SlideShare uma empresa Scribd logo

Textos do boletim de Campanha

Carlos Neder é um médico e político do PT que se candidata a deputado estadual defendendo priorizar o SUS, os servidores públicos e as políticas públicas. Ele já apresentou mais de 60 projetos nas áreas de saúde e educação e denunciou casos de corrupção. Se eleito, Neder continuará a defender os interesses da sociedade e a ampliar a participação cidadã.

1 de 2
Baixar para ler offline
Defesa do SUS e dos Servidores Públicos
Carlos Neder é médico formado na USP e mestre em saúde pública na
UNICAMP. Foi Secretário Municipal de Saúde e vereador do PT em São Paulo.
É autor de leis como Banco do Povo, Rádio nas Escolas, Conselhos Gestores
do SUS, Saúde Auditiva e Anemia Falciforme.
Como deputado estadual, Neder apresentou mais de 60 projetos nas áreas de
saúde, educação, funcionalismo, entre outras. Denunciou corrupção no Detran.
Reeleger Carlos Neder deputado
estadual significará dar prioridade ao SUS e às políticas públicas. Neder
defende uma Reforma Política que favoreça o exercício da cidadania ativa.
Junto com Dilma e Mercadante, ajudará São Paulo a seguir o caminho iniciado
pelo
Presidente Lula.


Um mandato a serviço da sociedade
A eleição de Carlos Neder deputado estadual significará novas conquistas para São
Paulo, pois Neder já provou ser um excelente parlamentar, autor de leis importantes e
fiscalizador do Executivo.
Como vereador denunciou o escândalo da compra superfaturada de frangos para a
merenda escolar (Governo Maluf) e como deputado a corrupção no Detran (Governo
Alckmin).
Sua produção legislativa prioriza as áreas de saúde, meio ambiente, educação, ciência
e tecnologia, geração de emprego e renda, economia solidária e participação. Ela está
voltada para ampliar a democracia, o controle da sociedade sobre os serviços prestados
pelo Estado e a valorização dos servidores públicos.
São dele as leis que criaram os Conselhos Gestores do SUS, dos CEUs e Parques
Públicos Municipais. O compromisso com a cidadania marca a trajetória de Carlos
Neder que desde a década de 1970 já participava da luta social, dos movimentos
populares de saúde e da organização dos trabalhadores nos locais de trabalho, em
sindicatos e na CUT.
Filiado ao PT, defende uma reforma política que amplie a participação dos cidadãos na
definição das políticas públicas e dos rumos do país.

COMPROMISSOS
  Em Defesa do SUS, da Seguridade Social e da Gestão Pública;
  Respeito aos Direitos dos Servidores e Empregados Públicos;
  Reforma Urbana, Meio Ambiente e Sustentabilidade Social;
  Geração de Emprego, Renda e Economia Solidária;
  Contra todo tipo de Preconceito e Discriminação;
  Democratização dos Meios de Comunicação;
  Incentivo à participação e aos Conselhos Gestores;
  Reforma Política, com Financiamento Público de Campanhas;
Democratização e fortalecimento dos Partidos Políticos e dos Movimentos Sociais;

Recomendados

Nota de esclarecimento
Nota de esclarecimentoNota de esclarecimento
Nota de esclarecimentoFred Oliveira
 
Moção de Repúdio ao Fechamento da UBS Central em Assis (SP)
Moção de Repúdio ao Fechamento da UBS Central em Assis (SP)Moção de Repúdio ao Fechamento da UBS Central em Assis (SP)
Moção de Repúdio ao Fechamento da UBS Central em Assis (SP)Pablo Scherrer
 
Pl 574 16 - Famílias Homoafetivas
Pl 574 16 - Famílias HomoafetivasPl 574 16 - Famílias Homoafetivas
Pl 574 16 - Famílias HomoafetivasMárcia Lia
 
