ERGONOMIA DO PRODUTO 1
Profº Aldeci Costa
EMENTA
UNIDADE I – FUNDAMENTOS DA ERGONOMIA
•Origem
•Evolução
•Diferentes conceitos
•Abordagem
FUNDAMENTOS DA FISIOLOGIA D...
Cronograma / avaliações
Dia 6/08/12 – Segunda (1ª aula): Teoria
Dia 7/08/12 – Terça (2ª aula): Teoria / desenvolvimento de...
Obcecado pela relação entre
matemática
e
natureza,
Leonardo da Vinci (14521519), criou o mais célebre
dos estudos conhecid...
Ergonomia
Do grego: Ergon (trabalho) + Nomos (regras, leis naturais)
“Objetiva a melhor adequação ou adaptação possível do...
1 - Origens da Ergonomia
A ergonomia surgiu junto com o homem primitivo. Com a necessidade de se
proteger e sobreviver, o ...
2 - Evolução
Nasce da necessidade de melhores equipamentos na 2ª guerra mundial. De início a
prática da ergonomia preocupo...
O termo ergonomia foi utilizado pela primeira vez, em 1857, pelo polonês W.
Jastrzebowski, que publicou um artigo intitula...
3 - Diferentes conceitos
Conceito da Ergonomics Research Society (U.K.):
“ A ergonomia é o estudo da relacionamento entre ...
A ergonomia tem sido fator de aumento de produtividade e da qualidade do
produto bem como da qualidade de vida dos trabalh...
MAIS ERGONOMIA = MENOS ESFORÇO FÍSICO E MENTAL
Como podemos notar, a ergonomia surgiu em função da necessidade do ser
huma...
3.1 - Objetivos atribuídos à Ergonomia:
-Redução dos acidentes de trabalho;
-Redução dos custos decorrentes de incapacidad...
O projetista que se preocupa com a acessibilidade e a necessidade das pessoas com
deficiência pode ser definido dentro do ...
4 – abordagem:
De acordo com a ABERGO, os domínios de especialização da ergonomia são:
•Ergonomia física | está relacionad...
5 – Áreas

BIOMECÂNICA

PSICOLOGIA

ERGO
NOMIA

FISIOLOGIA

ANTROPOMETRIA
“Biomecânica é o estudo das forças e dos seus ef...
5 – Áreas

BIOMECÂNICA

PSICOLOGIA

ERGO
NOMIA

FISIOLOGIA

ANTROPOMETRIA
“A antropometria ocupa-se das dimensões e propor...
5 – Áreas

BIOMECÂNICA

PSICOLOGIA

ERGO
NOMIA

FISIOLOGIA

ANTROPOMETRIA
A fisiologia estuda o funcionamento do organismo...
Portanto, a Ergonomia tem um caráter multidisciplinar
A ergonomia se apóia em conhecimentos relevantes de outras áreas do
...
19
20
No Brasil a Norma Regulamentadora 17 (NR17) “ visa a estabelecer parâmetros que permitam a
adaptação das condições de trab...
Situações de risco

22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
Você acha que seu mouse é ergonômico?
Pense novamente:

Este mouse foi o vencedor do Red Dot Design Award. O Moudable Mous...
Referências:
http://pbsembarreiras.com/2011/10/02/ergonomia-acessibilidade-areas-que-se-complementam/#more-529
http://www....
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Microsoft power point aula 1 de ergonomia.pptx

8.633 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
8.633
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
8
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
344
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Microsoft power point aula 1 de ergonomia.pptx

