Pa1 composição introdução

1.341 visualizações

Publicada em

aula de introdução ao estudo da forma plástica e sobre a elaboração de composições plásticas.

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.341
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
581
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
25
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Pa1 composição introdução

  1. 1. PROJETO' ARQUITETÔNICO'1' Universidade'Católica'de'Brasília' Curso'de'Arquitetura'e'Urbanismo' Prof.'Carla'Freitas'
  2. 2. •  Composição' PlásJca' é' o' “conjunto' de' pontos,'linhas,'planos,'volumes'ou'cores' dispostos'de'acordo'com'certas'normas' e' visando' a' uma' determinada' intenção' plásJca”.' Costa,' Lucio.' Ensino' do' Desenho.' In:' Lucio' Costa:' Sobre' Arquitetura.'Porto'Alegre.'CEUA.1962.' •  ParJdo' PlásJco' é' numa' composição' plásJca'“a'escolha'e'fixação'do'senJdo' geral' a' prevalecer' na' disposição' dos' pontos,' das' linhas,' dos' volumes' ou' cores.”'Costa,'Lucio.'Ensino'do'Desenho.' In:'Lucio'Costa:'Sobre'Arquitetura.'Porto' Alegre.'CEUA.1962' Professora'Carla'Freitas'|'www.caliandradesenhos.blogspot.com.br''|'estudio@caliandradesenhos.com.br' “Para'aprender'uma'linguagem' 'tem'se'que'falar,'não'apenas'escutar”'
  3. 3. Professora'Carla'Freitas'|'www.caliandradesenhos.blogspot.com.br''|'estudio@caliandradesenhos.com.br'
  4. 4. Composição)Plás-ca'é'o'“conjunto'de'pontos,'linhas,'planos,' volumes'ou'cores'dispostos'de'acordo'com'certas'normas'e'visando' a'uma'determinada'intenção'plásJca”.' Lucio'Costa' Professora'Carla'Freitas'|'www.caliandradesenhos.blogspot.com.br''|'estudio@caliandradesenhos.com.br'
  5. 5. TrataWse'de'descrever'as'caracterísJcas'XsicoWespaciais'tangíveis,'ou'seja,'as' caracterísJcas'plásJcas'de'um'determinado'objeto.'TrataWse'de'verificar'a' exterioridade'objeJva'deste'objeto,'isto'significa,'portanto,'perceber'a'sua' composição'plásJca,'descobrir'seu'parJdo'plásJco:'a'idéia'que'o'deu'origem'e'forma' Professora'Carla'Freitas'|'www.caliandradesenhos.blogspot.com.br''|'estudio@caliandradesenhos.com.br'
  6. 6. “Todas'as'coisas'que'conhecemos'e' que' estamos' habituados' a' ver,' se' apresentam'aos'nossos'olhos'como' formas'geométricas.'“' Carvalho,'Benjamin'de'A.'Desenho'Geométrico.' Professora'Carla'Freitas'|'www.caliandradesenhos.blogspot.com.br''|'estudio@caliandradesenhos.com.br'
  7. 7. TODA)FORMA)COMEÇA)PELOS)ELEMENTOS)PRIMÁRIOS) Professora'Carla'Freitas'|'www.caliandradesenhos.blogspot.com.br''|'estudio@caliandradesenhos.com.br'
  8. 8. TODA)FORMA)COMEÇA)PELOS)ELEMENTOS)PRIMÁRIOS' !  “Toda' forma' pictórica' começa' com' o' ponto' que' se' coloca' em' movimento”'Paul'Klee' !  “O'ponto'se'move...'e'a'reta'nasce'–'a'primeira'dimensão.'Se'a'reta' se' desloca' para' formar' um' plano,' obtemos' um' elemento' bidimensional.'No'movimento'do'plano'para'espaços,'o'encontro' dos'planos'dá'surgimento'ao'corpo'(tridimensional).'Uma'síntese' de'energias'cinéJcas'que'movem'o'ponto'convertendoWo'em'reta,' a' reta' converteWa' em' plano' e' o' plano' convertendoWo' em' uma' dimensão'espacial.”'Paul'Klee' Professora'Carla'Freitas'|'www.caliandradesenhos.blogspot.com.br''|'estudio@caliandradesenhos.com.br'
  9. 9. O'ponto'marca'uma'posição'no'espaço,'a'rigor'o'ponto'não' tem'dimensão...' Professora'Carla'Freitas'|'www.caliandradesenhos.blogspot.com.br''|'estudio@caliandradesenhos.com.br' O)PONTO)>)Elementos'Básicos'da'Forma'no'Espaço'
  10. 10. Professora'Carla'Freitas'|'www.caliandradesenhos.blogspot.com.br''|'estudio@caliandradesenhos.com.br' A)LINHA)>)Elementos'Básicos'da'Forma'no'Espaço' O'deslocamento'de'um'ponto'no'espaço'descreve'uma'linha.' Dois'pontos'descrevem'um'segmento'de'reta'que'os'une...'
