SlideShare uma empresa Scribd logo

Industrialização brasileira

Professora Verônica Santos
Professora Verônica Santos
Professora Verônica SantosProfessora de Geografia

Processo de Industrialização Brasileira: características e consequências

Industrialização brasileira

1 de 13
Baixar para ler offline
INDUSTRIALIZAÇÃO
BRASILEIRA
TARDIA – ATRASADA – DEPENDENTE - CONCENTRADA
DE 1500 AO SÉCULO XX
• PERÍODO COLONIAL: Pacto Colonial;
• 1808: Surto de industrialização:
 Permissão para a instalação de industrias de tecido;
 Importação de matérias-primas industriais, isentos de impostos.
• PEQUENO MERCADO INTERNO NÃO FAVORECEU ESSE INCIPIENTE
PROCESSO.
ECONOMIA CAFEEIRA E A “REVOLUÇÃO INDUSTRIAL” BRASILEIRA
Século XIX, O ponta pé inicial:
• Início do processo de urbanização;
• Capital excedente para investimento na atividade industrial
• Imigração: mdo experimentada na indústria; conhecimento técnico;
consumidores
• Abolição  mercado consumidor
• Industrias de bens de consumo duráveis e não duráveis para mercado interno.
• Economia estruturada ainda na agroexportação, sob sistema de plantation
Mercado consumidor
ECONOMIA CAFEEIRA E A “REVOLUÇÃO INDUSTRIAL” BRASILEIRA
Século XX, o desenvolvimento industrial
“1ª Revolução Industrial”
• Crise de 1929: redução das importações e das exportações
• Era Vargas: Necessária Substituição de Importações, estímulo e favorecimento dos
empresariado nacional que investia no setor industrial:
 importação de máquinas e equipamentos industriais;
 taxação sob produtos importados;
 Estabelecimento de Infraestrutura industrial: mp; energia, transporte e comunicação.
• Industrias de bens de consumo duráveis e Industria de Bens de Produção.
• Crescente urbanização
ECONOMIA CAFEEIRA E A “REVOLUÇÃO INDUSTRIAL” BRASILEIRA
Século XX, o desenvolvimento industrial
“2ª Revolução Industrial”
• 2ª Guerra Mundial: redução das importações e das exportações
• Era JK: Necessária Modernização, estímulo e favorecimento dos empresariado estrangeiros
 multinacionais estrangeiras
 Investimento estatal em infraestrutura para atender as necessidades das multinacionais
que passaram a se instalar no país: mp industrial; energia, transporte (viário)
 Incentivo ao êxodo rural: mdo e mercado consumidor  Urbanização rápida e sem
planejamento
ECONOMIA CAFEEIRA E A “REVOLUÇÃO INDUSTRIAL” BRASILEIRA
 bancarrota das industrias nacionais de
bens de consumo;
• Capital Nacional: Construção civil;
hidrelétricas; bens de produção;
• Capital estrangeiro: Bens de Capital e
Bens de Consumo
• São Paulo: Polo Industrial brasileiro -
ABCD / Santos-Cubatão
Anúncio

Recomendados

Cap. 5 - A urbanização brasileira
Cap. 5 - A urbanização brasileiraCap. 5 - A urbanização brasileira
Cap. 5 - A urbanização brasileiraprofacacio
 
Geografia o espaco rural brasileiro
Geografia   o espaco rural brasileiroGeografia   o espaco rural brasileiro
Geografia o espaco rural brasileiroGustavo Soares
 
Geografia formaçao do territorio brasileiro
Geografia   formaçao do territorio brasileiroGeografia   formaçao do territorio brasileiro
Geografia formaçao do territorio brasileiroGustavo Soares
 
Agropecuária geral e do brasil
Agropecuária   geral e do brasilAgropecuária   geral e do brasil
Agropecuária geral e do brasilProfessor
 
Organização e formação do espaço brasileiro
Organização e formação do espaço brasileiroOrganização e formação do espaço brasileiro
Organização e formação do espaço brasileiroJane Mary Lima Castro
 
