Manual de serviço cbr600 f(1) (~1997) cilindro

739 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
739
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
17
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Manual de serviço cbr600 f(1) (~1997) cilindro

  1. 1. CBR600F 11. CILINDRO/PISTÃO/ÁRVORE DE MANIVELAS INFORMAÇÕES DE SERVIÇO 11-1 DIAGNOSE DE DEFEITOS 11-2 ÁRVORE DE MANIVELAS 11-3 CILINDRO/PISTÃO/BIELA 11-7 ESPECIFICAÇÕES 11-1 INFORMAÇÕES DE SERVIÇO INSTRUÇÕES GERAIS • As carcaças do motor devem ser separadas para reparos na árvore de manivelas, pistão e cilindro. • Cuidado para não danificar os mancais durante a remoção e instalação da árvore de manivelas. • Cuidado para não danificar as paredes do cilindro durante a remoção e instalação do pistão/biela. • As bronzinas da biela e da árvore de manivelas são selecionadas através de código de cores. Utilize a tabela de seleção das bronzinas. Utililize o plastigauge para verificar a folga das bronzinas novas após a instalação. • Durante a desmontagem, marque e guarde as peças desmontadas para certificar-se de reinstalá-las em suas posições originais. • Aplique óleo a base de bisulfeto de molibdênio nos mancais e pinos da árvore de manivelas durante a montagem. • Remova todo excesso de depósitos de carvão da cabeça do pistão ou na câmara de combustão durante a desmontagem. Item Padrão Limite de Uso Cilindro Diâmetro interno 65,000 - 65,015 65,10 Conicidade — 0,10 Ovalização — 0,10 Empenamento no topo — 0,10 Pistão, pino Direção da marca do pistão Marca “IN” voltada para o – do pistão e anéis lado de admissão Diâmetro externo do pistão 64,970-64,990 64,90 Diâmetro interno do alojamento do pino do pistão 17,002-17,008 17,02 Folga entre o pistão e o cilindro 0,010-0,045 0,10 Diâmetro externo do pino do pistão 16,994-17,000 16,98 Folga entre o pistão e o pino 0,002-0,014 0,04 Folga entre o pino do pistão e a cabeça da biela 0,016-0,04 0,06 Folga entre o anel 1º anel 0,025-0,060 0,08 e a canaleta 2º anel 0,015-0,050 0,08 Folga entre as extremidades 1º anel 0,20-0,35 0,5 dos anéis do pistão 2º anel 0,35-0,50 0,7 Anel de óleo 0,2-0,7 1,0 Marca do anel do pistão 1º anel Marcas “T” or “R” voltadas – para cima 2º anel Marcas “T” ou “RN” – voltadas para cima Árvore de manivelas/ Diâmetro interno da cabeça da biela 17,016-17,034 17,04 biela Folga lateral do colo da biela 0,10-0,25 0,30 Empenamento da árvore da manivelas – 0,05 Folga entre bronzinas e colo da biela 0,028-0,052 0,06 Folga do mancal principal 0,020-0,045 0,05 11
  2. 2. CBR600FCILINDRO/PISTÃO/ÁRVORE DE MANIVELAS 11-0 26 N.m (2,6 kg.m)
