SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 17
Baixar para ler offline
SEGURANÇA NA OPERAÇÃO DE MOTOSSERRASSEGURANÇA NA OPERAÇÃO DE MOTOSSERRAS
 A tensão da corrente estará correta, quando em temperatura ambiente, a
corrente encostar na parte inferior do sabre e ainda puder ser puxada com a
mão sobre o mesmo.
REGULAGEM DA CORRENTEREGULAGEM DA CORRENTE
SEGURANÇA NA OPERAÇÃO DE MOTOSSERRASSEGURANÇA NA OPERAÇÃO DE MOTOSSERRAS
CORTE DE TORASCORTE DE TORAS
 Segure firmemente a motosserra tendo o polegar esquerdo sob o volante;
 Posicione com a perna esquerda à frente, apoiando a motosserra;
 Proibido posicionar o pé esquerdo sobre a tora a ser cortada;
 Durante a operação com motosserra, esteja sempre acompanhado de outro
Operador;
SEGURANÇA NA OPERAÇÃO DE MOTOSSERRASSEGURANÇA NA OPERAÇÃO DE MOTOSSERRAS
 Corte a madeira sempre que possível de cima para baixo;
 Procure sempre uma posição firme e segura durante o trabalho;
CORTE DE TORASCORTE DE TORAS
SEGURANÇA NA OPERAÇÃO DE MOTOSSERRASSEGURANÇA NA OPERAÇÃO DE MOTOSSERRAS
CORTE DE TORAS EM SITUAÇÕES ADVERSASCORTE DE TORAS EM SITUAÇÕES ADVERSAS
 Em situações que necessite operar a motosserra acima da cintura, redobre a
atenção e os cuidados e trabalhe com a motosserra em baixa rotação,
segurando-a firmemente.
 Durante a operação com motosserra, esteja acompanhado de outro
Operador.
SEGURANÇA NA OPERAÇÃO DE MOTOSSERRASSEGURANÇA NA OPERAÇÃO DE MOTOSSERRAS
RETROCESSORETROCESSO
Para evitar o retrocesso, siga as seguintes recomendações:
 Segure a motosserra firmemente com as duas mãos;
 Não trabalhe com o corpo muito inclinado para a frente e não corte acima da
altura dos ombros;
 Tome cuidado especial, quando o sabre tiver que ser colocado num corte já
iniciado;
 Atente para as condições da madeira e para as forças que podem fechar a
fenda do corte e, com isto, prender a corrente.
SEGURANÇA NA OPERAÇÃO DE MOTOSSERRASSEGURANÇA NA OPERAÇÃO DE MOTOSSERRAS
RETROCESSORETROCESSO
 Não utilize a ponta do sabre para cortar;
 Trabalhe somente com a corrente corretamente afiada e tensionada.
SEGURANÇA NA OPERAÇÃO DE MOTOSSERRASSEGURANÇA NA OPERAÇÃO DE MOTOSSERRAS
PROIBIÇÕES:PROIBIÇÕES:
 Realizar o abastecimento da motosserra;
 Realizar qualquer reparo mecânico na motosserra;
 Testar ou regular a corrente com o motor em funcionamento;
 Operar a motosserra sem estar treinado e habilitado;
 Operar a motosserra segurando-a com uma só mão;
 Operar a motosserra sem estar utilizando os EPIs específicos.
SEGURANÇA NA OPERAÇÃO DE MOTOSSERRASSEGURANÇA NA OPERAÇÃO DE MOTOSSERRAS
FREIO DA CORRENTEFREIO DA CORRENTE
O freio da corrente pode ser acionado manual ou automaticamente:O freio da corrente pode ser acionado manual ou automaticamente:
 O acionamento manual ocorre, empurrando-se a proteção da mão paraO acionamento manual ocorre, empurrando-se a proteção da mão para
frente com a mão esquerda;frente com a mão esquerda;
 O acionamento automático ocorre através da força de inércia da proteção daO acionamento automático ocorre através da força de inércia da proteção da
mão;mão;
 O freio da corrente deve ser acionado somente com o motor em marchaO freio da corrente deve ser acionado somente com o motor em marcha
lenta, a não ser em caso de emergência ou durante o arranque.lenta, a não ser em caso de emergência ou durante o arranque.
SEGURANÇA NA OPERAÇÃO DE MOTOSSERRASSEGURANÇA NA OPERAÇÃO DE MOTOSSERRAS
EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUALEQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL
 Usar obrigatoriamente os EPIs necessários, conforme exigências do trabalho:
