Sistemanervoso 120618081852-phpapp01

370 visualizações

Publicada em

SISTEMA NERVOSO

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
370
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
11
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sistemanervoso 120618081852-phpapp01

  1. 1. Biologia Tema: Sistema Nervoso Prof. Katia Queiroz katialsq@gmail.com WWW.BIOMAISKATIAQUEIROZ.BLOG SPOT.COM SSiisstteemmaa NNeerrvvoossoo
  2. 2. Evolução do sistema nervoso periférico(SNP) nos Cnidarios No reino animal, podemos encontrar um sistema nervoso pela primeira vez nos celenterados (ou cnidários) na forma de um sistema nervoso difuso (rede nervosa), com células nervosas sem diferenciações ou especializações.
  3. 3. Evolução do SNP nos Platelmintos Nos platelmintos, encontramos pela primeira vez células nervosas agrupadas, formando um gânglio nervoso anterior (os primeiros a apresentarem cefalização) de onde partem de 2 a 8 cordões nervosos longitudinalmente para o resto do corpo (sistema nervoso ganglionar ventral).
  4. 4. Evolução do SNP nos Anelídeos Os anelídeos apresentam gânglios cerebróides na região anterior do corpo (2 pares supraesofágicos e 2 pares subesofágicos) e um ou dois cordões nervosos ventrais, com gânglios para cada segmento do corpo (gânglios ventrais).
  5. 5. Evolução do SNP nos Moluscos Nos moluscos encontramos gânglios cerebrais desenvolvidos, comunicados com gânglios viscerais (controle das vísceras) e gânglios pedais ou pediais (controle dos movimentos).
  6. 6. Tecido nervoso  Tipos celulares: - Neurônios – condução de impulsos nervosos - Células da Neuróglia/Glia – manutenção dos neurônios
  7. 7. Neurônio  Neurônio é a unidade morfológica e fisiológica do sistema nervoso. É uma célula composta de um corpo celular, onde está o núcleo, e de finos prolongamentos celulares, que podem ser dendritos ou axônios.  dendritos são prolongamentos geralmente muito ramificados e que atuam como receptores de estímulos.  axônios atuam como condutores dos impulsos nervosos e só possuem ramificações na extremidade.
  8. 8. Morfologia do neurônio O axônio é envolvido por um tipo celular denominado célula de Schwann.  Células de Schwann: determinam a formação da bainha de mielina (invólucro lipídico), que atua como isolante elétrico e facilita a transmissão do impulso nervoso.  Nódulo de Ranvier: região de descontinuidade da bainha de mielina, localizada entre uma célula de Schwann e outra, que acarreta a existência de uma constrição (estrangulamento).  Neurilema: A parte celular da bainha de mielina, onde estão o citoplasma e o núcleo da célula de Schwann.
  9. 9. Tipos de Neurônios  Neurônios aferentes (sensitivo): normalmente situados no epitélio da superfície do animal, apresentando a característica de irritabilidade, detectando as modificações do meio ambiente, tanto interno como externo, ou seja, são sensíveis aos estímulos externos ou internos.  Neurônios eferentes ou motores: são especializados na condução do impulso nervoso ao órgão efetuador, que pode ser um músculo ou uma glândula, no caso dos mamíferos.  Neurônio de associação: faz sinapse com o axônio do neurônio aferente de um determinado segmento do animal, passando pela corda ventral do animal e fazendo sinapse com o neurônio motor do segmento vizinho, permitindo que um estímulo recebido em um segmento provoque resposta em outro. A concentração dos neurônios de associação aumentou consideravelmente o número de sinapses, permitindo a formação dos gânglios cerebróides nos invertebrados e do encéfalo nos vertebrados.