  3. 3. CBR600F 11-2 CILINDRO/PISTÃO/ÁRVORE DE MANIVELAS VALORES DE TORQUE Porcas das capas das bielas 26 N.m (2,6 kg.m) FERRAMENTAS Instalador, 40 mm (DI) 07746-0030100 Adaptador, 30 mm (DI) 07746-0030300 DIAGNOSE DE DEFEITOS A compressão do cilindro está muito baixa ou o motor é difícil de ser acionado • Junta do cabeçote danificada • Anéis do pistão desgastados ou danificados • Pistão ou cilindro desgastado ou danificado A compressão do cilindro está muito alta, o motor superaquece ou detona • Depósitos de carvão no cabeçote e/ou na cabeça do pistão Ruídos no pistão • Cilindro, pistão e/ou anéis do pistão desgastados • Pino ou alojamento do pino do pistão desgastado • Cabeça da biela desgastada Fumaça excessiva • Anéis do pistão engripados, quebrados ou desgastados • Instalação incorreta dos anéis do pistão Ruído excessivo • Bronzinas das bielas desgastadas • Biela empenada • Bronzinas dos mancais da árvore de manivelas desgastadas • Rolamento da transmissão desgastado Vibração no motor • Empenamento excessivo da árvore de manivelas
  4. 4. CBR600F CILINDRO/PISTÃO/ÁRVORE DE MANIVELAS 11-3 ÁRVORE DE MANIVELAS a REMOÇÃO Desmonte a carcaça do motor (pág. 10-3). Antes de remover a árvore de manivelas, verifique as folgas laterais do colo da biela. Meça a folga inserindo um cálibre de lâminas entre a árvore de manivelas e a extremidade do colo da biela. Durante os reparos da árvore de manivelas, cuidado para não danificar os rolamentos principais ou as bronzinas. Limite de Uso: 0,30 mm Remova as porcas das capas de cada biela e anote a sua posição original. NOTA c Não troque a posição das capas e bielas pois a folga correta pode não ser obtida se for instalada em outra posição e poderá ocorrer danos ao motor. Bata levemente a lateral da capa se estiver difícil de removê-la. INSPEÇÃO Apóie a árvore de manivelas sobre dois blocos em V. Instale um relógio comparador no mancal central da árvore de manivelas. Gire a árvore de manivelas duas vezes e faça a leitura do empenamento do mancal central. Limite de uso: 0,05 mm Bronzinas da árvore de manivelas Inspecione as bronzinas e observe se estão danificadas, deformadas ou com outros defeitos. Substitua-as se necessário. CAPAS DOS ROLAMENTOS BRONZINAS DANIFICADO DESCOLORAÇÃO PORCAS CÁLIBRE DE LÂMINAS PONTO DE APOIO PONTO DE APOIO
  5. 5. PARAFUSOS DO MANCAL PRINCIPAL CÓDIGO DO DIÂMETRO INTERNO DA CARCAÇA CBR600F 11-4 Inspeção da folga de óleo Limpe todo óleo do mancal da árvore de manivelas. Coloque um pedaço de plastigauge em cada mancal da árvore de manivelas, evitando os canais de lubrificação. NOTA Monte as duas carcaças do motor (pág. 10-12). Aplique óleo nas roscas e superfícies de assentamento dos parafusos do mancal principal. Aperte os parafusos das carcaças superior e inferior com o torque especificado (pág. 10-14). Não gire a árvore de manivelas durante a inspeção. Remova a carcaça inferior e meça a largura do plastigauge comprimido em cada mancal para determinar a folga de óleo. Limite de Uso: 0,05 mm Se o valor encontrado exceder o limite de uso, faça a seleção das bronzinas novas conforme a seguir: SELEÇÃO DAS BRONZINAS Anote o código correspondente ao diâmetro interno da carcaça do motor estampado no lado esquerdo da carcaça superior do motor. NOTA Os códigos são representados pelas letras (A, B ou C) e gravados da esquerda para a direita e localizados no lado esquerdo da carcaça superior. CILINDRO/PISTÃO/ÁRVORE DE MANIVELAS PLASTIGAUGE
