SlideShare uma empresa Scribd logo

Dte aula 03sombra-cor

1 de 21
Baixar para ler offline
DTE	
  
Centro	
  Universitário	
  Planalto	
  –	
  UNIPLAN	
  
Arquitetura	
  e	
  Urbanismo	
  
Professoras	
  Ana	
  Cris=na	
  Castro	
  |	
  Carla	
  Freitas	
  
Sombras	
  e	
  Cores	
  
Introdução	
  às	
  Técnicas	
  de	
  Desenho	
  
Professoras	
  Ana	
  Cris=na	
  Castro	
  e	
  	
  Carla	
  Freitas	
  |	
  www.caliandradesenhos.blogspot.com.br	
  
Introdução	
  às	
  Técnicas	
  de	
  Desenho	
  
Sombreamento	
  
O	
  sombreado	
  nos	
  desenhos	
  
“baseia-­‐se	
  na	
  percepção	
  de	
  
mudanças	
  de	
  tonalidades	
  de	
  luz	
  
e	
  sombra.	
  Essas	
  mudanças	
  
tonais	
  são	
  chamadas	
  valores.	
  A	
  
escala	
  completa	
  de	
  valores	
  vai	
  
do	
  puro	
  branco	
  ao	
  puro	
  negro,	
  
com	
  milhares	
  e	
  milhares	
  de	
  
pequenas	
  gradações	
  de	
  cinza.”	
  	
  
B.	
  Edwards	
  
Professoras	
  Ana	
  Cris=na	
  Castro	
  e	
  	
  Carla	
  Freitas	
  |	
  www.caliandradesenhos.blogspot.com.br	
  
Introdução	
  às	
  Técnicas	
  de	
  Desenho	
  
	
  Sombreamento	
  
“No	
  desenho	
  a	
  lápis,	
  a	
  luz	
  mais	
  
clara	
  é	
  o	
  branco	
  do	
  papel.	
  A	
  
sombra	
  mais	
  escura	
  é	
  aquela	
  na	
  
qual	
  as	
  linhas	
  se	
  agrupam	
  para	
  
formar	
  o	
  tom	
  mais	
  sombrio	
  
permi=do	
  pelo	
  grafite	
  do	
  lápis.	
  
Os	
  tons	
  intermediários	
  são	
  
ob=dos	
  através	
  de	
  vários	
  
métodos	
  de	
  usar	
  o	
  lápis:	
  
sombras	
  duras,	
  linhas	
  
entrecruzadas,	
  etc.”	
  	
  B.	
  Edwards	
  
Professoras	
  Ana	
  Cris=na	
  Castro	
  e	
  	
  Carla	
  Freitas	
  |	
  www.caliandradesenhos.blogspot.com.br	
  
Introdução	
  às	
  Técnicas	
  de	
  Desenho	
  
	
  Sombreamento	
  
“A	
  luz	
  que	
  incide	
  sobre	
  um	
  objeto	
  
nos	
  revela	
  a	
  forma	
  do	
  objeto:	
  
através	
  de	
  valores	
  tonais	
  de	
  luzes	
  
e	
  sombras,	
  percebemos	
  as	
  
formas	
  tridimensionais.”	
  	
  
B.	
  Edwards	
  
Exercício	
  1	
  -­‐	
  Gradação	
  tonal	
  
Fazer	
  sua	
  própria	
  escala	
  de	
  cinzas	
  (5	
  minutos)	
  
Professoras	
  Ana	
  Cris=na	
  Castro	
  e	
  	
  Carla	
  Freitas	
  |	
  www.caliandradesenhos.blogspot.com.br	
  
Introdução	
  às	
  Técnicas	
  de	
  Desenho	
  
	
  Exercícios	
  
	
  tom	
  	
  
+	
  claro	
  
HB	
  
tom	
  
médio	
  
4B	
  
tom	
  	
  
+	
  escuro	
  
6B	
  
Exercício	
  2	
  
Sombrear	
  cubos	
  e	
  cilindros	
  desenhados	
  
(5	
  minutos)	
  
