Dados sobre Diabetes
IntroduçãoPlano de Ações estratégicas para oenfrentamento das Doenças Crônicas NãoTransmissíveis (DCNT) no Brasil 2011 – 2...
Introdução Diabetes é considerado problema de saúde pública prevalente, emascendência, oneroso do ponto vista social e ec...
Introdução Estima-se que a proporção de diabetes não diagnosticada emdiversos países no mundo está entre 30% e 60%Prevalê...
Sistema de Monitoramento de Fatores de Risco e Proteção para DoençasCrônicas Não Transmissíveis, por meio de Inquérito Tel...
VIGITEL 2011Desempenho 2006 2007 2008 2009 2010 2011Entrevistas (N) 54.369 54.251 54.353 54.367 54.339 54.144Recusa (%) 9,...
Percentual de adultos (> 18 anos) com diagnóstico médico referido paradiabetes, em 26 capitais do Brasil e Distrito Federa...
Percentual de adultos (> 18 anos) com diagnóstico médico referidopara diabetes, em 26 capitais do Brasil e Distrito Federa...
Percentual de adultos (> 18 anos) com diagnóstico médicoreferido para diabetes, em 26 capitais do Brasil e Distrito Federa...
Percentual de adultos (> 18 anos) com diagnóstico médico referidopara diabetes, em 26 capitais do Brasil e Distrito Federa...
Percentual de adultos (≥ 18 anos) com diagnóstico médico referidopara diabetes, segundo as capitais dos estados brasileiro...
Evolução da prevalência de diagnóstico médico referido para diabetesentre adultos (≥ 18 anos), VIGITEL 2006 a 2011.Diabete...
Fonte: Ministério da Saúde - Sistema de Informações Hospitalares do SUS (SIH/SUS).1. Situação da base de dados nacional em...
0,0010,0020,0030,0040,0050,0060,0070,0080,0090,00100,002008 2009 2010 2011Valor Total  (R$)  / MilhõesValor das Internaçõe...
24,1 25,2 26,6 27,2 28,8010203040502006 2007 2008 2009 2010Mortalidade (óbitos/100.000 habitantes) por diabetes no Brasil,...
Evolução da frequência de excesso de peso, VIGITEL 2006 a 2011Excesso de peso**4347394348384449404751424852444952450102030...
Transição demográficaFonte: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de População e Indicadores Sociais, Projeção da Popu...
Acesso a medicamentosAcesso gratuito aos medicamentos“Saúde Não Tem Preço” - “ Aqui tem Farmácia Popular”Abril/2012: 1.078...
Avanços DCNT  Plano de Ações Estratégicas para o Enfrentamento das Doenças CrônicasNão Transmissíveis (DCNT) 2011- 2022 ...
Taxa de internação hospitalar por doenças crônicasselecionadas, Brasil 2000 a 2009SIH – Sistema de Informação Hospitalar –...
Muito obrigada!cgdant@saude.gov.br
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Dados sobre diabetes vigitel 2011

607 visualizações

Publicada em

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
607
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Dados sobre diabetes vigitel 2011

