SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 104
SISTEMA
CIRCULATÓRIO /
CARDIOVASCULAR
Prof. Me. Rodrigo Carvalho
Sistema sanguíneo:
Órgãos hemopoiéticos:
• Coração
• Vasos:
• Artérias
• Veias
• Capilares
• Sangue
• Timo
• Baço
• Medula óssea
Sistema linfático:
• Linfonodos
• Vasos linfáticos:
• Troncos linfáticos
• Vasos linfáticos aferentes e eferentes
• Capilares linfáticos
• Linfa
• Tonsilas ou amígdalas
Divisão - Componentes
SISTEMA CIRCULATÓRIO - CARDIOVASCULAR
Os vasos sanguíneos constituem uma ampla rede de tubos por onde circula o sangue, distribuídos por todo o
corpo. Existem três tipos de vasos sanguíneos: as artérias, as veias e os vasos capilares.
As veias são vasos do sistema cardiovascular que transportam o sangue das
diversas partes do corpo de volta para o coração. Sua parede é mais fina
que a das artérias e, portanto, o transporte do sangue é mais lento. Assim,
a pressão do sangue no interior das veias é baixa, o que dificulta o seu
retorno ao coração. A existência de válvulas nesses vasos, faz com que o
sangue se desloque sempre em direção ao coração.
Os vasos capilares são ramificações microscópicas de artérias e
veias, que integram o sistema cardiovascular, formando uma
rede de comunicação entre as artérias e as veias.
Suas paredes são constituídas por uma camada finíssima de
células, que permite a troca de substâncias (nutrientes, oxigênio,
gás carbônico) do sangue para as células e vice-versa.
As artérias são vasos do sistema cardiovascular, por onde passa o sangue
que sai do coração, sendo transportado para as outras partes do corpo.
A musculatura das artérias é espessa, formada de tecido muscular bastante
elástico. Permite, dessa maneira, que as paredes se contraiam e relaxem a
cada batimento cardíaco.
As artérias se ramificam pelo corpo e vão se tornando mais finas,
constituindo as arteríolas, que por sua vez se ramificam ainda mais
formando os capilares.
• Circulação Sistêmica:
Grande Circulação
Tecidos - Coração - Tecidos
• Circulação Pulmonar:
Pequena Circulação
Coração – Pulmão - Coração
• Circulação Coronária:
 Próprio Coração
Circulação
Sanguínea
SISTEMA CIRCULATÓRIO - CARDIOVASCULAR
• A circulação do sangue que
sai dos pulmões
coração
em
e
em
é
direção
quando
direção
ao
sai do
aos
coração
pulmões
chamada
pulmonar.
de circulação
• A circulação do
sai do coração
sangue que
para irrigar
os tecidos do organismo e
que dos tecidos volta para
o coração é chamada de
circulação sistêmica.
Circulação Sanguínea
SISTEMA CIRCULATÓRIO - CARDIOVASCULAR
Circulação Coronariana
SISTEMA CIRCULATÓRIO - CARDIOVASCULAR
Artéria Coronária Esquerda
Artéria Coronária Direita
Veias Coronárias (Azul)
Condução Elétrica Cardiovascular
Existem 2 estruturas importantes para o funcionamento elétrico do coração:
1. Junções Comunicantes (Gap junctions) – são canais entre as células
musculares que permitem a passagem da corrente elétrica, fazendo
com que se espalhe ao longo do coração.
1. Células Auto-rítmicas (Marcapasso) – são auto- excitáveis, ou seja,
produzem Potenciais de Ação para as células musculares e, ainda,
estabelecem o ritmo cardíaco de contração.
SISTEMA CIRCULATÓRIO - CARDIOVASCULAR
Junções Comunicantes
Espaço entre
as células
Junções
Comunicantes
Proteínas de
membrana
formando um Canal
entre as células
SISTEMA CIRCULATÓRIO - CARDIOVASCULAR
Componentes do Sistema Cardiovascular
Coração
Sangue
Vasos
Sanguíneos
SISTEMA CIRCULATÓRIO - CARDIOVASCULAR
•38oC
•Levemente Alcalino (pH = 7,35 a 7,45)
•8% do peso corporal
•5-6 L Homens e 4-5 L Mulheres
•Volume e Pressão Osmótica regulados por: Aldosterona, ADH e
Peptídeo Natriurético Atrial
Características Físicas do Sangue
SISTEMA CIRCULATÓRIO - CARDIOVASCULAR
Transportar:
- O2 e CO2 (Pulmão)
- Nutrientes (TGI)
- Escórias (Células p/ Rins)
- Hormônios (S. Endócrino)
Regular:
- pH, Temperatura, íons e proteínas
Proteger:
- Coagulação (Lesões)
- Glóbulos Brancos (Defesa e imunidade)
Funções do Sangue
SISTEMA CIRCULATÓRIO - CARDIOVASCULAR
Constituído por:
• Plasma
• Elementos figurados – hemácias, leucócitos e plaquetas
Funções:
• Transporte do oxigênio, dos órgãos respiratórios até os tecidos do corpo e condução do
gás carbônico dos tecidos aos órgãos respiratórios.
• Distribuição dos nutrientes absorvidos pelas vias digestivas para todas as células do
corpo.
• Transporte dos produtos finais do metabolismo até os órgãos especializados de excreção.
Sangue – Constituição/Funções
SISTEMA CIRCULATÓRIO - CARDIOVASCULAR
Composição do Sangue
SISTEMA CIRCULATÓRIO - CARDIOVASCULAR
• Hematopoise: produção de sangue.
• Eritropoiese: produção de eritrócitos/hemácias.
• Eritropoietina: hormônio produzido nos rins que estimula a produção de eritrócitos/hemácias na medula óssea.
• Trombopoietina: horm. Produzido no fígado que estimula a produção de plaquetas (trombócitos).
• Hemoglobina: proteína que dá ao sangue total sua cor vermelha, é formada por globina e 4 grupos heme (Fe3+).
• Leucocitose: aumento dos Glóbulos Brancos.
• Leucopenia: diminuição dos Glóbulos Brancos.
• Hemostasia: sequência de repostas que interrompe o sangramanto.
• Trombopenia: diminuição das plaquetas/trombócito.
• Trombocitose: aumento do número de plaquetas/trombócitos.
Conceitos - Definições
SISTEMA CIRCULATÓRIO - CARDIOVASCULAR
Artérias são vasos elásticos
adaptados a transportar o sangue
para fora do coração com relativa
pressão no bombeamento.
O sangue nas artérias é rico em
oxigênio, com exceção da artéria
pulmonar, que leva o sangue para
os pulmões para ser oxigenado
Artérias, Veias e Capilares
SISTEMA CIRCULATÓRIO - CARDIOVASCULAR
As artérias são um tipo de vasos sanguíneos que compõem o
sistema cardiovascular. Elas são responsáveis pelo transporte do
sangue arterial (com oxigênio e nutrientes) do coração para todos
os tecidos do corpo.
As artérias são compostas por três camadas distintas: uma interna (túnica íntima),
uma média (túnica média) e uma mais externa (túnica adventícia).
Elas possuem paredes mais elásticas do que as veias e ajudam a controlar a pressão
sanguínea, enquanto as veias possuem válvulas para evitar que o sangue retorne.
Anatomia do coração com artérias e outras
As artérias podem ser divididas em dois grandes grupos:
• sistema do tronco pulmonar
• sistema da artéria aorta.
Sistema do tronco pulmonar
