SlideShare uma empresa Scribd logo

Sistema Nervoso Central

Trabalho sobre o sistema nervoso central.

1 de 23
Baixar para ler offline
De: Francisco Martins, nº9 10 GD 
Nuno Capela, nº15 10 GD 
Disciplina: PAFD 
Professor: Hugo Pinto
O sistema nervoso divide-se em dois grandes grupos, o 
sistema nervoso central e o sistema nervoso periférico. 
O sistema nervoso central contém o encéfalo e a espinal 
medula. 
O sistema nervoso periférico, subdivide-se em duas partes, 
o sistema nervoso somático e o sistema nervoso autónomo, 
que este por sua vez divide-se em sistema nervoso simpático 
e sistema nervoso parassimpático, como iremos demonstrar 
no nosso trabalho.
Sistema Nervoso Central
O sistema nervoso é um conjunto de estruturas neurológicas 
e de órgãos que, constituindo uma complexa rede de células 
nervosas, regula todas as atividades do nosso organismo.
A unidade básica deste sistema é uma célula nervosa 
chamada neurónio. 
O neurónio conduz o impulso nervoso e é composto por 
dendrites, corpo celular e axónio. As dendrites trazem 
sempre o impulso nervoso para o corpo celular, enquanto o 
axónio leva o impulso para fora do corpo celular.
Sistema Nervoso Central

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Fisiologia do sistema nervoso - Anatomia e Funções
Fisiologia do sistema nervoso - Anatomia e FunçõesFisiologia do sistema nervoso - Anatomia e Funções
Fisiologia do sistema nervoso - Anatomia e FunçõesPedro Augusto
 
Anatomia do telencéfalo
Anatomia do telencéfaloAnatomia do telencéfalo
Anatomia do telencéfaloCaio Maximino
 
Sistema nervoso slides
Sistema nervoso slidesSistema nervoso slides
Sistema nervoso slidesFabiano Reis
 
Fisiologia do Sistema Reprodutor
Fisiologia do Sistema ReprodutorFisiologia do Sistema Reprodutor
Fisiologia do Sistema ReprodutorGabriela Bruno
 
Sistema Nervoso
Sistema NervosoSistema Nervoso
Sistema NervosoLuís Rita
 
11 ¬ aula slides sistema nervoso
11 ¬ aula slides sistema nervoso11 ¬ aula slides sistema nervoso
11 ¬ aula slides sistema nervosoSimone Alvarenga
 
Homeostase e integração
Homeostase e integraçãoHomeostase e integração
Homeostase e integraçãoCaio Maximino
 
Sistema Nervoso - Aula em Power Point
Sistema Nervoso - Aula em Power PointSistema Nervoso - Aula em Power Point
Sistema Nervoso - Aula em Power PointBio
 
Sistema nervoso 8ano
Sistema nervoso 8anoSistema nervoso 8ano
Sistema nervoso 8anorobioprof
 
Sistema sensorial - anatomia humana
Sistema sensorial - anatomia humanaSistema sensorial - anatomia humana
Sistema sensorial - anatomia humanaMarília Gomes
 
Sistema nervoso - Anatomia animal
Sistema nervoso - Anatomia animalSistema nervoso - Anatomia animal
Sistema nervoso - Anatomia animalMarília Gomes
 
Sistema genital masculino
Sistema genital masculinoSistema genital masculino
Sistema genital masculinoWesley Araújo
 

Mais procurados (20)

Fisiologia do sistema nervoso - Anatomia e Funções
Fisiologia do sistema nervoso - Anatomia e FunçõesFisiologia do sistema nervoso - Anatomia e Funções
Fisiologia do sistema nervoso - Anatomia e Funções
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
 
Anatomia do telencéfalo
Anatomia do telencéfaloAnatomia do telencéfalo
Anatomia do telencéfalo
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
 
Sistema nervoso slides
Sistema nervoso slidesSistema nervoso slides
Sistema nervoso slides
 
