SUPREMATISMO E    DE STIJLARTE MODERNA E CONTEMPORÂNEA
SUPREMATISMO.•   Surge por volta de 1913, mas sua sistematização teórica é de 1925, do    manifesto Do Cubismo ao Futurism...
• Malevich tem pretensão espiritual, mas diferente de Kandinsky que  define a arte com a expressão da vida interior do arti...
• Quando anuncia o fim do suprematismo por supor o esgotamento do  projeto, volta-se a educação, à escrita e à construção d...
Kazimir Malevich. 1914-1915. desenhosuprematista. Lápiz sobre papel. 21,5 x  15 cm. Museo Thyssen-Bornemisza.
Kazimir Malevich. 1915. Óleo sobre tela.quadrado vermelho. 53 x 53 cm. Museo de Rusia. San                                ...
Kazimir Malevich. 1917-1918. branco sobrebrancoÓleo sobre tela. 97 x 70 cm. Stedelijk                 Museum.
Kazimir Malevich. 1918.White Square on White Óleo sobre tela. 78.7 x 78.7 cm. The Museum of Modern Art.
Kazimir Malevich. 1920. Black Cross. Óleo sobre tela. 106 x 106 cm. State Russian                                    Museum
Kazimir Malevich. 1923-1929. quadrado negro. Óleo sobre tela . 106,2 x 106,5 cm. Museo de Rusia. San                      ...
Kazimir Malevich. 1915. Quadradonegro e vermelho.Óleo sobre tela 71,4 x 44,4 cm. Museo de Arte Moderna.           New York...
Kazimir Malevich. 1916.Dynamic Suprematism Oil on  canvas. 102,4 x 66,9 cm. Ludwig Museum. Cologne.
Kazimir Malevich. 1915. Quatro quadras.Óleo sobre tela. 49 x 49cm. A. N. Radishchev State Art                             ...
Kazimir Malevich. 1916-1917. Óleo sobre tela. 80 x 80 cm. Museo de Bellas Artes de Krasnodar.
Kazimir Malevich. 1915. Óleo sobre   lienzo. 97 x 66 cm. Stedelijk
Kazimir Malevich. Suprematism FemaleFigure 1928-1932. Óleo sobre lienzo. 126    x 106 cm. State Russian Museum.
Kazimir Malevich. 1928-1932. Sportsmen Óleo sobre lienzo. 142 x 164 cm. State Russian Museum.
Rodchenko• Com estreito diálogo com as pinturasde Malevich, passa a construçõestridimensionais    por  influência   deTatli...
Rodchenko ( exposição Tate modern)
cartaz por Aleksandr Rodchenko     Exposição tate modern
•A obra de Alexander                                                           Rodchenko      (1891   -                   ...
© Rodchenko. Cartaz sobre o direito das mulheres ao trabalho, c.1925
Rodchenko. “Escada de   incêndio”, 1925
Rodchenko. “Escadarias”, 1930
Rodchenko, Capa para o livro  “Sobre Isso” de Vladimir     Mayakovski, 1923
Rodchenko ”O Couraçado Potemkine”. Cartaz para o filme de                   Eisenstein . 1926
Antoine Pevsner, Projection in Space 1927
1916 Naum Gabo - Cabeza Constructivista Nº2
Naum Gabo. Construção Linear no espaço nº 2
Naum Gabo. Modelo de fonte. Fotografia de 1920
1938-39 Antoine Pevsner -   Developable Surface
No Brasil•       Em 1952 em São Paulo é fundado o grupo ruptura, em torno do artista e      teórico Valdemar Cordeiro ao d...
Amilcar de Castro. MAC Usp.
Amilcar de Castro.
AMILCAR DE CASTRO. S/T. 40 x 50 cm. acrílico sobre papel
AMILCAR DE CASTRO. gravura
Augusto de Campos. Poesia concreta.
Ferreira Gullar .poesia concreta
A torre   Autor: Franz    WeissmanFonte: Itaú Cultural
Três Pontos: Franz Weissmann .1957. Escultura em ferro                      recortado
LYGIA CLARK - CARANGUEJO, 1960
LYGIA CLARK - bicho, 1960?
Bicho, de Lygia Clark
Ligia Pape.
