Dte aula-desenhogeometrico

995 visualizações

Publicada em

Desenho geométrico, uso do compasso, poligonos regulares, lugares geométricos

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
995
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
360
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
46
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Dte aula-desenhogeometrico

  1. 1. Desenho Geométrico Introdução às Formas Centro Universitário Planalto – UNIPLAN Curso de Arquitetura e Urbanismo Disciplina – Desenho de Representação e Observação Professores – Ana Cristina Castro | Carla Freitas
  2. 2. A B A B C A B D Divisão de um segmento de reta em 2 partes iguais Traçar o segmento de reta AB; Traçar um arco com centro em A e raio igual a AB; Traçar outro arco com o centro em B e raio BA; Marcar os pontos C e D na interseção dos dois arcos traçados Basta unir os pontos CD e a reta P formada divide o segmento AB em duas partes iguais. OBS: a reta P é perpendicular ao segmento AB. Profs. Ana Cristina Castro | Carla Freitas | estudio@caliandradesenhos.com.br | www.caliandradesenhos.blogspot.com.br
  3. 3. Traçar 2 retas paralelas entre si Traçar um segmento de reta AB qualquer; Traçar um arco com o centro em B e raio AB; Marcar um ponto C qualquer no arco onde desejamos traçar a paralela; Traçar um arco com centro em C e raio AB; Traçar um arco com centro em B e raio AC, e marcar o ponto D na intersecção dos dois arcos; Traçar o novo segmento de reta CD, esta reta é paralela Profs. Ana Cristina Castro | Carla Freitas | estudio@caliandradesenhos.com.br |a w rwewta.c ianliiacniadrla AdeBs.e nhos.blogspot.com.br
  4. 4. Divisão de uma reta em 3 partes iguais Traçar um segmento de reta AB; Traçar uma semi-reta que se inicia em A; Marcar três pontos equidistantes na semi-reta, ponto C, D e E; Traçar um segmento de reta unindo os pontos EB; Traçar paralelas ao segmento de reta BE, nos pontos D e C, os novos pontos F e G dividem o segmento de reta em 3 partes iguais. Profs. Ana Cristina Castro | Carla Freitas | estudio@caliandradesenhos.com.br | www.caliandradesenhos.blogspot.com.br
  5. 5. Espiral Bicêntrica ¡ Traçar um reta r e marcar os pontos A e B próximos ao centro O; ¡ Traçar uma semicircunferência com centro em A e raio AB; ¡ Traçar outra semicircunferência, agora com o centro em B e raio BC, assim acha-se o ponto D; ¡ Agora com o centro em A novamente e raio AD traçar uma nova semicircunferência, assim acha-se o ponto E; ¡ Repetir o processo, volta-se ao ponto B e com o raio BE, traçar nova semicircunferência, achando-se o ponto F. ¡ O processo de crescimento pode ser repetido infinitamente. Profs. Ana Cristina Castro | Carla Freitas | estudio@caliandradesenhos.com.br | www.caliandradesenhos.blogspot.com.br
  6. 6. Espiral Quatrocêntrica ¡ Traçar uma reta qualquer a e marcar os pontos A e B; ¡ Traçar uma reta perpendicular a reta a pelo ponto B; ¡ Com centro em B e raio AB, traçar um arco até interceptar a semireta b, partindo desse ponto traçar uma paralela à semi reta inicial a; ¡ Traçar outra semi reta passando por A e partindo da semi reta c; ¡ Com centro em A e raio AB, traçar um arco até interceptar a semi reta d; Profs. Ana Cristina Castro | Carla Freitas | estudio@caliandradesenhos.com.br | www.caliandradesenhos.blogspot.com.br
  7. 7. Espiral Quatrocêntrica ¡ Agora com o centro em D e raio DE, traçar outro arco, acha-se assim o ponto F; ¡ Desta vez com o centro em C e raio CF, traçar outro arco, achando assim o ponto G; ¡ Por fim, com o centro em B e raio BG, traçar novo arco, achando-se o ponto I; ¡ Pode-se continuar infinitamente traçando-se novos arcos, sempre a partir dos pontos A, B, C e D como centros. Profs. Ana Cristina Castro | Carla Freitas | estudio@caliandradesenhos.com.br | www.caliandradesenhos.blogspot.com.br
  8. 8. Divisão de uma circunferência em 3 partes iguais Traçar uma circunferência com centro em C; Traçar o diâmetro da circunferência; Com centro em B e raio BC, traçar um arco, os pontos D e E achados dividem a circunferência em 3 partes iguais; Una os pontos AD, DE e EA, o triangulo formado tem todos os lados iguais, logo é um triangulo equilátero. Profs. Ana Cristina Castro | Carla Freitas | estudio@caliandradesenhos.com.br | www.caliandradesenhos.blogspot.com.br
  9. 9. Divisão de uma circunferência Traçar uma circunferência com centro em C; em 4 partes iguais Traçar o diâmetro da circunferência; Traçar um arco com centro em A e raio AB; Traçar um novo arco com centro em B e raio BA; Unir os pontos E e D formados, e a circunferência estará dividida em 4 partes iguais. Por último basta agora unir AG, GB, BF e FA para que se obtenha um quadrado. Profs. Ana Cristina Castro | Carla Freitas | estudio@caliandradesenhos.com.br | www.caliandradesenhos.blogspot.com.br
  10. 10. Dividir uma circunferência em 5 partes iguais Traçar uma circunferência com centro em C; Traçar o diâmetro da circunferência; Traçar um arco com centro em A e raio AB e logo traçar outro arco com centro em B e raio BA, unir os pontos E e D encontrados, achando assim G e F; Profs. Ana Cristina Castro | Carla Freitas | estudio@caliandradesenhos.com.br | www.caliandradesenhos.blogspot.com.br
  11. 11. Dividir uma circunferência em 5 partes iguais Agora com centro em B traçar o arco BC, achando os pontos H e I que dividem o segmento CB em duas partes iguais em K; Com o centro em K e raio KG traçar um arco até interceptar AC, achando o ponto J; Com o centro em G e raio GJ, traçar um arco até interceptar a circunferência, achando-se o ponto L; Enfim, tendo como medida padrão o arco GL, traçar os novos arcos, LM, MN e NO, depois basta unir estes segmentos de reta para obter-se um pentágono regular inscrito. Profs. Ana Cristina Castro | Carla Freitas | estudio@caliandradesenhos.com.br | www.caliandradesenhos.blogspot.com.br

×