SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 21
Baixar para ler offline
SISTEMA CIRCULATÓRIO
O aparelho circulatório é formado por
    um sistema fechado de vasos
    sanguíneos, cujo centro funcional é o
    coração.

    O coração bombeia sangue para todo o
    corpo através de uma rede de vasos.


    O sangue transporta oxigênio e
    substâncias essenciais para todos os
    tecidos e remove produtos residuais
    desses tecidos.


Esquema da circulação sangüínea:
1-Coração;
2-Circulação cerebral;
3-Circulação pulmonar;
4-Circulação hepática;
5-Circulação gástrica;
6-Baço;
7-Circulação renal;
8-Circulação intestinal;
9-Circulação nos membros inferiores.
FUNÇÃO:

 c) fornecimento de oxigênio, substâncias nutritivas e hormônios aos tecidos;

 b) transportar os produtos finais do metabolismo (excretas como CO2 e uréia)
     até os órgãos responsáveis por sua eliminação




Calcula-se que uma porção determinada de sangue complete seu trajeto em um período
                            aproximado de um minuto.
As veias levam ao coração
                                                     sangue vindo do corpo. Suas
                                                     paredes são mais finas que as
                                                             das artérias.




                                     Os capilares levam
                                  sangue aos tecidos, para
                                    fornecer oxigênio às
                                     células. Eles ligam
                                      artérias a veias.

                              A estrutura dos diversos
As artérias levam sangue   tipos de vasos é semelhante,
  do coração a todo o
corpo. Suas paredes são
                                variando apenas nos
 espessas e dilatáveis.        capilares, que pela sua
                                 função de local de
                           realização de trocas sangue/
                                 células apenas são
                             composto por um epitélio.
COMPARAÇÃO DOS SISTEMAS CIRCULATÓRIOS

Poríferos (átrio), Cnidários e Platelmintos (cavidades gastrovasculares) : Não
ocorre sistema circulatório

                                 Artrópodos - sistema circulatório aberto: não
                                 existe diferença entre o sangue e o fluido
                                 intersticial, pois o primeiro abandona os vasos
                                 e acumula-se em lacunas no corpo. Designa-se
                                 este líquido circulante como hemolinfa.




                                   Anelídeos - sistema circulatório
                                   fechado: muito mais eficiente pois todo
                                   o percurso do sangue é feito dentro do
                                   sistema de vasos.
VERTEBRADOS:


               Peixes – coração com duas cavidades;
               -Sangue venoso penetra na aurícula pelo
               seio venoso e sai do ventrículo pelo cone
               arterial;
               - segue depois para as brânquias, onde é
               oxigenado. Passa para a aorta dorsal, que
               se ramifica pelo corpo, regressando
               posteriormente ao coração.
               - Assim, apenas circula sangue venoso no
               coração, por onde passa uma única vez –
               circulação simples.

Anfíbios – coração com três cavidades, duas aurículas e
um ventrículo.
- Sangue venoso ==> aurícula direita, ==> ventrículo ==>
pulmões e pele.
- Regressa ao coração pela aurícula esquerda, ==>
ventrículo, se mistura parcialmente com o sangue venoso
==> corpo, novamente pulmões e pele.
COMPARAÇÃO
                   Répteis – com exceção dos crocodilianos, o coração
                   dos répteis apresenta três cavidades, duas aurículas e
                   um ventrículo parcialmente separado por um septo
                   incompleto;
                   - A circulação é realizada de modo semelhante á dos
                   anfíbios, sendo a mistura de sangue minimizada;
                   - O sangue arterial da metade esquerda do coração
                   passa para crossas aórticas ou arcos sistémicos. Por
                   este motivo, a circulação é dupla e incompleta;




Aves e mamíferos – coração com quatro cavidades, duas aurículas e dois
ventrículos (cujas paredes não são igualmente musculadas), sem
possibilidade de mistura de sangue arterial e venoso.

Por este motivo, estes animais apresentam circulação completa, sendo a
metade direita do coração atravessada exclusivamente por sangue venoso e
a esquerda por sangue arterial.
O coração é formado por
quatro cavidades; as
aurículas direita e
esquerda e os ventrículos
direito e esquerdo.

O lado direito do coração
bombeia sangue carente
de oxigênio, procedente
dos tecidos, para os
pulmões, onde este é
oxigenado

O lado esquerdo do
coração recebe o sangue
oxigenado dos pulmões,
impulsionando-os, através
das artérias, para todos os
tecidos do organismo.
Circulação pulmonar

Aurícula   O sangue procedente de todo o
Direita      organismo chega à aurícula
            direita através de duas veias
           principais; a veia cava superior
                e a veia cava inferior.



