mais são menos comentados. Você pode proteger a si e a seus entes queridos
de futuros problemas de saúde, entendendo essas doenças sexualmente transmissíveis
comuns.
Neste artigo, respondemos a algumas de suas perguntas difíceis e às vezes desconfortáveis
sobre sintomas e doenças de DST.
DST ou IST?
2/16
Alguns especialistas preferem o termo “IST” (infecção sexualmente transmissível). As
DSTs incluem todas as infecções que podem ser transmitidas sexualmente.
Verrugas genitais (HPV)
Você está preparado para proteger sua saúde de doenças e infecções sexualmente
transmissíveis? Não é necessário ter relações sexuais para uma doença sexualmente
transmissível (DST) para prejudicar sua saúde.
O papilomavírus humano (HPV), a doença que causa verrugas genitais, pode ser
transmitido por contato íntimo pele a pele.
Alguns tipos de HPV causam câncer do colo do útero ou anal e estão disponíveis vacinas
para proteger contra os tipos mais perigosos.
Outros tipos de HPV causam verrugas genitais, que podem ser elevadas, planas ou em
forma de couve-flor.
O HPV pode ser transmitido mesmo por pessoas que não apresentam verrugas visíveis ou
outros sintomas.
Sintomas de HPV
As verrugas genitais podem ser grandes ou pequenas, planas ou elevadas.
Eles geralmente aparecem como uma pequena protuberância ou grupo de protuberâncias
na região genital e podem ter a forma de uma couve-flor.
Vacina contra HPV
3/16
Uma vacina para prevenir o HPV é administrada em três doses. A segunda dose é dada
um mês ou dois após a primeira dose. A terceira dose ocorre seis meses após a primeira
dose.
Recomenda-se que meninos e meninas sejam vacinados com 11 ou 12 anos.
Se eles não receberam a vacina contra o HPV quando crianças, as mulheres podem
receber a vacina contra o HPV até os 26 anos.
Os homens podem fazê-lo até os 21 anos. Recomenda-se a vacinação contra o HPV para
homens até os 26 anos, para homens que fazem sexo com homens ou homens com
comprometimento. sistemas imunológicos, incluindo o HIV.
Piolhos pubianos (caranguejos STD)
Os piolhos pubianos são conhecidos coloquialmente como “caranguejos”. Esse nome se
refere à forma desses parasitas, diferente da dos piolhos.
Os piolhos pubianos vivem nos pêlos pubianos e se espalham entre as pessoas durante um
contato próximo. Os piolhos pubianos podem ser tratados com medicamentos vendidos
sem receita médica.
Sintomas de piolhos pubianos (caranguejos)
Comichão grave
Piolhos ou ovos rastejantes visíveis presos aos pelos pubianos
Sarna
4/16
A sarna é frequentemente transmitida durante o contato sexual. Como os piolhos
pubianos, a sarna é outra DST parasitária.
Este parasita não é necessariamente transmitido sexualmente, pois pode afetar qualquer
área da pele. No entanto, a sarna costuma se espalhar durante o contato sexual.
Sintomas da sarna
Comichão extrema que é pior à noite.
A pele parece ter uma erupção cutânea semelhante a uma espinha, como mostrado
na foto acima.
Tanto a coceira quanto a erupção cutânea podem ocorrer em todo o corpo ou
limitadas ao pulso, cotovelo, axila, correias entre os dedos, mamilo, pênis, cintura,
cinto ou nádegas.
Podem surgir pequenas bolhas (vesículas) e escamas.
Pequenas tocas deixadas pelo tunelamento de ácaros da sarna podem ser visíveis na pele.
Elas aparecem como pequenas linhas brancas acinzentadas ou cor de pele, levantadas e
tortas.
A única maneira de evitar essa DST é evitar tocar nas pessoas, pois qualquer contato pele
a pele pode espalhar esse ácaro altamente contagioso.
Os preservativos, embora sejam bons na prevenção de muitas doenças, não impedem a
sarna.
Felizmente, esta DST é tratável.
Cremes prescritos podem curar uma infestação de sarna. Proteja sua saúde visitando um
médico se você acredita ter essa DST.
Gonorréia
A gonorreia é facilmente transmitida. A gonorreia é uma doença de fácil transmissão que
afeta homens e mulheres.
Pode prejudicar sua saúde, causando infertilidade em homens e mulheres, se não for
tratada.
Pode não haver sintomas precoces desta DST comum.
Sintomas de gonorréia
Ardor durante a micção
Corrimento vaginal ou uretral
Dor pélvica em mulheres
Os homens podem sentir inchaço dos testículos e secreção do pênis
5/16
Em alguns casos, os sintomas são leves e a condição é confundida com uma infecção do
trato urinário ou ITU. Visite o seu médico se isso soa como você.
Previna-se – Preservativos – Para Homens e Mulheres – Os melhores Você encontra
Aqui! Compre Agora!
Sífilis
A sífilis pode ser curada com antibióticos.
A sífilis pode ser curada com antibióticos, mas muitas pessoas não percebem seus
primeiros sintomas de DST.
Pode causar estragos na sua saúde, causando danos nos nervos, cegueira, paralisia e até a
morte ao longo do tempo, se não for tratada.
Sintomas de sífilis
Uma ferida redonda, firme e indolor nos órgãos genitais ou na área anal (geralmente
o primeiro sinal)
Uma erupção cutânea pode se desenvolver mais tarde nas solas dos pés, palmas das
mãos ou outras partes do corpo
Linfonodos aumentados
Febre
Fadiga
Perda de cabelo
A sífilis tardia pode causar danos a muitos sistemas orgânicos. É por isso que a detecção
precoce é tão crítica para sua saúde.
6/16
Clamídia
A clamídia é uma DST muito comum. Pode causar infertilidade se não for tratado.
Os sintomas podem não ser percebidos ou podem ser vagos e inespecíficos. Algumas
pessoas não apresentam efeitos à saúde.
Sintomas de clamídia
Ardor ou coceira nos órgãos genitais
Descarga
Dor ao urinar
As infecções por clamídia também podem se desenvolver no reto e na garganta.
Previna-se – Preservativos – Para Homens e Mulheres – Os melhores Você encontra
Aqui! Compre Agora!
Herpes oral (vírus do herpes simples 1)
O herpes oral geralmente não é considerado uma doença sexualmente transmissível.
Feridas ou “bolhas de febre” nos lábios são um sinal de infecção pelo vírus do herpes,
geralmente causada pelo tipo de vírus do herpes conhecido como vírus do herpes humano
1, também conhecido como herpes oral.
O herpes oral geralmente não é considerado uma doença sexualmente transmissível. Pode
ser transmitido através de beijos ou contato com a família.
No entanto, também pode se espalhar para os órgãos genitais. (Embora esse tipo de
herpes possa ser contraído nos órgãos genitais, é diferente da doença conhecida como
herpes genital).
Não há cura para a infecção por herpes, mas os medicamentos podem reduzir a gravidade
e a duração dos surtos.
Herpes oral
Comichão nos lábios ou pele ao redor da boca
Queimando perto da área dos lábios ou da boca
Formigamento perto da área dos lábios ou da boca
Dor de garganta
Glândulas inchadas
Deglutição dolorosa
Pode ocorrer erupção cutânea nas gengivas, lábios, boca ou garganta
Os sintomas do herpes oral geralmente aparecem 1-3 semanas após a primeira infecção.
Quando os sintomas retornam, eles geralmente são mais leves que o surto inicial de
herpes.
7/16
Herpes genital (vírus do herpes simples 2)
Ao contrário do herpes oral, as infecções por herpes genital são causadas por um vírus
diferente, conhecido como HSV-2 HHV-2.
O vírus do herpes genital se espalha através do contato genital direto e é considerado uma
DST.
Mais de 87% das pessoas infectadas com herpes genital desconhecem sua infecção devido
a sintomas muito leves ou inexistentes.
Sintomas de herpes genital
Bolhas dolorosas e cheias de líquido e feridas com crostas na área genital, nádegas,
coxas ou ânus.
Um leve formigamento ou dor nas pernas, quadris ou nádegas pode ocorrer horas a
dias antes de um surto de herpes genital.
Após a primeira infecção, surtos menos graves são comuns no primeiro ano.
Os surtos tendem a diminuir com o tempo, embora a infecção possa permanecer no corpo
indefinidamente.
Uma infecção por herpes genital pode se espalhar para os lábios através do contato oral.
Assim como o herpes oral, os medicamentos podem reduzir a gravidade do herpes genital,
mas não há cura.
Hepatite B
8/16
A hepatite B é um vírus que se espalha através do contato com fluidos corporais e sangue,
para que possa ser transmitido através da relação sexual.
A hepatite B é um vírus que se espalha através do contato com fluidos corporais e sangue,
para que possa ser transmitido através da relação sexual.
A infecção pela hepatite B também é possível através do compartilhamento de agulhas,
lâminas de barbear e escovas de dente.
Os bebês podem se infectar ao nascer de uma mãe infectada. É possível passar anos sem
sintomas desta DST.
Sintomas da hepatite B
Náusea
Dor abdominal
Icterícia (amarelecimento da pele e parte branca dos olhos)
Com o tempo, podem surgir cicatrizes do fígado (cirrose) e câncer de fígado.
Embora não haja cura, existe uma vacina para prevenir a infecção pela hepatite B.
Previna-se – Preservativos – Para Homens e Mulheres – Os melhores Você encontra
Aqui! Compre Agora!
HIV / AIDS
O vírus HIV (vírus da AIDS) enfraquece o sistema imunológico do corpo. É transmitida
por contato sexual, compartilhamento de seringas ou de uma mãe infectada para o bebê.
9/16
Pode não haver sintomas há anos, mas um exame de sangue pode dizer se você foi
infectado. Com tratamento adequado, muitas doenças graves podem ser evitadas.
Sintomas do HIV
Sintomas semelhantes à gripe 1 a 2 meses após a primeira infecção, incluindo linfonodos
inchados, febre e dores de cabeça
Arrepios
Erupção cutânea
Suor noturno
Dores musculares
Dor de garganta
Linfonodos inchados
Úlceras na boca
Sintomas de AIDS
Rápida perda de peso
Febre recorrente ou suores noturnos profusos
Cansaço extremo e inexplicável