 Capacete;
 Botina de segurança;
 Óculos de proteção;
 Luva de vaqueta;
 Protetor auricular.
 Durante o trabalho com motosserra, não use vestimentas ou acessórios que
possam prender-se na madeira ou em estruturas do equipamento.
SEGURANÇA NA OPERAÇÃO DE MOTOSSERRASSEGURANÇA NA OPERAÇÃO DE MOTOSSERRAS
TRANSPORTE DA MOTOSSERRATRANSPORTE DA MOTOSSERRA
 Nunca transporte a motosserra com o motor em funcionamento;
 Transporte a motosserra segurando-a pelo cabo. O silenciador quente deve
ficar no lado oposto ao corpo e o sabre deve indicar para trás;
 Mantenha o cabo e o punho limpos e secos, principalmente sem óleo, a fim
de possibilitar o transporte seguro da máquina.
 Proibido transportar a motosserra sobre o ombro.
SEGURANÇA NA OPERAÇÃO DE MOTOSSERRASSEGURANÇA NA OPERAÇÃO DE MOTOSSERRAS
PROCESSO DE ARRANQUEPROCESSO DE ARRANQUE
 Antes de dar o arranque na motosserra, verifique se os dispositivos de
segurança estão em perfeitas condições para o trabalho:
 Sabre corretamente montado;
 Corrente corretamente tensionada;
 Freio manual da corrente;
 Pino pega corrente;
 Trava de segurança do acelerador;
 Amortecedores anti-vibratórios;
 Ao funcionar a motosserra, fazer afastado de pessoas e obstáculos;
SEGURANÇA NA OPERAÇÃO DE MOTOSSERRASSEGURANÇA NA OPERAÇÃO DE MOTOSSERRAS
 Jamais tente o arranque com a motosserra no ar (sem apoio).
PROCESSO DE ARRANQUEPROCESSO DE ARRANQUE
SEGURANÇA NA OPERAÇÃO DE MOTOSSERRASSEGURANÇA NA OPERAÇÃO DE MOTOSSERRAS
DESMONTAGEM DO CONJUNTO DE CORTEDESMONTAGEM DO CONJUNTO DE CORTE
 Para afrouxar ou reapertar os parafusos do conjunto de corte, observe antes o
estado das porcas;
Fixe a chave na porca de forma adequada e realize movimentos ordenados.
SEGURANÇA NA OPERAÇÃO DE MOTOSSERRASSEGURANÇA NA OPERAÇÃO DE MOTOSSERRAS
AFIAÇÃO E MANUTENÇÃO DA CORRENTEAFIAÇÃO E MANUTENÇÃO DA CORRENTE
 Procure afiar a corrente com a motosserra apoiada entre as pernas, deslocando
a corrente para frente com auxílio do limatão;
 O ângulo da parte superior do dente deve ser de 30 ou 35 graus, dependendo
do tipo da corrente;
 O ângulo da parte lateral do dente deve ser de 90 graus;
 Não trabalhe com corrente cega ou defeituosa;
 Deve-se ter o cuidado para que o ângulo de afiação seja igual em todos os
dentes de corte.
SEGURANÇA NA OPERAÇÃO DE MOTOSSERRASSEGURANÇA NA OPERAÇÃO DE MOTOSSERRAS
REBAIXAMENTO DAS GUIAS DE PROFUNDIDADEREBAIXAMENTO DAS GUIAS DE PROFUNDIDADE
 Mantenha as guias sempre rebaixadas, conforme os desgastes natural da
corrente;
 Efetue esta atividade somente com a utilização de calibrador e lima
apropriada;
 Gire a corrente para frente somente com auxílio da lima;
SEGURANÇA NA OPERAÇÃO DE MOTOSSERRASSEGURANÇA NA OPERAÇÃO DE MOTOSSERRAS
MANUTENÇÃO DO SABREMANUTENÇÃO DO SABRE
 Durante a manutenção do sabre, não deslize as mãos nas bordas do sabre;
 Procure fixá-lo bem, abrindo-se uma fenda numa tora;
 É necessário limpar regularmente os furos de entrada de óleo e a canaleta do
sabre.
SEGURANÇA NA OPERAÇÃO DE MOTOSSERRASSEGURANÇA NA OPERAÇÃO DE MOTOSSERRAS
REGULAGEM DA CORRENTEREGULAGEM DA CORRENTE
 Efetue a regulagem da corrente somente com a motosserra desligada;
 Mantenha a corrente sempre regulada, pois a mesma apertada força o motor e
frouxa há riscos de desprender da canaleta do sabre;
 A tensão da corrente deve ser controlada visualmente durante o trabalho de
corte e, se necessário, corrigida.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Cuidados no trabalho_de_poda[1]
Cuidados no trabalho_de_poda[1]Cuidados no trabalho_de_poda[1]
Cuidados no trabalho_de_poda[1]Robson Peixoto
 