A aorta é a principal artéria do corpo. É uma artéria de grande diâmetro, de paredes elásticas, que
contribui para estabilizar o fluxo sanguíneo. Ela recebe o sangue oxigenado dos pulmões, que é
bombeado pelo ventrículo esquerdo do coração.
Algumas das artérias que se originam da aorta são:
•Artérias Subclávias: ramificam-se em outras artérias que distribuem o sangue para a
distribuem o sangue para a cabeça, pescoço e membros superiores;
•Artérias Carótidas Comuns (direita e esquerda): ramificam-se em artérias
em artérias carótidas externas, que irrigam a cabeça e o pescoço, e artérias carótidas
internas, que levam o sangue para o cérebro;
•Artéria Renal: transporta o sangue para os rins;
•Artéria Ilíaca: distribui o sangue para os membros inferiores e região pélvica.
região pélvica.
•Artéria Femoral: é a principal artéria da perna.
Veias são responsáveis ​​pelo retorno
do sangue ao coração após o
sangue e
trocarem
resíduos.
as células do corpo
gases, nutrientes e
As veias transportam
em gás carbônico.
o sangue rico
A pressão do sangue nas veias é
menor que a pressão exercida
na artéria
Artérias, Veias e Capilares
SISTEMA CIRCULATÓRIO - CARDIOVASCULAR
As veias do corpo humano são vasos sanguíneos que fazem parte do
sistema circulatório do organismo e se ramificam por todo nosso corpo.
A principal função das veias é transportar o sangue, pobre em oxigênio e
repleto de resíduos, dos capilares para o coração. Já os vasos que levam o
sangue para fora do coração são denominados artérias.
Veias cava
A veia cava é considerada a principal veia do corpo, pois ela é responsável
por levar o sangue da cabeça, dos membros superior, inferiores e abdômen
de volta para o coração. Por isso, ela é dividida em veia cava superior e veia
cava inferior.
Elas também são conhecidas por serem parte da circulação sistêmica (ou
grande circulação).
A veia cava é utilizada como parte do tratamento de trombose em casos de
pessoas que apresentam risco da doença.
Veia cava inferior com implantação de filtro para prevenção de
trombose
Veia porta
A veia porta faz parte do sistema circulatório e
desempenha uma função de extrema importância, pois
é por ela que o sangue que vem do intestino,
estômago e esôfago passa para chegar ao fígado.
No interior do fígado a veia porta forma inúmeras
Veia femoral
A veia femoral está localizada nos membros inferiores e acompanhada
toda a artéria femoral. Elas estão divididas em dois grupos: profundas,
que acompanham as principais artérias, e as superficiais, que ficam no
tecido subcutâneo.
Essa veia percorre toda a perna e atua de forma conjunta com outras
veias que promovem a circulação e drenagem do sangue dos músculos. É
pela veia femoral que o fluxo de sangue da perna passa.
A veia femoral atua na
circulação e drenagem do
sangue nos membros
inferiores
Veias ilíacas
As veias ilíacas estão localizadas na região do abdômen e acompanham a
artéria ilíaca comum.
As veias ilíacas são classificadas em dois grupos (interna e externa) e,
quando juntas, formam a veia cava inferior.
Uma anomalia comum que ocorre nesta veia é a síndrome de May-Thurner,
que consiste na compressão da veia pela artéria. Após o diagnóstico, pode
ser inserido um stent (espécie de rede) que faz descompressão e permite o
fluxo de sangue correto.
A veia ilíaca quando comprimida pela artéria causa danos à
Veia jugular
A veia jugular está localizada no pescoço e sua função é
transportar o sangue venoso (rico em dióxido de carbono e
pobre em oxigênio) do crânio para as partes do corpo.
No corpo humano são encontradas dois pares, sendo uma
interna e outra externa, em cada lateral do pescoço.
Veia safena
As veias safena são as principais veias do sistema
venoso, pois elas são responsáveis pelo transporte de
sangue do membros superior para os membros
inferiores do corpo.
Elas estão localizadas nos membros inferiores.
Tipos de Veias
•
•
•
•
Troncos venosos
Veias de médio e pequeno
Vênulas
calibre
Veias superficiais (membros e
pescoço)
Profundas (acompanham artérias)
•
Artérias, Veias e Capilares
SISTEMA CIRCULATÓRIO - CARDIOVASCULAR
Tem basicamente a FUNÇÃO
de conduzir e distribuir o
volume
tecidos,
sanguíneo aos
para a manutenção
da pressão intravascular e da
oferta de fluxo adequada.
Sistema Vascular Arterial
SISTEMA CIRCULATÓRIO - CARDIOVASCULAR
Tem
da
a FUNÇÃO de variação
sua complacência
(elastância), para
um
permitir o
retorno
sanguíneo
de volume
ao
variável
coração e manter a reserva
desse volume.
Sistema Vascular Venoso
SISTEMA CIRCULATÓRIO - CARDIOVASCULAR
Capilares correspondem ao sistema de microcirculação.
Tem a propriedade de
de
permitir a troca
substâncias sólidas,
gasosas
líquidas e
entre o compartimento
intravascular e as
células teciduais.
Artérias, Veias e Capilares
SISTEMA CIRCULATÓRIO - CARDIOVASCULAR
São os pontos de troca entre o sangue e os tecidos
circundantes.
A extensa rede de capilares é estimada entre 50.000 e
60.000 quilômetros de comprimento.
Microcirculação
SISTEMA CIRCULATÓRIO - CARDIOVASCULAR
Anatomia Cardíaca
SISTEMA CARDIOVASCULAR
Tronco pulmonar (verde) - vista
ventral
É um órgão muscular cavitário, que age como
uma bomba aspirante e propulsora de sangue e tem
importante papel na circulação sanguínea.
Forma/localização: tem a forma piramidal com 3 faces
(esternocostal, diafragmatica e pulmonar ou esquerda).
Localiza-se no mediastino inferior-médio.
Coração
SISTEMA CARDIOVASCULAR
Anatomia Cardíaca - Localicação
SISTEMA CARDIOVASCULAR
• Mediastino
• Pericárdio
• Camadas do tecido cardíaco:
• Epicárdio, Miocárdio e Endocárdio
• Câmaras Cardíacas
• Válvulas
• Vasos da Base
• Grupos de células Marcapasso/Auto-rítmicas
Anatomia Cardíaca
SISTEMA CARDIOVASCULAR
Visão geral do coração in situ - vista
Estrutura da parede cardíaca:
• Endocárdio: camada interna
• Miocárdio: camada media (muscular)
• Pericárdio: camada externa
Anatomia Cardíaca
SISTEMA CARDIOVASCULAR
O miocárdio é uma das paredes do coração, representa a porção
intermediária e mais espessa, entre o epicárdio e o endocárdio.
Ele é constituído por músculo estriado cardíaco e consiste em feixes
entrelaçados de células estriadas cardíacas, imersas em tecido conjuntivo
altamente vascularizado.
A célula do miocárdio, chamada de miócito, apresenta membrana
plasmática (sarcolema), um núcleo central e várias fibras musculares
(miofibrilas), as quais deslizam umas sobre as outras e se conectam