Inchaço prolongado das glândulas linfáticas nas axilas, virilha ou pescoço
Diarréia que dura mais de uma semana
Feridas na boca, ânus ou genitais
Pneumonia
Manchas vermelhas, marrons, rosa ou arroxeadas na pele, ou sob a pele, ou dentro
da boca, nariz ou pálpebras
Perda de memória, depressão e outros distúrbios neurológicos
Previna-se – Preservativos – Para Homens e Mulheres – Os melhores Você encontra
Aqui! Compre Agora!
Teste de HIV
Existem testes precisos para identificar se você foi ou não infectado pelo vírus HIV.
O teste pode ser realizado anonimamente, com apenas um número para identificá-lo.
No entanto, às vezes as pessoas podem não ter um resultado positivo nas primeiras 3-4
semanas a 6 meses após a infecção.
Esse período é chamado de “período da janela” no qual os anticorpos podem não ter se
desenvolvido o suficiente para um teste positivo.
Você ainda pode transmitir o vírus para outras pessoas durante esse período.
Opções de tratamento para HIV / AIDS
Embora não haja cura para o HIV, existem medicamentos que podem suprimir a
quantidade de vírus que se multiplica dentro do corpo.
10/16
Embora não haja cura para o HIV, existem medicamentos que podem suprimir a
quantidade de vírus que se multiplica dentro do corpo.
As pessoas tomam uma combinação de medicamentos antivirais na esperança de impedir
que a infecção avance para a AIDS.
Tratamentos adicionais podem ajudar a prevenir ou combater infecções graves, se o
sistema imunológico enfraquecer.
Tricomoníase (“Trich”)
A maioria dos homens afetados não apresenta sintomas específicos de tricomoníase.
A tricomoníase é uma infecção parasitária (causada por Trichomonas vaginalis ) que se
espalha durante o contato sexual.
Afeta homens e mulheres e pode ser curada com medicamentos. Os homens mais
afetados não apresentam sintomas específicos.
Sintomas de tricomoníase
Homens: secreção menor ou queimação ao urinar
Mulheres: corrimento vaginal verde-amarelado com odor proeminente, coceira na
área vaginal ou sexo, ou micção dolorosa
Os sintomas podem se desenvolver de 5 a 28 dias após a infecção.
Cancróide
O cancróide é uma DST que raramente é vista no Brasil. É mais comum na África e na
Ásia. Causa nódulos dolorosos na área genital que podem progredir para abrir feridas.
Antibióticos podem curar a infecção; o cancróide é causado por infecção bacteriana por
Haemophilus ducreyi.
Sintomas de Chancroid
Uma ou mais feridas, ou inchaços nos órgãos genitais. Uma borda estreita e vermelha
circunda as feridas.
As feridas ficam cheias de pus e acabam por se transformar em uma ferida aberta
dolorosa.
Aproximadamente metade do tempo, quando não tratada, a infecção bacteriana dos
cancróides se espalha para as glândulas linfáticas da virilha, fazendo com que a virilha
aumente e se torne dura e dolorosa.
Linfogranuloma venéreo (LGV)
11/16
Como outras infecções por clamídia, o LGV pode ser curado por tratamento com
antibióticos.
O linfogranuloma venéreo (LGV) é um tipo de infecção por clamídia, mas é causado por
um tipo diferente de clamídia (Chlamydia trachomatis) do que a doença clamídia usual.
Como outras infecções por clamídia, pode ser curada por tratamento com antibióticos.
Sintomas precoces de linfogranuloma venéreo (3-12 dias após a exposição)
Vermelho macio, feridas indolores sobre ou perto dos órgãos genitais, ou ânus
Feridas semelhantes na garganta ou boca após sexo oral
Sintomas posteriores de linfogranuloma venéreo (2-6 semanas após a
exposição)
Feridas abertas nos órgãos genitais
Linfonodos inchados na virilha
Dor de cabeça
Feridas anais e secreção retal ou sangramento se a infecção foi adquirida através do
sexo anal
Dor ao urinar
Constipação
Sangramento retal
Dor na região lombar / abdome
Diarréia cheia de pus ou com sangue
Febre, calafrios, dores nas articulações, diminuição do apetite e fadiga
Doença inflamatória pélvica
No PID, As bactérias se espalham para o útero e o trato reprodutivo feminino.
A doença inflamatória pélvica (DIP) não é uma DST específica.
Pelo contrário, é uma complicação que pode se desenvolver a partir de várias doenças,
particularmente gonorréia e clamídia.
No PID, as bactérias se espalham para o útero e o trato reprodutivo feminino.
Infertilidade pode resultar se a condição não for tratada imediatamente.
Sintomas da doença inflamatória pélvica
Febre
Dor pélvica ou baixa abdominal
Dor ao urinar
Descarga
Relações dolorosas
Sangramento leve
12/16
Previna-se – Preservativos – Para Homens e Mulheres – Os melhores Você encontra
Aqui! Compre Agora!
Quem está em risco de doenças sexualmente transmissíveis?
Estima-se que metade dos jovens adultos sexualmente ativos adquira pelo menos uma
dessas DSTs aos 25 anos.
De fato, as doenças sexuais são o tipo de infecção mais comumente relatado. Embora seja
mais comum em adolescentes e adultos jovens, qualquer pessoa sexualmente ativa está
potencialmente em risco.
O risco é aumentado por ter vários parceiros sexuais.
A incidência de algumas doenças sexualmente transmissíveis, incluindo LGV e sífilis, está
aumentando em homens que fazem sexo com homens.
Virgens podem contrair doenças sexualmente transmissíveis?
Muitas dessas doenças podem se espalhar através de qualquer tipo de atividade
sexual. Isso pode incluir contato pele a pele e sexo oral.
Isso significa que as pessoas que ainda não tiveram relações sexuais ainda podem ser
infectadas.
Prevenção de infecções
13/16
Doenças e infecções sexualmente transmissíveis – Doenças e infecções sexualmente transmissíveis –
Doenças e infecções sexualmente transmissíveis
A abstinência de qualquer contato sexual é a única maneira absoluta de prevenir as DSTs.
A abstinência de qualquer contato sexual (ou contato pele a pele) é a única maneira
absoluta de prevenir as DSTs. Estar em um relacionamento monogâmico a longo prazo
também é uma boa maneira de evitá-los.
Também existem etapas a serem seguidas para diminuir a chance de contrair
uma DST se você for sexualmente ativo, incluindo:
Perguntando aos parceiros se eles já foram infectados.
Usando preservativos.
Evitar atividade sexual com um parceiro que mostra sintomas de DST.
Solicitando que os parceiros sejam testados antes de fazer sexo.
Estar ciente dos sintomas e sinais dessas condições.
Os limites dos preservativos
Os preservativos podem impedir a propagação de algumas doenças sexualmente
transmissíveis, mas não são 100% eficazes.
Eles são menos eficazes na proteção contra herpes, sífilis e verrugas genitais, uma vez que
essas doenças sexualmente transmissíveis podem ser transmitidas pelo contato com
lesões na pele que não são cobertas por um preservativo.
Os preservativos também não protegem contra infestações de caranguejos e sarna.
14/16
Como dizer ao seu parceiro que você está infectado
Informe o seu parceiro o mais rápido possível se você acredita estar infectado. Pode ser
difícil, mas é importante informar o seu parceiro o mais rápido possível se você acredita
estar infectado.
Mesmo se estiver sendo tratado, você ainda poderá espalhar a infecção. Para algumas
doenças, ambos os parceiros devem ser tratados ao mesmo tempo.
Pode ser difícil compartilhar essas informações, então algumas pessoas pensam que
preparar um script com antecedência pode ser útil.
Aqui estão alguns fatos que podem ajudar a conversa a ser mais tranquila:
1. Descobrir uma doença sexualmente transmissível não é necessariamente evidência
de trapaça.
2. Pode muito bem ter vindo de seu relacionamento passado ou do seu parceiro.
3. Estima-se que uma em cada duas pessoas sexualmente ativas contraia essa condição
aos 25 anos.
4. A maioria delas não sabe que tem uma infecção.
5. Muitos sintomas de DST são sutis ou nem aparecem quando contraídos pela
primeira vez e podem ser descobertos muito mais tarde.
6. É normal ficar nervoso com esse tópico.
7. Mas, ao ser ousado e agir, você pode promover ativamente uma saúde melhor para
você e seu parceiro.
DST e Gravidez
Algumas doenças sexualmente transmissíveis podem causar trabalho de parto prematuro
em mulheres grávidas, e muitas doenças sexualmente transmissíveis podem ser
transmitidas ao bebê durante a gravidez ou o parto.
Portanto, todas as mulheres grávidas devem ser verificadas quanto às doenças
sexualmente transmissíveis.
As doenças sexualmente transmissíveis podem causar inúmeros problemas em bebês,
como baixo peso ao nascer, natimorto, problemas nos nervos, cegueira, infecções graves e
problemas no fígado.
O tratamento durante a gravidez pode reduzir os riscos dessas complicações e curar
muitos tipos de infecções.
Previna-se – Preservativos – Para Homens e Mulheres – Os melhores Você encontra
Aqui! Compre Agora!
As doenças sexualmente transmissíveis podem voltar?
15/16
Doenças e infecções
sexualmente transmissíveis –
Doenças e infecções
sexualmente transmissíveis –
Doenças e infecções
sexualmente transmissíveis
Na maioria dos casos, novas exposições a doenças sexualmente transmissíveis que você já
adquiriu no passado podem causar a infecção novamente.
A maioria dos tratamentos não protege contra o desenvolvimento de DST no futuro. Se o
seu parceiro não tiver sido tratado, você pode passar a infecção para frente e para trás.
Sem as precauções corretas, você pode adquirir uma segunda DST ou uma recorrência da
mesma infecção.
Além disso, as infecções pelo vírus do herpes genital podem ser recorrentes após uma
única exposição.
Previna-se – Preservativos – Para Homens e Mulheres – Os melhores Você encontra
Aqui! Compre Agora!
Fontes
Entre em contato
16/16