  6. 6. CBR600F CILINDRO/PISTÃO/ÁRVORE DE MANIVELAS 11-5 Anote os códigos correspondentes ao diâmetro externo do mancal principal da árvore de manivelas. Os códigos são representados pelos números 1 ou 2 localizados no contrapeso da árvore de manivelas e estão gravados da esquerda para a direita, Determine as bronzinas de reposição a serem utilizadas. A: Marrom: 1.507-1.511 mm B: Verde: 1.503-1.507 mm C: Amarelo: 1.499-1.503 mm D: Rosa: 1.495-1.499 mm SUBSTITUIÇÃO DO ROLAMENTO DE AGULHAS DA EMBREAGEM DE PARTIDA Remova o rolamento de agulhas utilizando o sacador universal de rolamento de agulhas disponível no mercado. c Para prevenir danos causados pelas garras do sacador, proteja adequadamente o rolamento. Os rolamentos gastos poderão ser utilizados como protetores. Instale o rolamento de agulhas novo na árvore de manivelas. Ferramentas: Instalador, 40 mm (D.I.) 07746-0030100 Adaptador, 30 mm (D.I.) 07746-0030300 INSTALADOR/ADAPTADOR CÓDIGO DO DIÂMETRO EXTERNO DO MANCAL PRINCIPAL BRONZINAS DO MANCAL PRINCIPAL ROLAMENTO DE AGULHA ROLAMENTO DE AGULHAS ROLAMENTOS DO MANCAL PRINCIPAL Código do diâmetro A B C interno da carcaça 36,000- 36,007- 36,014- Código do do motor 36,007mm 36,014mm 36,021 mm diâmetro externo do mancal principal 1 32,993 - 33,000 mm D (Rosa) C (Amarelo) B (Verde) 2 32,986 - 32,993 mm C (Amarelo) B (Verde) A (Marrom)
  7. 7. ÁRVORE DE MANIVELAS CAPAS DAS BIELAS PORCAS CBR600F 11-6 INSTALAÇÃO Instale as bronzinas nos mancais das carcaças superior e inferior. a Aplique óleo a base de molibdênio nas superfícies superiores e inferiores do mancal principal. As lingüetas das bronzinas devem ficar alinhadas com as ranhuras da carcaça. Antes de instalar a árvore de manivelas, posicione todos os pistões no Ponto Morto Superior (TDC) para prevenir danos no mancal da árvore de manivelas causados pelos parafusos da biela. Instale a árvore de manivelas na carcaça superior. Aplique óleo a base de molibdênio nos mancais da árvore de manivelas. Aplique óleo a base de molibdênio nas superfícies das bielas. Instale as capas das bielas em suas posições originais. Aplique óleo nas roscas da porca cega da capa da biela e superfície de atrito. Instale e aperte a porca em 2 - 3 etapas. TORQUE: 26N.m (2,6kg.m) Monte a carcaça do motor. CILINDRO/PISTÃO/ÁRVORE DE MANIVELAS SUPERFÍCIE DOS MANCAIS PRINCIPAIS OILMo OILMo OILMo OILMo
  8. 8. CBR600F CILINDRO/PISTÃO/ÁRVORE DE MANIVELAS 11-7 CILINDRO/PISTÃO/BIELA c Durante os reparos do pistão e biela, cuidado para não danificar os mancais ou bronzinas das bielas. REMOÇÃO Remova a árvore de manivelas (pág. 11-3) Empurre as bielas e pistões através das extremidades dos furos dos cilindos. a Não tente remover a biela/pistão pelo lado inferior do cilindro. O conjunto irá travar-se assim que o anel de óleo expandir-se. NOTA Anote a posição das capas e bielas assim que removê-las, para assegurar uma montagem no cilindro correspondente e a posição correta na árvore de manivelas. Remova as presilhas do pino do pistão, empurre o pino e remova o pistão. NOTA INSPEÇÃO PISTÃO