Boletim informativo maio_jun_2015

905 visualizações

Publicada em

Boletim informativo maio_jun_2015

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
905
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
692
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Boletim informativo maio_jun_2015

  1. 1. ANOIII - Nº20 | 2014/2015 | maio-junho | Boletim Informativo das Bibliotecas Escolares do Agrupamento de Escolas Dr. Júlio Martins - 1 -- 1 - >> Encontro de Boas Práticas em Bibliotecas Escolares: partilhar, refletir, melhorar P artilhar experiências de trabalho colaborativo e de projetos foi o mote que levou o grupo organi- zador (Bibliotecas Escolares de Chaves e Valpaços, a Coordenadora Interconcelhia RBE ehhh o Centro de Formação de Associação de Escolas Alto Tâmega e Bar- roso) da ação de formação Encontro de Boas Práticas em Bibliotecas Escolares: par- tilhar, refletir, melhorar a preparar a iniciativa, que decorreu nos dia 9 e 23 de maio. O resultado desta ação superou as expectativas, tanto dos organizadores como dos restantes participantes, uma vez que as boas práticas apresentadas foram de grande quali- dade e expostas de forma cativante, o que muito agradou ao público assistente. O grupo organizador está convicto de que esta formação propiciou uma reflexão sobre as práticas na sala de aula e a sua articulação com as BE e, sem dúvida, sobre a importância do trabalho colaborativo. >> Formação PORDATA R ealizou-se na ESJM a formação PORDATA or- ganizada pela Fundação Francisco Manuel dos Santos (FFMS) e Rede de Bibliotecas Escolares (RBE), com a colabo- ração das bibliotecas escolares (BE) do agrupamento. As turmas 10.º E e 11.º D, acompanhadas pelas docentes Anisabel Costa e Amélia Reis, mostraram-se muito in- teressadas e participativas, respondendo às questões da formadora Dr.ª Mariana Sarmento e relacionando con- ceitos importantes para a exploração desta base de dados. Uma sessão muito proveitosa, não só neste ciclo de estudos mas também, mais tarde, no ensino superior e ao longo da vida, para várias atividades profissionais.
  2. 2. Boletim Informativo das Bibliotecas Escolares do Agrupamento de Escolas Dr. Júlio Martins MAI/JUN 2015 - 2 - >> Ação de sensibilização sobre Gaguez / Disfluência R ealizou-se no dia 27 de maio, na BE da EBSCT, uma ação de sensibilização subordinada ao tema Gaguez / Disfluência para os alunos das turmas do 2.ºD e 3.ºB organizada pela Terapeuta da Fala do CRI APCVR, Magda Flo- rêncio, em articulação com as professoras de Educação Espe- cial da escola. Ao longo da sessão e através da leitura da história Ernesto - O Menino com Gaguez em Família, os alunos tomaram consciên- cia do que é a Disfluência, como sendo um problema de comu- nicação que resulta na interrupção do curso da fala. >> Sessões na BE da Nadir sobre Segurança na Internet A BE da EBNA dinamizou, nos dias 18 e 20 de maio, 8 sessões sobre Segurança na Internet, di- recionadas a todos os alunos do 5.º ano. Estas sessões tiveram como objetivo esclarecer os alunos sobre os seguintes conteúdos: perigos da Internet; situa- ções e comportamentos de risco; formas de reconhecer ameaças e de como as ultrapassar com sucesso. >> Sessão “Educar para os Média” N o dia 18 de maio, a jornalista Joana Fillol este- ve no auditório da ESJM onde realizou a sessão “Educar para os Média”. Esta ação foi dirigida aos alunos do 7.º C, que estão a trabalhar a área da literacia dos média do referencial Aprender com a Biblioteca Escolar, e aos que estão a dinamizar a rádio escolar na EBNA (maioritariamente do 5.ºC) e na ESJM. Foi uma sessão muito proveitosa que contribuiu para acrescentar conhecimento sobre o papel da informação juvenil, o trabalho de um jornalista e o modo como as notícias são construídas. Em nome do AEJM, o nosso agradecimento à jornalista Joana Fillol e votos de muito sucesso para o Jornalíssimo.