Segurança e Manutenção em Trava Quedas Retrátil
Segurança e Manutenção em Trava Quedas RetrátilSegurança e Manutenção em Trava Quedas Retrátil
Segurança e Manutenção em Trava Quedas RetrátilIZAIAS DE SOUZA AGUIAR
 
Operações com Moto serras nr 12
 Operações com Moto serras nr 12 Operações com Moto serras nr 12
Operações com Moto serras nr 12Adalberto Gonzaga
 
Treinamento trava quedas
Treinamento trava quedasTreinamento trava quedas
Treinamento trava quedasAne Costa
 
Manual instrucoes-guincho-coluna
Manual instrucoes-guincho-colunaManual instrucoes-guincho-coluna
Manual instrucoes-guincho-colunarafael dias
 
Treinamento operador betoneira
Treinamento operador betoneiraTreinamento operador betoneira
Treinamento operador betoneiraJupira Silva
 
Guincho coluna-csm-24v (1)
Guincho coluna-csm-24v (1)Guincho coluna-csm-24v (1)
Guincho coluna-csm-24v (1)ContatoTrobus
 
Curso de segurança na operação de rosqueadeira
Curso de segurança na operação de rosqueadeiraCurso de segurança na operação de rosqueadeira
Curso de segurança na operação de rosqueadeiraAbelardo silva dos santos
 
Treinamento de-ponte-rolante-e-talha
Treinamento de-ponte-rolante-e-talhaTreinamento de-ponte-rolante-e-talha
Treinamento de-ponte-rolante-e-talhaRobertoKennedyVieira
 
Treinamento de-ponte-rolante-e-talha
Treinamento de-ponte-rolante-e-talhaTreinamento de-ponte-rolante-e-talha
Treinamento de-ponte-rolante-e-talhaSalvador Campos Neto
 
Segurança com pontes rolantes
Segurança com pontes rolantesSegurança com pontes rolantes
Segurança com pontes rolantesJoão Junior
 

Mais procurados (20)

M anual motoserra
M anual motoserraM anual motoserra
M anual motoserra
 
Cuidados no trabalho_de_poda[1]
Cuidados no trabalho_de_poda[1]Cuidados no trabalho_de_poda[1]
Cuidados no trabalho_de_poda[1]
 