  11. 11. Professora'Carla'Freitas'|'www.caliandradesenhos.blogspot.com.br''|'estudio@caliandradesenhos.com.br' O)PLANO)>)Elementos'Básicos'da'Forma'no'Espaço' Duas'retas'ou'linhas'paralelas'que'se'desloquem'no'espaço' descrevem'visualmente'um'plano.' Uma'superXcie'plana,'indefinidamente'prolongada'em'todos'os' senJdos,'chamaWse'plano.'É'a'forma'mais'simples'de'superXcie.''
  12. 12. Professora'Carla'Freitas'|'www.caliandradesenhos.blogspot.com.br''|'estudio@caliandradesenhos.com.br' O)VOLUME)>)Elementos'Básicos'da'Forma'no'Espaço' “...'um'plano'transladado'numa'direção'que'não'seja'a'sua'direção' intrínseca'se'converte'em'um'volume”.'O'volume'contém'três' dimensões:'comprimento,'largura'e'profundidade.'
  13. 13. Elementos'Básicos'da'Forma'no'Espaço' O)PONTO,)A)LINHA,)O)PLANO) DESLOCANDO>SE)NO)ESPAÇO) Professora'Carla'Freitas'|'www.caliandradesenhos.blogspot.com.br''|'estudio@caliandradesenhos.com.br'
  14. 14. Elementos'Básicos'da'Forma'no'Espaço' O)PONTO,)A)LINHA,)O)PLANO:)) FORMANDO)VOLUMES)DIVERSOS) Professora'Carla'Freitas'|'www.caliandradesenhos.blogspot.com.br''|'estudio@caliandradesenhos.com.br'
  15. 15. A)FORMA' !  Forma'é'a'aparência'externa'possível'de'ser'reconhecida'de' um'determinado'objeto.'Em'projeto'e'em'arte'uJlizamos'o' termo'para'descrever'a'estrutura,'ou'a'maneire'de'dispor'e' coordenar'os'elementos'que'unidos'por'uma'determinada' vontade'produzem'uma'imagem.' !  As'formas'também'trazem'propriedades'relacionais'que' governam'o'padrão'e'a'composição'de'elementos.' !  Todas'as'propriedades'da'forma'são'afetadas'pelas'condições' nas'quais'nós'a'observamos.' Professora'Carla'Freitas'|'www.caliandradesenhos.blogspot.com.br''|'estudio@caliandradesenhos.com.br'
  16. 16. “Reunimos'trinta'raios'e'os'chamamos'de'roda;' Mas'é'do'espaço'onde'não'há'nada' Que'a'uJlidade'da'roda'depende.' Giramos'a'argila'para'fazer'um'vaso;' Mas'é'do'espaço'onde'não'há'nada' Que'a'uJlidade'do'vaso'depende.' Perfuramos'portas'e'janelas'para'fazer'uma'casa;' E'é'desses'espaços'onde'não'há'nada' Que'a'uJlidade'da'casa'depende.' Portanto,'da'mesma'forma'que'nos''aproveitamos'daquilo'que'é,' Devemos'reconhecer'a'uJlidade'do'que'não'é.”' LaoWtzu'|'Tao'Te'Ching'|'Século'VI'a.C.' FORMA)E)ESPAÇO) Professora'Carla'Freitas'|'www.caliandradesenhos.blogspot.com.br''|'estudio@caliandradesenhos.com.br'
  17. 17. Organização'centralizada' Organização'linear' Organização'radial' Organização'aglomerada' Organização'em'malha' ORGANIZAÇÃO)DA)FORMA)NO)ESPAÇO) Ou'o'traçado'regulador...' Professora'Carla'Freitas'|'www.caliandradesenhos.blogspot.com.br''|'estudio@caliandradesenhos.com.br'
