SlideShare uma empresa Scribd logo

Dea aula 02tecnicabasica

Caliandra Desenhos
Caliandra Desenhos
Caliandra DesenhosProfessora em UNIPLAN - Centro Universitário Planalto do Distrito Federal

Dea aula 02tecnicabasica

1 de 16
Baixar para ler offline
Introdução	
  ao	
  Desenho	
  Técnico	
  
Universidade	
  Católica	
  de	
  Brasília	
  
Curso	
  de	
  Engenharia	
  Civil	
  
Disciplina	
  –	
  Desenho	
  Arquitetônico	
  
Prof.	
  Carla	
  Freitas	
  
Desenho	
  livre	
  de	
  objetos	
  	
  
Representação	
  por	
  “croquis”	
  
¡  “Croquis	
   do	
   ambiente	
   construído	
   são	
   desenhos	
  
analíticos	
  que	
  de	
  forma	
  geral	
  transmitem	
  uma	
  idéia	
  do	
  
conjunto.”	
  Rendow	
  Yee	
  
¡  Croquis	
   são	
   desenhos	
   rápidos	
   e	
   precisos	
   que	
   tem	
   a	
  
Linalidade	
  de	
  descrever	
  um	
  determinado	
  objeto.	
  
¡  Um	
   desenho	
   de	
   linha	
   pura,	
   com	
   eventuais	
   texturas	
  
rápidas,	
  mais	
  representativas	
  que	
  realistas.	
  
	
  
Peso	
  e	
  Tipos	
  de	
  linhas	
  
Peso	
  e	
  Tipos	
  de	
  linhas	
  
Técnicas	
  básicas	
  de	
  traçado	
  
arquitetônico	
  livre	
  
Os	
  primeiros	
  passos	
  para	
  um	
  traçado	
  arquitetônico	
  livre:	
  
¡  Aprender	
  a	
  ver	
  as	
  distorções	
  das	
  formas	
  provocadas	
  pela	
  
posição	
  no	
  espaço	
  
¡  Desenvolver	
  a	
  percepção	
  visual	
  
	
  
Percepção	
  Visual	
  
Método	
  PráBco	
  para	
  desenhos	
  rápidos	
  de	
  croquis	
  
Processo	
  de	
  comparar	
  as	
  relações	
  de	
  ângulos,	
  pontos,	
  formas	
  e	
  espaços.	
  As	
  
informações	
  óticas	
  são	
  percebidas	
  diretamente	
  pelo	
  olho	
  e	
  desenhadas.	
  
Este	
  método	
  não	
  exige	
  esquadros,	
  régua	
  T	
  ou	
  mesmo	
  régua	
  paralela,	
  nem	
  
compassos.	
  Basta	
  lapiseira	
  (sugere-­‐se	
  2,	
  de	
  espessuras	
  diferentes:	
  0,3	
  para	
  
esboço	
  inicial	
  e	
  0,9	
  para	
  engrossar	
  linhas	
  e	
  dar	
  acabamento)	
  
	
  
Anúncio

Recomendados

Aula 06 destec_20130220173818
Aula 06 destec_20130220173818Aula 06 destec_20130220173818
Aula 06 destec_20130220173818Cristiano Becker
 
Perspectiva
PerspectivaPerspectiva
Perspectivagapski
 
Ficha nº 22 projeções e perspetivas
Ficha nº 22 projeções e perspetivasFicha nº 22 projeções e perspetivas
Ficha nº 22 projeções e perspetivasruiseixas
 
Projeções ortogonais
Projeções ortogonaisProjeções ortogonais
Projeções ortogonaisEllen Assad
 
1.desenho projetivo e_perspectivas
1.desenho projetivo e_perspectivas1.desenho projetivo e_perspectivas
1.desenho projetivo e_perspectivasRenata Montenegro
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula 6 [perspectivas isometricas]
Aula 6 [perspectivas isometricas]Aula 6 [perspectivas isometricas]
Aula 6 [perspectivas isometricas]Lucas Barbosa
 
Exercicios perspectiva
Exercicios perspectivaExercicios perspectiva
Exercicios perspectivaPaula Pauleira
 
Perspectiva aula - 8º ano - 2013
Perspectiva   aula - 8º ano - 2013Perspectiva   aula - 8º ano - 2013
Perspectiva aula - 8º ano - 2013Michele Wilbert
 
Aula 7 [projeções ortogonais des té capitulo 2 c
Aula 7 [projeções ortogonais des té capitulo 2 cAula 7 [projeções ortogonais des té capitulo 2 c
Aula 7 [projeções ortogonais des té capitulo 2 cLucas Barbosa
 
Perspectiva Isométrica
Perspectiva IsométricaPerspectiva Isométrica
Perspectiva IsométricaEllen Assad
 
Perspectiva Isométrica
Perspectiva IsométricaPerspectiva Isométrica
Perspectiva Isométricatainatnf
 