através de discos intercalares. A unidade contrátil da célula cardíaca é
chamada de sarcômero.
Função do Miocárdio
O miocárdio forma a maior parte do coração e é
devido a contração e relaxamento de suas células que
ocorre o bombeamento do sangue.
Então, a sua função é permitir as contrações cardíacas.
Anatomia Cardíaca – Morfologia Externa
SISTEMA CARDIOVASCULAR
Sulcos
• Interventriculares
• Interatrial
• Terminal
• Coronário
Anatomia Cardíaca
SISTEMA CARDIOVASCULAR
Artérias Coronárias e Veias Cardíacas
SISTEMA CARDIOVASCULAR
• Átrio direito:
• Músculos Pectíneos
• Crista Terminal
• Septo Interatrial
• Fossa Oval
• Tubéculo Intervenoso
• Ostios:
• Das Veias Cavas
• Do Seio Coronário
• Atrio-ventricular
Morfologia Interna do Coração: Átrios
SISTEMA CARDIOVASCULAR
• Átrio Esquerdo:
• Septo Interatrial
• Musculos Pectíneos
• Ostios:
• Das Veias Pulmonares
• Ostio Atrio-ventricular
Morfologia Interna do Coração: Átrios
SISTEMA CARDIOVASCULAR
O septo divide o coração
em dois lados: direito e
esquerdo.
A válvula tricúspide
separa o átrio direito do
ventrículo, enquanto que
o átrio esquerdo está
separado
esquerdo
mitral.
do ventrículo
pela válvula
SISTEMA CARDIOVASCULAR
Anatomia Cardíaca
O desempenho de sua função depende de algumas
propriedades:
Propriedades Eletrofisiológicas
São especialmente próprias do tecido excitocondutor
1. Automatismo:
Capacidade do coração em gerar seu próprio estímulo elétrico
Promove a contração das células miocárdicas contráteis.
Determina o ritmo cardíaco (60 a 100 vezes por minuto)
Coração
SISTEMA CARDIOVASCULAR
O desempenho de sua função depende de algumas
propriedades:
2. Condutibilidade:
Capacidade de condução do estímulo elétrico.
1.
2.
3. Excitabilidade:
Capacidade que cada célula do coração tem de se excitar em
resposta a um estímulo elétrico, mecânico ou químico, gerando um
impulso elétrico (resposta contrátil no caso do miocárdio)
Coração
SISTEMA CARDIOVASCULAR
O desempenho de sua função depende
propriedades:
de algumas
Propriedades Mecânicas
1. Contratilidade:
Capacidade de contração do coração, que leva a ejeção de
um determinado volume sanguíneo para os tecidos e provoca
o esvaziamento do órgão.
2. Relaxamento:
Capacidade de desativação da contração, que resulta em
retorno de um volume de sangue e no enchimento do coração.
Coração
SISTEMA CARDIOVASCULAR
O ciclo cardíaco consiste em duas fases:
• Sístole : os ventrículos se contraem enviando sangue para
a circulação pulmonar e sistêmica.
Diástole: ventrículos relaxam e se enchem de sangue dos
•
átrios
SISTEMA CARDIOVASCULAR
Anatomia Cardíaca
Sistole Diástole
SISTEMA CARDIOVASCULAR
Anatomia Cardíaca
O valor normal máximo da
pressão arterial sistólica é
140 mmHg;
o da pressão arterial
diastólica é 90 mmHg.
Em média, os valores
pressão
em torno
normais da
arterial situam-se
de 120 x 80 mmHg.
SISTEMA CARDIOVASCULAR
Pressão Arterial
Vasos da Base
Ápice do Coração
Mediastino e Pericárdio
SISTEMA CARDIOVASCULAR
Câmaras Cardíacas
SISTEMA CARDIOVASCULAR
Qual é o nome da divisão do sistema cardiovascular que tem início no
ventrículo esquerdo, passa pelas artérias sistêmicas, capilares dos tecidos e
veias sistêmicas, acabando por terminar no átrio direito (aurícula direita)?
a) Circulação sistêmica
b) Veias Sistêmicas
c) Circulação pulmonar
d) Rede capilar do pulmão
e) Artérias sistêmicas
Selecione a estrutura que entrega sangue oxigenado dos
pulmões ao átrio esquerdo (aurícula esquerda) do coração?
a)Aorta
b)Veias sistêmicas
c)Artéria pulmonar
d)Veia cava superior
e)Veias pulmonares
Que vasos são usados pelos tecidos periféricos para receberem oxigênio e
nutrientes do sangue?
a) Rede capilar tecidual
b) Veias sistêmicas
c) Aorta
d) Rede capilar do pulmão
e) Artérias sistêmicas
Selecione a estrutura que transporta sangue desoxigenado do
coração para os pulmões.
a)Veia cava superior
b)Artérias sistêmicas
c)Artéria pulmonar
d)Rede capilar do pulmão
e)Veias pulmonares
Qual é o nome dado a um vaso que transporta sangue em
direção ao coração?
a)Capilar
b)Válvula da veia
c)Veia
d)Artéria
e)Vaso linfático
Qual das seguintes estruturas serve para levar sangue
desoxigenado diretamente para o átrio direito (aurícula
direita) do coração?
a)Aorta
b)Artéria pulmonar
c)Veias pulmonares
d)Veia cava inferior e veia cava superior
e)Válvula da veia
ALTERAÇÕES
CARDIOVASCULARES
Infarto do Miocárdio
O infarto do miocárdio ou ataque cardíaco corresponde a falta
de oxigênio e nutrientes no músculo cardíaco.
Sem o oxigênio, falta energia para as células realizarem as suas
atividades e consequentemente diminui a capacidade de
contração do tecido muscular. Sem receber sangue e oxigênio,
as células começam a morrer e ocorre a necrose do tecido.
Entre as causas do infarto está o acúmulo de gordura que obstrui a chega do sangue
até o coração, reduzindo o fluxo sanguíneo.
Além disso, algumas situações representam fatores de risco como: diabetes,
hipertensão, vida sedentária, estresse, alto nível de colesterol e histórico familiar de
doenças cardíacas.
Infarto do Miocárdio
Infarto do Miocárdio
Os sintomas do infarto são:
•Dor no peito;
•Ardor no peito;
•Suor;
•Tontura e desfalecimento;
•Náuseas;
•Agitação.
As varizes são veias dilatadas que aparecem nos membros inferiores
causando dores, inchaços, deformações e perda da sensibilidade. Embora
seja mais comum nas mulheres, os homens também possuem varizes.
As úlceras varicosas são caracterizadas pelo acúmulo de sangue venoso,
falta de oxigenação, aumento de pressão e acúmulo de toxinas.
A flebite, também chamada de trombose venosa, é caracterizada pela inflamação que
ocorre na parede das veias, causando inchaços, dores e sensação de peso nas
pernas.
Vale destacar que há dois tipos de flebites: a flebite superficial, caracterizada por
veias visíveis; e a flebite profunda, marcada por veias mais profundas.
Por esse motivo, destaca-se a aterosclerose que tornou-se um dos problemas que
mais mata pessoas nos países desenvolvidos.
Ela representa as artérias entupidas que resultam do acúmulo de placas de gordura
(chamadas de ateromas), interferindo na circulação normal do sangue.
A formação dos ateromas leva à inflamação das artérias, que se chama
aterosclerose.
Aula MANHÃ - SISTEMA CARDIOVASCULAR.pptx
Aula MANHÃ - SISTEMA CARDIOVASCULAR.pptx
Aula MANHÃ - SISTEMA CARDIOVASCULAR.pptx