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mais procurados (18)

Ds ts doenças sexualmente transmissíveis
Ds ts   doenças sexualmente transmissíveisDs ts   doenças sexualmente transmissíveis
Ds ts doenças sexualmente transmissíveis
 
Dst’s
Dst’sDst’s
Dst’s
 
Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST's)
Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST's)Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST's)
Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST's)
 
Apresentação AIDS - DST
Apresentação AIDS - DSTApresentação AIDS - DST
Apresentação AIDS - DST
 
Apresentação dst
Apresentação dstApresentação dst
Apresentação dst
 
DoençAs Sexualmente Transmissiveis (2)
DoençAs Sexualmente Transmissiveis (2)DoençAs Sexualmente Transmissiveis (2)
DoençAs Sexualmente Transmissiveis (2)
 
Dst
DstDst
Dst
 
DST's
DST'sDST's
DST's
 
Dsts
DstsDsts
Dsts
 
Dst palestra
Dst palestraDst palestra
Dst palestra
 
Dst – DoençA Sexualmente
Dst – DoençA SexualmenteDst – DoençA Sexualmente
Dst – DoençA Sexualmente
 
Trabalho Sobre DST's
Trabalho Sobre DST'sTrabalho Sobre DST's
Trabalho Sobre DST's
 
Doenças sexualmente transmissíveis (dst’s)
Doenças sexualmente  transmissíveis (dst’s)Doenças sexualmente  transmissíveis (dst’s)
Doenças sexualmente transmissíveis (dst’s)
 
DoençAs S[1]..
DoençAs S[1]..DoençAs S[1]..
DoençAs S[1]..
 
áLbum seriado ds ts
áLbum seriado ds tsáLbum seriado ds ts
áLbum seriado ds ts
 
Palestra dst
Palestra   dstPalestra   dst
Palestra dst
 
D.S.T. 123(1)
D.S.T.  123(1)D.S.T.  123(1)
D.S.T. 123(1)
 
DST
DSTDST
DST
 

Semelhante a DSTs: 12 Infecções Sexuais Evitáveis

Semelhante a DSTs: 12 Infecções Sexuais Evitáveis (20)

Tudo Sobre Dst
Tudo Sobre DstTudo Sobre Dst
Tudo Sobre Dst
 
DST
DSTDST
DST
 
InfecçõEs%20 Sexualmente%20 TransmissíVeis[1]
InfecçõEs%20 Sexualmente%20 TransmissíVeis[1]InfecçõEs%20 Sexualmente%20 TransmissíVeis[1]
InfecçõEs%20 Sexualmente%20 TransmissíVeis[1]
 
Uma ApresentaçãO Completa Xd
Uma ApresentaçãO Completa XdUma ApresentaçãO Completa Xd
Uma ApresentaçãO Completa Xd
 
Dst/aids SIPAT (oficial)
Dst/aids SIPAT (oficial)Dst/aids SIPAT (oficial)
Dst/aids SIPAT (oficial)
 
Ds ts
Ds tsDs ts
Ds ts
 
DOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS - DSTs
DOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS - DSTsDOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS - DSTs
DOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS - DSTs
 
Doenças Sexualmente Transmissíveis
Doenças Sexualmente TransmissíveisDoenças Sexualmente Transmissíveis
Doenças Sexualmente Transmissíveis
 
APRESENTAÇÃO ISTS.ppt
APRESENTAÇÃO ISTS.pptAPRESENTAÇÃO ISTS.ppt
APRESENTAÇÃO ISTS.ppt
 
APRESENTAÇÃO ISTS.ppt
APRESENTAÇÃO ISTS.pptAPRESENTAÇÃO ISTS.ppt
APRESENTAÇÃO ISTS.ppt
 
Tema Hiv Aids Spe 08 04 2008
Tema Hiv Aids Spe 08 04 2008Tema Hiv Aids Spe 08 04 2008
Tema Hiv Aids Spe 08 04 2008
 
dst parte 1. DOENÇA SEXUALEMTE TRANSMISSIVEL
dst parte 1. DOENÇA SEXUALEMTE TRANSMISSIVELdst parte 1. DOENÇA SEXUALEMTE TRANSMISSIVEL
dst parte 1. DOENÇA SEXUALEMTE TRANSMISSIVEL
 
