Sistema circulatório

9.072 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
9.072
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.111
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
304
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sistema circulatório

  1. 1. Sistema Circulatório<br />1<br />
  2. 2. 2<br />
  3. 3. 3<br />
  4. 4. 4<br />
  5. 5. 5<br />
  6. 6. 6<br />
  7. 7. 7<br />
  8. 8. 8<br />
  9. 9. 9<br />Fases do Ciclo Cardíaco<br />Nota:<br /> Válvulas aurículo-ventriculares – Válvula Tricúspide e Válvula bicúspide)<br />
  10. 10. Como circula o sangue?<br />Numa circulação completa, o sangue passa duas vezes pelo coração, <br />sendo possível distinguir dois trajectos:<br />Circulação pulmonar ou pequena circulação<br />Circulação sistémica ou grande circulação<br />10<br />
  11. 11. Durante o ciclo cardíaco, o coração produz dois ruídos característicos que podem ser ouvidos por auscultação:<br />- o primeirocorresponde ao encerramento das válvulas aurículo-ventriculares, (válvula tricúspide e válvula bicúspide) e marca o início da Sístole Ventricular;<br />- o segundo é produzido pelo fecho das válvulas semilunarese marca o início da diástole geral.<br />11<br />
  12. 12. Circulação pulmonar<br />A circulação pulmonar é o movimento do sangue de e para os pulmões. <br />A circulação pulmonar começa no ventrículo direito, de onde o sangue sai pela artéria pulmonar. Esta divide-se para formar as artérias pulmonares direita e esquerda, que se dirigem a cada um dos pulmões. <br />Nos pulmões, ocorre a hematose pulmonar(trocas gasosas que ocorrem ao nível dos alvéolos pulmonares – o sangue liberta dióxido de carbono e adquire oxigénio). Este sangue, enriquecido em oxigénio e pobre em dióxido de carbono, designa-se por sangue arterial.<br />O sangue arterial regressa, através das veias pulmonares, ao coração, entrando neste pela aurícula esquerda.<br />12<br />
  13. 13. Circulação pulmonar<br />13<br />Ventrículo Direito<br />Aurícula esquerda<br />Artéria Pulmonar<br />Veias Pulmonares<br />Artérias e Arteríolas<br />Veias e Vénulas<br />Circulação <br />Pulmonar<br />Capilares pulmonares (pulmões)<br />
  14. 14. Circulação Sistémica<br />A circulação sistémica inicia-se no ventrículo esquerdo, de onde o sangue sai pela artéria aorta. Através das ramificações desta artéria, o sangue chega a todos os órgãos do corpo.<br />Ao passar nos capilares, o sangue transfere para as células o oxigénio e os nutrientes e recebe destas o dióxido de carbono e outros produtos de excreção – ocorre a hematose celular ( trocas que ocorrem ao nível das células). Fica assim pobre em oxigénio e rico em dióxido de carbono, designando-se por sangue venoso.<br />O sangue venoso regressa, à aurícula direita através das veias cavas.<br />A veia cava superior recolhe o sangue proveniente da cabeça e dos membros superiores e a veia cava inferior recolhe o sangue proveniente da região abdominal e dos membros inferiores.<br />14<br />
  15. 15. Circulação Sistémica<br />15<br />Ventrículo Esquerdo<br />Aurícula Direita<br />Veias Cavas (inferior e superior)<br />Artéria Aorta<br />Veias e Vénulas<br />Artérias e Arteríolas<br />Capilares<br />Circulação Sistémica<br />
  16. 16. 16<br />
  17. 17. 17<br />Apesar da baixa pressão verificada nas veias, vários mecanismos permitem que o sangue regresse ao coração:<br /><ul><li> As válvulas existentes nas veias (válvulas venosas), impedem o retrocesso do sangue, fazendo-o circular sempre no mesmo sentido.
  18. 18. As veias encontram-se rodeadas de músculos que, ao contraírem, durante os movimentos, as comprimem, fazendo o sangue circular no seu interior.</li></ul>Sentido do fluxo sanguíneo<br />
  19. 19. 18<br />
  20. 20. Sistema Circulatório Linfático<br />19<br />
  21. 21. 20<br />
  22. 22. Doenças CardiovascularesHipertensão Arterial<br />É, geralmente, uma elevação anormal da pressão dentro das artérias.<br /> Aumenta o risco de perturbações como o AVC, a ruptura de um aneurisma, uma insuficiência cardíaca, um enfarte do miocárdio.<br />Refere-se a um quadro de pressão arterial elevada, independentemente da causa, valores superiores a 120/80 mmHg. <br />Chama-se-lhe «o assassino silencioso» porque, geralmente não causa sintomas durante muitos anos (até que lesiona um órgão vital). <br />21<br />
  23. 23. Aterosclerose<br />Já vimos que as artérias são tubos, ou vasos sanguíneos, que levam o sangue do coração para todas as partes do organismo.<br />O seu interior deve ser liso e permitir a livre passagem do sangue circulante.<br />No entanto, com o passar dos anos e com a contribuição de vários factores prejudiciais (chamados factores de risco), podem-se formar placas duras e gordurosas no interior das artérias.<br />Estas, à medida que vão aumentando de tamanho e irregularidade, tornam mais difícil a passagem do sangue e as artérias perdem elasticidade. Denominam-se placas ateroscleróticas e este processo é denominado aterosclerose.<br />22<br />
  24. 24. Angina de Peito<br />É uma dor torácica transitória ou uma sensação de pressão que se produz quando o músculo cardíaco não recebe oxigénio suficiente.<br />Resulta de uma doença das artérias coronárias  levam o sangue ao músculo cardíaco  estas não recebem sangue suficiente devido a uma anomalia que reduz o fluxo sanguíneo, consequentemente, as células do miocárdio não recebem o oxigénio e morrem, desencadeando um episódio de dor.<br />23<br />
  25. 25. Enfarte do Miocárdio<br />É uma lesão no músculo cardíaco causada pela obstrução da artéria coronária, responsável pela irrigação do coração. <br />Quando a artéria entope, parte do músculo cardíaco (miocárdio) deixa de receber sangue e nutrientes. <br />Cerca de 20 minutos depois, essa privação mata os tecidos da região atingida. <br />Quanto maior a artéria bloqueada, maior a área afectada.<br />24<br />
  26. 26. AVC<br />25<br />Quando as artérias afectadas são as cerebrais, verifica-se uma diminuição da irrigação sanguínea numa parte do cérebro, que pode ter como consequência a morte de tecidos cerebrais. Nestes casos diz-se que ocorreu um acidente vascular cerebral (AVC).<br />
  27. 27. Ao contrário do que se pensava, os problemas cardíacos podem atingir pessoas de qualquer idade, inclusive adolescentes.<br />Stress, vida sedentária, tabagismo, álcool em excesso, muitos males irreparáveis ao coração. Mas, mesmo com as insistentes campanhas publicitárias, conselhos de médicos e de especialistas, pouca gente dá a atenção devida a este perigo, que aflige milhões de pessoas, e o que é pior, pouca gente sabe que os problemas cardíacos também podem atingir pessoas jovens - inclusive os adolescentes.<br />26<br />
  28. 28. 27<br />
  29. 29. Sistema Circulatório<br />28<br />

×