Formas em axonometrias
Formas em axonometriasFormas em axonometrias
Formas em axonometriasSamuel Rosa
 
Perspectiva isometrica
Perspectiva isometricaPerspectiva isometrica
Perspectiva isometricaTiago Gomes
 
Perspectiva, cor e textura
Perspectiva, cor e texturaPerspectiva, cor e textura
Perspectiva, cor e texturaAvatar Cuamba
 
Desenho t+®cnico parte 2
Desenho t+®cnico parte 2Desenho t+®cnico parte 2
Desenho t+®cnico parte 2Luciano Otavio
 
Exercícios projeções ortogonais
Exercícios projeções ortogonaisExercícios projeções ortogonais
Exercícios projeções ortogonaisGualter Santos
 
Aula 7 proj. ortografica b
Aula 7 proj. ortografica bAula 7 proj. ortografica b
Aula 7 proj. ortografica bLucas Barbosa
 
Axonometria Clinogonal (militar) PASSO-A-PASSO
Axonometria Clinogonal (militar) PASSO-A-PASSOAxonometria Clinogonal (militar) PASSO-A-PASSO
Axonometria Clinogonal (militar) PASSO-A-PASSOJose Oliveira
 
Aula 5 - Projeções Ortogonais
Aula 5 - Projeções OrtogonaisAula 5 - Projeções Ortogonais
Aula 5 - Projeções OrtogonaisGutierry Prates
 
Aula 4 - Desenho Geométrico - I Figuras Geométricas
Aula 4 - Desenho Geométrico - I Figuras GeométricasAula 4 - Desenho Geométrico - I Figuras Geométricas
Aula 4 - Desenho Geométrico - I Figuras GeométricasGutierry Prates
 

Mais procurados (19)

Aula 6 [perspectivas isometricas]
Aula 6 [perspectivas isometricas]Aula 6 [perspectivas isometricas]
Aula 6 [perspectivas isometricas]
 
Geometria projetiva
Geometria projetivaGeometria projetiva
Geometria projetiva
 
Exercicios perspectiva
Exercicios perspectivaExercicios perspectiva
Exercicios perspectiva
 
Perspectiva aula - 8º ano - 2013
Perspectiva   aula - 8º ano - 2013Perspectiva   aula - 8º ano - 2013
Perspectiva aula - 8º ano - 2013
 
Aula 7 [projeções ortogonais des té capitulo 2 c
Aula 7 [projeções ortogonais des té capitulo 2 cAula 7 [projeções ortogonais des té capitulo 2 c
Aula 7 [projeções ortogonais des té capitulo 2 c
 
Perspectiva Isométrica
Perspectiva IsométricaPerspectiva Isométrica
Perspectiva Isométrica
 
Perspectiva Isométrica
Perspectiva IsométricaPerspectiva Isométrica
Perspectiva Isométrica
 
Formas em axonometrias
Formas em axonometriasFormas em axonometrias
Formas em axonometrias
 
Perspectiva isometrica
Perspectiva isometricaPerspectiva isometrica
Perspectiva isometrica
 
Perspectiva, cor e textura
Perspectiva, cor e texturaPerspectiva, cor e textura
Perspectiva, cor e textura
 
Desenho t+®cnico parte 2
Desenho t+®cnico parte 2Desenho t+®cnico parte 2
Desenho t+®cnico parte 2
 
Perspectiva
PerspectivaPerspectiva
Perspectiva
 
Exercícios projeções ortogonais
Exercícios projeções ortogonaisExercícios projeções ortogonais
Exercícios projeções ortogonais
 
Aula 7 proj. ortografica b
Aula 7 proj. ortografica bAula 7 proj. ortografica b
Aula 7 proj. ortografica b
 
Perspectiva
PerspectivaPerspectiva
Perspectiva
 
Geometria Projetiva
Geometria ProjetivaGeometria Projetiva
Geometria Projetiva
 
Axonometria Clinogonal (militar) PASSO-A-PASSO
Axonometria Clinogonal (militar) PASSO-A-PASSOAxonometria Clinogonal (militar) PASSO-A-PASSO
Axonometria Clinogonal (militar) PASSO-A-PASSO
 
Aula 5 - Projeções Ortogonais
Aula 5 - Projeções OrtogonaisAula 5 - Projeções Ortogonais
Aula 5 - Projeções Ortogonais
 
Aula 4 - Desenho Geométrico - I Figuras Geométricas
Aula 4 - Desenho Geométrico - I Figuras GeométricasAula 4 - Desenho Geométrico - I Figuras Geométricas
Aula 4 - Desenho Geométrico - I Figuras Geométricas
 

Destaque (20)

