Aula aux. adm infor 5

612 visualizações

Publicada em

CURSO DE AUXILIAR ADMINISTRATIVO - MARANHÃO PROFISSIONAL - COORDENAÇÃO REGIONAL: WALTER ALENCAR - www.professorwalteralencar.com - C E EDISON LOBÃO - ~SÃO JOÃO DOS PATOS/MA

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
612
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
184
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
24
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula aux. adm infor 5

  1. 1. CURSO DE AUXILIAR DE CONTABILIDADEProfº ALDEIR LOPESCOORDENADOR REGIONAL– Prof. Walter Alencar www.professorwalteralencar.com
  2. 2. Prof.º Fabrizio BaroniAux. Adm/ Infor - 6COMUNICAÇÃO INTERNAEINTERPESSOAL NASORGANIZAÇÕESCOORDENADOR REGIONAL– Prof. Walter Alencar www.professorwalteralencar.com
  3. 3. Conteúdos AbordadosComo e por que planejar?Estrutura organizacional•COMUNICAÇÃO INTERNA E INTERPESSOAL NAS ORGANIZAÇÕESO que é comunicação organizacional?Tipos de comunicaçãoObjetivos da comunicação nas empresasComunicação Interpessoal•INFORMÁTICAHardware e SoftwareArquitetura do ComputadorPeriféricos do computadorUnidades de entrada e saídaSistemas OperacionaisTecladoCOORDENADOR REGIONAL– Prof. Walter Alencar www.professorwalteralencar.com
  4. 4. Como e por que planejar?O planejamento deve ser feito a partir deum plano racional e flexível estabelecido eorientado pelos gestores da empresa, naforma de efetuá-lo, com a utilização derecursos financeiros, materiais e humanos,os prazos para cumprimento, e, osresultados que se esperam.COORDENADOR REGIONAL– Prof. Walter Alencar www.professorwalteralencar.com
  5. 5. O objetivo do planejamento está emcontrolar e determinar padrões, manteras atividades dentro desses padrões eutilizar ações de correção quando osprocessos fogem do padrão.Planejar é um processo no qual se identifica aonde se querchegar (uma situação ou um estado), para definir como chegarlá, da forma mais eficiente possível.COORDENADOR REGIONAL– Prof. Walter Alencar www.professorwalteralencar.com
  6. 6. Tipos de planejamentoO planejamento pode ser de curto ou de longo prazo,pode envolver toda a empresa ou apenas uma tarefa, podeser universal ou detalhado.COORDENADOR REGIONAL– Prof. Walter Alencar www.professorwalteralencar.com
  7. 7. O que é comunicação organizacionalA comunicação envolve as funções e osaspectos dos processos comunicativos naempresa e em seu dia-a-dia.linguagens orais, corporais e escritascomo instrumento de interação eintegração.COORDENADOR REGIONAL– Prof. Walter Alencar www.professorwalteralencar.com
  8. 8. Transmissão da mensagemA comunicação se divide em:comunicação verbal ecomunicação não verbal.COORDENADOR REGIONAL– Prof. Walter Alencar www.professorwalteralencar.com
  9. 9. A comunicação verbal envolve participação,transmissão e trocas de conhecimento eexperiências.Interna, quando o processo acontece dentroda empresa e externa, quando o processoultrapassa os limites da empresa.COMUNICAÇÃO VERBAL E NÃOVERBALCOORDENADOR REGIONAL– Prof. Walter Alencar www.professorwalteralencar.com
  10. 10. Quanto à transmissão da mensagem, a comunicaçãoocorre de duas formas: oral e escrita.Para se ter ideia da importância dascomunicações orais, basta lembrar que elasestão no centro dos problemas derelacionamento entre setores ou na raizdas soluções de integração entrefuncionário ou estes e seus superiores.COORDENADOR REGIONAL– Prof. Walter Alencar www.professorwalteralencar.com