  1. 1. ERGONOMIA DO PRODUTO 1 Profº Aldeci Costa
  2. 2. EMENTA UNIDADE I – FUNDAMENTOS DA ERGONOMIA •Origem •Evolução •Diferentes conceitos •Abordagem FUNDAMENTOS DA FISIOLOGIA DO TRABALHO 1.Diferenças individuais 2.Função Neuromuscular 3.Realização de medidas e aplicações antropométricas 4.Trabalho Estático e Dinâmico 5.Postura do Corpo 6.Levantamento e transporte de cargas UNIDADE II – LIMITAÇÕES E CAPACIDADES HUMANAS NAS RELAÇÕES USUÁRIO/PRODUTO/AMBIENTE Metabolismo Visão Audição Outros sentidos UNIDADE III – METODOLOGIA DE PESQUISA DE CAMPO Análise da demanda Análise da tarefa Análise da atividade Diagnóstico PERÍODO: de 6 a 18/08/2012 Carga Horária: 60h 2
  3. 3. Cronograma / avaliações Dia 6/08/12 – Segunda (1ª aula): Teoria Dia 7/08/12 – Terça (2ª aula): Teoria / desenvolvimento de trabalhos Dia 8/08/12 – Quarta (3ª aula): Teoria / desenvolvimento de trabalhos Dia 9/08/12 – Quinta (4ª aula): Apresentação de trabalhos em equipe Dia 10/08/12 – Sexta (5ª aula): 1ª avaliação (prova - individual) Dia 11/08/12 – Sábado (6ª aula): Atividade para casa Dia 13/08/12 – Segunda (7ª aula): Teoria Dia 14/08/12 – Terça (8ª aula): Teoria Dia 15/08/12 – Quarta (9ª aula): Teoria Dia 16/08/12 – Quinta (10ª aula): 2ª avaliação (prova – equipe) Dia 17/08/12 – Sexta (11ª aula): 2ª avaliação (apresentação de trabalhos em equipe) Dia 18/08/12 – Sábado (12ª aula): 3ª avaliação 3
  4. 4. Obcecado pela relação entre matemática e natureza, Leonardo da Vinci (14521519), criou o mais célebre dos estudos conhecidos como “Homens Vitruvianos”- que consistem de uma figura masculina inscrita dentro de um quadrado e de um círculo, de forma a demonstrar a harmonia das proporções humanas, conforme os pressupostos do arquiteto romano Vitrúvio, do século I a.C. 4
  5. 5. Ergonomia Do grego: Ergon (trabalho) + Nomos (regras, leis naturais) “Objetiva a melhor adequação ou adaptação possível do objeto aos seres vivos em geral”. Objeto: Sentido bem amplo: -Produtos de uso em geral; -Máquinas, equipamentos; -Ferramentas, artefatos; -Postos de trabalho e de atividades; -Sistemas de produção; -Ambientes em geral; -Sistemas de comunicação social; -Sistemas de comunicação visual; 5
  6. 6. 1 - Origens da Ergonomia A ergonomia surgiu junto com o homem primitivo. Com a necessidade de se proteger e sobreviver, o homem primitivo, sem querer, começou a aplicar os princípios de ergonomia, ao fazer seus utensílios de barro para tirar água de cacimbas e cozinhar alimentos, fazer o tacape para se defender ou abater animais. 6
  7. 7. 2 - Evolução Nasce da necessidade de melhores equipamentos na 2ª guerra mundial. De início a prática da ergonomia preocupou-se em acomodar bem os diversos indivíduos: concentrou-se na coleta e uso de dados antropométricos, depois expandiu a preocupação para força, alcance, capacidade cardiovascular, cognição, L.E.R. , etc. 7
  8. 8. O termo ergonomia foi utilizado pela primeira vez, em 1857, pelo polonês W. Jastrzebowski, que publicou um artigo intitulado “Ensaio de ergonomia ou ciência do trabalho baseada nas leis objetivas da ciência da natureza”. Quase cem anos mais tarde, em 1949, um engenheiro inglês chamado Murrel criou na Inglaterra a primeira sociedade nacional de ergonomia, a “Ergonomic Research Society”. Posteriormente, a ergonomia desenvolveu-se em numerosos países industrializados, como a França, Estados Unidos, Alemanha, Japão e países escandinavos. Em 1959 foi fundada a “International Ergonomics Association”. Em 31 de agosto de 1983 foi criada a “ABERGO”. Em 1989 foi implantado o primeiro mestrado do país no PPGEP/UFSC. 8