Ligia Pape.Livros-Poema1959      Papel cartão/texto        20cm x 20cm
Ligia Pape.1955Xilogravura sobre papel japônes        43.5cm x 31cmEm: http://www.lygiapape.com/pt/
Composição. Lygia Pape  Fonte: Itaú cultural
Luis Sacilloto
Luis Sacilloto. Concretos paralelos.
Waldemar Cordeiro.Movimento 1951. Têmpera sobre tela. 90,1 x 95,3 cm. Mac Usp
Waldemar Cordeiro.ideia visível
Waldemar Cordeiro.O Beijo         1967
Ivan Serpa. Sem título 1953.
Hélio Oiticica, Invenção da cor, Penetrável Magic Square # 5, De Luxe,                         1977, foto: Carol Reis
Hélio Oiticica, parangolés.
29ª Bienal São Paulo.Helio Oiticica . Ninhos
De Stijl (O Estilo)- neoplasticismo holandês• remete à revista com o mesmo nome do movimento criada por 2 artistas. Piet  ...
• Na arquitetura também buscavam clareza austeridade e as ordens semelhantes                                as pinturas•  ...
Gerrit Rietveld, 1951
Gerrit Rietveld & Truus
Schroder house, Utrecht. Living-room(Photo: Frank den Oudsten, Amsterdam)
Gerrit Rietveld & Truus
Gerrit Rietveld, 1918/1923
Gerrit Rietveld, 1942
Rietveld . Cadeira Zigzag, composta por 4 placas de                   madeiras, 1932;
J.J. P. OUD. 1927.Stuttgart, Germany
Composição1916 -óleo
Composição nº 1 1931
Composição nº 2 1922Comprada por Yves Saint
Composição Diagonal
New York City I 1942. Óleo
Broadway Boogie Woogie 1942-1943 óleo 50
A    Suprematismo, K. Maliévitch
I    De Stijl
Theo van Doesburg1923. Gouache sobre papel. 46 x 39,7 cm. Museo Thyssen-Bornemisza.
Theo van Doesburg .1929-30. Óleo sobre lienzo. Simultaneous           Counter-Composition50.1 x 49.8 cm.
Theo van Doesburg.1918. Óleo sobre lienzo. 135.9 x 61.1 cm. The Museum of Modern Art.   New York. U.S.A.
Theo van Doesburg.1925-1926. Óleo sobre lienzo.50 x 50 cm. Colección Peggy Guggenheim. Venecia.
Theo van Doesburg. Composition in Gray (Rag-time) 1919. Oil on canvas. 96,5 x 59,1 cm. Peggy      Goggenheim Collection. V...
Vilmos Huszar . Composição.1920-1922. Óleo sobre cartón. 84,2    x 61,4 cm. Museo Thyssen-
Frank Loyd Wright Photo, exterioroverview, looking  up the creek. ·  Fallingwater · Ohiopyle, (BearRun), Pennsylvania    1...
Aula 8   Suprematismo de Stij Construtivismo russo e decostrutivismo
Aula 8   Suprematismo de Stij Construtivismo russo e decostrutivismo
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Aula 8 Suprematismo de Stij Construtivismo russo e decostrutivismo

3.115 visualizações

Publicada em

AULA 8 - ARTE MODERNA E CONTEMPORANEA. PROFESSORA ALINE OKUMURA FMU

Publicada em: Educação
0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.115
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • Composition in Gray (Rag-time)\n
  • \n
  • \n
  • Aula 8 Suprematismo de Stij Construtivismo russo e decostrutivismo

    1. 1. SUPREMATISMO E DE STIJLARTE MODERNA E CONTEMPORÂNEA
    2. 2. SUPREMATISMO.• Surge por volta de 1913, mas sua sistematização teórica é de 1925, do manifesto Do Cubismo ao Futurismo ao Suprematismo: o Novo Realismo na Pintura, escrito por Kazimir Malevich e o poeta Vladimir Maiakóvski.• Movimento russo de arte abstrata.• Ligado ao seu criador, Malevich, e às pesquisas formais das vanguardas russas do começo do século XX.• Defende uma arte comprometida com a pura visualidade plástica, não quer imitar a natureza com ilusões de luz e cor. ( diferente do impressionismo)• Defende haver outro mundo visível uma espécie de quarta dimensão, além das três a que os sentidos humanos têm acesso.• Ela representaria esse "mundo não objetivo", referido a uma ordem superior de relação entre os fenômenos.• Uma "energia espiritual abstrata" que é invisível, mas nem por isso menos real.