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Aula MANHÃ - SISTEMA CARDIOVASCULAR.pptx

sistema_circulatorio_2.ppt
sistema_circulatorio_2.pptsistema_circulatorio_2.ppt
sistema_circulatorio_2.pptElisMaria15
 
Órgãos internos sistema circulatório
Órgãos internos   sistema circulatórioÓrgãos internos   sistema circulatório
Órgãos internos sistema circulatórioHamilton Nobrega
 
Aula 10 sistema circulatório - anatomia e fisiologia
Aula 10   sistema circulatório - anatomia e fisiologiaAula 10   sistema circulatório - anatomia e fisiologia
Aula 10 sistema circulatório - anatomia e fisiologiaHamilton Nobrega
 
sistema circulatorio.pdf
sistema circulatorio.pdfsistema circulatorio.pdf
sistema circulatorio.pdfRFVl1
 
Aula 05 sistema circulatoriomoodle
Aula 05   sistema circulatoriomoodleAula 05   sistema circulatoriomoodle
Aula 05 sistema circulatoriomoodleFelipe Beijamini
 
Sistema Circulatório por Marcio Colucci
Sistema Circulatório por Marcio ColucciSistema Circulatório por Marcio Colucci
Sistema Circulatório por Marcio ColucciMarcio Colucci
 
Sistema cardiovascular
Sistema cardiovascular Sistema cardiovascular
Sistema cardiovascular Sabrina Mares
 
Sistema cardiovascular
Sistema cardiovascularSistema cardiovascular
Sistema cardiovascularbandeiraneidi
 
Sistema cardiovascular
Sistema cardiovascularSistema cardiovascular
Sistema cardiovascularbandeiraneidi
 
Anatomia - Sistema Cardio Linfático
Anatomia - Sistema Cardio LinfáticoAnatomia - Sistema Cardio Linfático
Anatomia - Sistema Cardio LinfáticoPedro Miguel
 
Sistema CirculatóRio
Sistema CirculatóRioSistema CirculatóRio
Sistema CirculatóRioSegundo B
 

Semelhante a Aula MANHÃ - SISTEMA CARDIOVASCULAR.pptx (20)

sistema_circulatorio_2.ppt
sistema_circulatorio_2.pptsistema_circulatorio_2.ppt
sistema_circulatorio_2.ppt
 
Sistema Circulatorio
Sistema CirculatorioSistema Circulatorio
Sistema Circulatorio
 
Órgãos internos sistema circulatório
Órgãos internos   sistema circulatórioÓrgãos internos   sistema circulatório
Órgãos internos sistema circulatório
 
Aula 10 sistema circulatório - anatomia e fisiologia
Aula 10   sistema circulatório - anatomia e fisiologiaAula 10   sistema circulatório - anatomia e fisiologia
Aula 10 sistema circulatório - anatomia e fisiologia
 
sistema circulatorio.pdf
sistema circulatorio.pdfsistema circulatorio.pdf
sistema circulatorio.pdf
 
Sistema+circulatório
Sistema+circulatórioSistema+circulatório
Sistema+circulatório
 
sistema circulatorio
 sistema circulatorio sistema circulatorio
sistema circulatorio
 
Aula 05 sistema circulatoriomoodle
Aula 05   sistema circulatoriomoodleAula 05   sistema circulatoriomoodle
Aula 05 sistema circulatoriomoodle
 
Circulação sanguínea
Circulação sanguíneaCirculação sanguínea
Circulação sanguínea
 
Sistema circulatório
Sistema circulatórioSistema circulatório
Sistema circulatório
 
Sistema Circulatório por Marcio Colucci
Sistema Circulatório por Marcio ColucciSistema Circulatório por Marcio Colucci
Sistema Circulatório por Marcio Colucci
 
Sistema cardiovascular
Sistema cardiovascular Sistema cardiovascular
Sistema cardiovascular
 
Sistema circulatorio 2011
Sistema circulatorio 2011Sistema circulatorio 2011
Sistema circulatorio 2011
 
Sangue
SangueSangue
Sangue
 
Sistema cardiovascular
Sistema cardiovascular Sistema cardiovascular
Sistema cardiovascular
 
Vasos
VasosVasos
Vasos
 
Sistema cardiovascular
Sistema cardiovascularSistema cardiovascular
Sistema cardiovascular
 
Sistema cardiovascular
Sistema cardiovascularSistema cardiovascular
Sistema cardiovascular
 
Anatomia - Sistema Cardio Linfático
Anatomia - Sistema Cardio LinfáticoAnatomia - Sistema Cardio Linfático
Anatomia - Sistema Cardio Linfático
 
