Procura activa de emprego

2.511 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.511
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Procura activa de emprego

  1. 1. Helena Rocha
  2. 2. Introdução A procura de emprego tem que ser necessariamente um processo activo:o mercado de trabalho actual regista muita procura e pouca oferta, ou seja, há mais pessoas disponíveis para ocupar uma determinada vaga, do que vagas disponíveis para ocupar todas essas pessoas. Procurar um novo emprego torna-se assim uma responsabilidade/ actividade/ ocupação a tempo inteiro. 2
  3. 3. Por poder ser um processo demorado e sem garantias imediatas de resposta positiva, a procura activa de emprego exige ao candidato trabalhar (adquirir/ treinar/desenvolver/ reforçar)um conjunto de competências fundamentais à procura de emprego … 3
  4. 4.  Perseverança Dinamismo Competências mais importantes na procura Motivação activa de emprego: Resistência à decepção Capacidade de organização Capacidade de auto-avaliação Capacidade de auto-afirmação Capacidade de selecção e de gestão da informação Capacidade de empreender e concretizar um projecto 4
  5. 5. O processo de procura activa de emprego divide-se em 2 etapas: 1ª etapa: organização do processo de procura de emprego. 2ª etapa: colocação do plano de procura de emprego em prática. 5
  6. 6. 1ª etapa: organização do processo de procura de emprego. 6
  7. 7. Definir o objectivo principal: o objectivo principal deste processo é … obter um emprego. Para conseguir concretizar este objectivo, é importante: - acreditar nas suas capacidades! - investir tempo, energia e recursos na procura de emprego!- conduzir o processo de procura de emprego de forma activa, responsável e organizada! 7
  8. 8. Qual é o meu projectoRealizar uma auto-análise: de carreira? qual é o meu perfil de competências (que tipo de competências possuo)? quais são as áreas/ funções/ tarefas para as quais tenho potencial? que competências posso desenvolver (recorrendo a formação profissional, por exemplo)? que tipo de actividade profissional procuro? quais as responsabilidades/ funções/ tarefas que essa actividade exige? 8
  9. 9. Organizar um Dossier Pessoal Toda a documentação relativa à procura de emprego deve estar guardada numa pasta pessoal. ATENÇÃO à organização e à conservação dos documentos!  Certificado de Habilitações Escolares  Certificados de Frequência de Formação  Cartas de Recomendação  Curriculum Vitae [completo e actualizado]  Fotografia tipo-passe [actual]  Cópia do Bilhete de Identidade, do Cartão de Contribuinte, do Cartão da Segurança Social, do Boletim de Vacinas (sempre actualizado!!!) 9
  10. 10. Pensar os recursos necessários para organização das candidaturas e do Dossier Pessoal: Recursos Função Folhas A4 brancas (para impressão) cartas de resposta a anúncio. cartas de candidatura espontânea. registo das candidaturas enviadas/ entregues (Grelha) Curriculum Vitae Bolsas para catálogo conservação e manuseamento rápido dos documentos (exemplo: Certificados) originais. Envelopes enviodo curriculum vitae e da carta que o Selos acompanha (de resposta a anúncio ou espontânea). Agenda registode entrevistas, contactos e datas importantes. controlo das despesas. 10
  11. 11. Pensar os recursos necessários (continuação):Recursos FunçãoDossier arquivo de toda a informação correspondenteFurador à procura de emprego.Agrafador Ex.: correspondência, base de dados, etc.Computador com ligação a uma impressora e à impressão do Curriculum VitaeInternet envio de candidaturas pela Internet(nota: é possível a todo o cidadão, aceder consulta on-line (Jornais e Sites de Emprego)gratuitamente a estes equipamentos nas Juntasde Freguesia, UNIVA, Casa da Juventude,Biblioteca Municipal, entre outros)Outras despesas a considerar … fotocópias chamadas telefónicas (sugestão: cartão PT) deslocações (transportes) CTT (ex.: selos de correio) 11