Nota oficial junho2013
Nota oficial junho2013Nota oficial junho2013
Nota oficial junho2013OPPCEUFC
 
Prot. 247 17 pl autoriza o pe a instituir o plano municipal de valorização ...
Prot. 247 17   pl autoriza o pe a instituir o plano municipal de valorização ...Prot. 247 17   pl autoriza o pe a instituir o plano municipal de valorização ...
Prot. 247 17 pl autoriza o pe a instituir o plano municipal de valorização ...Claudio Figueiredo
 
Ata da 1º reunião ordinária do conselho lgbtt 13 jan_2012
Ata da 1º reunião ordinária do conselho lgbtt  13 jan_2012Ata da 1º reunião ordinária do conselho lgbtt  13 jan_2012
Ata da 1º reunião ordinária do conselho lgbtt 13 jan_2012Dudu Oliveira
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Boletim online Marinor
Boletim online MarinorBoletim online Marinor
Boletim online MarinorMarinor Brito
 
Newsletter n.º 1 - PS Coimbra - Legislativas 2015
Newsletter n.º 1 - PS Coimbra - Legislativas 2015Newsletter n.º 1 - PS Coimbra - Legislativas 2015
Newsletter n.º 1 - PS Coimbra - Legislativas 2015Partido Socialista Coimbra
 
Ata da 6ª reunião ordinária do conselho municipal de saúde (02 04-2013)
Ata da 6ª reunião ordinária do conselho municipal de saúde (02 04-2013)Ata da 6ª reunião ordinária do conselho municipal de saúde (02 04-2013)
Ata da 6ª reunião ordinária do conselho municipal de saúde (02 04-2013)cmspg
 
Apresentação centro pop
Apresentação centro popApresentação centro pop
Apresentação centro popcgtsfumec
 
Renato correa controle social
Renato correa   controle socialRenato correa   controle social
Renato correa controle socialLiene Campos
 
Diagnóstico da população de rua - Contagem
Diagnóstico da população de rua - ContagemDiagnóstico da população de rua - Contagem
Diagnóstico da população de rua - Contagemcgtsfumec
 
Apresentação politica nacional do idoso
Apresentação politica nacional do idosoApresentação politica nacional do idoso
Apresentação politica nacional do idosoAlinebrauna Brauna
 
O dia - MDB QUER EXPULSÃO DE LUCIANO BARBOSA
O dia - MDB QUER EXPULSÃO DE LUCIANO BARBOSAO dia - MDB QUER EXPULSÃO DE LUCIANO BARBOSA
O dia - MDB QUER EXPULSÃO DE LUCIANO BARBOSAODiaMais
 
Secretários de Saúde de Pernambuco repudiam proposta de plano de saúde acessí...
Secretários de Saúde de Pernambuco repudiam proposta de plano de saúde acessí...Secretários de Saúde de Pernambuco repudiam proposta de plano de saúde acessí...
Secretários de Saúde de Pernambuco repudiam proposta de plano de saúde acessí...Portal NE10
 
Aula 4 mecanismos que garantem o direito a saude no brasil
Aula 4    mecanismos que garantem o direito a saude no brasilAula 4    mecanismos que garantem o direito a saude no brasil
Aula 4 mecanismos que garantem o direito a saude no brasilSimone Amucc
 
Participação e controle social
Participação e controle socialParticipação e controle social
Participação e controle socialferaps
 

Mais procurados (16)

Diário Oficial de Guarujá
Diário Oficial de GuarujáDiário Oficial de Guarujá
Diário Oficial de Guarujá
 
Boletim online Marinor
Boletim online MarinorBoletim online Marinor
Boletim online Marinor
 
Newsletter n.º 1 - PS Coimbra - Legislativas 2015
Newsletter n.º 1 - PS Coimbra - Legislativas 2015Newsletter n.º 1 - PS Coimbra - Legislativas 2015
Newsletter n.º 1 - PS Coimbra - Legislativas 2015
 