Sistema CirculatóRio
Sistema CirculatóRioSistema CirculatóRio
Sistema CirculatóRio
 

Último

Manual Técnico para Diagnóstico da Infecção pelo HIV.pdf
Manual Técnico para Diagnóstico da Infecção pelo HIV.pdfManual Técnico para Diagnóstico da Infecção pelo HIV.pdf
Manual Técnico para Diagnóstico da Infecção pelo HIV.pdfDanieldaSade
 
Homens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUS
Homens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUSHomens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUS
Homens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUSProf. Marcus Renato de Carvalho
 
01 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA ANATOMIA HUMANA.pdf
01 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA ANATOMIA HUMANA.pdf01 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA ANATOMIA HUMANA.pdf
01 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA ANATOMIA HUMANA.pdfIANAHAAS
 
RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I.pdf
RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I.pdfRELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I.pdf
RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I.pdfHELLEN CRISTINA
 
Altas habilidades/superdotação. Adelino Felisberto
Altas habilidades/superdotação. Adelino FelisbertoAltas habilidades/superdotação. Adelino Felisberto
Altas habilidades/superdotação. Adelino Felisbertoadelinofelisberto3
 
Características gerais dos vírus- Estrutura, ciclos
Características gerais dos vírus- Estrutura, ciclosCaracterísticas gerais dos vírus- Estrutura, ciclos
Características gerais dos vírus- Estrutura, ciclosThaiseGerber2
 
relatorio ciencias morfofuncion ais.pdf
relatorio ciencias morfofuncion  ais.pdfrelatorio ciencias morfofuncion  ais.pdf
relatorio ciencias morfofuncion ais.pdfHELLEN CRISTINA
 
Treinamento NR 18.pdf .......................................
Treinamento NR 18.pdf .......................................Treinamento NR 18.pdf .......................................
Treinamento NR 18.pdf .......................................paulo222341
 
Alimentação / Amamentação Lactentes em Calamidades Públicas
Alimentação / Amamentação Lactentes em Calamidades PúblicasAlimentação / Amamentação Lactentes em Calamidades Públicas
Alimentação / Amamentação Lactentes em Calamidades PúblicasProf. Marcus Renato de Carvalho
 
relatorio de estagio de terapia ocupacional.pdf
relatorio de estagio de terapia ocupacional.pdfrelatorio de estagio de terapia ocupacional.pdf
relatorio de estagio de terapia ocupacional.pdfHELLEN CRISTINA
 
Manual Técnico para Diagnóstico da Sífilis.pdf
Manual Técnico para Diagnóstico da Sífilis.pdfManual Técnico para Diagnóstico da Sífilis.pdf
Manual Técnico para Diagnóstico da Sífilis.pdfDanieldaSade
 

Último (11)

Manual Técnico para Diagnóstico da Infecção pelo HIV.pdf
Manual Técnico para Diagnóstico da Infecção pelo HIV.pdfManual Técnico para Diagnóstico da Infecção pelo HIV.pdf
Manual Técnico para Diagnóstico da Infecção pelo HIV.pdf
 
Homens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUS
Homens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUSHomens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUS
Homens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUS
 
01 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA ANATOMIA HUMANA.pdf
01 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA ANATOMIA HUMANA.pdf01 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA ANATOMIA HUMANA.pdf
01 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA ANATOMIA HUMANA.pdf
 
RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I.pdf
RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I.pdfRELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I.pdf
RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I.pdf
 
Altas habilidades/superdotação. Adelino Felisberto
Altas habilidades/superdotação. Adelino FelisbertoAltas habilidades/superdotação. Adelino Felisberto
Altas habilidades/superdotação. Adelino Felisberto
 
Características gerais dos vírus- Estrutura, ciclos
Características gerais dos vírus- Estrutura, ciclosCaracterísticas gerais dos vírus- Estrutura, ciclos
Características gerais dos vírus- Estrutura, ciclos
 
relatorio ciencias morfofuncion ais.pdf
relatorio ciencias morfofuncion  ais.pdfrelatorio ciencias morfofuncion  ais.pdf
relatorio ciencias morfofuncion ais.pdf
 
Treinamento NR 18.pdf .......................................
Treinamento NR 18.pdf .......................................Treinamento NR 18.pdf .......................................
Treinamento NR 18.pdf .......................................
 
Alimentação / Amamentação Lactentes em Calamidades Públicas
Alimentação / Amamentação Lactentes em Calamidades PúblicasAlimentação / Amamentação Lactentes em Calamidades Públicas
Alimentação / Amamentação Lactentes em Calamidades Públicas
 
relatorio de estagio de terapia ocupacional.pdf
relatorio de estagio de terapia ocupacional.pdfrelatorio de estagio de terapia ocupacional.pdf
relatorio de estagio de terapia ocupacional.pdf
 
Manual Técnico para Diagnóstico da Sífilis.pdf
Manual Técnico para Diagnóstico da Sífilis.pdfManual Técnico para Diagnóstico da Sífilis.pdf
Manual Técnico para Diagnóstico da Sífilis.pdf
 

