Aula 06 sistema nervoso - anatomia e fisiologia

7.496 visualizações

Publicada em

Sistema nervoso

Publicada em: Educação
0 comentários
18 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
7.496
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
528
Comentários
0
Gostaram
18
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula 06 sistema nervoso - anatomia e fisiologia

  1. 1. Sistema Nervoso Prof. Hamilton F. Nobrega
  2. 2. ASPECTOS GERAIS • Unidade morfológica e funcional do sistema nervoso; • Possui capacidade de gerar e conduzir impulsos ao longo de seus prolongamentos; • É incapaz de se reproduzir; • Dependência quanto a relação da concentração de oxigênio; • Composição plasmática constante
  3. 3. FUNÇÕES • controla todas as atividades do corpo, como percepção do mundo exterior, movimentos dos ossos, funcionamento do organismo, permite pensar, lembrar e ter sensações. DIVISÃO • Corpos celulares: encéfalo, medula raquidiana, gânglios e nervos
  4. 4. CORPO CELULAR  Ficam localizados dentro da substância cinzenta;  Contém núcleo e citoplasma com as organelas;  O citoplasma do corpo celular recebe o nome de pericárdio. DENDRITOS  Especializados em receber os estímulos, traduzindo-os em alterações do potencial AXÔNIO  Filamento único, maior que dendritos;  Conduz o impulso a partir do corpo;  Recoberto pela bainha de mielina  Terminal axonal – local de contato
  5. 5. DENDRITOS CORPO CELULAR CORPO CELULAR CORPO CELULAR DENDRITOS Direção da condução AXÔNIO AXÔNIO AXÔNIO NEURÔNIO SENSORIAL NEURÔNIO ASSOCIATIVO NEURÔNIO MOTOR AXÔNIO AXÔNIO Multipolares, Bipolar e Unipolar
  6. 6.  Motores: controlam órgãos efetores (glândulas, musculo liso e estriado)  Sensoriais: recebem estímulos do organismo ou do ambiente  Interneurônios: estabelecem conexões entre outros neurônios, formando circuitos complexos
  7. 7.  Astrócitos:  captam neurotransmissores  Tem funções metabólicas  Tem prolongamentos inseridos nos vasos sanguíneos  Oligondendrócitos:  Possuem um corpo arrendondado;  Atuam na manutenção dos neurônios;  Síntese das bainhas de mielina
  8. 8.  É a região compreendida entre um axônio de um neurônio com um dendrito de outro, através do qual ocorre, a transmissão do impulso nervoso.
  9. 9.  Interneuronais: neurônio – neurônio  Neuromusculares: neurônio – músculo  Neuroglandulares: neurônio – célula glandular
  10. 10. O encéfalo: Liga-se ao corpo pela medula espinhal, que se estende no interior da coluna vertebral. O encéfalo é subdividido em cérebro, tronco encefálico (formados pelo mesencéfalo, ponte e bulbo) e cerebelo.
  11. 11. Telencéfalo: maior espaço no cérebro humano. Recebe todos os sinais que vem do corpo. O córtex cerebral divide-se em: occipital, parietal, frontal, temporal e lobo da ínsula. Diencéfalo: formado por vários núcleos. compreende tálamo, o hipotálamo. Acima do tálamo fica a glândula pineal, ou epitálamo. Mesencéfalo: Importante para o movimento ocular e o controle postural subconsciente. coordenação das informações referentes ao estado de contração dos músculos e postura corporal Ponte: Contém grande quantidade de neurônios que retransmite informações. Bulbo: centro de controle de funções vitais, exemplo, batidas do coração e respiração. Cerebelo: monitora e ajusta o funcionamento do córtex cerebral, equilíbrio e tônus muscular.