  3. 3. - 3 - Boletim Informativo das Bibliotecas Escolares do Agrupamento de Escolas Dr. Júlio Martins MAI/JUN 2015 E.B. Santa Cruz Trindade: A Marioneta Bailarina, Carla Anjos b de Bruno, Michèle Soldevila Pedro no parque, Sandrine Deredel Rogeon E.B. Nadir Afonso: Diário de um banana, Jeff Kinney Os Cinco, Enid Blyton Ao Serviço de sua Majestade, Álvaro Magalhães E.S. Dr. Júlio Martins: Ninguém perguntou por mim, António Mota Memorias de una vaca, Bernardo Atxaga Percy Jackson e os ladrões do Olimpo, Rick Riordon TOP+LEITORES 1º ciclo: Rita Mendonça Nascimento 2º ciclo: Geovanna Antonela Pires | 5º E 3º ciclo: Tânia Catarina Martins | 9º F Sec.: Cassandra Adélia Santos | 10º E >> Partilha de Leituras 5.ºD - 7.ºB N o dia 12 de junho, a turma 5.ºD dirigiu-se à Escola Dr. Júlio Martins para retribuir a partilha de leituras que os colegas do 7.ºB iniciaram em janeiro, na Nadir Afonso. Prepararam uma leitura dramatizada da história O melhor presen- te, de Alice Vieira e, vestidos a rigor, contaram as peripécias de uma princesa que pretendia casar com o pretendente que lhe trou- xesse o mais valioso presente. No final, propuseram aos colegas do 7.ºB uma atividade de escrita, que visava aumentar o número de candidatos à mão da princesa. No final, o porta-voz de cada grupo do 7.ºB assumiu o lugar de príncipe e expôs à princesa e restante público as suas qualidades bem como os presentes que trazia para conquistar tão difícil majestade. >> 3.ª Paragem Todos aLeR+ T eve lugar no dia 9 de junho a 3.ª Paragem Todos a LeR¬+ deste ano letivo cujo tema escolhido foi Portugal. Uma vez mais, alunos, professores e demais elementos desta comunidade educativa, incluindo as escolas do meio rural, dedi- caram em simultâneo, alguns minutos à leitura, fortalecendo o elo de ligação entre os vários ciclos de ensino do nosso Agrupamento.
  4. 4. Boletim Informativo das Bibliotecas Escolares do Agrupamento de Escolas Dr. Júlio Martins MAI/JUN 2015 - 4 - >> Na Rota dos Tablets aLeR+ O incentivo ao uso das novas tecnologias está a ser implemen- tado nas nossas bibliotecas através da utilização de Tablets. Este dispositivo multimédia tornou-se num recurso com po- tencialidades que permitem modificar os hábitos de leitura de forma significativa e melhorar os espaços de aprendizagem e as dinâmicas da sala de aula. Podem ser usados para leitura de livros, jornais e revistas, em contex- to letivo ou extraletivo. Os tablets levam a um aumento da motivação dos alunos para a leitu- ra, fomentado, ao mesmo tempo, a interação entre pares. >> Agentes da PSP leem na EBSCT O s agentes Terra e Jaime, da PSP de Chaves, visitaram a BE da EBSCT para ler histórias às crianças e alunos do 1.º Ciclo, com o propósito de alertar os mais novos para os riscos e transmitir conselhos sobre a sua segurança. As histórias lidas Os meninos e o Sr. E, A Ana no Labirinto das Com- pras, Um Susto de Campainha, As três Primeiras Pedaladas e a Pul- seira das Conchas, fazem parte de um conjunto de 10 histórias (con- tos) que a PSP tem para ler nas escolas no ano letivo de 2014/2015. Um agradecimento muito especial aos agentes da PSP pela sua sim- patia e pela colaboração prestada sempre que são solicitados. >> XXXV Encontro de Leitura R ealizou-se no dia 29 de maio, às 21h, na Escola Básica de Santa Cruz Trindade, no âmbito do Projeto aLer+, o XXXV Encontro de leitura subordinado ao tema O Coração. Uma vez mais a participação dos leitores superou as espectativas. Registou-se a presença de um número elevado de leitores do 1.º ano que, acompanhados ou sozinhos, leram descontraídos e com muita alegria. Parabéns a todos os que colaboram e fazem crescer a nossa comunidade leitora!