  1. 1. Dados sobre Diabetes
  2. 2. IntroduçãoPlano de Ações estratégicas para oenfrentamento das Doenças Crônicas NãoTransmissíveis (DCNT) no Brasil 2011 – 2022 Define e prioriza ações e investimentos necessários para oenfrentamento das DCNT nos próximos 10 anosObjetivos Promover o desenvolvimento e implementação de políticaspúblicas efetivas, integradas e sustentáveis para a prevenção e ocontrole das DCNT e seus fatores de risco Fortalecer os serviços de saúde voltados para cuidados crônicos
  3. 3. Introdução Diabetes é considerado problema de saúde pública prevalente, emascendência, oneroso do ponto vista social e econômico;Grande impacto na morbimortalidade - complicaçõescardíacas, cerebrovasculares, vasculares periféricas, oculares,renais, neuropáticas, acelerar a morte e incapacidades Principais fatores de risco: excesso de peso sedentarismo tabagismo alimentação inadequada
  4. 4. Introdução Estima-se que a proporção de diabetes não diagnosticada emdiversos países no mundo está entre 30% e 60%PrevalênciaVIGITEL*(2011)Argentina¹*Chile²** EUA³*% % % %Diabetes 5,6 9,6 6,3 8,7* Autoreferido** Aferido¹ Encuesta Nacional de Factores de Riesgo 2009 (25 a 64 anos)² Encuesta Nacional de Salud 2009-2010 (≥15 anos)³ BRFSS, 2009/2010 (≥18 anos)
  5. 5. Sistema de Monitoramento de Fatores de Risco e Proteção para DoençasCrônicas Não Transmissíveis, por meio de Inquérito TelefônicoObjetivos:  Medir a prevalência de fatores de risco e proteção para doenças não‐transmissíveis na população brasileira Subsidiar ações de promoção da saúde e de prevenção de doençasPeriodicidade: anual ‐ 2006 a 2011População monitorada: adultos (≥ 18 anos)  residentes em domicílios com telefone fixo nas capitais dos 26 estados brasileiros e DF.Parceria: SVS/MS, NUPENS/USPVIGITEL 2011
  6. 6. VIGITEL 2011Desempenho 2006 2007 2008 2009 2010 2011Entrevistas (N) 54.369 54.251 54.353 54.367 54.339 54.144Recusa (%) 9,1 7,7 5,8 3,0 2,3 2,2Duração (min) 7,4 8,5 10,3 11 9,5 9,5Período02/8/06a08/1/0716/7 a30/1201/04 a12/12Jan adez2009Jan adez2010Jan adez2011Avaliação do desempenho, VIGITEL 2006‐2011
  7. 7. Percentual de adultos (> 18 anos) com diagnóstico médico referido paradiabetes, em 26 capitais do Brasil e Distrito Federal segundo sexo,VIGITEL 2011Diabetes - morbidade referida por sexo0246810Total Masculino Feminino%5,65,26,0
  8. 8. Percentual de adultos (> 18 anos) com diagnóstico médico referidopara diabetes, em 26 capitais do Brasil e Distrito Federal segundofaixa etária, VIGITEL 2011%051015202518 a 24 25 a 34 35 a 44 45 a 54 55 a 64 65 e maisFaixa etária (anos)Diabetes - morbidade referida por faixa etária0,6%21,6%15,2%
  9. 9. Percentual de adultos (> 18 anos) com diagnóstico médicoreferido para diabetes, em 26 capitais do Brasil e Distrito Federalsegundo escolaridade, VIGITEL 2011anos de estudo02468100 a 8 9 a 11 12 ou mais3,3 3,77,5%Diabetes - morbidade referida por escolaridade
  10. 10. Percentual de adultos (> 18 anos) com diagnóstico médico referidopara diabetes, em 26 capitais do Brasil e Distrito Federal , segundoregião do Brasil. VIGITEL 2011.Região Total (%) Masculino (%) Feminino (%)Norte 4.1 4.1 5.2Nordeste 5.5 5.5 6.0Centro-Oeste 4.0 4.0 5.5Sudeste 5.8 5.8 6.1Sul 4.3 4.3 6.4Total 5.6 5.2 6.0Diabetes - morbidade referida por região