Geografia os ciclos economicos do brasil e sua relacao com a dinamica de oc...
Geografia   os ciclos economicos do brasil e sua relacao com a dinamica de oc...Geografia   os ciclos economicos do brasil e sua relacao com a dinamica de oc...
Geografia os ciclos economicos do brasil e sua relacao com a dinamica de oc...Gustavo Soares
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

O Espaço Rural no Brasil - 7º Ano (2017)
O Espaço Rural no Brasil - 7º Ano (2017)O Espaço Rural no Brasil - 7º Ano (2017)
O Espaço Rural no Brasil - 7º Ano (2017)Nefer19
 
Modulo 12 - América Latina - a produção econômica
Modulo 12 - América Latina - a produção econômicaModulo 12 - América Latina - a produção econômica
Modulo 12 - América Latina - a produção econômicaClaudio Henrique Ramos Sales
 
Cap. 3 - População brasileira (7º ano)
Cap. 3 - População brasileira (7º ano)Cap. 3 - População brasileira (7º ano)
Cap. 3 - População brasileira (7º ano)profacacio
 
Industrialização e urbanização brasileira 7 ano
Industrialização e urbanização brasileira 7 anoIndustrialização e urbanização brasileira 7 ano
Industrialização e urbanização brasileira 7 anoEponina Alencar
 
Movimentos migratórios no brasil
Movimentos migratórios no brasilMovimentos migratórios no brasil
Movimentos migratórios no brasilFernanda Lopes
 
O espaço industrial brasileiro
O espaço industrial brasileiroO espaço industrial brasileiro
O espaço industrial brasileiroFernanda Lopes
 
Industrialização mundial
Industrialização mundialIndustrialização mundial
Industrialização mundialArtur Lara
 
Geografia a dinamica da populacao mundial de acordo com as teorias populaci...
Geografia   a dinamica da populacao mundial de acordo com as teorias populaci...Geografia   a dinamica da populacao mundial de acordo com as teorias populaci...
Geografia a dinamica da populacao mundial de acordo com as teorias populaci...Gustavo Soares
 
Extensão, localização e regionalização do território brasileiro
Extensão, localização e regionalização do território brasileiroExtensão, localização e regionalização do território brasileiro
Extensão, localização e regionalização do território brasileiroMarco Santos
 
Localização geográfica do brasil
Localização geográfica do brasilLocalização geográfica do brasil
Localização geográfica do brasilguiodrumond
 
7º ano aula 05 Industrialização Brasileira (2).pptx
7º ano aula 05 Industrialização Brasileira (2).pptx7º ano aula 05 Industrialização Brasileira (2).pptx
7º ano aula 05 Industrialização Brasileira (2).pptxMoissProfGeo
 
Slides população (1)
Slides população (1)Slides população (1)
Slides população (1)terceirob
 

Mais procurados (20)

O Espaço Rural no Brasil - 7º Ano (2017)
O Espaço Rural no Brasil - 7º Ano (2017)O Espaço Rural no Brasil - 7º Ano (2017)
O Espaço Rural no Brasil - 7º Ano (2017)
 
Demografia
DemografiaDemografia
Demografia
 
Modulo 12 - América Latina - a produção econômica
Modulo 12 - América Latina - a produção econômicaModulo 12 - América Latina - a produção econômica
Modulo 12 - América Latina - a produção econômica
 
População do brasil
População do brasilPopulação do brasil
População do brasil
 
Cap. 3 - População brasileira (7º ano)
Cap. 3 - População brasileira (7º ano)Cap. 3 - População brasileira (7º ano)
Cap. 3 - População brasileira (7º ano)
 
Industrialização e urbanização brasileira 7 ano
Industrialização e urbanização brasileira 7 anoIndustrialização e urbanização brasileira 7 ano
Industrialização e urbanização brasileira 7 ano
 
Populaçao mundial
Populaçao mundialPopulaçao mundial
Populaçao mundial
 
Relevo
RelevoRelevo
Relevo
 
Movimentos migratórios no brasil
Movimentos migratórios no brasilMovimentos migratórios no brasil
Movimentos migratórios no brasil
 
O espaço industrial brasileiro
O espaço industrial brasileiroO espaço industrial brasileiro
O espaço industrial brasileiro
 
Industrialização mundial
Industrialização mundialIndustrialização mundial
Industrialização mundial
 
Geografia a dinamica da populacao mundial de acordo com as teorias populaci...
Geografia   a dinamica da populacao mundial de acordo com as teorias populaci...Geografia   a dinamica da populacao mundial de acordo com as teorias populaci...
Geografia a dinamica da populacao mundial de acordo com as teorias populaci...
 
