Relatório dissecação do coração de porco

7.967 visualizações

Publicada em

Este relatório, foi feito no âmbito da disciplina de Ciências Naturais, no ano letivo de 2013/2014.

É de destacar que estes trabalhos não estão de acordo com o novo acordo ortográfico e podem conter erros ortográficos, pois foram efetuados por alunos.

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
7.967
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
14
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
59
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Relatório dissecação do coração de porco

  1. 1. Relatório Ciências Naturais Página 1 Ano Letivo 2013/2014 Trabalho efetuado por: Ano:9º Turma:B2 Professora: Disciplina: Ciências Naturais
  2. 2. Relatório Ciências Naturais Página 2 1.Introdução 2.Material necessário 3.Procedimento 4.Resultados 5.Discussão de resultados 6.Conclusão
  3. 3. Relatório Ciências Naturais Página 3 O objetivo desta atividade experimental é observar a estrutura do coração e identificar as diferentes partes que o constituem, como por exemplo, as aurículas, ventrículos, artérias, veias. Com esta experiencia pretendemos também perceber melhor o funcionamento deste órgão.
  4. 4. Relatório Ciências Naturais Página 4 Coração do porco Luvas descartáveis Palhinhas Bisturi Tesoura Pinça
  5. 5. Relatório Ciências Naturais Página 5 Calçaram-se as luvas; Colocou-se o coração num determinado recipiente largo e retangular, no género de um tabuleiro; Observou-se o aspecto externo dos órgãos e a sua textura do coração e dos pulmões; Inseriu-se a palhinha na artéria pulmonar e verificamos que a palhinha ia dar ao ventrículo direito, fez-se o mesmo processo com as aurículas e com o outro ventrículo; Identificamos as artérias, veias e ventrículos antes do coração ser dissecado; De seguida, a professora questionou os alunos sobre as respetivas partes constituintes do coração. Com o bisturi cortou-se o coração ao longo da artéria pulmonar Observou-se o seu interior e identificou-se as aurículas e os ventrículos e foram efetuadas perguntas sobre relativamente às suas funções. Verificou-se a espessura do miocárdio (e a sua diferença entre a parte esquerda que é mais espessa que a direita). Identificaram-se as válvulas aurículo ventriculares, as válvulas semi- lunares e o septo cardíaco; Identificou-se também as artérias e as veias. Inseriu-se a palhinha na artéria pulmonar e verificamos que a palhinha ia dar ao ventrículo direito, Observámos o endocárdio, o pericárdio. Para concluir, foram feitas perguntas pela professora para testar os conhecimentos adquiridos durante a experiência.
  6. 6. Relatório Ciências Naturais Página 6 Após esta actividade prática, pode-se tirar várias conclusões. O coração é constituído pelo miocárdio que envolve quatro cavidades: duas aurículas e dois ventrículos. As aurículas são mais finas do que os ventrículos, pois as aurículas só enviam o sangue para os ventrículos. Concluí-se que existem diferenças entre as cavidades inferiores do coração: o ventrículo esquerdo é mais espesso que o ventrículo direito. Isto porque, o sangue do ventrículo direito é apenas bombeado para os pulmões enquanto o sangue do ventrículo esquerdo é enviado para todo o corpo. As válvulas existentes no início das artérias têm como função impedir que o sangue retroceda para o coração .Ao observar as válvulas aurículo ventriculares conseguiu-se ver a diferença entre a válvula bicúspide e a válvula tricúspide devido às pregas membranosas, a válvula tricúspide tem 3 e a válvula bicúspide 2, tal como indicam os seus nomes As aurículas estão ligadas às veias cavas e veias pulmonares, respetivamente. E os ventrículos estão ligados às artérias pulmonares e aorta.