  11. 11. Percentual de adultos (≥ 18 anos) com diagnóstico médico referidopara diabetes, segundo as capitais dos estados brasileiros e DistritoFederal. VIGITEL, 2011.34 4 45 5 5 5 5 5 5 5 5 5 6 6 6 6 6 6 6 6 66 67 712345678PalmasGoiâniaManausPorto VelhoBoa VistaCuritibaJoão PessoaSão LuísDistrito FederalRio BrancoTeresinaCuiabáBelémMacapáBelo HorizonteMaceióSalvadorAracajuCampo GrandeNatalRecifeFlorianópolisSão PauloRio de JaneiroPorto AlegreVitóriaFortaleza%Diabetes - morbidade referida por capital
  12. 12. Evolução da prevalência de diagnóstico médico referido para diabetesentre adultos (≥ 18 anos), VIGITEL 2006 a 2011.Diabetes – série histórica5,24,45,95,24,85,65,55,05,95,85,36,26,35,47,05,65,26,01,02,03,04,05,06,07,08,0Total Masculino Feminino%2006 2007 2008 2009 2010 2011* p<0,05*
  13. 13. Fonte: Ministério da Saúde - Sistema de Informações Hospitalares do SUS (SIH/SUS).1. Situação da base de dados nacional em 25/01/2012.2. Dados de 2011 (até dezembro) sujeitos a retificação.3. IBGE - Estimativas elaboradas no âmbito do Projeto UNFPA/IBGE (BRA/4/P31A)Média de permanência:~ 6 dias646668707274767880120.000125.000130.000135.000140.000145.000150.0002008 2009 2010Taxa de internação ( 100.000 hab)Nº de internaçõesInternações por Diabetes Mellitus. Brasil, 2008 ‐ 2010Frequência TaxaDiabetes – número de internações131.734148.452
  14. 14. 0,0010,0020,0030,0040,0050,0060,0070,0080,0090,00100,002008 2009 2010 2011Valor Total  (R$)  / MilhõesValor das Internações por Diabetes Mellitus. Brasil, 2008 ‐ 2011Fonte: Ministério da Saúde - Sistema de Informações Hospitalares do SUS (SIH/SUS).1. Situação da base de dados nacional em 25/01/2012.2. Dados de 2011 (até dezembro) sujeitos a retificação.Valor Médio AIH (2011):R$ 603,28Ano de processamentoDiabetes – valor das internações87,9 mi
  15. 15. 24,1 25,2 26,6 27,2 28,8010203040502006 2007 2008 2009 2010Mortalidade (óbitos/100.000 habitantes) por diabetes no Brasil, 2006‐2010Mortalidade(óbitos/100.000)Fonte: MS/SVS/DASIS - Sistema de Informações sobreMortalidade - SIMDiabetes - mortalidade
  16. 16. Evolução da frequência de excesso de peso, VIGITEL 2006 a 2011Excesso de peso**4347394348384449404751424852444952450102030405060Total Masculino Feminino%2006 2007 2008 2009 2010 2011*** p<0,05***IMC> 25
  17. 17. Transição demográficaFonte: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de População e Indicadores Sociais, Projeção da População do Brasil porSexo e Idade para o período 1980-2050 – Revisão 2008.
  18. 18. Acesso a medicamentosAcesso gratuito aos medicamentos“Saúde Não Tem Preço” - “ Aqui tem Farmácia Popular”Abril/2012: 1.078.195 usuários atendidosCerca de 20.000 farmácias conveniadasMedicamentos: insulina, hipoglicemiantes
  19. 19. Avanços DCNT  Plano de Ações Estratégicas para o Enfrentamento das Doenças CrônicasNão Transmissíveis (DCNT) 2011- 2022 Programa Academia da Saúde – 4000 unidades Semana Programa Saúde Escola – obesidade infantil Fortalecimento e qualificação da rede de atenção básica de saúde Acordos voluntários com indústria para redução do sal Tabaco: Lei 12546/ 14 nov. 2011 (ambientes livres tabaco, taxação,propaganda), regulamentação da ANVISA proibição aditivos do tabaco
  20. 20. Taxa de internação hospitalar por doenças crônicasselecionadas, Brasil 2000 a 2009SIH – Sistema de Informação Hospitalar – cobre 80% das internações (hospitaispúblicos e conveniados ao SUS).
  21. 21. Muito obrigada!cgdant@saude.gov.br

×