Urbanização
UrbanizaçãoUrbanização
Urbanização
 
Relevo brasileiro
Relevo brasileiroRelevo brasileiro
Relevo brasileiro
 
Geografia continente africano
Geografia   continente africanoGeografia   continente africano
Geografia continente africano
 
CONTINENTE AFRICANO
CONTINENTE AFRICANOCONTINENTE AFRICANO
CONTINENTE AFRICANO
 
Extensão, localização e regionalização do território brasileiro
Extensão, localização e regionalização do território brasileiroExtensão, localização e regionalização do território brasileiro
Extensão, localização e regionalização do território brasileiro
 
Localização geográfica do brasil
Localização geográfica do brasilLocalização geográfica do brasil
Localização geográfica do brasil
 
7º ano aula 05 Industrialização Brasileira (2).pptx
7º ano aula 05 Industrialização Brasileira (2).pptx7º ano aula 05 Industrialização Brasileira (2).pptx
7º ano aula 05 Industrialização Brasileira (2).pptx
 
Slides população (1)
Slides população (1)Slides população (1)
Slides população (1)
 

Destaque

Orientação coordenadas e projeções cartográficas
Orientação coordenadas e projeções cartográficasOrientação coordenadas e projeções cartográficas
Orientação coordenadas e projeções cartográficasProfessora Verônica Santos
 

Destaque (20)

Urbanização brasileira
Urbanização brasileiraUrbanização brasileira
Urbanização brasileira
 
Estrutura urbana
Estrutura urbanaEstrutura urbana
Estrutura urbana
 
O Espaço Urbano mundial
O Espaço Urbano mundialO Espaço Urbano mundial
O Espaço Urbano mundial
 
Industrialização
IndustrializaçãoIndustrialização
Industrialização
 
Formação da Terra e o Tectonismo
Formação da Terra e o TectonismoFormação da Terra e o Tectonismo
Formação da Terra e o Tectonismo
 
Sociedade e Economia
Sociedade e EconomiaSociedade e Economia
Sociedade e Economia
 
Formação geológica brasileira
Formação geológica brasileiraFormação geológica brasileira
Formação geológica brasileira
 
Orientação coordenadas e projeções cartográficas
Orientação coordenadas e projeções cartográficasOrientação coordenadas e projeções cartográficas
Orientação coordenadas e projeções cartográficas
 
Choque de civilizações?
Choque de civilizações?Choque de civilizações?
Choque de civilizações?
 
Planeta Terra: Movimentos e fuso horário
Planeta Terra: Movimentos e fuso horárioPlaneta Terra: Movimentos e fuso horário
Planeta Terra: Movimentos e fuso horário
 
A questão geopolítica da ucrânia
A questão geopolítica da ucrâniaA questão geopolítica da ucrânia
A questão geopolítica da ucrânia
 
Estudos Demográficos
Estudos DemográficosEstudos Demográficos
Estudos Demográficos
 
Litosfera e a Formação de Relevo
Litosfera e a Formação de RelevoLitosfera e a Formação de Relevo
Litosfera e a Formação de Relevo
 
Aulão enem
Aulão enemAulão enem
Aulão enem
 
A industrializaçao dos países do sul
A industrializaçao dos países do sulA industrializaçao dos países do sul
A industrializaçao dos países do sul
 
Geografia política e geopolítica
Geografia política e geopolíticaGeografia política e geopolítica
Geografia política e geopolítica
 