SEGURANÇA - PONTES ROLANTES -
SEGURANÇA - PONTES ROLANTES -SEGURANÇA - PONTES ROLANTES -
SEGURANÇA - PONTES ROLANTES -
 
Segurança e Manutenção em Trava Quedas Retrátil
Segurança e Manutenção em Trava Quedas RetrátilSegurança e Manutenção em Trava Quedas Retrátil
Segurança e Manutenção em Trava Quedas Retrátil
 
Pistola
PistolaPistola
Pistola
 
Operações com Moto serras nr 12
 Operações com Moto serras nr 12 Operações com Moto serras nr 12
Operações com Moto serras nr 12
 
Treinamento trava quedas
Treinamento trava quedasTreinamento trava quedas
Treinamento trava quedas
 
Manual instrucoes-guincho-coluna
Manual instrucoes-guincho-colunaManual instrucoes-guincho-coluna
Manual instrucoes-guincho-coluna
 
Treinamento operador betoneira
Treinamento operador betoneiraTreinamento operador betoneira
Treinamento operador betoneira
 
Guincho coluna-csm-24v (1)
Guincho coluna-csm-24v (1)Guincho coluna-csm-24v (1)
Guincho coluna-csm-24v (1)
 
Ponte rolante
Ponte rolantePonte rolante
Ponte rolante
 
Curso de segurança na operação de rosqueadeira
Curso de segurança na operação de rosqueadeiraCurso de segurança na operação de rosqueadeira
Curso de segurança na operação de rosqueadeira
 
Nr 11 aplicada em ponte rolante
Nr 11 aplicada em ponte rolanteNr 11 aplicada em ponte rolante
Nr 11 aplicada em ponte rolante
 
Seguranca caminhao-betoneira
Seguranca caminhao-betoneiraSeguranca caminhao-betoneira
Seguranca caminhao-betoneira
 
Treinamento de-ponte-rolante-e-talha
Treinamento de-ponte-rolante-e-talhaTreinamento de-ponte-rolante-e-talha
Treinamento de-ponte-rolante-e-talha
 
Talha elétrica
Talha elétricaTalha elétrica
Talha elétrica
 
PALESTRA - OPERADORES MOTOSERRA STHIL
PALESTRA - OPERADORES MOTOSERRA STHILPALESTRA - OPERADORES MOTOSERRA STHIL
PALESTRA - OPERADORES MOTOSERRA STHIL
 
Treinamento de-ponte-rolante-e-talha
Treinamento de-ponte-rolante-e-talhaTreinamento de-ponte-rolante-e-talha
Treinamento de-ponte-rolante-e-talha
 
Segurança com pontes rolantes
Segurança com pontes rolantesSegurança com pontes rolantes
Segurança com pontes rolantes
 
Trein ponte rolante_a
Trein ponte rolante_aTrein ponte rolante_a
Trein ponte rolante_a
 

Semelhante a Segurança na Operação de Motosserras

motoserras-150703170550-lva1-app6892.pdf
motoserras-150703170550-lva1-app6892.pdfmotoserras-150703170550-lva1-app6892.pdf
motoserras-150703170550-lva1-app6892.pdfMarcelinoAquino3
 
TREINAMENTO FURADEIRA E PARAFUSADEIRA.pptx
TREINAMENTO FURADEIRA E PARAFUSADEIRA.pptxTREINAMENTO FURADEIRA E PARAFUSADEIRA.pptx
TREINAMENTO FURADEIRA E PARAFUSADEIRA.pptxCezarTST1
 
Trabalho com Roçadeira Costal.ppt
Trabalho com Roçadeira Costal.pptTrabalho com Roçadeira Costal.ppt
Trabalho com Roçadeira Costal.pptleandropereira750006
 
treinamento-de-ponte-rolante-e-talha.ppt
treinamento-de-ponte-rolante-e-talha.ppttreinamento-de-ponte-rolante-e-talha.ppt
treinamento-de-ponte-rolante-e-talha.pptSAULOARAUJOVIEIRA
 
treinamento-de-ponte-rolante-e-talha.ppt
treinamento-de-ponte-rolante-e-talha.ppttreinamento-de-ponte-rolante-e-talha.ppt
treinamento-de-ponte-rolante-e-talha.pptFlvioSegredo
 