Aula MANHÃ - SISTEMA CARDIOVASCULAR.pptx

  • 2. Sistema sanguíneo: Órgãos hemopoiéticos: • Coração • Vasos: • Artérias • Veias • Capilares • Sangue • Timo • Baço • Medula óssea Sistema linfático: • Linfonodos • Vasos linfáticos: • Troncos linfáticos • Vasos linfáticos aferentes e eferentes • Capilares linfáticos • Linfa • Tonsilas ou amígdalas Divisão - Componentes SISTEMA CIRCULATÓRIO - CARDIOVASCULAR Os vasos sanguíneos constituem uma ampla rede de tubos por onde circula o sangue, distribuídos por todo o corpo. Existem três tipos de vasos sanguíneos: as artérias, as veias e os vasos capilares. As veias são vasos do sistema cardiovascular que transportam o sangue das diversas partes do corpo de volta para o coração. Sua parede é mais fina que a das artérias e, portanto, o transporte do sangue é mais lento. Assim, a pressão do sangue no interior das veias é baixa, o que dificulta o seu retorno ao coração. A existência de válvulas nesses vasos, faz com que o sangue se desloque sempre em direção ao coração. Os vasos capilares são ramificações microscópicas de artérias e veias, que integram o sistema cardiovascular, formando uma rede de comunicação entre as artérias e as veias. Suas paredes são constituídas por uma camada finíssima de células, que permite a troca de substâncias (nutrientes, oxigênio, gás carbônico) do sangue para as células e vice-versa. As artérias são vasos do sistema cardiovascular, por onde passa o sangue que sai do coração, sendo transportado para as outras partes do corpo. A musculatura das artérias é espessa, formada de tecido muscular bastante elástico. Permite, dessa maneira, que as paredes se contraiam e relaxem a cada batimento cardíaco. As artérias se ramificam pelo corpo e vão se tornando mais finas, constituindo as arteríolas, que por sua vez se ramificam ainda mais formando os capilares.
  • 3. • Circulação Sistêmica: Grande Circulação Tecidos - Coração - Tecidos • Circulação Pulmonar: Pequena Circulação Coração – Pulmão - Coração • Circulação Coronária:  Próprio Coração Circulação Sanguínea SISTEMA CIRCULATÓRIO - CARDIOVASCULAR
  • 4. • A circulação do sangue que sai dos pulmões coração em e em é direção quando direção ao sai do aos coração pulmões chamada pulmonar. de circulação • A circulação do sai do coração sangue que para irrigar os tecidos do organismo e que dos tecidos volta para o coração é chamada de circulação sistêmica. Circulação Sanguínea SISTEMA CIRCULATÓRIO - CARDIOVASCULAR
  • 5. Circulação Coronariana SISTEMA CIRCULATÓRIO - CARDIOVASCULAR Artéria Coronária Esquerda Artéria Coronária Direita Veias Coronárias (Azul)
  • 6. Condução Elétrica Cardiovascular Existem 2 estruturas importantes para o funcionamento elétrico do coração: 1. Junções Comunicantes (Gap junctions) – são canais entre as células musculares que permitem a passagem da corrente elétrica, fazendo com que se espalhe ao longo do coração. 1. Células Auto-rítmicas (Marcapasso) – são auto- excitáveis, ou seja, produzem Potenciais de Ação para as células musculares e, ainda, estabelecem o ritmo cardíaco de contração. SISTEMA CIRCULATÓRIO - CARDIOVASCULAR
  • 7. Junções Comunicantes Espaço entre as células Junções Comunicantes Proteínas de membrana formando um Canal entre as células SISTEMA CIRCULATÓRIO - CARDIOVASCULAR
  • 8. Componentes do Sistema Cardiovascular Coração Sangue Vasos Sanguíneos SISTEMA CIRCULATÓRIO - CARDIOVASCULAR
  • 9. •38oC •Levemente Alcalino (pH = 7,35 a 7,45) •8% do peso corporal •5-6 L Homens e 4-5 L Mulheres •Volume e Pressão Osmótica regulados por: Aldosterona, ADH e Peptídeo Natriurético Atrial Características Físicas do Sangue SISTEMA CIRCULATÓRIO - CARDIOVASCULAR
  • 10. Transportar: - O2 e CO2 (Pulmão) - Nutrientes (TGI) - Escórias (Células p/ Rins) - Hormônios (S. Endócrino) Regular: - pH, Temperatura, íons e proteínas Proteger: - Coagulação (Lesões) - Glóbulos Brancos (Defesa e imunidade) Funções do Sangue SISTEMA CIRCULATÓRIO - CARDIOVASCULAR
  • 11. Constituído por: • Plasma • Elementos figurados – hemácias, leucócitos e plaquetas Funções: • Transporte do oxigênio, dos órgãos respiratórios até os tecidos do corpo e condução do gás carbônico dos tecidos aos órgãos respiratórios. • Distribuição dos nutrientes absorvidos pelas vias digestivas para todas as células do corpo. • Transporte dos produtos finais do metabolismo até os órgãos especializados de excreção. Sangue – Constituição/Funções SISTEMA CIRCULATÓRIO - CARDIOVASCULAR
  • 12. Composição do Sangue SISTEMA CIRCULATÓRIO - CARDIOVASCULAR
  • 13. • Hematopoise: produção de sangue. • Eritropoiese: produção de eritrócitos/hemácias. • Eritropoietina: hormônio produzido nos rins que estimula a produção de eritrócitos/hemácias na medula óssea. • Trombopoietina: horm. Produzido no fígado que estimula a produção de plaquetas (trombócitos). • Hemoglobina: proteína que dá ao sangue total sua cor vermelha, é formada por globina e 4 grupos heme (Fe3+). • Leucocitose: aumento dos Glóbulos Brancos. • Leucopenia: diminuição dos Glóbulos Brancos. • Hemostasia: sequência de repostas que interrompe o sangramanto. • Trombopenia: diminuição das plaquetas/trombócito. • Trombocitose: aumento do número de plaquetas/trombócitos. Conceitos - Definições SISTEMA CIRCULATÓRIO - CARDIOVASCULAR
  • 14. Artérias são vasos elásticos adaptados a transportar o sangue para fora do coração com relativa pressão no bombeamento. O sangue nas artérias é rico em oxigênio, com exceção da artéria pulmonar, que leva o sangue para os pulmões para ser oxigenado Artérias, Veias e Capilares SISTEMA CIRCULATÓRIO - CARDIOVASCULAR
  • 15. As artérias são um tipo de vasos sanguíneos que compõem o sistema cardiovascular. Elas são responsáveis pelo transporte do sangue arterial (com oxigênio e nutrientes) do coração para todos os tecidos do corpo.
  • 16. As artérias são compostas por três camadas distintas: uma interna (túnica íntima), uma média (túnica média) e uma mais externa (túnica adventícia). Elas possuem paredes mais elásticas do que as veias e ajudam a controlar a pressão sanguínea, enquanto as veias possuem válvulas para evitar que o sangue retorne.
  • 17. Anatomia do coração com artérias e outras
  • 18. As artérias podem ser divididas em dois grandes grupos: • sistema do tronco pulmonar • sistema da artéria aorta.
  • 19. Sistema do tronco pulmonar