Ata da 6ª reunião ordinária do conselho municipal de saúde (02 04-2013)
Ata da 6ª reunião ordinária do conselho municipal de saúde (02 04-2013)Ata da 6ª reunião ordinária do conselho municipal de saúde (02 04-2013)
Ata da 6ª reunião ordinária do conselho municipal de saúde (02 04-2013)
 
Apresentação centro pop
Apresentação centro popApresentação centro pop
Apresentação centro pop
 
Manual basico de saude publica
Manual basico de saude publicaManual basico de saude publica
Manual basico de saude publica
 
Renato correa controle social
Renato correa   controle socialRenato correa   controle social
Renato correa controle social
 
Diagnóstico da população de rua - Contagem
Diagnóstico da população de rua - ContagemDiagnóstico da população de rua - Contagem
Diagnóstico da população de rua - Contagem
 
Apresentação politica nacional do idoso
Apresentação politica nacional do idosoApresentação politica nacional do idoso
Apresentação politica nacional do idoso
 
Convite san
Convite sanConvite san
Convite san
 
(13) unidade 5 5.4slide share
(13)  unidade 5 5.4slide share(13)  unidade 5 5.4slide share
(13) unidade 5 5.4slide share
 
O dia - MDB QUER EXPULSÃO DE LUCIANO BARBOSA
O dia - MDB QUER EXPULSÃO DE LUCIANO BARBOSAO dia - MDB QUER EXPULSÃO DE LUCIANO BARBOSA
O dia - MDB QUER EXPULSÃO DE LUCIANO BARBOSA
 
(13) slide share
(13)   slide share(13)   slide share
(13) slide share
 
Secretários de Saúde de Pernambuco repudiam proposta de plano de saúde acessí...
Secretários de Saúde de Pernambuco repudiam proposta de plano de saúde acessí...Secretários de Saúde de Pernambuco repudiam proposta de plano de saúde acessí...
Secretários de Saúde de Pernambuco repudiam proposta de plano de saúde acessí...
 
Aula 4 mecanismos que garantem o direito a saude no brasil
Aula 4    mecanismos que garantem o direito a saude no brasilAula 4    mecanismos que garantem o direito a saude no brasil
Aula 4 mecanismos que garantem o direito a saude no brasil
 
Participação e controle social
Participação e controle socialParticipação e controle social
Participação e controle social
 

Destaque

Tabela do Norte - Rio - Grandense
Tabela do Norte - Rio - GrandenseTabela do Norte - Rio - Grandense
Tabela do Norte - Rio - Grandensebinho31
 
Cnd certidão negativa de débito
Cnd   certidão negativa de débitoCnd   certidão negativa de débito
Cnd certidão negativa de débitorazonetecontabil
 
Quebrangulo enchente junho de 2010 - Sobe para 28 número de cidades atingidas...
Quebrangulo enchente junho de 2010 - Sobe para 28 número de cidades atingidas...Quebrangulo enchente junho de 2010 - Sobe para 28 número de cidades atingidas...
Quebrangulo enchente junho de 2010 - Sobe para 28 número de cidades atingidas...Quebrangulo
 
Palestra Miguel Abuhab
Palestra Miguel AbuhabPalestra Miguel Abuhab
Palestra Miguel AbuhabBrasil
 
Resumo contabilidade tributaria 02
Resumo contabilidade tributaria 02Resumo contabilidade tributaria 02
Resumo contabilidade tributaria 02custos contabil
 
O papel do supervisor conceiçâo
O papel do supervisor  conceiçâoO papel do supervisor  conceiçâo
O papel do supervisor conceiçâoCeicalira
 
Condición física 1eso
Condición física 1esoCondición física 1eso
Condición física 1esoGabi Valero
 
Apuntes sobre la pedagogía Crítica
Apuntes sobre la pedagogía CríticaApuntes sobre la pedagogía Crítica
Apuntes sobre la pedagogía CríticaAlexandra Serrano
 