Cortador de-grama-gasolina-toyama-tlm510s (1)
Cortador de-grama-gasolina-toyama-tlm510s (1)Cortador de-grama-gasolina-toyama-tlm510s (1)
Cortador de-grama-gasolina-toyama-tlm510s (1)gilson3000
 
359557187-trabalho-com-roadeira-costal-140428181920-phpapp02-ppt.ppt
359557187-trabalho-com-roadeira-costal-140428181920-phpapp02-ppt.ppt359557187-trabalho-com-roadeira-costal-140428181920-phpapp02-ppt.ppt
359557187-trabalho-com-roadeira-costal-140428181920-phpapp02-ppt.pptcristiano docarmo
 
Manual_de_Oficinas.pdf
Manual_de_Oficinas.pdfManual_de_Oficinas.pdf
Manual_de_Oficinas.pdfJailtong
 
Treinamentobetoneira 150722194426-lva1-app6892
Treinamentobetoneira 150722194426-lva1-app6892Treinamentobetoneira 150722194426-lva1-app6892
Treinamentobetoneira 150722194426-lva1-app6892Patricia Grassiani Crespo
 
Treinamento betoneira
Treinamento betoneiraTreinamento betoneira
Treinamento betoneirarafaele123
 
Treinamento betoneira
Treinamento betoneiraTreinamento betoneira
Treinamento betoneirarafaele123
 

Semelhante a Segurança na Operação de Motosserras (15)

Motoserra.pptx
Motoserra.pptxMotoserra.pptx
Motoserra.pptx
 
motoserras-150703170550-lva1-app6892.pdf
motoserras-150703170550-lva1-app6892.pdfmotoserras-150703170550-lva1-app6892.pdf
motoserras-150703170550-lva1-app6892.pdf
 
Trapp Manual Cortadores de Grama
Trapp Manual Cortadores de GramaTrapp Manual Cortadores de Grama
Trapp Manual Cortadores de Grama
 
Operador de motosserra
Operador de motosserraOperador de motosserra
Operador de motosserra
 
TREINAMENTO FURADEIRA E PARAFUSADEIRA.pptx
TREINAMENTO FURADEIRA E PARAFUSADEIRA.pptxTREINAMENTO FURADEIRA E PARAFUSADEIRA.pptx
TREINAMENTO FURADEIRA E PARAFUSADEIRA.pptx
 
treinamento furadeira.pptx
treinamento furadeira.pptxtreinamento furadeira.pptx
treinamento furadeira.pptx
 
Trabalho com Roçadeira Costal.ppt
Trabalho com Roçadeira Costal.pptTrabalho com Roçadeira Costal.ppt
Trabalho com Roçadeira Costal.ppt
 
treinamento-de-ponte-rolante-e-talha.ppt
treinamento-de-ponte-rolante-e-talha.ppttreinamento-de-ponte-rolante-e-talha.ppt
treinamento-de-ponte-rolante-e-talha.ppt
 
treinamento-de-ponte-rolante-e-talha.ppt
treinamento-de-ponte-rolante-e-talha.ppttreinamento-de-ponte-rolante-e-talha.ppt
treinamento-de-ponte-rolante-e-talha.ppt
 
Cortador de-grama-gasolina-toyama-tlm510s (1)
Cortador de-grama-gasolina-toyama-tlm510s (1)Cortador de-grama-gasolina-toyama-tlm510s (1)
Cortador de-grama-gasolina-toyama-tlm510s (1)
 
359557187-trabalho-com-roadeira-costal-140428181920-phpapp02-ppt.ppt
359557187-trabalho-com-roadeira-costal-140428181920-phpapp02-ppt.ppt359557187-trabalho-com-roadeira-costal-140428181920-phpapp02-ppt.ppt
359557187-trabalho-com-roadeira-costal-140428181920-phpapp02-ppt.ppt
 
