Trabalho cim-fgv-bh-case-stj-09mar13-v2

293 visualizações

Publicada em

Case STJ no Facebook

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
293
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
76
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Trabalho cim-fgv-bh-case-stj-09mar13-v2

  1. 1. O STJ está no Facebook há um bom tempo.Mas... Só faltava as pessoas ficarem sabendo.
  2. 2. Em uma estratégia bem sucedida, o STJ vem utilizando asmelhores práticas dessa mídia social não só para angariar“curtidores”, mas também gerar relacionamento.
  3. 3. Ainda que tardiamente, osórgãos do Judiciáriodecidiram se abrir para omundo online, dando maisvisibilidade à sua atuação ebuscando formas de seaproximarem dos cidadãos.
  4. 4. O Judiciário brasileiro sempreenfrentou desafios para manterum bom relacionamento com aimprensa, com os cidadãoscomuns e com outrosstakeholders das organizaçõespúblicas. No entanto, o poderatentou para a demanda cada vezmais real de romper essadistância e percebeu aimportância de investir norelacionamento online.
  5. 5. Não bastava criarsites, numa visão antigade centralidade dasinformações. OSTJ, então, decidiuestabelecer uma fortepresença nas redessociais.
  6. 6. Para a confecção dos posts, o STJ utiliza conteúdo jurídico dequalidade e fotos de marcantes e até engraçadas (memes).
  7. 7. facebook.com/STJnoticias
  8. 8. facebook.com/STJnoticias
  9. 9. facebook.com/STJnoticias
  10. 10. facebook.com/STJnoticias
  11. 11. facebook.com/STJnoticias• Mais de 160 mil fãs• Postagem mais vista: 75 mil pessoas• Alcance médio semanal: 500 mil pessoas• 1,5 milhão de pessoas atingidas (agosto de 2012)• 61 mil cliques para o portal STJ a partir de memes (janeiro de 2013)• Uma imagem sozinha alcançou mais de 8 mil cliques
  12. 12. Custos Serviços + Consultoria + Equipamentos = Custo total: R$ 0,00Equipe dedicada ao projeto: 02 servidores.
  13. 13. O equilíbrio entre a inovação e pressupostos básicos de uma página institucional transparece na área de comentários, que émoderada, com regras explícitas. São vetadas ofensas e poluição visual, além de postscaracterizados como spam. Quase 100% doscomentários são liberados manualmente e as críticas não ofensivas são publicadas.
  14. 14. Fontes:1. Para Eliana Calmon, transparência é a palavra de ordem do século XXI –http://www.stj.gov.br/portal_stj/publicacao/engine.wsp?tmp.area=398&tmp.texto=108692Consulta em 1º/3/2013, às 9h522. O Poder Judiciário e as Mídias Sociais – CARVALHO, Nino.http://ht.ly/i54j6Consulta em 1º/3/2013, às 9h3. A presença do STJ no Facebook – PINTO, Murilohttp://www.slideshare.net/murilopinto/a-presena-do-stj-no-facebookConsulta em 1º/3/2013, às 8h30

×