Nuestra forma de estar en el mundo
Nuestra forma de estar en el mundoNuestra forma de estar en el mundo
Nuestra forma de estar en el mundorosatuc111
 
Nuestra forma de estar en el mundo
Nuestra forma de estar en el mundoNuestra forma de estar en el mundo
Nuestra forma de estar en el mundorosatuc111
 

Destaque (20)

Francisco Cuiça 2
Francisco Cuiça 2Francisco Cuiça 2
Francisco Cuiça 2
 
Taller de geometria4
Taller de geometria4Taller de geometria4
Taller de geometria4
 
Tabela do Norte - Rio - Grandense
Tabela do Norte - Rio - GrandenseTabela do Norte - Rio - Grandense
Tabela do Norte - Rio - Grandense
 
Guia do Utilizador
Guia do UtilizadorGuia do Utilizador
Guia do Utilizador
 
8 a joadson
8 a joadson8 a joadson
8 a joadson
 
Esquema dos Planos de Aula
Esquema dos Planos de AulaEsquema dos Planos de Aula
Esquema dos Planos de Aula
 
Cnd certidão negativa de débito
Cnd   certidão negativa de débitoCnd   certidão negativa de débito
Cnd certidão negativa de débito
 
Seq.1
Seq.1Seq.1
Seq.1
 
Quebrangulo enchente junho de 2010 - Sobe para 28 número de cidades atingidas...
Quebrangulo enchente junho de 2010 - Sobe para 28 número de cidades atingidas...Quebrangulo enchente junho de 2010 - Sobe para 28 número de cidades atingidas...
Quebrangulo enchente junho de 2010 - Sobe para 28 número de cidades atingidas...
 
Negociação texto a012
Negociação texto a012Negociação texto a012
Negociação texto a012
 
Palestra Miguel Abuhab
Palestra Miguel AbuhabPalestra Miguel Abuhab
Palestra Miguel Abuhab
 
Acetato 1
Acetato 1Acetato 1
Acetato 1
 
Negociação texto a003
Negociação texto a003Negociação texto a003
Negociação texto a003
 
Resumo contabilidade tributaria 02
Resumo contabilidade tributaria 02Resumo contabilidade tributaria 02
Resumo contabilidade tributaria 02
 
O papel do supervisor conceiçâo
O papel do supervisor  conceiçâoO papel do supervisor  conceiçâo
O papel do supervisor conceiçâo
 
Inversiones
InversionesInversiones
Inversiones
 
Condición física 1eso
Condición física 1esoCondición física 1eso
Condición física 1eso
 
Apuntes sobre la pedagogía Crítica
Apuntes sobre la pedagogía CríticaApuntes sobre la pedagogía Crítica
Apuntes sobre la pedagogía Crítica
 
Nuestra forma de estar en el mundo
Nuestra forma de estar en el mundoNuestra forma de estar en el mundo
Nuestra forma de estar en el mundo
 
Nuestra forma de estar en el mundo
Nuestra forma de estar en el mundoNuestra forma de estar en el mundo
Nuestra forma de estar en el mundo
 

Semelhante a Textos do boletim de Campanha

Boletim de Campanha No 1
Boletim de Campanha No 1Boletim de Campanha No 1
Boletim de Campanha No 1carlosneder
 
Boletim de pré-campanha
Boletim de pré-campanhaBoletim de pré-campanha
Boletim de pré-campanhacarlosneder
 
Encontro dm saude 28-05-11
Encontro dm saude 28-05-11Encontro dm saude 28-05-11
Encontro dm saude 28-05-11Alberto Ramos
 
Prestação de Contas do Deputado Dr Sinval Malheiros - número 1
Prestação de Contas do Deputado Dr Sinval Malheiros - número 1Prestação de Contas do Deputado Dr Sinval Malheiros - número 1
Prestação de Contas do Deputado Dr Sinval Malheiros - número 1SinvalMalheiros
 