Manual_de_Oficinas.pdf
Manual_de_Oficinas.pdfManual_de_Oficinas.pdf
Manual_de_Oficinas.pdf
 
Treinamentobetoneira 150722194426-lva1-app6892
Treinamentobetoneira 150722194426-lva1-app6892Treinamentobetoneira 150722194426-lva1-app6892
Treinamentobetoneira 150722194426-lva1-app6892
 
Treinamento betoneira
Treinamento betoneiraTreinamento betoneira
Treinamento betoneira
 
Treinamento betoneira
Treinamento betoneiraTreinamento betoneira
Treinamento betoneira
 

Mais de Pelo Siro

Mais de Pelo Siro (20)

1195593414 substancias quimicas
1195593414 substancias quimicas1195593414 substancias quimicas
1195593414 substancias quimicas
 
11955889 121.derrames 1
11955889 121.derrames 111955889 121.derrames 1
11955889 121.derrames 1
 
1196259117 primeiros socorros
1196259117 primeiros socorros1196259117 primeiros socorros
1196259117 primeiros socorros
 
1199995673 riscos profissionais
1199995673 riscos profissionais1199995673 riscos profissionais
1199995673 riscos profissionais
 
119999888 revisoes
119999888 revisoes119999888 revisoes
119999888 revisoes
 
119558341 123.avaliacao de_riscos
119558341 123.avaliacao de_riscos119558341 123.avaliacao de_riscos
119558341 123.avaliacao de_riscos
 
2146
21462146
2146
 
2079
20792079
2079
 
2080
20802080
2080
 
2064
20642064
2064
 
2061
20612061
2061
 
2060
20602060
2060
 
2032
20322032
2032
 
2031
20312031
2031
 
2019
20192019
2019
 
2018
20182018
2018
 
2017
20172017
2017
 
2015
20152015
2015
 
2014
20142014
2014
 
2013
20132013
2013
 

Último

Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxProva de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxJosAurelioGoesChaves
 
Apreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaApreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaeliana862656
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.HildegardeAngel
 
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURACRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURADouglasVasconcelosMa
 
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETOProjeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETODouglasVasconcelosMa
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfQueleLiberato
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxJMTCS
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptAlineSilvaPotuk
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAEdioFnaf
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãodanielagracia9
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024GleyceMoreiraXWeslle
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullyingMary Alvarenga
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLaseVasconcelos1
 
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxRevolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxHlioMachado1
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...nexocan937
 

Último (20)

Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxProva de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
 
Apreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaApreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escrita
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
 
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
 
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURACRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
 
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETOProjeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetização
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
 
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxRevolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
 