Organização e estrutura do Estado
Organização e estrutura do EstadoOrganização e estrutura do Estado
Organização e estrutura do Estado
 
Recursos naturais e a exploração humana
Recursos naturais e a exploração humanaRecursos naturais e a exploração humana
Recursos naturais e a exploração humana
 
Biomas e domínios brasileiros I
Biomas e domínios brasileiros IBiomas e domínios brasileiros I
Biomas e domínios brasileiros I
 
Recursos naturais e a exploração humana
Recursos naturais e a exploração humanaRecursos naturais e a exploração humana
Recursos naturais e a exploração humana
 

Semelhante a Industrialização brasileira

Industrialização brasileira (3) (2)
Industrialização brasileira (3) (2)Industrialização brasileira (3) (2)
Industrialização brasileira (3) (2)Thiago Pereira
 
Indústria brasileira
Indústria brasileiraIndústria brasileira
Indústria brasileiradobtumblr
 
Industria brasileira 2
Industria brasileira 2Industria brasileira 2
Industria brasileira 2Sílvia Almada
 
Industrializaçao no brasil
Industrializaçao no brasilIndustrializaçao no brasil
Industrializaçao no brasilMoacir E Nalin
 
Aula 1 e 2 - TEÓRICA - Aut. Ind. (PIE) - ENG - 6 NA
Aula 1 e 2 - TEÓRICA - Aut. Ind. (PIE) - ENG - 6 NAAula 1 e 2 - TEÓRICA - Aut. Ind. (PIE) - ENG - 6 NA
Aula 1 e 2 - TEÓRICA - Aut. Ind. (PIE) - ENG - 6 NACloves da Rocha
 
Atividades economicas do brasil
Atividades economicas do brasilAtividades economicas do brasil
Atividades economicas do brasilBruna Azevedo
 
PARTE 2 da AULA 1 - industria brasileira
PARTE 2 da AULA 1 -  industria brasileiraPARTE 2 da AULA 1 -  industria brasileira
PARTE 2 da AULA 1 - industria brasileiraCADUCOC1
 
Industrialização+brasileira 1
Industrialização+brasileira 1Industrialização+brasileira 1
Industrialização+brasileira 1eunamahcado
 
Industrialização brasileira (3) (1)
Industrialização brasileira (3) (1)Industrialização brasileira (3) (1)
Industrialização brasileira (3) (1)Thiago Pereira
 
A grande concentração industrial na região sudeste
A grande concentração industrial na região sudesteA grande concentração industrial na região sudeste
A grande concentração industrial na região sudesteRosemildo Lima
 
Industrialização brasileira
Industrialização brasileiraIndustrialização brasileira
Industrialização brasileiraflornomandacaru
 
A INDUSTRIALIZAÇÃO BRASILEIRA
A INDUSTRIALIZAÇÃO BRASILEIRAA INDUSTRIALIZAÇÃO BRASILEIRA
A INDUSTRIALIZAÇÃO BRASILEIRANinho Cristo
 
Industrializacao Brasileira
Industrializacao BrasileiraIndustrializacao Brasileira
Industrializacao Brasileirahsjval
 
(Brasil) Industrialização e desenvolvimento econômico
(Brasil) Industrialização e desenvolvimento econômico(Brasil) Industrialização e desenvolvimento econômico
(Brasil) Industrialização e desenvolvimento econômicoFabíola de Medeiros
 
Pátria amada e a globalização
Pátria amada e a globalizaçãoPátria amada e a globalização
Pátria amada e a globalizaçãoVinicius Coelho
 
Indústria no brasil
Indústria no brasilIndústria no brasil
Indústria no brasilWander Junior
 
Aula industrialização e_transformações-territoriais_do_brasil_13-11-2013
Aula industrialização e_transformações-territoriais_do_brasil_13-11-2013Aula industrialização e_transformações-territoriais_do_brasil_13-11-2013
Aula industrialização e_transformações-territoriais_do_brasil_13-11-2013Antonio Pessoa
 
Economia no Governo Militar
Economia no Governo MilitarEconomia no Governo Militar
Economia no Governo MilitarGustavo Borges
 