HISTÓRIA DA SAÚDE PÚBLICA NO BRASIL AULA 01.ppt
HISTÓRIA DA SAÚDE PÚBLICA NO BRASIL AULA 01.pptHISTÓRIA DA SAÚDE PÚBLICA NO BRASIL AULA 01.ppt
HISTÓRIA DA SAÚDE PÚBLICA NO BRASIL AULA 01.pptssuser1b1803
 
Propostas dos candidatos à presidência para a área de saúde (2014)
Propostas dos candidatos à presidência para a área de saúde (2014)Propostas dos candidatos à presidência para a área de saúde (2014)
Propostas dos candidatos à presidência para a área de saúde (2014)Oncoguia
 
Cartilha de Orientação para Conselheiros de Saúde
Cartilha de Orientação para Conselheiros de SaúdeCartilha de Orientação para Conselheiros de Saúde
Cartilha de Orientação para Conselheiros de SaúdeCínthia Lima
 
Susaula2 100409090926-phpapp01
Susaula2 100409090926-phpapp01Susaula2 100409090926-phpapp01
Susaula2 100409090926-phpapp01Leonardo Lima
 
Aapostila de saúde publica no Brasil: breve restrospectiva
Aapostila de saúde publica no Brasil: breve restrospectivaAapostila de saúde publica no Brasil: breve restrospectiva
Aapostila de saúde publica no Brasil: breve restrospectivaKarinaMartins88
 
Anexo 8-profissão-de-serviço-social
Anexo 8-profissão-de-serviço-socialAnexo 8-profissão-de-serviço-social
Anexo 8-profissão-de-serviço-socialRosane Domingues
 
18 caderno de textos subsidios para o debate
18  caderno de textos subsidios para o debate18  caderno de textos subsidios para o debate
18 caderno de textos subsidios para o debateAlinebrauna Brauna
 

Semelhante a Textos do boletim de Campanha (20)

Boletim de Campanha No 1
Boletim de Campanha No 1Boletim de Campanha No 1
Boletim de Campanha No 1
 
Boletim de pré-campanha
Boletim de pré-campanhaBoletim de pré-campanha
Boletim de pré-campanha
 
Encontro dm saude 28-05-11
Encontro dm saude 28-05-11Encontro dm saude 28-05-11
Encontro dm saude 28-05-11
 
Prestação de Contas do Deputado Dr Sinval Malheiros - número 1
Prestação de Contas do Deputado Dr Sinval Malheiros - número 1Prestação de Contas do Deputado Dr Sinval Malheiros - número 1
Prestação de Contas do Deputado Dr Sinval Malheiros - número 1
 
Controle social
Controle socialControle social
Controle social
 
HISTÓRIA DA SAÚDE PÚBLICA NO BRASIL AULA 01.ppt
HISTÓRIA DA SAÚDE PÚBLICA NO BRASIL AULA 01.pptHISTÓRIA DA SAÚDE PÚBLICA NO BRASIL AULA 01.ppt
HISTÓRIA DA SAÚDE PÚBLICA NO BRASIL AULA 01.ppt
 
Propostas dos candidatos à presidência para a área de saúde (2014)
Propostas dos candidatos à presidência para a área de saúde (2014)Propostas dos candidatos à presidência para a área de saúde (2014)
Propostas dos candidatos à presidência para a área de saúde (2014)
 
Cartilha de Orientação para Conselheiros de Saúde
Cartilha de Orientação para Conselheiros de SaúdeCartilha de Orientação para Conselheiros de Saúde
Cartilha de Orientação para Conselheiros de Saúde
 
Sus sistema unico de saude
Sus   sistema unico de saudeSus   sistema unico de saude
Sus sistema unico de saude
 
