Aula02 figurahumana

2.873 visualizações

Publicada em

A proporção do desenho da figura humana na história arte ocidental, uma rápida introdução. A importância do desenho da figura humana para o desenho de arquitetura.

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

Aula02 figurahumana

  1. 1. A figura humana na composição Centro Universitário Planalto – UNIPLAN Curso de Arquitetura e Urbanismo Disciplina – Desenho de Representação e Observação Professoras – Ana Cristina Castro | Carla Freitas
  2. 2. A figura humana na Antiguidade Clássica "O homem é a medida de todas as coisas, das coisas que são, enquanto são, das coisas que não são, enquanto não são." Protágoras (490ac – 415ac) Professoras Ana Cristina Castro e Carla Freitas | estudio@caliandradesenhos.com.br | www.caliandradesenhos.blogspot.com.br
  3. 3. Cânone* de Policleto a beleza… não está na simetria dos elementos, mas na adequada proporção entre as partes * Cânone – Regra padrão, principio absoluto do qual são retiradas diversas regras específicas. Professoras Ana Cristina Castro e Carla Freitas | estudio@caliandradesenhos.com.br | www.caliandradesenhos.blogspot.com.br Proporção ideal do corpo humano equivale a medida de 7 ½ cabeças
  4. 4. As Proporções do Corpo Humano ¡  O estudo das proporções do corpo humano é algo que vem motivando artistas e homens de ciência através dos séculos. O estudo mais antigo que se tem documentado e que chegou até os dias de hoje sobre as proporções do corpo humano foram realizados por Vitrúvio em seu Tratado de Arquitetura, o De architectura composto por 10 livros. No livro 3 de seu Tratado, Vitruvio aborda as proporções do corpo humano. Infelizmente não chegaram até a modernidade as ilustrações deste texto da antiguidade. Professoras Ana Cristina Castro e Carla Freitas | estudio@caliandradesenhos.com.br | www.caliandradesenhos.blogspot.com.br Importância de Albert Durer
  5. 5. ¡  E somente no Renascimento, foi que um artista conseguiu ilustrar as indicações de Vitruvio corretamente. Foi Leonardo da Vinci quem traduziu em imagem as proporções estabelecidas neste cânone da arquitetura. As Proporções do Corpo Humano Professoras Ana Cristina Castro e Carla Freitas | estudio@caliandradesenhos.com.br | www.caliandradesenhos.blogspot.com.br
  6. 6. As Proporções do Corpo Humano Tradicionalmente e historicamente o cânone de proporções da figura humana era baseado numa altura de 7½ cabeças. Na ilustração moderna adotou-se a proporção de 8 cabeças. E para algumas ilustrações específicas, como o desenho de moda, recomenda-se a proporção de 9 cabeças para se obter figuras mais esbeltas e longilíneas. Portanto, as proporções não são verdades absolutas, mas medidas que auxiliam na construção do desenho da figura humana e não devem ser entendidas como algo imutável. Não são o capricho de um artista só, mas sim o resultado das exigências estéticas de uma determinada época e sociedade. Professoras Ana Cristina Castro e Carla Freitas | estudio@caliandradesenhos.com.br | www.caliandradesenhos.blogspot.com.br
  7. 7. Le Corbusier as Proporções do Corpo Humano Professoras Ana Cristina Castro e Carla Freitas | estudio@caliandradesenhos.com.br | www.caliandradesenhos.blogspot.com.br Baseado na divisibilidade do corpo humano em proporções harmônicas, Le Corbusier desenvolveu sua teoria das proporções. A partir da altura máxima de ocupação de espaço pelo corpo humano (distância do chão às pontas dos dedos com o braço levantado) e da metade desta altura (até o umbigo) criou duas séries de valores em relação áurea, obtidas a partir da divisão harmônica desses comprimentos, que constituem para ele uma gama de medidas humanas suficientemente variada para que não se justifique recorrer a outras medidas.
  8. 8. A figura humana nos croquis de arquitetura Professoras Ana Cristina Castro e Carla Freitas | estudio@caliandradesenhos.com.br | www.caliandradesenhos.blogspot.com.br A figura humana da vida aos desenhos ou croquis de arquitetura, criando pontos de interesse e indicando atividades, funções e usos dos edifícios ou áreas urbanas. Pode-se usar figuras humanas nos croquis de arquitetura para guiar os olhos do observador até o ponto de maior interesse da ilustração. Mas se as figuras são distribuídas indiscriminadamente no papel, o olho do observador vaga sem rumo pela imagem e o ponto focal ou de interesse passa despercebido ou perde a força.
  9. 9. A figura humana nos croquis de arquitetura A presença de figuras humanas no desenho de arquitetura é importante na medida em que conferem noção de escala à composição. Um volume qualquer desenhado isoladamente não é capaz de transmitir a idéia de dimensão real, mas ao se acrescentar a este desenho uma figura humana tem-se imediatamente a dimensão real do objeto. Professoras Ana Cristina Castro e Carla Freitas | estudio@caliandradesenhos.com.br | www.caliandradesenhos.blogspot.com.br
  10. 10. A figura humana nos croquis de arquitetura As figuras humanas utilizadas na representação arquitetônica não precisam ser muito detalhadas, devem ser proporcionais, ter movimentos soltos e discretos para não interferirem no ponto focal dos desenhos que devem ser os projetos arquitetônicos, urbanísticos ou paisagísticos. Professoras Ana Cristina Castro e Carla Freitas | estudio@caliandradesenhos.com.br | www.caliandradesenhos.blogspot.com.br
  11. 11. A figura humana nos croquis de arquitetura Dicas para desenhar figura humana em ilustrações de arquitetura: -  Evitar figuras muito rígidas ou com movimentos exagerados; -  Indicar o uso do espaço através das atividades e vestimentas adequadas ao tema do projeto; -  É útil criar um banco de imagens tiradas de revistas ou fotos em diversos tamanhos para servirem de modelo Professoras Ana Cristina Castro e Carla Freitas | estudio@caliandradesenhos.com.br | www.caliandradesenhos.blogspot.com.br

×