Fisiologia do Sistema Reprodutor
Fisiologia do Sistema ReprodutorFisiologia do Sistema Reprodutor
Fisiologia do Sistema Reprodutor
 
Sistema Nervoso
Sistema NervosoSistema Nervoso
Sistema Nervoso
 
11 ¬ aula slides sistema nervoso
11 ¬ aula slides sistema nervoso11 ¬ aula slides sistema nervoso
11 ¬ aula slides sistema nervoso
 
Homeostase e integração
Homeostase e integraçãoHomeostase e integração
Homeostase e integração
 
Cortex cerebral
Cortex cerebralCortex cerebral
Cortex cerebral
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
 
Sistema Nervoso - Aula em Power Point
Sistema Nervoso - Aula em Power PointSistema Nervoso - Aula em Power Point
Sistema Nervoso - Aula em Power Point
 
Telencéfalo
TelencéfaloTelencéfalo
Telencéfalo
 
Sistema nervoso 8ano
Sistema nervoso 8anoSistema nervoso 8ano
Sistema nervoso 8ano
 
Neuroanatomia Inicial
Neuroanatomia Inicial Neuroanatomia Inicial
Neuroanatomia Inicial
 
Sistema sensorial - anatomia humana
Sistema sensorial - anatomia humanaSistema sensorial - anatomia humana
Sistema sensorial - anatomia humana
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
 
Sistema nervoso - Anatomia animal
Sistema nervoso - Anatomia animalSistema nervoso - Anatomia animal
Sistema nervoso - Anatomia animal
 
Tecido nervoso
Tecido nervosoTecido nervoso
Tecido nervoso
 
Sistema genital masculino
Sistema genital masculinoSistema genital masculino
Sistema genital masculino
 

Destaque (20)

Sistema nervoso central
Sistema nervoso centralSistema nervoso central
Sistema nervoso central
 
Sn sistema nervoso central
Sn sistema nervoso centralSn sistema nervoso central
Sn sistema nervoso central
 
Memória extracerebral - Estudo sobre a reecarnação
Memória extracerebral - Estudo sobre a reecarnaçãoMemória extracerebral - Estudo sobre a reecarnação
Memória extracerebral - Estudo sobre a reecarnação
 
Histo II - Sist. Nervoso
Histo II - Sist. NervosoHisto II - Sist. Nervoso
Histo II - Sist. Nervoso
 
Medula Espinal
Medula EspinalMedula Espinal
Medula Espinal
 
SISTEMA NERVOSO CENTRAL
SISTEMA NERVOSO CENTRALSISTEMA NERVOSO CENTRAL
SISTEMA NERVOSO CENTRAL
 
Sistema Nervoso
Sistema NervosoSistema Nervoso
Sistema Nervoso
 
Cepss nervoso
Cepss nervosoCepss nervoso
Cepss nervoso
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
 
Reforço Positivo e Negativo
Reforço Positivo e NegativoReforço Positivo e Negativo
Reforço Positivo e Negativo
 
2º aula medula espinhal
2º aula medula espinhal2º aula medula espinhal
2º aula medula espinhal
 
Punição positiva x negativa
Punição positiva x negativaPunição positiva x negativa
Punição positiva x negativa
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
 
Trabalho visao biofisica
Trabalho visao biofisicaTrabalho visao biofisica
Trabalho visao biofisica
 
Sistema nervoso visceral
Sistema nervoso visceralSistema nervoso visceral
Sistema nervoso visceral
 
Sistema nervoso central
Sistema nervoso centralSistema nervoso central
Sistema nervoso central
 
Semiologia ortopedica 0
Semiologia ortopedica 0Semiologia ortopedica 0
Semiologia ortopedica 0
 
Aula 7 Sistema Nervoso
Aula 7 Sistema NervosoAula 7 Sistema Nervoso
Aula 7 Sistema Nervoso
 
Semiologia ortopedica exame
Semiologia ortopedica   exameSemiologia ortopedica   exame
Semiologia ortopedica exame
 
Sistema nervoso autonomo
Sistema nervoso autonomoSistema nervoso autonomo
Sistema nervoso autonomo
 