  7. 7. Relatório Ciências Naturais Página 7 Grupo I Para realizares a atividade experimental e dissecação do coração deves seguir o protocolo que está na página 102 do teu manual. Grupo II Depois de realizares a atividade experimental, responde às seguintes questões: 1.- Assinala, em cada alínea, a afirmação correta: 1.1.- Externamente o coração é revestido por: a)Um músculo que é o miocárdio b)Por uma membrana que é o endocárdio c)Por uma membrana que é o pericárdio. 1.2.- Os vasos sanguíneos que irrigam externamente o coração denominam- se: a) veias cavas b) artérias pulmonares c) artéria aorta d) artérias e veias coronárias 1.1.1- Indica qual a sua função. As artérias coronárias transportam oxigénio para todo o coração enquanto as veias recebem o gás carbónico que as células produzira, como resultado final da respiração celular. As artérias são mais elásticas e recebem grande pressão enquanto as veias estão em maior quantidade e servem como reservatório de sangue. 1.3- Internamente o coração é constituído por quatro cavidades: a) duas aurículas e dois ventrículos. b) quatro aurículas c) quatro ventrículos d) uma aurícula e três ventrículos
  8. 8. Relatório Ciências Naturais Página 8 1.3.1- Explica como ocorre a comunicação entre as cavidades do coração. Através das válvulas auricolo-ventriculares , as válvulas semilunares o septo cardíaco. 2- Indica o nome do(s) vaso(s) sanguíneo(s) que: Leva o sangue do coração a todo o corpo: Artéria Aorta Leva o sangue dos pulmões para o coração: Veias pulmonares Leva para o coração o sangue de todas as partes do corpo: Veias cavas Leva o sangue do coração para os pulmões: Artérias pulmonares Tem maior diâmetro: Artéria aorta Sai do ventrículo esquerdo: Artéria Aorta Sai do ventrículo direito: Artéria Pulmonar Entra na aurícula esquerda: Veias Pulmonares Entra na aurícula direita: Veias cava
  9. 9. Relatório Ciências Naturais Página 9 3- Indica de que lado do coração o miocárdio apresenta maior espessura e apresenta uma justificação para esse facto. É por que é o ventrículo esquerdo que, após receber o sangue dos pulmões pela veia pulmonar através do átrio esquerdo, bombeia o sangue para todo o corpo. Já o ventrículo direito recebe o sangue depositado no átrio direito pela veia cava, a qual traz o sangue venoso do corpo para ser repassado aos pulmões (onde há a descarga de CO2 e oxigenacão deste) e posteriormente levado -novamente- ao ao átrio esquerdo, completando o ciclo. Logo, o ventrículo esquerdo tem uma musculatura mais desenvolvida por que utiliza-se de um maior esforço para bombear o sangue por um percurso vascular muito maior (o do corpo) do que o que o ventrículo se incumbe (o dos pulmões). 4- Descreve as estruturas que consegues observar nos pulmões e qual é o aspeto dos pulmões.  Conseguimos observar nos pulmões as seguintes estruturas: Traqueia - A função da traqueia no sistema respiratório é a condução do ar até os brônquios. Brônquio principal - Os brônquios principais fazem a ligação da traquéia com os pulmões, são considerados um direito e outro esquerdo. O brônquio principal direito aproxima-se da direção da traquéia, isto é, é menos oblíquo, mais curto e mais grosso. Pleura - Cada pulmão flutua dentro da cavidade torácica, circundada por fina película de líquido pleural o qual tem função de lubrificante para os movimentos pulmonares dentro da cavidade O aspeto dos pulmões é: O pulmão apresenta aspecto esponjoso, e é revestido, por fora e por dentro, de uma membrana chamada pleura. No caso dos pulmões humanos, o pulmão direito é um pouco maior que o esquerdo. Este (o esquerdo) é dividido em duas partes menores; São dois órgãos de forma piramidal mais ou menos 25 cm de comprimento. Pleura
  10. 10. Relatório Ciências Naturais Página 10 Manual – Página 102 1. Quantas cavidades observas no interior do coração? Ventrículos direito e esquerdo; Válvulas auriculoventricolares; Aurículas direitas e esquerda, válvulas semilunares. 2. Qual é o ventrículo mais musculoso? Ventrículo esquerdo 3. Qual o aspeto das válvulas auricoventriculares? Cada uma destas válvulas é formada por pequenos folhetos de forma trapezoidal ou triangular, denominados valvas, cuja base é inserida num anel fibroso que rodeia o orifício de comunicação auriculoventricular, têm cor esbranquiçada.
  11. 11. Relatório Ciências Naturais Página 11 Sem dúvidaque, com esta dissecação de material vivo podemos observar, melhor, aspectos que não são possíveisatravés das fotografias e dos esquemas do livro, como a textura, a cor e o tamanho. A actividadeexperimental correu bem, sem incidentes. Pode-se concluirque os objectivosdo trabalho foram alcançados.

×