Ist inês e carla
Ist inês e carlaIst inês e carla
Ist inês e carla
 
DST-AIDS.pptx
DST-AIDS.pptxDST-AIDS.pptx
DST-AIDS.pptx
 
IST E AIDS.pptx
IST E AIDS.pptxIST E AIDS.pptx
IST E AIDS.pptx
 
DST
DSTDST
DST
 
O QUE PRECISAMOS SABER SOBRE DST
O QUE PRECISAMOS SABER SOBRE DSTO QUE PRECISAMOS SABER SOBRE DST
O QUE PRECISAMOS SABER SOBRE DST
 
Dst e gravidez na adolescência
Dst e gravidez na adolescênciaDst e gravidez na adolescência
Dst e gravidez na adolescência
 
Dst
DstDst
Dst
 
Comportamentos de risco
Comportamentos de riscoComportamentos de risco
Comportamentos de risco
 

Mais de Tookmed

20 Melhores alimentos para perda de peso da história
20 Melhores alimentos para perda de peso da história20 Melhores alimentos para perda de peso da história
20 Melhores alimentos para perda de peso da históriaTookmed
 
Como fazer lanche saudável e delicioso para crianças: 24 Receitas que eles ir...
Como fazer lanche saudável e delicioso para crianças: 24 Receitas que eles ir...Como fazer lanche saudável e delicioso para crianças: 24 Receitas que eles ir...
Como fazer lanche saudável e delicioso para crianças: 24 Receitas que eles ir...Tookmed
 
7 Poderosos impulsionadores do sistema imunológico
7 Poderosos impulsionadores do sistema imunológico7 Poderosos impulsionadores do sistema imunológico
7 Poderosos impulsionadores do sistema imunológicoTookmed
 
Os 44 Alimentos com menor teor de carboidratos
Os 44 Alimentos com menor teor de carboidratosOs 44 Alimentos com menor teor de carboidratos
Os 44 Alimentos com menor teor de carboidratosTookmed
 
17 Alimentos para controlar o Colesterol Naturalmente
17 Alimentos para controlar o Colesterol Naturalmente17 Alimentos para controlar o Colesterol Naturalmente
17 Alimentos para controlar o Colesterol NaturalmenteTookmed
 
10 benefícios baseados em evidências do chá verde
10 benefícios baseados em evidências do chá verde10 benefícios baseados em evidências do chá verde
10 benefícios baseados em evidências do chá verdeTookmed
 
49 Opções de suco detox para desintoxicar o corpo
49 Opções de suco detox para desintoxicar o corpo49 Opções de suco detox para desintoxicar o corpo
49 Opções de suco detox para desintoxicar o corpoTookmed
 
Vegetais congelados são saudáveis?
Vegetais congelados são saudáveis?Vegetais congelados são saudáveis?
Vegetais congelados são saudáveis?Tookmed
 
20 Mitos sobre saúde desmascarados
20 Mitos sobre saúde desmascarados20 Mitos sobre saúde desmascarados
20 Mitos sobre saúde desmascaradosTookmed
 
As 15 Melhores formas de controla o Diabetes
As 15 Melhores formas de controla o DiabetesAs 15 Melhores formas de controla o Diabetes
As 15 Melhores formas de controla o DiabetesTookmed
 
13 alimentos que causam inchaço e o que comer em vez disso
13 alimentos que causam inchaço e o que comer em vez disso13 alimentos que causam inchaço e o que comer em vez disso
13 alimentos que causam inchaço e o que comer em vez dissoTookmed
 
Como ter uma boa vida sexual após os 50 anos?
Como ter uma boa vida sexual após os 50 anos?Como ter uma boa vida sexual após os 50 anos?
Como ter uma boa vida sexual após os 50 anos?Tookmed
 
O que é tratamento com luz pulsada intensa?
O que é tratamento com luz pulsada intensa?O que é tratamento com luz pulsada intensa?
O que é tratamento com luz pulsada intensa?Tookmed
 
5 principais benefícios da dieta mediterrânea
5 principais benefícios da dieta mediterrânea 5 principais benefícios da dieta mediterrânea
5 principais benefícios da dieta mediterrânea Tookmed
 
Como eliminar o inchaço na barriga e no corpo
Como eliminar o inchaço na barriga e no corpoComo eliminar o inchaço na barriga e no corpo
Como eliminar o inchaço na barriga e no corpoTookmed
 
Vinagre de maça para cuidar da pele funciona?
Vinagre de maça para cuidar da pele funciona?Vinagre de maça para cuidar da pele funciona?
Vinagre de maça para cuidar da pele funciona?Tookmed
 
Porque eu ganho peso? Conheça As Razões mais surpreendentes
Porque eu ganho peso? Conheça As Razões mais surpreendentesPorque eu ganho peso? Conheça As Razões mais surpreendentes
Porque eu ganho peso? Conheça As Razões mais surpreendentesTookmed
 
Quais os 12 principais benefícios do Vinagre de maçã?
Quais os 12 principais benefícios do Vinagre de maçã?Quais os 12 principais benefícios do Vinagre de maçã?
Quais os 12 principais benefícios do Vinagre de maçã?Tookmed
 
O que posso fazer para acabar com rugas?
O que posso fazer para acabar com rugas?O que posso fazer para acabar com rugas?
O que posso fazer para acabar com rugas?Tookmed
 
Como escolher o melhor pediatra para meu filho?
Como escolher o melhor pediatra para meu filho?Como escolher o melhor pediatra para meu filho?
Como escolher o melhor pediatra para meu filho?Tookmed
 

Mais de Tookmed (20)

20 Melhores alimentos para perda de peso da história
20 Melhores alimentos para perda de peso da história20 Melhores alimentos para perda de peso da história
20 Melhores alimentos para perda de peso da história
 
Como fazer lanche saudável e delicioso para crianças: 24 Receitas que eles ir...
Como fazer lanche saudável e delicioso para crianças: 24 Receitas que eles ir...Como fazer lanche saudável e delicioso para crianças: 24 Receitas que eles ir...
Como fazer lanche saudável e delicioso para crianças: 24 Receitas que eles ir...
 
7 Poderosos impulsionadores do sistema imunológico
7 Poderosos impulsionadores do sistema imunológico7 Poderosos impulsionadores do sistema imunológico
7 Poderosos impulsionadores do sistema imunológico
 
Os 44 Alimentos com menor teor de carboidratos
Os 44 Alimentos com menor teor de carboidratosOs 44 Alimentos com menor teor de carboidratos
Os 44 Alimentos com menor teor de carboidratos
 
17 Alimentos para controlar o Colesterol Naturalmente
17 Alimentos para controlar o Colesterol Naturalmente17 Alimentos para controlar o Colesterol Naturalmente
17 Alimentos para controlar o Colesterol Naturalmente
 
10 benefícios baseados em evidências do chá verde
10 benefícios baseados em evidências do chá verde10 benefícios baseados em evidências do chá verde
10 benefícios baseados em evidências do chá verde
 
49 Opções de suco detox para desintoxicar o corpo
49 Opções de suco detox para desintoxicar o corpo49 Opções de suco detox para desintoxicar o corpo
49 Opções de suco detox para desintoxicar o corpo
 
Vegetais congelados são saudáveis?
Vegetais congelados são saudáveis?Vegetais congelados são saudáveis?
Vegetais congelados são saudáveis?
 
20 Mitos sobre saúde desmascarados
20 Mitos sobre saúde desmascarados20 Mitos sobre saúde desmascarados
20 Mitos sobre saúde desmascarados
 
As 15 Melhores formas de controla o Diabetes
As 15 Melhores formas de controla o DiabetesAs 15 Melhores formas de controla o Diabetes
As 15 Melhores formas de controla o Diabetes
 
13 alimentos que causam inchaço e o que comer em vez disso
13 alimentos que causam inchaço e o que comer em vez disso13 alimentos que causam inchaço e o que comer em vez disso
13 alimentos que causam inchaço e o que comer em vez disso
 
Como ter uma boa vida sexual após os 50 anos?
Como ter uma boa vida sexual após os 50 anos?Como ter uma boa vida sexual após os 50 anos?
Como ter uma boa vida sexual após os 50 anos?
 
O que é tratamento com luz pulsada intensa?
O que é tratamento com luz pulsada intensa?O que é tratamento com luz pulsada intensa?
O que é tratamento com luz pulsada intensa?
 
