Os climas e as paisagens naturais da américa.

8.357 visualizações

Publicada em

0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
8.357
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
260
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Os climas e as paisagens naturais da américa.

  1. 1. 8º ano capítulo 11 – Os climas e as paisagens vegetais na América ELIAN ALABI LUCCI ANSELMO LAZARO BRANCO Parte integrante da obra Geografia Homem e Espaço, Editora Saraiva Geografia Homem & Espaço
  2. 2. Zonas Climáticas da Terra Fonte: L’Environment. Paris: Nathan. p. 9 (adaptado). Parte integrante da obra Geografia Homem e Espaço, Editora Saraiva Observe o mapa.
  3. 3. Zona fria ou glacial ártica. Parte integrante da obra Geografia Homem e Espaço, Editora Saraiva Momatiuk-Eastcott/Corbis/LatinStock
  4. 4. Zona temperada norte. Parte integrante da obra Geografia Homem e Espaço, Editora Saraiva Joel V. Rogers/Corbis/LatinStock
  5. 5. Zona quente ou intertropical. Parte integrante da obra Geografia Homem e Espaço, Editora Saraiva Antonio Scorza/AFP Photo
  6. 6. • Qual tipo de informação o mapa apresenta? • Qual aspecto do continente americano o mapa e as ilustrações revelam? De que forma isso interfere na organização do espaço geográfico? • Em sua opinião, que relação há entre a grande extensão do continente americano e o clima? E quanto às paisagens vegetais? Parte integrante da obra Geografia Homem e Espaço, Editora Saraiva Conversa
  7. 7. O continente americano apresenta: • grande extensão territorial, • diferentes formas de relevo, • extensa costa oceânica. Que contribuem para a grande variedade climática e botânica. Entre os fatores que influenciam na formação dos climas do continente destacam-se: • latitude, • relevo, • correntes marítimas, • continentalidade. Parte integrante da obra Geografia Homem e Espaço, Editora Saraiva Fatores determinantes do clima do continente americano
  8. 8. As terras americanas ocupam quase toda a extensão norte-sul do globo, sendo atravessadas pelos grandes círculos, com exceção do círculo polar Antártico. Essa é uma das características do continente americano que explica a sua grande diversidade climática. À medida que nos afastamos do Equador as temperaturas vão diminuindo. ASSIM: Quanto maior a latitude, menor a temperatura. Parte integrante da obra Geografia Homem e Espaço, Editora Saraiva Latitude, relevo, correntes marítimas e continentalidade.
  9. 9. Em razão das diferenças de altitude e da disposição de suas formas. A disposição espacial das formas de relevo pode facilitar ou dificultar o deslocamento das massas de ar, que influenciam na distribuição da umidade e na mudança de temperatura. É a altitude que explica, por exemplo, as eternas neves dos Andes, em plena zona equatorial. Parte integrante da obra Geografia Homem e Espaço, Editora Saraiva O relevo também contribui para a grande variedade de climas e de paisagens vegetais na América.
  10. 10. Casa Paulistana Isso acontece porque a umidade trazida pelos ventos quentes do oeste, ao passar sobre as águas frias dessas correntes, resfria-se, condensa-se e se precipita em forma de chuva. Quando chegam ao continente, esses ventos já não carregam umidade suficiente para provocar chuvas. Essa influência é mais sensível no litoral do Pacífico, onde as correntes frias da Califórnia e de Humboldt são alguns dos fatores responsáveis pelo clima árido ou desértico. Parte integrante da obra Geografia Homem e Espaço, Editora Saraiva As correntes marítimas também exercem influência sobre o clima do continente americano.
  11. 11. Corrente fria do Labrador. Formada nas proximidades da Groenlândia. Influencia o clima: no inverno, ela determina as baixas temperaturas que congelam as águas dos rios e lagos da costa nordeste da América do Norte. Na porção meridional, a corrente das Falklands é um dos principais fatores responsáveis pelo clima semiárido da Patagônia. Parte integrante da obra Geografia Homem e Espaço, Editora Saraiva Litoral Atlântico
  12. 12. Mais acentuadamente no interior da América do Norte e da América do Sul. Acarreta a diminuição das chuvas e a maior amplitude térmica, própria dos climas continentais. Parte integrante da obra Geografia Homem e Espaço, Editora Saraiva Influência da continentalidade
  13. 13. Fonte: L’Environment. Paris: Nathan, 2000. p.9 (adaptado). Parte integrante da obra Geografia Homem e Espaço, Editora Saraiva Mário Yoshida América - Climas