 Veias
 Cavas
Oxigenação   Quando a aurícula direita se
                      contrai, impulsiona o sangue
                      através de um orifício até o
                      ventrículo direito. A contração
                      deste ventrículo conduz o sangue
                      para os pulmões, onde é
                      oxigenado.




Sangue
Venoso
Depois, ele regressa ao
coração na aurícula esquerda.
Quando esta cavidade se
contrai, o sangue passa para
o ventrículo esquerdo e dali,
para a aorta, graças à
contração ventricular.             Aurícula
                                   Esquerda



                                Artéria
                                Aorta
RESUMINDO
CICLO CARDêACO




 Ciclo cardíaco é a seqüência de fatos que acontece a cada
 batimento cardíaco.

 SêSTOLE: o coração ciclicamente se contrai e relaxa. Quando se
 SêSTOLE
 contrai, ejeta o sangue em direção das artérias.

  DIçSTOLE: Quando relaxa, recebe o sangue proveniente das
  DIçSTOLE
 veias, na fase chamada.
PRESSÃO ARTERIAL



 O QUE SIGNIFICAM OS NÚMEROS DE UMA MEDIDA DE PRESSÃO ARTERIAL?

 Significam uma medida de pressão calibrada em milímetros de mercúrio (mmHg).

O primeiro número, ou o de maior valor, é chamado de sistólico, e corresponde à
pressão da artéria no momento em que o sangue foi bombeado pelo coração.

O segundo número, ou o de menor valor é chamado de diastólico, e corresponde à
pressão na mesma artéria, no momento em que o coração está relaxado após uma
contração.
TABELA DE VALORES MÉDIOS NORMAIS DE PRESSÃO ARTERIAL


                                                PRESSÃO ARTERIAL EM MMHG
           IDADE EM ANOS
                     4                                           85/60
                     6                                           95/62
                    10                                          100/65
                    12                                          108/67
                    16                                          118/75
                  Adulto                                        120/80
                  Idoso                                    140-160/90-100

- Em termos gerais, diz-se que o valor de 120/80 mmHg é o valor considerado ideal.

- Medidas até 140 mmHg para a pressão sistólica, e 90 mmHg para a diastólica, podem ser
aceitas como normais.

- O local mais comum de verificação da pressão arterial é no braço, usando como ponto de
ausculta a artéria braquial.

- O equipamento usado é o esfigmomanômetro ou tensiômetro, vulgarmente chamado de
manguito, e para auscultar os batimentos, usa-se o estetoscópio.
Pequena
Circulação




  Grande
 Circulação
SISTEMA LINFçTICO

O QUE É? Sistema paralelo ao circulatório, constituído por uma vasta rede
de vasos semelhantes às veias (vasos linfáticos);


FUNÇÃO? Se distribuem por todo o corpo e recolhem o líquido tissular
(que não retornou aos capilares sangüíneos), filtrando-o e reconduzindo-o
à circulação sangüínea;

CONSTITUIÇÃO? É constituído pela linfa, vasos e órgãos linfáticos;

            Linfa: Líquido de composição é semelhante à do sangue, sem
            hemácias, com glóbulos brancos dos quais 99% são linfócitos;
                                      Obs.:No sangue os linfócitos representam
                                      cerca de 50% do total de glóbulos brancos.
Capilares linfáticos, presentes em quase todos os tecidos do corpo



Mais finos se unem em vasos maiores e desembocam em dois ductos:



  •   no duto torácico recebe a linfa:

      - da parte inferior do corpo
      - do lado esquerdo da cabeça
      - do braço esquerdo
      - de partes do tórax



            b) e o duto linfático recebe a linfa procedente:

              - do lado direito da cabeça
              - do braço direito
              - de parte do tórax
                    desembocam em veias próximas ao coração
Órgãos linfáticos
Amígdalas (tonsilas palatinas): produzem linfócitos.

Timo: tec. Conjunt. reticular linfóide, rico em linfócitos)

Linfonodos ou nódulos linfáticos:
- órgãos linfáticos mais numerosos do organismo;
 - Filtra a linfa e elimina corpos estranhos que ela possa
 conter, como vírus e bactérias;
 - Presença de linfócitos, macrófagos e plasmócitos;
 - Proliferação dessas células provocada pela presença de
 microorganismos patogênicos determina o aumento do
 tamanho dos gânglios, que se tornam dolorosos, formando
 a íngua.

