Estudos culturais

593 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Estudos culturais

  1. 1. Estudos Culturais Há um complexo intercâmbio entre a transformação material e o simbolismo cultural, entre a reestruturação de lugares e a construção de identidades. Desse modo, a cultura é o meio que relaciona a textura da paisagem ao texto social. (SANCHEZ, 2001, p35) Por Rodrigo Adonis Barbieri João Moreira Link de acesso no sistema emaze : http://app.emaze.com/@ALRCIFCT/estudos-culturaispptx
  2. 2. A partir de um texto bastante difundido dentro dos Estudos Culturais, Doing Cultural Sudies – The story of the sony wakman, (DU GAY ET AL., 1997) procura-se articular os métodos e conceitos utilizados na análise daquele artefato cultural, empregando parte destes procedimentos em outro artefato em potencial, porém, de escala e atributos
  3. 3.  Antigamente os processos culturais analisavam questões menos tangíveis, que eram frequentemente presumidas, dando uma menor importância ao estudo da cultura pelos cientistas sociais, mas no decorrer do tempo estes se deram conta de que todas as práticas sociais são fundamentalmente culturais, então o desenvolvimento da cultura é determinante do conhecimento sociológico
  4. 4. A cultura através das artes vem assumindo papel fundamental nas futuras decisões e diretrizes tomadas pelo mundo Financeiro e Econômico. Programas culturais são empregados em organizações, para atingir um melhor desempenho, eficácia e lucratividade, nas suas ações.
  5. 5. O estudo do caso do Walkman da Sony  Vem exemplificar essa mudança na postura dos estudos da sociedade contemporânea. Mostra como práticas culturais e institucionais tem determinado a direção e significado de nossas vidas e para entender isso devemos ter conhecimento da estrutura, estratégia e cultura desses empreendimentos globais.
  6. 6.  O artigo elenca os 5 principais processos culturais determinantes desse ciclo cultural, que são: Representação, Identidade, Produção, Consumo e Regulação. Estes devem ser pesquisados e abordados para qualquer pesquisa de cunho social, que visa analisar um produto cultural de representatividade global. No caso do Walkman precisamos saber como ele é representado, quais identidades sociais são vinculadas à ele, como é feita sua produção e seu consumo, e como é regulada sua distribuição e uso.
  7. 7.  para ter aceitação universal no mercado consumidor mundial, tornando o Walkman parte de nosso habitat cultural e a Sony, como uma empresa cultural e formado de tendências, que é hoje em dia, através de sua gravadora, seus softwares e distribuição de elementos culturais, por exemplo. O que nos auxilia a definir qual o significado do Walkman como artefato cultural
  8. 8.  Conotações surgidas na época marcaram a característica da sociedade, como por exemplo termos, high tech, moderno, japonês e juventude. O poder que o Walkman dá ao seu proprietário de distanciamento do mundo real sem ser perturbado e não perturbar a ninguém, nunca antes alcançado por nenhum produto fisicamente similar
  9. 9. Enquanto os americanos dizem que a Sony é uma empresa típica japonesa, os japoneses caracterizam e empresa como uma companhia estrangeira, dando a Sony uma caráter estritamente global.
  10. 10.  Após a segunda guerra com a imposição americana sobre o Japão de não poder produzir armas, sua indústria se voltou para o desenvolvimento de produtos de consumo. Para tornar a identidade de empresa mais global o nome original Tokyo Tsushin kogyu Kabushiki Kasha, foi modificado para Sony
  11. 11. Segundo Marx a produção deve ser conectada ao consumo, e esse movimento intermediário é que proporcionou o sucesso de venda e marketing do Walkman. A ideia de personificar heróis, como o criador
  12. 12. O uso do nome Walkman, escolhido para minimizar os custos de produção, foi fator gerador de extrema importância, que o termo walkman, passou a significar gravador de bolso em todo o planeta, assim como o nome Xerox.
  13. 13.  A perspectiva da “produção de consumo” tem papel crucial no debate sobre a significância cultural e social do Walkman, gerando aspectos negativos e contraditórios, como exemplo de críticas sobre qual sua necessidade? E seus efeitos anti-sociais.
  14. 14. Para fazer um estudo cultural precisamos observar os modos pelos quais os produtos são consumidos e nos significados que venham a ser associados aos objetos através desses processos de consumo
  15. 15. Para Bourdieu, consumo é sempre e ao mesmo tempo uma atividade simbólica e uma atividade material. Vê a classe social como principal determinante do status social e do comportamento do consumidor.
  16. 16.  É nesse contexto que o Walkman aparece como uma tecnologia ambígua, pois pode ser usado em casa, afim de criar um espaço particular, mas também foi projetado para ser usado para uma audição privada em público. Quando algum objeto atinge o status de fora do comum, alguns tendem a excluí-lo ou rejeitá-lo, por este representar uma ameaça. Enfim devemos aceitar a ideia de que o significado do objeto não somente reside no próprio objeto, mas sim na forma como ele é apresentado e representado para sociedade, como um produto social.

×