  9. 9. 3 - Diferentes conceitos Conceito da Ergonomics Research Society (U.K.): “ A ergonomia é o estudo da relacionamento entre o homem e o seu trabalho, equipamento e ambiente, e particularmente a aplicação dos conhecimentos de anatomia, fisiologia e psicologia na solução surgida neste relacionamento”. Conceito da International Ergonomics Association (IEA): “ A ergonomia é o estudo científico da relação entre o homem e seus meios, métodos e espaços de trabalho. Seu objetivo é elaborar, mediante a contribuição de diversas disciplinas científicas que a compõem, um corpo de conhecimentos que, dentro de uma perspectiva de aplicação, deve resultar em uma melhor adaptação ao homem dos meios tecnológicos e dos ambientes de trabalho e de vida”. Conceito da Associação Brasileira de Ergonomia (ABERGO): “A ergonomia é o estudo da adaptação do trabalho às características fisiológicas e psicológicas do ser humano”. 9
  10. 10. A ergonomia tem sido fator de aumento de produtividade e da qualidade do produto bem como da qualidade de vida dos trabalhadores, na medida em que a mesma é aplicada com a finalidade de melhorar as condições ambientais, visando a interação com o ser humano. 10
  11. 11. MAIS ERGONOMIA = MENOS ESFORÇO FÍSICO E MENTAL Como podemos notar, a ergonomia surgiu em função da necessidade do ser humano cada vez mais querer aplicar menos esforço físico e mental, nas atividades diárias. O ser humano no seu dia-a-dia está cada vez mais se tornando muito exigente, e quer fazer mais com menos esforço. 11
  12. 12. 3.1 - Objetivos atribuídos à Ergonomia: -Redução dos acidentes de trabalho; -Redução dos custos decorrentes de incapacidade dos trabalhadores; -Aumento da produção; -Melhoramento da qualidade do trabalho; -Diminuição do absenteísmo; -Aplicação das normas existentes; -Diminuição das perdas de matéria-prima. 12
  13. 13. O projetista que se preocupa com a acessibilidade e a necessidade das pessoas com deficiência pode ser definido dentro do mesmo conceito dado pela Associação Internacional de Ergonomia (em agosto de 2000) aos ergonomistas: “contribuem para o planejamento, projeto e a avaliação de tarefas, postos de trabalho, produtos, ambientes e sistemas de modo a torná-los compatíveis com as necessidades, habilidades e limitações das pessoas.” Este conceito permite enxergar a ligação direta entre a ergonomia e a acessibilidade, visto que as duas “ciências” buscam a adequação do ambiente ao homem. 13
  14. 14. 4 – abordagem: De acordo com a ABERGO, os domínios de especialização da ergonomia são: •Ergonomia física | está relacionada com às características da anatomia humana, antropometria, fisiologia e biomecânica em sua relação a atividade física. Os tópicos relevantes incluem o estudo da postura no trabalho, manuseio de materiais, movimentos repetitivos, distúrbios músculo-esqueletais relacionados ao trabalho, projeto de posto de trabalho, segurança e saúde. • Ergonomia cognitiva | refere-se aos processos mentais, tais como percepção, memória, raciocínio e resposta motora conforme afetem as interações entre seres humanos e outros elementos de um sistema. Os tópicos relevantes incluem o estudo da carga mental de trabalho, tomada de decisão, desempenho especializado, interação homem computador, stress e treinamento conforme esses se relacionem a projetos envolvendo seres humanos e sistemas. • Ergonomia organizacional | concerne à otimização dos sistemas sóciotécnicos, incluindo suas estruturas organizacionais, políticas e de processos. Os tópicos relevantes incluem comunicações, gerenciamento de recursos de tripulações (CRM - domínio aeronáutico), projeto de trabalho, organização temporal do trabalho, trabalho em grupo, projeto participativo, novos paradigmas do trabalho, trabalho cooperativo, cultura organizacional, organizações em rede, tele-trabalho e gestão da qualidade. 14