PA-EF aula01
PA-EF aula01PA-EF aula01
PA-EF aula01
 
Planta baixa
Planta baixaPlanta baixa
Planta baixa
 
Aula05 escala cor
Aula05 escala corAula05 escala cor
Aula05 escala cor
 
Dte aula-desenhogeometrico
Dte aula-desenhogeometricoDte aula-desenhogeometrico
Dte aula-desenhogeometrico
 
Planta baixa2
Planta baixa2Planta baixa2
Planta baixa2
 
Aula04 analisetopoceptiva
Aula04 analisetopoceptivaAula04 analisetopoceptiva
Aula04 analisetopoceptiva
 
Resumo
ResumoResumo
Resumo
 
Pmu aulasinalizaçãovisual
Pmu aulasinalizaçãovisualPmu aulasinalizaçãovisual
Pmu aulasinalizaçãovisual
 
De4 ilustraçãobotanica
De4 ilustraçãobotanicaDe4 ilustraçãobotanica
De4 ilustraçãobotanica
 
Aula07 noçõesperspectiva
Aula07 noçõesperspectivaAula07 noçõesperspectiva
Aula07 noçõesperspectiva
 
Estudos caso
Estudos casoEstudos caso
Estudos caso
 
Equipamentos urbanos
Equipamentos urbanosEquipamentos urbanos
Equipamentos urbanos
 
Pa1 composição introdução
Pa1 composição introduçãoPa1 composição introdução
Pa1 composição introdução
 
Aula03 apreensaopaisagemurbana
Aula03 apreensaopaisagemurbanaAula03 apreensaopaisagemurbana
Aula03 apreensaopaisagemurbana
 
Aula01 conceitosmemoria
Aula01 conceitosmemoriaAula01 conceitosmemoria
Aula01 conceitosmemoria
 
Da dimensionamento-em-arquitetura
Da dimensionamento-em-arquiteturaDa dimensionamento-em-arquitetura
Da dimensionamento-em-arquitetura
 
Pa ef franz-amilcarlygia
Pa ef franz-amilcarlygiaPa ef franz-amilcarlygia
Pa ef franz-amilcarlygia
 
Pa hu programa_necessidades1
Pa hu programa_necessidades1Pa hu programa_necessidades1
Pa hu programa_necessidades1
 
Vistaortografica exercicio
Vistaortografica exercicioVistaortografica exercicio
Vistaortografica exercicio
 
Folha01 exercicio
Folha01 exercicioFolha01 exercicio
Folha01 exercicio
 

Semelhante a Dea aula 02tecnicabasica

MAPA - DESENHO TECNICO - 542023.pdf
MAPA - DESENHO TECNICO - 542023.pdfMAPA - DESENHO TECNICO - 542023.pdf
MAPA - DESENHO TECNICO - 542023.pdfwogafib965
 
MAPA - DESENHO TECNICO.pdf
MAPA - DESENHO TECNICO.pdfMAPA - DESENHO TECNICO.pdf
MAPA - DESENHO TECNICO.pdfxilipa7084
 
MAPA - DESENHO TECNICO.pdf
MAPA - DESENHO TECNICO.pdfMAPA - DESENHO TECNICO.pdf
MAPA - DESENHO TECNICO.pdfsefinav351
 
MAPA - DESENHO TECNICO - 542023.pdf
MAPA - DESENHO TECNICO - 542023.pdfMAPA - DESENHO TECNICO - 542023.pdf
MAPA - DESENHO TECNICO - 542023.pdfnetoje1143
 
MAPA - DESENHO TECNICO.pdf
MAPA - DESENHO TECNICO.pdfMAPA - DESENHO TECNICO.pdf
MAPA - DESENHO TECNICO.pdfyigoric748
 
ETAPA 2 a precisão da projeção ortogonal no desenho técnico A projeção ortogo...
ETAPA 2 a precisão da projeção ortogonal no desenho técnico A projeção ortogo...ETAPA 2 a precisão da projeção ortogonal no desenho técnico A projeção ortogo...
ETAPA 2 a precisão da projeção ortogonal no desenho técnico A projeção ortogo...wefinas787
 
ETAPA 2 a precisão da projeção ortogonal no desenho técnico A projeção ortogo...
ETAPA 2 a precisão da projeção ortogonal no desenho técnico A projeção ortogo...ETAPA 2 a precisão da projeção ortogonal no desenho técnico A projeção ortogo...
ETAPA 2 a precisão da projeção ortogonal no desenho técnico A projeção ortogo...bexore5034
 
MAPA - DESENHO TECNICO - 542023.pdf
MAPA - DESENHO TECNICO - 542023.pdfMAPA - DESENHO TECNICO - 542023.pdf
MAPA - DESENHO TECNICO - 542023.pdfwefinas787
 
ETAPA 1 a importância da perspectiva no desenho técnico No desenho técnico, a...
ETAPA 1 a importância da perspectiva no desenho técnico No desenho técnico, a...ETAPA 1 a importância da perspectiva no desenho técnico No desenho técnico, a...
ETAPA 1 a importância da perspectiva no desenho técnico No desenho técnico, a...wefinas787
 