Baço:
- Órgão linfático, excluído da circulação linfática, interposto
na circulação sangüínea e cuja drenagem venosa passa,
obrigatoriamente, pelo fígado.
- Possui grande quantidade de macrófagos que, através da
fagocitose, destroem micróbios, restos de tecido, substâncias
estranhas, células do sangue em circulação já desgastadas
como eritrócitos, leucócitos e plaquetas.
- “limpa” o sangue, funcionando como um filtro

- tem participação na resposta imune, reagindo a agentes
infecciosos.
Sistema circulatorio 2011
Sistema circulatorio 2011

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Doenças cardio respiratórias e actividade física
Doenças cardio respiratórias e actividade física Doenças cardio respiratórias e actividade física
Doenças cardio respiratórias e actividade física Joana Azevedo
 
Sistema circulatório
Sistema circulatórioSistema circulatório
Sistema circulatórioTânia Reis
 
Sistema circulatório ventriculos
Sistema circulatório ventriculosSistema circulatório ventriculos
Sistema circulatório ventriculoskarol_ribeiro
 
Sistema Cardiovascular - Biologia
Sistema Cardiovascular - BiologiaSistema Cardiovascular - Biologia
Sistema Cardiovascular - BiologiaCarson Souza
 
Sangue sistema circulatório
Sangue sistema circulatórioSangue sistema circulatório
Sangue sistema circulatórioMargarida Catarro
 
Anatomia do sistema cardiovascular
Anatomia do sistema cardiovascularAnatomia do sistema cardiovascular
Anatomia do sistema cardiovascularRafael Fontoura
 
Sistema Cardio respiratório
Sistema Cardio respiratórioSistema Cardio respiratório
Sistema Cardio respiratórioAndrey Moreira
 
Sistema cardiovascular
Sistema cardiovascularSistema cardiovascular
Sistema cardiovascularwagneripo
 
Sistema circulatorio 9º
Sistema circulatorio 9ºSistema circulatorio 9º
Sistema circulatorio 9ºCarla Scala
 
2- CORAÇÃO E CIRCULAÇÃO
2- CORAÇÃO E CIRCULAÇÃO2- CORAÇÃO E CIRCULAÇÃO
2- CORAÇÃO E CIRCULAÇÃOsandranascimento
 
Sistema cardiovascular
Sistema cardiovascularSistema cardiovascular
Sistema cardiovascularIsabel Canova
 
1195248006 coracao
1195248006 coracao1195248006 coracao
1195248006 coracaoPelo Siro
 
Unidade 6 sistema cardio respiratório
Unidade 6   sistema cardio respiratórioUnidade 6   sistema cardio respiratório
Unidade 6 sistema cardio respiratórioMargarida Cardoso
 

Mais procurados (20)

Doenças cardio respiratórias e actividade física
Doenças cardio respiratórias e actividade física Doenças cardio respiratórias e actividade física
Doenças cardio respiratórias e actividade física
 
Sistema cardiovascular
Sistema cardiovascularSistema cardiovascular
Sistema cardiovascular
 
Sistema circulatório
Sistema circulatórioSistema circulatório
Sistema circulatório
 
Sistema cardiovascular 8 ano
Sistema cardiovascular 8 anoSistema cardiovascular 8 ano
Sistema cardiovascular 8 ano
 
Sistema circulatório ventriculos
Sistema circulatório ventriculosSistema circulatório ventriculos
Sistema circulatório ventriculos
 
Sistema Cardiovascular - Biologia
Sistema Cardiovascular - BiologiaSistema Cardiovascular - Biologia
Sistema Cardiovascular - Biologia
 
Sistema Circulatório
Sistema CirculatórioSistema Circulatório
Sistema Circulatório
 
Sangue sistema circulatório
Sangue sistema circulatórioSangue sistema circulatório
Sangue sistema circulatório
 
Anatomia do sistema cardiovascular
Anatomia do sistema cardiovascularAnatomia do sistema cardiovascular
Anatomia do sistema cardiovascular
 
Sistema Cardio respiratório
Sistema Cardio respiratórioSistema Cardio respiratório
Sistema Cardio respiratório
 
Sistema circulatorio
Sistema circulatorioSistema circulatorio
Sistema circulatorio
 