5 principais benefícios da dieta mediterrânea
5 principais benefícios da dieta mediterrânea 5 principais benefícios da dieta mediterrânea
5 principais benefícios da dieta mediterrânea
 
Como eliminar o inchaço na barriga e no corpo
Como eliminar o inchaço na barriga e no corpoComo eliminar o inchaço na barriga e no corpo
Como eliminar o inchaço na barriga e no corpo
 
Vinagre de maça para cuidar da pele funciona?
Vinagre de maça para cuidar da pele funciona?Vinagre de maça para cuidar da pele funciona?
Vinagre de maça para cuidar da pele funciona?
 
Porque eu ganho peso? Conheça As Razões mais surpreendentes
Porque eu ganho peso? Conheça As Razões mais surpreendentesPorque eu ganho peso? Conheça As Razões mais surpreendentes
Porque eu ganho peso? Conheça As Razões mais surpreendentes
 
Quais os 12 principais benefícios do Vinagre de maçã?
Quais os 12 principais benefícios do Vinagre de maçã?Quais os 12 principais benefícios do Vinagre de maçã?
Quais os 12 principais benefícios do Vinagre de maçã?
 
O que posso fazer para acabar com rugas?
O que posso fazer para acabar com rugas?O que posso fazer para acabar com rugas?
O que posso fazer para acabar com rugas?
 
Como escolher o melhor pediatra para meu filho?
Como escolher o melhor pediatra para meu filho?Como escolher o melhor pediatra para meu filho?
Como escolher o melhor pediatra para meu filho?
 

Último

Guia alimentar para a população brasileira .pdf
Guia alimentar para a população brasileira  .pdfGuia alimentar para a população brasileira  .pdf
Guia alimentar para a população brasileira .pdfThiagoAlmeida458596
 
Aula de Anatomia e fisiologia socorrista .pptx
Aula de Anatomia e fisiologia socorrista .pptxAula de Anatomia e fisiologia socorrista .pptx
Aula de Anatomia e fisiologia socorrista .pptxAndersonMoreira538200
 
Aula 02 -Biologia Celular - Células Procariontes e Eucariontes .pdf
Aula 02 -Biologia Celular -  Células Procariontes e  Eucariontes .pdfAula 02 -Biologia Celular -  Células Procariontes e  Eucariontes .pdf
Aula 02 -Biologia Celular - Células Procariontes e Eucariontes .pdfGiza Carla Nitz
 
Aula 5 - Sistema Muscular- Anatomia Humana.pdf
Aula 5 - Sistema Muscular- Anatomia Humana.pdfAula 5 - Sistema Muscular- Anatomia Humana.pdf
Aula 5 - Sistema Muscular- Anatomia Humana.pdfGiza Carla Nitz
 
Aula 8 - Primeiros Socorros - IAM- INFARTO AGUDO DO MIOCARDIO.pdf
Aula 8 - Primeiros Socorros - IAM- INFARTO AGUDO DO MIOCARDIO.pdfAula 8 - Primeiros Socorros - IAM- INFARTO AGUDO DO MIOCARDIO.pdf
Aula 8 - Primeiros Socorros - IAM- INFARTO AGUDO DO MIOCARDIO.pdfGiza Carla Nitz
 
GlicolÃ_se -MEDICINA GERAL PIAGET-2023-2024 - AULA 2 -ESTUDANTE.pdf
GlicolÃ_se -MEDICINA GERAL PIAGET-2023-2024 - AULA 2 -ESTUDANTE.pdfGlicolÃ_se -MEDICINA GERAL PIAGET-2023-2024 - AULA 2 -ESTUDANTE.pdf
GlicolÃ_se -MEDICINA GERAL PIAGET-2023-2024 - AULA 2 -ESTUDANTE.pdfamaroalmeida74
 
Nutrição Enteral e parenteral para enfermagem .pdf
Nutrição Enteral e parenteral para enfermagem .pdfNutrição Enteral e parenteral para enfermagem .pdf
Nutrição Enteral e parenteral para enfermagem .pdfThiagoAlmeida458596
 
AULA 12 DESENVOLVIMENTO FETAL E MUDANÇAS NO CORPO DA MULHER.pptx
AULA 12 DESENVOLVIMENTO FETAL E MUDANÇAS NO CORPO DA MULHER.pptxAULA 12 DESENVOLVIMENTO FETAL E MUDANÇAS NO CORPO DA MULHER.pptx
AULA 12 DESENVOLVIMENTO FETAL E MUDANÇAS NO CORPO DA MULHER.pptxEnfaVivianeCampos
 
Aula 2 - Sistemas de Informação em Saúde.pdf
Aula 2 - Sistemas de Informação em Saúde.pdfAula 2 - Sistemas de Informação em Saúde.pdf
Aula 2 - Sistemas de Informação em Saúde.pdfmarrudo64
 
SAUDE E SEGURANNÇA DO TRABALHO E EPIDEMIOLOGIA
SAUDE E SEGURANNÇA DO TRABALHO E EPIDEMIOLOGIASAUDE E SEGURANNÇA DO TRABALHO E EPIDEMIOLOGIA
SAUDE E SEGURANNÇA DO TRABALHO E EPIDEMIOLOGIAArtthurPereira2
 
Controle-da-população-microbiana-antibióticos-e-resistência-ENF.pdf
Controle-da-população-microbiana-antibióticos-e-resistência-ENF.pdfControle-da-população-microbiana-antibióticos-e-resistência-ENF.pdf
Controle-da-população-microbiana-antibióticos-e-resistência-ENF.pdfRodrigoSimonato2
 
Aula 7 - Sistema Linfático - Anatomia humana.pdf
Aula 7 - Sistema Linfático - Anatomia humana.pdfAula 7 - Sistema Linfático - Anatomia humana.pdf
Aula 7 - Sistema Linfático - Anatomia humana.pdfGiza Carla Nitz
 
Dengue aspectos clinicos sintomas e forma de prevenir.pdf
Dengue aspectos clinicos sintomas e forma de prevenir.pdfDengue aspectos clinicos sintomas e forma de prevenir.pdf
Dengue aspectos clinicos sintomas e forma de prevenir.pdfEduardoSilva185439
 
Primeiros socorros segurança do trabalho
Primeiros socorros segurança do trabalhoPrimeiros socorros segurança do trabalho
Primeiros socorros segurança do trabalhoDjalmadeAndrade2
 
Aula 7 - Tempos Cirurgicos - A Cirurgia Passo A Passo - PARTE 1.pdf
Aula 7 - Tempos Cirurgicos - A Cirurgia Passo A Passo - PARTE 1.pdfAula 7 - Tempos Cirurgicos - A Cirurgia Passo A Passo - PARTE 1.pdf
Aula 7 - Tempos Cirurgicos - A Cirurgia Passo A Passo - PARTE 1.pdfGiza Carla Nitz
 
Slide sobre Estruturalismo - Disponível para Download
Slide sobre Estruturalismo - Disponível para DownloadSlide sobre Estruturalismo - Disponível para Download
Slide sobre Estruturalismo - Disponível para DownloadJordanPrazeresFreita1
 
Aula 1 - Clínica Médica -Organização, Estrutura, Funcionamento.pdf
Aula 1 - Clínica Médica -Organização, Estrutura, Funcionamento.pdfAula 1 - Clínica Médica -Organização, Estrutura, Funcionamento.pdf
Aula 1 - Clínica Médica -Organização, Estrutura, Funcionamento.pdfGiza Carla Nitz
 

Último (17)

Guia alimentar para a população brasileira .pdf
Guia alimentar para a população brasileira  .pdfGuia alimentar para a população brasileira  .pdf
Guia alimentar para a população brasileira .pdf
 
Aula de Anatomia e fisiologia socorrista .pptx
Aula de Anatomia e fisiologia socorrista .pptxAula de Anatomia e fisiologia socorrista .pptx
Aula de Anatomia e fisiologia socorrista .pptx
 
Aula 02 -Biologia Celular - Células Procariontes e Eucariontes .pdf
Aula 02 -Biologia Celular -  Células Procariontes e  Eucariontes .pdfAula 02 -Biologia Celular -  Células Procariontes e  Eucariontes .pdf
Aula 02 -Biologia Celular - Células Procariontes e Eucariontes .pdf
 
Aula 5 - Sistema Muscular- Anatomia Humana.pdf
Aula 5 - Sistema Muscular- Anatomia Humana.pdfAula 5 - Sistema Muscular- Anatomia Humana.pdf
Aula 5 - Sistema Muscular- Anatomia Humana.pdf
 