  • 20. A aorta é a principal artéria do corpo. É uma artéria de grande diâmetro, de paredes elásticas, que contribui para estabilizar o fluxo sanguíneo. Ela recebe o sangue oxigenado dos pulmões, que é bombeado pelo ventrículo esquerdo do coração.
  • 21. Algumas das artérias que se originam da aorta são: •Artérias Subclávias: ramificam-se em outras artérias que distribuem o sangue para a distribuem o sangue para a cabeça, pescoço e membros superiores; •Artérias Carótidas Comuns (direita e esquerda): ramificam-se em artérias em artérias carótidas externas, que irrigam a cabeça e o pescoço, e artérias carótidas internas, que levam o sangue para o cérebro; •Artéria Renal: transporta o sangue para os rins; •Artéria Ilíaca: distribui o sangue para os membros inferiores e região pélvica. região pélvica. •Artéria Femoral: é a principal artéria da perna.
  • 22. Veias são responsáveis ​​pelo retorno do sangue ao coração após o sangue e trocarem resíduos. as células do corpo gases, nutrientes e As veias transportam em gás carbônico. o sangue rico A pressão do sangue nas veias é menor que a pressão exercida na artéria Artérias, Veias e Capilares SISTEMA CIRCULATÓRIO - CARDIOVASCULAR
  • 23. As veias do corpo humano são vasos sanguíneos que fazem parte do sistema circulatório do organismo e se ramificam por todo nosso corpo.
  • 24. A principal função das veias é transportar o sangue, pobre em oxigênio e repleto de resíduos, dos capilares para o coração. Já os vasos que levam o sangue para fora do coração são denominados artérias.
  • 25. Veias cava A veia cava é considerada a principal veia do corpo, pois ela é responsável por levar o sangue da cabeça, dos membros superior, inferiores e abdômen de volta para o coração. Por isso, ela é dividida em veia cava superior e veia cava inferior. Elas também são conhecidas por serem parte da circulação sistêmica (ou grande circulação). A veia cava é utilizada como parte do tratamento de trombose em casos de pessoas que apresentam risco da doença.
  • 26. Veia cava inferior com implantação de filtro para prevenção de trombose
  • 27. Veia porta A veia porta faz parte do sistema circulatório e desempenha uma função de extrema importância, pois é por ela que o sangue que vem do intestino, estômago e esôfago passa para chegar ao fígado.
  • 28. No interior do fígado a veia porta forma inúmeras
  • 29. Veia femoral A veia femoral está localizada nos membros inferiores e acompanhada toda a artéria femoral. Elas estão divididas em dois grupos: profundas, que acompanham as principais artérias, e as superficiais, que ficam no tecido subcutâneo. Essa veia percorre toda a perna e atua de forma conjunta com outras veias que promovem a circulação e drenagem do sangue dos músculos. É pela veia femoral que o fluxo de sangue da perna passa.
  • 30. A veia femoral atua na circulação e drenagem do sangue nos membros inferiores
  • 31. Veias ilíacas As veias ilíacas estão localizadas na região do abdômen e acompanham a artéria ilíaca comum. As veias ilíacas são classificadas em dois grupos (interna e externa) e, quando juntas, formam a veia cava inferior. Uma anomalia comum que ocorre nesta veia é a síndrome de May-Thurner, que consiste na compressão da veia pela artéria. Após o diagnóstico, pode ser inserido um stent (espécie de rede) que faz descompressão e permite o fluxo de sangue correto.
  • 32. A veia ilíaca quando comprimida pela artéria causa danos à
  • 33. Veia jugular A veia jugular está localizada no pescoço e sua função é transportar o sangue venoso (rico em dióxido de carbono e pobre em oxigênio) do crânio para as partes do corpo. No corpo humano são encontradas dois pares, sendo uma interna e outra externa, em cada lateral do pescoço.
  • 34.
  • 35. Veia safena As veias safena são as principais veias do sistema venoso, pois elas são responsáveis pelo transporte de sangue do membros superior para os membros inferiores do corpo. Elas estão localizadas nos membros inferiores.
  • 36.
  • 37.
  • 38.
  • 39.
  • 40. Tipos de Veias • • • • Troncos venosos Veias de médio e pequeno Vênulas calibre Veias superficiais (membros e pescoço) Profundas (acompanham artérias) • Artérias, Veias e Capilares SISTEMA CIRCULATÓRIO - CARDIOVASCULAR
  • 41. Tem basicamente a FUNÇÃO de conduzir e distribuir o volume tecidos, sanguíneo aos para a manutenção da pressão intravascular e da oferta de fluxo adequada. Sistema Vascular Arterial SISTEMA CIRCULATÓRIO - CARDIOVASCULAR
  • 42. Tem da a FUNÇÃO de variação sua complacência (elastância), para um permitir o retorno sanguíneo de volume ao variável coração e manter a reserva desse volume. Sistema Vascular Venoso SISTEMA CIRCULATÓRIO - CARDIOVASCULAR
  • 43. Capilares correspondem ao sistema de microcirculação. Tem a propriedade de de permitir a troca substâncias sólidas, gasosas líquidas e entre o compartimento intravascular e as células teciduais. Artérias, Veias e Capilares SISTEMA CIRCULATÓRIO - CARDIOVASCULAR
  • 44. São os pontos de troca entre o sangue e os tecidos circundantes. A extensa rede de capilares é estimada entre 50.000 e 60.000 quilômetros de comprimento. Microcirculação SISTEMA CIRCULATÓRIO - CARDIOVASCULAR
  • 46.
  • 47. Tronco pulmonar (verde) - vista ventral
  • 48. É um órgão muscular cavitário, que age como uma bomba aspirante e propulsora de sangue e tem importante papel na circulação sanguínea. Forma/localização: tem a forma piramidal com 3 faces (esternocostal, diafragmatica e pulmonar ou esquerda). Localiza-se no mediastino inferior-médio. Coração SISTEMA CARDIOVASCULAR
  • 49. Anatomia Cardíaca - Localicação SISTEMA CARDIOVASCULAR
  • 50. • Mediastino • Pericárdio • Camadas do tecido cardíaco: • Epicárdio, Miocárdio e Endocárdio • Câmaras Cardíacas • Válvulas • Vasos da Base • Grupos de células Marcapasso/Auto-rítmicas Anatomia Cardíaca SISTEMA CARDIOVASCULAR
  • 51. Visão geral do coração in situ - vista
  • 52. Estrutura da parede cardíaca: • Endocárdio: camada interna • Miocárdio: camada media (muscular) • Pericárdio: camada externa Anatomia Cardíaca SISTEMA CARDIOVASCULAR
  • 53.
  • 54. O miocárdio é uma das paredes do coração, representa a porção intermediária e mais espessa, entre o epicárdio e o endocárdio. Ele é constituído por músculo estriado cardíaco e consiste em feixes entrelaçados de células estriadas cardíacas, imersas em tecido conjuntivo altamente vascularizado.
  • 55. A célula do miocárdio, chamada de miócito, apresenta membrana plasmática (sarcolema), um núcleo central e várias fibras musculares (miofibrilas), as quais deslizam umas sobre as outras e se conectam através de discos intercalares. A unidade contrátil da célula cardíaca é chamada de sarcômero.