  12. 12. • LOBO FRONTAL: processamentos complexos (cognição,) planejamento e iniciação dos movimentos voluntários • LOBO PARIETAL: área de projeção e processamento somestésico • LOBO TEMPORAL: área de projeção e processamento auditivo. • LOBO OCCIPITAL: área de projeção e processamento visual • INSULA: fica oculto sob os lobos frontais e temporal
  13. 13. Plano coronal ou frontal Plano sagitalPlano transverso
  14. 14. A MEDULA é dividida em 4 regiões topográficas
  15. 15. As fibras nervosas variam no calibre e possuem bainha de mielina ou não Nervos: cordões esbranquiçados constituídos de fibras nervosas reforçados por tecido conjuntivo.
  16. 16. Nervos espinhais: União de uma raiz ventral (motora) e dorsal (sensorial). O tronco do nervo espinhal é funcionalmente misto e deixa o canal vertebral pelo forame intervertebral. Ramo dorsal : inerva a pele e músculos da região dorsal do tronco, da nuca e região occipital da cabeça. Ramo ventral: inerva a pele, musculatura, ossos e vasos dos membros e região antero-lateral do pescoço e tronco.
  17. 17. Quanto ao sentido do impulso nervoso: • Nervos sensoriais (aferentes): contém apenas fibras sensoriais. Impulso do órgão receptor para o SNC; • Nervos motores (eferentes): contém apenas fibras motoras. Impulso do SNC para o órgão efetuado; • Nervos mistos: contém fibras motoras e sensoriais. Impulso do SNC para o órgão e do órgão para o SNC
  18. 18. Fibras sensitivas somáticas gerais Pele, músculos, tendões e articulação Fibras sensitivas viscerais Fibras motoras somáticas Músculos estriados esqueléticos Fibras motoras viscerais Músculos lisos, cardíaco e glândulas
  19. 19. As ações voluntárias resultam da contração de músculos estriados esqueléticos, que estão sob o controle do sistema nervoso periférico voluntário ou somático. Já as ações involuntárias resultam da contração da musculatura lisa e cardíaca, controladas pelo sistema nervoso periférico autônomo, também chamado involuntário ou visceral.
  20. 20. • SNP voluntário ou somático • SNP autônomo ou visceral SNP Nervos Gânglios Voluntário Autônomo Simpático Parassimpático
  21. 21. SISTEMA NERVOSO PERIFÉRICO VOLUNTÁRIO AUTÔNOMO SIMPÁTICO PARASSIMPÁTICO TORÁCICA e LOMBAR ENCÉFALO MEDULA FINAL (SACRAL) ADRENALINA NORADRENALINA ACETILCOLINA Nervos que partem das regiões Principal
  22. 22. O SNP voluntário ou somático tem por função reagir a estímulos provenientes do ambiente externo. Ele é constituído por fibras motoras que conduzem impulsos do sistema nervoso central aos músculos esqueléticos. O corpo celular de uma fibra motora do SNP voluntário fica localizado dentro do sistema nervoso central e o axônio vai diretamente do encéfalo ou da medula até o órgão que inerva.
  23. 23. O SNP autônomo ou visceral tem por função regular o ambiente interno do corpo, controlando a atividade dos sistemas digestivos, cardiovascular, excretor e endócrino. Ele contém fibras motoras que conduzem impulsos do sistema nervoso central aos músculos lisos das vísceras e à musculatura do coração.
  24. 24. SNPA simpático e parassimpático Divide-se em dois ramos: simpático e parassimpático, que se distinguem tanto pela estrutura quanto pela função. Quanto à estrutura, os ramos da SNPA simpático e parassimpático diferem pela localização do gânglio na via nervosa. Enquanto os gânglios das vias simpáticas localizam-se ao lado da medula espinal, distantes do órgão efetuador, os gânglios das vias parassimpáticas estão longe do sistema nervoso central e próximos ou mesmo dentro do órgão efetuador.