Remova os anéis do pistão e marque-os para indicar as posições corretas do cilindro e pistão. Limpe a cabeça do pistão, removendo todos os depósitos de carbono. Verifique o pistão se está rachado ou com outros danos. Inspecione as ranhuras dos anéis do pistão se estão com desgaste excessivo ou depósito de carbono. Anote a posição correta de cada pino do pistão para garantir uma montagem em suas posições originais. BIELAS/PISTÕES TRAVA DO PINO DE PISTÃO PISTÃO PISTÃO ANEL DO PISTÃO ÁRVORE DE MANIVELAS PINO DO PISTÃO
  9. 9. PISTÃO PISTÃO CBR600F 11-8 Meça a folga entre o anel e a canaleta. Limite de Uso: Superior/segundo anel: 0,08 mm Empurre um anel no interior do cilindro utilizando um pistão e meça a folga da extremidade. Limite de Uso: Superior: 0,5 mm Segundo anel: 0,7 mm Anel de óleo: 1,0 mm (Anel lateral) Meça o diâmetro externo de cada pistão. NOTA Limite de Uso: 64,90 mm Faça a medição a 11 mm da saia do pistão e 90° do furo do alojamento do pino do pistão. Meça o diâmetro interno do alojamento do pino do pistão. Limite de Uso: 17,02 mm CILINDRO/PISTÃO/ÁRVORE DE MANIVELAS ANEL DO PISTÃO ANEL DO PISTÃO PISTÃO ANEL DO PISTÃO (EMPURRE) CÁLIBRE DE LÂMINAS ANEL DO PISTÃO
  10. 10. CBR600F CILINDRO/PISTÃO/ÁRVORE DE MANIVELAS 11-9 Pino do pistão Meça o diâmetro externo do pino do pistão. Limite de Uso: 16,98 mm Calcule a folga entre o pino do pistão e o pistão. Limite de Uso: 0,04 mm Biela Meça o diâmetro interno no pé da biela. Limite de Uso: 17,04 mm Calcule a folga entre a biela e o pino do pistão. Limite de Uso: 0,06 mm Cilindro Limpe completamente cada cilindro. Inspecione as paredes internas do cilindro quanto a desgaste e danos. Meça o diâmetro interno em três pontos: superior, área intermediária e base do curso do pistão, e em duas direções em ângulo reto. Limite de Uso: 65,10 mm Meça o diâmetro externo do pistão e calcule a folga entre o pistão e o cilindro, utilizando a medida máxima para o diâmetro interno do cilindro. Limite de Uso: 0,10 mm Meça o cilindro quanto a conicidade em três pontos (topo, centro e base) e em duas direções, X e Y, em ângulo reto. Considere a maior leitura para determinar a conicidade. Limite de Uso: 0,10 mm Meça a ovalização do cilindro em três pontos (topo, centro e base) e em duas direções, X e Y, em ângulo reto. Considere a maior leitura para determinar a ovalização. Limite de Uso: 0,10 mm BIELA PINO DO PISTÃO SUPERIOR INTERMEDIÁRIO INFERIOR
  11. 11. BRONZINAS PLASTIGAUGE CAPAS DAS BIELAS PORCAS CBR600F 11-10 Remova todo o material da junta da superfície do cilindro. Verifique o cilindro quanto a empenamento utilizando uma régua e um cálibre de lâminas. Limite de Uso: 0,10 mm INSPEÇÃO DAS BRONZINAS DA ÁRVORE DE MANIVELAS Inspecione as bronzinas e observe se estão danificadas, deformadas ou com outros defeitos. INSPEÇÃO DA FOLGA DE ÓLEO Lave a árvore de manivelas com solvente e seque-a com ar comprimido. Coloque um pedaço de plastigauge em cada mancal da árvore de manivelas, evitando os canais de lubrificação. NOTA Aplique óleo nas roscas e superfícies de contato das porcas da capa da biela. Instale as capas das bielas na árvore de manivelas nas mesmas posições que ocupavam antes da remoção e aperte as porcas de fixação com o torque especificado (pág. 11-6). Não gire a árvore de manivelas durante a inspeção. CILINDRO/PISTÃO/ÁRVORE DE MANIVELAS DANIFICADO DESCOLORAÇÃO