Sus Aula2
Sus Aula2Sus Aula2
Sus Aula2
 
Sus Aula2
Sus Aula2Sus Aula2
Sus Aula2
 
Susaula2 100409090926-phpapp01
Susaula2 100409090926-phpapp01Susaula2 100409090926-phpapp01
Susaula2 100409090926-phpapp01
 
Cartilha orientacao
Cartilha orientacaoCartilha orientacao
Cartilha orientacao
 
Politicas sus
Politicas susPoliticas sus
Politicas sus
 
Aapostila de saúde publica no Brasil: breve restrospectiva
Aapostila de saúde publica no Brasil: breve restrospectivaAapostila de saúde publica no Brasil: breve restrospectiva
Aapostila de saúde publica no Brasil: breve restrospectiva
 
Anexo 8-profissão-de-serviço-social
Anexo 8-profissão-de-serviço-socialAnexo 8-profissão-de-serviço-social
Anexo 8-profissão-de-serviço-social
 
18 caderno de textos subsidios para o debate
18  caderno de textos subsidios para o debate18  caderno de textos subsidios para o debate
18 caderno de textos subsidios para o debate
 
feb_otani_24out.ppt
feb_otani_24out.pptfeb_otani_24out.ppt
feb_otani_24out.ppt
 
Congresso de Fortalecimento da Atenção Primária no Estado de Minas Gerais
Congresso de Fortalecimento da Atenção Primária no Estado de Minas GeraisCongresso de Fortalecimento da Atenção Primária no Estado de Minas Gerais
Congresso de Fortalecimento da Atenção Primária no Estado de Minas Gerais
 
Livro-A-Construcao-Do-SUS.pdf
Livro-A-Construcao-Do-SUS.pdfLivro-A-Construcao-Do-SUS.pdf
Livro-A-Construcao-Do-SUS.pdf
 

Mais de carlosneder

Panfleto ato 21 de marco
Panfleto ato 21 de marcoPanfleto ato 21 de marco
Panfleto ato 21 de marcocarlosneder
 
Panfleto ato 21 de marco verso
Panfleto ato 21 de marco  versoPanfleto ato 21 de marco  verso
Panfleto ato 21 de marco versocarlosneder
 
Panfleto ato 21 de marco
Panfleto ato 21 de marcoPanfleto ato 21 de marco
Panfleto ato 21 de marcocarlosneder
 
Modelo de carta de adesao
Modelo de carta de adesaoModelo de carta de adesao
Modelo de carta de adesaocarlosneder
 
Unidades uneafro2
Unidades uneafro2Unidades uneafro2
Unidades uneafro2carlosneder
 
Unidades uneafro
Unidades uneafroUnidades uneafro
Unidades uneafrocarlosneder
 
Uneafro mapa das unidades
Uneafro mapa das unidadesUneafro mapa das unidades
Uneafro mapa das unidadescarlosneder
 
Carta à Secretaria de Habitação
Carta à Secretaria de HabitaçãoCarta à Secretaria de Habitação
Carta à Secretaria de Habitaçãocarlosneder
 
Carlos Neder - Revista da Bancada PT
Carlos Neder - Revista da Bancada PTCarlos Neder - Revista da Bancada PT
Carlos Neder - Revista da Bancada PTcarlosneder
 
Cautelar Parque Agua Branca
Cautelar Parque Agua BrancaCautelar Parque Agua Branca
Cautelar Parque Agua Brancacarlosneder
 
Logoneder08jul10
Logoneder08jul10Logoneder08jul10
Logoneder08jul10carlosneder
 
Foto de campanha
Foto de campanhaFoto de campanha
Foto de campanhacarlosneder
 

Mais de carlosneder (13)

Panfleto ato 21 de marco
Panfleto ato 21 de marcoPanfleto ato 21 de marco
Panfleto ato 21 de marco
 
Panfleto ato 21 de marco verso
Panfleto ato 21 de marco  versoPanfleto ato 21 de marco  verso
Panfleto ato 21 de marco verso
 