Professoras	
  Ana	
  Cris=na	
  Castro	
  e	
  	
  Carla	
  Freitas	
  |	
  www.caliandradesenhos.blogspot.com.br	
  
Introdução	
  às	
  Técnicas	
  de	
  Desenho	
  
Exercícios	
  

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (20)

Dte aula 15perspectiva2_pf
Dte aula 15perspectiva2_pfDte aula 15perspectiva2_pf
Dte aula 15perspectiva2_pf
 
Dte aula 13desenhotecnico
Dte aula 13desenhotecnicoDte aula 13desenhotecnico
Dte aula 13desenhotecnico
 
Dea aula 04desenhoarq
Dea aula 04desenhoarqDea aula 04desenhoarq
Dea aula 04desenhoarq
 
Dte aula 01tiposdesenho
Dte aula 01tiposdesenhoDte aula 01tiposdesenho
Dte aula 01tiposdesenho
 
Aula02 figurahumana
Aula02 figurahumanaAula02 figurahumana
Aula02 figurahumana
 
Aula01 imagemcidade
Aula01 imagemcidadeAula01 imagemcidade
Aula01 imagemcidade
 
Aula03 apreensaopaisagemurbana
Aula03 apreensaopaisagemurbanaAula03 apreensaopaisagemurbana
Aula03 apreensaopaisagemurbana
 
A caricatura
A caricaturaA caricatura
A caricatura
 
Apostila para o curso de desenho e pintura resumida
Apostila para o curso de desenho e pintura resumidaApostila para o curso de desenho e pintura resumida
Apostila para o curso de desenho e pintura resumida
 
Desenho
DesenhoDesenho
Desenho
 
Técnicas de Desenho
Técnicas de DesenhoTécnicas de Desenho
Técnicas de Desenho
 
Desenho De Observação
Desenho De ObservaçãoDesenho De Observação
Desenho De Observação
 
Materiais e técnicas básicas de desenho
Materiais e técnicas básicas de desenhoMateriais e técnicas básicas de desenho
Materiais e técnicas básicas de desenho
 
espaço e desenho de observação - regras a cumprir
espaço e desenho de observação - regras a cumprirespaço e desenho de observação - regras a cumprir
espaço e desenho de observação - regras a cumprir
 
Aula01 desenho linguagem
Aula01 desenho linguagemAula01 desenho linguagem
Aula01 desenho linguagem
 
Ebook aprendaadesenhardozero
Ebook aprendaadesenhardozeroEbook aprendaadesenhardozero
Ebook aprendaadesenhardozero
 
Desenho de observação
Desenho de observaçãoDesenho de observação
Desenho de observação
 
Desenho e pintura
Desenho e pinturaDesenho e pintura
Desenho e pintura
 
Desenho Realista- Conceitos Básicos
Desenho Realista- Conceitos BásicosDesenho Realista- Conceitos Básicos
Desenho Realista- Conceitos Básicos
 
FAT-Curso de desenho Extensão parte 1
FAT-Curso de desenho Extensão parte 1FAT-Curso de desenho Extensão parte 1
FAT-Curso de desenho Extensão parte 1
 

Destaque (20)

Estudos caso
Estudos casoEstudos caso
Estudos caso
 
Folha01 exercicio
Folha01 exercicioFolha01 exercicio
Folha01 exercicio
 
Vistaortografica exercicio
Vistaortografica exercicioVistaortografica exercicio
Vistaortografica exercicio
 
Nbr9050 31052004
Nbr9050 31052004Nbr9050 31052004
Nbr9050 31052004
 
Manual arborizacaourbanaprefeiturasp
Manual arborizacaourbanaprefeituraspManual arborizacaourbanaprefeiturasp
Manual arborizacaourbanaprefeiturasp
 