  12. 12. CBR600F CILINDRO/PISTÃO/ÁRVORE DE MANIVELAS 11-11 Remova as capas das bielas e meça o plastigauge comprimido em cada mancal. Limite de uso: 0,06 mm (folga entre a bronzinas e os colos das bielas) Se a folga exceder o limite de uso, selecione outra bronzina de reposição. SELEÇÃO DAS BRONZINAS DA BIELA Anote os códigos correspondentes ao diâmetro interno de cada biela. NOTA Os códigos são representados pelos números 1 ou 2 localizados na lateral da biela conforme a figura ao lado. Anote os códigos corrrespondentes ao diâmetro externo dos colos da biela na árvore de manivelas. NOTA Determine as bronzinas de reposição a serem utilizadas de acordo com a tabela abaixo, observando os códigos das bielas e dos colos das bielas. Os códigos são representados pelas letras A e B localizados no lado esquerdo do contrapeso da árvore de manivelas. A: Marrom: 1,244-1,248 mm B: Verde: 1,240-1,244 mm C: Amarelo: 1,236-1,240 mm CÓDIGO DO DIÂMETRO EXTERNO DO COLO DA BIELA BRONZINAS CÓDIGO DO DIÂMETRO INTERNO DA BIELA DI da Biela 1 2 34,000- 34,008- DE Colo da Biela 34,008 mm 34,016 mm A 31,492 - 31,500 mm C (Amarelo) B (Verde) B 31,484 - 31,492 mm B (Verde) A (Marrom)
  13. 13. CBR600F 11-12 INSTALAÇÃO a Limpe a cabeça do pistão, alojamento dos anéis e a saia. Instale cuidadosamente os anéis no pistão com as marcas gravadas voltadas para cima. NOTA Após a instalação, os anéis deverão girar livremente nas canaletas. • Não misture o anel superior e o segundo anel. • Instale primeiramente o espaçador e, em seguida, o anel de óleo. • Posicione as extremidades dos anéis com uma diferença de 180°, conforme mostrado. Evite danificar os anéis e o pistão durante a montagem. CILINDRO/PISTÃO/ÁRVORE DE MANIVELAS PISTÃO ANEL DO PISTÃO MARCA } ANEL SUPERIOR ANEL SUPERIOR SEGUNDO ANEL ANEL DE CONTROLE DE ÓLEO ESPAÇADOR ANEL LATERAL ANEL LATERAL SEGUNDO ANEL ANEL DE CONTROLE DE ÓLEO
  14. 14. CBR600F CILINDRO/PISTÃO/ÁRVORE DE MANIVELAS 11-13 Instale as bronzinas da biela. Alinhe os furos das bronzinas e bielas. Alinhe as lingüetas das bronzinas com as ranhuras da biela e das capas da biela. Aplique óleo a base de molibdênio na cabeça da biela e nas bronzinas. Aplique óleo nas superfícies externas do pino do pistão. Monte os pistões e bielas com os furos de óleo das bielas voltados para o lado de admissão (Marca “IN”). Instale o pino do pistão através do pistão e biela. Instale as novas travas do pino do pistão. NOTA Certifique-se de que as travas do pino do pistão estão assentadas corretamente e que suas extremidades não estejam alinhadas com as ranhuras do pistão. Aplique óleo nas paredes do cilindro, pistão e nas superfícies externas dos anéis do pistão. Instale a biela/pistão no