Aula 8 - Primeiros Socorros - IAM- INFARTO AGUDO DO MIOCARDIO.pdf
Aula 8 - Primeiros Socorros - IAM- INFARTO AGUDO DO MIOCARDIO.pdfAula 8 - Primeiros Socorros - IAM- INFARTO AGUDO DO MIOCARDIO.pdf
Aula 8 - Primeiros Socorros - IAM- INFARTO AGUDO DO MIOCARDIO.pdf
 
GlicolÃ_se -MEDICINA GERAL PIAGET-2023-2024 - AULA 2 -ESTUDANTE.pdf
GlicolÃ_se -MEDICINA GERAL PIAGET-2023-2024 - AULA 2 -ESTUDANTE.pdfGlicolÃ_se -MEDICINA GERAL PIAGET-2023-2024 - AULA 2 -ESTUDANTE.pdf
GlicolÃ_se -MEDICINA GERAL PIAGET-2023-2024 - AULA 2 -ESTUDANTE.pdf
 
Nutrição Enteral e parenteral para enfermagem .pdf
Nutrição Enteral e parenteral para enfermagem .pdfNutrição Enteral e parenteral para enfermagem .pdf
Nutrição Enteral e parenteral para enfermagem .pdf
 
AULA 12 DESENVOLVIMENTO FETAL E MUDANÇAS NO CORPO DA MULHER.pptx
AULA 12 DESENVOLVIMENTO FETAL E MUDANÇAS NO CORPO DA MULHER.pptxAULA 12 DESENVOLVIMENTO FETAL E MUDANÇAS NO CORPO DA MULHER.pptx
AULA 12 DESENVOLVIMENTO FETAL E MUDANÇAS NO CORPO DA MULHER.pptx
 
Aula 2 - Sistemas de Informação em Saúde.pdf
Aula 2 - Sistemas de Informação em Saúde.pdfAula 2 - Sistemas de Informação em Saúde.pdf
Aula 2 - Sistemas de Informação em Saúde.pdf
 
SAUDE E SEGURANNÇA DO TRABALHO E EPIDEMIOLOGIA
SAUDE E SEGURANNÇA DO TRABALHO E EPIDEMIOLOGIASAUDE E SEGURANNÇA DO TRABALHO E EPIDEMIOLOGIA
SAUDE E SEGURANNÇA DO TRABALHO E EPIDEMIOLOGIA
 
Controle-da-população-microbiana-antibióticos-e-resistência-ENF.pdf
Controle-da-população-microbiana-antibióticos-e-resistência-ENF.pdfControle-da-população-microbiana-antibióticos-e-resistência-ENF.pdf
Controle-da-população-microbiana-antibióticos-e-resistência-ENF.pdf
 
Aula 7 - Sistema Linfático - Anatomia humana.pdf
Aula 7 - Sistema Linfático - Anatomia humana.pdfAula 7 - Sistema Linfático - Anatomia humana.pdf
Aula 7 - Sistema Linfático - Anatomia humana.pdf
 
Dengue aspectos clinicos sintomas e forma de prevenir.pdf
Dengue aspectos clinicos sintomas e forma de prevenir.pdfDengue aspectos clinicos sintomas e forma de prevenir.pdf
Dengue aspectos clinicos sintomas e forma de prevenir.pdf
 
Primeiros socorros segurança do trabalho
Primeiros socorros segurança do trabalhoPrimeiros socorros segurança do trabalho
Primeiros socorros segurança do trabalho
 
Aula 7 - Tempos Cirurgicos - A Cirurgia Passo A Passo - PARTE 1.pdf
Aula 7 - Tempos Cirurgicos - A Cirurgia Passo A Passo - PARTE 1.pdfAula 7 - Tempos Cirurgicos - A Cirurgia Passo A Passo - PARTE 1.pdf
Aula 7 - Tempos Cirurgicos - A Cirurgia Passo A Passo - PARTE 1.pdf
 
Slide sobre Estruturalismo - Disponível para Download
Slide sobre Estruturalismo - Disponível para DownloadSlide sobre Estruturalismo - Disponível para Download
Slide sobre Estruturalismo - Disponível para Download
 
Aula 1 - Clínica Médica -Organização, Estrutura, Funcionamento.pdf
Aula 1 - Clínica Médica -Organização, Estrutura, Funcionamento.pdfAula 1 - Clínica Médica -Organização, Estrutura, Funcionamento.pdf
Aula 1 - Clínica Médica -Organização, Estrutura, Funcionamento.pdf
 