  14. 14. Fonte: L’Environment. Paris: Nathan, 2000. p.9 (adaptado). Parte integrante da obra Geografia Homem e Espaço, Editora Saraiva Mário Yoshida América – Vegetação Original
  15. 15. • Que tipos de informação eles apresentam? • Compare atentamente os dois mapas. Existe, de modo geral, correspondência entre os tipos de vegetação original e os tipos de clima do continente? Justifique com exemplos. • Dê um exemplo de clima e de sua formação vegetal correspondente que ocorrem exclusivamente na América do Norte. Parte integrante da obra Geografia Homem e Espaço, Editora Saraiva Conversa
  16. 16. Apesar de predominar um ou outro fator estudado em uma ou em outra região, é a conjugação de todos os fatores que explica os diferentes tipos climáticos. Parte integrante da obra Geografia Homem e Espaço, Editora Saraiva Tipos de clima e paisagens vegetais do continente americano
  17. 17. • Presente nas altas latitudes do hemisfério Norte. • Principal característica são suas temperaturas baixíssimas. • Médias anuais de temperatura estão sempre abaixo de 0 °C. • Precipitações médias anuais são inferiores a 250 mm, sendo quase sempre na forma de neve. Não permite um maior desenvolvimento de vegetação, apenas durante alguns meses do ano desenvolve-se um tipo de vegetação chamado tundra. Duas importantes atividades são: caça e pesca. Parte integrante da obra Geografia Homem e Espaço, Editora Saraiva Clima polar
  18. 18. • Encontrado entre os 50° e 60° de latitude norte é menos rigoroso que o polar. • A temperatura média do mês mais quente é de 10 °C e, no inverno, cai para –10 °C. Floresta boreal, uma formação vegetal bastante homogênea, constituída predominantemente por coníferas. Momatiuk-Eastcott/Corbis/LatinStock • As precipitações pluviométricas variam de 250 a 1 000 mm anuais. Floresta Boreal no Canadá. Parte integrante da obra Geografia Homem e Espaço, Editora Saraiva Clima frio continental
  19. 19. A vicunha que vive nas encostas dos Andes. Apesar das baixíssimas temperaturas e da aridez do seu clima, as altas montanhas abrigam alguns animais de pequeno e médio porte. Parte integrante da obra Geografia Homem e Espaço, Editora Saraiva • Nas montanhas Rochosas, na cordilheira dos Andes e nas partes mais elevadas do planalto do México. • As temperaturas médias anuais oscilam entre 5 °C e 15 °C. • As precipitações pluviométricas médias anuais variam de 500 a 1 000 mm. Theo Allofs/Corbis/LatinStock Clima frio de montanha
  20. 20. • Apresenta as quatro estações do ano bem definidas. No litoral da América do Norte e no litoral do sul do Chile, encontra-se o clima temperado oceânico, que se caracteriza por inverno muito frio, verão ameno e chuvas bem distribuídas durante o ano. A vegetação característica desse tipo climático é a floresta temperada, cujas principais espécies são o carvalho, a faia, a bétula e alguns tipos de pinheiro. Nas planícies centrais da América do Norte encontra-se o clima temperado continental, com verões muito quentes, invernos bastante rigorosos, chuvas escassas e fortes precipitações de neve no inverno. Parte integrante da obra Geografia Homem e Espaço, Editora Saraiva Clima temperado
  21. 21. Essas áreas são intensamente aproveitadas para a atividade criatória e para o cultivo de cereais. Extração de madeira em floresta temperada, no Canadá. Parte integrante da obra Geografia Homem e Espaço, Editora Saraiva Na América do Sul, as estepes se estendem pelo Uruguai e pelo centro-norte da Argentina, numa região denominada pampa. Reuters/Richerd Clement/LatinStock Na porção central do Canadá e dos Estados Unidos, a vegetação original é formada de estepes, que, na região, recebem o nome de pradarias.
  22. 22. Floresta Amazônica. Seu principal exemplo é a densa floresta Amazônica. A grande biodiversidade dessa floresta é ameaçada pelas queimadas frequentes e pelos desmatamentos. Parte integrante da obra Geografia Homem e Espaço, Editora Saraiva • Ocorre na maior parte das terras banhadas pelos rios da bacia Amazônica. • As temperaturas médias anuais situam-se entre 24 °C a 27 ºC. • A pluviosidade é superior a 2.000 mm e pode ultrapassar 5.000 mm. • Sua paisagem vegetal mais abundante é a floresta equatorial. Andre Seale/Pulsar Imagens Clima equatorial
  23. 23. Abrange a parte meridional dos Estados Unidos, grande parte do México, a América Central ístmica e as Antilhas, e grande parte da América do Sul, principalmente o Brasil. Diferencia-se do equatorial por apresentar duas estações bem definidas: • a seca, que corresponde ao inverno, • a chuvosa, que corresponde ao verão. • Suas temperaturas oscilam entre 19 °C e 28 °C no decorrer do ano. • As médias anuais pluviométricas variam de 1.000 a 2.000 mm. Parte integrante da obra Geografia Homem e Espaço, Editora Saraiva Clima tropical