cilindro pelo lado superior da carcaça do motor. Certifique-se de que as peças sejam instaladas em suas posições originais anotadas durante a remoção. Comprima os anéis do pistão com o compressor e instale a biela/pistão no cilindro com a marca “IN” voltada para o lado de admissão. Certifique-se de que a marca “IN” do pistão esteja voltada para o lado de admissão. PISTÃO MARCA “IN” ORIFÍCIO DE ÓLEO BIELAS/PISTÕES MARCA “IN” ALINHAR CAPA DA BIELA TRAVA DO PINO DO PISTÃO BIELA BRONZINAS PINO DO PISTÃO NOVA
  15. 15. CBR600F 11-14 Instale a árvore de manivelas (pág. 11-6) e a carcaça inferior (pág. 10-12). CILINDRO/PISTÃO/ÁRVORE DE MANIVELAS ÁRVORE DE MANIVELAS NOTAS
  16. 16. CBR600F CILINDRO/PISTÃO/ÁRVORE DE MANIVELAS 11-15 NOTAS
  17. 17. INFORMAÇÕES GERAIS COMO USAR ESTE MANUAL Este manual descreve os procedimentos de serviço para a motocicleta CBR600 modelos (FS 95), (FT 96) e (FV 97). Siga as recomendações da Tabela de Manutenção (Capítulo 3) para assegurar que o veículo esteja em perfeitas condições de funcionamento. A realização da primeira manutenção programada é extremamente importante. O desgaste inicial que ocorre durante o período de amaciamento será compensado. Os capítulos 1 e 3 aplicam-se para toda a motocicleta. Os capítulo 4 a 19 descrevem as peças da motocicleta, agrupadas de acordo com sua localização. Encontre o capítulo desejado nesta página e consulte a tabela de índice na primeira página do capítulo. A maioria dos capítulos apresenta inicialmente a ilustração de um conjunto ou sistema, informações de serviço e diagnose de defeitos para aquele capítulo. As páginas seguintes apresentam procedimentos detalhados. Se não houver conhecimento sobre a causa do problema, consulte o capítulo 20 "Diagnose de Defeitos". MOTO HONDA DA AMAZÔNIA LTDA. Departamento de Serviços Pós-Venda Setor de Publicações Técnicas TODAS AS INFORMAÇÕES, ILUSTRAÇÕES, INSTRUÇÕES E ESPECIFICAÇÕES INCLUÍDAS NESTA PUBLICAÇÃO SÃO BASEADAS NAS INFORMAÇÕES MAIS RECENTES DISPONÍVEIS NA OCASIÃO DA APROVAÇÃO DA IMPRESSÃO DO MANUAL. A MOTO HONDA DA AMAZÔNIA LTDA SE RESERVA O DIREITO DE ALTERAR AS CARACTERÍSTICAS DA MOTOCICLETA A QUALQUER MOMENTO E SEM PRÉVIO AVISO, NÃO INCORRENDO, ASSIM, EM OBRIGAÇÕES DE QUALQUER ESPÉCIE. NENHUMA PARTE DESTA PUBLICAÇÃO PODE SER REPRODUZIDA SEM AVISO PRÉVIO. ESTE MANUAL FOI ELABORADO PARA PESSOAS QUE TENHAM CONHECIMENTOS BÁSICOS SOBRE A MANUTENÇÃO DAS MOTOS HONDA. ÍNDICE GERAL INFORMAÇÕES GERAIS 1 AGREGADOS DO CHASSI/ESCAPAMENTO 2 MANUTENÇÃO 3 SISTEMA DE LUBRIFICAÇÃO 4 SISTEMA DE COMBUSTÍVEL 5 SISTEMA DE ARREFECIMENTO 6 REMOÇÃO/INSTALAÇÃO DO MOTOR 7 CABEÇOTE/VÁLVULAS 8 EMBREAGEM/SELETOR DE MARCHAS 9 CARCAÇA DO MOTOR/TRANSMISSÃO 10 CILINDRO/PISTÃO/ÁRVORE DE MANIVELAS 11 RODA DIANTEIRA/SUSPENSÃO/ SISTEMA DE DIREÇÃO 12 RODA TRASEIRA/SUSPENSÃO 13 FREIO HIDRÁULICO 14 SISTEMA DE CARGA/ALTERNADOR 15 SISTEMA DE IGNIÇÃO 16 MOTOR DE PARTIDA/ EMBREAGEM DE PARTIDA 17 INSTRUMENTOS/INTERRUPTORES SISTEMA ELÉTRICO CHASSIMOTORETRANSMISSÃO 18 DIAGRAMA ELÉTRICO 19 DIAGNOSE DE DEFEITOS 20

×