A industrialização no Brasil - Material completo
A industrialização no Brasil - Material completoA industrialização no Brasil - Material completo
A industrialização no Brasil - Material completoAna Maciel
 

Semelhante a Industrialização brasileira (20)

Industrialização brasileira (3) (2)
Industrialização brasileira (3) (2)Industrialização brasileira (3) (2)
Industrialização brasileira (3) (2)
 
Indústria brasileira
Indústria brasileiraIndústria brasileira
Indústria brasileira
 
Industria brasileira 2
Industria brasileira 2Industria brasileira 2
Industria brasileira 2
 
A indústria no brasil ifpe
A indústria no brasil ifpeA indústria no brasil ifpe
A indústria no brasil ifpe
 
Industrializaçao no brasil
Industrializaçao no brasilIndustrializaçao no brasil
Industrializaçao no brasil
 
Aula 1 e 2 - TEÓRICA - Aut. Ind. (PIE) - ENG - 6 NA
Aula 1 e 2 - TEÓRICA - Aut. Ind. (PIE) - ENG - 6 NAAula 1 e 2 - TEÓRICA - Aut. Ind. (PIE) - ENG - 6 NA
Aula 1 e 2 - TEÓRICA - Aut. Ind. (PIE) - ENG - 6 NA
 
Atividades economicas do brasil
Atividades economicas do brasilAtividades economicas do brasil
Atividades economicas do brasil
 
PARTE 2 da AULA 1 - industria brasileira
PARTE 2 da AULA 1 -  industria brasileiraPARTE 2 da AULA 1 -  industria brasileira
PARTE 2 da AULA 1 - industria brasileira
 
Industrialização+brasileira 1
Industrialização+brasileira 1Industrialização+brasileira 1
Industrialização+brasileira 1
 
Industrialização brasileira (3) (1)
Industrialização brasileira (3) (1)Industrialização brasileira (3) (1)
Industrialização brasileira (3) (1)
 
A grande concentração industrial na região sudeste
A grande concentração industrial na região sudesteA grande concentração industrial na região sudeste
A grande concentração industrial na região sudeste
 
Industrialização brasileira
Industrialização brasileiraIndustrialização brasileira
Industrialização brasileira
 
A INDUSTRIALIZAÇÃO BRASILEIRA
A INDUSTRIALIZAÇÃO BRASILEIRAA INDUSTRIALIZAÇÃO BRASILEIRA
A INDUSTRIALIZAÇÃO BRASILEIRA
 
Industrializacao Brasileira
Industrializacao BrasileiraIndustrializacao Brasileira
Industrializacao Brasileira
 
(Brasil) Industrialização e desenvolvimento econômico
(Brasil) Industrialização e desenvolvimento econômico(Brasil) Industrialização e desenvolvimento econômico
(Brasil) Industrialização e desenvolvimento econômico
 
Pátria amada e a globalização
Pátria amada e a globalizaçãoPátria amada e a globalização
Pátria amada e a globalização
 
Indústria no brasil
Indústria no brasilIndústria no brasil
Indústria no brasil
 
Aula industrialização e_transformações-territoriais_do_brasil_13-11-2013
Aula industrialização e_transformações-territoriais_do_brasil_13-11-2013Aula industrialização e_transformações-territoriais_do_brasil_13-11-2013
Aula industrialização e_transformações-territoriais_do_brasil_13-11-2013
 
Economia no Governo Militar
Economia no Governo MilitarEconomia no Governo Militar
Economia no Governo Militar
 
A industrialização no Brasil - Material completo
A industrialização no Brasil - Material completoA industrialização no Brasil - Material completo
A industrialização no Brasil - Material completo
 

Mais de Professora Verônica Santos (12)

Solo
SoloSolo
Solo
 
Fluxos migratórios
Fluxos migratóriosFluxos migratórios
Fluxos migratórios
 
Formação vegetal do mundo - Biomas Globais
Formação vegetal do mundo - Biomas GlobaisFormação vegetal do mundo - Biomas Globais
Formação vegetal do mundo - Biomas Globais
 