    3. 3. • Malevich tem pretensão espiritual, mas diferente de Kandinsky que define a arte com a expressão da vida interior do artista. Malevich busca a forma absoluta das imagens como forma de transcendência.• "Eu me transformei no zero da forma e me puxei para fora do lodaçal sem valor da arte acadêmica. Eu destruí o círculo do horizonte e fugi do círculo dos objetos, do anel do horizonte que aprisionou o artista e as formas da natureza. O quadrado não é uma forma subconsciente. É a criação da razão intuitiva. O rosto da nova arte. O quadrado é o infante real, vivo. É o primeiro passo da criação pura em arte". Malevich apud Dempsey• Vistas pela primeira vez na exposição coletiva A Última Exposição de Quadros Futuristas 0.10 (Zero. Dez), em dezembro de 1915, em São Petesburgo, na Rússia.• Evidenciam formas geométricas básicas (quadrados, círculos, retângulo, cruz e triângulo).• Pouco uso de cor.• Austeridade das formas puras e a simplicidade quase sagrada da geometria.
    4. 4. • Quando anuncia o fim do suprematismo por supor o esgotamento do projeto, volta-se a educação, à escrita e à construção de modelos tridimensionais que têm grande influência sobre o construtivismo.• Malevich é simpático a abstração e a pesquisa metódica da forma. Exemplo: séries como Branco sobre Branco.• Vai de encontro com as outras vanguardas europeias, como cubismo de Picasso, as pinturas de Cézane, o futurismo. Kazimir Malevich 1917-1918. Suprematism. Splitting of Construction From 78 Graphite pencil on paper. 32.5 x 24.5 cm. Stedelijk Museum.
    5. 5. Kazimir Malevich. 1914-1915. desenhosuprematista. Lápiz sobre papel. 21,5 x 15 cm. Museo Thyssen-Bornemisza.
    6. 6. Kazimir Malevich. 1915. Óleo sobre tela.quadrado vermelho. 53 x 53 cm. Museo de Rusia. San Petersburgo. Rusia.
    7. 7. Kazimir Malevich. 1917-1918. branco sobrebrancoÓleo sobre tela. 97 x 70 cm. Stedelijk Museum.
    8. 8. Kazimir Malevich. 1918.White Square on White Óleo sobre tela. 78.7 x 78.7 cm. The Museum of Modern Art.
    9. 9. Kazimir Malevich. 1920. Black Cross. Óleo sobre tela. 106 x 106 cm. State Russian Museum
    10. 10. Kazimir Malevich. 1923-1929. quadrado negro. Óleo sobre tela . 106,2 x 106,5 cm. Museo de Rusia. San Petersburgo. Rusia.
    11. 11. Kazimir Malevich. 1915. Quadradonegro e vermelho.Óleo sobre tela 71,4 x 44,4 cm. Museo de Arte Moderna. New York. USA.
    12. 12. Kazimir Malevich. 1916.Dynamic Suprematism Oil on canvas. 102,4 x 66,9 cm. Ludwig Museum. Cologne.
    13. 13. Kazimir Malevich. 1915. Quatro quadras.Óleo sobre tela. 49 x 49cm. A. N. Radishchev State Art Museum. Saratov.
    14. 14. Kazimir Malevich. 1916-1917. Óleo sobre tela. 80 x 80 cm. Museo de Bellas Artes de Krasnodar.
    15. 15. Kazimir Malevich. 1915. Óleo sobre lienzo. 97 x 66 cm. Stedelijk
    16. 16. Kazimir Malevich. Suprematism FemaleFigure 1928-1932. Óleo sobre lienzo. 126 x 106 cm. State Russian Museum.
    17. 17. Kazimir Malevich. 1928-1932. Sportsmen Óleo sobre lienzo. 142 x 164 cm. State Russian Museum.
