Anatomia - Sistema Nervoso

1.158 visualizações

Publicada em

Slides para auxílio de alunos de Medicina e Enfermagem

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.158
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
29
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Anatomia - Sistema Nervoso

  1. 1. Sistema Nervoso e HomeostaseSistema Nervoso e Homeostase • NEUROLOGIA é o ramo da medicina que estuda o funcionamento normal e os distúrbios do Sistema Nervoso. • O SISTEMA NERVOSO (SN) partilha com o Sistema Endócrino a função de manter a HOMEOSTASE corporal. • O SN responde prontamente aos estímulos, tendo uma atuação mais imediata para ajustar os processos corporais.
  2. 2. Organização do S.N.CentralOrganização do S.N.Central • O Sistema Nervoso Central é aquele localizado dentro do esqueleto AXIAL (cavidade craniana e canal vertebral). • O ENCÉFALO é a parte do SNC situado dentro do Crânio neural. • A MEDULA é localizada dentro da coluna vertebral. • O Encéfalo e a Medula constituem o neuro-eixo.
  3. 3. Medula SISTEMA NERVOSO CENTRAL Encéfalo
  4. 4. S.N. PeriféricoS.N. Periférico S.N.CENTRALS.N.CENTRAL Neurônios Aferentes (Sensoriais) Neurônios Aferentes (Sensoriais) Neurônios Eferentes Neurônios Eferentes Neurônios Autônomos Neurônios Autônomos Neurônios Motores Neurônios Motores SimpáticoSimpático ParassimpáticoParassimpático ESTÍMULOESTÍMULO Músculo Esquelético Músculo Esquelético Músculo Cardíaco Músculo Liso Glândulas Endócrinas e Exócrinas Tecido Adiposo Músculo Cardíaco Músculo Liso Glândulas Endócrinas e Exócrinas Tecido Adiposo Resposta Tecidual Resposta Tecidual Feed-back SaídaEntrada Controlam Controlam Estimulam
  5. 5. S.N.Central
  6. 6. Organização do S.N.PeriféricoOrganização do S.N.Periférico • O Sistema Nervoso Periférico é aquele que se localiza fora do esqueleto AXIAL. Pode ser dividido em: • 1. SNP SOMÁTICO que se relaciona com o organismo e com o meio ambiente. Possui: • Componente AFERENTE conduz aos centros nervosos impulsos originados em receptores periféricos, informando-os sobre o que passa no meio ambiente. • Componente EFERENTE leva aos músculos estriados esqueléticos o comando dos centros nervosos resultando em movimentos voluntários. 11
  7. 7. • 2. O SNP VISCERAL é aquele que se relaciona com a inervação e com o controle das vísceras. Possui: • O componente AFERENTE conduz os impulsos nervosos originados em receptores das vísceras até as áreas especificas do sistema nervoso. • O componente EFERENTE leva os impulsos originados em centros nervosos até as vísceras. • Este componente eferente é também denominada de Sistema Nervoso AUTÔNOMO ou Autonômico e pode ser dividido em Sistema Nervoso Simpático e Parassimpático. 22 Organização do S.N.PeriféricoOrganização do S.N.Periférico
  8. 8. S.N.Periférico
  9. 9. Funções básicas dos NervosFunções básicas dos Nervos • 1. Função Sensitiva: os nervos sensitivos captam informações do meio interno e externo do corpo e as conduzem ao SNC; • 2. Função Integradora: a informação sensitiva trazida ao SNC é processada ou interpretada; • 3. Função Motora: os nervos motores conduzem a informação do SNC em direção aos músculos e às glândulas do corpo, levando as informações do SNC.
  10. 10. Tecido NervosoTecido Nervoso • Neurônio: é a unidade estrutural e funcional do sistema nervoso que é especializada para a comunicação rápida. Tem a função básica de receber, processar e enviar informações. • Células Gliais (da Glia): compreende as células que ocupam os espaços entre os neurônios e tem como função sustentação, revestimento ou isolamento e modulação da atividade neural.
  11. 11. NeurônioNeurônio
  12. 12. • São células altamente excitáveis que se comunicam entre si ou com outras células efetuadoras, usando basicamente uma linguagem elétrica. • Corpo Celular: Recebe e processa os sinais elétricos e produz os neurotransmissores. • Dendritos: Recebem estímulos e repassam para o C.C. e para o Axônio. • Axônio: Transmite os estímulos elétricos, propaga o Potencial de Ação e liberam neurotransmissores. NeurônioNeurônio
  13. 13. SINAPSE =SINAPSE = Comunicação NeuronalComunicação Neuronal
  14. 14. •A comunicação entre neurônios ocorre por meio de neurotransmissores, que são agentes químicos liberados por um neurônio na fenda sináptica, estimulando um outro neurônio próximo, que por fim recebe a informação. SinapseSinapse
  15. 15. Fibras NervosasFibras NervosasFibras NervosasFibras Nervosas Fibra Nervosa = extensão do Axônio Quando a fibra é envolvida por bainha de mielina, os axônios são denominados fibras nervosas mielínicas. Na ausência de mielina as fibras são denominadas de amielínicas.