Formações vegetais I - Nomenclaturas
Formações vegetais I - NomenclaturasFormações vegetais I - Nomenclaturas
Formações vegetais I - Nomenclaturas
 
Formação do território brasileiro
Formação do território brasileiroFormação do território brasileiro
Formação do território brasileiro
 
Recursos minerais e energéticos no Brasil
Recursos minerais e energéticos no BrasilRecursos minerais e energéticos no Brasil
Recursos minerais e energéticos no Brasil
 
Recursos Minerais no Mundo e no Brasil
Recursos Minerais no Mundo e no BrasilRecursos Minerais no Mundo e no Brasil
Recursos Minerais no Mundo e no Brasil
 
Recursos Minerais no Mundo e no Brasil
Recursos Minerais no Mundo e no BrasilRecursos Minerais no Mundo e no Brasil
Recursos Minerais no Mundo e no Brasil
 
Rochas e solo
Rochas e soloRochas e solo
Rochas e solo
 
As Ordens Mundiais
As Ordens MundiaisAs Ordens Mundiais
As Ordens Mundiais
 
Desenvolvimento industrial e as revoluções Industriais
Desenvolvimento industrial e as revoluções IndustriaisDesenvolvimento industrial e as revoluções Industriais
Desenvolvimento industrial e as revoluções Industriais
 
Capitalismo e socialismo
Capitalismo e socialismoCapitalismo e socialismo
Capitalismo e socialismo
 

Último

Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...manoelaarmani
 
COMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIA
COMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIACOMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIA
COMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIAHisrelBlog
 
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 9º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 9º ANO.pdfPLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 9º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 9º ANO.pdfkeiciany
 
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!Psyc company
 
Apresentacao_Geral_Plataformas_200604.pdf
Apresentacao_Geral_Plataformas_200604.pdfApresentacao_Geral_Plataformas_200604.pdf
Apresentacao_Geral_Plataformas_200604.pdfAndreiaSilva852193
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...azulassessoriaacadem3
 
Q20 - Reações fotoquímicas.pdf
Q20 - Reações fotoquímicas.pdfQ20 - Reações fotoquímicas.pdf
Q20 - Reações fotoquímicas.pdfPedroGual4
 
CURRICULO ed integral.pdf
CURRICULO ed integral.pdfCURRICULO ed integral.pdf
CURRICULO ed integral.pdfdaniele690933
 
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...azulassessoriaacadem3
 
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...azulassessoriaacadem3
 
1. Ciente das novas dinâmicas do mundo do trabalho, você deve pesquisar e des...
1. Ciente das novas dinâmicas do mundo do trabalho, você deve pesquisar e des...1. Ciente das novas dinâmicas do mundo do trabalho, você deve pesquisar e des...
1. Ciente das novas dinâmicas do mundo do trabalho, você deve pesquisar e des...azulassessoriaacadem3
 
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...manoelaarmani
 
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...manoelaarmani
 
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.azulassessoriaacadem3
 
Cosmologia Modelo Matemático do Universo 5.pdf
Cosmologia Modelo Matemático do Universo 5.pdfCosmologia Modelo Matemático do Universo 5.pdf
Cosmologia Modelo Matemático do Universo 5.pdfalexandrerodriguespk
 
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...azulassessoriaacadem3
 
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.Jean Carlos Nunes Paixão
 
PROJETO DE EXTENSÃO I - SERVIÇO SOCIAL/SERVIÇO SOCIAL - BACHARELADO
PROJETO DE EXTENSÃO I - SERVIÇO SOCIAL/SERVIÇO SOCIAL - BACHARELADOPROJETO DE EXTENSÃO I - SERVIÇO SOCIAL/SERVIÇO SOCIAL - BACHARELADO
PROJETO DE EXTENSÃO I - SERVIÇO SOCIAL/SERVIÇO SOCIAL - BACHARELADOColaborar Educacional
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...azulassessoriaacadem3
 

Último (20)

Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
 
COMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIA
COMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIACOMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIA
COMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIA
 
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 9º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 9º ANO.pdfPLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 9º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 9º ANO.pdf
 