  • 56. Função do Miocárdio O miocárdio forma a maior parte do coração e é devido a contração e relaxamento de suas células que ocorre o bombeamento do sangue. Então, a sua função é permitir as contrações cardíacas.
  • 57. Anatomia Cardíaca – Morfologia Externa SISTEMA CARDIOVASCULAR
  • 58.
  • 59. Sulcos • Interventriculares • Interatrial • Terminal • Coronário Anatomia Cardíaca SISTEMA CARDIOVASCULAR
  • 60. Artérias Coronárias e Veias Cardíacas SISTEMA CARDIOVASCULAR
  • 61. • Átrio direito: • Músculos Pectíneos • Crista Terminal • Septo Interatrial • Fossa Oval • Tubéculo Intervenoso • Ostios: • Das Veias Cavas • Do Seio Coronário • Atrio-ventricular Morfologia Interna do Coração: Átrios SISTEMA CARDIOVASCULAR
  • 62. • Átrio Esquerdo: • Septo Interatrial • Musculos Pectíneos • Ostios: • Das Veias Pulmonares • Ostio Atrio-ventricular Morfologia Interna do Coração: Átrios SISTEMA CARDIOVASCULAR
  • 63. O septo divide o coração em dois lados: direito e esquerdo. A válvula tricúspide separa o átrio direito do ventrículo, enquanto que o átrio esquerdo está separado esquerdo mitral. do ventrículo pela válvula SISTEMA CARDIOVASCULAR Anatomia Cardíaca
  • 64. O desempenho de sua função depende de algumas propriedades: Propriedades Eletrofisiológicas São especialmente próprias do tecido excitocondutor 1. Automatismo: Capacidade do coração em gerar seu próprio estímulo elétrico Promove a contração das células miocárdicas contráteis. Determina o ritmo cardíaco (60 a 100 vezes por minuto) Coração SISTEMA CARDIOVASCULAR
  • 65. O desempenho de sua função depende de algumas propriedades: 2. Condutibilidade: Capacidade de condução do estímulo elétrico. 1. 2. 3. Excitabilidade: Capacidade que cada célula do coração tem de se excitar em resposta a um estímulo elétrico, mecânico ou químico, gerando um impulso elétrico (resposta contrátil no caso do miocárdio) Coração SISTEMA CARDIOVASCULAR
  • 66. O desempenho de sua função depende propriedades: de algumas Propriedades Mecânicas 1. Contratilidade: Capacidade de contração do coração, que leva a ejeção de um determinado volume sanguíneo para os tecidos e provoca o esvaziamento do órgão. 2. Relaxamento: Capacidade de desativação da contração, que resulta em retorno de um volume de sangue e no enchimento do coração. Coração SISTEMA CARDIOVASCULAR
  • 67. O ciclo cardíaco consiste em duas fases: • Sístole : os ventrículos se contraem enviando sangue para a circulação pulmonar e sistêmica. Diástole: ventrículos relaxam e se enchem de sangue dos • átrios SISTEMA CARDIOVASCULAR Anatomia Cardíaca
  • 69. O valor normal máximo da pressão arterial sistólica é 140 mmHg; o da pressão arterial diastólica é 90 mmHg. Em média, os valores pressão em torno normais da arterial situam-se de 120 x 80 mmHg. SISTEMA CARDIOVASCULAR Pressão Arterial
  • 70. Vasos da Base Ápice do Coração Mediastino e Pericárdio SISTEMA CARDIOVASCULAR
  • 72.
  • 73. Qual é o nome da divisão do sistema cardiovascular que tem início no ventrículo esquerdo, passa pelas artérias sistêmicas, capilares dos tecidos e veias sistêmicas, acabando por terminar no átrio direito (aurícula direita)? a) Circulação sistêmica b) Veias Sistêmicas c) Circulação pulmonar d) Rede capilar do pulmão e) Artérias sistêmicas
  • 74. Selecione a estrutura que entrega sangue oxigenado dos pulmões ao átrio esquerdo (aurícula esquerda) do coração? a)Aorta b)Veias sistêmicas c)Artéria pulmonar d)Veia cava superior e)Veias pulmonares
  • 75. Que vasos são usados pelos tecidos periféricos para receberem oxigênio e nutrientes do sangue? a) Rede capilar tecidual b) Veias sistêmicas c) Aorta d) Rede capilar do pulmão e) Artérias sistêmicas
  • 76. Selecione a estrutura que transporta sangue desoxigenado do coração para os pulmões. a)Veia cava superior b)Artérias sistêmicas c)Artéria pulmonar d)Rede capilar do pulmão e)Veias pulmonares
  • 77. Qual é o nome dado a um vaso que transporta sangue em direção ao coração? a)Capilar b)Válvula da veia c)Veia d)Artéria e)Vaso linfático
  • 78. Qual das seguintes estruturas serve para levar sangue desoxigenado diretamente para o átrio direito (aurícula direita) do coração? a)Aorta b)Artéria pulmonar c)Veias pulmonares d)Veia cava inferior e veia cava superior e)Válvula da veia
  • 80. Infarto do Miocárdio O infarto do miocárdio ou ataque cardíaco corresponde a falta de oxigênio e nutrientes no músculo cardíaco. Sem o oxigênio, falta energia para as células realizarem as suas atividades e consequentemente diminui a capacidade de contração do tecido muscular. Sem receber sangue e oxigênio, as células começam a morrer e ocorre a necrose do tecido.
  • 81. Entre as causas do infarto está o acúmulo de gordura que obstrui a chega do sangue até o coração, reduzindo o fluxo sanguíneo. Além disso, algumas situações representam fatores de risco como: diabetes, hipertensão, vida sedentária, estresse, alto nível de colesterol e histórico familiar de doenças cardíacas. Infarto do Miocárdio
  • 82. Infarto do Miocárdio Os sintomas do infarto são: •Dor no peito; •Ardor no peito; •Suor; •Tontura e desfalecimento; •Náuseas; •Agitação.
  • 83.
  • 84.
  • 85.
  • 86.
  • 87.
  • 88.
  • 89.
  • 90.
  • 91.
  • 92. As varizes são veias dilatadas que aparecem nos membros inferiores causando dores, inchaços, deformações e perda da sensibilidade. Embora seja mais comum nas mulheres, os homens também possuem varizes. As úlceras varicosas são caracterizadas pelo acúmulo de sangue venoso, falta de oxigenação, aumento de pressão e acúmulo de toxinas.
  • 93.
  • 94. A flebite, também chamada de trombose venosa, é caracterizada pela inflamação que ocorre na parede das veias, causando inchaços, dores e sensação de peso nas pernas. Vale destacar que há dois tipos de flebites: a flebite superficial, caracterizada por veias visíveis; e a flebite profunda, marcada por veias mais profundas.
  • 95.
  • 96.
  • 97.
  • 98.
  • 99.
  • 100.
  • 101. Por esse motivo, destaca-se a aterosclerose que tornou-se um dos problemas que mais mata pessoas nos países desenvolvidos. Ela representa as artérias entupidas que resultam do acúmulo de placas de gordura (chamadas de ateromas), interferindo na circulação normal do sangue. A formação dos ateromas leva à inflamação das artérias, que se chama aterosclerose.