  16. 16. NervosNervosNervosNervos Após sair do Tronco Encefálico ou da Medula Espinal, as fibras nervosas motoras e sensoriais reúnem-se em feixes que se associam a estruturas conjuntivas, constituindo nervos espinhais e cranianos. Nervo = Conjunto de Fibras NervosasNervo = Conjunto de Fibras Nervosas
  17. 17. MeningesMeningesMeningesMeninges Couro Cabeludo Periósteo Crânio Dura-máter Aracnóidea Pia-máter Espaço Epidural Espaço Subdural Espaço Subaracnóideo
  18. 18. Líquido Cefalorraquidiano (LCR) ouLíquido Cefalorraquidiano (LCR) ou Líquido Cerebrospinal (LCE)Líquido Cerebrospinal (LCE) Encontra-se no espaço Subaracnóideo. Funções: Proteção física (contra impactos por amortecimento e ainda amenizam o peso da estrutura) e proteção química (composição do LCE é diferente do sangue).
  19. 19. Barreira HematoencefálicaBarreira Hematoencefálica • Isola o liquido Intersticial do plasma sanguíneo, protegendo o cérebro de substâncias nocivas circulantes no sangue, é formada por astrócitos (célula glial).
  20. 20. MESENCÉFALOMESENCÉFALO PONTEPONTE BULBOBULBO CEREBELOCEREBELO DIENCÉFALODIENCÉFALO MEDULA ESPINAL MEDULA ESPINAL HEMISFÉRIO CEREBRAL Telencéfalo HEMISFÉRIO CEREBRAL Telencéfalo
  21. 21. MedulaMedula EspinalEspinal
  22. 22. Substância CinzentaSubstância Cinzenta Substância BrancaSubstância Branca Gânglio EspinalGânglio Espinal Raiz DORSALRaiz DORSAL Raiz VENTRALRaiz VENTRAL
  23. 23. NervosNervos • Existem 31 pares de nervos espinhais aos quais correspondem 31 segmentos medulares assim distribuídos: 8 cervicais, 12 torácicos, 5 lombares, 5 sacrais e 1 coccígeo. • Encontramos 8 pares de nervos cervicais e apenas 7 vértebras cervicais porque o primeiro par de nervos espinhais sai entre o occipital e C1.
  24. 24. Nervos Cranianos (12 pares)Nervos Cranianos (12 pares) 1. Os MOTORES (puros) são os que movimentam o olho, a língua e acessoriamente os músculos látero- posteriores do pescoço. São eles: • III - Nervo Oculomotor • IV - Nervo Troclear • VI - Nervo Abducente • XI - Nervo Acessório • XII - Nervo Hipoglosso
  25. 25. Nervos Cranianos (12 pares)Nervos Cranianos (12 pares) 2. Os SENSORIAIS (puros) destinam-se aos órgãos dos sentidos e por isso são chamados sensoriais. São: • I - Nervo Olfatório • II - Nervo Óptico • VIII - Nervo Vestibulococlear
  26. 26. Nervos Cranianos (12 pares)Nervos Cranianos (12 pares) 3. Os MISTOS (motores e sensitivos) são em número de quatro: • V - Trigêmeo • VII - Nervo Facial • IX - Nervo Glossofaríngeo • X - Nervo Vago
  27. 27. Nervos Cranianos (12 pares)Nervos Cranianos (12 pares) 4. Cinco deles ainda possuem fibras vegetativas, constituindo a parte do Sistema Autônomo. São os seguintes: • III - Nervo Oculomotor • VII - Nervo Facial • IX - Nervo Glossofaríngeo • X - Nervo Vago • XI - Nervo Acessório
  28. 28. Tronco EncefálicoTronco Encefálico • O Tronco Encefálico se divide em: Bulbo, Mesencéfalo, e a Ponte situada entre ambos. • Muitos dos núcleos do tronco encefálico recebem ou emitem fibras nervosas que entram na constituição dos nervos cranianos. Dos 12 pares de nervos cranianos, 10 fazem conexão com o tronco encefálico.
  29. 29. CerebeloCerebelo • O cerebelo difere fundamentalmente do cérebro porque funciona sempre em nível involuntário e inconsciente, sendo sua função exclusivamente motora (equilíbrio e coordenação).
  30. 30. CérebroCérebro Diencéfalo •Ao Diencéfalo compreendem as seguintes partes: Tálamo, Hipotálamo, Epitálamo (Glandula Pineal) e Subtálamo e Glândula Hipófise, todas relacionadas com o III ventrículo. Telencéfalo •O Telencéfalo compreende os dois hemisférios cerebrais, direito e esquerdo, e uma pequena linha mediana situada na porção anterior do III ventrículo.
  31. 31. Córtex Cerebral Glândula Pineal Hipotálamo Glândula Hipófise
  32. 32. SulcosSulcos
  33. 33. SULCOSSULCOS
  34. 34. SULCOSSULCOS
  35. 35. SULCOSSULCOS
  36. 36. SULCOSSULCOS
  37. 37. LOBOSLOBOS
  38. 38. GIROS – Lobo FrontalGIROS – Lobo Frontal
  39. 39. GIROS – Lobo TemporalGIROS – Lobo Temporal
  40. 40. GIROS – Lobo ParietalGIROS – Lobo Parietal
  41. 41. GIROS – Lobo da ÍnsulaGIROS – Lobo da Ínsula
  42. 42. VentrículosVentrículos
  43. 43. Nervos Periféricos VertebraisNervos Periféricos Vertebrais • Plexo Cervical • Plexo Braquial • Nervos Torácicos • Plexo Lombar • Plexo Sacral • Plexo Coccígeo
  44. 44. Vascularização do SNCVascularização do SNC
  45. 45. Polígono de WillisPolígono de Willis

×