1205839757 tecnicas de_procura_de_emprego

567 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
567
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
198
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
24
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • {}
  • 1205839757 tecnicas de_procura_de_emprego

    1. 1. Técnicas de procura de emprego - processo de desenvolvimento pessoal
    2. 2. Temáticas  Auto-avaliação  Investigar as ofertas de emprego;  Preparar uma carta de Apresentação;  Organizar um Curriculum Vitae;  Apresentar uma Candidatura Espontânea;  Conhecer as fases do processo de selecção
    3. 3. Está à procura de emprego?  Não é fácil encontrar emprego, principalmente nos dias que correm!  A situação no mercado de trabalho exige uma procura activa de emprego, isto é, procurar emprego de forma persistente e organizada.
    4. 4. Não desanime! Aprenda a adoptar uma atitude positiva e dinâmica  Acredite que há oportunidades para si!  Não passe os dias a ver televisão!  Não fique à espera que o telefone toque!
    5. 5. Procurar emprego é um trabalho a tempo inteiro  Trata-se de um verdadeiro trabalho, que requer tempo, energia, vontade e persistência
    6. 6. Procurar emprego não deve ser feito ao acaso Deve ser feito de forma organizada, persistente e realista
    7. 7. 1 - Comece por fazer a avaliação de si próprio, isto é, o seu balanço pessoal e profissional Pegue numa caneta e num papel, sente-se num local que lhe permita concentração e dê o primeiro passo na procura de emprego. Para ter um conhecimento de si mais aprofundado tente responder às seguintes questões, com o objectivo de fazer o seu balanço pessoal e profissional: •O que sei fazer? •O que não sei fazer? •O que gosto de fazer? •O que não gosto de fazer? •Em que aspectos poderei melhorar? •A que tipos de emprego me posso candidatar? •Estarei disposto a mudar o local de residência ou percorrer grandes distâncias? •Será que necessito de uma formação profissional/complementar que me ajude a dar resposta às necessidades do mercado?
    8. 8.  Depois de ter reflectido sobre as suas competências, gostos e interesses, procure fazer um inventário (listagem) do tipo de empregos que mais lhe poderão interessar, tendo em conta o seu perfil profissional (qualificações, experiência) Procurar emprego é trabalhar para si próprio… Deve dedicar-lhe tantas horas por dia quantas as que trabalharia ao serviço dum empregador
    9. 9. 2- Organize um plano de acção Informe-se sobre o mercado de trabalho  Diariamente surgem novas oportunidades de emprego. A maioria dos postos de trabalho são publicitados nos:        Sites de emprego na Internet; Jornais diários, Semanários, Jornais Regionais; No Centro de Emprego; Instituto Português da Juventude; Univas (Unidades de Inserção na Vida Activa); Agências de trabalho temporário. Empresas de recursos humanos As ofertas de emprego podem ainda ser publicitadas através dos seguintes meios:         Agências privadas de colocação; Clubes de Emprego; Instituições de Solidariedade Social; Diário da República (nos concursos públicos); Autarquias, Juntas de Freguesias, Paróquias; Rádios locais e Televisão; Vitrines existentes nas entradas dos supermercados e hipermercados destinados à afixação de anúncios
    10. 10. Quem procura emprego não está a pedir nada, está a oferecer um serviço Quem procura emprego não está a pedir nada, está a oferecer um serviço
    11. 11.   Faça uma lista das actividades profissionais com mais ofertas de emprego Anote as empresas ou entidades ligadas a essas áreas de actividade e os respectivos endereços, consultando, por exemplo:     Centros de emprego Associações Sindicais Autarquias Internet, etc.
    12. 12. Responda imediatamente aos anúncios de emprego que seleccionou. AMANHÃ PODE SER TARDE
    13. 13. 3 – Apresente uma candidatura espontânea, ou seja, uma candidatura por sua iniciativa  Nem todos os postos de trabalho disponíveis são anunciados  Muitos deles são anunciados publicamente
    14. 14. Como encontrá-los?  Escreva e publique o seu próprio anúncio de emprego  Escreva e envie cartas de candidatura espontânea às empresas que já seleccionou, acompanhadas do seu curriculum
    15. 15. I. Elaboração de um Projecto Profissional:  A. Desenvolvimento do auto-conhecimento (aptidões, interesses, valores, atitudes e objectivos de vida) B. Estabelecimento de Objectivos Profissionais (identificação realista e adequada à realidade das oportunidades existentes) C. Elaboração propriamente dita do Projecto Profissional (estabelecimento de metas e plano de abordagem sustentado ao mercado de trabalho)
    16. 16. Faça a publicidade de si próprio
    17. 17. Emprego depois dos 40..  A pessoas desta faixa etária que se vêem no desemprego têm dificuldades acrescidas. Muitas empresas colocam barreiras à oferta de emprego aos candidatos de idade mais avançada, em especial quando estes têm pouca formação, sendo menos competitivos num mercado de trabalho cada vez mais agressivo.  Aliado a este desinteresse generalizado por parte dos empregadores está o facto destas pessoas terem geralmente responsabilidades acrescidas (filhos, conjugues, dívidas fixas), o que torna o desemprego num problema social ainda mais grave.  Há no entanto técnicas que podem ser úteis na procura do emprego desejado:
    18. 18.  Uma auto-avaliação crítica e objectiva. Em primeiro lugar o candidato tem de perceber o que quer fazer, o que pode fazer, quais as suas capacidades e quais os seus pontos fracos.  Fazer uma boa prospecção do mercado de trabalho. É importante ter uma visão ampla de tudo o que existe e ao que se pode e quer candidatar.  Responder aos anúncios de emprego mesmo quando estes têm limite de idade, desde que as restantes qualificações e perfil se adeqúem ao que é exigido pela empresa.  Não feche o seu leque de procura, arrisque, envie o seu currículo e convença o empregador de que é a pessoa certa para o posto de trabalho disponível  Não ficar inactivo. Apostar na formação complementar. No tempo livre que tem na fase de procura de emprego aproveite para ganhar conhecimentos e desenvolver competências que o tornem mais competitivo.
    19. 19.  Pensar no motivo porque o mercado o pretende excluir. É importante identificar os interesses actuais do mercado e adquirir os saberes que lhe possam faltar. Tire partido das suas mais-valias. A experiência profissional é muito valorizada e uma rede de contactos profissionais importante é a chave para a obtenção de muitos empregos. Rentabilize a sua rede de relações. Aproveite os seus contactos para conseguir acesso a mais propostas de emprego. O candidato nunca se deve isolar. Publicite também o seu trabalho. Proponha-se às empresas. Não se limite a responder aos anúncios. Mostre-se dinâmico. Não desanimar, ter confiança nas suas capacidades e aprender com a rejeição. Em caso de falha tente perceber o que correu mal para corrigir e conseguir um emprego na oportunidade seguinte. Criar o seu negócio próprio. Por vezes esta é a melhor solução para quem tem que começar de novo. Investir num negócio próprio e começar a trabalhar para si pode ser a chave do sucesso. Esta pode ser a melhor solução para pessoas dinâmicas e que gostam de arriscar para manter o nível de vida a que se habituaram.
    20. 20. Atitudes e comportamentos   A procura de emprego pode ser uma das tarefas mais desgastantes e ingratas, pode acarretar muitos dissabores e dificuldades e por isso, para maximizar os resultados minimizando o esforço é necessário adaptar uma atitude e um comportamento correcto ao longo de todo o processo. Estes podem repercutir-se em várias situações:
    21. 21.        cada fase deve ser encarada como um desafio e uma experiência para futuras repetições; o contacto com os potenciais empregadores deve ser feito de diversas formas e sem timidez; é necessário reflectir com justeza sobre a situação em que se encontra para que possa tomar decisões conscientes; as dificuldades e problemas devem ser admitidos para que possam ser resolvidos; as qualidades de perseverança, honestidade, organização e cuidado são muito apreciadas pelas empresas e são facilmente identificadas em processos de candidatura; a comunicação com outras pessoas deve denotar segurança e confiança; o estabelecimento de relações com pessoas que não estão ligadas directamente com a procura de emprego pode ser útil, até por desenvolver as aptidões sociais;
    22. 22.      é importante cuidar da imagem sobre todos os aspectos e não apenas no contacto com os potenciais empregadores; a actividade através de experiências extra-curriculares auxilia a imagem positiva do candidato e prepara-o melhor para as exigências da futura profissão; deve manter-se o mais possível o contacto com o mundo através dos orgãos de comunicação social; é importante manter-se a par dos últimos desenvolvimentos da área de trabalho em que se insere e das empresas que nela operam. A atitude positiva e a adopção dos comportamentos certos servem não só para melhorar a situação individual em termos psicológicos, como também auxilia a procura de emprego por projectar uma imagem favorável de si próprio.
    23. 23. Conselhos práticos A procura de emprego não é fácil e os métodos e fases a seguir dependem das escolhas e das características de cada indivíduo.      No entanto, há algumas ideias que podem ser úteis. manter uma atitude positiva e dinâmica durante todo o processo; procurar emprego já é um trabalho em si que exige tempo e actividade intensa e, como tal, deve ser encarado para garantir o seu sucesso; encontrar um emprego demora geralmente muito tempo - os processos de recrutamento são muito longos, a concorrência é bastante intensa e a oferta menor do que a procura; é necessário encarar a procura de emprego não como um pedido a um empregador mas sim uma oferta de serviços que devem ser valorizados;
    24. 24.     encontrar o emprego certo depende de agarrar as oportunidades certas, mas também é necessário ser selectivo e não aceitar a primeira oferta se não for a mais adequada; os testes, provas e questões colocadas nas diversas fases são uma forma de avaliar as características do candidato, sendo necessário interpretá-las e não se deixar impressionar por elas; a informação sobre a empresa e sobre o mercado são fundamentais para melhor apresentar a sua candidatura; em todas as alturas é necessário revelar honestidade e não responder aquilo que se pensa que o empregador espera, pois isso normalmente é contraproducente.

    ×