Sistema Circulatorio
Sistema CirculatorioSistema Circulatorio
Sistema Circulatorio
 
Sistema cardiovascular
Sistema cardiovascularSistema cardiovascular
Sistema cardiovascular
 
Sistema circulatorio 9º
Sistema circulatorio 9ºSistema circulatorio 9º
Sistema circulatorio 9º
 
2- CORAÇÃO E CIRCULAÇÃO
2- CORAÇÃO E CIRCULAÇÃO2- CORAÇÃO E CIRCULAÇÃO
2- CORAÇÃO E CIRCULAÇÃO
 
Sistema cardiovascular
Sistema cardiovascularSistema cardiovascular
Sistema cardiovascular
 
Fisiologia cardiaca...tema
Fisiologia  cardiaca...temaFisiologia  cardiaca...tema
Fisiologia cardiaca...tema
 
1195248006 coracao
1195248006 coracao1195248006 coracao
1195248006 coracao
 
Unidade 6 sistema cardio respiratório
Unidade 6   sistema cardio respiratórioUnidade 6   sistema cardio respiratório
Unidade 6 sistema cardio respiratório
 
Circulação slides
Circulação slidesCirculação slides
Circulação slides
 

Destaque

Destaque (10)

Fisiologia vascular
Fisiologia vascularFisiologia vascular
Fisiologia vascular
 
Angiologia
AngiologiaAngiologia
Angiologia
 
Sistema Circulatorio
Sistema CirculatorioSistema Circulatorio
Sistema Circulatorio
 
Fisiologia vascular
Fisiologia vascularFisiologia vascular
Fisiologia vascular
 
Angiología
AngiologíaAngiología
Angiología
 
Fisiologia de la circulacion
Fisiologia  de la circulacionFisiologia  de la circulacion
Fisiologia de la circulacion
 
Sistema circulatorio power point
Sistema circulatorio power pointSistema circulatorio power point
Sistema circulatorio power point
 
Fisiología cardiovascular en el ser humano
Fisiología cardiovascular en el ser humanoFisiología cardiovascular en el ser humano
Fisiología cardiovascular en el ser humano
 
Diapositivas del Sistema Circulatorio
Diapositivas del Sistema CirculatorioDiapositivas del Sistema Circulatorio
Diapositivas del Sistema Circulatorio
 
FisiologíA Vascular
FisiologíA VascularFisiologíA Vascular
FisiologíA Vascular
 

Semelhante a Sistema circulatorio 2011

sistema circulatório, fisiologia humana e comparada
sistema circulatório, fisiologia humana e comparadasistema circulatório, fisiologia humana e comparada
sistema circulatório, fisiologia humana e comparadaIsanaCarlaAmorimSouz
 
Sistema cardiovascular e o sangue
Sistema cardiovascular e o sangueSistema cardiovascular e o sangue
Sistema cardiovascular e o sanguerobioprof
 
4- SISTEMA CIRCULATÓRIO.pptx
4- SISTEMA CIRCULATÓRIO.pptx4- SISTEMA CIRCULATÓRIO.pptx
4- SISTEMA CIRCULATÓRIO.pptxjaquelinemelo57
 
(7) biologia e geologia 10º ano - o transporte nos animais
(7) biologia e geologia   10º ano - o transporte nos animais(7) biologia e geologia   10º ano - o transporte nos animais
(7) biologia e geologia 10º ano - o transporte nos animaisHugo Martins
 
Aula MANHÃ - SISTEMA CARDIOVASCULAR.pptx
Aula MANHÃ - SISTEMA CARDIOVASCULAR.pptxAula MANHÃ - SISTEMA CARDIOVASCULAR.pptx
Aula MANHÃ - SISTEMA CARDIOVASCULAR.pptxRodrigoSousa736857
 
Sistema circulatório apresentação 2
Sistema circulatório   apresentação 2Sistema circulatório   apresentação 2
Sistema circulatório apresentação 2Darlene Santana
 
Sistema circulatório 6º ano
Sistema circulatório 6º anoSistema circulatório 6º ano
Sistema circulatório 6º anoIsabel Ribeiro
 
(8) 2008 - 2009 - 9º ano - organismo em equilíbrio - sistema cardio-respira...
(8)   2008 - 2009 - 9º ano - organismo em equilíbrio - sistema cardio-respira...(8)   2008 - 2009 - 9º ano - organismo em equilíbrio - sistema cardio-respira...
(8) 2008 - 2009 - 9º ano - organismo em equilíbrio - sistema cardio-respira...Hugo Martins
 