MAPA - DESENHO TECNICO - 542023.pdf
MAPA - DESENHO TECNICO - 542023.pdfMAPA - DESENHO TECNICO - 542023.pdf
MAPA - DESENHO TECNICO - 542023.pdfkatican638
 
MAPA - DESENHO TECNICO.pdf
MAPA - DESENHO TECNICO.pdfMAPA - DESENHO TECNICO.pdf
MAPA - DESENHO TECNICO.pdfkeciwa1460
 
MAPA - DESENHO TECNICO.pdf
MAPA - DESENHO TECNICO.pdfMAPA - DESENHO TECNICO.pdf
MAPA - DESENHO TECNICO.pdfcomixik699
 
MAPA - DESENHO TECNICO - 542023.pdf
MAPA - DESENHO TECNICO - 542023.pdfMAPA - DESENHO TECNICO - 542023.pdf
MAPA - DESENHO TECNICO - 542023.pdfvajota8414
 
MAPA - DESENHO TECNICO - 542023.pdf
MAPA - DESENHO TECNICO - 542023.pdfMAPA - DESENHO TECNICO - 542023.pdf
MAPA - DESENHO TECNICO - 542023.pdfyopevi3832
 
ETAPA 2 a precisão da projeção ortogonal no desenho técnico A projeção ortogo...
ETAPA 2 a precisão da projeção ortogonal no desenho técnico A projeção ortogo...ETAPA 2 a precisão da projeção ortogonal no desenho técnico A projeção ortogo...
ETAPA 2 a precisão da projeção ortogonal no desenho técnico A projeção ortogo...wapoc40328
 
MAPA - DESENHO TECNICO - 542023.pdf
MAPA - DESENHO TECNICO - 542023.pdfMAPA - DESENHO TECNICO - 542023.pdf
MAPA - DESENHO TECNICO - 542023.pdfwapoc40328
 
ETAPA 1 a importância da perspectiva no desenho técnico No desenho técnico, a...
ETAPA 1 a importância da perspectiva no desenho técnico No desenho técnico, a...ETAPA 1 a importância da perspectiva no desenho técnico No desenho técnico, a...
ETAPA 1 a importância da perspectiva no desenho técnico No desenho técnico, a...bexore5034
 
MAPA - DESENHO TECNICO - 542023.pdf
MAPA - DESENHO TECNICO - 542023.pdfMAPA - DESENHO TECNICO - 542023.pdf
MAPA - DESENHO TECNICO - 542023.pdfbexore5034
 
MAPA - DESENHO TECNICO.pdf
MAPA - DESENHO TECNICO.pdfMAPA - DESENHO TECNICO.pdf
MAPA - DESENHO TECNICO.pdfxayohac733
 
ETAPA 2 a precisão da projeção ortogonal no desenho técnico A projeção ortogo...
ETAPA 2 a precisão da projeção ortogonal no desenho técnico A projeção ortogo...ETAPA 2 a precisão da projeção ortogonal no desenho técnico A projeção ortogo...
ETAPA 2 a precisão da projeção ortogonal no desenho técnico A projeção ortogo...jeyisi9376
 

Semelhante a Dea aula 02tecnicabasica (20)

MAPA - DESENHO TECNICO - 542023.pdf
MAPA - DESENHO TECNICO - 542023.pdfMAPA - DESENHO TECNICO - 542023.pdf
MAPA - DESENHO TECNICO - 542023.pdf
 
MAPA - DESENHO TECNICO.pdf
MAPA - DESENHO TECNICO.pdfMAPA - DESENHO TECNICO.pdf
MAPA - DESENHO TECNICO.pdf
 
MAPA - DESENHO TECNICO.pdf
MAPA - DESENHO TECNICO.pdfMAPA - DESENHO TECNICO.pdf
MAPA - DESENHO TECNICO.pdf
 
MAPA - DESENHO TECNICO - 542023.pdf
MAPA - DESENHO TECNICO - 542023.pdfMAPA - DESENHO TECNICO - 542023.pdf
MAPA - DESENHO TECNICO - 542023.pdf
 
MAPA - DESENHO TECNICO.pdf
MAPA - DESENHO TECNICO.pdfMAPA - DESENHO TECNICO.pdf
MAPA - DESENHO TECNICO.pdf
 
ETAPA 2 a precisão da projeção ortogonal no desenho técnico A projeção ortogo...
ETAPA 2 a precisão da projeção ortogonal no desenho técnico A projeção ortogo...ETAPA 2 a precisão da projeção ortogonal no desenho técnico A projeção ortogo...
ETAPA 2 a precisão da projeção ortogonal no desenho técnico A projeção ortogo...
 