  5. 5. MAI/JUN 2015 Boletim Informativo das Bibliotecas Escolares do Agrupamento de Escolas Dr. Júlio Martins - 5 - >> XXXVI Encontro de Leitura | Castelo de Santo Estêvão D ecorreu no dia 9, véspera do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, às 21 horas, no Castelo de Santo Estêvão, o Encontro de Leitura, sob a temática Por- tugal. Os leitores esforçaram-se na escolha das leituras e ficamos mara- vilhados com o cântico dos hinos de Portugal e da Vila Medieval de Santo Estêvão, os factos histó- ricos contados, as lendas associadas ao castelo e à terra, os poemas e as histórias da grandeza do nosso país e tantas outras mais brincalhonas que levaram todos à gargalhada. Também houve lugar para a Língua Gestual Portuguesa que os alunos da escola aprendem para poderem comunicar com um dos colegas. No final do evento houve uma visita guiada ao castelo, onde decorre uma interessante exposição, e um lanche delicioso. >> O 7.ºC em direto na Cidadânia N o dia 29 de maio, o Agrupamento organizou uma ex- posição aberta à comunidade a que deu o nome de Ci- dadânia. O 7.ºC apresentou os trabalhos realizados em colaboração com a BE, no âmbito do Referencial Aprender com a Biblioteca Es- colar. No auditório foi apresentado o filme “O atentado ao jornal Charlie Hebdo” que abordou os temas terrorismo e liberdade de expressão e, na sala de convívio, foram realizados 8 progra- mas de rádio, em direto, sobre vários temas: cidadania na esco- la; bullying; comportamentos de risco; violência doméstica e violência no namoro; jovens e internet; tráfico de seres humanos; o som nosso de cada dia e a escola ideal. >> Alunos do 6.º ano na BE da Júlio Martins N o dia 28 de maio a BE da ESJM foi um dos espaços por onde passaram todos os alunos do 6.º ano do agrupamento. Os 8 grupos acompanhados dos respetivos professores assistiram a uma seleção de trabalhos realizados pelos colegas do 7.ºC. Esta turma está a trabalhar a literacia dosmédia do Referencial Aprender com a Biblioteca Escolar e tem vindo a elaborar trabalhos recorrendo a ferramentas variadas, num projeto colaborativo dos docentes e alunos com a BE. Esta mostra pretendeu entusiasmar os mais novos a realizar pro- jetos semelhantes, mais criativos e estimulantes, e cujos resultados revelam aumento de conhecimentos nas várias áreas curriculares e progressos no domínio das tecnologias e das ferramentas da WEB.
  6. 6. - 6 - MAI/JUN 2015 Boletim Informativo das Bibliotecas Escolares do Agrupamento de Escolas Dr. Júlio Martins >> A BE da Nadir recebeu os alunos dos 4.º anos N os dias 26 e 27 de maio, a biblioteca da EBNA foi um dos espaços que recebeu os alunos nas atividades de Integra- ção/Articulação, preparadas para todas as turmas do 4.º ano do Agrupamento, assim como do Ensino Particular. Este atelier consistiu numa leitura dramatizada da história “Me- ninos de todas as cores”, de Luísa Ducla Soares, feita pelos alunos do 5.º H. >> Arquitetura do Estado Novo em Chaves pelo 9.ºE A s “Viagens ao passado” são sempre agradá- veis e foi numa destas viagens que os alunos do 3.º ano da EBSCT embarcaram para co- nhecer a Arquitetura do Estado Novo em Cha- ves, no dia 25 de maio, pelas 10h15m com os alunos do 9.º E, sob a orientação do prof. Luís Carvalho. Os alunos gostaram e aprenderam sobre as construções feitas em Chaves, quem as construiu e porquê. Obrigada a todos quantos participaram neste projeto e embarcaram nestas viagens. >> Desafios Bom Português A BE da Na- dir Afonso premiou os alunos que, ao lon- go do ano, partici- param nos Desa- fios do Bom Portu- guês. Estes desafios foram lançados se- manalmente, man- tiveram a BE mais dinâmica e a adesão por parte dos alunos do 2.º ciclo foi muito boa. Todas as turmas tiveram alunos a participar em algum dos desafios. Os grandes vencedores deste ano foram: Filipe Fernandes (5.º C); Maria Costa Reis (6.º C); Margarida Fraga (6.º C) e Rui Pedro Mota (6.º B) Parabéns a todos os participantes!