Panfleto ato 21 de marco
Panfleto ato 21 de marcoPanfleto ato 21 de marco
Panfleto ato 21 de marco
 
Modelo de carta de adesao
Modelo de carta de adesaoModelo de carta de adesao
Modelo de carta de adesao
 
Unidades uneafro2
Unidades uneafro2Unidades uneafro2
Unidades uneafro2
 
Unidades uneafro
Unidades uneafroUnidades uneafro
Unidades uneafro
 
Uneafro mapa das unidades
Uneafro mapa das unidadesUneafro mapa das unidades
Uneafro mapa das unidades
 
Carta à Secretaria de Habitação
Carta à Secretaria de HabitaçãoCarta à Secretaria de Habitação
Carta à Secretaria de Habitação
 
Cartao natal
Cartao natalCartao natal
Cartao natal
 
Carlos Neder - Revista da Bancada PT
Carlos Neder - Revista da Bancada PTCarlos Neder - Revista da Bancada PT
Carlos Neder - Revista da Bancada PT
 
Cautelar Parque Agua Branca
Cautelar Parque Agua BrancaCautelar Parque Agua Branca
Cautelar Parque Agua Branca
 
Logoneder08jul10
Logoneder08jul10Logoneder08jul10
Logoneder08jul10
 
Foto de campanha
Foto de campanhaFoto de campanha
Foto de campanha
 

Último

A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...
A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...
A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...azulassessoriaacadem3
 
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...azulassessoriaacadem3
 
A) Comportamento treino-instrução. B) Comportamento de apoio social. C) Compo...
A) Comportamento treino-instrução. B) Comportamento de apoio social. C) Compo...A) Comportamento treino-instrução. B) Comportamento de apoio social. C) Compo...
A) Comportamento treino-instrução. B) Comportamento de apoio social. C) Compo...apoioacademicoead
 
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...azulassessoriaacadem3
 
Reprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º ano
Reprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º anoReprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º ano
Reprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º anoMariaJoão Agualuza
 
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...apoioacademicoead
 
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...azulassessoriaacadem3
 
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...azulassessoriaacadem3
 
Considere a imagem abaixo: Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...
Considere a imagem abaixo:  Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...Considere a imagem abaixo:  Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...
Considere a imagem abaixo: Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...azulassessoriaacadem3
 
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...excellenceeducaciona
 
SOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIM
SOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIMSOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIM
SOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIMHisrelBlog
 
3) A legislação brasileira prevê a proteção à educação e a sua divisão? Apont...
3) A legislação brasileira prevê a proteção à educação e a sua divisão? Apont...3) A legislação brasileira prevê a proteção à educação e a sua divisão? Apont...
3) A legislação brasileira prevê a proteção à educação e a sua divisão? Apont...azulassessoriaacadem3
 
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...excellenceeducaciona
 
Slides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptx
Slides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptxSlides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptx
Slides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...azulassessoriaacadem3
 
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...azulassessoriaacadem3
 
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...azulassessoriaacadem3
 
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...azulassessoriaacadem3
 
Com base nas informações apresentadas, responda: a. Qual o Índice de Massa Co...
Com base nas informações apresentadas, responda: a. Qual o Índice de Massa Co...Com base nas informações apresentadas, responda: a. Qual o Índice de Massa Co...
Com base nas informações apresentadas, responda: a. Qual o Índice de Massa Co...apoioacademicoead
 

Último (20)

A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...
A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...
A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...
 
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
 
A) Comportamento treino-instrução. B) Comportamento de apoio social. C) Compo...
A) Comportamento treino-instrução. B) Comportamento de apoio social. C) Compo...A) Comportamento treino-instrução. B) Comportamento de apoio social. C) Compo...
A) Comportamento treino-instrução. B) Comportamento de apoio social. C) Compo...
 