  18. 18. Organização)centralizada) “Um'espaço'central'dominante'ao' redor'do'qual'uma'série'de'espaços' secundários'é'agrupada”' Professora'Carla'Freitas'|'www.caliandradesenhos.blogspot.com.br''|'estudio@caliandradesenhos.com.br' ORGANIZAÇÃO)DA)FORMA)NO)ESPAÇO)
  19. 19. Organização)linear) “uma'sequência'linear'de'espaços' repeJdos”' Professora'Carla'Freitas'|'www.caliandradesenhos.blogspot.com.br''|'estudio@caliandradesenhos.com.br' ORGANIZAÇÃO)DA)FORMA)NO)ESPAÇO)
  20. 20. Organização)radial) “um'espaço'central'a'parJr'do'qual' organizações'lineares'de'espaço'se' estendem'de'maneira'radial.”' Professora'Carla'Freitas'|'www.caliandradesenhos.blogspot.com.br''|'estudio@caliandradesenhos.com.br' ORGANIZAÇÃO)DA)FORMA)NO)ESPAÇO)
  21. 21. Organização)aglomerada) “espaços'agrupados'pela' proximidade'ou'pelo'fato'de' comparJlharem'uma' caracterísJca'ou'relação'visual.”' Professora'Carla'Freitas'|'www.caliandradesenhos.blogspot.com.br''|'estudio@caliandradesenhos.com.br' ORGANIZAÇÃO)DA)FORMA)NO)ESPAÇO)
  22. 22. Organização)malha) “espaços'organizados'dentro'do' campo'de'uma'malha'estrutural' ou'outra'moldura'tridimensional.”' Professora'Carla'Freitas'|'www.caliandradesenhos.blogspot.com.br''|'estudio@caliandradesenhos.com.br' ORGANIZAÇÃO)DA)FORMA)NO)ESPAÇO)
  23. 23. A'composição'da'forma'no'espaço' Franz'Weissmann' Amilcar'de'Castro' Lygia'Clark' ' Professora'Carla'Freitas'|'www.caliandradesenhos.blogspot.com.br''|'estudio@caliandradesenhos.com.br'
  24. 24. Franz)Joseph)Weissmann) (Knilelfeld,'Áustria'1911'W'Rio'de' Janeiro'RJ'2005).'Escultor,' desenhista,'pintor'e'professor.'Vem' para'o'Brasil'em'1921.'No'Rio'de' Janeiro,'entre'1939'e'1941,' frequenta'cursos'de'arquitetura,' escultura,'pintura'e'desenho'na' Escola'Nacional'de'Belas'Artes' (Enba).'A'parJr'da'década'de'1950,' gradualmente'elabora'um'trabalho' de'cunho'construJvista,'com' valorização'das'formas' geométricas,'submetendoWas'a' recortes'e'dobraduras,'uJlizando' chapas'de'ferro,'fios'de'aço,' alumínio'em'verga'ou'folha.'' Professora'Carla'Freitas'|'www.caliandradesenhos.blogspot.com.br''|'estudio@caliandradesenhos.com.br'
  25. 25. Para'o'CONSTRUTIVISMO,'a'pintura'e'a'escultura'são'pensadas'como'construções' W'e'não'como'representações'W,'guardando'proximidade'com'a'arquitetura'em' termos'de'materiais,'procedimentos'e'objeJvos.'' Professora'Carla'Freitas'|'www.caliandradesenhos.blogspot.com.br''|'estudio@caliandradesenhos.com.br'