Segurança na Operação de Motosserras

  • 1. SEGURANÇA NA OPERAÇÃO DE MOTOSSERRASSEGURANÇA NA OPERAÇÃO DE MOTOSSERRAS  A tensão da corrente estará correta, quando em temperatura ambiente, a corrente encostar na parte inferior do sabre e ainda puder ser puxada com a mão sobre o mesmo. REGULAGEM DA CORRENTEREGULAGEM DA CORRENTE
  • 2. SEGURANÇA NA OPERAÇÃO DE MOTOSSERRASSEGURANÇA NA OPERAÇÃO DE MOTOSSERRAS CORTE DE TORASCORTE DE TORAS  Segure firmemente a motosserra tendo o polegar esquerdo sob o volante;  Posicione com a perna esquerda à frente, apoiando a motosserra;  Proibido posicionar o pé esquerdo sobre a tora a ser cortada;  Durante a operação com motosserra, esteja sempre acompanhado de outro Operador;
  • 3. SEGURANÇA NA OPERAÇÃO DE MOTOSSERRASSEGURANÇA NA OPERAÇÃO DE MOTOSSERRAS  Corte a madeira sempre que possível de cima para baixo;  Procure sempre uma posição firme e segura durante o trabalho; CORTE DE TORASCORTE DE TORAS
  • 4. SEGURANÇA NA OPERAÇÃO DE MOTOSSERRASSEGURANÇA NA OPERAÇÃO DE MOTOSSERRAS CORTE DE TORAS EM SITUAÇÕES ADVERSASCORTE DE TORAS EM SITUAÇÕES ADVERSAS  Em situações que necessite operar a motosserra acima da cintura, redobre a atenção e os cuidados e trabalhe com a motosserra em baixa rotação, segurando-a firmemente.  Durante a operação com motosserra, esteja acompanhado de outro Operador.
  • 5. SEGURANÇA NA OPERAÇÃO DE MOTOSSERRASSEGURANÇA NA OPERAÇÃO DE MOTOSSERRAS RETROCESSORETROCESSO Para evitar o retrocesso, siga as seguintes recomendações:  Segure a motosserra firmemente com as duas mãos;  Não trabalhe com o corpo muito inclinado para a frente e não corte acima da altura dos ombros;  Tome cuidado especial, quando o sabre tiver que ser colocado num corte já iniciado;  Atente para as condições da madeira e para as forças que podem fechar a fenda do corte e, com isto, prender a corrente.
  • 6. SEGURANÇA NA OPERAÇÃO DE MOTOSSERRASSEGURANÇA NA OPERAÇÃO DE MOTOSSERRAS RETROCESSORETROCESSO  Não utilize a ponta do sabre para cortar;  Trabalhe somente com a corrente corretamente afiada e tensionada.
  • 7. SEGURANÇA NA OPERAÇÃO DE MOTOSSERRASSEGURANÇA NA OPERAÇÃO DE MOTOSSERRAS PROIBIÇÕES:PROIBIÇÕES:  Realizar o abastecimento da motosserra;  Realizar qualquer reparo mecânico na motosserra;  Testar ou regular a corrente com o motor em funcionamento;  Operar a motosserra sem estar treinado e habilitado;  Operar a motosserra segurando-a com uma só mão;  Operar a motosserra sem estar utilizando os EPIs específicos.
  • 8. SEGURANÇA NA OPERAÇÃO DE MOTOSSERRASSEGURANÇA NA OPERAÇÃO DE MOTOSSERRAS FREIO DA CORRENTEFREIO DA CORRENTE O freio da corrente pode ser acionado manual ou automaticamente:O freio da corrente pode ser acionado manual ou automaticamente:  O acionamento manual ocorre, empurrando-se a proteção da mão paraO acionamento manual ocorre, empurrando-se a proteção da mão para frente com a mão esquerda;frente com a mão esquerda;  O acionamento automático ocorre através da força de inércia da proteção daO acionamento automático ocorre através da força de inércia da proteção da mão;mão;  O freio da corrente deve ser acionado somente com o motor em marchaO freio da corrente deve ser acionado somente com o motor em marcha lenta, a não ser em caso de emergência ou durante o arranque.lenta, a não ser em caso de emergência ou durante o arranque.