2014 daq plano
2014 daq plano2014 daq plano
2014 daq plano
 
Planta baixa
Planta baixaPlanta baixa
Planta baixa
 
Aula05 escala cor
Aula05 escala corAula05 escala cor
Aula05 escala cor
 
Dte aula-desenhogeometrico
Dte aula-desenhogeometricoDte aula-desenhogeometrico
Dte aula-desenhogeometrico
 
Dea aula 02tecnicabasica
Dea aula 02tecnicabasicaDea aula 02tecnicabasica
Dea aula 02tecnicabasica
 
Planta baixa2
Planta baixa2Planta baixa2
Planta baixa2
 
Aula04 analisetopoceptiva
Aula04 analisetopoceptivaAula04 analisetopoceptiva
Aula04 analisetopoceptiva
 
Pmu aulasinalizaçãovisual
Pmu aulasinalizaçãovisualPmu aulasinalizaçãovisual
Pmu aulasinalizaçãovisual
 
Malha isometrica
Malha isometricaMalha isometrica
Malha isometrica
 
De4 ilustraçãobotanica
De4 ilustraçãobotanicaDe4 ilustraçãobotanica
De4 ilustraçãobotanica
 
Aula02 formacidade
Aula02 formacidadeAula02 formacidade
Aula02 formacidade
 
Dea aula 03sistemaprojecao
Dea aula 03sistemaprojecaoDea aula 03sistemaprojecao
Dea aula 03sistemaprojecao
 
Equipamentos urbanos
Equipamentos urbanosEquipamentos urbanos
Equipamentos urbanos
 
Pa1 composição introdução
Pa1 composição introduçãoPa1 composição introdução
Pa1 composição introdução
 
Codigode obrasdf
Codigode obrasdfCodigode obrasdf
Codigode obrasdf
 

Último

Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006Mary Alvarenga
 
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...azulassessoriaacadem3
 
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;azulassessoriaacadem3
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...azulassessoriaacadem3
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...azulassessoriaacadem3
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...excellenceeducaciona
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...excellenceeducaciona
 
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...azulassessoriaacadem3
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...azulassessoriaacadem3
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...azulassessoriaacadem3
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...azulassessoriaacadem3
 
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...apoioacademicoead
 
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdf
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdfAtividade O homem mais rico da Babilônia.pdf
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdfRuannSolza
 
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...azulassessoriaacadem3
 
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docxCRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docxJean Carlos Nunes Paixão
 
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...azulassessoriaacadem3
 
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...azulassessoriaacadem3
 
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!Psyc company
 

Último (20)

Atividade sobre o anacronismo na HIstoria
Atividade sobre o anacronismo na HIstoriaAtividade sobre o anacronismo na HIstoria
Atividade sobre o anacronismo na HIstoria
 
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
 
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
 
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
 
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
 
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
 
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdf
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdfAtividade O homem mais rico da Babilônia.pdf
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdf
 
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
 
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docxCRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
 
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
 
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
 
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptxSlides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
 