ETAPA 2 a precisão da projeção ortogonal no desenho técnico A projeção ortogo...
ETAPA 2 a precisão da projeção ortogonal no desenho técnico A projeção ortogo...ETAPA 2 a precisão da projeção ortogonal no desenho técnico A projeção ortogo...
ETAPA 2 a precisão da projeção ortogonal no desenho técnico A projeção ortogo...
 
MAPA - DESENHO TECNICO - 542023.pdf
MAPA - DESENHO TECNICO - 542023.pdfMAPA - DESENHO TECNICO - 542023.pdf
MAPA - DESENHO TECNICO - 542023.pdf
 
ETAPA 1 a importância da perspectiva no desenho técnico No desenho técnico, a...
ETAPA 1 a importância da perspectiva no desenho técnico No desenho técnico, a...ETAPA 1 a importância da perspectiva no desenho técnico No desenho técnico, a...
ETAPA 1 a importância da perspectiva no desenho técnico No desenho técnico, a...
 
MAPA - DESENHO TECNICO - 542023.pdf
MAPA - DESENHO TECNICO - 542023.pdfMAPA - DESENHO TECNICO - 542023.pdf
MAPA - DESENHO TECNICO - 542023.pdf
 
MAPA - DESENHO TECNICO.pdf
MAPA - DESENHO TECNICO.pdfMAPA - DESENHO TECNICO.pdf
MAPA - DESENHO TECNICO.pdf
 
MAPA - DESENHO TECNICO.pdf
MAPA - DESENHO TECNICO.pdfMAPA - DESENHO TECNICO.pdf
MAPA - DESENHO TECNICO.pdf
 
MAPA - DESENHO TECNICO - 542023.pdf
MAPA - DESENHO TECNICO - 542023.pdfMAPA - DESENHO TECNICO - 542023.pdf
MAPA - DESENHO TECNICO - 542023.pdf
 
MAPA - DESENHO TECNICO - 542023.pdf
MAPA - DESENHO TECNICO - 542023.pdfMAPA - DESENHO TECNICO - 542023.pdf
MAPA - DESENHO TECNICO - 542023.pdf
 
ETAPA 2 a precisão da projeção ortogonal no desenho técnico A projeção ortogo...
ETAPA 2 a precisão da projeção ortogonal no desenho técnico A projeção ortogo...ETAPA 2 a precisão da projeção ortogonal no desenho técnico A projeção ortogo...
ETAPA 2 a precisão da projeção ortogonal no desenho técnico A projeção ortogo...
 
MAPA - DESENHO TECNICO - 542023.pdf
MAPA - DESENHO TECNICO - 542023.pdfMAPA - DESENHO TECNICO - 542023.pdf
MAPA - DESENHO TECNICO - 542023.pdf
 
ETAPA 1 a importância da perspectiva no desenho técnico No desenho técnico, a...
ETAPA 1 a importância da perspectiva no desenho técnico No desenho técnico, a...ETAPA 1 a importância da perspectiva no desenho técnico No desenho técnico, a...
ETAPA 1 a importância da perspectiva no desenho técnico No desenho técnico, a...
 
MAPA - DESENHO TECNICO - 542023.pdf
MAPA - DESENHO TECNICO - 542023.pdfMAPA - DESENHO TECNICO - 542023.pdf
MAPA - DESENHO TECNICO - 542023.pdf
 
MAPA - DESENHO TECNICO.pdf
MAPA - DESENHO TECNICO.pdfMAPA - DESENHO TECNICO.pdf
MAPA - DESENHO TECNICO.pdf
 
ETAPA 2 a precisão da projeção ortogonal no desenho técnico A projeção ortogo...
ETAPA 2 a precisão da projeção ortogonal no desenho técnico A projeção ortogo...ETAPA 2 a precisão da projeção ortogonal no desenho técnico A projeção ortogo...
ETAPA 2 a precisão da projeção ortogonal no desenho técnico A projeção ortogo...
 

Mais de Caliandra Desenhos (15)

Ergonomia aula01
Ergonomia aula01Ergonomia aula01
Ergonomia aula01
 
Ergonomia aula01
Ergonomia aula01Ergonomia aula01
Ergonomia aula01
 
Codigode obrasdf
Codigode obrasdfCodigode obrasdf
Codigode obrasdf
 
Nbr9050 31052004
Nbr9050 31052004Nbr9050 31052004
Nbr9050 31052004
 
Manual arborizacaourbanaprefeiturasp
Manual arborizacaourbanaprefeituraspManual arborizacaourbanaprefeiturasp
Manual arborizacaourbanaprefeiturasp
 
Pmu plano ensino_2sem2014
Pmu plano ensino_2sem2014Pmu plano ensino_2sem2014
Pmu plano ensino_2sem2014
 
Dte azulejos
Dte azulejosDte azulejos
Dte azulejos
 
Aula02 formacidade
Aula02 formacidadeAula02 formacidade
Aula02 formacidade
 
Aula01 imagemcidade
Aula01 imagemcidadeAula01 imagemcidade
Aula01 imagemcidade
 
Aula04 contornos-sombras
Aula04 contornos-sombrasAula04 contornos-sombras
Aula04 contornos-sombras
 