    18. 18. Rodchenko• Com estreito diálogo com as pinturasde Malevich, passa a construçõestridimensionais por influência deTatlin,posteriormente faz uso dafotografia.• Sua perspectiva fotográfica originalinfluencia o cinema de Sergei Eisenstein(1898 - 1948). Rodchenko posa ao lado de uma escultura desmontada em 1922, em foto de Mikhail Kaufman
    19. 19. Rodchenko ( exposição Tate modern)
    20. 20. cartaz por Aleksandr Rodchenko Exposição tate modern
    21. 21. •A obra de Alexander Rodchenko (1891 - 1956) é outro exemplo de atualização do programa construtivista e produtivista russo. © Rodchenko ”Livros”. Cartaz para o departamento estatal da imprensa deLeningrado (Utilizando a foto de Lilya Brik). 1924 Em:http://sala17.wordpress.com/2010/02/19/alexander- rodchenko-1891-1956-da-fotografia-ao-design-grafico/
    22. 22. © Rodchenko. Cartaz sobre o direito das mulheres ao trabalho, c.1925
    23. 23. Rodchenko. “Escada de incêndio”, 1925
    24. 24. Rodchenko. “Escadarias”, 1930
    25. 25. Rodchenko, Capa para o livro “Sobre Isso” de Vladimir Mayakovski, 1923
    26. 26. Rodchenko ”O Couraçado Potemkine”. Cartaz para o filme de Eisenstein . 1926
    27. 27. Antoine Pevsner, Projection in Space 1927
    28. 28. 1916 Naum Gabo - Cabeza Constructivista Nº2
    29. 29. Naum Gabo. Construção Linear no espaço nº 2
    30. 30. Naum Gabo. Modelo de fonte. Fotografia de 1920
    31. 31. 1938-39 Antoine Pevsner - Developable Surface
    32. 32. No Brasil• Em 1952 em São Paulo é fundado o grupo ruptura, em torno do artista e teórico Valdemar Cordeiro ao discutir sobre ensinamentos de Kandinsky e Mondrian.• Outros do grupo são Lothar Charoux, Geraldo de Barros, Fejér, Leopoldo Haar, Luis Sacilloto, Mauricio Nogueira Lima, Judith Luand, Hermelindo Fiaminghi.• Em 52 quando lança o manifesto, o grupo rompe coma figuração e o naturalismo .• No Rio de Janeiro em 1954 , é fundado o grupo frente, por Ligia Clark, Ligia Pape, Ivan Serpa. Este grupo reformulou as ideias do grupo ruptura , Levando a outros limites.• Também participaram, Abrahan Palatinik,Franz Waismann, Hélio Oiticica, Elisa Martins da Silveira, Emil Baruch, Rubem Ludolf.• O grupo do Rio, criticava os paulistas pelo excesso de teorias e viam na abstração geométrica o corpo e a alma da arte.• Junto ao grupo frente estavam também escritores e autores da poesia neo concreta.
    33. 33. Amilcar de Castro. MAC Usp.
    34. 34. Amilcar de Castro.
    35. 35. AMILCAR DE CASTRO. S/T. 40 x 50 cm. acrílico sobre papel
    36. 36. AMILCAR DE CASTRO. gravura
    37. 37. Augusto de Campos. Poesia concreta.
    38. 38. Ferreira Gullar .poesia concreta
    39. 39. A torre Autor: Franz WeissmanFonte: Itaú Cultural
    40. 40. Três Pontos: Franz Weissmann .1957. Escultura em ferro recortado
    41. 41. LYGIA CLARK - CARANGUEJO, 1960
    42. 42. LYGIA CLARK - bicho, 1960?
    43. 43. Bicho, de Lygia Clark
    44. 44. Ligia Pape.
    45. 45. Ligia Pape.Livros-Poema1959 Papel cartão/texto 20cm x 20cm
    46. 46. Ligia Pape.1955Xilogravura sobre papel japônes 43.5cm x 31cmEm: http://www.lygiapape.com/pt/
    47. 47. Composição. Lygia Pape Fonte: Itaú cultural
    48. 48. Luis Sacilloto
    49. 49. Luis Sacilloto. Concretos paralelos.
    50. 50. Waldemar Cordeiro.Movimento 1951. Têmpera sobre tela. 90,1 x 95,3 cm. Mac Usp
    51. 51. Waldemar Cordeiro.ideia visível
    52. 52. Waldemar Cordeiro.O Beijo 1967
    53. 53. Ivan Serpa. Sem título 1953.