  • 9. SEGURANÇA NA OPERAÇÃO DE MOTOSSERRASSEGURANÇA NA OPERAÇÃO DE MOTOSSERRAS EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUALEQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL  Usar obrigatoriamente os EPIs necessários, conforme exigências do trabalho:  Capacete;  Botina de segurança;  Óculos de proteção;  Luva de vaqueta;  Protetor auricular.  Durante o trabalho com motosserra, não use vestimentas ou acessórios que possam prender-se na madeira ou em estruturas do equipamento.
  • 10. SEGURANÇA NA OPERAÇÃO DE MOTOSSERRASSEGURANÇA NA OPERAÇÃO DE MOTOSSERRAS TRANSPORTE DA MOTOSSERRATRANSPORTE DA MOTOSSERRA  Nunca transporte a motosserra com o motor em funcionamento;  Transporte a motosserra segurando-a pelo cabo. O silenciador quente deve ficar no lado oposto ao corpo e o sabre deve indicar para trás;  Mantenha o cabo e o punho limpos e secos, principalmente sem óleo, a fim de possibilitar o transporte seguro da máquina.  Proibido transportar a motosserra sobre o ombro.
  • 11. SEGURANÇA NA OPERAÇÃO DE MOTOSSERRASSEGURANÇA NA OPERAÇÃO DE MOTOSSERRAS PROCESSO DE ARRANQUEPROCESSO DE ARRANQUE  Antes de dar o arranque na motosserra, verifique se os dispositivos de segurança estão em perfeitas condições para o trabalho:  Sabre corretamente montado;  Corrente corretamente tensionada;  Freio manual da corrente;  Pino pega corrente;  Trava de segurança do acelerador;  Amortecedores anti-vibratórios;  Ao funcionar a motosserra, fazer afastado de pessoas e obstáculos;
  • 12. SEGURANÇA NA OPERAÇÃO DE MOTOSSERRASSEGURANÇA NA OPERAÇÃO DE MOTOSSERRAS  Jamais tente o arranque com a motosserra no ar (sem apoio). PROCESSO DE ARRANQUEPROCESSO DE ARRANQUE
  • 13. SEGURANÇA NA OPERAÇÃO DE MOTOSSERRASSEGURANÇA NA OPERAÇÃO DE MOTOSSERRAS DESMONTAGEM DO CONJUNTO DE CORTEDESMONTAGEM DO CONJUNTO DE CORTE  Para afrouxar ou reapertar os parafusos do conjunto de corte, observe antes o estado das porcas; Fixe a chave na porca de forma adequada e realize movimentos ordenados.
  • 14. SEGURANÇA NA OPERAÇÃO DE MOTOSSERRASSEGURANÇA NA OPERAÇÃO DE MOTOSSERRAS AFIAÇÃO E MANUTENÇÃO DA CORRENTEAFIAÇÃO E MANUTENÇÃO DA CORRENTE  Procure afiar a corrente com a motosserra apoiada entre as pernas, deslocando a corrente para frente com auxílio do limatão;  O ângulo da parte superior do dente deve ser de 30 ou 35 graus, dependendo do tipo da corrente;  O ângulo da parte lateral do dente deve ser de 90 graus;  Não trabalhe com corrente cega ou defeituosa;  Deve-se ter o cuidado para que o ângulo de afiação seja igual em todos os dentes de corte.
  • 15. SEGURANÇA NA OPERAÇÃO DE MOTOSSERRASSEGURANÇA NA OPERAÇÃO DE MOTOSSERRAS REBAIXAMENTO DAS GUIAS DE PROFUNDIDADEREBAIXAMENTO DAS GUIAS DE PROFUNDIDADE  Mantenha as guias sempre rebaixadas, conforme os desgastes natural da corrente;  Efetue esta atividade somente com a utilização de calibrador e lima apropriada;  Gire a corrente para frente somente com auxílio da lima;
  • 16. SEGURANÇA NA OPERAÇÃO DE MOTOSSERRASSEGURANÇA NA OPERAÇÃO DE MOTOSSERRAS MANUTENÇÃO DO SABREMANUTENÇÃO DO SABRE  Durante a manutenção do sabre, não deslize as mãos nas bordas do sabre;  Procure fixá-lo bem, abrindo-se uma fenda numa tora;  É necessário limpar regularmente os furos de entrada de óleo e a canaleta do sabre.
  • 17. SEGURANÇA NA OPERAÇÃO DE MOTOSSERRASSEGURANÇA NA OPERAÇÃO DE MOTOSSERRAS REGULAGEM DA CORRENTEREGULAGEM DA CORRENTE  Efetue a regulagem da corrente somente com a motosserra desligada;  Mantenha a corrente sempre regulada, pois a mesma apertada força o motor e frouxa há riscos de desprender da canaleta do sabre;  A tensão da corrente deve ser controlada visualmente durante o trabalho de corte e, se necessário, corrigida.