Aula03 luz-sombra1
Aula03 luz-sombra1Aula03 luz-sombra1
Aula03 luz-sombra1
 
Dea aula 04desenhoarq
Dea aula 04desenhoarqDea aula 04desenhoarq
Dea aula 04desenhoarq
 
Malha isometrica
Malha isometricaMalha isometrica
Malha isometrica
 
2014 daq plano
2014 daq plano2014 daq plano
2014 daq plano
 
2014 dr odesenhar a face
2014 dr odesenhar a face2014 dr odesenhar a face
2014 dr odesenhar a face
 

Último

Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...manoelaarmani
 
CURRICULO ed integral.pdf
CURRICULO ed integral.pdfCURRICULO ed integral.pdf
CURRICULO ed integral.pdfdaniele690933
 
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!Psyc company
 
Slides Lição 8, CPAD, A Disciplina na Igreja, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA TV.pptx
Slides Lição 8, CPAD, A Disciplina na Igreja, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA TV.pptxSlides Lição 8, CPAD, A Disciplina na Igreja, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA TV.pptx
Slides Lição 8, CPAD, A Disciplina na Igreja, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA TV.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
PLANEJAMENTO ANUAL LINGUA ESPANHOLA 2024 3 ANOS PRONTO.docx
PLANEJAMENTO ANUAL LINGUA ESPANHOLA 2024 3 ANOS PRONTO.docxPLANEJAMENTO ANUAL LINGUA ESPANHOLA 2024 3 ANOS PRONTO.docx
PLANEJAMENTO ANUAL LINGUA ESPANHOLA 2024 3 ANOS PRONTO.docxfran50171
 
2024 Tec Subsequente em Adm Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnolog...
2024 Tec Subsequente em Adm Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnolog...2024 Tec Subsequente em Adm Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnolog...
2024 Tec Subsequente em Adm Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnolog...pj989014
 
COSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdf
COSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdfCOSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdf
COSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdfalexandrerodriguespk
 
Q20 - Reações fotoquímicas.pdf
Q20 - Reações fotoquímicas.pdfQ20 - Reações fotoquímicas.pdf
Q20 - Reações fotoquímicas.pdfPedroGual4
 
Introdução à teoria do cinema - Robert Stam.pdf
Introdução à teoria do cinema - Robert Stam.pdfIntrodução à teoria do cinema - Robert Stam.pdf
Introdução à teoria do cinema - Robert Stam.pdfssuser2af87a
 
Agora, imagine a seguinte situação você é o coordenador da área de inovação e...
Agora, imagine a seguinte situação você é o coordenador da área de inovação e...Agora, imagine a seguinte situação você é o coordenador da área de inovação e...
Agora, imagine a seguinte situação você é o coordenador da área de inovação e...Unicesumar
 
A extensão universitária do curso de Ciências Contábeis, por meio do Programa...
A extensão universitária do curso de Ciências Contábeis, por meio do Programa...A extensão universitária do curso de Ciências Contábeis, por meio do Programa...
A extensão universitária do curso de Ciências Contábeis, por meio do Programa...Colaborar Educacional
 
TEMPLATE relatório de praticas por aluno.pptx
TEMPLATE relatório de praticas por aluno.pptxTEMPLATE relatório de praticas por aluno.pptx
TEMPLATE relatório de praticas por aluno.pptxAssisTeixeira2
 
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e QuinhentismoTrovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e QuinhentismoPaula Meyer Piagentini
 
RUGAS: MARCAS DE EXPRESSÃO DA VIDA (UM ULTIMATO SOBRE O TEMPO!)
RUGAS: MARCAS DE EXPRESSÃO DA VIDA (UM ULTIMATO SOBRE O TEMPO!)RUGAS: MARCAS DE EXPRESSÃO DA VIDA (UM ULTIMATO SOBRE O TEMPO!)
RUGAS: MARCAS DE EXPRESSÃO DA VIDA (UM ULTIMATO SOBRE O TEMPO!)Adriano De Souza Sobrenome
 
A realização das atividades extensionistas do CST em Gestão Financeira, vincu...
A realização das atividades extensionistas do CST em Gestão Financeira, vincu...A realização das atividades extensionistas do CST em Gestão Financeira, vincu...
A realização das atividades extensionistas do CST em Gestão Financeira, vincu...Colaborar Educacional
 
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...AaAssessoriadll
 
Apresentacao_Geral_Plataformas_200604.pdf
Apresentacao_Geral_Plataformas_200604.pdfApresentacao_Geral_Plataformas_200604.pdf
Apresentacao_Geral_Plataformas_200604.pdfAndreiaSilva852193
 