Semelhante a Sistema Nervoso Central

Sistema neuro hormonal
Sistema neuro hormonalSistema neuro hormonal
Sistema neuro hormonalLeonardo Alves
 
Trabalho de neuronatomia funcional
Trabalho de neuronatomia funcionalTrabalho de neuronatomia funcional
Trabalho de neuronatomia funcionalPatricia Costa
 
Neuroanatomia 01 introdução à neuroanatomia e neurofisiologia (2012)
Neuroanatomia 01   introdução à neuroanatomia e neurofisiologia (2012)Neuroanatomia 01   introdução à neuroanatomia e neurofisiologia (2012)
Neuroanatomia 01 introdução à neuroanatomia e neurofisiologia (2012)Pilar Pires
 
Medresumos 2016 neuroanatomia 01 - introdução à neuroanatomia
Medresumos 2016   neuroanatomia 01 - introdução à neuroanatomiaMedresumos 2016   neuroanatomia 01 - introdução à neuroanatomia
Medresumos 2016 neuroanatomia 01 - introdução à neuroanatomiaJucie Vasconcelos
 
O sistema nervoso
O sistema nervoso O sistema nervoso
O sistema nervoso Nubia Karla
 
(7) 2008-2009 - 9º ano - sistema neuro-hormonal
(7)   2008-2009 - 9º ano - sistema neuro-hormonal(7)   2008-2009 - 9º ano - sistema neuro-hormonal
(7) 2008-2009 - 9º ano - sistema neuro-hormonalHugo Martins
 
AULA SISTEMA NERVOSO slide sha.pptx
AULA SISTEMA NERVOSO  slide sha.pptxAULA SISTEMA NERVOSO  slide sha.pptx
AULA SISTEMA NERVOSO slide sha.pptxFabianoDoVale
 
Neurociências 2prova
Neurociências 2provaNeurociências 2prova
Neurociências 2provaandreaflima
 
Sistema Neuro Hormonal
Sistema Neuro HormonalSistema Neuro Hormonal
Sistema Neuro Hormonalleonorsm
 
Anatomia do Sistema Nervoso Humano
Anatomia do Sistema Nervoso HumanoAnatomia do Sistema Nervoso Humano
Anatomia do Sistema Nervoso HumanoEgberto Neto
 
[Instituto Interage - Curso de Psicofarmacologia] Aula 1/1
[Instituto Interage - Curso de Psicofarmacologia] Aula 1/1[Instituto Interage - Curso de Psicofarmacologia] Aula 1/1
[Instituto Interage - Curso de Psicofarmacologia] Aula 1/1Marcelo Zanotti da Silva
 
Aspectos psiconeurológicos do desenvolvimento
Aspectos psiconeurológicos do desenvolvimentoAspectos psiconeurológicos do desenvolvimento
Aspectos psiconeurológicos do desenvolvimentoUNICEP
 

Semelhante a Sistema Nervoso Central (20)

Sistema neuro hormonal
Sistema neuro hormonalSistema neuro hormonal
Sistema neuro hormonal
 
Trabalho de neuronatomia funcional
Trabalho de neuronatomia funcionalTrabalho de neuronatomia funcional
Trabalho de neuronatomia funcional
 
Neuroanatomia 01 introdução à neuroanatomia e neurofisiologia (2012)
Neuroanatomia 01   introdução à neuroanatomia e neurofisiologia (2012)Neuroanatomia 01   introdução à neuroanatomia e neurofisiologia (2012)
Neuroanatomia 01 introdução à neuroanatomia e neurofisiologia (2012)
 
Medresumos 2016 neuroanatomia 01 - introdução à neuroanatomia
Medresumos 2016   neuroanatomia 01 - introdução à neuroanatomiaMedresumos 2016   neuroanatomia 01 - introdução à neuroanatomia
Medresumos 2016 neuroanatomia 01 - introdução à neuroanatomia
 