  25. 25. SNPA simpático e parassimpático As fibras nervosas simpáticas e parassimpáticas inervam os mesmo órgãos, mas trabalham em oposição. Enquanto um dos ramos estimula determinado órgão, o outro inibe. Essa situação antagônica mantém o funcionamento equilibrado dos órgãos internos.
  26. 26. SNPA simpático e parassimpático O SNPA simpático, de modo geral, estimulam ações que mobilizam energia, permitindo ao organismo responder a situações de estresse. Por exemplo, o sistema simpático é responsável pela aceleração dos batimentos cardíacos, pelo aumento da pressão sanguínea, pelo aumento da concentração de açúcar no sangue e pela ativação do metabolismo geral do corpo. Já o SNPA parassimpático, estimula principalmente atividades relaxantes, como as reduções do ritmo cardíaco e da pressão sanguínea entre outras.
  27. 27. Lista de Questões
  28. 28. 1. Quais são as características do SN? 2. Qual a divisão do SN? 3. Como é o nome da célula do SN e quais suas partes? 4. Como se classificam os neurônios quanto a forma? Caracterize cada um. 5. Como se classificam os neurônios quanto a função? Explique. 6. O que são células da Glia? Quais são? Caracterize cada uma. 7. O que é sinapse? Como ocorre? 8. Quais os tipos de sinapse? 9. Como se divide o SNC? 10. Quais as divisões do encéfalo? Caracterize cada uma.
  29. 29. 1. Quais são as características do SN? 2. Qual a divisão do SN? 3. Como é o nome da célula do SN e quais suas partes? 4. Como se classificam os neurônios quanto a forma? Caracterize cada um. 5. Como se classificam os neurônios quanto a função? Explique. 6. O que são células da Glia? Quais são? Caracterize cada uma. 7. O que é sinapse? Como ocorre? 8. Quais os tipos de sinapse? 9. Como se divide o SNC? 10. Quais as divisões do encéfalo? Caracterize cada uma. 11. O encéfalo é recoberto por membranas. Como são chamadas e quais são? 12. Caracterize: a)Telencéfalo b) Diencéfalo c) Mesenéfalo d) Ponte: e) Bulbo: f) Cerebelo: 13. Quantos e quais são os lobos do cérebro? 14. O que é medula espinhal e como se divide topograficamente? 15. O que são nervos? 16. Qual a diferença entre nervos aferentes e eferentes
  30. 30. 1. Quais são as características do SN? 2. Qual a divisão do SN? 3. Como é o nome da célula do SN e quais suas partes? 4. Como se classificam os neurônios quanto a forma? Caracterize cada um. 5. Como se classificam os neurônios quanto a função? Explique. 6. O que são células da Glia? Quais são? Caracterize cada uma. 7. O que é sinapse? Como ocorre? 8. Quais os tipos de sinapse? 9. Como se divide o SNC? 10. Quais as divisões do encéfalo? Caracterize cada uma. 11. O encéfalo é recoberto por membranas. Como são chamadas e quais são? 12. Caracterize: a)Telencéfalo b) Diencéfalo c) Mesenéfalo d) Ponte: e) Bulbo: f) Cerebelo: 13. Quantos e quais são os lobos do cérebro? 14. O que é medula espinhal e como se divide topograficamente? 15. O que são nervos? 16. Qual a diferença entre nervos aferentes e eferentes 17. O cérebro e a medula são compostos por quais substâncias? 18. O que são gânglios? 19. O SNP se divide em dois. Quais as características principais para essa divisão? 20. Complete: a) Os sistemas simpático e parassimpático distinguem-se pela ________________________ e ____________________ b) Quanto à estrutura, os ramos da SNPA simpático e parassimpático diferem pela localização do __________ na via nervosa. c) Enquanto os gânglios das vias simpáticas localizam-se ao _________________________, distantes do órgão efetuador, os gânglios das vias parassimpáticas estão_____________ do sistema nervoso central e ___________ ou mesmo dentro do órgão efetuador.

×