Cosmologia Modelo Matemático do Universo 5.pdf
Cosmologia Modelo Matemático do Universo 5.pdfCosmologia Modelo Matemático do Universo 5.pdf
Cosmologia Modelo Matemático do Universo 5.pdfalexandrerodriguespk
 
3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdfkelvindasilvadiasw
 

Último (20)

Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
 
CURRICULO ed integral.pdf
CURRICULO ed integral.pdfCURRICULO ed integral.pdf
CURRICULO ed integral.pdf
 
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
 
Slides Lição 8, CPAD, A Disciplina na Igreja, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA TV.pptx
Slides Lição 8, CPAD, A Disciplina na Igreja, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA TV.pptxSlides Lição 8, CPAD, A Disciplina na Igreja, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA TV.pptx
Slides Lição 8, CPAD, A Disciplina na Igreja, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA TV.pptx
 
PLANEJAMENTO ANUAL LINGUA ESPANHOLA 2024 3 ANOS PRONTO.docx
PLANEJAMENTO ANUAL LINGUA ESPANHOLA 2024 3 ANOS PRONTO.docxPLANEJAMENTO ANUAL LINGUA ESPANHOLA 2024 3 ANOS PRONTO.docx
PLANEJAMENTO ANUAL LINGUA ESPANHOLA 2024 3 ANOS PRONTO.docx
 
2024 Tec Subsequente em Adm Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnolog...
2024 Tec Subsequente em Adm Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnolog...2024 Tec Subsequente em Adm Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnolog...
2024 Tec Subsequente em Adm Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnolog...
 
COSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdf
COSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdfCOSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdf
COSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdf
 
Q20 - Reações fotoquímicas.pdf
Q20 - Reações fotoquímicas.pdfQ20 - Reações fotoquímicas.pdf
Q20 - Reações fotoquímicas.pdf
 
Introdução à teoria do cinema - Robert Stam.pdf
Introdução à teoria do cinema - Robert Stam.pdfIntrodução à teoria do cinema - Robert Stam.pdf
Introdução à teoria do cinema - Robert Stam.pdf
 
Agora, imagine a seguinte situação você é o coordenador da área de inovação e...
Agora, imagine a seguinte situação você é o coordenador da área de inovação e...Agora, imagine a seguinte situação você é o coordenador da área de inovação e...
Agora, imagine a seguinte situação você é o coordenador da área de inovação e...
 
A extensão universitária do curso de Ciências Contábeis, por meio do Programa...
A extensão universitária do curso de Ciências Contábeis, por meio do Programa...A extensão universitária do curso de Ciências Contábeis, por meio do Programa...
A extensão universitária do curso de Ciências Contábeis, por meio do Programa...
 
TEMPLATE relatório de praticas por aluno.pptx
TEMPLATE relatório de praticas por aluno.pptxTEMPLATE relatório de praticas por aluno.pptx
TEMPLATE relatório de praticas por aluno.pptx
 
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptxSlides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
 
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e QuinhentismoTrovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
 
RUGAS: MARCAS DE EXPRESSÃO DA VIDA (UM ULTIMATO SOBRE O TEMPO!)
RUGAS: MARCAS DE EXPRESSÃO DA VIDA (UM ULTIMATO SOBRE O TEMPO!)RUGAS: MARCAS DE EXPRESSÃO DA VIDA (UM ULTIMATO SOBRE O TEMPO!)
RUGAS: MARCAS DE EXPRESSÃO DA VIDA (UM ULTIMATO SOBRE O TEMPO!)
 
A realização das atividades extensionistas do CST em Gestão Financeira, vincu...
A realização das atividades extensionistas do CST em Gestão Financeira, vincu...A realização das atividades extensionistas do CST em Gestão Financeira, vincu...
A realização das atividades extensionistas do CST em Gestão Financeira, vincu...
 
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
 
Apresentacao_Geral_Plataformas_200604.pdf
Apresentacao_Geral_Plataformas_200604.pdfApresentacao_Geral_Plataformas_200604.pdf
Apresentacao_Geral_Plataformas_200604.pdf
 
Cosmologia Modelo Matemático do Universo 5.pdf
Cosmologia Modelo Matemático do Universo 5.pdfCosmologia Modelo Matemático do Universo 5.pdf
Cosmologia Modelo Matemático do Universo 5.pdf
 