Sistemacirculatorio 100318163738-phpapp02
Sistemacirculatorio 100318163738-phpapp02Sistemacirculatorio 100318163738-phpapp02
Sistemacirculatorio 100318163738-phpapp02tatimantilla
 
Sistemacirculatorio 100318163738-phpapp02
Sistemacirculatorio 100318163738-phpapp02Sistemacirculatorio 100318163738-phpapp02
Sistemacirculatorio 100318163738-phpapp02tatimantilla
 
Sistemacirculatorio 100318163738-phpapp02
Sistemacirculatorio 100318163738-phpapp02Sistemacirculatorio 100318163738-phpapp02
Sistemacirculatorio 100318163738-phpapp02tatimantilla
 
Anatomia - Sistema Cardio Linfático
Anatomia - Sistema Cardio LinfáticoAnatomia - Sistema Cardio Linfático
Anatomia - Sistema Cardio LinfáticoPedro Miguel
 

Semelhante a Sistema circulatorio 2011 (20)

Sistema circulatório.docx
Sistema circulatório.docxSistema circulatório.docx
Sistema circulatório.docx
 
sistema circulatório, fisiologia humana e comparada
sistema circulatório, fisiologia humana e comparadasistema circulatório, fisiologia humana e comparada
sistema circulatório, fisiologia humana e comparada
 
Sistema cardiovascular e o sangue
Sistema cardiovascular e o sangueSistema cardiovascular e o sangue
Sistema cardiovascular e o sangue
 
4- SISTEMA CIRCULATÓRIO.pptx
4- SISTEMA CIRCULATÓRIO.pptx4- SISTEMA CIRCULATÓRIO.pptx
4- SISTEMA CIRCULATÓRIO.pptx
 
(7) biologia e geologia 10º ano - o transporte nos animais
(7) biologia e geologia   10º ano - o transporte nos animais(7) biologia e geologia   10º ano - o transporte nos animais
(7) biologia e geologia 10º ano - o transporte nos animais
 
Circulação sanguínea
Circulação sanguíneaCirculação sanguínea
Circulação sanguínea
 
sistema circulatorio.pptx
sistema circulatorio.pptxsistema circulatorio.pptx
sistema circulatorio.pptx
 
Sistema+circulatório
Sistema+circulatórioSistema+circulatório
Sistema+circulatório
 
Sangue
SangueSangue
Sangue
 
Sistema cardiovascular
Sistema cardiovascularSistema cardiovascular
Sistema cardiovascular
 
O Sistema Circulatório
O Sistema CirculatórioO Sistema Circulatório
O Sistema Circulatório
 
Aula MANHÃ - SISTEMA CARDIOVASCULAR.pptx
Aula MANHÃ - SISTEMA CARDIOVASCULAR.pptxAula MANHÃ - SISTEMA CARDIOVASCULAR.pptx
Aula MANHÃ - SISTEMA CARDIOVASCULAR.pptx
 
Sistema circulatório apresentação 2
Sistema circulatório   apresentação 2Sistema circulatório   apresentação 2
Sistema circulatório apresentação 2
 
Sistema circulatório 6º ano
Sistema circulatório 6º anoSistema circulatório 6º ano
Sistema circulatório 6º ano
 
(8) 2008 - 2009 - 9º ano - organismo em equilíbrio - sistema cardio-respira...
(8)   2008 - 2009 - 9º ano - organismo em equilíbrio - sistema cardio-respira...(8)   2008 - 2009 - 9º ano - organismo em equilíbrio - sistema cardio-respira...
(8) 2008 - 2009 - 9º ano - organismo em equilíbrio - sistema cardio-respira...
 
Sistemacirculatorio 100318163738-phpapp02
Sistemacirculatorio 100318163738-phpapp02Sistemacirculatorio 100318163738-phpapp02
Sistemacirculatorio 100318163738-phpapp02
 
Sistemacirculatorio 100318163738-phpapp02
Sistemacirculatorio 100318163738-phpapp02Sistemacirculatorio 100318163738-phpapp02
Sistemacirculatorio 100318163738-phpapp02
 
Sistemacirculatorio 100318163738-phpapp02
Sistemacirculatorio 100318163738-phpapp02Sistemacirculatorio 100318163738-phpapp02
Sistemacirculatorio 100318163738-phpapp02
 