  26. 26. Professora'Carla'Freitas'|'www.caliandradesenhos.blogspot.com.br''|'estudio@caliandradesenhos.com.br'
  27. 27. Lygia)Clark)(Belo'Horizonte,'1920'–' Rio' de' Janeiro,' 1988)' inicia' seus' estudos'arvsJcos'em'1947,'no'Rio' de' Janeiro,' sob' a' orientação' de' Roberto' Burle' Marx' e' Zélia' Salgado.' Em' 1950,' Clark' viaja' a' Paris,' onde' estuda' com' Arpad' Szènes,'Dobrinsky'e'Fernand'Léger.' Em'1959,'integra'a'I'Exposição'de' Arte' Neoconcreta,' assinando' o' Manifesto'Neoconcreto,'ao'lado'de' Amilcar'de'Castro,'Ferreira'Gullar,' Franz' Weissmann,' Lygia' Pape,' Reynaldo'Jardim'e'Theon'Spanudis.' Professora'Carla'Freitas'|'www.caliandradesenhos.blogspot.com.br''|'estudio@caliandradesenhos.com.br'
  28. 28. Professora'Carla'Freitas'|'www.caliandradesenhos.blogspot.com.br''|'estudio@caliandradesenhos.com.br'
  29. 29. Professora'Carla'Freitas'|'www.caliandradesenhos.blogspot.com.br''|'estudio@caliandradesenhos.com.br'
  30. 30. “Toda'a'cristalização'da'minha'evolução'intelectual'e'humana,'esta' inteiramente'ligada'à'minha'evolução'plásJca.'É'esta'verdadeira' maneira'do'arJsta'plásJco'se'desenvolver'cada'vez'mais.'Assim'a' Arte'me'disciplina'e'me'educa.”' Lygia'Clark' Professora'Carla'Freitas'|'www.caliandradesenhos.blogspot.com.br''|'estudio@caliandradesenhos.com.br'
  31. 31. Amilcar' augusto' pereira' de' castro' (1922,'Paraisópolis/MG'–'2002).'Em' 1950,'Amilcar'vai'ao'Rio'para'ver'a' exposição' de' Max' Bill,' o' grande' arJsta' e' arquiteto' suíço,' diretor' da' Escola' Superior' da' Forma,' de' Ulm,' Alemanha,' considerado' um' dos' expoentes'da'arte'concreta.'Amilcar' visita' a' exposição' de' Max' Bill' e' concentra' a' atenção' em' seu' discurso.'É'certo'que'o'rigor'de'Bill'o' inquietava,' mas' suas' obras' em' exposição' abrem' uma' fresta' para' que' a' sensibilidade' e' a' emoção' ocupem' um' espaço' no' sistema' demasiado' racional' no' qual' desenvolve'sua'obra.' Professora'Carla'Freitas'|'www.caliandradesenhos.blogspot.com.br''|'estudio@caliandradesenhos.com.br'
  32. 32. Professora'Carla'Freitas'|'www.caliandradesenhos.blogspot.com.br''|'estudio@caliandradesenhos.com.br'
  33. 33. Professora'Carla'Freitas'|'www.caliandradesenhos.blogspot.com.br''|'estudio@caliandradesenhos.com.br'
  34. 34. Professora'Carla'Freitas'|'www.caliandradesenhos.blogspot.com.br''|'estudio@caliandradesenhos.com.br'
  35. 35. Professora'Carla'Freitas'|'www.caliandradesenhos.blogspot.com.br''|'estudio@caliandradesenhos.com.br'
  36. 36. Professora'Carla'Freitas'|'www.caliandradesenhos.blogspot.com.br''|'estudio@caliandradesenhos.com.br'

×