  10. 10. Tipos de Neurônios
  11. 11. Condução do impulso nervoso Sentido: dendrito  corpo celular  axônio Estado de repouso: neurônio polarizado Alta [ ] de Na+ e baixa [ ] de k+ no meio extracelular Baixa [ ] de Na+ e alta [ ] de k+ dentro do axônio Na+ K+
  12. 12. Neurotransmissores estão presentes em vesículas na terminação do axônio. Chegada do impulso na terminação resulta na liberação dos neurotransmissores na fenda sináptica Os neurotransmissores atingem o outro neurônio desencadeando impulso nervoso SINAPSE
  13. 13. Células da Glia Também chamadas de neuróglia Menores que os neurônios Mais numerosas Várias funções: • Sustentação do tecido • Produção de mielina • Remoção de excretas • Fornecimento de substâncias nutritivas aos neurônios • Fagocitose de restos celulares • Isolamento dos neurônios
  14. 14. SSiisstteemmaa NNeerrvvoossoo 1) Introdução O sistema nervoso é responsável pelo ajustamento do organismo ao ambiente. Sua função é perceber e identificar as condições ambientais externas, bem como as condições reinantes dentro do próprio corpo e elaborar respostas que adaptem a essas condições. 2) Organização do sistema nervoso humano Sistema Nervoso Central (SNC) Encéfalo Cérebro Cerebelo Tronco Encefálico Mesencéfalo Ponte Bulbo Medula
  15. 15. SSiisstteemmaa NNeerrvvoossoo 3) Sistema nervoso central (SNC) a) Encéfalo  Possui cerca de 1,4 kg nos adultos  Está localizado na caixa craniana  Dividido em 3 partes: cérebro, cerebelo e tronco encefálico Encéfalo cérebro cerebelo Tronco encefálico
  16. 16. SSiisstteemmaa NNeerrvvoossoo 3) Sistema nervoso central (SNC) a) Encéfalo I) Cérebro  Constitui cerca de 90% da massa encefálica  Sua superfície é bastante pregueada (aumento da superfície)  Dividido em dois hemisférios (esquerdo e direito)  Dividido em duas partes: o Córtex (externo) – substância cinzenta (corpos neuronais) o Região interna – substância branca (dendritos e axônios)
  17. 17. SSiisstteemmaa NNeerrvvoossoo 3) Sistema nervoso central (SNC) a) Encéfalo I) Cérebro  Funções: o Sensações o Atos conscientes e voluntários (movimentos) o Pensamento o Memória o Inteligência o Aprendizagem o Sentidos o Equilíbrio
  18. 18. SSiisstteemmaa NNeerrvvoossoo
  19. 19. SSiisstteemmaa NNeerrvvoossoo 3) Sistema nervoso central (SNC) I) Cérebro Tálamo e Hipotálamo Tálamo Hipotálamo
  20. 20. SSiisstteemmaa NNeerrvvoossoo 3) Sistema nervoso central (SNC) II) Cerebelo  Responsável pelo equilíbrio do corpo  Tônus e vigor muscular  Orientação espacial  Coordenação dos movimentos Cerebelo
  21. 21. SSiisstteemmaa NNeerrvvoossoo 3) Sistema nervoso central (SNC) III) Tronco encefálico 3 divisões:  Mesencéfalo  Ponte  Bulbo Mesencéfalo Ponte Bulbo
  22. 22. SSiisstteemmaa NNeerrvvoossoo 3) Sistema nervoso central (SNC) III) Tronco encefálico  Mesencéfalo o Recepção e coordenação da contração muscular o Postura corporal Mesencéfalo
  23. 23. SSiisstteemmaa NNeerrvvoossoo 3) Sistema nervoso central (SNC) III) Tronco encefálico  Ponte o Manutenção da postura corporal, equilíbrio do corpo e tônus muscular. Ponte
  24. 24. SSiisstteemmaa NNeerrvvoossoo 3) Sistema nervoso central (SNC) III) Tronco encefálico  Bulbo o Controle dos batimentos cardíacos o Controle dos movimentos respiratórios o Controle da deglutição (engolir) Bulbo
  25. 25. SSiisstteemmaa NNeerrvvoossoo 3) Sistema nervoso central (SNC) b) Medula Espinhal (raque)  Cordão cilíndrico que parte da base do encéfalo e percorre toda a coluna vertebral.  Aloja-se dentro das perfurações das vértebras.  Da medula espinhal partem 31 pares de nervos raquidianos
  26. 26. SSiisstteemmaa NNeerrvvoossoo 3) Sistema nervoso central (SNC) b) Medula Espinhal (raque)  Funções da medula o Recebe as informações de diversas partes do corpo e as enviam para o encéfalo e vice-versa. o Responsável pelos atos reflexos (reflexo medular).
  27. 27. SSiisstteemmaa NNeerrvvoossoo 3) Sistema nervoso central (SNC) b) Medula Espinhal (raque)  Reflexo Medular A medula espinhal é capaz de elaborar respostas rápidas em situações de emergência, sem a interferência do encéfalo.