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
 

Dte aula 03sombra-cor

  • 1. DTE   Centro  Universitário  Planalto  –  UNIPLAN   Arquitetura  e  Urbanismo   Professoras  Ana  Cris=na  Castro  |  Carla  Freitas   Sombras  e  Cores   Introdução  às  Técnicas  de  Desenho  
  • 2. Professoras  Ana  Cris=na  Castro  e    Carla  Freitas  |  www.caliandradesenhos.blogspot.com.br   Introdução  às  Técnicas  de  Desenho   Sombreamento   O  sombreado  nos  desenhos   “baseia-­‐se  na  percepção  de   mudanças  de  tonalidades  de  luz   e  sombra.  Essas  mudanças   tonais  são  chamadas  valores.  A   escala  completa  de  valores  vai   do  puro  branco  ao  puro  negro,   com  milhares  e  milhares  de   pequenas  gradações  de  cinza.”     B.  Edwards  
  • 3. Professoras  Ana  Cris=na  Castro  e    Carla  Freitas  |  www.caliandradesenhos.blogspot.com.br   Introdução  às  Técnicas  de  Desenho    Sombreamento   “No  desenho  a  lápis,  a  luz  mais   clara  é  o  branco  do  papel.  A   sombra  mais  escura  é  aquela  na   qual  as  linhas  se  agrupam  para   formar  o  tom  mais  sombrio   permi=do  pelo  grafite  do  lápis.   Os  tons  intermediários  são   ob=dos  através  de  vários   métodos  de  usar  o  lápis:   sombras  duras,  linhas   entrecruzadas,  etc.”    B.  Edwards  
  • 4. Professoras  Ana  Cris=na  Castro  e    Carla  Freitas  |  www.caliandradesenhos.blogspot.com.br   Introdução  às  Técnicas  de  Desenho    Sombreamento   “A  luz  que  incide  sobre  um  objeto   nos  revela  a  forma  do  objeto:   através  de  valores  tonais  de  luzes   e  sombras,  percebemos  as   formas  tridimensionais.”     B.  Edwards  
  • 5. Exercício  1  -­‐  Gradação  tonal   Fazer  sua  própria  escala  de  cinzas  (5  minutos)   Professoras  Ana  Cris=na  Castro  e    Carla  Freitas  |  www.caliandradesenhos.blogspot.com.br   Introdução  às  Técnicas  de  Desenho    Exercícios    tom     +  claro   HB   tom   médio   4B   tom     +  escuro   6B  
  • 6. Exercício  2   Sombrear  cubos  e  cilindros  desenhados   (5  minutos)   Professoras  Ana  Cris=na  Castro  e    Carla  Freitas  |  www.caliandradesenhos.blogspot.com.br   Introdução  às  Técnicas  de  Desenho   Exercícios  
  • 7. Exercício  3   [trabalho  para  casa,  trazer   próxima  aula]   Copiar  o  desenho  ao  lado   u=lizando  a  técnica  de  observação   dos  espaços  nega=vos   Professoras  Ana  Cris=na  Castro  e    Carla  Freitas  |  www.caliandradesenhos.blogspot.com.br   Introdução  às  Técnicas  de  Desenho   Exercícios  
  • 8. Tudo  o  que  produz  claridade,  tornando  visíveis  os  objetos;   Ondas  eletromagné=cas  que  afetam  o  sen=do  da  visão  e  formam  um   espectro  visível,  do  vermelho  ao  violeta.   Introdução  às  Técnicas  de  Desenho   Luz  e  cor   Professoras  Ana  Cris=na  Castro  e    Carla  Freitas  |  www.caliandradesenhos.blogspot.com.br  
  • 9. Professoras  Ana  Cris=na  Castro  e    Carla  Freitas  |  www.caliandradesenhos.blogspot.com.br  
  • 10. Professoras  Ana  Cris=na  Castro  e    Carla  Freitas  |  www.caliandradesenhos.blogspot.com.br  