O sistema nervoso
O sistema nervoso O sistema nervoso
O sistema nervoso
 
(7) 2008-2009 - 9º ano - sistema neuro-hormonal
(7)   2008-2009 - 9º ano - sistema neuro-hormonal(7)   2008-2009 - 9º ano - sistema neuro-hormonal
(7) 2008-2009 - 9º ano - sistema neuro-hormonal
 
AULA SISTEMA NERVOSO slide sha.pptx
AULA SISTEMA NERVOSO  slide sha.pptxAULA SISTEMA NERVOSO  slide sha.pptx
AULA SISTEMA NERVOSO slide sha.pptx
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
 
Neurociências 2prova
Neurociências 2provaNeurociências 2prova
Neurociências 2prova
 
Sistema Neuro Hormonal
Sistema Neuro HormonalSistema Neuro Hormonal
Sistema Neuro Hormonal
 
Sistemanervoso1 (2)
Sistemanervoso1 (2)Sistemanervoso1 (2)
Sistemanervoso1 (2)
 
Sistema Nervoso
Sistema NervosoSistema Nervoso
Sistema Nervoso
 
Anatomia do Sistema Nervoso Humano
Anatomia do Sistema Nervoso HumanoAnatomia do Sistema Nervoso Humano
Anatomia do Sistema Nervoso Humano
 
Psicofisiologia
Psicofisiologia Psicofisiologia
Psicofisiologia
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
 
[Instituto Interage - Curso de Psicofarmacologia] Aula 1/1
[Instituto Interage - Curso de Psicofarmacologia] Aula 1/1[Instituto Interage - Curso de Psicofarmacologia] Aula 1/1
[Instituto Interage - Curso de Psicofarmacologia] Aula 1/1
 
Aspectos psiconeurológicos do desenvolvimento
Aspectos psiconeurológicos do desenvolvimentoAspectos psiconeurológicos do desenvolvimento
Aspectos psiconeurológicos do desenvolvimento
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
 
Aula 2
Aula 2Aula 2
Aula 2
 

Último

5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...apoioacademicoead
 
A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...
A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...
A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...azulassessoriaacadem3
 
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptxAndreia Silva
 
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...azulassessoriaacadem3
 
610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...
610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...
610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...GraceDavino
 
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...azulassessoriaacadem3
 
a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...
a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...
a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...azulassessoriaacadem3
 
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...apoioacademicoead
 
Slides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptx
Slides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptxSlides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptx
Slides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
SOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIM
SOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIMSOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIM
SOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIMHisrelBlog
 
A) Comportamento treino-instrução. B) Comportamento de apoio social. C) Compo...
A) Comportamento treino-instrução. B) Comportamento de apoio social. C) Compo...A) Comportamento treino-instrução. B) Comportamento de apoio social. C) Compo...
A) Comportamento treino-instrução. B) Comportamento de apoio social. C) Compo...apoioacademicoead
 
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...azulassessoriaacadem3
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...excellenceeducaciona
 
Considere a imagem abaixo: Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...
Considere a imagem abaixo:  Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...Considere a imagem abaixo:  Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...
Considere a imagem abaixo: Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...azulassessoriaacadem3
 
Nesse sentido, considerando a situação hipotética apresentada sobre o projeto...
Nesse sentido, considerando a situação hipotética apresentada sobre o projeto...Nesse sentido, considerando a situação hipotética apresentada sobre o projeto...
Nesse sentido, considerando a situação hipotética apresentada sobre o projeto...azulassessoriaacadem3
 
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...azulassessoriaacadem3
 
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;azulassessoriaacadem3
 

Último (20)

5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
 
A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...
A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...
A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...
 
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
 
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
 
610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...
610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...
610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...
 
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
 
a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...
a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...
a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...
 
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
 
Slides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptx
Slides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptxSlides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptx
Slides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptx
 
SOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIM
SOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIMSOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIM
SOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIM
 
A) Comportamento treino-instrução. B) Comportamento de apoio social. C) Compo...
A) Comportamento treino-instrução. B) Comportamento de apoio social. C) Compo...A) Comportamento treino-instrução. B) Comportamento de apoio social. C) Compo...
A) Comportamento treino-instrução. B) Comportamento de apoio social. C) Compo...
 