  11. 11. O propósito deste tipo de informação éexprimir sentimentos sem usar a palavra.Exemplo: balançar a cabeça para indicarum “sim”, levantar o polegar para indicarque está tudo bem.COMUNICAÇÃO NÃO VERBALCOORDENADOR REGIONAL– Prof. Walter Alencar www.professorwalteralencar.com
  12. 12. A comunicação organizacionalTornar importantes, informados e integrados todos osfuncionários da empresa;Possibilitar aos colaboradores de uma empresa oconhecimento das transformações ocorridas no ambientede trabalho;Tornar determinante a presença dos colaboradores deuma organização no andamento dos negócios.Facilitar a comunicação empresarial, deixando-a clara eobjetiva para o público interno.COORDENADOR REGIONAL– Prof. Walter Alencar www.professorwalteralencar.com
  13. 13. COMUNICAÇÃO X GLOBALIZAÇÃOCOORDENADOR REGIONAL– Prof. Walter Alencar www.professorwalteralencar.com
  14. 14. Em pleno século XXI faz-se necessário entender acomplexidade que envolve a informação e os processoscomunicacionais na gestão estratégica das organizações,devido ao novo perfil dos profissionais em que o ritmo émais acelerado se comparado ao século passado.COORDENADOR REGIONAL– Prof. Walter Alencar www.professorwalteralencar.com
  15. 15. A comunicação se realiza em três etapas:EMISSOR > MENSAGEM > RECEPTOR• EMISSOR : qualquer ser capaz de produzir e transmitiruma mensagem;• MENSAGEM: qualquer coisa que o emissor envie coma finalidade de passar informações;• RECEPTOR : qualquer ser capaz de receber einterpretar essa mensagem.COORDENADOR REGIONAL– Prof. Walter Alencar www.professorwalteralencar.com
  16. 16. COMUNICAÇÃO INTERPESSOALComunicação interpessoal é a maneira comovocê se comunica e se relaciona com aspessoas à sua volta.COORDENADOR REGIONAL– Prof. Walter Alencar www.professorwalteralencar.com
  17. 17. A forma como você reage às pessoas, comovocê interage com elas, suas emoções, ações eatitudes quanto às pessoas o qual você serelaciona é o seu relacionamento interpessoal.COORDENADOR REGIONAL– Prof. Walter Alencar www.professorwalteralencar.com
  18. 18. Profissional proativo é o profissional que toma ainiciativa, que não faz somente o seu trabalho rotineiroe sim busca soluções para situações que poderiam virarfuturos problemas.Profissional perspicaz é aquele que está sempreatento as situações dentro da empresa, tem rapidez decompreensão dos fatos.COORDENADOR REGIONAL– Prof. Walter Alencar www.professorwalteralencar.com
  19. 19. ATIVIDADE1 - Comunicação não verbal se caracteriza:a)Transmissão da mensagem falando.b)Exprimir sentimentos conversando.c)Transmitir sentimento por textos.d)Exprimir sentimentos sem usar a palavraCOORDENADOR REGIONAL– Prof. Walter Alencar www.professorwalteralencar.com
  20. 20. 2- Podemos considerar como meio facilitador dacomunicação:a)Mensagemb)organizaçãoc)informaçãod)ansiedadeCOORDENADOR REGIONAL– Prof. Walter Alencar www.professorwalteralencar.com
  21. 21. 3 – Receptor é:a)Quem passa a mensagemb)Quem recebe e interpreta a mensagem.c)A própria mensagemd)Quem escreve a mensagemCOORDENADOR REGIONAL– Prof. Walter Alencar www.professorwalteralencar.com
  22. 22. INFORMÁTICACOORDENADOR REGIONAL– Prof. Walter Alencar www.professorwalteralencar.com
  23. 23. Hardware e SoftwareTodo o equipamento físico da informática, que pode ser tocado.Exemplo: Monitor, mouse, teclado, gabinete, impressora,disquete, etc.Classificamos o hardware em:• CPU• Memórias• Dispositivos periféricos• Unidades de armazenamentoCOORDENADOR REGIONAL– Prof. Walter Alencar www.professorwalteralencar.com
  24. 24. Software também é o nome dado ao comportamento exibidopor essa sequência de instruções quando executada em umcomputador ou seja todas as informações processadas nocomputador.COORDENADOR REGIONAL– Prof. Walter Alencar www.professorwalteralencar.com