3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
 

Dea aula 02tecnicabasica

  • 1. Introdução  ao  Desenho  Técnico   Universidade  Católica  de  Brasília   Curso  de  Engenharia  Civil   Disciplina  –  Desenho  Arquitetônico   Prof.  Carla  Freitas  
  • 2. Desenho  livre  de  objetos     Representação  por  “croquis”   ¡  “Croquis   do   ambiente   construído   são   desenhos   analíticos  que  de  forma  geral  transmitem  uma  idéia  do   conjunto.”  Rendow  Yee   ¡  Croquis   são   desenhos   rápidos   e   precisos   que   tem   a   Linalidade  de  descrever  um  determinado  objeto.   ¡  Um   desenho   de   linha   pura,   com   eventuais   texturas   rápidas,  mais  representativas  que  realistas.    
  • 3. Peso  e  Tipos  de  linhas  
  • 4. Peso  e  Tipos  de  linhas  
  • 5. Técnicas  básicas  de  traçado   arquitetônico  livre   Os  primeiros  passos  para  um  traçado  arquitetônico  livre:   ¡  Aprender  a  ver  as  distorções  das  formas  provocadas  pela   posição  no  espaço   ¡  Desenvolver  a  percepção  visual    
  • 6. Percepção  Visual   Método  PráBco  para  desenhos  rápidos  de  croquis   Processo  de  comparar  as  relações  de  ângulos,  pontos,  formas  e  espaços.  As   informações  óticas  são  percebidas  diretamente  pelo  olho  e  desenhadas.   Este  método  não  exige  esquadros,  régua  T  ou  mesmo  régua  paralela,  nem   compassos.  Basta  lapiseira  (sugere-­‐se  2,  de  espessuras  diferentes:  0,3  para   esboço  inicial  e  0,9  para  engrossar  linhas  e  dar  acabamento)    
  • 7. OBS  IMPORTANTE   A   única   outra   exigência   é   que   o   hemisfério   esquerdo   do   cérebro   não   bloquei  o  processo  de  desenho  que  deve  ser  elaborado  pelo  lado  direito,  ou   seja,   deve-­‐se   desenhar   o   objeto   (arquitetônico)   tal   como   se   vê   e   não   segundo  aquilo  que  sabemos  a  respeito  do  objeto.  
  • 8. Dica:   As   margens   do   papel   são   fundamentais   para   este   tipo   de   desenho,   pois   ajudam   a   colocar   numa   superLície   plana   as   formas   tridimensionais   observadas.  As  margens  do  papel  representam  a  horizontal  e  a  vertical.   As  margens  do  papel  servem  para  enquadrar  a  imagem  e  medir  a  horizontal   e  a  vertical,  um  gabarito  onde  se  calcula  os  ângulos  e  a  direção  das  linhas  no   desenho.    
  • 9. PraBcando:   -­‐  Com  a  lapiseira  na  posição  vertical,  feche  um   dos  olhos  e  observe  o  ângulo  de  um  objeto  (no   nosso  exemplo  a  cadeira);   -­‐  Em  seguida,  trace  esse  mesmo  ângulo  numa   folha  de  papel,  usando  o  lado  vertical  do  papel   para  aferir  o  ângulo;  
  • 10. PraBcando  mais:   -­‐  Comparar  comprimentos  e  larguras  relativos.   Observe  as  ilustrações  e  tente  fazer  o  mesmo.   (desenho  de  uma  mesa)  
  • 11. PraBcando  mais:   -­‐  Desenho  de  cantos  de  paredes  
  • 12. Alguns  desenhos   uBlizando  este  método  
  • 13. Projeções  Ortográficas   ¡ “Plantas   em   escala,   elevações   e   seções   são   convenções   de   desenho   arquitetônico   que   permitem  a  representação  das  três  dimensões  em   escala  reduzida.  Essas  múltiplas  visualizações  dos   desenhos   são   os   resultados   das   projeções   ortográLicas  e  ajudam  na  representação  de  formas   tridimensionais   –   como   um   prédio   –   em   diversas   vistas   bidimensionais   correlacionadas”   Rendow   Yee,  Desenho  Arquitetônico   ¡ As   construções   são   descritas   por   meio   de   um   sistema   ortogonal   (ângulo   reto)   de   desenho   bidimensional.  
  • 14. Projeções  Ortográficas   Orto  signiLica  literalmente  “angulo  reto”.  A  projeção  ortográLica   se  refere  à  transferência  de  imagens  criadas  por  raios  projetivos   perpendiculares  incidindo  sobre  um  plano  transparente.  Todos   os  raios  são  paralelos  entre  si.  
  • 15. Projeções  Ortográficas   O  plano  horizontal  é  sempre  paralelo  ao  nível  do  solo.     O  plano  de  perLil,  ou  lateral,  faz  sempre  ângulos  retos   (perpendiculares  –  90˚)  com  os  outros  dois  planos.     O  plano  de  vista  frontal  é  sempre  vertical  e  forma  90˚  com  o   nível  do  solo.    
  • 16. Projeções  Ortográficas   Os  planos  principais,  em  conjunto  com  outros  três  planos   adjacentes  (posterior,  lateral  esquerdo  e  inferior),  formam  uma   caixa  de  vidro.     Todos  os  três  planos  principais  são  mutuamente  ortogonais.   Cada  plano  bidimensional  principal  pode  ser  classiLicado  como   uma  vista  plana,  pois  registra  uma  imagem  do  objeto.