Circulatorio
CirculatorioCirculatorio
Circulatorio
 
Anatomia - Sistema Cardio Linfático
Anatomia - Sistema Cardio LinfáticoAnatomia - Sistema Cardio Linfático
Anatomia - Sistema Cardio Linfático
 

Mais de Antonio Fernandes

Turma 211 desequilíbrio ambiental
Turma 211 desequilíbrio ambientalTurma 211 desequilíbrio ambiental
Turma 211 desequilíbrio ambientalAntonio Fernandes
 
Tarsila do Amaral - biografia Aluna: LAVINIA MARTINS DE ANDRADE Turma 181 Col...
Tarsila do Amaral - biografia Aluna: LAVINIA MARTINS DE ANDRADE Turma 181 Col...Tarsila do Amaral - biografia Aluna: LAVINIA MARTINS DE ANDRADE Turma 181 Col...
Tarsila do Amaral - biografia Aluna: LAVINIA MARTINS DE ANDRADE Turma 181 Col...Antonio Fernandes
 
Ecologia-Relações Ecológicas
Ecologia-Relações Ecológicas Ecologia-Relações Ecológicas
Ecologia-Relações Ecológicas Antonio Fernandes
 
Apresentação I geocentricoheliocentrico
Apresentação I geocentricoheliocentricoApresentação I geocentricoheliocentrico
Apresentação I geocentricoheliocentricoAntonio Fernandes
 
Trab biologia Grupo Gustavo Dantas Bioma Amazon
Trab biologia Grupo Gustavo Dantas Bioma AmazonTrab biologia Grupo Gustavo Dantas Bioma Amazon
Trab biologia Grupo Gustavo Dantas Bioma AmazonAntonio Fernandes
 
Conceitos em Ecologia e Ecossitemas
Conceitos em Ecologia e EcossitemasConceitos em Ecologia e Ecossitemas
Conceitos em Ecologia e EcossitemasAntonio Fernandes
 

Mais de Antonio Fernandes (11)

Turma 211 desequilíbrio ambiental
Turma 211 desequilíbrio ambientalTurma 211 desequilíbrio ambiental
Turma 211 desequilíbrio ambiental
 
Tarsila do Amaral - biografia Aluna: LAVINIA MARTINS DE ANDRADE Turma 181 Col...
Tarsila do Amaral - biografia Aluna: LAVINIA MARTINS DE ANDRADE Turma 181 Col...Tarsila do Amaral - biografia Aluna: LAVINIA MARTINS DE ANDRADE Turma 181 Col...
Tarsila do Amaral - biografia Aluna: LAVINIA MARTINS DE ANDRADE Turma 181 Col...
 
A terra Vista do Céu
A terra Vista do CéuA terra Vista do Céu
A terra Vista do Céu
 
Projeto pintores
Projeto pintoresProjeto pintores
Projeto pintores
 
Apresentação+tarsila 2010
Apresentação+tarsila 2010Apresentação+tarsila 2010
Apresentação+tarsila 2010
 
Ecologia-Relações Ecológicas
Ecologia-Relações Ecológicas Ecologia-Relações Ecológicas
Ecologia-Relações Ecológicas
 
Sistema Digestório Carmo
Sistema Digestório CarmoSistema Digestório Carmo
Sistema Digestório Carmo
 
Tecidos
TecidosTecidos
Tecidos
 
Apresentação I geocentricoheliocentrico
Apresentação I geocentricoheliocentricoApresentação I geocentricoheliocentrico
Apresentação I geocentricoheliocentrico
 
Trab biologia Grupo Gustavo Dantas Bioma Amazon
Trab biologia Grupo Gustavo Dantas Bioma AmazonTrab biologia Grupo Gustavo Dantas Bioma Amazon
Trab biologia Grupo Gustavo Dantas Bioma Amazon
 
Conceitos em Ecologia e Ecossitemas
Conceitos em Ecologia e EcossitemasConceitos em Ecologia e Ecossitemas
Conceitos em Ecologia e Ecossitemas
 

Último

ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLaseVasconcelos1
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxHenriqueLuciano2
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxProva de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxJosAurelioGoesChaves
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfQueleLiberato
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxRevolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxHlioMachado1
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxkarinasantiago54
 
Apreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaApreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaeliana862656
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETOProjeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETODouglasVasconcelosMa
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxAntonioVieira539017
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfmarialuciadasilva17
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024GleyceMoreiraXWeslle
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileirosMary Alvarenga
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãodanielagracia9
 