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
 
Considere a imagem abaixo: Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...
Considere a imagem abaixo:  Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...Considere a imagem abaixo:  Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...
Considere a imagem abaixo: Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...
 
GABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docx
GABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docxGABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docx
GABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docx
 
Nesse sentido, considerando a situação hipotética apresentada sobre o projeto...
Nesse sentido, considerando a situação hipotética apresentada sobre o projeto...Nesse sentido, considerando a situação hipotética apresentada sobre o projeto...
Nesse sentido, considerando a situação hipotética apresentada sobre o projeto...
 
Namorar não és ser don .
Namorar não és ser don                  .Namorar não és ser don                  .
Namorar não és ser don .
 
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
 
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
 
SANTO AMARO NO LAR VALE FORMOSO _
SANTO AMARO NO LAR VALE FORMOSO         _SANTO AMARO NO LAR VALE FORMOSO         _
SANTO AMARO NO LAR VALE FORMOSO _
 

Sistema Nervoso Central

  • 1. De: Francisco Martins, nº9 10 GD Nuno Capela, nº15 10 GD Disciplina: PAFD Professor: Hugo Pinto
  • 2. O sistema nervoso divide-se em dois grandes grupos, o sistema nervoso central e o sistema nervoso periférico. O sistema nervoso central contém o encéfalo e a espinal medula. O sistema nervoso periférico, subdivide-se em duas partes, o sistema nervoso somático e o sistema nervoso autónomo, que este por sua vez divide-se em sistema nervoso simpático e sistema nervoso parassimpático, como iremos demonstrar no nosso trabalho.
  • 4. O sistema nervoso é um conjunto de estruturas neurológicas e de órgãos que, constituindo uma complexa rede de células nervosas, regula todas as atividades do nosso organismo.
  • 5. A unidade básica deste sistema é uma célula nervosa chamada neurónio. O neurónio conduz o impulso nervoso e é composto por dendrites, corpo celular e axónio. As dendrites trazem sempre o impulso nervoso para o corpo celular, enquanto o axónio leva o impulso para fora do corpo celular.
  • 7. O sistema nervoso é constituído pelo (1) cérebro, (2) sistema nevoso central e a (3) espinha dorsal.
  • 8. O Sistema Nervoso Central desempenha várias funções, dando-nos a possibilidade, entre outras coisas, de nos mantermos acordados, de pensar, de refletir e reagir ao ambiente.
  • 9. A espinal medula nasce no interior do crânio, a nível do bolbo, e desce pelo canal raquidiano, ao centro da coluna vertebral. Esta contém também os centros nervosos que supervisionam a respiração, a atividade cardíaca, o estado de vigilância, entre outros. É constituída por fibras nervosas que têm origem no cérebro e terminam nos órgãos. Estas fibras nervosas ligam-se na espinal medula, com o objetivo de permitir que os impulsos nervosos alcancem o seu destino. Pode-se dizer que as funções da espinal medula são a função condutora (transportam informação sensorial para o encéfalo e do encéfalo para os músculos) e a função coordenadora (comunicação entre encéfalo e o organismo, coordenando as atividades reflexas). Arco reflexo são respostas motoras da espinal medula a estímulos externos, sem intervenção do cérebro.
  • 10. O Encéfalo está localizado na caixa craniana, o crânio protege este órgão delicado em caso de traumatismo. Por sua vez é dividido por três partes: o metencéfalo, o mesencéfalo e o protencéfalo.
  • 11. O metencéfalo é constituído pelo cerebelo e pelo bolbo raquidiano encontra-se ligado à espinal medula, tendo como estruturas fundamentais o cerebelo e o bolbo raquidiano.