DSTs: 12 Infecções Sexuais Evitáveis

  • 1. 1/16 Doenças e infecções sexualmente transmissíveis: 12 DST evitáveis tookmed.com Prevenção de doenças e infecções sexualmente transmissíveis. Você está preparado para proteger sua saúde de doenças e infecções sexualmente transmissíveis? Algumas dessas infecções são mais familiares – você provavelmente já ouviu falarei de clamídia, gonorréia, herpes genital e HIV. Mas muitos mais são menos comentados. Você pode proteger a si e a seus entes queridos de futuros problemas de saúde, entendendo essas doenças sexualmente transmissíveis comuns. Neste artigo, respondemos a algumas de suas perguntas difíceis e às vezes desconfortáveis sobre sintomas e doenças de DST. DST ou IST?
  • 2. 2/16 Alguns especialistas preferem o termo “IST” (infecção sexualmente transmissível). As DSTs incluem todas as infecções que podem ser transmitidas sexualmente. Verrugas genitais (HPV) Você está preparado para proteger sua saúde de doenças e infecções sexualmente transmissíveis? Não é necessário ter relações sexuais para uma doença sexualmente transmissível (DST) para prejudicar sua saúde. O papilomavírus humano (HPV), a doença que causa verrugas genitais, pode ser transmitido por contato íntimo pele a pele. Alguns tipos de HPV causam câncer do colo do útero ou anal e estão disponíveis vacinas para proteger contra os tipos mais perigosos. Outros tipos de HPV causam verrugas genitais, que podem ser elevadas, planas ou em forma de couve-flor. O HPV pode ser transmitido mesmo por pessoas que não apresentam verrugas visíveis ou outros sintomas. Sintomas de HPV As verrugas genitais podem ser grandes ou pequenas, planas ou elevadas. Eles geralmente aparecem como uma pequena protuberância ou grupo de protuberâncias na região genital e podem ter a forma de uma couve-flor. Vacina contra HPV
  • 3. 3/16 Uma vacina para prevenir o HPV é administrada em três doses. A segunda dose é dada um mês ou dois após a primeira dose. A terceira dose ocorre seis meses após a primeira dose. Recomenda-se que meninos e meninas sejam vacinados com 11 ou 12 anos. Se eles não receberam a vacina contra o HPV quando crianças, as mulheres podem receber a vacina contra o HPV até os 26 anos. Os homens podem fazê-lo até os 21 anos. Recomenda-se a vacinação contra o HPV para homens até os 26 anos, para homens que fazem sexo com homens ou homens com comprometimento. sistemas imunológicos, incluindo o HIV. Piolhos pubianos (caranguejos STD) Os piolhos pubianos são conhecidos coloquialmente como “caranguejos”. Esse nome se refere à forma desses parasitas, diferente da dos piolhos. Os piolhos pubianos vivem nos pêlos pubianos e se espalham entre as pessoas durante um contato próximo. Os piolhos pubianos podem ser tratados com medicamentos vendidos sem receita médica. Sintomas de piolhos pubianos (caranguejos) Comichão grave Piolhos ou ovos rastejantes visíveis presos aos pelos pubianos Sarna
  • 4. 4/16 A sarna é frequentemente transmitida durante o contato sexual. Como os piolhos pubianos, a sarna é outra DST parasitária. Este parasita não é necessariamente transmitido sexualmente, pois pode afetar qualquer área da pele. No entanto, a sarna costuma se espalhar durante o contato sexual. Sintomas da sarna Comichão extrema que é pior à noite. A pele parece ter uma erupção cutânea semelhante a uma espinha, como mostrado na foto acima. Tanto a coceira quanto a erupção cutânea podem ocorrer em todo o corpo ou limitadas ao pulso, cotovelo, axila, correias entre os dedos, mamilo, pênis, cintura, cinto ou nádegas. Podem surgir pequenas bolhas (vesículas) e escamas. Pequenas tocas deixadas pelo tunelamento de ácaros da sarna podem ser visíveis na pele. Elas aparecem como pequenas linhas brancas acinzentadas ou cor de pele, levantadas e tortas. A única maneira de evitar essa DST é evitar tocar nas pessoas, pois qualquer contato pele a pele pode espalhar esse ácaro altamente contagioso. Os preservativos, embora sejam bons na prevenção de muitas doenças, não impedem a sarna. Felizmente, esta DST é tratável. Cremes prescritos podem curar uma infestação de sarna. Proteja sua saúde visitando um médico se você acredita ter essa DST. Gonorréia A gonorreia é facilmente transmitida. A gonorreia é uma doença de fácil transmissão que afeta homens e mulheres. Pode prejudicar sua saúde, causando infertilidade em homens e mulheres, se não for tratada. Pode não haver sintomas precoces desta DST comum. Sintomas de gonorréia Ardor durante a micção Corrimento vaginal ou uretral Dor pélvica em mulheres Os homens podem sentir inchaço dos testículos e secreção do pênis
  • 5. 5/16 Em alguns casos, os sintomas são leves e a condição é confundida com uma infecção do trato urinário ou ITU. Visite o seu médico se isso soa como você. Previna-se – Preservativos – Para Homens e Mulheres – Os melhores Você encontra Aqui! Compre Agora! Sífilis A sífilis pode ser curada com antibióticos. A sífilis pode ser curada com antibióticos, mas muitas pessoas não percebem seus primeiros sintomas de DST. Pode causar estragos na sua saúde, causando danos nos nervos, cegueira, paralisia e até a morte ao longo do tempo, se não for tratada. Sintomas de sífilis Uma ferida redonda, firme e indolor nos órgãos genitais ou na área anal (geralmente o primeiro sinal) Uma erupção cutânea pode se desenvolver mais tarde nas solas dos pés, palmas das mãos ou outras partes do corpo Linfonodos aumentados Febre Fadiga Perda de cabelo A sífilis tardia pode causar danos a muitos sistemas orgânicos. É por isso que a detecção precoce é tão crítica para sua saúde.
  • 6. 6/16 Clamídia A clamídia é uma DST muito comum. Pode causar infertilidade se não for tratado. Os sintomas podem não ser percebidos ou podem ser vagos e inespecíficos. Algumas pessoas não apresentam efeitos à saúde. Sintomas de clamídia Ardor ou coceira nos órgãos genitais Descarga Dor ao urinar As infecções por clamídia também podem se desenvolver no reto e na garganta. Previna-se – Preservativos – Para Homens e Mulheres – Os melhores Você encontra Aqui! Compre Agora! Herpes oral (vírus do herpes simples 1) O herpes oral geralmente não é considerado uma doença sexualmente transmissível. Feridas ou “bolhas de febre” nos lábios são um sinal de infecção pelo vírus do herpes, geralmente causada pelo tipo de vírus do herpes conhecido como vírus do herpes humano 1, também conhecido como herpes oral. O herpes oral geralmente não é considerado uma doença sexualmente transmissível. Pode ser transmitido através de beijos ou contato com a família. No entanto, também pode se espalhar para os órgãos genitais. (Embora esse tipo de herpes possa ser contraído nos órgãos genitais, é diferente da doença conhecida como herpes genital). Não há cura para a infecção por herpes, mas os medicamentos podem reduzir a gravidade e a duração dos surtos. Herpes oral Comichão nos lábios ou pele ao redor da boca Queimando perto da área dos lábios ou da boca Formigamento perto da área dos lábios ou da boca Dor de garganta Glândulas inchadas Deglutição dolorosa Pode ocorrer erupção cutânea nas gengivas, lábios, boca ou garganta Os sintomas do herpes oral geralmente aparecem 1-3 semanas após a primeira infecção. Quando os sintomas retornam, eles geralmente são mais leves que o surto inicial de herpes.
  • 7. 7/16 Herpes genital (vírus do herpes simples 2) Ao contrário do herpes oral, as infecções por herpes genital são causadas por um vírus diferente, conhecido como HSV-2 HHV-2. O vírus do herpes genital se espalha através do contato genital direto e é considerado uma DST. Mais de 87% das pessoas infectadas com herpes genital desconhecem sua infecção devido a sintomas muito leves ou inexistentes. Sintomas de herpes genital Bolhas dolorosas e cheias de líquido e feridas com crostas na área genital, nádegas, coxas ou ânus. Um leve formigamento ou dor nas pernas, quadris ou nádegas pode ocorrer horas a dias antes de um surto de herpes genital. Após a primeira infecção, surtos menos graves são comuns no primeiro ano. Os surtos tendem a diminuir com o tempo, embora a infecção possa permanecer no corpo indefinidamente. Uma infecção por herpes genital pode se espalhar para os lábios através do contato oral. Assim como o herpes oral, os medicamentos podem reduzir a gravidade do herpes genital, mas não há cura. Hepatite B
  • 8. 8/16 A hepatite B é um vírus que se espalha através do contato com fluidos corporais e sangue, para que possa ser transmitido através da relação sexual. A hepatite B é um vírus que se espalha através do contato com fluidos corporais e sangue, para que possa ser transmitido através da relação sexual. A infecção pela hepatite B também é possível através do compartilhamento de agulhas, lâminas de barbear e escovas de dente. Os bebês podem se infectar ao nascer de uma mãe infectada. É possível passar anos sem sintomas desta DST. Sintomas da hepatite B Náusea Dor abdominal Icterícia (amarelecimento da pele e parte branca dos olhos) Com o tempo, podem surgir cicatrizes do fígado (cirrose) e câncer de fígado. Embora não haja cura, existe uma vacina para prevenir a infecção pela hepatite B. Previna-se – Preservativos – Para Homens e Mulheres – Os melhores Você encontra Aqui! Compre Agora! HIV / AIDS O vírus HIV (vírus da AIDS) enfraquece o sistema imunológico do corpo. É transmitida por contato sexual, compartilhamento de seringas ou de uma mãe infectada para o bebê.