  • 11. Cor   A   cor   não   tem   existência   material,   é   uma   sensação   provocada   pela   ação  da  luz  sobre  o  órgão  da  visão.   Cor  é  um  termo  usado  para  designar  atributos  da  sensação  visual,  que   não  dependem  da  forma,  tamanho  ou  outra  caracterís=ca  espacial  da   imagem  re=niana;  impressão  produzida  no  órgão  visual  pelos  raios  da   luz  decomposta,  e  se  contrapõe  a  branco,  que  é  a  síntese  de  todas  as   cores,  e  a  negro  que  é  a  ausência  de  cor.   Professoras  Ana  Cris=na  Castro  e    Carla  Freitas  |  www.caliandradesenhos.blogspot.com.br  
  • 12. Professoras  Ana  Cris=na  Castro  e    Carla  Freitas  |  www.caliandradesenhos.blogspot.com.br  
  • 13. Professoras  Ana  Cris=na  Castro  e    Carla  Freitas  |  www.caliandradesenhos.blogspot.com.br  
  • 14. Professoras  Ana  Cris=na  Castro  e    Carla  Freitas  |  www.caliandradesenhos.blogspot.com.br  
  • 15. Professoras  Ana  Cris=na  Castro  e    Carla  Freitas  |  www.caliandradesenhos.blogspot.com.br  
  • 16. Professoras  Ana  Cris=na  Castro  e    Carla  Freitas  |  www.caliandradesenhos.blogspot.com.br   Formas  e  Cores  em  Movimento   OP  ART  e  Victor  Vasarely   Movimento  Op  Art  ou  arte  óp=ca  –  imagens  construídas  com  o  rigor   geométrico   e   matemá=co,   mas   que   simbolizam   a   constante   mutabilidade  do  mundo,  criam  ilusões  ó=cas.  
  • 17. Professoras  Ana  Cris=na  Castro  e    Carla  Freitas  |  www.caliandradesenhos.blogspot.com.br   Formas  e  Cores  em  Movimento   OP  ART  e  Victor  Vasarely   Movimento  Op  Art  ou  arte  óp=ca  –  imagens  construídas  com  o  rigor   geométrico   e   matemá=co,   mas   que   simbolizam   a   constante   mutabilidade  do  mundo,  criam  ilusões  ó=cas.  
  • 18. Professoras  Ana  Cris=na  Castro  e    Carla  Freitas  |  www.caliandradesenhos.blogspot.com.br   Formas  e  Cores  em  Movimento   OP  ART  e  Victor  Vasarely   Obras  construídas  por  variações  de  círculos,  quadrados  e  triângulos,   além  de  explorar  as  gradações  das  cores  puras  na  criação  de  imagens   abstratas  e  onde  se  tem  a  sensação  de  movimento.  
  • 19. Professoras  Ana  Cris=na  Castro  e    Carla  Freitas  |  www.caliandradesenhos.blogspot.com.br   Formas  e  Cores  em  Movimento   Sugestão  de  construções  geométricas  
  • 20. Exercício  5  –  Construir  uma  escala  de  gradação  tonal  para  as  cores   primárias  e  secundárias  de  sua  caixa  de  lápis  de  cor.   Professoras  Ana  Cris=na  Castro  e    Carla  Freitas  |  www.caliandradesenhos.blogspot.com.br   Construção  de  uma  mandala    Exercícios   Exercício  4  –  Construção  de  uma  mandala  u=lizando  instrumentos  e   cores  (seguir  orientações  conforme  aula  da  professora  Ana  Cris=na).    tom     +  claro   tom   médio   tom     +  escuro  
  • 21. Professoras  Ana  Cris=na  Castro  e    Carla  Freitas  |  www.caliandradesenhos.blogspot.com.br   Para  pesquisar  mais  sobre  desenho  e  assis?r  à  aulas  on-­‐ line  de  desenho:   hnp://www.sobrearte.com.br/   Para  pesquisar  mais  sobre  Victor  Vasarely:   hnp://www.vasarely.com/   Exercício  6  [trabalho  para  trazer  pronto  próxima  aula]  –  Pesquisar   mais   sobre   obra   de   Vasarely,   mandalas   e   rosáceas.   Fazer   um   “cartaz”  ou  painel  em  A3  com  o  material  pesquisado.   Finalizar  seu  desenho  de  mandala  iniciado  em  aula  e  fazer  mais  uma   mandala  ou  uma  rosácea  em  novo  papel.   U=lizar  papel  A3  canson,  instrumentos  de  desenho  técnico  e  lápis   de  cor  para  finalizar.   Construção  de  uma  mandala    Exercícios