  12. 12. Nota importante!Mesmo que não tenha ligação à Internet em casa ou não domine a utilização de computadores,actualmente, é importante criar/ gerir/ consultar assiduamente o seu endereço electrónico individual.Criar uma conta de e-mail é um processo gratuito: pode fazê-lo no Site do Sapo, do IOL, do Gmail,do Portugalmail, entre muitos outros.Há pormenores que importa considerar: crie um e-mail que permita facilmente identificá-lo, evitenomes código, nomes de personagens de TV/ Cinema/ BD, referências religiosas ou clubistas.(Afinal, o nome que escolher para o seu e-mail é, também, uma expressão do seu profissionalismo ematuridade.)Há alguns truques que poderá aproveitar: imaginemos que o nome do titular da conta de e-mail éAna Santos…como opções possíveis, sugere-se: ana_santos@ … a.santos@... anasantos70@... santos_ana@... santos.ana@...Atenção: opte por uma password que possa memorizar facilmente, não divulgue a sua password aninguém, clique sempre em logout quando finalizar a sessão. 12
  13. 13. Organizar as ferramentas fundamentais para a procura de emprego:Contexto Ferramentas apropriadasResposta a anúncio publicado em Jornal. • Carta de resposta a anúncio (ou de motivação). • Curriculum Vitae • Anexos ao Curriculum Vitae: cópia de documentos relevantes, que podem marcar a diferença em relação a outros candidatos, como, por exemplo: Certificado de Habilitações Escolares, Carta de Recomendação, Certificado de Frequência de Formação).Candidatura a Concurso Público. • Requerimento próprio. • Curriculum Vitae • Anexos ao Curriculum Vitae: cópia de documentos relevantes, que podem marcar a diferença em relação a outros candidatos, como, por exemplo: Certificado de Habilitações Escolares, Carta de Recomendação, Certificado de Frequência de Formação). •Outra documentação referida no respectivo Edital.Candidatura espontânea. • Carta de candidatura espontânea (ou de motivação). • Curriculum Vitae • Anexos ao Curriculum Vitae: cópia de documentos relevantes, que podem marcar a diferença em relação a outros candidatos, como, por exemplo: Certificado de Habilitações Escolares, Carta de Recomendação, Certificado de Frequência de Formação). 13
  14. 14. 2ª etapa: colocação do plano de procura de emprego em prática. 14
  15. 15. Uma vez organizado o Dossier Pessoal, é chegada a altura de iniciar a procura activa de um novo Emprego.Nesta fase é importante:• conhecer o mercado de trabalho• informar-se sobre as ofertas que estão disponíveis (às quais responderá com a Candidatura a Anúncio)• antecipar-se à publicação de anúncio de vaga (enviando Candidatura Espontânea). 15
  16. 16. Inscreva-se! no Centro de Emprego da sua área de residência na UNIVA da Junta de Freguesia em que reside (ou na UNIVA da Junta de Freguesia mais próxima) nos serviços de apoio à Procura de Emprego de Organizações não Governamentais (como a Cruz Vermelha Portuguesa) nas Empresas de Recrutamento e de Selecção (devidamente legalizadas!) nas Empresas de Recrutamento e Selecção nos Sites de Procura de Emprego. 16
  17. 17. Prepare previamente a inscrição nestes Serviços de Emprego:• reúna os documentos de apoio à procura de emprego mais importantes (como oCurriculum Vitae, cópia de Certificados Escolares e/ou de Formação Profissional e Cartasde Recomendação)• prepare uma pequena apresentação sobre as principais motivações para a sua inscrição,reforçando que é um candidato com uma postura activa e empreendedora, competênciasque são essenciais a qualquer bom profissional.• registe as informações mais importantes que recolher no acto de inscrição e no contactocom o Técnico Responsável: data e número da inscrição, entidades referidas comopodendo estar à procura de novos colaboradores, outras referências que pareçam serimportantes.• conserve devidamente Cartões de Identificação/ comprovativos de inscrição e outrosdocumentos relevantes (ex.: Correspondência). 17
  18. 18. Mas … ATENÇÃO! Procurar aconselhamento e apoio técnico na procura de emprego, inscrever-se no Centro de Emprego ou na UNIVAnão significa esperar que o Técnico de Emprego ou da área Social encontre colocação por si! O candidato a novo emprego é o principal responsável pelo seu processo de procura activa de novo emprego pois ele é, igualmente, o principal interessado em concretizar esse objectivo e quem melhor sabe quais são os seus objectivos de vida. 18