  • 9. 9/16 Pode não haver sintomas há anos, mas um exame de sangue pode dizer se você foi infectado. Com tratamento adequado, muitas doenças graves podem ser evitadas. Sintomas do HIV Sintomas semelhantes à gripe 1 a 2 meses após a primeira infecção, incluindo linfonodos inchados, febre e dores de cabeça Arrepios Erupção cutânea Suor noturno Dores musculares Dor de garganta Linfonodos inchados Úlceras na boca Sintomas de AIDS Rápida perda de peso Febre recorrente ou suores noturnos profusos Cansaço extremo e inexplicável Inchaço prolongado das glândulas linfáticas nas axilas, virilha ou pescoço Diarréia que dura mais de uma semana Feridas na boca, ânus ou genitais Pneumonia Manchas vermelhas, marrons, rosa ou arroxeadas na pele, ou sob a pele, ou dentro da boca, nariz ou pálpebras Perda de memória, depressão e outros distúrbios neurológicos Previna-se – Preservativos – Para Homens e Mulheres – Os melhores Você encontra Aqui! Compre Agora! Teste de HIV Existem testes precisos para identificar se você foi ou não infectado pelo vírus HIV. O teste pode ser realizado anonimamente, com apenas um número para identificá-lo. No entanto, às vezes as pessoas podem não ter um resultado positivo nas primeiras 3-4 semanas a 6 meses após a infecção. Esse período é chamado de “período da janela” no qual os anticorpos podem não ter se desenvolvido o suficiente para um teste positivo. Você ainda pode transmitir o vírus para outras pessoas durante esse período. Opções de tratamento para HIV / AIDS Embora não haja cura para o HIV, existem medicamentos que podem suprimir a quantidade de vírus que se multiplica dentro do corpo.
  • 10. 10/16 Embora não haja cura para o HIV, existem medicamentos que podem suprimir a quantidade de vírus que se multiplica dentro do corpo. As pessoas tomam uma combinação de medicamentos antivirais na esperança de impedir que a infecção avance para a AIDS. Tratamentos adicionais podem ajudar a prevenir ou combater infecções graves, se o sistema imunológico enfraquecer. Tricomoníase (“Trich”) A maioria dos homens afetados não apresenta sintomas específicos de tricomoníase. A tricomoníase é uma infecção parasitária (causada por Trichomonas vaginalis ) que se espalha durante o contato sexual. Afeta homens e mulheres e pode ser curada com medicamentos. Os homens mais afetados não apresentam sintomas específicos. Sintomas de tricomoníase Homens: secreção menor ou queimação ao urinar Mulheres: corrimento vaginal verde-amarelado com odor proeminente, coceira na área vaginal ou sexo, ou micção dolorosa Os sintomas podem se desenvolver de 5 a 28 dias após a infecção. Cancróide O cancróide é uma DST que raramente é vista no Brasil. É mais comum na África e na Ásia. Causa nódulos dolorosos na área genital que podem progredir para abrir feridas. Antibióticos podem curar a infecção; o cancróide é causado por infecção bacteriana por Haemophilus ducreyi. Sintomas de Chancroid Uma ou mais feridas, ou inchaços nos órgãos genitais. Uma borda estreita e vermelha circunda as feridas. As feridas ficam cheias de pus e acabam por se transformar em uma ferida aberta dolorosa. Aproximadamente metade do tempo, quando não tratada, a infecção bacteriana dos cancróides se espalha para as glândulas linfáticas da virilha, fazendo com que a virilha aumente e se torne dura e dolorosa. Linfogranuloma venéreo (LGV)
  • 11. 11/16 Como outras infecções por clamídia, o LGV pode ser curado por tratamento com antibióticos. O linfogranuloma venéreo (LGV) é um tipo de infecção por clamídia, mas é causado por um tipo diferente de clamídia (Chlamydia trachomatis) do que a doença clamídia usual. Como outras infecções por clamídia, pode ser curada por tratamento com antibióticos. Sintomas precoces de linfogranuloma venéreo (3-12 dias após a exposição) Vermelho macio, feridas indolores sobre ou perto dos órgãos genitais, ou ânus Feridas semelhantes na garganta ou boca após sexo oral Sintomas posteriores de linfogranuloma venéreo (2-6 semanas após a exposição) Feridas abertas nos órgãos genitais Linfonodos inchados na virilha Dor de cabeça Feridas anais e secreção retal ou sangramento se a infecção foi adquirida através do sexo anal Dor ao urinar Constipação Sangramento retal Dor na região lombar / abdome Diarréia cheia de pus ou com sangue Febre, calafrios, dores nas articulações, diminuição do apetite e fadiga Doença inflamatória pélvica No PID, As bactérias se espalham para o útero e o trato reprodutivo feminino. A doença inflamatória pélvica (DIP) não é uma DST específica. Pelo contrário, é uma complicação que pode se desenvolver a partir de várias doenças, particularmente gonorréia e clamídia. No PID, as bactérias se espalham para o útero e o trato reprodutivo feminino. Infertilidade pode resultar se a condição não for tratada imediatamente. Sintomas da doença inflamatória pélvica Febre Dor pélvica ou baixa abdominal Dor ao urinar Descarga Relações dolorosas Sangramento leve
  • 12. 12/16 Previna-se – Preservativos – Para Homens e Mulheres – Os melhores Você encontra Aqui! Compre Agora! Quem está em risco de doenças sexualmente transmissíveis? Estima-se que metade dos jovens adultos sexualmente ativos adquira pelo menos uma dessas DSTs aos 25 anos. De fato, as doenças sexuais são o tipo de infecção mais comumente relatado. Embora seja mais comum em adolescentes e adultos jovens, qualquer pessoa sexualmente ativa está potencialmente em risco. O risco é aumentado por ter vários parceiros sexuais. A incidência de algumas doenças sexualmente transmissíveis, incluindo LGV e sífilis, está aumentando em homens que fazem sexo com homens. Virgens podem contrair doenças sexualmente transmissíveis? Muitas dessas doenças podem se espalhar através de qualquer tipo de atividade sexual. Isso pode incluir contato pele a pele e sexo oral. Isso significa que as pessoas que ainda não tiveram relações sexuais ainda podem ser infectadas. Prevenção de infecções
  • 13. 13/16 Doenças e infecções sexualmente transmissíveis – Doenças e infecções sexualmente transmissíveis – Doenças e infecções sexualmente transmissíveis A abstinência de qualquer contato sexual é a única maneira absoluta de prevenir as DSTs. A abstinência de qualquer contato sexual (ou contato pele a pele) é a única maneira absoluta de prevenir as DSTs. Estar em um relacionamento monogâmico a longo prazo também é uma boa maneira de evitá-los. Também existem etapas a serem seguidas para diminuir a chance de contrair uma DST se você for sexualmente ativo, incluindo: Perguntando aos parceiros se eles já foram infectados. Usando preservativos. Evitar atividade sexual com um parceiro que mostra sintomas de DST. Solicitando que os parceiros sejam testados antes de fazer sexo. Estar ciente dos sintomas e sinais dessas condições. Os limites dos preservativos Os preservativos podem impedir a propagação de algumas doenças sexualmente transmissíveis, mas não são 100% eficazes. Eles são menos eficazes na proteção contra herpes, sífilis e verrugas genitais, uma vez que essas doenças sexualmente transmissíveis podem ser transmitidas pelo contato com lesões na pele que não são cobertas por um preservativo. Os preservativos também não protegem contra infestações de caranguejos e sarna.
  • 14. 14/16 Como dizer ao seu parceiro que você está infectado Informe o seu parceiro o mais rápido possível se você acredita estar infectado. Pode ser difícil, mas é importante informar o seu parceiro o mais rápido possível se você acredita estar infectado. Mesmo se estiver sendo tratado, você ainda poderá espalhar a infecção. Para algumas doenças, ambos os parceiros devem ser tratados ao mesmo tempo. Pode ser difícil compartilhar essas informações, então algumas pessoas pensam que preparar um script com antecedência pode ser útil. Aqui estão alguns fatos que podem ajudar a conversa a ser mais tranquila: 1. Descobrir uma doença sexualmente transmissível não é necessariamente evidência de trapaça. 2. Pode muito bem ter vindo de seu relacionamento passado ou do seu parceiro. 3. Estima-se que uma em cada duas pessoas sexualmente ativas contraia essa condição aos 25 anos. 4. A maioria delas não sabe que tem uma infecção. 5. Muitos sintomas de DST são sutis ou nem aparecem quando contraídos pela primeira vez e podem ser descobertos muito mais tarde. 6. É normal ficar nervoso com esse tópico. 7. Mas, ao ser ousado e agir, você pode promover ativamente uma saúde melhor para você e seu parceiro. DST e Gravidez Algumas doenças sexualmente transmissíveis podem causar trabalho de parto prematuro em mulheres grávidas, e muitas doenças sexualmente transmissíveis podem ser transmitidas ao bebê durante a gravidez ou o parto. Portanto, todas as mulheres grávidas devem ser verificadas quanto às doenças sexualmente transmissíveis. As doenças sexualmente transmissíveis podem causar inúmeros problemas em bebês, como baixo peso ao nascer, natimorto, problemas nos nervos, cegueira, infecções graves e problemas no fígado. O tratamento durante a gravidez pode reduzir os riscos dessas complicações e curar muitos tipos de infecções. Previna-se – Preservativos – Para Homens e Mulheres – Os melhores Você encontra Aqui! Compre Agora! As doenças sexualmente transmissíveis podem voltar?
  • 15. 15/16 Doenças e infecções sexualmente transmissíveis – Doenças e infecções sexualmente transmissíveis – Doenças e infecções sexualmente transmissíveis Na maioria dos casos, novas exposições a doenças sexualmente transmissíveis que você já adquiriu no passado podem causar a infecção novamente. A maioria dos tratamentos não protege contra o desenvolvimento de DST no futuro. Se o seu parceiro não tiver sido tratado, você pode passar a infecção para frente e para trás. Sem as precauções corretas, você pode adquirir uma segunda DST ou uma recorrência da mesma infecção. Além disso, as infecções pelo vírus do herpes genital podem ser recorrentes após uma única exposição. Previna-se – Preservativos – Para Homens e Mulheres – Os melhores Você encontra Aqui! Compre Agora! Fontes Entre em contato
  • 16. 16/16