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
 
Apresentacao_Geral_Plataformas_200604.pdf
Apresentacao_Geral_Plataformas_200604.pdfApresentacao_Geral_Plataformas_200604.pdf
Apresentacao_Geral_Plataformas_200604.pdf
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
 
Q20 - Reações fotoquímicas.pdf
Q20 - Reações fotoquímicas.pdfQ20 - Reações fotoquímicas.pdf
Q20 - Reações fotoquímicas.pdf
 
CURRICULO ed integral.pdf
CURRICULO ed integral.pdfCURRICULO ed integral.pdf
CURRICULO ed integral.pdf
 
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
 
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
 
1. Ciente das novas dinâmicas do mundo do trabalho, você deve pesquisar e des...
1. Ciente das novas dinâmicas do mundo do trabalho, você deve pesquisar e des...1. Ciente das novas dinâmicas do mundo do trabalho, você deve pesquisar e des...
1. Ciente das novas dinâmicas do mundo do trabalho, você deve pesquisar e des...
 
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...
 
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...
 
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.
 
Cosmologia Modelo Matemático do Universo 5.pdf
Cosmologia Modelo Matemático do Universo 5.pdfCosmologia Modelo Matemático do Universo 5.pdf
Cosmologia Modelo Matemático do Universo 5.pdf
 
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
 
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
 
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
 
PROJETO DE EXTENSÃO I - SERVIÇO SOCIAL/SERVIÇO SOCIAL - BACHARELADO
PROJETO DE EXTENSÃO I - SERVIÇO SOCIAL/SERVIÇO SOCIAL - BACHARELADOPROJETO DE EXTENSÃO I - SERVIÇO SOCIAL/SERVIÇO SOCIAL - BACHARELADO
PROJETO DE EXTENSÃO I - SERVIÇO SOCIAL/SERVIÇO SOCIAL - BACHARELADO
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
 