Último (20)

ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
 
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxProva de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxRevolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
 
Apreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaApreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escrita
 
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETOProjeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
 
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetização
 

Sistema circulatorio 2011

  • 2. O aparelho circulatório é formado por um sistema fechado de vasos sanguíneos, cujo centro funcional é o coração. O coração bombeia sangue para todo o corpo através de uma rede de vasos. O sangue transporta oxigênio e substâncias essenciais para todos os tecidos e remove produtos residuais desses tecidos. Esquema da circulação sangüínea: 1-Coração; 2-Circulação cerebral; 3-Circulação pulmonar; 4-Circulação hepática; 5-Circulação gástrica; 6-Baço; 7-Circulação renal; 8-Circulação intestinal; 9-Circulação nos membros inferiores.
  • 3. FUNÇÃO: c) fornecimento de oxigênio, substâncias nutritivas e hormônios aos tecidos; b) transportar os produtos finais do metabolismo (excretas como CO2 e uréia) até os órgãos responsáveis por sua eliminação Calcula-se que uma porção determinada de sangue complete seu trajeto em um período aproximado de um minuto.
  • 4. As veias levam ao coração sangue vindo do corpo. Suas paredes são mais finas que as das artérias. Os capilares levam sangue aos tecidos, para fornecer oxigênio às células. Eles ligam artérias a veias. A estrutura dos diversos As artérias levam sangue tipos de vasos é semelhante, do coração a todo o corpo. Suas paredes são variando apenas nos espessas e dilatáveis. capilares, que pela sua função de local de realização de trocas sangue/ células apenas são composto por um epitélio.
  • 5. COMPARAÇÃO DOS SISTEMAS CIRCULATÓRIOS Poríferos (átrio), Cnidários e Platelmintos (cavidades gastrovasculares) : Não ocorre sistema circulatório Artrópodos - sistema circulatório aberto: não existe diferença entre o sangue e o fluido intersticial, pois o primeiro abandona os vasos e acumula-se em lacunas no corpo. Designa-se este líquido circulante como hemolinfa. Anelídeos - sistema circulatório fechado: muito mais eficiente pois todo o percurso do sangue é feito dentro do sistema de vasos.
  • 6. VERTEBRADOS: Peixes – coração com duas cavidades; -Sangue venoso penetra na aurícula pelo seio venoso e sai do ventrículo pelo cone arterial; - segue depois para as brânquias, onde é oxigenado. Passa para a aorta dorsal, que se ramifica pelo corpo, regressando posteriormente ao coração. - Assim, apenas circula sangue venoso no coração, por onde passa uma única vez – circulação simples. Anfíbios – coração com três cavidades, duas aurículas e um ventrículo. - Sangue venoso ==> aurícula direita, ==> ventrículo ==> pulmões e pele. - Regressa ao coração pela aurícula esquerda, ==> ventrículo, se mistura parcialmente com o sangue venoso ==> corpo, novamente pulmões e pele.
  • 7. COMPARAÇÃO Répteis – com exceção dos crocodilianos, o coração dos répteis apresenta três cavidades, duas aurículas e um ventrículo parcialmente separado por um septo incompleto; - A circulação é realizada de modo semelhante á dos anfíbios, sendo a mistura de sangue minimizada; - O sangue arterial da metade esquerda do coração passa para crossas aórticas ou arcos sistémicos. Por este motivo, a circulação é dupla e incompleta; Aves e mamíferos – coração com quatro cavidades, duas aurículas e dois ventrículos (cujas paredes não são igualmente musculadas), sem possibilidade de mistura de sangue arterial e venoso. Por este motivo, estes animais apresentam circulação completa, sendo a metade direita do coração atravessada exclusivamente por sangue venoso e a esquerda por sangue arterial.
  • 8. O coração é formado por quatro cavidades; as aurículas direita e esquerda e os ventrículos direito e esquerdo. O lado direito do coração bombeia sangue carente de oxigênio, procedente dos tecidos, para os pulmões, onde este é oxigenado O lado esquerdo do coração recebe o sangue oxigenado dos pulmões, impulsionando-os, através das artérias, para todos os tecidos do organismo.