  25. 25. PERIFÉRICOSCOORDENADOR REGIONAL– Prof. Walter Alencar www.professorwalteralencar.com
  26. 26. COORDENADOR REGIONAL– Prof. Walter Alencar www.professorwalteralencar.com
  27. 27. software de sistema é um programa ou um conjunto deprogramas cuja função é gerenciar os recursos dosistema.Windows;Linux;Mac OSSISTEMA OPERACIONALCOORDENADOR REGIONAL– Prof. Walter Alencar www.professorwalteralencar.com
  28. 28. O TECLADOO teclado de computador é um tipo deperiférico utilizado pelo usuário para aentrada manual no sistema de dados ecomandos. Possui teclas representandoletras, números, símbolos e outrasfunções, baseado no modelo de tecladodas antigas máquinas de escreverCOORDENADOR REGIONAL– Prof. Walter Alencar www.professorwalteralencar.com
  29. 29. Alt: (ALTernate) É uma tecla modificadora. Sozinha não faz nada.Devemos mantê-la apertada enquanto pressionamos outra teclapara que ela modifique a função da outra tecla.Back space: Com ela apagamos o caractere que está à esquerdado cursor de texto.Caps Lock: É a tecla para fixar maiúsculas. Ativando CAPS LOCK otexto digitado sai todo em maiúsculas.Control: ou Ctrl. É uma tecla modificadora. Sozinha não faznada. Segure CTRL apertada enquanto pressiona outra tecla.COORDENADOR REGIONAL– Prof. Walter Alencar www.professorwalteralencar.com
  30. 30. Delete: ou Del. A função desta tecla é apagar, excluirEnd: Em geral esta tecla leva o cursor de texto para o fim dalinha.Enter: ou Return. É a tecla para confirmar comandos e paracriar linha nova nos textos.Esc: ou Escape. É a tecla para cancelar a operação emandamento no computador ou para voltar ao passo anteriorHome: Em geral esta tecla manda o cursor de texto para oinício da linha.COORDENADOR REGIONAL– Prof. Walter Alencar www.professorwalteralencar.com
  31. 31. Insert: ou Ins. Geralmente esta tecla é usada por programas detexto. Ela alterna entre o modo inserção e o modosobreposição. O modo inserção acrescenta caracteres novos nomeio de um texto existente sem apagar o que já foi digitadoNum Lock: É do tipo liga/desliga. Quando seu led está aceso oteclado numérico fica ativo.Page Up: Nos programas de texto, esta tecla movimenta o textopara baixo, exibindo o texto que estava oculto na parte superiorda tela.Page Up: Nos programas de texto, esta tecla movimenta o textopara baixo, exibindo o texto que estava oculto na parte superiorda tela.COORDENADOR REGIONAL– Prof. Walter Alencar www.professorwalteralencar.com
  32. 32. Pause Break: No sistema DOS, esta tecla interrompetemporariamente a execução de um comando ou programaPrint Screen: No sistema DOS apertando esta tecla enviamoso conteúdo da tela para a impressoraScroll Lock: É do tipo liga/desliga. É usada para ativar edesativar o uso do teclado numérico para rolagem de páginas.Shift: É uma tecla modificadora. Mantenha SHIFT pressionadaenquanto pressiona outra tecla.Setas de rolagem: Em geral estas teclas movimentam o cursordentro de um texto nas quatro direções possíveis: para cima,para baixo, para esquerda ou para direitaCOORDENADOR REGIONAL– Prof. Walter Alencar www.professorwalteralencar.com
  33. 33. Tab: (TABulate). É a tecla de tabulação. Quando estiverdigitando texto pressione TAB para saltar até a próxima marcade tabulação do texto.Teclas de função: (F1, F2, F3, … F12) São teclas sem funçãoespecífica mas que podem ser usadas pelos programadorespara funções especiaisCOORDENADOR REGIONAL– Prof. Walter Alencar www.professorwalteralencar.com

×