Industrialização brasileira

  • 2. DE 1500 AO SÉCULO XX • PERÍODO COLONIAL: Pacto Colonial; • 1808: Surto de industrialização:  Permissão para a instalação de industrias de tecido;  Importação de matérias-primas industriais, isentos de impostos. • PEQUENO MERCADO INTERNO NÃO FAVORECEU ESSE INCIPIENTE PROCESSO.
  • 3. ECONOMIA CAFEEIRA E A “REVOLUÇÃO INDUSTRIAL” BRASILEIRA Século XIX, O ponta pé inicial: • Início do processo de urbanização; • Capital excedente para investimento na atividade industrial • Imigração: mdo experimentada na indústria; conhecimento técnico; consumidores • Abolição  mercado consumidor • Industrias de bens de consumo duráveis e não duráveis para mercado interno. • Economia estruturada ainda na agroexportação, sob sistema de plantation Mercado consumidor
  • 4. ECONOMIA CAFEEIRA E A “REVOLUÇÃO INDUSTRIAL” BRASILEIRA Século XX, o desenvolvimento industrial “1ª Revolução Industrial” • Crise de 1929: redução das importações e das exportações • Era Vargas: Necessária Substituição de Importações, estímulo e favorecimento dos empresariado nacional que investia no setor industrial:  importação de máquinas e equipamentos industriais;  taxação sob produtos importados;  Estabelecimento de Infraestrutura industrial: mp; energia, transporte e comunicação. • Industrias de bens de consumo duráveis e Industria de Bens de Produção. • Crescente urbanização
  • 5. ECONOMIA CAFEEIRA E A “REVOLUÇÃO INDUSTRIAL” BRASILEIRA Século XX, o desenvolvimento industrial “2ª Revolução Industrial” • 2ª Guerra Mundial: redução das importações e das exportações • Era JK: Necessária Modernização, estímulo e favorecimento dos empresariado estrangeiros  multinacionais estrangeiras  Investimento estatal em infraestrutura para atender as necessidades das multinacionais que passaram a se instalar no país: mp industrial; energia, transporte (viário)  Incentivo ao êxodo rural: mdo e mercado consumidor  Urbanização rápida e sem planejamento
  • 6. ECONOMIA CAFEEIRA E A “REVOLUÇÃO INDUSTRIAL” BRASILEIRA  bancarrota das industrias nacionais de bens de consumo; • Capital Nacional: Construção civil; hidrelétricas; bens de produção; • Capital estrangeiro: Bens de Capital e Bens de Consumo • São Paulo: Polo Industrial brasileiro - ABCD / Santos-Cubatão
  • 7. OS ANOS DO “MILAGRE” 1960 -1970: • Conjuntura externa favorável: recursos financeiros disponíveis  grandes empréstimos externos • Política de arrocho salarial  atração de IED; • Intensa urbanização  mercado interno em expansão • Aumento das exportações de diversos produtos; • Capital Nacional: indústrias extrativas, energia, comunicação, de bens de produção e bens de capital; • Capital Estrangeiro: Bens de Capital e Bens de Consumo • Desenvolvimento Industrial baseado em grandes empréstimos internacionais... 1970-1980: redução dos investimentos; aumento dos gastos com petróleo; queda dos preços de mp  crise.
  • 8. OS ANOS DO “MILAGRE”
  • 9. GLOBALIZAÇÃO, NEOLIBERALISMO E ATUAL INDUSTRIALIZAÇÃO 1990: • Política de privatizações, recomendadas pelos FMI/Banco Mundial (Consenso de Washington) “Os neoliberais argumentavam que as empresas estatais davam prejuízos, eram ineficientes e pouco competitivas; que a venda dessas empresas diminuiria os gastos do governo, traria receita para ser aplicada [na estruturação dos IED e na redução da dívida pública]; que a presença de mais empresas privadas aumentaria a competição no mercado, forçando a diminuição dos preços de produtos e serviços, beneficiando toda a população.” • Consequências: redução das receitas; dependência tecnológica e social; redução de patrimônio; desemprego; perda de garantias sociais; • Cerca de 165 empresas estatais foram privatizadas nesse período.
  • 10. GLOBALIZAÇÃO, NEOLIBERALISMO E ATUAL INDUSTRIALIZAÇÃO 1990: • Abertura irrestrita a IED  Falência de diversas indústrias nacionais; venda de outras e/ou associações/fusões com capital externo. • Plano real: falsa valorização da moeda frente ao dólar, o que acabou facilitando as importações; aumentando o consumo, reduzindo a inflação; elevação dos juros, garantindo a lucratividade empresarial e os investimentos especulativos.x Porém, aumentou as dívidas (interna e externa), dificultou as exportações, intensificou a desnacionalização industrial, provocou déficit crescente na balança comercial, ... (http://resistir.info/brasil/plano_real_20_anos.html)
  • 11. GLOBALIZAÇÃO, NEOLIBERALISMO E ATUAL INDUSTRIALIZAÇÃO “Apesar da barragem avassaladora dos meios de comunicação enaltecendo o Plano Real, muitos críticos já alertavam, desde o início, sobre as fragilidade e consequências desastrosas do Plano: a artificialidade da paridade cambial poderia levar à vulnerabilidade externa e a déficits na balança comercial, em consequência da valorização do real; a abertura da economia, realizada abruptamente, levaria à falência e desestruturação de vários setores da economia, por não terem tempo de se adaptar à nova conjuntura; e a elevação exagerada das taxas de juros, também levaria ao aumento do endividamento interno e do pagamento de juros, com impactos negativos no orçamento nacional. Esse conjunto de medidas certamente conduziria o País ao desemprego, à redução dos investimentos produtivos e, consequentemente, à queda no ritmo de crescimento da economia, como de fato aconteceu.” Edmilson Costa, Doutorado em economia pela Unicamp, com pós-doutorado no Instituto de Filosofia e Ciências Humanas da mesma instituição.
  • 12. GLOBALIZAÇÃO, NEOLIBERALISMO E ATUAL INDUSTRIALIZAÇÃO Anos 2000: • PPP’s: Parcerias Público-Privadas: aeroportos, estradas, portos, ferrovias...