  • 9. Circulação pulmonar Aurícula O sangue procedente de todo o Direita organismo chega à aurícula direita através de duas veias principais; a veia cava superior e a veia cava inferior. Veias Cavas
  • 10. Oxigenação Quando a aurícula direita se contrai, impulsiona o sangue através de um orifício até o ventrículo direito. A contração deste ventrículo conduz o sangue para os pulmões, onde é oxigenado. Sangue Venoso
  • 11. Depois, ele regressa ao coração na aurícula esquerda. Quando esta cavidade se contrai, o sangue passa para o ventrículo esquerdo e dali, para a aorta, graças à contração ventricular. Aurícula Esquerda Artéria Aorta
  • 13. CICLO CARDêACO Ciclo cardíaco é a seqüência de fatos que acontece a cada batimento cardíaco. SêSTOLE: o coração ciclicamente se contrai e relaxa. Quando se SêSTOLE contrai, ejeta o sangue em direção das artérias. DIçSTOLE: Quando relaxa, recebe o sangue proveniente das DIçSTOLE veias, na fase chamada.
  • 14. PRESSÃO ARTERIAL O QUE SIGNIFICAM OS NÚMEROS DE UMA MEDIDA DE PRESSÃO ARTERIAL? Significam uma medida de pressão calibrada em milímetros de mercúrio (mmHg). O primeiro número, ou o de maior valor, é chamado de sistólico, e corresponde à pressão da artéria no momento em que o sangue foi bombeado pelo coração. O segundo número, ou o de menor valor é chamado de diastólico, e corresponde à pressão na mesma artéria, no momento em que o coração está relaxado após uma contração.
  • 15. TABELA DE VALORES MÉDIOS NORMAIS DE PRESSÃO ARTERIAL PRESSÃO ARTERIAL EM MMHG IDADE EM ANOS 4 85/60 6 95/62 10 100/65 12 108/67 16 118/75 Adulto 120/80 Idoso 140-160/90-100 - Em termos gerais, diz-se que o valor de 120/80 mmHg é o valor considerado ideal. - Medidas até 140 mmHg para a pressão sistólica, e 90 mmHg para a diastólica, podem ser aceitas como normais. - O local mais comum de verificação da pressão arterial é no braço, usando como ponto de ausculta a artéria braquial. - O equipamento usado é o esfigmomanômetro ou tensiômetro, vulgarmente chamado de manguito, e para auscultar os batimentos, usa-se o estetoscópio.
  • 17. SISTEMA LINFçTICO O QUE É? Sistema paralelo ao circulatório, constituído por uma vasta rede de vasos semelhantes às veias (vasos linfáticos); FUNÇÃO? Se distribuem por todo o corpo e recolhem o líquido tissular (que não retornou aos capilares sangüíneos), filtrando-o e reconduzindo-o à circulação sangüínea; CONSTITUIÇÃO? É constituído pela linfa, vasos e órgãos linfáticos; Linfa: Líquido de composição é semelhante à do sangue, sem hemácias, com glóbulos brancos dos quais 99% são linfócitos; Obs.:No sangue os linfócitos representam cerca de 50% do total de glóbulos brancos.
  • 18. Capilares linfáticos, presentes em quase todos os tecidos do corpo Mais finos se unem em vasos maiores e desembocam em dois ductos: • no duto torácico recebe a linfa: - da parte inferior do corpo - do lado esquerdo da cabeça - do braço esquerdo - de partes do tórax b) e o duto linfático recebe a linfa procedente: - do lado direito da cabeça - do braço direito - de parte do tórax desembocam em veias próximas ao coração
  • 19. Órgãos linfáticos Amígdalas (tonsilas palatinas): produzem linfócitos. Timo: tec. Conjunt. reticular linfóide, rico em linfócitos) Linfonodos ou nódulos linfáticos: - órgãos linfáticos mais numerosos do organismo; - Filtra a linfa e elimina corpos estranhos que ela possa conter, como vírus e bactérias; - Presença de linfócitos, macrófagos e plasmócitos; - Proliferação dessas células provocada pela presença de microorganismos patogênicos determina o aumento do tamanho dos gânglios, que se tornam dolorosos, formando a íngua. Baço: - Órgão linfático, excluído da circulação linfática, interposto na circulação sangüínea e cuja drenagem venosa passa, obrigatoriamente, pelo fígado. - Possui grande quantidade de macrófagos que, através da fagocitose, destroem micróbios, restos de tecido, substâncias estranhas, células do sangue em circulação já desgastadas como eritrócitos, leucócitos e plaquetas. - “limpa” o sangue, funcionando como um filtro - tem participação na resposta imune, reagindo a agentes infecciosos.