  15. 15. 5 – Áreas BIOMECÂNICA PSICOLOGIA ERGO NOMIA FISIOLOGIA ANTROPOMETRIA “Biomecânica é o estudo das forças e dos seus efeitos nos seres vivos.” (Peter McGinnis, 2002) “A biomecânica utiliza leis da física e conceitos de engenharia para descrever movimentos realizados por vários segmentos corpóreos e forças que agem sobre estas partes do corpo durante atividades normais de vida diária.” (Frankel & Nordin, 1980) 15
  16. 16. 5 – Áreas BIOMECÂNICA PSICOLOGIA ERGO NOMIA FISIOLOGIA ANTROPOMETRIA “A antropometria ocupa-se das dimensões e proporções do corpo humano.” (Dul & Weerdmeester, 1998) “A antropometria é o estudo das medidas humanas. As medidas humanas são muito importantes na determinação de diversos aspectos relacionados ao ambiente de trabalho no sentido de se manter uma boa postura.” (Hudson A. Couto, 1996) 16
  17. 17. 5 – Áreas BIOMECÂNICA PSICOLOGIA ERGO NOMIA FISIOLOGIA ANTROPOMETRIA A fisiologia estuda o funcionamento do organismo, buscando estimar a demanda energética do coração e dos pulmões, durante um esforço físico. Baseada nessas informações, a Ergonomia desenvolve processos de trabalho em que se leva em consideração o gasto energético. Podendo dessa forma, evitar a fadiga física que ocorre por esforço muscular contínuo e localizado ou por longos períodos. Fonte: Ergonomia Prática (J. Dul e B. Weerdmeester) 17
  18. 18. Portanto, a Ergonomia tem um caráter multidisciplinar A ergonomia se apóia em conhecimentos relevantes de outras áreas do conhecimento humano, a fim de buscar um ambiente de trabalho que seja salubre. Entre as áreas científicas que abastece a ergonomia de princípios básicos, estão: a antropometria, biomecânica, fisiologia, psicologia, toxicologia, engenharia mecânica, desenho industrial, eletrônica, informática e gerência industrial. Por isso, dizemos que a Ergonomia possui um caráter interdisciplinar. Fonte: Ergonomia Prática (J. Dul e B. Weerdmeester). 18
  19. 19. 19
  20. 20. 20
  21. 21. No Brasil a Norma Regulamentadora 17 (NR17) “ visa a estabelecer parâmetros que permitam a adaptação das condições de trabalho às características psicofisiológicas dos trabalhadores, de modo a proporcionar um máximo de conforto, segurança e desempenho eficiente.” Uma das exigências da NR17 do Ministério do Trabalho é que as empresas façam o Laudo Ergonômico. O laudo tem como objetivo fornecer uma análise profunda das condições ergonômicas da empresa e orientá-la a corrigir o que for necessário. O Laudo Ergonômico deve conter estas áreas: Avaliação do Posto de Trabalho, Avaliação da Postura do Trabalhador, Avaliação do Ambiente Físico e da Organização do Trabalho, além de apontar Soluções para os problemas encontrados. 21
  22. 22. Situações de risco 22
  23. 23. 23
  24. 24. 24
  25. 25. 25
  26. 26. 26
  27. 27. 27
  28. 28. 28
  29. 29. 29
  30. 30. 30
  31. 31. 31
  32. 32. Você acha que seu mouse é ergonômico? Pense novamente: Este mouse foi o vencedor do Red Dot Design Award. O Moudable Mouse (ou Mouse Moudável) é feito de massa de modelar, coberto com um tecido de nylon e poliuretano. Em sua base, feita de PC/ABS recicláveis contendo o Circuito Impresso, o laser ótico e as pilhas. Fonte: http://blog.felipecoury.com/jep/2008/02/faca-seu-proprio-mouse-ergonom.html 32
  33. 33. Referências: http://pbsembarreiras.com/2011/10/02/ergonomia-acessibilidade-areas-que-se-complementam/#more-529 http://www.abergo.org.br/internas.php?pg=o_que_e_ergonomia http://tecnicasdesecretariadoprofessora.blogspot.com.br/2010/12/ergonomia-no-trabalho.html http://ergonomiaesaudenaescola.blogspot.com.br/2011_07_01_archive.html http://ergonomianasescolas.blogspot.com.br/ http://raperalta.wordpress.com/ergonomia-e-g-laboral/ http://ergonomiaunifor2010.blogspot.com.br/ https://www.ufmg.br/online/arquivos/014800.shtml http://design-ergonomia.blogspot.com.br/2008/05/ergonomia-ajuda-ganhar-prmios-de-design.html http://www.ergonomidesign.com/HOME.aspx http://en.red-dot.org/ http://ergonomiaaplicada.blogspot.com.br/2007/09/fisiologia-e-ergonomia.html 33

×