  • 12. O cerebelo fica localizado ao lado do tronco encefálico. O cerebelo é parecido com o córtex cerebral em alguns aspetos: é dividido em hemisférios e tem um córtex que recobre estes hemisférios. A sua função consiste em supervisionar a coordenação dos movimentos voluntários e manter o equilíbrio do corpo.
  • 13. Bolbo Raquidiano, este também é conhecido como medula alongada, é o ponto de passagem dos nervos que ligam a medula ao cérebro. Contém grupos de neurónios especializados no controlo de funções fisiológicas vitais, como o ritmo cardíaco, a respiração, a pressão arterial, ou funções motoras básicas como engolir. Esta região também influencia o sono e a tosse.
  • 14. O Mesencéfalo a sua principal estrutura é o sistema reticular ativante. É constituído por uma fina rede de nervos que despertam as diversas áreas do cérebro, de modo a executarem as funções a que estão destinadas. As suas funções são selecionar as mensagens a serem analisadas pelo cérebro; alertar o cérebro; responsável pelo estado de vigília /sono; responsável pelas situações de atenção/ distração.
  • 15. O Protencéfalo é a maior divisão do encéfalo e tem com estruturas o tálamo, o hipotálamo, o sistema límbico e cérebro (revestido por uma camada fina chamada córtex cerebral). O Córtex cerebral desempenha um papel central em funções complexas do cérebro como na memória, atenção, consciência, linguagem, perceção e pensamento.
  • 16. O Tálamo recebe informações sensoriais do corpo e as passa para o córtex cerebral. O córtex cerebral envia informações motoras para o tálamo que posteriormente são distribuídas pelo corpo. Tem como funções a integração sensorial e a integração motora.
  • 17. O Hipotálamo é composto por várias áreas na base do cérebro. Ele tem o tamanho de uma ervilha, é responsável por alguns comportamentos muito importantes para o indivíduo. Uma das funções do Hipotálamo é o controle da temperatura corporal. O Hipotálamo também controla a hipófise, que por sua vez controla o sistema endócrino. As suas funções para além da regulação da temperatura são o controlo das emoções, fome, sede e ritmos biológicos.
  • 18. O Sistema Límbico é um grupo de estruturas que inclui a amígdala, o hipocampo. Estas áreas são muito importantes para a emoção e reações emocionais, também regula o comportamento emocional e a memória.
  • 19. Amígdala é localizada na profundidade de cada lobo temporal anterior, e funciona de modo íntimo com o hipotálamo. É o centro identificador de perigo.
  • 20. Hipocampo é a mais ampla estrutura do sistema límbico. Desempenha um papel importante na memória e na aprendizagem.
  • 21. Lesões no Sistema Nervoso Central Cerebelo: Lesões nesta área provocam a perda do equilíbrio e de coordenação dos movimentos. Bolbo raquidiano: Lesões nesta área podem provocar a morte, pois controla reflexos vitais como engolir, tossir, vomitar e espirar. Sistema reticular ativante: Quando danificado provoca um estado de coma permanente. Tálamo: Danos ou lesões no tálamo podem dificultar a memorização de novas informações tais como números de telefone e rostos novos. Amígdala: Danos nesta zona provoca diminui os comportamentos agressivos e violentos. Hipocampo: Lesões nesta região incapacita a formação de novas memórias.
  • 22. O Córtex Cerebral tem como suas funções o pensamento, os movimentos voluntários, a linguagem e a perceção. Recebem e produzem informação sensorial e coordenam os dados sensoriais e as funções motoras. Esta dividido em dois hemisférios o direitos e o esquerdo.
  • 23. Existem em cada hemisfério quatro lobos: Lobo Temporal, Lobo Frontal, Lobo Parietal, Lobo occipital.

Notas do Editor

  1. Axónio conduz
  2. Sistema reticular é distinguir os estímulos relevantes dos estímulos irrelevantes. A sua principal função é ativar o córtex cerebral. Córtex cerebral desempenha um papel central em funções complexas do cérebro como na memória, atenção, consciência, linguagem, perceção e pensamento.
  3. Sistema endócrino é formado pelo conjunto de glândulas que apresentam como atividade característica a produção de secreções denominadas hormonas. Frequentemente o sistema endócrino interage com o sistema nervoso.