Literatura e Estudos Culturais

647 visualizações

Publicada em

Trabalho realizado sobre o contato da Literatura com os Estudos Culturais, sua importância e como este contato pode modificar a nossa relação com a cultura.

Publicada em: Educação
1 comentário
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
647
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
30
Comentários
1
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Literatura e Estudos Culturais

  1. 1. Literatura e estudos culturais Compreendendo o funcionamento da cultura no mundo moderno
  2. 2. Estudos culturais • Se ocupa do estudo dos diferentes aspectos da cultura, envolvendo outras disciplinas. • Seu objetivo é conhecer como as identidades culturais são construídas e organizadas, num mundo de comunidades diversas e misturadas. • Surge a partir dos trabalhos de Raymond Williams, (Culture and Society, 1958), de Richard Hoggart (Uses of Literacy, 1958 e de E. P. Thompson (The Making of the English Working Class, 1963).
  3. 3. • Uma possibilidade é o remapeamento crítico das fronteiras disciplinares, possibilitando uma multiplicidade de articulações entre objetos de análise ( literatura, música, cinema, etc) • Através dos Estudos Culturais os significados e definições são socialmente construídos e historicamente transformados, onde a Literatura e Arte ocupam lugar privilegiado enquanto tipo de comunicação social.
  4. 4. Literatura e estudos culturais • A vinculação entre os estudos literários e os estudos culturais se produz, incentivada por um projeto de renovação da formação acadêmica em Letras e Humanidades. • O método de trabalho dos Estudos Culturais partiu da análise literária para a cultural, primeiro atenta para os elementos de linguagem, ênfases, repetições, omissões, imagens, ambiguidades, personagens, incidentes, enredo e tema. A segunda etapa determina o campo de valores socioculturais que a obra selecionou, refletiu, transformou ou rejeitou.
  5. 5. • O interesse de contextualizar a literatura nas perspectivas históricas e culturais surge da ampliação do enfoque às abordagens antropológicas e sociológicas dos estudos da cultura incluindo, cada vez mais, estratégicas analíticas e interpretativas provenientes dos estudos literários. • A existência de múltiplas culturas determina uma alteração radical no campo dos estudos literários. • Determinados traços da vida social, dentro de uma cultura específica, aparecem nas obras literárias, a partir das características poéticas que os manifestam.
  6. 6. Principais tendências • politeístas literários - leem e produzem a literatura a partir de parâmetros diversificados, geralmente locais, étnicos, políticos. • monoteístas literários – aferram-se ainda ao critério único, considerado talvez atemporal, eterno e absoluto.
  7. 7. Interseção entre os estudos culturais e estudos literários • As diversas propostas dos Estudos Culturais reforçam a possibilidade de revisão dos cânon (conjunto de obras primas ou clássicas da literatura). • A rediscussão e o questionamento, não só da própria noção de “canonização” enquanto processo, mas também sua associação com as estruturas de poder, cultural e político.
  8. 8. • Possibilita também a ampliação da investigação acerca do estudo das manifestações literárias de autoria feminina, do estudo da produção literária das chamadas “minorias” étnicas ou sexuais e dos estudos sobre cultura popular.
  9. 9. Finalidade dos estudos culturais • A ampliação da noção de texto promovida pelos Estudos Culturais dão novos caminhos para os campos do cinema, música, histórias em quadrinhos, informática e literatura. • No caso brasileiro, é importante para garantir maior visibilidade e honestidade de expressão para toda a gama de pesquisas, em especial sobre a cultura popular.
  10. 10. Exemplos de pesquisa na área dos estudos culturais
  11. 11. A representação da favela na novela “Duas Caras” – Uma análise com base nos Estudos Culturais. • A novela “Duas Caras”, exibida pela Rede Globo no Brasil de 1º de outubro de 2007 a 31 de maio de 2008, levou a periferia para o horário nobre no canal de televisão aberta líder em audiência no país. • O Este trabalho procura analisar como foi realizada a representação desta favela e relacionar com o contexto nacional vivido à época
  12. 12. O Fantasma de Tom Joad Segundo Bruce Springsteen: Estudos Culturais e uma relação entre a literatura e música popular americanas. • a pesquisa buscou desenvolver um estudo sobre a releitura e recontextualização da significação cultural do personagem Tom Joad, protagonista do romance As vinhas da ira, na visão de Bruce Springsteen em seu álbum de música popular The ghost of Tom Joad (1995). • O álbum rearticula o personagem em um contexto sócio-histórico sessenta anos depois de sua criação, e é examinada como se dá essa rearticulação, não do ponto de vista estritamente textual, e sim observando a relação entre o social e o cultural.
  13. 13. My pussy é o poder: A representação feminina através do funk no Rio de Janeiro: identidade, feminismo e indústria cultural. • Este projeto tem como proposta o estudo das relações entre funk e gênero retratadas e interlocutadas pelas mulheres do meio. • Este trabalho visa problematizar as questões de gênero envolvidas no ambiente do funk. Principalmente devido às relações tão complexas e contraditórias ali existentes, além do próprio jogo entre o movimento funk e a indústria

×