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
 
Namorar não és ser don .
Namorar não és ser don                  .Namorar não és ser don                  .
Namorar não és ser don .
 
Reprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º ano
Reprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º anoReprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º ano
Reprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º ano
 
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
 
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...
 
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
 
Considere a imagem abaixo: Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...
Considere a imagem abaixo:  Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...Considere a imagem abaixo:  Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...
Considere a imagem abaixo: Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...
 
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
 
SOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIM
SOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIMSOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIM
SOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIM
 
3) A legislação brasileira prevê a proteção à educação e a sua divisão? Apont...
3) A legislação brasileira prevê a proteção à educação e a sua divisão? Apont...3) A legislação brasileira prevê a proteção à educação e a sua divisão? Apont...
3) A legislação brasileira prevê a proteção à educação e a sua divisão? Apont...
 
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
 
Slides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptx
Slides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptxSlides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptx
Slides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptx
 
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
 
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
 
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
 
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
 
Com base nas informações apresentadas, responda: a. Qual o Índice de Massa Co...
Com base nas informações apresentadas, responda: a. Qual o Índice de Massa Co...Com base nas informações apresentadas, responda: a. Qual o Índice de Massa Co...
Com base nas informações apresentadas, responda: a. Qual o Índice de Massa Co...
 

Textos do boletim de Campanha

  • 1. Defesa do SUS e dos Servidores Públicos Carlos Neder é médico formado na USP e mestre em saúde pública na UNICAMP. Foi Secretário Municipal de Saúde e vereador do PT em São Paulo. É autor de leis como Banco do Povo, Rádio nas Escolas, Conselhos Gestores do SUS, Saúde Auditiva e Anemia Falciforme. Como deputado estadual, Neder apresentou mais de 60 projetos nas áreas de saúde, educação, funcionalismo, entre outras. Denunciou corrupção no Detran. Reeleger Carlos Neder deputado estadual significará dar prioridade ao SUS e às políticas públicas. Neder defende uma Reforma Política que favoreça o exercício da cidadania ativa. Junto com Dilma e Mercadante, ajudará São Paulo a seguir o caminho iniciado pelo Presidente Lula. Um mandato a serviço da sociedade A eleição de Carlos Neder deputado estadual significará novas conquistas para São Paulo, pois Neder já provou ser um excelente parlamentar, autor de leis importantes e fiscalizador do Executivo. Como vereador denunciou o escândalo da compra superfaturada de frangos para a merenda escolar (Governo Maluf) e como deputado a corrupção no Detran (Governo Alckmin). Sua produção legislativa prioriza as áreas de saúde, meio ambiente, educação, ciência e tecnologia, geração de emprego e renda, economia solidária e participação. Ela está voltada para ampliar a democracia, o controle da sociedade sobre os serviços prestados pelo Estado e a valorização dos servidores públicos. São dele as leis que criaram os Conselhos Gestores do SUS, dos CEUs e Parques Públicos Municipais. O compromisso com a cidadania marca a trajetória de Carlos Neder que desde a década de 1970 já participava da luta social, dos movimentos populares de saúde e da organização dos trabalhadores nos locais de trabalho, em sindicatos e na CUT. Filiado ao PT, defende uma reforma política que amplie a participação dos cidadãos na definição das políticas públicas e dos rumos do país. COMPROMISSOS Em Defesa do SUS, da Seguridade Social e da Gestão Pública; Respeito aos Direitos dos Servidores e Empregados Públicos; Reforma Urbana, Meio Ambiente e Sustentabilidade Social; Geração de Emprego, Renda e Economia Solidária; Contra todo tipo de Preconceito e Discriminação; Democratização dos Meios de Comunicação; Incentivo à participação e aos Conselhos Gestores; Reforma Política, com Financiamento Público de Campanhas;
  • 2. Democratização e fortalecimento dos Partidos Políticos e dos Movimentos Sociais;