    54. 54. Hélio Oiticica, Invenção da cor, Penetrável Magic Square # 5, De Luxe, 1977, foto: Carol Reis
    55. 55. Hélio Oiticica, parangolés.
    56. 56. 29ª Bienal São Paulo.Helio Oiticica . Ninhos
    57. 57. De Stijl (O Estilo)- neoplasticismo holandês• remete à revista com o mesmo nome do movimento criada por 2 artistas. Piet Mondrian (1872-1944) e Theo van Doesburg (1883-1931) em 1917• Onde Mondrian publica a nova plástica da pintura.• Se organiza na necessidade de “clareza,certeza e ordem" ,segundo Doesburg como objetivo de encontrar uma nova forma de expressão plástica a partir deelementos mínimos. (linhas retas, retângulos, cores primárias e do preto, branco e cinzas.• A missão do grupo era uma nova arte com espírito de paz e harmonia.• Van Doesburg, Mondrian, Vantongerlo, Van der Leck , buscam uma linguagem visual abstrata com aplicações práticas para uma sociedade melhor.• “Para explicar o estilo redutor Mondrian criou o termo Neoplasticismo” (Dempsey,p.121)• desvalorização da tradição, a fim de renovar a sociedade.• Se interessavam por aspectos espirituais como os pregados por Kandinsky em “O espiritual da arte”.• .Participavam também: Georges Vantongerloo,(1886- 19650 Vilmos Huszár,
    58. 58. • Na arquitetura também buscavam clareza austeridade e as ordens semelhantes as pinturas• Linhas e ângulos retos com superfícies despojadas.• Tais fatos na arquitetura significou tetos planos e nivelados, paredes lisas, e espaços internos flexíveis.• Nos anos 20 o movimento torrnou se internacional e exerceu grande impacto sobre a Bauhaus.• Na arquitetura Hendrik Petrus Berllage (1856-1934) e Frank Loyd Wright no qual o conceito de casa e design como um todo era valorizado, iam de encontro ao estilo pregado no movimento.• O último número da revista foi em 1932,e Van Doesberg recebeu um tributo.• Muitos artistas e arquitetos do movimento D Stijl viraram membros de outros grupos.
    59. 59. Gerrit Rietveld, 1951
    60. 60. Gerrit Rietveld & Truus
    61. 61. Schroder house, Utrecht. Living-room(Photo: Frank den Oudsten, Amsterdam)
    62. 62. Gerrit Rietveld & Truus
    63. 63. Gerrit Rietveld, 1918/1923
    64. 64. Gerrit Rietveld, 1942
    65. 65. Rietveld . Cadeira Zigzag, composta por 4 placas de madeiras, 1932;
    66. 66. J.J. P. OUD. 1927.Stuttgart, Germany
    67. 67. Composição1916 -óleo
    68. 68. Composição nº 1 1931
    69. 69. Composição nº 2 1922Comprada por Yves Saint
    70. 70. Composição Diagonal
    71. 71. New York City I 1942. Óleo
    72. 72. Broadway Boogie Woogie 1942-1943 óleo 50
    73. 73. A Suprematismo, K. Maliévitch
    74. 74. I De Stijl
    75. 75. Theo van Doesburg1923. Gouache sobre papel. 46 x 39,7 cm. Museo Thyssen-Bornemisza.
    76. 76. Theo van Doesburg .1929-30. Óleo sobre lienzo. Simultaneous Counter-Composition50.1 x 49.8 cm.
    77. 77. Theo van Doesburg.1918. Óleo sobre lienzo. 135.9 x 61.1 cm. The Museum of Modern Art. New York. U.S.A.
    78. 78. Theo van Doesburg.1925-1926. Óleo sobre lienzo.50 x 50 cm. Colección Peggy Guggenheim. Venecia.
    79. 79. Theo van Doesburg. Composition in Gray (Rag-time) 1919. Oil on canvas. 96,5 x 59,1 cm. Peggy Goggenheim Collection. Venice. Italy..
    80. 80. Vilmos Huszar . Composição.1920-1922. Óleo sobre cartón. 84,2 x 61,4 cm. Museo Thyssen-
    81. 81. Frank Loyd Wright Photo, exterioroverview, looking up the creek. · Fallingwater · Ohiopyle, (BearRun), Pennsylvania 1934-48.

    ×