  24. 24. Destruição provocada pelo furacão Katrina em Nova Orleans, nos Estados Unidos, em 2005. Parte integrante da obra Geografia Homem e Espaço, Editora Saraiva A cidade de Nova Orleans. Estados Unidos, situada junto ao golfo do México, foi arrasada em 2005 pela força destruidora do furacão Katrina. David J. Phillip/epa/Corbis/LatinStock Na América Central e no golfo do México, o aquecimento das águas do Caribe provoca a ocorrência de fortes tempestades tropicais e de furacões de consequências devastadoras.
  25. 25. Floresta tropical na América Central. Nas regiões mais interiores, onde a umidade é menor, encontramos o cerrado no Brasil, vegetação arbustiva no litoral ocidental do México e da América Central ístmica e lhanos na Venezuela. Parte integrante da obra Geografia Homem e Espaço, Editora Saraiva Atlanti de Phototravel/Corbis/LatinStock Na Flórida, na América Central e no litoral oriental da América do Sul, a influência das massas de ar oceânicas provoca maior umidade, o que proporciona o desenvolvimento das florestas tropicais.
  26. 26. • no sudoeste dos Estados Unidos; • no norte do México; • em parte do litoral peruano; • no norte do Chile (deserto de Atacama); • no sul da Argentina (deserto da Patagônia). Deserto da Patagônia, na Argentina. Parte integrante da obra Geografia Homem e Espaço, Editora Saraiva Ocorre principalmente: Javier Etcheverry/Alamy/Other Images Clima desértico ou árido
  27. 27. Deserto de Atacama, no Chile. A vegetação das áreas de clima desértico é constituída por ervas e pequenos arbustos, sendo muito comum a presença de cactáceas. Parte integrante da obra Geografia Homem e Espaço, Editora Saraiva José Ramalho/Folha Imagem Apresenta grande variação de temperatura entre o dia e a noite, e chuvas escassas e mal-distribuídas.
  28. 28. Processo de desertificação em Santa Terezinha, na Paraíba. O clima semiárido abrange ainda o oeste dos Estados Unidos e o México, na periferia de suas áreas desérticas. A vegetação apresenta-se bastante esparsa, na forma de tufos de grama. Parte integrante da obra Geografia Homem e Espaço, Editora Saraiva • As temperaturas médias anuais são superiores a 25 °C. • As médias anuais de chuvas são muito irregulares. • No Nordeste brasileiro, o clima semiárido é encontrado em uma área de aproximadamente 1 milhão de km². • O tipo de vegetação é a caatinga. Antônio Ronaldo/Correio da Paraíba Clima semiárido
  29. 29. • Ocorre em zonas de transição, entre as áreas de domínio dos climas temperado e tropical. • Na América do Norte, ele é encontrado no sul e no sudeste. • Na América do Sul, na porção meridional do território brasileiro. • Suas temperaturas médias anuais oscilam entre 17 °C e 24 °C. • A pluviosidade média anual varia entre 1 300 e 2 000 mm. No Brasil, o tipo de vegetação que corresponde a esse clima é a mata de Araucária ou mata dos Pinhais. Essa floresta, de grande importância econômica para a indústria de móveis e de papel, vem sendo intensamente devastada. Parte integrante da obra Geografia Homem e Espaço, Editora Saraiva Clima subtropical
  30. 30. Está presente No litoral da Califórnia (EUA), e em alguns trechos do Chile. Suas temperaturas médias anuais variam entre 15 °C (meses mais frios) e 20 °C (meses mais quentes). O verão corresponde à estação seca, enquanto o inverno marca a estação das chuvas. A vegetação típica desse clima é a mediterrânea, que se caracteriza por árvores de pequeno porte e arbustos. Parte integrante da obra Geografia Homem e Espaço, Editora Saraiva Clima mediterrâneo
  31. 31. Mário Yoshida O uso da terra na América Fonte: Atlas 2000. La France et le Monde. Paris: Nathan, 1998. p.111 (adaptado). Parte integrante da obra Geografia Homem e Espaço, Editora Saraiva Observe o mapa.
  32. 32. • As áreas de terras não agrícolas correspondem a quais tipos de clima e vegetação? • É possível afirmar que as áreas de agropecuária e de criação extensiva estão associadas a determinado tipo de clima? Explique. Parte integrante da obra Geografia Homem e Espaço, Editora Saraiva Conversa
  33. 33. 8º ano capítulo 11 – Os climas e as paisagens vegetais na América ELIAN ALABI LUCCI ANSELMO LAZARO BRANCO Parte integrante da obra Geografia Homem e Espaço, Editora Saraiva Geografia Homem & Espaço

×