  28. 28. SSiisstteemmaa NNeerrvvoossoo 3) Sistema nervoso central (SNC) c) Meninges  São três delicadas membranas que revestem e protegem o sistema nervoso central (SNC). o Dura-máter o Aracnóide o Pia-máter Medula espinhal Encéfalo
  29. 29. SSiisstteemmaa NNeerrvvoossoo 4) Sistema nervoso periférico (SNP)  Constituído por: a) Nervos b) Gânglios nervosos c) Terminações nervosas (receptores para dor, tato, frio, pressão, calor, paladar, etc.). Nervos São fios finos formados por vários axônios de neurônios envolvidos por tecido conjuntivo. Transmitem mensagens de várias partes do corpo para o sistema nervoso central ou destes para as regiões corporais.
  30. 30. SSiisstteemmaa NNeerrvvoossoo 4) Sistema nervoso periférico (SNP) Classificação dos nervos I) Quanto ao tipo de neurônio  Sensitivos ou aferentes (contém apenas neurônios sensitivos)  Motores ou eferentes (contém apenas neurônios motores)  Mistos (contém neurônios sensitivos e motores) II) Quanto à posição anatômica  Cranianos (ligados ao encéfalo) – 12 pares  Raquidianos ou espinhais (ligados à medula) – 31 pares
  31. 31. SSiisstteemmaa NNeerrvvoossoo 4) Sistema nervoso periférico (SNP) Gânglios nervosos o Aglomerado de corpos celulares de neurônios encontrados fora do sistema nervo central. Corpos celulares
  32. 32. SSiisstteemmaa NNeerrvvoossoo 4) Sistema nervoso periférico (SNP) Terminações Nervosas Captam estímulos do meio interno ou externo e os levam para o sistema nervoso central.
  33. 33. SSiisstteemmaa NNeerrvvoossoo 4) Sistema nervoso periférico (SNP) Divisão do sistema nervoso periférico Sistema Nervoso Voluntário (somático) Ações conscientes: andar, falar, pensar, movimentar um braço, etc. Sistema Nervoso Autônomo (visceral) Ações inconscientes: controle da digestão, batimentos cardíacos, movimento das vísceras, etc. Simpático Parassimpátic o
  34. 34. SSiisstteemmaa NNeerrvvoossoo 4) Sistema nervoso periférico (SNP) a) Sistema Nervoso Voluntário (Somático) Formado por nervos motores que conduzem impulsos do sistema nervoso central (SNC) à musculatura estriada esquelética. Determina ações conscientes: Andar, falar, abraçar, correr, etc. SNC Corpos celulares dentro do SNC Axônios controlando a musculatura esquelética
  35. 35. SSiisstteemmaa NNeerrvvoossoo 4) Sistema nervoso periférico (SNP) b) Sistema Nervoso Autônomo (vegetativo ou visceral) Constituído por nervos motores que conduzem impulsos do sistema nervoso central à musculatura lisa de órgãos viscerais, músculos cardíacos e glândulas. Realiza o controle da digestão, sistema cardiovascular, excretor e endócrino. Os nervos do SNP autônomo possuem dois tipos de neurônios: I. Pré-ganglionares (corpo celular dentro do SNC) II. Pós-ganglionares (Corpo celular dentro do gânglio) SNC gânglio órgão Neurônio Pós-ganglionar Neurônio Pré-ganglionar
  36. 36. SSiisstteemmaa NNeerrvvoossoo 4) Sistema nervoso periférico (SNP) b) Sistema Nervoso Autônomo É dividido em duas partes: I. Simpático II. Parassimpático  Sistema Nervoso Simpático: Prepara o organismo para o estresse (instinto de fuga ou luta)  Sistema Nervos Parassimpático: Estimula atividades relaxantes (repouso) Ações antagônicas no organismo!