  7. 7. MAI/JUN 2015 Boletim Informativo das Bibliotecas Escolares do Agrupamento de Escolas Dr. Júlio Martins - 7 - A T I V I D A D E S A O L O N G O D O A N OA T I V I D A D E S A O L O N G O D O A N O A equipa do projeto aLeR+ felicita todos os que contribuíram para o sucesso das noites de leituras. Os Encontros de Leitura conquistaram o mérito de trazer, todos os meses, a comunidade à escola, através da prática comum de ler em voz alta, partilhando ideias, reflexões e pensamentos, exigindo um traba- lho minucioso de todos mas que valeu, verdadeiramente, a pena! Obrigada a todos.
  8. 8. - 8 - Blogue : http://bibliotecasjuliomartins.blogpot.p http://www.facebook.com/pages/Bibliotecas-Júlio-Martins/117411595077157 > S u g e s t ã o d e l e i t u r a s> S u g e s t ã o d e l e i t u r a s Boletim Informativo das Bibliotecas Escolares do Agrupamento de Escolas Dr. Júlio Martins mai/jun 2015 Ernesto - O Menino com Gaguez em Família, Mónica Gaiolas A gaguez é uma patologia da comunicação que afeta não só a criança que gagueja mas tam- bém todo o seu meio envolvente. Ao gaguejar, a criança sente-se triste, irritada e frustrada por não ser capaz de passar a sua mensagem, os seus pais e familiares, sentem-se impotentes por não saberem como ajudá-la...Este livro infantil visa colmatar as lacunas… O Planeta Azul , Luísa Ducla Soares Quem quer viajar até ao Planeta Azul? Não precisa de embarcar num foguetão, de vestir um fato espacial, de se preparar para encontros imprevisíveis com seres e paisagens distantes. O Planeta Azul está bem perto, debaixo dos nossos pés: é a Terra, tão conhecida e tão ignorada, sempre capaz de nos fazer refletir e deslumbrar. Nós Matámos o Cão Tinhoso, Luís Bernardo de Honwana “Não sei se realmente sou escritor. Acho que apenas escrevo sobre coisas que, aconte- cendo à minha volta, se relacionem intimamente comigo ou traduzam factos que me pareçam decentes. Este livro de histórias é o testemunho em que tento retratar uma série de situações e procedimentos que talvez interesse conhecer.” Que mal fiz eu a Deus?(DVD), Philippe de Chauveron Uma respeitada família católica da classe média alta com quatro filhas. Isabelle, Odile e Ségoléne fazem casamentos multiculturais com Rachid, David e Chao respetivamente. Quando a última filha, Laure, anuncia a sua intenção de casar com Charles, os seus pais ficam encantados. Um casamento tradicional, finalmente! Mas eis que Laure os informa que Charles é africano e que tudo muda. Que Monstro Fabricamos?, David Almond Davie e o seu melhor amigo Geordie assistem, fascinados, à chegada de um misterioso rapaz à aldeia: Stephen Rose não tem pais nem amigos, o seu rosto é pálido, o seu olhar sombrio, e vai viver para a casa de Crazy Mary. A sua ocupação favorita é esculpir figuras de barro… Sem se aperceberem, os dois rapazes encontram-se de repente num caminho escorregadio… Um livro poderoso e inquietante, por vezes perturbador, em que, subtilmente, a fronteira en- tre o real e a alucinação se torna dúbia.

×