  19. 19. Fontes de informação úteis à procura de emprego ExemplosImprensa escrita Jornal de Notícias Jornal ExpressoImprensa on-line www.jn.pt www.expressoemprego.clix.ptSites de Emprego http://www.netemprego.gov.pt/IEFP/index.jsp http://empregoonline.blogspot.com http://www.pontodeemprego.com http://www.todosempregos.comEmpresas de Recrutamento e Selecção http://www.vedior.pt[Empresas de Trabalho Temporário] http://www.select.pt http://www.adecco.ptConcursos para a Administração Pública Diário da República (os Editais estão disponíveis para consulta no Centro de Emprego ou no Site http://dre.pt)Rede pessoal de contactos Familiares, Amigos, Colegas, Vizinhos … a quem poderá solicitar que o informem, no caso de terem conhecimento de alguma oportunidade de emprego na área que procura. 19
  20. 20. De acordo com o tipo de acção que pretende empreender (resposta a anúncio, candidatura espontânea),deverá decidir o processo de candidatura mais adequado a cada situação específica, reflectindo sobre … Meio de apresentação Vantagens Desvantagens da candidatura: Postal •envio de toda a informação em • custos mais elevados [] suporte papel, devidamente validada com a assinatura do candidato. Electrónico • rapidez de envio • possibilidade do envio da mensagem [] • baixo custo (os documentos falhar e o conteúdo não ser entregue seguem em anexo e não em ao destinatário. suporte papel, a não ser que tal • possibilidade da caixa de correio seja estritamente solicitado) electrónico estar ocupada ou ser consultada com pouca frequência. Presencial •demonstra interesse, motivação, •custos mais elevados (além dos [] dinamismo gastos com o suporte papel, acrescem os gastos com transportes) 20
  21. 21. Sites de Emprego Consulte diariamente, ou com a máxima frequência possível, as Fontes de Informação úteis à procura de emprego, através das quais poderá acompanhar as novidades do mercado de trabalho e tomar conhecimento de vagas novas para emprego. Ofertas afixadas no Centro de Anúncios publicados naEmprego, UNIVA, Empresas da imprensa escrita e online área. 21
  22. 22. Responda a anúncios que estejam de acordo com o seu perfil profissional. Envie candidaturas espontâneas.Proponha a apreciação do seu Curriculum Vitae, sugira entrevistas/ reuniões para apresentar um projecto/ ideia inovadora. indique sugestões de melhoria para determinado produto ou serviço. É certo que poderá ouvir um não. Mas se não arriscar, nunca ouvirá um sim. 22
  23. 23. Por isso …. Não se isole: dirija-se aos pontos de procura de emprego, contacte com amigos, colegas, familiares que possam dar-lhe informações úteis. Treine a sua postura física, o seu aperto de mão. Treine a segurança e a confiança do seu timbre de voz, expanda o seu vocabulário, controle gíria, comentários/ juízos pessoais, desabafos, no discurso diário. Numa situação de entrevista, por culpa da ansiedade, falta de confiança, expectativas de obter um emprego, é comum apercebermo-nos de como estamos desabituados da postura de profissionalismo, responsabilidade, maturidade, pró-actividade que todo o empregador procura. 23
  24. 24. Estude a Legislação Laboral, informe-se sobre os seus direitos e obrigações,aconselhe-se em organismos públicos como, por exemplo: Instituto para a Segurança, Higiene e Saúde no Trabalho (http://www.ishst.pt) Inspecção Geral do Trabalho (http://www.igt.gov.pt) Instituto de Emprego e Formação Profissional (http://www.iefp.pt) Instituto da Segurança Social (http://www.seg-social.pt) 24
  25. 25. “O sucesso não é final e o fracasso não é fatal, o que conta é a coragem para continuar.” Winston Churchill "O único lugar onde o sucesso vem antes do trabalho é no dicionário." Albert Einstein “Grandes realizações são possíveis quando se dá importância aos pequenos começos.” Lao-tsé 25
  26. 26. Boa Sorte! 26
  27. 27. - Modelo de Curriculum Vitae Europeu- Modelo de Curriculum Vitae alternativo- Modelo de Carta de Resposta a Anúncio- Modelo de Carta de Motivação- Modelo de Carta de Candidatura Espontânea- Requerimento de Candidatura a Concurso Público- Listagem de Sites de Emprego/ Trabalho Temporário/ Recrutamento e Selecção- Listagem de Centros/ Empresas de Formação Profissional- Exemplo de e-mail de resposta/ candidatura a emprego- Exemplo de envelope de resposta/ candidatura a emprego 27

×