  37. 37. SSiisstteemmaa NNeerrvvoossoo 4) Sistema nervoso periférico (SNP) Diferenças entre os sistemas nervosos simpático e parassimpático: Sistema Nervoso Autônomo Simpático Parassimpático Fibra pré-ganglionar curta longa Fibra pós-ganglionar longa curta Origem dos nervos Região torácica e lombar da medula (somente nervos raquidianos) Região cervical (nervos cranianos) e região sacral da medula (nervos raquidianos) Mediador químico Fibras pré-ganglionares: Acetilcolina Fibras pós-ganglionares: Adrenalina Fibras pré-ganglionares: Acetilcolina Fibras pós-ganglionares: Acetilcolina
  38. 38. SSiisstteemmaa NNeerrvvoossoo EExxeerrccíícciiooss
  39. 39. SSiisstteemmaa NNeerrvvoossoo 1) (VUNESP) Quando uma pessoa encosta a mão em um ferro quente, ela reage imediatamente por meio de um reflexo. Neste reflexo o neurônio efetuador (motor) leva o impulso nervoso para: a) a medula espinhal. b) o encéfalo. Resposta: C c) os músculos flexores do braço d) as terminações sensoriais de calor na ponta dos dedos. e) as terminações sensoriais de dor na ponta dos dedos. 2) Se o cerebelo de um rato for destruído, ele perderá a capacidade de: a) digerir alimentos. b) respirar. Resposta: C c) andar. d) eliminar excretas e) produzir anticorpos.
  40. 40. SSiisstteemmaa NNeerrvvoossoo 3) Assinale a alternativa que apresenta de forma correta, a condução do impulso nervoso nos neurônios sensorial e motor. a) O estímulo nervoso se propaga do dendrito para o corpo celular e deste para o axônio no neurônio sensorial, e o inverso no neurônio motor. b) O estímulo nervoso se propaga do axônio para o corpo celular e deste para o dendrito no neurônio sensorial, e o inverso no neurônio motor. c) O estímulo nervoso se propaga do dendrito para o corpo celular e deste para o axônio no neurônio sensorial e no neurônio motor. d) O estímulo nervoso se propaga do axônio para o corpo celular e deste para o dendrito, tanto no neurônio sensorial como no motor. e) O estímulo nervoso se propaga do dendrito para o corpo celular ou do corpo celular para o dendrito no neurônio sensorial e do corpo celular para o axônio no neurônio motor. Resposta: C
  41. 41. SSiisstteemmaa NNeerrvvoossoo 4) Dos sistemas abaixo relacionados, qual está subordinado ao sistema nervoso vegetativo ou autônomo? a) sistema muscular estriado. b) sistema ósseo. c) todo o sistema de revestimento. d) sistema ósteo-articular e) sistema glandular. 5) Considere os seguintes elementos do sistema nervoso: I- encéfalo III- nervos cranianos II- medula IV- nervos raquidianos O sistema nervoso central é constituído por: a) II e III b) III e IV c) I e II d) I e III e) II e IV Resposta: e Resposta: c
  42. 42. SSiisstteemmaa NNeerrvvoossoo 6) Um arco reflexo simples exige, pelo menos: a) um neurônio motor, um gânglio e a medula. b) um neurônio sensorial, um gânglio e a medula. c) um neurônio sensorial, dois gânglios e a medula. d) um neurônio motor, um sensorial e um gânglio. e) dois neurônios ( um sensorial e um motor) e a medula. 7) Cérebro, cerebelo e bulbo são órgãos do: a) sistema nervoso periférico. b) sistema nervoso parassimpático. c) sistema nervoso autônomo. d) sistema nervoso central e) As respostas c e d estão corretas Resposta: e Resposta: d
  43. 43. SSiisstteemmaa NNeerrvvoossoo 8) É comum nos animais a presença de receptores específicos ou órgãos dos sentidos capazes de obter informações ambientais ou corpóreas. Após a captação destas informações, impulsos são gerados e transportados para serem processados e interpretados. Por onde são transportados e onde ocorre a interpretação desses estímulos, respectivamente? a) SNC e SNA b) SNA e SNP Resposta: d c) SNP e SNA d) SNP e SNC e) Nenhuma das respostas anteriores
  44. 44. SSiisstteemmaa NNeerrvvoossoo Resposta: a 9)
  45. 45. 10) Resposta: c
  46. 46. SSiisstteemmaa NNeerrvvoossoo (PUC-SP) O esquema abaixo representa, de maneira simplificada, as inter-relações do sistema nervoso. Resposta: c Encéfalo 1 Gânglios 2 3 4 Resposta (músculos voluntários) Resposta (músculos involuntários) Assinale a alternativa correta: a)1 representa uma fibra sensorial do sistema nervoso voluntário b)2 representa uma fibra motora do sistema nervoso simpático c)3 e 4 representam fibras do sistema nervoso autônomo d)1 e 4 representam fibras motoras do sistema nervoso autônomo

×